Home Asas Rotativas Espanha terá mais de cem helicópteros NH90

Espanha terá mais de cem helicópteros NH90

4254
52
NH90 da Espanha

A Direção Geral de Armamento e Material da Espanha (DGAM) está trabalhando em um programa de aquisição que visa uma futura frota de 104 helicópteros NH90 para as forças armadas espanholas, que incluirão pelo menos doze configurações diferentes.

O primeiro lote de Helicópteros de Transporte Tático (TTH), atualmente entregues ao Exército, é referido pelos fabricantes como o padrão GSPA1 NH90. Estes serão seguidos pelas máquinas padrão GSPA2 e GSPA3.

Em abril de 2018, os primeiros voos de teste começarão com o GSPA2 NH90. Essa configuração terá recursos aprimorados para as missões do Personal Recovery. O primeiro GS90 NH90 está programado para entrega no final de 2019.

O próximo lote de NH90 será Helicópteros de Transporte Tático Marítimo (MTTH) para a Marinha, capaz de operar a partir de navios da classe LHD e LPD. A indicação do fabricante para esta versão é MSPT.

FONTE/FOTO: Airbus Helicopters

52
Deixe um comentário

avatar
29 Comment threads
23 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
27 Comment authors
humbertoDr. MundicoWellington GóesCamiloJuarez Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
filipe
Visitante
filipe

Devemos ter mais 50 EC-725 Super Cougar… para ter uma frota de 100.

Hélio
Visitante
Hélio

Se 50 são um problemão, imagina 100 kombis.

DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Helicóptero LINDO!

Defensor da Liberdade
Visitante
Defensor da Liberdade

A Espanha tá com tanto dinheiro assim para comprar tantos helicópteros? Pensei que a Espanha estava falida…

Henrique de Freitas
Visitante
Henrique de Freitas

Quebrada não está. Mas não tem $ para isso hoje. Importante entender como isso será pago.

Nonato
Visitante
Nonato

O Brasil também está em crise mas está comprando gripen, scorpene e Tamandaré.
Todo ano o governo tem déficit de 150 bilhões…
Com a queda dos juros diminui um pouco esse tipo de despesa…

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Como alguém já disse com muita propriedade uma vez “ter não significa operar”. O NH-90 é um aparelho de custos altíssimos de operação ou seja, ainda que eventualmente venham a ter esses 104 aparelhos dificilmente os espanhóis terão muitos deles operando ao mesmo tempo. Por precaução era melhor comprar alguns UH/MH-60 via FMS.

Alfredo Araujo
Visitante
Alfredo Araujo

Que lógica é essa que vc usou para elaborar esse comentário ?
Se a operação de um único vetor por todas as forças tende a baixar os custos de operação, vc vem propor a adoção de um segundo modelo de helicóptero para baixar custos ?
Isso pq nem citei o fato de que as grandes forças armadas européias operam o mesmo NH90 !!

Hélio
Visitante
Hélio

Mas a escala não baixa o preço, ela dilui, são coisas diferentes. Um equipamento caro sempre vai ser caro, não importa a escala. Agora, comprar Black hawk como opção mais barata não parece fazer sentido, ele também tem um custo de operação alto.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Os custos do UH-60 são altos mas consideravelmente mais baixos que os do NH-90. Os suecos adquiriram o aparelho europeu mas como a entrega do mesmo atrasou acabaram comprando 15 UH-60M como paliativo,e descobriram que o aparelho da Sikorsky é mais barato de operar e manter.

Mauricio R.
Visitante

Esse NH-90 é um pesadelo logístico, cada operador tem a sua versão particular.
A Austrália opera essa coisa, na primeira oportunidade voltaram correndo para o helicóptero da Sikorsky, no caso o MH-60.

Walfrido Strobel
Visitante

Falando em helicoptero, o Exército da Indonésia está recebendo os ultimos 5 Apache de navio, os 3 primeiros vieram de C-17.
Isso é o sonho de muita gente aqui.
. http://defense-studies.blogspot.com.br/2018/03/5-heli-apache-guardian-tni-ad-tiba-di.html

Marcos10
Visitante
Marcos10

Não dá para gente vender os nossos Super EC-725?

