Home Exércitos Generais dizem que jovens americanos são muito gordos ou burros para servir

Generais dizem que jovens americanos são muito gordos ou burros para servir

8831
96

Por Rob Fox

Breaking News: Seu sobrinho estudante de nota C perpetuamente coberto de migalhas de salgadinhos Flaming Hot Cheetos não é material para a guerra. Não, a menos que os Estados Unidos construam um exército de robôs e permitam que ele os comande com um controlador X-Box de seu sofá, de qualquer forma. O exército alemão na Segunda Guerra Mundial funcionou com metanfetamina. Os militares norte-americanos do século 21 serão movidos com refrigerante Mountain Dew.

A Missão “Readiness” é uma organização bipartidária de 750 generais e almirantes aposentados, e mais uma vez se preocupa que os jovens gordos, com pouca instrução e viciados em drogas da América possam não se sair bem nos campos de batalha do século XXI. De acordo com seu estudo mais recente, intitulado “Doentes e despreparados” (tão diretos quanto se espera que generais e almirantes sejam), 71% de todos os jovens nos EUA entre 17 e 24 anos não estão qualificados para o serviço militar. Só a obesidade desqualifica 31% deles, diz o relatório. (O uso de drogas e a falta de educação desqualificam o resto.)

Toda vez que um garoto do ensino médio vai para o restaurante Taco Bell em uma noite de escola, eles estão se tornando um alvo um pouco maior, e um pouco mais fácil para um terrorista ou soldado chinês.

Esta não é a primeira vez que o grupo de generais e almirantes publicou um relatório sobre a juventude dos EUA. Durante a última década, a Mission Readiness vem dizendo a qualquer um que escute que a obesidade é literalmente uma ameaça à segurança nacional. Isso também é comigo, como eu estou dentro de dez anos de estar nessa faixa etária. Eu não fazia ideia de que, quando bebi catorze cervejas Natty Lights, fumei bastante e depois comi pizzas suficientes para alimentar uma aldeia faminta, eu estava realmente possibilitando o sucesso dos inimigos da América. Não tenho certeza que teria mudado se soubesse, mas eu não sabia.

Encher a cara não é traição, mas também não é não traição. Então, comam uma salada e façam uma flexão, seus traidores preguiçosos!

FONTE: Rare

96 COMMENTS

  1. “Toda vez que um garoto do ensino médio vai para o restaurante Taco Bell em uma noite de escola, eles estão se tornando um alvo um pouco maior, e um pouco mais fácil para um terrorista ou soldado chinês.”

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    A força aérea perdendo pilotos para as companhias aéreas e o Exército perdendo soldados para o Taco Bell.

  2. Meio offtopic:
    Assistindo agora um filme na Globo (😠), amanhecer violento.
    Vi agora que é de 2012 e envolve os norte coreanos invadindo os EUA.
    Inicialmente pensei que eram os chineses.
    Se os EUA não tomarem uma atitude enquanto podem, acabarão nessa situação.
    Tropas chinesas entrarão livremente nos EUA.
    Talvez com o apoio da esquerda entreguista.
    Com o apoio de revolucionários de origem mexicana, talvez com o apoio do grupo revolucionário Black lives matter.

    • Este filme é horrível! É mais fácil um soldado americano com mais de 100 quilos acupar Pyongyang do que 100 mil norte coreanos invadirem alguma cidade americana.

      • Existem duas versões do filme, a que passou nos EUA tem a China como invasor e a que passou na China(e no Brasil) tem a CN como inimigo, por razões óbvias. Business meu caro.

    • Esse filme tosco é uma refilmagem do filme homônimo de 1984, estrelado por Patrick Swayze e Charlie Sheen. A diferença é que, na versão original, os soviéticos é que eram os invasores.

    • Os milicos de pijama falam bobagem mas sempre encontram quem concorde com eles.
      Os EUA são vitimas de sua própria cultura de consumo desenfreado, tanto de porcarias “alimentícias”, quanto de drogas (guerra as drogas dá resultado) e cultura ruim (que espalham mundo afora).
      E copiamos esse “estilo de vida”. Gente gorda é o que mais vemos por todos lados.
      Pelo menos não mandamos nossa gente pra guerras perdidas ou que as grandes corpo!
      Ele dispara umas pizzas da Pizza Hut e e os caras pastam na praia! orações tem interesse.
      Opa, parece que tem um sujeito que em campanha eleitoral chegou a falar em invadir a Venezuela!
      Mandem os gordos pra cima do Maduro e ele vai disparar pizzas.

