Home Forças Policiais PM do Rio recebe 265 novas viaturas

PM do Rio recebe 265 novas viaturas

6018
116
Novas viaturas da PM do Rio

Nessa manhã, 26/04, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) recebe 265 viaturas que reforçarão a frota da Corporação.

A solenidade de entrega ocorre em frente ao Monumento Mundial aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, no Parque do Flamengo.

O Interventor Federal na Segurança Pública do Estado do Rio e Comandante Militar do Leste, General Walter Braga Netto preside a cerimônia.

Os novos veículos fazem parte do primeiro lote de um total de 580 viaturas para melhorar a capacidade operativa no policiamento ostensivo no Estado.

DIVULGAÇÃO: Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro

Subscribe
Notify of
guest
116 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Everton Matheus
Everton Matheus
2 anos atrás

Por um investimento muito inferior ao que foi feito, já poderia ter feito a manutenção em outras centenas que estão paradas. Mas enfim, espero que agora as coisas andem.

Zorann
Zorann
Reply to  Everton Matheus
2 anos atrás

Exatamente Ewerton!
.
Lógico que são necessárias viaturas novas. Mas tem de fazer a manutenção do resto da frota.

Rafael Soalleiro
Rafael Soalleiro
Reply to  Everton Matheus
2 anos atrás

Chega a hora onde a manutenção da vtr é mais cara e não compensa.

Everton Matheus
Everton Matheus
Reply to  Rafael Soalleiro
2 anos atrás

desconsiderando os casos de Perda Total eu desconheço.

Gustavo
Gustavo
Reply to  Everton Matheus
2 anos atrás

concordo. E ainda assim, na perda total, a canibalização de peças ainda pode gerar alguma economia.

CignusRJ
CignusRJ
Reply to  Everton Matheus
2 anos atrás

Que eu saiba as viaturas da polícia Civil e Militar no RJ é feita à base de aluguel.
Nele consta que a empresa fará a manutenção e substituição das viaturas quando necessária.
Não sei como foi feito no caso destas viaturas da matéria.

Guto
Guto
Reply to  CignusRJ
2 anos atrás

Os Voyages se não me engano eram alugados.

No casso dessas foram compradas mesmo pelo governo do estado por pregão eletrônico.

Roberto Dias
Roberto Dias
Reply to  Everton Matheus
2 anos atrás

Existem leis que impedem que um veículo do serviço público seja utilizado após um certo número de anos ou quilômetros rodados. Claro que não todos os veículos atingem esses números, mas quase sempre um veículo quando é encostado esperando manutenção estoura o tempo de vida útil dele.

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
2 anos atrás

quando termina a intervenção vão estar só a carcaça rolando em algum terreno abandonado

Everton Matheus
Everton Matheus
2 anos atrás

Alias, seria legal ter grana pra bancar o petróleo das viaturas e efetivo para opera-las.

Marcos
Marcos
2 anos atrás

Pelo menos os vidros são blindados (frontal e traseiro)

Caio
Caio
2 anos atrás

Ford ka mais caro do que um hb 20.
Um estado que não vai fazer manutenção.
Veículo sem capacidade de entrar nas comunidades.
Onde se vai comportar os detidos, nesse carrinho, ao lado do policial, “otimo”.
E assim o Rio de Janeiro continua indo _ ladeira a baixo.

Everton Matheus
Everton Matheus
Reply to  Caio
2 anos atrás

Acho que vai servir para ostensivo em lugares de acesso mais fácil.
Consumo do Ká é beeeeeem tranquilo.

Talisson Goet
Talisson Goet
Reply to  Caio
2 anos atrás

“ressucitar” uma Frontier ou S10 com motor fundido também sai bem caro e a maioria ta só o bagaço. Deveriam ter sido cuidadas logo de inicio, agora ja era. E o futuro dos Ka é o mesmo. Os Ká vão pro pau, sim, igual os Voyage (deixando os guerreiros no sufoco). Igual as CTT40, Beltrame jurou que não seriam usadas na guerra nos morros contra fuzis do tráfico, mas a situação dos FAL tá tão absurda (panes de todo tipo) que as fracas Bovinas de plastico estão lá fazendo frente até contra G3 das vitimas do capitalismo. Ao menos as… Read more »

PauloR
PauloR
2 anos atrás

Esses Ford Ka, também podem ser chamados de Ford Kamikaze porque tiraram nota 0 em testes de segurança.
Agora os PMs do Rio estão F### se depender da corporação; de um lado os traficantes, do outro a chefia que faz questão de dificultar os trabalhos e ainda tem os milicianos, mas se bem que esses tem uma relação estreita com policiais, então são tão perigosos.

Alex
Alex
Reply to  PauloR
2 anos atrás

Desculpa a ignorância, mas um projeto global tirou nota zero nos testes de segurança?

Bravox
Bravox
Reply to  Alex
2 anos atrás

Só vendeno brasil e india essa coisa.

