Home Exército Brasileiro 1ª Bda Inf Sl realiza apreensão de combustível em Roraima

1ª Bda Inf Sl realiza apreensão de combustível em Roraima

2007
30

No dia 30 de julho, a 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl), por intermédio do 10º Grupo de Artilharia de Selva (10º GAC Sl), realizou apreensão de combustível contrabandeado em rodovia roraimense, no contexto da Operação Controle.

Numa das ações de patrulhamento de vicinais e rodovias, foi estabelecido um Posto de Bloqueio e Controle de Estradas na RR-205, no município de Alto Alegre, a oeste do estado e distante 89 km de Boa Vista. Na oportunidade, um caminhão foi parado pelos militares e após revista no veículo foram encontrados 96 carotes de diesel, contendo aproximadamente 5.000 litros de combustível, num valor estimado de R$ 70.000,00. Após a apreensão, o motorista e o veículo foram conduzidos para a Delegacia da Polícia Civil de Alto Alegre.

A Operação Controle foi desencadeada em março do corrente ano pela 1ª Bda Inf Sl com objetivo intensificar o combate a crimes transfronteiriços e secundariamente apoiar o controle migratório. O Exército tem obtido ao longo do ano, além das costumeiras apreensões, resultados significativos, aumentando a sensação de segurança na faixa de fronteira.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx / FOTOS: 1ª Bda Inf Sl

30 COMMENTS

    • Isso é crime. Prejudica a concorrência de quem não faz isso. Quebra os negociantes honestos. Enquanto o Brasil não tratar o crime como crime viveremos no neolítico moral.

        • Olha, Colombelli, não é assim de dar NOMES AOS BOIS. Não é assim tão fácil e tu sabes disso… mas assim como temos Whisky rodando solto nas reunioes dos generaltos enquanto a ração é medida à grama no quartel, temos bebidas, gasolina e pneus cruzando a fronteira sob os olhos do ‘glorioso’ exercito… E eu sei que passa com consentimento. Não 100% das vezes, mas que passa, passa… E entre falar e provar, há um grande abismo…
          .
          Saudações.

          • Negativo. É sim dar nomes aos bois. Quem esta acusando dê nomes. Eu ja fui quem julga acusações e já trabalhei 5 anos no MP. Sabe o que eu aprendi? Não acuse se não tem provas e nomes.
            Quer que eu te fale dos whiskis? tem sim. Comando de unidades e grandes unidades. Tinha até mais, hoje diminuiu muito, mas dai a dizer que tem corrupção é longo passo que requer provas
            Generalização sem nomes é fácil. Te afianço que se pegar a corrupção que tem nas FA e multiplicar por mil não dá um décimo do congresso ou do governos federal no executivo petista ou no de agora. Nos militares ( eu sou da reserva) somos condicionados a uma vida espartana. Nos amamos isso. Eu quando quis vida melhor sai. E sinto falta da dificuldade. E nos somos os maiores inimigos dos nosso colegas que nos denigrem. Voce sabe como eram tratados corruptos no EB no tempo do governo militar? meu pai me contou. Ele presenciou no G Can em Alegrete em 1960. A tropa perfilada virava as costas para o sujeito e o uniforme dele era rasgado antes de ele ser levado á portaria. Nós, os verdadeiros militares, não toleramos corrupção, covardia e falta de caráter. O maior inimigo de um corrupto militar é outro militar. Eu quero sim, nomes aos bois pois nem eu, nem o Agnelo, nem, o piloto de combate , o Silvio e o Cel Neri, por exemplo, somos desta laia. Não toleramos, não admitimos, não tergiversamos com corruptos, mau caráteres e achacadores do erário.

            Ps: a uns vinte dias atrás, um colega meu de turma, o Guedes, me contatou depois de 24 anos de escola. Sabe o que eu vi. Um homem de cabelos brancos e dignidade inatacável. Sofrido, e consumido pelo dever E senti vergonha de não estar com eles, no corpo de tropa.
            Ainda PS: quer ver qual é a atitude do EB na fronteira? vai a um PEF

  1. pra quem não se antenou, o ponto de controle é pra fazer cumprir a lei. Seja um fuzil seja balinha de goma ilegal, tem que ser apreendidos se assim o determina a legislação.
    E a legislação de transporte ( regulamentação da ANP e ANTT) e ambiental ( lei 9605), sem prejuízo de aspectos e tributários e da ordem econômica ( lei nº 8137) preconiza que combustível não se pode transportar em meio inadequado e sem documentação fiscal idônea, sobretudo com evidente fim comercial.

    Não pode haver seletividade do agente publico em aplicar ou não a lei em vista da condição econômica, social ou ideológica do infrator. É por conta desta seletividade, que em última instância conduz ao raciocínio que a um criminoso condenado se pode dar privilégios, que estamos onde estamos.