  3. “Homens fortes criam tempos fáceis, tempos fáceis geram homens fracos, homens fracos criam tempos difíceis e tempos difíceis geram homens fortes.”

    • Melhor Comentário Delfim!
      Devidamente anotada no meu arquivo de citações.

      Assim foi com Roma, que com o tempo as legiões diminuíram e só tinham mercenários estrangeiros, assim foi com a Espanha e a abundância do ouro que vinha das colônias.

  4. Inimigos americanos ao longo dos séculos:
    Índios
    Ingleses
    Mexicanos
    Alemães
    Alemães ( de novo )
    Soviéticos
    Saddam-Hussein
    Bin Laden
    Pacotes de Doritos com Coca

  5. “71% de todos os jovens nos EUA entre 17 e 24 anos não estão qualificados para o serviço militar. Só a obesidade desqualifica 31% deles, diz o relatório. (O uso de drogas e a falta de educação desqualificam o resto.)”
    Curioso. Alguem saberia a estatística de quantos jovens brasileiros não podem servir pelos mesmos motivos?

    • Já havia comentado em outro post sobre os problemas psicológico enfrentados por veteranos americanos. Dezenas de milhares de atendimentos psiquiátricos e milhares de suicídios.
      Guerra é dureza e não admite gente franca., É cruel, mas é a realidade.

    • Infelizmente o nosso índice é igual ou maior.
      Como professor, constato que algo em torno de 25% somente tenha condições de continuar com qualidade seus estudos.
      Não sei o que será de nós para frente…..

    • Tem que checar a fonte, esse pessoal da Trilogia é muito bem humorado mesmo, de vez em quando brincam com a moçada que sai dando um monte de pitacos, deve ser engraçado ver a reação da galera da redação, os caras devem dar um monte de risadas dos “ispecialistas”, nesse caso dos que torcem para as “camisas vermelhas”.

  6. Helicópteros autômatos, aviões automatos, robôs humanóides ágeis, satélites super poderosos, e uma opinião pública que não quer mais jovens yankes mortos em batalhas.
    Os nobres generais podem ficar despreocupados, pois os EUA aprenderam a usar a inteligência mais do que qualquer outro pais nestes quase 80 anos.

  7. Existe a ideia de que a sociedade americana tem se tornado mais fraca.
    Especialmente no que de refere aos jovens.
    Desinteresse pelos estudos em geral, pelas ciências, matemática e engenharias, falta de interesse pelo empreendedorismo.
    Interesse elevado em comer muito, assístir jogos de basquete e futebol americano.
    Vício por comidas em grande quantidade, de preferência coca cola, produtos industrializados, sorvetes etc.
    Ou seja, os jovens não estão muito preocupados com coisas sérias.
    Isso enfraquece a nação.
    Se o problema fosse só servir as forças armadas seria um problema menor.

    • Acho que esse e um problema ocidental. O Brasil, por exemplo, tem uma geração perdida, no mínimo. Uma geração “mimimi” que chega aos dezoito anos e não sabe as quatro operações matemáticas básicas nem conseguem articular um texto de dez linhas, mas querem ter opiniões sobre tudo, mesmo sem nem saber do que estão falando e se recusam a ser contrariado, e todos querem ser procurados por um empregador que praticamente implora pelo trabalho deles, onde vão ganhar um salário de final de carreira ja no primeiro mês, e se der alguma coisa errada, a culpa é da sociedade, do governo, dos aliens, dos illuminatti, menos deles. Concordo plenamente que se fosse mesmo só um problema de servir forças armadas, estava muito bom. Quem aqui precisa contratar pessoas para um trabalho com um mínimo de habilidades necessárias sabe da dificuldade.

    • Concordo em partes cara.

