Home Artilharia Exército recebe primeiras viaturas blindadas M109 A5

Exército recebe primeiras viaturas blindadas M109 A5

5470
67

Curitiba (PR) – No dia 8 de março, o Parque Regional de Manutenção da 5ª Região Militar (Pq R Mnt/5) recebeu o lote inicial de quatro Viaturas Blindadas de Combate Obuseiro Autopropulsado (VBCOAP) M109 A5, oriundas do programa “Excess Defense Articles”, do Governo dos Estados Unidos da América.

Esses blindados fazem parte de um lote de 60 viaturas que serão recebidas nessa organização militar de manutenção.

Estão envolvidos, nessa fase inicial do processo de manutenção, militares do Pq R Mnt/5, do 5º Batalhão Logístico, do 5º e do 15º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado e da Base de Administração e Apoio da 5ª Divisão de Exército.

Com o recebimento das VBCOAP M109 A5, o Exército Brasileiro agrega à Força Terrestre um maior poder de combate, além de pertencer a um seleto grupo de países detentores deste tipo de material.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

67
Deixe um comentário

avatar
30 Comment threads
37 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
38 Comment authors
AlexMarcos CastroJuarezSilvio RCGabriel Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Ao todo ficaremos com quantos veículos com 155 mm?

Tomcat3.7
Visitante
Tomcat3.7

Se não me angano 120 + ou – dos quais 32 estão sendo elevados ao padrão M 109 A5BR equivalente ao A6 Palladin dos USArmy, mas já li(comentário de um forista) que o EB pretende elevar todos ao mesmo padrão.

Rafael_PP
Visitante
Rafael_PP

Não considero haver uma equivalência da série A5 dos M109 com a versão Paladin. Os veículos da versão A5 se notabilizam pela adoção de um novo canhão de 155mm, o M284, o que incrementou o alcance máximo do respectivo projétil. Com o cancelamento dos programas de artilharia do US Army, a BAE passa a oferecer pacotes de atualização, de modo a competir com os modernos congêneres ocidentais, alemães e franceses por exemplo. Aí, temos as versões A5+ (plus), com melhorias principalmente no sistema de controle de fogo. Já as versões A6 (Paladin) do exército norte-americano contaram com modernizações e implementos… Read more »

Tomcat3.7
Visitante
Tomcat3.7

Eis as especificações; Com a aquisição da moderna VBCOAP M109 A5+ BR, a artilharia brasileira avança no que diz respeito em poder de fogo e velocidade no apoio de fogo. Essas viaturas irão equipar as unidades de Artilharia autopropulsadas que prestam apoio às brigadas blindadas. Foram incorporadas tecnologias visando a potencialização das suas capacidades, através de uma modernização realizada pela empresa BAE Systems. A viatura contará com travamento automático do tubo, medidor de V0, navegação inercial, GPS, sistema eletrônico de pontaria e computador de tiro. Essa tecnologia agregada acarretará em um aumento significativo da precisão, bem como maior rapidez para… Read more »

Tomcat3.7
Visitante
Tomcat3.7

A propósito o texto acima foi ctrl c e ctrl v de texto sobre o assunto.

Rafael_PP
Visitante
Rafael_PP

Mas em momento algum neguei as capacidades do modelo. Apenas apontei o que entendi como diferenças entre as versões.

JORGE KNOLL
Visitante
JORGE KNOLL

Uma pena, muito pouco. Necessitaríamos de no mínimo 10x mais, ou sejam 1.200 deles, (155mm), para termos uma força razoável.

Zeabelardo
Visitante
Zeabelardo

O US Army soh tem 950. Entao, ele nao eh razoavel.

Tomcat3.7
Visitante
Tomcat3.7

E vamo que vamo, pés no chão e se equipando lenta, gradativa e ininterruptamente.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Nesses aspecto o EB junto com a FAB estão sendo sábios! Vão se reequipando de forma consistente e sem comprometer muito o orçamento. Eu apenas colocaria alguns IFVs Marders na conta para introduzir o conceito na força.

Nilson
Visitante
Nilson

Sim, foi uma das melhores frases que li nos comentários da Trilogia, infelizmente não me lembro quem falou: “cadência é tudo”!!

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Excelente compra. Parabéns ao EB!

housemaq
Visitante
housemaq

Já são suficientes para “dar um calor” no “el passarito”…

housemaq
Visitante
housemaq

pajarito

Fabio Aguiar
Visitante
Fabio Aguiar

Tem que mandar os 60 para Roraima junto com uns Super Cobra. A Região Sul está pacificada, temos que mostrar capacidade de dissuasão mais pra cima do mapa.