CignusRJ
CignusRJ
Reply to  Bravox
2 anos atrás

Já começou a ser vendido na Europa.
Mas carro feito pra mercado europeu sempre é masi seguro que quando feito pra mercados de 3º mundo.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  PauloR
2 anos atrás

Esse teste em que ele foi reprovado não é exigido no Brasil, é o mesmo problema do Onix. As montadoras aproveitam para ignorar esse quesito para provavelmente poder vender por um preço mais barato, tanto que o onix e o ka são os carros mais vendidos no Brasil. Quanto ao governo… esse só quer saber de cobrar impostos e não está nem aí para a segurança, muitos carros vendidos no Brasil não seriam permitidos em outros países. E por fim não sei como as pessoas aceitam que mais da metade do preço de um carro seja de impostos, quem compra… Read more »

Camargoer
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 anos atrás

Caro Smoking. Essa questão do imposto é mal interpretado. O preço do carro é determinado pelo consumidor. A montadora ajusta o preço segundo uma curva tipo sino, no qual ela ajusta o preço para garanta o maior lucro para a empresa com o menor estoque. Se a montadora aumentar o preço, o produto, os carros ficarão retidos nos pátios por mais tempo, mas se ela reduzir o preço, ela vendará os carros na mesma taxa mas com um lucro menor. Se você zerar o imposto, a empresa irá aumentar o preço para chegar no valor que o mercado paga, aumentando… Read more »

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

Se esqueceu dos juros, sim se os juro no mercado for x% o lucro do produto deve ser maior que x%. Os juros no mercado deve está por votar de ~14% logo o lucro da montadoras deve ser 14,yz% no minino pois se for igual ou menor de que o juro não fale o risco.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

Sempre vem um com essa falácia para dizer que o governo é inocente e as montadoras é que são malvadas muhaha, é fato que cerca da metade do valor pago em uma carro vai diretamente para o governo, esse sim que lucra absurdos com vendas de carros sem fazer nada. Se o país quebrar e a venda de carros despencarem sabe o que vai acontecer? As empresas vão demitir todo mundo e saírem do Brasil porque não podem reduzir drasticamente o preço como alguns pensam, além dos imposto diretos serem um dos maiores do mundo, o custo de produção também… Read more »

Camargoer
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 anos atrás

Caro Smoking. Ninguém disse que as montadoras são malvadas, mas em um sistema capitalista as empresas buscam a máxima lucratividade. Se a empresa não conseguir a máxima lucratividade, os acionistas irão procurar novos administradores que consigam isso. Quem determina o preço dos carros no Brasil é o mercado. As empresas estão instaladas no Brasil porque existe um mercado disposto a pagar preços que geram lucros. Se o mercado brasileiro desse prejuízo, as montadoras já teriam fechado as suas fabricas (a propósito, a Honda irá inaugurar uma nova fábrica no interior de S.Paulo nos próximos meses, deixando a fábrica velha em… Read more »

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 anos atrás

Não smoking, elas não são malvadas, só querem lucro, normal, o problema é o brasileiro que paga um absurdo para ter carro zero.
Aceita juros estratosféricos, só para ter carro zero.
As montadoras só estão fazendo o papel delas de vender.

Camargoer
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 anos atrás

Olá Marcelo. Essa é a minha tese. As empresas (tanto as que fabricam carros, computadores, celulares, roupas, quanto as que oferecem serviços) cobram um preço que garantirão a lucratividade máxima. O preço é fixado pelo mercado e pela disposição do consumidor em pagar pelo bem ou pelo serviço. Os impostos fazem parte da composição do preço mas não determinam o preço. Por outro lado, os impostos são decisivos para determinar a taxa de lucratividade. Reduzir impostos impactam mais no aumento da lucratividade do que na redução dos preços de mercado.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  SmokingSnake 🐍
2 anos atrás

Se tirar impostos sem dúvida uma hora o preço cai, é óbvio que em um primeiro momento as empresas não se sentiriam ameaçadas o suficiente para reduzir o preço e podem aproveitar para aumentar a margem de lucro, mas ficaria um ambiente muito propício para uma empresa concorrente ganhar ou entrar no mercado e eventualmente seriam forçados a reduzir o preço sob pena de perderem mercado (isso sim é livre mercado). Os impostos também participam da fixação do preço porque impõem um limite até onde as empresas podem reduzir o preço, é muito loucura achar que impostos não tem nenhuma… Read more »

Rafael_PP
Rafael_PP
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

Caro Camargoer, seu raciocínio apenas faz sentido se aplicada unicamente a lógica matemática – a qual você aparenta dominar. No entanto, você excluiu importantes premissas práticas, o que revelaria, com a devida vênia, o viés ideológico. Infelizmente no Brasil, o custo de um tributo não se esvai no seu recolhimento. Tampouco o recolhimento é uma ciência exata, existem algumas técnicas de arrecadação, que influem exponencialmente no setor automobilístico (ICMS e IPI) que impõe o pagamento de valores a título previsão, que após, poderá ser restituído. Mas o calvário se estende. Existe algo chamado administração tributária. Você deve pensar em grandes… Read more »

Camargoer
Reply to  Rafael_PP
2 anos atrás

Caro Rafael. Geralmente, o “Mises Brasil” exagera as cores ideológicas, contudo continua sendo uma boa fonte de referência. Pelo menos eles são honestos sobre o que defendem. Recomendo o texto “Sobre o preço dos carros no Brasil” publicado lá em 2011. A conclusão é bem parecida à minha sobre como a disposição do consumidor em pagar pelo bem ou pelo serviço é o que define o preço de mercado, não a carga de impostos.