      Veja, o desinteresse em empreender, em estudar em se esforçar por algo é um problema gigantesco pq nao é o fim em si que faz um individuo vitorioso, mas a tragetoria. É ela que forma o carater e forja a força. Nisso eu acho que concordo com vc por acreditar que é disso que esta falando.

      Entretanto o esporte, ainda que o individuo seja so um espectador, tem o poder de criar o impeto na pessoa. O Basquete é competitivo e veloz. Quem assiste tem interesse em jogar. É como o cara que ve o Neymar e se anima em sair pra jogar com os amigos na quarta feira. O Futebol americano nem se fala. É um esporte de contato que exige força, resistencia e muita inteligencia. Quem joga FA geralmente é forte fisicamente e as vezes é bem disciplinado. Isso é uma verdade, nao absoluta, mas real. Os times escolares e universitarios sao os lugares mais interessantes para os recrutadores militares.

      O que quero dizer é que aqueles fracotes que nao se dispoem a tentar fazer algo, os preguiçosos, os amebas que nao tomam banho e ficam o dia inteiro jogando x-box com a mao gordurosa de doritos, sao exatamente o que destroem a geração. Pq no fim eles nao deixam legado, nao aprendem e nao ensinam nada para a geração futura… Isso é terrivel…

  8. Além de excesso de peso, burrice, viciados em drogas; existe mais um fator:
    Muitos tém antecedentes criminais….
    Alguns estão em somente uma das categorias acima….outros caem em várias categorias ao
    mesmo tempo….
    Se bem que uma das maiores pragas nos EUA no momento, é o vício em remédios contra dores…..mata mais que cocaína, heroína e etc….
    Em certas cidades (principalmente as com altas taxas de desemprego), a situação está bém critica……

  9. Quero ver se o Joao Moita Jr (que gosta de comentar notícias do EB) aparece para comentar essa aqui. Quando é no nosso calo, dói mais, não é? kkkkk. Abraço, camaradas.

  10. Mesmo para pessoas saudáveis o perfil está mudando.
    Frederico o Grande recrutava homens de elevada estatura por grandes soldos, porque as batalhas no final acabavam em sabres, baionetas e corpo a corpo.
    Quando me apresentei em 1981 oficiais chegaram a pegar meus óculos para ver se “tinha grau” pq ficaram chateados de eu, com 1,92 de altura, ficar no “excesso de contingente”.
    Hj em dia um soldado maior é um alvo maior. A meta são pessoas minimamente fortes e ágeis, no máximo 1,80.

  11. bem, um gordinho com um controle remoto nas mãos faz miséria, assim como um fuzil com craque do time de futebol. acho que o que deve ser visto é como aproveitar cada recurso humano… agora o problema da disciplina esse sim é complicado, temos no futuro uma geração de arrogantes sem noção.

  12. Fico a imaginar, se um de nossos generais dissesse isto hoje sobre os jovens brasileiros, como a mídia, ongs e muitos políticos iriam cair em cima destes, adjetivando-os como fascistas, hitleristas, ditadores, preconceituosos e remanescentes do governo militar.

      • Ganham de outros países, mas perdem para o burguer king, coca-cola, metanfetamina cristal ou opiáceos dentro de casa kkkkkkkkkk Eu tinha era vergonha de cantar vitória sobre cachorros mortos como Vietnã, Iraque, Líbia, Afeganistão. A última vez que os EUA bateu de frente com uma potência de verdade, foram mais de 500 mil mortos, e olhem que estavam com a turma, que iam de poloneses à mexicanos, se estivessem no mano à mano, seriam mais de 1 milhão de mortos…

        • Defensor da Liberdade,

          Hora de voltar aos livros de Historia.

          Os franceses apanharam dos vietnamitas (cachorro morto??), depois os EUA vieram e mataram mais de um milhao, depois os chineses tomaram porrada do Viet Nam (cachorro morto??)….mas isso voce nao sabe ou oculta.

          O Iraque (cachorro morto?) era a maior potencia militar no Oriente Medio, depois de Israel

          O Afeganistao (cachorro morto) meteu porrete nos russos e o mandou para casa.

          Alemanha (cachorro morto??)

          Japao (cachorro morto??)