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Apesar dos problemas, o NH90 é uma aeronave moderna e não um SuperPuma esticado, mal dimensionado e ainda não consertado adequadamente. Ademais, o NH90 é montado na Espanha. Se ela quiser comprar o H225M, irá falar direto com a Airbus e montar lá também em vez de comprar o caríssimo “Made in Brazil”.
Eu duvido que o Brasil exporte um mísero H225M. Aliás, nem vender no mercado civil a Helibrás consegue. Só ocorrerão as compras estatais e espero que fique apenas nas 50 unidades já contratadas.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Podia não ficar nem nas 50. Aparecer alguém com culhões e cancelar isso tudo. Tomara que sejam os órgãos de controle do Brasil.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Se logo que deu problema não apareceu ninguém com coragem para romper o contrato, agora que não irá surgir.
Tenho medo que comprem mais após o término das entregas.

Almeida
Visitante
Almeida

Teve um ciclo de desenvolvimento e testes complicado, mas aparentemente sanou todos seus problemas e se tornou o helicóptero mais moderno do mundo. Não fosse isso, as nações operadoras não estariam aumentando suas dotações como a Espanha.

Walfrido Strobel
Visitante

Mas as reclamações sobre o custo de operação do NH-90 são muitas, é um helicóptero muito caro de se operar.
Eles vão ter que ter coragem para comprar mais de 100 unidades.

RL
Visitante
RL

100 unidades para um território como o espanhol.
Nada mal.

E o Brasil?

A que pé anda nosso programa dos 50 EC-725?

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Na boa…

O cara que fez este projeto, não conseguiu nem um lugar descente para colocar a metralhadora lateral.. Deixaram o no meio da porta..

Bem projeto de europeu…deviam ter pensado no lugar da metralhadora um dispersor de purpurina só pode…

Bardini
Visitante
Bardini

Nossa, esse Europeus são burros mesmo…
Deveriam ter feito uma janelinha apertada, como a do BH. Aquela em que o operador tem de ficar com metade do corpo pra fora.
.
“The armament consists of two 7.62mm M134D six-barreled, electrically driven Gatling Guns, one on each sidedoor. The gunner’s seat and weapon mount are on a platform that can be rotated inwards to clear the doorway.”
.
https://www.milavia.net/specials/italian-army-nh90-afghanistan/

Nonato
Visitante
Nonato

100 helicópteros para a Espanha é muita coisa.
Território relativamente pequeno.
Não são uma potência militar nem têm inimigos com risco de invadir seu território.
É rasgar dinheiro.
Esses helicópteros são lindos…

Camilo
Visitante
Camilo

Querido Nonato ,a Espanha pelo o que eu vi,tem mais força militar que o Brasil o Brasil só ganharia na infanteria,pelo demais ela ganha,no ar e mar,e muitas partes na terra,se o Brasil não fosse tão corrupto,podia ter o arsenal dos americanos.

Bardini
Visitante
Bardini

Nossa… Quanto contribuinte espanhol aqui!
Todos muito preocupados com o fato de que vão ter que pagar a aquisição desses helicópteros.
.
Seria muito mais racional deixar de produzir eles na Espanha e importar dos EUA, como manda a cartilha.

Juarez
Visitante
Juarez

Pagar a compranunca foi problema, mas manter e operar,ahhh voar, treinar, operar e manter aí sim.
Cem “táchos do problemas” para a Espanha, me lemvram muito outro país que queria 120 caças de primeira linha e vai ter que se contentar com um terço disto.
O tempo, ele guia a vontade e a realidade, só que em caminhos diferentes.

Camilo
Visitante
Camilo

Claro Juarez,o de manter e operar depende de cada pais,tem paises que “compra” uma tornilho por 10x mais do que realmente costa,assim é normal que manter custa caro,já me entendi ,não.Em paises mais serio como a Espanha os corruptos estão na cadeia,na arêa dos aviões eles tem F!8,tornados e eurofigthers,entre outros,que seria um sonho para a FAB,saudos

Juarez
Visitante
Juarez

Marcos10 1 de Abril de 2018 at 18:22
Não dá para gente vender os nossos Super EC-725?
Se você souber de alguma “vítima” em potência pode avisar o Comaer. Enviamos com frete pago, emcaso de compra de três ou mais exemplares.
Aproveita os MI35, estes vão ter promoção especial, na compra de cinco exemplares, leva um gratis.

Juarez
Visitante
Juarez

RL 1 de Abril de 2018 at 20:06
100 unidades para um território como o espanhol.
Nada mal.

E o Brasil?

A que pé anda nosso programa dos 50 EC-725?
Pé esquerdo, com a unha do dedão encravada ainda por cima.

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Viva a Kombosa voadora!

