Home Exército Brasileiro Exército tem 5 mil generais de ‘pijama’ e eles custam R$ 1,7...

Exército tem 5 mil generais de ‘pijama’ e eles custam R$ 1,7 bilhão por ano

20009
162

Por Lúcio Vaz

O Exército brasileiro conta hoje com um contingente de 147 generais na ativa e outros 5.290 na reserva (aposentados). São 36 generais na inatividade para cada general no serviço ativo. E ainda 11,6 mil pensionistas dependentes de 8 mil generais falecidos. A despesa com tão elevado número de generais é alta: os da ativa custam ao Exército por ano R$ 49 milhões e os aposentados, R$ 1,7 bilhão.

Essa distorção no número de oficiais ativos e inativos (bem como nos custos com folha de pagamento) ocorre porque, até a edição da medida provisória 2.215, de 2001, o militar se aposentava com remuneração correspondente ao posto imediatamente acima. O Senado nunca apreciou essa MP e, pelas regras da época, a medida provisória não caducava (perdia efeito), como ocorre nos dias úteis.

Mas, se depender do presidente eleito Jair Bolsonaro, a MP 2.215 está com os dias contados. “Precisamos colocar em votação a revogação da medida provisória 2.215 para que possamos ter um salário compatível com as nossas atribuições. Para isto, é fundamental uma lei que reconheça a importância das Forças Armadas”, afirmou ele, no dia 1º de dezembro, em cerimônia na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende (RJ).

Bolsonaro informou que essa questão “tem sido muito conversada com o (futuro ministro da Fazenda) Paulo Guedes. Nós temos um orçamento diminuto, mas precisamos entender que aportes para as Forças Armadas são investimento e não despesa. O que for possível, faremos sim”.

O Comando do Exército foi questionado pelo blog sobre o acúmulo de generais na inatividade. Em nota, a assessoria do Exército informou uma das distorções provocadas pela antiga legislação: “Cabe destacar que esses números incluem os coronéis que foram transferidos para a reserva remunerada antes da promulgação da MP 2.215/2001 e se enquadravam no artigo 34 do referido diploma legal, bem como as pensionistas desses coronéis falecidos”. Na prática, coronéis foram para a inatividade com remuneração de general de Brigada.

O artigo 34 assegurou ao militar que, até 29 de dezembro de 2000, tivesse completado os requisitos para se aposentar o direito à remuneração correspondente ao grau hierárquico superior. Após essa data, o benefício foi extinto.

O alto custo das promoções

A situação é idêntica na Marinha e na Aeronáutica. Nos registros oficiais da Marinha, aparecem 119 oficiais generais (almirante de esquadra, vice-almirante, contra-almirante) na ativa e 2,5 mil inativos. O custo anual dos oficiais da ativa fica em R$ 38 milhões. No caso dos que estão na inatividade, chega a R$ 1,2 bilhão.

A Aeronáutica registra 100 oficiais generais (tenente-brigadeiro, major brigadeiro e brigadeiro) na ativa, ao custo anual de R$ 32 milhões. Os 2,8 mil oficiais generais na inatividade têm uma folha anual de R$ 973 milhões.

A diferença ainda é expressiva entre os oficiais superiores (coronel, tenente-coronel, major e capitão de mar-guerra). São 12,7 mil ativos e 52 mil inativos nos três Comandos Militares. As despesas ficam em R$ 2,8 bilhões para quem está em atividade e alcança R$ 8,5 bilhões no caso dos aposentados.

Só há equilíbrio no caso de praças graduados (suboficiais, sargentos, cabos e taifeiros). São cerca de 150 militares na ativa e outro tanto na inatividade, com custo anual aproximado de R$ 10 milhões por ano em cada categoria.

Marechais da reserva

O posto de marechal é provido somente em tempo de guerra. Mas a página oficial do Exército na internet registra 2.776 marechais inativos, sendo 82 na reforma/reserva e 2.694 como instituidores de pensão para 3.940 dependentes.

A explicação do Exército, nesse caso, é a mesma: “são generais de Exército, que, mesmo não tendo sido promovidos ao posto de marechal, estão enquadrados na MP 2.215/2001. Quanto às pensões, são pagas às esposas de marechais e de generais de Exército já falecidos e que possuem esse direito de acordo com as leis em vigor”.

Segundo o Exército, foi mantida a designação de marechal, mesmo o posto existindo apenas em situação de conflito, “simplesmente para designação da situação de alguns militares e seus pensionistas e não ocorrer duas vezes o pagamento para generais de Exército”.