Rafael_PP
Rafael_PP
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

Reconheço que percebi algumas nuances austríacas em seu comentário, o que me surpreendeu. Meu comentário anterior não buscou contradizer o cerne do seu raciocínio, mas apenas demonstrar que o cenário é tormentoso e desesperador. Requer mais que simples medidas. No mais, concordo que o consumidor brasileiro também tem sua fatia de responsabilidade. Podemos passar dias discutindo as razões culturais, sociais e econômicas que movimentam nosso mercado. Em minha opinião, muito disso é alimentado pelo crédito fácil oferecido, que ‘disfarça’ o valor real do produto, impulsiona as vendas e alimenta um setor que emprega muita gente, o que gera influência nos… Read more »

Camargoer
Reply to  Rafael_PP
2 anos atrás

Caro Rafael, nunca é demais dizer que a cegueira ideológica não é um privilégio da esquerda. Aliás, o crédito fácil foi a origem da crise do sistema financeiro em 2008. Aproveito para retribuir os abraços.

Camargoer
2 anos atrás

Olá Colegas. É preciso um pouco de bom senso agora. Eu sou contra essa intervenção, mas se a aquisição foi feita por meio de pregão, não há muito o que ser discutido. Geralmente, o edital especifica a classe do veículo (número de passageiros, potência do motor, peso do veículo, etc) e também os acessórios (rádios, girofles, pintura, etc). Não é possível especificar o modelo “forde ka” ou “hynduai HB 20” ou “citroen C3”.

Guto
Guto
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

Exato. No caso desse pregão específico também estava contemplada a compra de 170 veículos do tipo utilitário, mas não houve lances. A Fiat até se interessou, mas disse que a planta não tinha como atender a exigência de entregar o primeiro lote em 60 dias. Para quem tem curiosidade basta acessar o site abaixo e procurar o pregão 054/2017 https://www.compras.rj.gov.br/ As especificações foram: Item 1 – VEICULO PASSEIO,MOTOR: 98 ~ 120 CV (GASOLINA), TIPO: SEDAN, CAPACIDADE PASSAGEIROS: 4 ~ 5 PASSAGEIROS, NUMERO PORTAS: 4 PORTAS LATERAIS, OPCIONAIS: DIRECAO HIDRAULICA/ELETRICA/ELETRO HIDRAULICA, FREIOS ABS, VIDRO ELETRICO E TRAVA ELETRICA NAS 4 PORTAS,… Read more »

Walfrido Strobel
2 anos atrás

A grande maioria das ocorrencias policiais não requer pesadas camionetes blindadas e estes carros atendem as necessidades, é claro que paralelamente devem ser compradas viaturas para interceptação e confronto, outra situação.
Vejam como exemplo a Indonésia:
Viatura para confronto, uma Barracuda de fabricação sul coreana: http://policenewscenter.com/images/foto_berita/33baracuda.jpg
.
Viatura normal: https://dondot.jw.lt/images4/Indonesia%20Modern.jpg
.
Interceptor de rodovia:comment image?t=o&v=760

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

os britânico usam um Smart ForTwo!!!

Rob
Rob
2 anos atrás

Que eu me lembre esses carros não passam no teste de segurança.

José Carlos David
José Carlos David
2 anos atrás

Em pouco tempo, devido à falta de manutenção, estarão no pátio como sucatas. As Polícias Militares deveriam se espelhar nas Forças Armadas, onde os equipamentos mesmo antigos e ultrapassados funcionam perfeitamente.

Walfrido Strobel
Reply to  José Carlos David
2 anos atrás

Não se pode comparar a utilização diária e ininterrupta de um carro da PM com as viaturas das Forças Armadas que passam a maior parte do tempo patadas na garagem.

Everton Matheus
Everton Matheus
Reply to  José Carlos David
2 anos atrás

Claro José, afinal o Exército sai patrulhando as cidades diariamente.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Everton Matheus
2 anos atrás

É claro que a manutenção do EB dever ser bem melhor do que a da PMRJ.
Mas a comparação é inadequada. Não dá para comparar Marruá de R$ 200 mil com Ka de R$ 45 mil. E aposto que o Ka roda muito mais e tem 1000 vezes mais chance de levar tiro ou sofrer um acidente de trânsito numa perseguição.

Talisson Goet
Talisson Goet
Reply to  José Carlos David
2 anos atrás

Tem razão, até o final do ano quase todos os Kazinhos da foto estarão super-sugados e muitos deles destruidos no pátio.
Mas não há como comparar as instituições, simplismente não há como.

Everton Matheus
Everton Matheus
2 anos atrás

Cara, o que vou dizer aqui não tem nenhum viés ideológico ou caráter religioso. Recentemente o Pr Silas Malafaia reuniu uma galera da igreja dele que é PM e Mecanico e foi la fazer um mutirao para concertar algumas viaturas e fez um video mostrando. Tinha viatura parada por falta de bateria, outras sem pneus, outras estavam sem bancos, algumas com alternador com defeito… Será que uma viatura nova é mais barata que a compra de alguns desses itens? Viaturas que estavam intactas, com menos de 3 anos de uso mas com algumas peças zuadas. Enfim, a situação é a… Read more »

Flamenguista
Flamenguista
2 anos atrás

Já que a policia é militar (que por n motivos, sou contra), poderia ter a divisao em armas, como o exercito. Assim teria uma Intendencia, se é que nao tem!