Marcos Castro
Visitante

Nao sei porque EB se preocupa tanto com o sul. Se for por causa da argentina, madre de dios, ela ta quebrada. Realmente o EB tem q pensar em potencializar o norte, especificamente as fronteiras com a Venezuela e colombia.

Gualberto
Visitante
Gualberto

Que pedir esses logo e parar com os guaranis. Afinal…. vamos precisar de quantos caminhoes de transporte para esses esteiras.

Zeabelardo
Visitante
Zeabelardo

M109 (artilharia) nao tem qualquer relacao com o Guarani (transporte de tropas).

Zeabelardo
Visitante
Zeabelardo

Veiculos sobre lagartas tem maior mobilidade do que sobre rodas. O uso de caminhoes tem varios motivos, entre eles nao danificar a estrada.

Gualberto
Visitante
Gualberto

Ja la estao usando Stryker 8×8…. vai a qualquer lugar sem precisar de trem e carreta.

Zeabelardo
Visitante
Zeabelardo

Veiculos sobre lagartas vao onde veiculos sobre rodas nao podem ir.

Gualberto
Visitante
Gualberto

Sera que o principal exercito sulamericano, o frances, acha graça de nossa auto estima de equipamentos.

Zeabelardo
Visitante
Zeabelardo

O exercito frances acha muito bom que o brasileiro se equipe e mantenha a fronteira segura.

André F.E.
Visitante
André F.E.

Exatamente!

Gualberto
Visitante
Gualberto

Quando vamos invadir a guiana francesa….

Zeabelardo
Visitante
Zeabelardo

Nunca. Pois o Brasil eh um pais pacifico que respeita o Direito Internacional.

FighterBR
Visitante
FighterBR

Tá digitando pelo wifi do hospício? Só digita asneiras

Rafael M. F.
Visitante
Rafael M. F.

Hahahaha chegou na minha frente…

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Ótima notícias…essas compras dos EUA ajudam muito a área de artilharia do Brasil, tirou o Brasil do fundo do poço.

CignusRJ
Visitante
CignusRJ

Boa noite.
Alguém poderia me informar sobre as vantagens do M109 sobre o CAESAR francês?
Não falo de custo de obtenção pois os M109 foram doados mas de manutenção, operação e demais características destes obuseiros.

Bardini
Visitante
Bardini

Vantagem é a blindagem, mobilidade e custo…
.
Em termos de canhão, o CAESAR é superior, pois possui um 155mm de 52 calibres.

CignusRJ
Visitante
CignusRJ

Obrigado Bardini pela resposta.
Então pra deixar claro apenas o canhão, que eu saiba o alcance máximo seria de 50km com munição especial, que é melhor que o M109? Pèrde em tudo?
Mas o custo de manutenção e operação de um veículo de rodas não seria mais barato que um de lagartas?

Bardini
Visitante
Bardini

Não acredito que o EB irá adquirir “munição especial”. Acho que vai ser o básico $$$…
.
Seria muito bom contar com um Obuseiro como o Caesar… Mas esses M109A5 tem um custo x benefício imbatível para o EB. E comparado ao que temos, tá excelente. Ainda adquiriram os veículos municiadores, o que é muito bem vindo.

CignusRJ
Visitante
CignusRJ

Mais uma vez obrigado eplso esclarecimentos.
abraços

Ronaldo de souza gonçalves
Visitante
Ronaldo de souza gonçalves

Jorge eu acho que nem o exercito doEua tem 1200 canhões autopropulsionados,talvez a russia talvez chegue perto disto com essas aquisição o Brasil se não me engano chega perto dos 100,a maior força da américa latina em canhões autopropulsionados,com os municiadores acho que vem 40 veículos liberará 40 ou mais m-113 que tinha a missão de municiadores,o exercito está avaliando o helicóptero cobra,só que deviam comprar mais que 8. Isto tudo é bom que nossa artilharia de campanha é meio fraca em números de peças é essas comprar aumenta muito a força do exercito.

Alex
Visitante
Alex

O kc 390 transporta uma unidade dessa?