RL
Visitante
RL

Chorei de rir kkkkkk…..rsrsr….

Gabriel
Visitante
Gabriel

Muito bom!
Ao menos existe algum país europeu fazendo o dever de casa

tomcat3.7
Visitante
tomcat3.7

Será que, tirando o problema que houve na gear box(nem sei se já solucionaram), o H-225M é tão ruim assim pra inspirar tanto desden???

willhorv
Visitante
willhorv

Não acho o H-225M ruim. Solucionaram a questão do gear box, não?
Vem de uma família boa de helis, possui boas características e não é tão caro de operar.
Atende a demanda e é um burro de carga.
Acredito que o nh90 seja muito caro comprar e operar, principalmente por não termos nada aqui no BR do fabricante.
Estou muito errado?

Juarez
Visitante
Juarez

Não Tomcat, é tudo implicância minha, fake news, campanhas de desinformação, batuque, trabalhos pesados da Mãe Dinah, encosto e mau agouro.
Quando chegar a conta da Kombi de rosca, o NH 90 e Typhoon vão parecer um Bell 206 e outro um custo de paulistinha perto desta, desta coisa que teimam em chamar de helicóptero “militar”.

Tomcat3.7
Visitante
Tomcat3.7

Então está explicado!!!rs

Mauricio R.
Visitante

Mas nem nas compras estatais, em recente concorrência da Petrobrás, ofertas contendo a “komboza do mal, que solta pecinha” não foram aceitas.

Willhorv
Visitante
Willhorv

Não acho o H 225M ruim não. Possui boas capacidades, vem de uma família de helis muito boa e seu custo benefício não é ruim.
É a nossa realidade do que um helis caro como o nh90.
Agora, não vamos confundir corrupção agregada com custos de aquisição e operacionais. São coisas que deveriam ser bem separadas.

Juarez
Visitante
Juarez

Camilo 2 de Abril de 2018 at 19:22 Claro Juarez,o de manter e operar depende de cada pais,tem paises que “compra” uma tornilho por 10x mais do que realmente costa,assim é normal que manter custa caro,já me entendi ,não.Em paises mais serio como a Espanha os corruptos estão na cadeia,na arêa dos aviões eles tem F!8,tornados e eurofigthers,entre outros,que seria um sonho para a FAB,saudos Camilo, a questão é que, nem com toda a pretensa honestidade dos Europeus, eles conseguiram trazer para dentro do que seria o mimimo aceitável, o custo de operação de algumas anvs modernas deles. Não é… Read more »

Juarez
Visitante
Juarez

Willhorv 3 de Abril de 2018 at 7:27 Não acho o H 225M ruim não. Possui boas capacidades, vem de uma família de helis muito boa e seu custo benefício não é ruim. É a nossa realidade do que um helis caro como o nh90. Agora, não vamos confundir corrupção agregada com custos de aquisição e operacionais. São coisas que deveriam ser bem separadas. Como você sabe que o custo benefício dele não é ruim, se ainda não se compilou o custo total de hora voada, em função de todos os problemas técnicos que estão acontecendo? Se eu considerar tão… Read more »

Willhorv
Visitante
Willhorv

Não creio que os problemas com o H225 perdurem.
Já solucionaram o problema, ou estão bem próximos disto.
A inspeção deve ser feita se a substituição dos itens não foi executada, ou por segurança até o fazê-la, ou até se confiar novamente.
Não desmereço o helis….e o apelido de Kombi também não é ruim não….dá pra levar muita coisa.
Deve ser melhor que a lata de sardinha dos Phanter para ir e vir…kkkkk.
E a fábrica queira ou não queira, mesmo que montadora, está aí…..

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Willhorv,

Quer um conselho?! Não vale a pena discurtir com o Juarez sobre este projeto, vai por mim, é perda de tempo qualquer argumentação, por mais realista que seja, o problema é de outra ordem.

Até mais!!! 😉

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Uma pena um projeto que parecia tão promissor, apresentar tanto problema. Espero que consigam solucioná-los. Essa é a realidade de projetos que tentam ser mais avançados do que se pode, tanto o NH-90, quanto o A400M, ou mesmo o F-35, são o exemplo disso.