SRN

Caio
Caio
2 anos atrás

Em uma cidade onde marginais usam fuzis para roubar pedestres estes compactos vão servir de alvo e só. Varios amigos na Polícia reclamavam do logan mais potente e imagina isso. Estes carros so servem para marcar presença. Era melhor investir em blindados 4×4 para ocupar as comunidades e nao ir so fazer incursões estéreis. Ogladiador 1 teria o preco de 400 mil reias segundo o Defesanet em 2015, logo, Esses quase 15 milhões gastos nessas viaturas( pelo preco informado no Plano Brasil)compraria uns 40 gladiadores de entrada, e que poderiam ser usados nas vias de maior incidencia de crimes, isso… Read more »

elton
elton
2 anos atrás

aqui no para fizeram uma gambiarra que ate que deu mais ou menos certo o gorveno contratou uma empresa para fornecer as viaturas para policia e manter a disponibilidade racionalizando o uso e sao trocadas periodicamente se saiu mais barato eu nao sei mas pelo menos as viaturas depenadas desapareceram dos patios e a policia aumentou as rondas

Mikhail Bakunin
Mikhail Bakunin
Reply to  elton
2 anos atrás

Enquanto eu escrevi o comentário você postou antes. Não sabia que já existia experiência nessa modalidade de contratação de frota, realmente muito mais racional.

CignusRJ
CignusRJ
Reply to  elton
2 anos atrás

Isso já é feito no RJ há uns 8 anos. Não sei o caso destas viaturas da matéria.
Mas o que vc disse é o mesmo que acontece aqui.

DaGuerra
DaGuerra
2 anos atrás

Porque não pagam para a Policia Militar do Rio de Janeiro Jaguar Land Rover CX 75S? Já que a montadora fez investimento no Estado. A polícia tem que ter o melhor. Começar a mudar essa imagem derrotada que a mídia marxista passa. Porra de carrinhos feios esses da foto…aposto que são franceses…

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  DaGuerra
2 anos atrás

[Ironic mode On]Mas á Turbina é porque em algumas ronda já acaba acotar de combustível para todas as viaturas de uma vez só!!!![Ironic Mode Off] á o Ka MK3 é indiano-brasileiro.

Mikhail Bakunin
Mikhail Bakunin
2 anos atrás

Não é viável a modalidade de aluguel / arrendamento? É muito comum na iniciativa privada, mas não costumo ver nenhuma polícia usando.

Por exemplo: a empresa vencedora da licitação teria que fornecer uma quantidade X de viaturas, com um índice de disponibilidade de 95%. No caso de acidente ou quebra a empresa superior ao índice mínimo de 95% haveria a troca.
Imagino que com garantia de disponibilidade a frota total poderá diminuir, além de eliminar os setores de manutenção da PM (mais efetivo liberado para a atividade fim).

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Mikhail Bakunin
2 anos atrás

Pernambuco aluga viaturas para a sua PM.

Talisson Goet
Talisson Goet
Reply to  Mikhail Bakunin
2 anos atrás

Se não me engano Goias também. Mas encheu de Gol 1.0

Camargoer
Reply to  Talisson Goet
2 anos atrás

A Policia Militar Rodoviária de SP usa viaturas registradas pelas concessionária (inclusive as placas são cinzas, não brancas). Existem várias alternativas. Alguns colegas colocaram o aluguel de uma frota, também poderia contratar uma empresa para a manutenção de uma frota própria. Poderia ser criada uma oficina central (a PM de São Paulo tem uma oficina enorme perto da Rodoviária do Tietê). Até mesmo a combinação de várias soluções, pois em cada região do Estado demandaria um tipo diferente de operação. Por exemplo, uma pequena cidade do interior que possua uma pequena frota de 3 ou 4 viaturas leves poderia ter… Read more »

Talisson Goet
Talisson Goet
2 anos atrás

Os Voyages foram sugados até o bagaço tanto no asfalto quanto nas áreas conflagradas, logo, o Ka também será, inclusive em ações para os quais esse tipo de veiculo não dá conta, infelizmente. Um número semelhante de camionetes está para ser entregue à PM. Sem querer mudar de assunto, o estado dos FAL/SAR 7,62mm na PMERJ também é lamentável. Por falta de manutenção, fadiga por serem velhos, de segunda mão e ultra-utilizados… Era a hora de substituir e aproveitar para diminuir o calibre, apostaria no 5,56mm como o mais equilibrado (CTT 40 acho exagero e o .30Car está extinto). Se… Read more »

Gil U
Gil U
2 anos atrás

Vergonhoso o Estado comprar um modelo de veiculo q tirou nota zero no Crash Test. Para mim é mais uma prova da falta de seriedade neste País. O fato de ser inseguro deveria ser um critério mais q suficiente para tirar o modelo da disputa.

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  Gil U
2 anos atrás

O atual líder de vendas também tirou zero depois reforçaram ele

Leonardo
Leonardo
2 anos atrás

Ouvi dizer que nos EUA, existe uma especificação técnica de padrão nacional para os veículos policiais e ganha a licitação estadual, a empresa que apresentar o melhor preço atendendo as especificações nacionais. Isso evitaria que um estado possa optar por carros fora da especificação, pondo em risco a segurança dos policiais. Por que isso não é feito no Brasil?

tomcat3.7
tomcat3.7
2 anos atrás

Aqui em MG foi feito em 2016 um contrato para 2.350 veiculos para a PM e o contrato de locação tem duração de 5 anos. São varios modelos diferentes.
Unos
Palio Weekwnd Adventure
Pajero entre outros

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
2 anos atrás

O problema é outro…

A viatura policial brasileira é um carro normal, pintado nas cores da polícia…

Poucas modificações são feitas..