A situação é a mesma na Aeronáutica, que conta com 74 marechais do ar na reserva e outros 455 que deixaram pensão para 801 dependentes. A Aeronáutica afirma que, até a edição da MP 2.215, os militares que tinham 30 anos de serviço, quando da passagem para a inatividade, recebiam remuneração calculada com base no soldo do posto acima. Nessa situação, por exemplo, os tenentes-brigadeiros, ao passarem para a inatividade, recebiam o soldo relativo ao posto acima, o de marechal do ar.

Já a Marinha registra 71 almirantes (correspondente ao posto de marechal) na reserva e 704 instituidores de pensões para 891 dependentes.

FONTE: Gazeta do Povo

162
Deixe um comentário

avatar
57 Comment threads
105 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
81 Comment authors
Jorge BarretoPaulomendonçaMaristelaArthur Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Antunes Neto
Visitante
Antunes Neto

Esse dinheiro sai de onde?

Do tesouro direto (isto é, da previdência geral)?
De algum plano de comparticipação dos militares?
Do orçamento das forças armadas?

O Post apresenta o valores gastos com pessoal da ativa e da reserva + pensionistas… Mas não vi de onde vem o dinheiro.

Luís Henrique
Visitante

Do orçamento da Defesa. Por isso bato nesta tecla há anos, enquanto não fizerem uma reforma da previdência e INCLUIR os militares, e excluir o pagamento dos inativos do orçamento da defesa (passando para a previdência social), o Brasil NUNCA terá um orçamento que seja suficiente para aparelhar as forças armadas com um mínimo necessário. Aparecemos em lugar de destaque mundial no orçamento da defesa, mas as pessoas não se dão conta que dos 1,4% do PIB investido em defesa, METADE é para pagamento de inativos. Ou seja, investimos a miséria de 0,7% do PIB. E ano após ano, os… Read more »

Hamiltom
Visitante

Não a Previdência so sairá do Buraco quando o governo federal cobrar as dívidas com a previdência de grandes empresas de grandes bancos e emissoras de TV que devem bilhoes a previdencia e governo nenhum cobra!

Celso
Visitante
Celso

Hamilton, nao e somente cobrar dos devedorees contumazes, e tambem parar de fazer REFIN de contumazes devedores, dividas essas ad perpetun. Acontecve que toda hora que alguem tenta resolver tais assuntos, as CASTAS se movimentam com forca virulenta via congresso e judiciario aparelhado. Esse tipo de aposentadoria aos militares esta totalmente equivocada e ja era dito isso a mais de 40 anos atras. Agora chegou a hora de resolver e eliminar as distorcoes…….vai sobrar pra quem mesmo ?. Antes do sol vem a tormenta. Esse assunto vai ficar em hibernacao ainda por muitos anos, mas a conta e diaria e… Read more »

Paulo
Visitante
Paulo

Ledo engano.

Mesmo que a Previdência cobrasse integralmente a dívida destes inadimplentes – e de imediato – isto só seria suficiente para cobrir o atual valor de déficit anual por 3 ou 4 anos.

O que precisa realmente é acabar com os privilégios destas castas estatais, como o funcionalismo público e os militares.

Sidney
Visitante
Sidney

Paulo!

Tem gente no Brasil que não sabe fazer conta, para estes a Matemática não existe, ou passam longe dela por incapacidade intelectual ou por pura preguiça.

Mas, há também aqueles que tem má fé intelectual por interesse próprio ou de uma categoria, e escondem, ignoram, fingem não entender de matemática ou tentam sofismas e mentiras escondendo e manipulando os números.

Essa falácia de que cobrando os devedores resolveriam-se os problemas da previdência é típica dessas pessoas.

A questão fundamental é o déficit do setor público e atacar os privilégios. Por ordem Matemática no caos.

mendonça
Visitante
mendonça

disse tudo , parabens!
inclusive uma grande emissora de TV , que nos sabemos qual é ,deve muito para o INSS.

Tenente Murphy
Visitante
Tenente Murphy

Luís Henrique, pensa comigo: exclui do orçamento da Defesa e automaticamente o valor para investimento aumenta. E só. Mas se aumentarmos o orçamento da fé proporcionalmente ao que ele aumentaria com a exclusão, porém sem exclusão, além de ter o mesmo crescimento da sua sugestão, conforme esses pensionistas forem morrendo, o orçamento da Defesa aumentaria o dobro, aumentaria 2x. Não sei se ficou claro, mas é mais vantajoso. Hamiltom, falou-se sobre previdência dos militares ser parcial ou totalmente colocada na social, por causa de seu rombo (a militar), não falou-se sobre rombo na social, que é um problema, mas não… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Do tesouro, evidentemente, que tem de cobrir os gastos que são muito superiores aos recolhimentos previdenciários da categoria.