    E quanto à entrada de armas, tenham certeza que um fuzil que vale 40.000 reais não vai entrar de forma tão amadora. Aliás, e só pra lembrar, a missão das FA no caso é de apoio e reforço, pois isso é missão primária da polícia federal.

      • Fumou? Aqui é país pobre. Não temos ainda polícia de fronteira e quando tivermos não terá tanto efetivo. É função do exercito sim, tem de proteger nossas fronteiras, bem melhor que ficar mocado em quartel, ociosos com a mente adoecendo. Bora trabaiáh!

  2. Com a devida vênia;
    Com a crise que os camaradas estão vivenciando, deve estar faltando pão com mortadela pra alimentar a companheirada.
    E com isso tem camarada sofrendo crises de abstinência!
    Era só o que faltava, o EB aplicando a lei através de uma das suas missões subsidiárias, e isso ser considerado um crime.
    Pelo bem estar comum, só comentem alguma questão quando estiverem devidamente alimentados com a ração operacional do partido.
    Aos amigos deste distinto espaço, peço desculpas, mas tem horas que não da pra ficar calado.
    Um grande abraço a todos!

    • e realçando a tua lembrança, muitas vezes se não é o EB fazer cumprir a lei sem distinção, ninguem o faria naqueles rincões. Dura lex, sede lex. Se é ilegal o transporte, apreensão neles.

  3. Concordo com o Sr. Colombellim O EB faz o que pode , mesmo com parcos recursos em vigiar nossas fronteiras. Pode ser combustível, fuzil, drogas, enfim é ilegal e pronto. Reclamam que armas e munições, combustíveis entram pela fronteira mas este pessoal não sabe ou que se passa nestas estâncias distantes. É fácil também generalizar. Porém , peço: façam um movimento reivindicando aos nossos parlamentares para que se mudem as leis de controle de produtos ilícitos em nosso país. quando se consegue apreender um material ílicito, seja qualquer que seja reclamam. Quando chegam os mesmos em nossas cidades matando e destruindo nossas famílias reclamam e culpam EB, PF, PMs e PCs. Culpem também os usuários de drogas os políticos corruptos e os “politicamente corretos” por nossa sociedade decadente. em dois anos perdi parentes , jovens cheios de vida por conta desses ilícitos que para alguns servem para amenizar o ” sofrimento das chamadas minorias”. Isto tem nome : hipocrisia.

    • Sérgio a razão te cobre de inteiro Quem duvida, que olhe os documentários que tem na internet sobre o que é a fronteira. Quem acha ruim, dê uma olhada o que é a fronteira. vá lá na cabeça do cachorro ou nos confins do Acre ver o que é um PEF.

    • Rapaz ,onde assino este belo comentário???
      Ta osso a situação do Brasil e muito disso pela libertinagem de muitos, modinhas e marias vão com as outras que absorvem tudo que não presta deste “mundo globalizado” o qual 90% do tempo só compartilha ideais/ideologias lixo que denigrem a sociedade de bem e dos bons costumes cristãos ou não.
      Tudo tem seu preço e hoje pagamos por escolhas/atitudes ruins de outrora .
      Deus nos abençoe e a Israel !!!

  4. Com tantos traficantes de drogas, terroristas, crime organizado, ONGs, indios fajutos, igreja de roma e refugiados bolivarianos e haitianos ameaçando nossa Amazônia, o comando do exército tá preocupado com combustível contrabandeado! Essas mensagens são inquietantes.

  5. O Brasil nunca tratou a segurança de suas fronteira com a devida responsabilidade, a presença do Exército Brasileiro e muito bem vinda no apoio a Polícia Federal que possui menos de mil policiais nos 11.500Km de linha de fronteira. Quanto ao crime no caso concreto , e o crime de descaminho previsto no Artigo 334 do Código Penal, que a internação em território nacional de mercadoria estrangeira sem a importação legal, e fez muito bem, quanto aos demais comentários sobre apreensões de armas, munições e outros gêneros pela fronteira brasileira, sugiro aos comentaristas que pesquisem melhor , tais apreensões são feitas diariamente ao longo de toda a fronteira brasileira pela PF, PRF, PMs e Forças Armadas, aliás no serviço público os únicos que estão em todos os lugares, atendem t todos os dias, 365 dias por ano são os militares e policiais, meditem sobre isso

  6. Sr. Colombellim. Servi como praça durante anos e vi o que é punir oficial ou praça quanto a questão corrupção, roubo ou qualquer ilicitude. O virar às costas é apenas o início. As Forças Armadas não toleram em seus quadros a desonestidade, corrupção e a covardia. Posso garantir que meus superiores nunca os vi enriquecerem , muito pelo contrário. Alguns até na reserva mantém uma vida frugal. Parabéns aos heróis desconhecidos que guardam nossas fronteiras sejam oficiais e praças. Parabéns pelos seus conhecimentos e lucidez. Sr. Colombellim. Aprendo e muito com os seus comentários. Grande abraço.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here