Nos EUA o carro policial é uma série diferente de um modelo de linha…mais robusto e com um contrato de manutenção que garante os carros por anos…

Não é normal um carro que aqui sofreria PT lá ser recuperado e voltar ao trabalho

Walfrido Strobel
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
2 anos atrás

Novos tempos, chega de sustentar tantos V6 e V8 para patrulhamento em área urbana.
.comment image

Rodrigo Ferreira
Rodrigo Ferreira
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

ahahahahaahahahahah

Para de escrever bobagem

Isto é carro de polícia de trânsito..

NYPD não vai aposentar os V6/V8 nunca…fora os SUVs….que nos EUA iam fazer os SUVs brasileiros de fuscas.

Walfrido Strobel
Reply to  Rodrigo Ferreira
2 anos atrás

Quem falou em aposentar os V6/V8, tem lugar para todos em uma Polícia. Este SMART é da NYPD.
. https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRHfebwxk2UDSvDuu4g1Scb7NL9yss2_nF2PELjfQYZD3XZE198yTxnId6Hxw

Camargoer
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
2 anos atrás

Caro Rodrigo. Creio que 1/3 das viaturas da polícia metropolitana de Tokyo sejam pequenos de carros de baixa potencia (parecido ao que seria um March ou um Up) com as coras da polícias, equipados com um rádio e um giroflex. Serbvem muito bem para as missões de rotina da policia.

Rodrigo Ferreira
Rodrigo Ferreira
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

RJ e Tóquio..

Cidades gêmeas..

Camargoer
Reply to  Rodrigo Ferreira
2 anos atrás

Caro Rodrigo. Tokyo foi fundada em 1457, tem 12 milhões de habitantes (a região metropolitana tem 33 milhões). A cidade do Rio de Janeiro possui 6 milhões e a região metropolitana 16 milhões. Acho que Tokyo seria mais a irmâ mais velha… é melhor aprender com quem é maior, mais velha e mais sábia.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

kkkkkkkkkkkkk desculpe Camargoer. Você pode pesquisar informações das duas cidades no google. Mas sabe muito bem que, no dia 27/04/2018, às 12:48, são cidades que são incomparáveis em relação à segurança pública e estrutura.

Camargoer
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

Olá Felipe. Não há o que pedir desculpas. Morei 4 anos em Tokyo por isso posso falar com alguma certeza sobre a polícia de lá, sobre a estrutura da cidade (coleta de lixo, transporte, treinamento contra terremoto, etc). Fique a vontade para perguntar sobre a cidade. É um excelente lugar para morar.

jodres
jodres
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

Certamente o asfalto de Tóquio e do Rio são bem semelhantes também… Eu entendi seu ponto, mas não concordo com ele pois sei que o Ford Ka não tem capacidade de aguentar o patrulhamento ostensivo, não ao menos, aqui em grande parte das cidades brasileiras, aonde os asfaltos são repletos de buracos, as valetas destroçam suspensões e torcem chassi, ou seja, em pouco tempo essas viaturas estarão encostadas aguardando manutenção pois o carro não foi projetado para trafegar nesse tipo de terreno. Muitas polícias estaduais tem comprado utilitários justamente por esse motivo. Por uma lado operam veículos inadequados para perseguições… Read more »

Camargoer
Reply to  jodres
2 anos atrás

Olá Jodres. As atividades de policiamento ostensivo (típicos das PM) variam muito, desde a simples “radio-patrulha” até as atividades com viaturas tipo “tático-movel”. Não há como substituir os veículos mais robustos e equipados usados em ocorrências de maior violência (que representam apenas uma fração) mas também não faz sentido colocar estes veículos caros e mais sofisticados para atender ocorrências pequenas e de rotina (que são a grande maioria). Imagino que as PM tenham um mapa de ocorrências e saibam como alocar os veículos corretos dependendo das ocorrências. Sobre o asfalto de Tokyo, os centros das grandes cidades brasileiras (Rio, São… Read more »

Agnelo Moreira
Agnelo Moreira
2 anos atrás

Galante, boa noite.
O nome correto é Monumento NACIONAL dos Mortos da II Guerra Mundial.
Boa noite.

edimur
edimur
2 anos atrás

Nossa quanta groselia, daqui a pouco vão falar para por os Léos na favela e beira de mar kkkk

Walfrido Strobel
2 anos atrás

O Ford Ka 1.6 da PMERJ é simpático e deve andar bem com seu motor 1.6, mas pintar “INTERCEPTOR” na traseira foi meio exagerado.
. https://m.youtube.com/watch?v=tWHHhNpS8sk

Flanker
Flanker
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

Walfrido, o motor do Ka é 1.5 e não 1.6. O motor é o Sigma (o mesmo dos modelos básicos do New Fiesta – as versões mais tops do Fiesta usam o 1.6), 4 cilindros, com potência de 112 cv quando alimentado com etanol. Os carros da PMERJ são o Ka+ (sedan), da versão SEL, a mais completa, com faróis auxiliares, rodas de liga e computador de bordo. Quanto ao carro em si, é um bom custo/benefício). No trabalho, uso a versão SE 1.5 hatch, que só não tem os faróis auxiliares, computador de bordo e rodas de loga. Possui… Read more »