          Para de falar abobrinhas.

          • Meteu porrete nos Russos!? Mais de 1,5 milhão de Afegãos foram mortos. Se URSS quissese teira dizimado muito, mas muito mais.

          • Kkkkkkkk acho que quem tem que voltar para as aulas de história é você, caro Tadeu, onde que a URSS tomou porrete no Afeganistão? Perderam 14 mil de seus pares e mataram mais de 1 milhão de afegãos, se retiraram da guerra por problemas internos, do contrário teriam mandando mais barbudinhos para o colo de Alá. Kkkkkkk você é patético! Iraque potência kkkkkk os caras não fabricavam nem 1 bala de pistola!

  13. Ainda mais que quanto mais tempo passa os equipamentos são mais sofisticados é a maconha é a droga da burrice,da desconcentração, é da falta de reflexo,provavelmente acontece aqui no Brasil,não em relação aos gordos mas ão usuário de maconha e crack.Eu acho que no sistema voluntariado, você pode escolher mais aqueles que querem servir que estão disposto a sacrifício pessoais pela carreira.A fartura de alimentos é tão prejudicais,´pois você escolhe os alimentos pelo sabor é não pelas propriedades vitamínicas e protéticas.pelo visto a turma dos nem nem não é só aqui.Mas isto afeta também a indústria é faculdades enfim toda sociedade em si.

  14. E vocês acham que aqui no Brasil com a geração mimimi é diferente ?

    A geração “se fere minha existência eu sou resistência”. Adultos que com 30 anos ainda moram nas casas dos pais e gastam a miséria que recebem com videogame ?

    Garanto que aqui é pior..

    • Trabalho com vários americanos e pelo que me contam, a situação está complicada por lá também. A diferença é que existe um impacto psicológico muito forte nas pessoas que chegam aos 30 anos e continuam na casa dos pais, porque a sociedade americana enxerga isso de maneira implacável como sendo um fracasso, o que força os jovens a continuarem tentando tomar uma atitude. Aqui no Brasil o problema é mais suavizado e os jovens parecem mais acomodados, já que não sofrem a mesma pressão social. O “normal” nos EUA é sair da casa dos pais para fazer faculdade e não voltar mais.

      • Por incrível que pareça as empresas no Brasil, pelo menos na minha área de tecnologia incentivam isto..

        Aceitam verdadeiras crianças dentro da empresa e ainda incentivam esta infantilização da mão de obra, em troca de pagar baixos salários.

  15. É só abrir vagas para brasileiros nas FAs americanas. Vários “patriotas” com camisa da CBF fariam fila para se apresentarem e morrer pelo país alheio!

      • Você é tão ideológico que parece uma caricatura.

        Será que você não entende que, quando uma pessoa prefere deixar o seu país pra fazer faxina e servir rango em outro, isso atenta mais contra o país do que contra a pessoa? Se você não precisou imigrar para sustentar sua família com dignidade em outro lugar, não julgue quem só teve essa oportunidade na vida.

        • Calma! Entendo a situação. Só estou sendo um pouco ‘hiperbólico’ para poder contra-argumentar alguns ‘american fanboys’.
          Só isso.

  16. kkkk detalhe na imagem, o gatinho também entra na lista de obesos, foi influenciado, olha ele comendo na mão do rapaz, kkkkkk, que situação!!kkkk

  17. Concordo com você, ter almirantes barrigudos na ativa é de envergonhar qualquer um. Uma corrida matinal, exercício, ninguém está falando para o almirante pegar um fuzil e subir o morro, mas se tivesse que faze-lo, já que ele é militar e com a patente mais alta, tem que dar o exemplo porra!

    • Acrescento nessa lista osilitares das PM. O que tem de sargento barrigudo não tá no gibi. E esses vão para as ruas correr atrás de bandidos.
      Cadê o pessoal da Escola de Educação Física do Exército para bolar um programa de redução de peso/volume para os nossos militares?

  18. Boa tarde,

    Gostaria de pedir uma sugestão de matéria e discussão de como seria um Exército Europeu. Com dados técnicos e suposições também.

    Obrigado.