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Não.

colombelli
Visitante
colombelli

Números atuais autopropulsado: 48 M-108 em 03 grupos; 36 M-109 em 03 grupos. Numero de 155 mm: os 36 M-109 mais 64 M-114 ( 05 grupos, sendo um quaternário). Numeros futuros: Autopropulsado. 36 M-109 lote belga; 32 M109 BR ( modernização em curso para 02 grupos) ; mais 60 M-109 do lote supra ( devem ser para 05 grupos). total 128 Total 155mm: se mantidos os M-114 e remanejados para grupos que operam hoje o M-101 serão 64 mais 128, ou seja 192 bocas. Caso seja dada baixa serão os 128 M-109. Caesar custo: 6 a 7 milhões a unidade.… Read more »

CignusRJ
Visitante
CignusRJ

Muito ilustrativo seu comentário.
valeu 🙂

sergio ribamar ferreira
Visitante
sergio ribamar ferreira

Uma ótima notícia.

mf
Visitante
mf

Adquirimos via doação FMS 100 M-109A5 no total, com 32 pacotes de modernização, além de 40 viaturas de apoio remuniciadoras.

Assim será:

32 M-109A5+, 40 M-109A5 revitalizados = 72 unidades ativas + 40 remuniciadores

37 M-109A3 , 28 M-109A5 = ambos canibalizados como peças de reserva.

Antonio
Visitante
Antonio

Alguém tem noção de qual é o valor aproximado do CEP (Circular Error Probable) no alcance máximo?

ScudB
Visitante
ScudB

Normalmente na artilharia se usa termo EEP(Elliptical Error Probability) invés de CEP. Valores dependem do tipo de munição:
M549RAP (30km) – >250m
M795HE (20km) – >115m
M864 (20km) – >90m
53-VOF-546 (17km) – >120m
etc.. e estes números variam com temperatura, umidade , altitude , desgaste de cano , fabricante de projétil entre outros fatores.
Mas. Para tiro pratico mais interessante é saber o valor base de probabilidade de acerto numa distancia X (5000m , por exemplo) para calculo de numero de canos e munições gastos por cano para destruir o alvo indicado.
Um grande abraço!

Vader
Membro
Active Member

O Exército Brasileiro conseguiu montar quase do zero uma artilharia auto-propulsada incomparável (em qualidade e quantidade) em nosso cenário sul-americano, gastando uma fração ínfima do que seria necessário, com a ajuda dos americanos.
.
E tem gente que ainda critica nosso principal parceiro militar…

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Queria ter escrito isso quê você disse de forma simples e direta.Mas me faltou palavras.Parabéns ao nosso E.B

ODST
Visitante
ODST

Ninguém jamais deve ser isento de criticas, qualquer país que faça besteiras mundo afora (Rússia e EUA sendo os maiores exemplos) merece ser criticado. O puxa-saquismo/fanboyismo de alguns faz com que eles fiquem cegos, estúpidos. Não é uma boa ação que irá nulificar as más ações. Essas doações não são um “cala a boca” para ninguém. E de qualquer forma o EUA gasta dinheiro deixando os veículos armazenados, então é melhor se livrar do que puder o mais rápido possível.

Guilherme Santos
Visitante
Guilherme Santos

Sim, continuarei criticando. Algum problema ?

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Vader, cirúrgico como sempre!! Onde assino?

Willhorv
Visitante
Willhorv

Com relação as peças 155mm rebocadas, há algo em vista?

CignusRJ
Visitante
CignusRJ

Que eu saiba o Brasil tem mais de 500 peças, diria 526.
Este número seria suficiente para a atual realidade brasileira?

Negrão
Visitante
Negrão

Curiosidade de um leigo: Pra que serve essa parte mais tufada no meio do canhão?
Quantos disparos esse canhão suporta em sua vida útil para que seja trocado?
Qual a ficha técnica desses M 109 BR?
Considerando o seu raio de ação seria uma boa manter uma parte deles nas fronteiras com Bolívia e Venezuela?

ScudB
Visitante
ScudB

A “parte tufada” é ejetor (extrator) de gases/fumaça. Funciona por meio das válvulas (bolinhas , por exemplo) e diferença de pressão expelindo assim a fumaça residual melhorando conforto e segurança da tripulação.
Ja uma troca de cano depende dos fatores como condições de uso (clima, limpeza, intensidade de disparos) , volume de tiros efetuados por cada tipo de carga/munição e varia entre algumas centenas ate 1000 e mais tiros.
Um grande abraço!

Fred
Visitante
Fred

Respeito muito o blog, e o editorial dos moderadores e responsáveis pela trilogia. Gostaria de pedir, uma reportagem off topic sobre as munições utilizadas no assassinato da vereadora Marielle. Essas munições eram de lote da polícia federal de 2006. Segurança pública e um buraco mais embaixo. Sei que os editores tem prezado por discutir todos os temas de várias perspectivas. Por mais que desagrade a alguns comentaristas. Me decepcionados muito isso passar em branco aqui. Pois no site de defesa da concorrência nunca vão falar disso. Camarada Marielle presente!!! Não é novidade pra ninguém que acompanha a trilogia que sou… Read more »

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Em tempo: apesar de estar no lado ideologico oposto eu respeito o PSOL afinal enquanto partido de esquerda é coerente. Contudo, acho que cometeram um erro gravíssimo ao aceitar em suas fileiras Guilherme Boulos, a Patricia Hearst tupiniquim, tendo em vista as notórias ligações dele com o heptarréu (e já condenado em segunda instância).