Walfrido Strobel
Reply to  Flanker
2 anos atrás

Tem razão, eu estou desatualizado, a Ford trocou o motor 1.6 com 8 válvulas do Ka por um motor 1.5 com 16 válvulas. Atualmente: “Carro disponível com motores 1.0 12v TiVCT de 3 cilindros (de 85 cavalos) e 1.5 16v de 4 cilindros Sigma (de 110 cavalos).” Fonte; Ford . No futuro o Ka deverá receber o novo 1.5 de 3 cilindros Dragon que gera 137 cavalos com etanol, que por enquanto estreia no EcoSport e depois passará a outros carros da Ford. Com isso o Ford EcoSport vai deixar de usar motor importado da Índia. . http://www.otempo.com.br/mobile/interessa/super-motor/ford-apresenta-in%C3%A9dito-motor-tivct-1-5-com-tr%C3%AAs-cilindros-e-12v-1.1471577

Rodrigo Ferreira
Rodrigo Ferreira
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

Não é você que prefere os carros pequenos para a polícia ?

Camargoer
Reply to  Rodrigo Ferreira
2 anos atrás

Uma cidade do tamanho do Rio de Janeiro tem todo tipo de ocorrência. Matar uma barata com um tiro de fuzil é perigoso, caro e ineficiente, mas é uma burrice tentar matar uma cobra venenosa com uma chinelada

Walfrido Strobel
Reply to  Rodrigo Ferreira
2 anos atrás

Sim, acho que a PM deve também ter carros pequenos, mas pintar “Interceptor” em um carro 1.5 110 cv já acho exagero.

Camargoer
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

Olá Walfrido. Vi o vídeo agora há pouco.. riso. Lembrei do “Interceptor” do Mel Gibson em MadMAx… a PM do RJ deveria pintar as viaturas de amarelo e colocar aquelas faixas azuis e vermelhas. riso.

Walfrido Strobel
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

Aquilo sim era um interceptor de verdade, meio difícil de fugir.
Uma obs. para quem não conhece: Os interceptores não tem nada a ver com as pesadas viaturas blindadas 4 x 4 como os Barracuda da Indonésia ou Urutu do Bope-RJ, são veículos rápidos para perseguição.
Isto é um interceptor: https://newatlas.com/new-ford-police-interceptor/14515/

Camargoer
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

Olá Walfrido. Acho que você também vai gostar das fotos dos carros da policia japonesa. Para quem tem minha idade, é para lembrar do Jaspion…

http://www.atlas-web.com/keisatu/keisatuhome-b.htm

http://www.thetruthaboutcars.com/2013/02/%E6%97%A5%E6%9C%AC%E3%81%AE%E8%AD%A6%E5%AF%9F%E3%81%AE%E8%BB%8A-the-cars-of-the-japanese-police/

Kornet
Kornet
2 anos atrás

Sempre reclamam que as PMs usam armamento inferior,então que façam como Pernambuco que comprou um lote de vários tipos de pistolas e fuzis da Sig Sauer,isso se o governo do RJ tiver bala na agulha pra comprar.

Alessandro
Alessandro
2 anos atrás

política de segurança desse pessoal que não larga o osso do poder no RJ e em várias partes do Brasil, é apenas comprar mais viaturas para os policiais rsrs… agora dar as ferramentas certas para investigarem os crimes, mudar as leis e torna-las mais rigorosas, apertar os cercos nas fronteiras, ae todo mundo se faz de bobo.

Acorda Brasil!!

Alfredo C. S.
Alfredo C. S.
2 anos atrás

E o salario dos Policiais Militares e Civis, aumentou quantos porcento nos ultimos 20 anos???

Eduardo Jardim
Eduardo Jardim
2 anos atrás

Uma característica da lei de licitações é que o menor preço ofertado leva. Se o governo optasse por um carro mais seguro o Ministério Público entra com processo, inquérito. É uma dor de cabeça.

Leonardo
Leonardo
Reply to  Eduardo Jardim
2 anos atrás

Não é bem assim, geralmente o critério é uma média ponderada entre menor preço e melhor técnica.

Roberto Dias
Roberto Dias
2 anos atrás

Trabalho exatamente no setor logístico de um órgão publico. Já fiz diversas solicitações de compra de veículos para fiscalização de ICMS, e tínhamos como exigências a tração 4×4, ar condicionado, som, capacidade de carga, volume da caçamba, entre outros. Cada uma das exigências tinha um justificativa, não pode citar marcas, mas características do veículo, e muitas vezes não é o mais barato que ganha, e sim o que melhor atende, bastando uma justificativa plausível, como por exemplo, o segundo colocado possui um selo de consumo melhor, ou apresenta uma garantia de 3 anos…

Ronaldo de souza gonçalves
Ronaldo de souza gonçalves
2 anos atrás

Ainda penso se eles comprarem algumas dezenas de hummer que estão inclusive dos estoques americanos,e muitas peças sobressalentes.São veículos rústicos que aguentam um tempo longo ainda,reformar as viaturas que estão com problemas pequenos é variados e inclusive fazer a canabalização de alguns é claro que os veículos mais novos para a capital,pois serão mais solicitados.Deveriam contratar um kit de blindagem mínima pois esses carros de passeio não é adequado para o combate para essa bandidagem.Melhorar o sistema de comunicação da corporação.Pode surgir o efeito que a população deseja e paga seus impostos para isto.