  19. No braziu a situação é ainda mais grave….o numero de jovens que não estudam e nem trabalham cresce vertiginosamente no pais…são os classificados como “nem-nem”…nem estudam e nem trabalham…já são mais de 11 milhões no pais……

  20. Padrão do combatente vai ser o nhonho/ seu barriga do Chaves. Falando sério, as necessidade de pessoal são supridas facilmente no caso do EB. Hoje não se trabalha mais com grandes contingentes como no passado. Mas sem dúvida é vergonhoso ver alguns militares de carreira for de forma.

  21. O recrutamento é essencial. Nove à 12 meses,(não sei quanto tempo leva o tempo de serviço nos Estados Unidos). O recruta entra obeso e depois daqueles exercícios diários, mais exercícios, (marchas: 8, 12, 16, 24, 32 quilômetros) o deixará em forma. Bem é que se espera. Atualmente não sei qual é a programação de adestramento da tropa? Abraços a todos.

  22. Uma questão cultural de hábitos alimentares que está deixando não só os EUA mas muitos países doentes. Há muito os EUA sofrem com o chamado Fast Food indiscriminado … muitos jovens americanos não sabem de fato o que é uma alimentação saudável, comida feita em casa e até uso correto de talheres, mas como combater isso numa economia onde a iniciativa privada, principalmente no ramo de alimentação, não é “regulada” com educação. Se vc for num supermercado nos EUA encontrará de tudo, não é falta de opções, mas culturalmente se focaram à praticidade… barato, gostoso, rápido, gorduroso e as crianças não enchem o saco. Falamos dos EUA mas se prestarmos atenção no próprio Brasil veremos que grande parte de nossos jovens estão também obesos e não adianta culpar o McDonald’s ou o salgadinho cheio de sódio, biscoito recheado, aliens ou illuminatis (tirei dos excelentes comentários acima 🙂 ) .. isso vai basicamente da educação familiar onde se estabelece hábitos alimentares e disciplina desde cedo. A família é a base da sociedade, quando essa terceiriza educação, alimentação, moral, ética e patriotismo… abre-se o portal para todas as anomalias que vemos atualmente.

  23. Se os próprios americanos estão reclamando de seus jovens e chamando-os de “gordos, burros e fracos emocionalmente”, é pq ainda não deu uma passadinha nas nossas universidades públicas pra ver o estado degradante que está, e não viu a área de humanas. Tenta trocar uma ideia só por um minuto com um estudante cheirando a maconha, ou um professor de filosofia, se eles não mudam de ideia e reconsiderem os gordinhos deles rsrs…

    • Eu sou da área de tecnologia e já é insuportável…

      Nunca vi tanto frouxo junto. Adultos de mais de 30 anos que se comportam como adolescentes. Completamente desprovidos de ideias na cabeça. O negócio é ver séries, jogar videogame e ler revistinha japonesa.

      Imagino da área de humanas..

      • Velho… Acredite, é pior….

        Eu entrei pra faculdade de Direito com o intuito de me formar e passar em concurso pra delegado de policia civil. Sou admirador dos Caveiras. Gosto da ideia de disciplina, foco, e conquistas. Acredito que so vence quem rala muito pra alcançar algo. Sou do tipo que acha que entrar em forma e viver uma vida de sacrificios faz o homem evoluir. Em fim….

        Fiz essa introdução para que fique mais facil entender o que passo na faculdade. Ou seja… Tenho colegas de 30 anos ou mais que se veem as voltas com video game, maconha e muita putaria. Ta certo, sexo é bom, mas viver assim é viver na adolescencia eternamente. Tem tempo pra tudo. Video-game? Ora, o que fazem pra se divertir é passar horas na frente do bendito. Mas pera ai, e as contas, quem paga? Os pais. “Amigo, ce tem 32 anos, tem certeza que é isso que quer da vida?” é a pergunta que faço internamente (Nao pergundo isso pra eles, cada um cuida da sua vida. So acho que eles desperdiçam e eu nao faria o mesmo)

        Por outro lado, a hipersensibilidade dessa nossa nova geração. Os colegas menores de 25 sao extremamente sensiveis… Sao mais libertinos e promiscuos, em termos gerais. E alem disso sao muuuito mais sensiveis. Tudo é motivo pra problematizar. E o que mais faz esses colegas choramingar é a força. Eles nao gostam de ter a presença de pessoas que valorizam a força e a dedicaçao disciplinada a algo. Eles costumam questionar dizendo “Nossa, como vc leva tudo tao a serio?” ou “Cara, seje menos” Alguns se ofendem e chamam de fascista. É muito comum isso na universidade hoje em da.