Fred
Visitante
Fred

Tireless, acredite se quiser, internamente ele foi muito criticado. Tem muitos vídeos dos debates das prévias, e ele foi unanimemente criticado por todos outros pré candidatos por conta da proximidade com Lula. Mas rechaçamos que essa proximidade implique em importação de métodos petistas ao PSOL. Internamente ele será muito mais cobrado pela militância que externamente, acredite.
Agradeço a sua postura, tenho muitos amigos liberais, e alguns conservadores de respeito. Pessoas que não aderiram a barbárie que se avizinha.

Gabriel
Visitante
Gabriel

Gostaria de pedir uma reportagem “off topic” sobre as munições usadas pelos “cidadãos de bem” do RJ contra as forças de segurança pública. Particularmente destacando qual político do PSOL defende os já citados “cidadãos de bem”.

Zeabelardo
Visitante
Zeabelardo

Pena que as 59.999 mortes por ano não recebam a mesma comoção.

Meu amigo Professor da Uerj Carlos Samanez foi brutalmente assassinado na Quinta da Boa Vista por um dimenor.

Ninguém procurou a família.

Desculpe o desabafo, acho que vcs são uns hipócritas.

Fred
Visitante
Fred

Decepcionaria *
Tratada *

Fred
Visitante
Fred

Eita: tragada *

WellingtonRK
Visitante
WellingtonRK

Agora uns M198 cairiam bem.

colombelli
Visitante
colombelli

MF, os únicos veiculos que serão utilizados como fonte de peça serão 08 do lote adquirido para o projeto M109-BR (8 de 40). Estes 60 do lote da notícia serão incorporados na tropa, ou seja, o numero de obuseiros será o que eu falei acima 128. são 32 BR + 36 do lote belga + 60 do ultimo lote, tudo na tropa, e o lote de 60 provavelmente substitui um grupo com M-108 e 4 grupos com M-114. Negrão, é pra refrigeração. O vida do tubo fica na faixa de uns 1500 disparos, mas varia muito com o tipo de… Read more »

Gabriel
Visitante
Gabriel

Bom dia.
Posso estar equivocado mas os A3 (lote Belga) e os M-108 serão substituídos polos A5.
Mesmo passando por vários tipos de manutenções e adaptações, os A3 estão bastante desgastados, pois chegaram no Brasil bastante usados.

CignusRJ
Visitante
CignusRJ

Obrigado pela resposta.

Silvio RC
Visitante
Silvio RC

Duvido muito que o EB descarte os M 109 do lote belga. Provavelmente passarão por uma modernização. Tem uma forte corrente dentro da força, que visa dotar todos os GAC das ADs em AP. Temos nas ADs os 11*, 12*, 13*, 14*, 21*, 27* GAC AR e 15* e 29* GAC AP. Com exceção do 21*, Todos operando o 155mm. Fogo no Terreno!

Juarez
Visitante
Juarez

Willhorv 16 de Março de 2018 at 12:06
Com relação as peças 155mm rebocadas, há algo em vista?

Sim, a CMBW já vistoriou várias peças de M 198. Viriam também de graça.
O que está pegando:

Peso de operação, pois pesam aproximadamente 2500 Kg a mais do que os M114, então parte da logística de apoio e de transporte das peças teria que ser revista.
As outras opções como o Soltando, que o Colombelli já citou são mais pesados ainda.
Vamos ver o q o EB decide.

colombelli
Visitante
colombelli

Gabriel em nenhum momento se cogitou substituir M-109 por M-109 ou baixa de alguma peça deste tipo; o que haverá é soma. Um M-109 do lote belga é infinitamente melhor do que o que tinhamos. A substituição será dos M-108 e talvez de um ou dois grupos que hoje operam o M-114.

Alex
Visitante
Alex

Pode substituir um canhao obuseiro de artilharia de campanha por um tanque M109A5 autopropulsado?

Ex: se um quartel de artilharia tiver 50 obuseiros de 120mm e de 150mm, eles podem ser substituídos por Tanques M109A5 autopropulsados pra artilharia ficar melhor e mais prática??? Ou não pode substituir??