Walfrido Strobel
2 anos atrás

Interessante este museu de carros da Polícia de Nova York, o New York City Police Museum, ja usaram cada banheira dos meus sonhos. Já tive V8, V6, 4 em linha e agora devo ir para um 3 cilindros, são os novos tempos, 137 cv em um 3 cilindros de carro de série era impensável a anos atrás.
. http://www.motortrend.com/news/vintage-nypd-police-cars-2016-new-york-auto-show

Walfrido Strobel
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

Para os mais novos terem ideia sobre potência de motores, o Brasil ja usou carro com motor V8 de 85 cavalos no fim dos anos 50, o Simca Chambord, que ganhou o apelido de “Belo Antônio” por ser belo e impotente, uma alusão ao filme italiano. Os franceses tentaram emplacar o motor Aquilon, um V8 fraco de válvulas no bloco, herança da Ford francesa. Em 1964 sua carroceria foi reformulada e recebe o motor Tufão V8 de 110 hp e, no final de 1966, o motor V8 Emi-Sul de 140 hp. O Simca de 85 hp era o carro do… Read more »

Camargoer
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

Caro Walfrido. Lembrei do filme do Al Pacino “Um dia de cão” quando vi as fotos das velhas viaturas azuis da políicia de Nova York. Lembrei de uma reportagem antiga (será que do Gulard de Andrade?) sobre o acervo de viaturas antigas da PM de S.Paulo. A propósito, o Museu do Ipiranga (que está fechado há anos) tinha antigas viaturas do Corpo de Bombeiros.

Delfim
Delfim
2 anos atrás

Se são necessárias viaturas em quantidade, então o fator preço unitário acaba sendo determinante. . Mas que vai ser triste PMs corpulentos com coletes, coldres e bornaus de coxa, e FAL de coronha rígida, se espremendo nesses Ka-rrinhos, vai ser mesmo. . Viaturas de elevado desempenho, “interceptores”, tem seu lugar, mas devem ser conduzidas por pessoal devidamente treinado. Ótimas para perseguir fujões de blitz, ou dispostas estrategicamente em “rotas de fuga”. . Meu colete vence em novembro. Munição só é substituída a cada 2 anos. . Justiça manda soltar 137 da festa da milícia. Polícia civil planejou, avançou em segredo,… Read more »

Talisson Goet
Talisson Goet
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Minha munição .40 me foi paga em 2013. Cinco anos, já…. Sem contar o intervalo entre a fábrica até mim (1 ano e meio, talvez). Já pegou chuva, orvalho, sol, maresia de praia…

Paulo
Paulo
2 anos atrás

Dirigi um desses, anda igual um sedã 2.0 tipo corolla, pois é leve, ar potente e o motor moderno e forte, boa compra pra PM, melhor que os Voyages defasados com certeza.

Falta comprar mais umas 500 Colt M4 (ou Taurus T4), coletes, pistolas Glock G22 igual a Pm de Sp, a barca maior gostaria muito de ver as Hilux novas cabine dupla na PMERJ! Porém é muito cara, acho que vão comprar S-10 mesmo (de novo).

Samuca Cobre
2 anos atrás

Quanta besteira !!! parece que ninguem aqui sabe o que é uma viatura policial??? ford k ??? é o fim da pm do RJ Eu faço manutenção em viaturas policiais aqui em SP nem traill blazer 4×4 a diesel com menos de 1 ano de uso aguenta !!!! a maioria das viaturas rodam 24h sem parar ( só troca a guarnição ) câmbio automático , manutenção caríssima , toda hora pedindo ajuda para particular (meu caso) por que o estado não consegue manter(estado de S.P. QUE TEM MAIS GRANA ) imagina no RJ como vai ser !!! FORD umas das… Read more »

Samuca Cobre
2 anos atrás

Para vocês terem ideia o B.O. é tão grande no RJ que só a FORD do pregão !!! todas as outras montadoras sairão fora !!!

Samuca Cobre
2 anos atrás

PARTICIPOU !!!!

Renan
Renan
2 anos atrás

policia tinha que ter um padrão nacional com carros feitos para a policia tipo ocorre nos EUA onde o carro é preparado para receber impacto com umas grades na na parte da frente.
e deveria ser todas do tipo SUV exemplo RAV SW4 Blaser etc

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
2 anos atrás

Acho que vocês ainda não entenderam o problema no RJ… RJ não é NY RJ não é Tóquio RJ não é SP RJ não é uma cidade de interior. Lá não adianta mandar o policial em Ford K, com blindagem de pistola 9mm e com um colete de Kevlar vencido. Lá não adianta mandar o policial em carro elétrico de Golfe.. Lá não adainta mandar o policial em mini buggy Fapinha.. Entendam o seguinte o BRASIL ESTÁ EM GUERRA e O RJ NÃO É NEM A PIOR PARTE DELA. Nestas 10 piores regiões do Brasil em termos de segurança pública,… Read more »

Walfrido Strobel
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
2 anos atrás

O Ford Ka comprado para a PMERJ não tem blindagem para 9mm, aliás, não tem blindagem nenhuma…
A PMERJ estuda aplicar uma blindagem em alguns carros que operam nas zonas mais quentes, esta blindagem para o Ka está disponível no mercado para carros carros particulares, mas dobra o preço do carro.
. https://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/os-10-carros-blindados-mais-baratos-no-brasil/

Samuca cobre
2 anos atrás

Falou tudo!!!