        A pergunta filosofica que faço em casa cv com minha esposa ou familiares: Que adultos estao sendo formados? Esses novos adultos estao dando problemas e se comportando como crianças, se eles estao assim como serao os proximos? Esses que hoje tem 15 anos e daqui a dez anos serao adultos… Muito me preocupa, serio!!!

  24. É bom os EUA se adiantarem em tecnologia militar robótica pois do jeito que a reportagem mostra não terão homens para enfrentar o próximo conflito.

  25. Os Generais estão preocupados porque a nova geração não está suficientemente saudável para ser mandada para morrer em uma guerra…..
    Que mandem seus netos que devem estar saudáveis para ir a guerra.

  26. Fui Instrutor-Chefe de NPOR.
    Há um teste físico de entrada, no qual consta a barra.
    Era muito engraçado… O brasileiro normalmente é fraco de braço. Treina pouco isso. Iam vários candidatos, a maioria nao era gordo nem muito magro.
    Mas quando viam o teste da barra, ficavam cabreiros.
    Aí, eu colocava um dos militares mais gordos do quartel para demostrar.
    Eles ficavam com aquela cara de “duvido q ele faz”…
    O camarada subia na barra e fazia 12 barras perfeitas, sem galeio.

    O pessoal tem preconceito com os gordinhos… Bolling…

  27. Quer ver gordo??? Vai para a Disney…..

    Nunca vi tanto congestionamento de cadeiras de rodas eletricas, carrinhos eletricos…ai vc acha que é para deficiente….quando chega mais perto, é porque o cara é gordo mesmo, daqueles morbidos e que somente com carrinho consegue percorrer o parque….é impressionante….

    Não raro, voce via até carrinhos de bebe com crianças de 8 anos….francamente…dai tem de engordar mesmo….

  28. Lá , tranquilo uma refeição da para dois brasileiros….se quiser se fartar, 03 para quatro pessoas….01 refeição Kids tem o tamanho de uma refeição adulto daqui

  29. Nada contra os novatos,afinal eles fazem o que todos ou quase todos na idade deles fazem.
    Como dizia o Optio,auxiliar do Centurião,esqueçam,agora vocês pertencem a Roma…
    Como recrutas,cortam o cabelo e tiram os piercings ,já ficam mais leves,dai o Sargento
    enquadra eles e começa as marchas e ginasticas,depois aprendem o que é ser soldado.
    Ainda é assim no mundo inteiro.

  30. Os generais estão certos em um ponto: já existem projetos para “construção” em série de robôs que atuariam no campo de batalho como verdadeiros soldados, inclusive sendo mais eficientes e letais que seres humanos. Inclusive já existem protótipos sendo testados e os resultados são bem animadores. Claro que humanos sempre serão essenciais em determinados eventos, mas a ideia de adotar robôs não deixa de ser interessante.

  31. Quanto ao jovem obeso norte-americano, ele faz parte de uma sociedade doente, desorientada e degradada, para dizer o mínimo.
    Uma das regras da sociedade norte-americana e o consumismo desenfreado e inconsequente de bens de consumo, entre eles a alimentação. Para eles, alimentar-se é um hábito de consumo como outro qualquer, assumindo características basicamente comerciais. Daí a comer todo tipo de porcaria oferecida é um passo.
    Some-se a isso a instrumentalização excessiva do hábito de comer e beber, sempre associados a lazer, prazer e diversão, exatamente o mecanismo adotado nos anos 70/80 para a propaganda de cigarros.
    Enfim, comer virou um vício. O resultado pode ser visto nas ruas e parques, tomados por homens e mulheres deformados pelo consumo patológico de gordura, açucar e futuras vítimas de derrames, isquemias, enfartos e diabetes dentro de pouco tempo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here