Jota ka
Visitante
Jota ka

Originalmente, dos impostos pagos por todos os cidadãos do país.
Desde o rico que paga mais de 1 milhão por uma Ferrari, mais de 70% impostos,
Ao classe média que paga 100 mil por um Corolla, mais da metade impostos,
Ao remediado que quando reabastece a 125, paga mais de R$ 4, por l de gasolina, que custa R$ 1,50 sem impostos.
Até os pobres que pagam 30% de impostos sobre a cesta básica.

Marcio
Visitante
Marcio

Os militares tem fundo de pensão próprio e descontam para tal inclusive na inatividade.

Jorge Barreto
Visitante
Jorge Barreto

Da onde sai o dinheiro? Do bolso do trabalhador. Militares são uma cambada de parasitas que não produzem nada, e só dão despesas ao estado.

Ozzy
Visitante

Remem escravos, paguem seus impostos em dia kkk

RockShooter
Visitante
RockShooter

Se 5000 generais da reserva causam tanto prejuízo aos cofres públicos….
Então de quanto será o prejuízo causado pelos deputados e senadores que se aposentam após dois mandatos??

ANTONIO MANOEL GOMES GOES
Visitante

Mera desinformação/desconhecimento do RockShooter. Deputados e senadores dispõem de um ‘fundo de pensão’, subordinado à Previc(Secretaria de Previdência Complementar), que contribuem durante os anos de mandato. Ao contrário do erroneamente disseminado nas redes sociais, o parlamentar federal(ou estadual/municipal, se estados e municípios acaso dispuserem de tal instituto de aposentadoria complementar nas assembleias e câmaras de vereadores) terá que exercer 30 anos consecutivos de mandato para aposentadoria integral(30/30 avos, relativos a 7 mandatos e meio) ou ‘proporcional’, de, no mínimo, 20 anos(20/30 avos). Caso definitivamente fora da atividade parlamentar, deputado ou senador poderá ser ressarcido, de uma só vez) pelo valor… Read more »

Edson Parro
Visitante
Edson Parro

O problema dos nobres Deputados e Senadores reside no valor da contribuição (seja para o INSS, seja para suas respectivas “caixas de pensão”) e no valor da aposentadoria, sem um teto de valor recebido (assim como, parece-me, de todos os funcionários públicos). Bem diferente do trabalhador da iniciativa privada, em que o empregado contribui, o empregador contribui e há piso e teto do valor da aposentadoria, sem contar com a “fórmula” de fator redutor para quem se aposenta antes da idade máxima definida. E, lembrando, que os únicos servidores públicos disponíveis na escala de 24h em 7 dias da semana… Read more »

Ozzy
Visitante

Parlamentares não se aposentam mais após 2 mandatos, é outra boquinha que também foi abolida. Agora eles se aposentam pela regra geral 35 anos para homens e 30 para mulheres ou por idade.

elton
Visitante
elton

imagina quanto munição,peças e combustivel daria para comprar para nossas forças armadas treinarem e se prepararem porque tudo isso sai do orçamento da defesa

Camilo
Visitante
Camilo

RockShooter falou tudo para chegar a general são dêcadas de dedicação ,trabalho,sem direitos trabalhista e quando se aposentão os criticão é hipocresia pura,mentras os politicos com o salrários que tem,previlegios,mãozinha leve porencima e depois de 8 anos se aposentão com uma boa aposentadoria bem remunerada.e ninguêm falou nada.

Wallinson Ramos
Visitante
Wallinson Ramos

Essa situação de promoção no momento da aposentadoria é algo terrivelmente danoso para o orçamento da união. Precisa ser feito uma reestruturação no plano de carreira dos militares, segurando eles por mais tempo e cortando essa bizarrice de pensão para dependentes que só contribui para atravancar a economia e sufocar o orçamento.

Quanto ao Bolsonaro, remuneração é despesa sim. Gastos militares só são investimento se dispender em desenvolvimento de pesquisa e tecnologia.

Ben Hur Mormêllo
Visitante

Não existe mais aposentadoria com posto acima e nem pensão pras filhas. Informe-se a respeito.

M
Visitante
M

Verdade. Não existe mais, só o direito adquirido mas a mídia não gosta de bem informar…

Celso
Visitante
Celso

….essa porcaria que privilegiou os militares e outrens na administracao publica, so valeu mesmo para essas CASTAS. Eu comecei em 1967 e garanto que nao tive nenhum direito adquirido qdo de minha solicitacao a aposentadoria. Pelo contrario, tive que trabalhar um pouco mais e ainda sofrer com a nova formula % que foi criada a partir de 1998 se nao me engano FHC e sua corja do congresso assim o fizeram na calada da noite em dezembro de 1998 , materia constitucional em discussao a mais de 4 anos , passou rapidinho. E aqueles que ao comecarem na labuta assinaram… Read more »

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Como toda instituição de estado brasileira, o exercito também não escaparia de pontos a serem aperfeiçoados. Nada que não possa ser bem encaminhado pelo novo comando.