Ozawa
Ozawa
2 anos atrás

Não é exclusividade da intervenção, mas a espetacularização de um evento desses no estado caótico de insegurança urbana do Rio de Janeiro é patético. Compraram carros novos? Ótimo. Comuniquem aos canais de mídia e distribuam imediatamente às unidades operacionais. Pra quê formatura no Aterro do Flamengo com pompa e circunstância, autoridades civis e militares, desfiles motorizados com giroscópios ligados? Que excesso militar (pra não dizer babaquice) é esse em que até pra beber água e ir ao banheiro precisa de voz de comando e brado operacional? Na mesma linha de lamentáveis ações periféricas, e nunca essenciais, da intervenção federal no… Read more »

Bryan
Bryan
2 anos atrás

Quero ver a PMSP fazer perseguição de KA 1.5 de 110cv com 5 PM dentro. Rsss! A PMSC com um Fiesta Rocam 1.6 de 107cv quase devolveu a frota inteira porque o carro não tinha pique para perseguição contra um 1.0.

Bryan
Bryan
Reply to  Bryan
2 anos atrás

PMRJ, correção!

Camargoer
Reply to  Bryan
2 anos atrás

Caro Bryan. Fiz uma procura bem rápida sobre a PMSP. São cerca de 16.000 viaturas e as pelo que encontrei, as recentes compras foram principalmente de GM/Spin e Fiat/Weekend, além de algumas Toyota/Hilux e Renault/Duster para o patrulhamento tático. A Companhia da PM sediada na cidade onde moro tem uma frota bem diversificada, incluindo algumas poucas Hilux e Duster, e muitas Spin, Weekend e Gol, além de algumas motocicletas Yamaha. Eles não tem nenhum offroad 4×4. O posto da PM-rodoviária está equipado com Voyages. Ainda tem uma ou duas Kombi que vejo indo e voltando pela cidade. A PM-ambiental tem… Read more »

Henrique
Henrique
2 anos atrás

As PMs tinham que adotar o mesmo sistema feito em alguns países, como os EUA, onde há a garagem e controle de entrega e devolução dos carros, incluindo manutenção. Sabe-se a condição em que o carro saiu para o dia e como foi devolvido, relatório de avarias e causas… daí se pode ter estatísticas de que tipo de veículo é ideal para certos cenários, quais implicam em maior manutenção, quais de fato não atendem os requisitos para uma cidade como o Rio de Janeiro e como de fato estão sendo usados… senão rapinados em alguns casos.. Enquanto não houver controle… Read more »

Ivanmc
Ivanmc
2 anos atrás

Putz o meu KA 1.0 SE comprado em 28 de dezembro 2017, está com 1.800 km rodados e vai para segunda vez na assistência técnica. Motor com cheiro de queimado insuportável não pode andar com o ar condicionado ligado, faz 7,0 km por litro gasolina, terrível. Assistência técnica abaixo da crítica. Ford nunca mais.

Walfrido Strobel
Reply to  Ivanmc
2 anos atrás

Tem certeza que não está forçando demais o 1.0 de 3 cilindros para cheirar queimado e fazer 7 km/l?
Muitas vezes para um determinado estilo de pilotagem um 1.5 teria sido mais aconselhável.

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Walfrido Strobel
2 anos atrás

Pior é que não, Walfrido Strobel. Eu já tive 4 carros 1.0. E o KA ficou 1 semana na Ford para avaliação dos mecânicos, eles disseram que era o produto químico que eles passam no motor quando ele sai de fábrica. Porém, foi lavado e continua o cheiro de quimado terrível, e o consumo astronômico. No manual consta que o motor leva 1.500 km para amaciar e economizar combustível. Tive um gol g3 1.0 2006, o carro fazia 15km na cidade com o ar condicionado ligado. Tive um Up Track 2015 1.0 Fazia 12km na cidade e tinha muitos defeitos.… Read more »

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Ivanmc
2 anos atrás

Desculpe os erros é por causa do corretor. Dá preguiça até.

Ivanmc
Ivanmc
2 anos atrás

Walfrido, eu não sou de exigir do carro dirijo tranquilo. Com isso você tem razão teria que ser 1.5 porque o ka1.0 hatch se arrasta muito. É muito fraco isso que é 80cv abastecido com gasolina. Acho que tenho azar com carros 1.0. Rsrs

Walfrido Strobel
Reply to  Ivanmc
2 anos atrás

Carro 1.0 é para quem não dá o menor valor a desempenho, eu ja tive um Chevette Jr 1.0 que usava para ir trabalhar em Recife nos anos 90 e era bom na cidade, já na estrada era péssimo.
Mas não podia reclamar, não foi feito para estrada. Eu ia para João Pessoa com ele de abusado, mas era uma viagem curta de uns 120km que fazia final de semana.

Ivanmc
Ivanmc
2 anos atrás

Até tive que comprar um celular novo por causa da Trilogia. Tem essa autenticação antes de publicar os comentários. É igual o site do INSS rsrsrsrs.

Samuca cobre
2 anos atrás

As polícias de São Paulo civil e militar possuem GM trail blazer , sendo as primeiras entregues 6 cilindros automáticas motor 270 cavalos a gasolina!!! A segunda leva, 4×4 diesel ,turbo , interculer e câmbio automático

Leonardo
Leonardo
2 anos atrás

Já estão circulando na internet fotos de Karrinhos com perda total. É isso que dá, comprar carro de plástico para a PMRJ, que vive em situação de combate diário.

Samuca cobre
2 anos atrás

Fiat uno aguenta bem mais que esta porr…

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Porquê somente a ROTAM faz as conversões ?
No Brazil todo, Charlie e Mike.