Home Exército Brasileiro 15ª Bda Inf Mec embarca 31 viaturas Guarani em composições ferroviárias

15ª Bda Inf Mec embarca 31 viaturas Guarani em composições ferroviárias

2578
9

Cascavel (PR) – Nos dias 8 e 9 de agosto, a 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, Brigada Guarani, realizou o embarque de 31 Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal Guarani em duas composições ferroviárias.

O embarque faz parte da Operação Atlântico V, que no período de 8 a 20 de agosto, fará o transporte de blindados do Paraná até Santa Catarina. A operação tem como objetivos realizar o adestramento e levantar dados de planejamento relativos ao transporte da Brigada por diversos modais.

Inicialmente, será realizado o embarque e transporte por modal ferroviário de um Batalhão de Infantaria Mecanizado de Cascavel (PR) para Paranaguá (PR), passando pelos municípios paranaenses de Guarapuava, Ponta Grossa e Curitiba.

Após o desembarque, no dia 13 de agosto, o Batalhão seguirá por modal rodoviário para o porto de São Francisco do Sul (SC), onde, nos dias 16 e 17 de agosto, embarcará em navio mercante.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

9
Deixe um comentário

avatar
9 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
Jotasergio ribamar ferreiraIvanStopEricÉpsilon Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Coisa linda!

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Um dos grandes erros brasileiros foi abandonar a malha ferroviária. Tanto do ponto de vista econômico quanto militar é uma meio de transporte incrível.

Épsilon
Visitante
Épsilon

Esperando só chegar as 6 unidades restantes com a torre de 30mm, 6 já tem, uma vez eu li que plano inicial era dotar Cascavel com mais de 50 unidades do guarani depois que as novas instalações da 15ª ficassem prontas. Acho estranho que muitos nem levam em conta toda a preparação necessária pra se integrar esses veículos ao EB toda a parte de logística de fornecedores de peças de reposição o treinamento de novos mecânicos e técnicos além da construção de novos pátios e barracões e sem contar o treinamento de novas tripulações não e um negocio tão simples… Read more »

Eric
Visitante
Eric

Só fico imaginando fotos dessas composições nas redes sociais….a especulação vai caminhar do Ilário ao trágico ….

IvanStop
Visitante
IvanStop

Vi passar elas pela cidade onde moro (Morretes – PR), além do transporte ferroviário o deslocamento de vtr de apoio foi grande tbm, e como disse o Eric, o que mais escutei aqui em Morretes foi que a intervenção militar iria começar e que Bolsonaro estava distribuindo os blindado pelo BR para evitar boicotes nas eleições (essa foi forte). Lembro quando trabalhava em uma balança rodoviária na Br 277 em Morretes, era umas 5:30 da manhã, quando uma land rover camuflado parou na guarita e um tenente me perguntou se eles tinham obrigação de passar pela balança pois estavam com… Read more »

sergio ribamar ferreira
Visitante

concordo com o Sr. Ipsilon. Logística é tudo para se manter um Exército sempre de prontidão. temos de melhorar nossas mallha ferroviária e também rodoviária. Lembro de ter lido que o Gen Eisenhauer na década de 30 , Séc XX com apenas divisão de caminhões do Exército amer ‘rodou’ por todo território americano e relatou com minúcias o que seria necessário para se melhorar a malha rodoviária do país. conclusão. O Exército Americano pode estar em todo o país em questão de dias, aprimorando também sua logística. Tal qual outrora os romanos construíram estradas para as nações conquistadas que sempre… Read more »

Jota
Visitante
Jota

Pessoal, olhe o que dá destombar veiculo desengatado….
https://www.youtube.com/watch?v=mwl97PnhTCk

sergio ribamar ferreira
Visitante

Solicito se possível aos senhores editores que se possível fizessem uma reportagem sobre o batalhão de engenharia de combate e construção Vilagran Cabrita, crio eu sediado ainda em Santa Cruz , Rio de Janeiro. Seria interessante termos acesso aos grandes feitos desta arma que poucos conhecem e que grandes militares passaram e ainda estão passando pela desconhecida arma de engenharia. Meu pai serviu nesta unidade e este lembra em lágrimas quando se fala nesta Unidade. meu pai é professor de geografia aposentado e aprendeu e muito com a engenharia. Com oitenta anos conserta aparelhos, bombas hidráulicas, constrói telhados com perfeição… Read more »

sergio ribamar ferreira
Visitante

Repeti se possível duas vezes. e Emoção e doidera. Desculpem