Dr. Mundico
Visitante
Dr. Mundico

O território espanhol não se resume ao espaço que ocupa na península ibérica. A Espanha possui territórios ultramarinos no Atlántico (Ilhas de Tenerife e Canárias) que são áreas altamente estratégicas e muito cobiçadas desde a época das grandes navegações. Sem falar que de vez em quando surgem atritos entre Espanha e Marrocos por questões fronteiriças que perduram há séculos. A Espanha tem 3 enclaves no território marroquino, as cidades de Ceuta, Melilla e Peñon de Vélez de la Gomera, na verdade uma rocha desabitada de apenas 400 metros de comprimento a menos de 90 metros do litoral marroquino! Com Portugal,… Read more »

HMS TIRELESS
Visitante
HMS TIRELESS

Ainda tem a treta de Gibraltar com a Coroa Britânica.

Juarez
Visitante
Juarez

Willhorv 3 de Abril de 2018 at 10:11 Não creio que os problemas com o H225 perdurem. Estas redondamente enganado, os problema vão ficar piores a medida que o número de horas de voo aumentar, e a lei da mordaça está imposta neste assunto no meio militar. Já solucionaram o problema, ou estão bem próximos disto. Não, e nem vão, porque: Porque o problema passa primeiro, a Airbus assumir que errou dimensionamento da transmissão e isto vai gerar um maremoto de ações na justiça, inclusive daquelas familias, cuja as pessoas morreram no mar do norte. A solução mágia para nós… Read more »

Juarez
Visitante
Juarez

Moderação, por favor, o doberman comeu um post meu.

humberto
Visitante
humberto

É importante lembrar que a compra dos helicopteros franceses não veio das forçar armadas e sim uma compra do Estado (via defesa e GF) e é só pesquisar quem eram os governantes da época.
Um outro ponto, quantos 225v novos foram comprados pelas forças armadas depois da encomenda do GF? ZERO. Houve compras de outros helicopteros? Sim, BH pela FAB e SH pela MB. Se os 225 fossem realmente tão bons como alguns foristas teimam em afirmar, por que a FAB e a MB não compraram novos lotes? Teria todo o sentido comprar mais unidades para padronizar a frota.

Bardini
Visitante
Bardini

“Um outro ponto, quantos 225v novos foram comprados pelas forças armadas depois da encomenda do GF? ZERO” . Também… Nem entregaram todos os 50 e tu já quer mais encomendas? Seria estranho comprarem mais, se nem estão pagando pelo o que compraram… . “Houve compras de outros helicopteros? Sim, BH pela FAB e SH pela MB.” . Sim. BH, que é de outra categoria e também substitui os Sapões e SH para a MB fazer ASW. . “Se os 225 fossem realmente tão bons como alguns foristas teimam em afirmar, por que a FAB e a MB não compraram novos… Read more »

humberto
Visitante
humberto

Bardini, Me desculpe mas não são helicopteros de classes tão diferentes. O Chile utiliza uma variante do Super Puma para o trabalho que o SH faz para a MB, Courgar e 225 são helis diferentes mas não seria um disparate utilizar o 225 para isto, não vejo sentido sobre o ponto de vista financeiro e logistica ter tão poucos SH e 225 juntos. Gosto e muito dos super puma mas o 225 não, como muitos dizem, parece uma gambi para uso militar. Por que mesmo com uma encomenda de 20 225 na FAB a mesma continua teimando em comprar o… Read more »

Bardini
Visitante
Bardini

“O Chile utiliza uma variante do Super Puma para o trabalho que o SH faz para a MB” . Que não é tão bom quanto SH. Sabiamente, não adotaram uma versão ASW da Kombi. . “Gosto e muito dos super puma mas o 225 não, como muitos dizem, parece uma gambi para uso militar.” . Super Puma também é derivado de um Civil… . “Por que mesmo com uma encomenda de 20 225 na FAB a mesma continua teimando em comprar o BH?” . Pra substituir os Sapões… Pq H225M e BH são de classe diferentes… . “Mesmo os gringos… Read more »

humberto
Visitante
humberto

Me desculpe Bardini, dia muito corrido.
Um pouco de preciosismo, o Super Puma é derivado do Puma que foi desenvolvido para uso militar, inicialmente a França e Inglaterra.
O 225 não pode substituir o Hzão? Sim, ele é bem maior mas nada que seja proibitivo, por sinal quem está substituindo o Sapão são o 225 e BH.
Particularmente acho que a compra foi perversa para as Forças Armadas, elas precisavam então qq coisa que venha sempre são bem vindas, mas pelas compras posteriores dos BH sinalizam o que a FAB e MB desejavam.
Sempre é um prazer discutir com pessoas preparadas e educadas.
Abraços