Almeida
Visitante
Almeida

Mas o novo comando quer justamente reviver a lei que criou essa bizarrice…

andrepoa2002
Visitante
andrepoa2002

Enquanto Guedes tiver alguma influência não vai prosperar iniciativas que aumentem o gasto com pessoal.

Alessandro
Visitante
Alessandro

nossa mas que farra com o dinheiro público!! Isso tem que acabar

mas o hilário disso tudo, é que os generais ainda são mais “baratos” que o nosso poder judiciário

Cabeça Fraca
Visitante
Cabeça Fraca

O braziu nunca foi uma nação independente e soberana…era uma colônia de uma outra colônia…e hoje é colônia do mundo…apesar de as vezes ser critico com as FA’s daqui…eu acredito que a única saída para este pais seja a instituição de um sistema parlamentarista mas formado só pelo o alto escalão dos militares do pais…uma espécie de sistema parlamentarista militar…onde todos os outros poderes ficariam subordinados e os generais escolheriam um entre eles para comandar o pais…e dividiriam entre eles o controle de todas as estatais…para evitar que se corrompam um percentual dos recursos das estatais seria dividido entre eles…eles… Read more »

Paulo
Visitante
Paulo

“Para evitar que se corrompam um percentual dos recursos das estatais seria dividido entre eles”?

Sério?

Você realmente acha que eles são intrinsicamente honestos por serem militares?

Almeida
Visitante
Almeida

Mas é cabeça fraca mesmo!

Carlos Campos
Visitante

Isso é só com as forças armadas que tem os piores salários do GF, se formos ver o do Judiciário aí veremos que depois da Monarquia e com proclamação da república, surgiram príncipes em todos os cantos do país, que recebem várias verbas.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Funcionários públicos federais recolhem 11% e os estaduais, em sua maioria, 14%. Além do mais, só podem se aposentar com 55 anos de idade para mulheres e 60 anos homens com 35 anos de contribuição. A previsão de aumento para 62 e 65 anos, respectivamente.
E finalmente, todos os novos funcionários públicos recolhem e se aposentam pelo teto geral, que é de cerca de R$ 5 mil.

Celso
Visitante
Celso

Voce so esqueceu de informar que essa mesma contribuicao sai somente de um bolso…o seu, o nosso. Portanto por essa perspectiva, funcionario publico nao paga aposentadoria, nos os outros na maioria e que pagamos. Pagamos sim para ter Funcionario DO publico, mas o que temos sao pessimos funcionarios publicos. Sera mesmo que investimos nessa CASTA de forma satisfatoria ??? Recebemos de volta o que gastamos com nosso suor ? Enfim, nao confunda a questao.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Claro que paga, visto que a contribuição é meio a meio.
Mas, de qualquer mameira, a previdência militar se tornou a mais pesada do setor público.

Paulo
Visitante
Paulo

Celso, a previdência do serviço público é paga com dinheiro dos impostos e o servidor público não tem desconto no salário?

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Vou criar um curso para síndico de prédio.

Paulo
Visitante
Paulo

Porque não de M A V, T roll ou ¨Como viver às custas da mãe até os 60 anos!¨ que são as suas ¨especialidades¨.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Porque MAV’s são inteligentes e autodidatas.
Não precisam de adestramento.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante

Então agora eu tive a certeza que você não é um deles.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Afinal, sou ou não sou?
Ó dúvida cruel!!!!!!

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Oh! Ser ou não ser. Eis a questão!

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante

Você só é mais um chato que só polui os fóruns com um monte de baboseiras sem nada a acrescentar.

Floresteiro
Visitante
Floresteiro

Resumindo: Não falta dinheiro para as FAs, assim como não falta para saúde e não falta para educação. O que precisa é ordem no galinheiro.

Almeida
Visitante
Almeida

Por ordem entende-se cortar a cabeça de um monte dessas galinhas que comem ração demais e põe ovos de menos!

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

É o que eu digo, temos mais generais do que o US Army (a guarda nacional americana não conta).
Adianta aumentar as verbas para defesa para serem gastas em regalias para generais sem utilidade alguma?
Precisam rearrumar as FAAs, acabar com o serviço militar obrigatório, diminuí o número de oficiais e profissionalizar as Forças militares.
Após isso, investir em programa de modernização e aumento da capacidade operacional das mesmas.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Não temos mais q o USArmy.
Concordo com a diminuição do SMO.
Diminuir os Oficiais? Em um Btl de 700 homens, tem menos de 30 oficiais…
A maioria do EB é de efetivo profissional. De carreira e temporários.

Otto Lima
Visitante

Agnelo, você está mal informado. O EB tem hoje um efetivo de 219.585 militares na ativa, dos quais 147 oficiais generais, o que dá uma proporção de um general para cada 1.494 soldados. A título de comparação, o US Army tem hoje 476.000 militares na ativa do Regular Army, excluídas a Army National Guard e a Army Reserve, sendo 231 oficiais generais, o que dá uma proporção de um general para cada 2.061 soldados.

Agnelo
Visitante
Agnelo

A quantidade proporcional não é comparativa, pois há instituições civis nos EUA q fazem o q nossas forças são obrigadas a fazer, notadamente na área de Ciência e Tecnologia.
Em segundo lugar, nossos efetivos de tenente pra baixo não é completo. O deles é.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Complementando, os últimos dados q tenho são de 2015.
Eram 328 mais 212 na Guarda Nacional e 112 na Reserva.
Baixou tanto assim?

Gabriel
Visitante
Gabriel

Novamente vou usar o tempo para explicar novamente aos que tem preguiça de ler e conhecer o assunto e mesmo aos “pagos” por determinadas instituições ou partidos para ficarem em sites e blogs difundindo mentiras. 1 – Os militares são uma categoria a parte de agente público, tudo previsto em Lei. 2 – Entre outras diferenças não podem fazer greve e estarem sindicalizados. 3 – Durante os 30 anos de atividade estão disponíveis 24 horas, considerando uma média seria como 45 anos em jornada de 8 horas. 4 – Contudo nenhum Militar recebe hora extra ou adicional noturno, como um… Read more »

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Muito bacana, me abriu os olhos antes de falar besteira por desconhecimento.
Sou funcionário público concursado aqui em MG da companhia de saneamento(que é empresa mista agora e caminha pra privatização nas mãos do próximo governador), pago meus impostos e recolho 11% de INSS, e acompanho a vida de alguns que já se aposentaram e passam dificuldades pela diminuição da renda e o auto valor de plano de saúde e gastos que passam a ter integralmente .
Dito isto ,concordo plenamente com a dinâmica das forças armadas conforme bem esplicado por você.

Gabriel
Visitante
Gabriel

Amigo, tenho certeza absoluta que poucos fora do teu ambiente de trabalho conhecem tanto quanto você em relação ao que pode melhorar ou ser modificado. O que aborrece aqui as vezes são comentários desprovidos de qualquer conhecimento. São opiniões colocadas como verdades, depois do papo de bar com o amigo, que também desconhece do assunto. Claro que sempre existe espaço para melhorias e aprimoramentos, mas crítica pela crítica, de pessoas que não estão preocupadas com a verdade, mas sim desconstruir e espalhar mentiras, para tentar pintar o quadro da desgraça, eu não aceito. Infelizmente nosso país está ainda com muitos… Read more »

Celso
Visitante
Celso

Prezado Gabriel, sem entrar em detalhes…..certos comentarios desprovidos de qualquer conhecimento, ate certo ponto sdao plausiveis e criveis. Afinal de contas. as proprias instituicoes ditas FAs fazem por merecer esses comentarios. Dificilmente se colocam a frente para discutir o assunto, sempre se colocam como vitimas, mas os numeros conhecidos pela maioria aqui de fora nao ensejam palmas. Esses papo canhestro de ideologia, apologias, oposicao, etc,… que tal as FAs abrirem seus livros e virem a publico com transparecia e tentar vender seu peixe ??? Saber porque isso nao acontece ??? o peixe esta podre a muitos anos. Ninguem desconstroi aquilo… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Exatamente Os números não mentem. Há na Reserva, uma quantidade cada vez menor de Of Gen, q recebem um pouco a mais q os Cel. Sendo q de lá pra cá, varios direitos antigos acabaram, o q levará a queda de custos aumentar, além dos milhares de Ex-Cmb e seus dependentes da Itália, Costa, navios etc Além de mais de 20.000 anistiados q ganham como se tivessem atingido o tipo de suas carreiras. Se os militares (q ganham acima do teto), a partir de hj, ganharem o teto, é uma economia infinitamente menor do q os custos com ativa (carreira… Read more »

elton
Visitante
elton

somente oficiais de capitão para baixo ralam de verdade nas forças armadas ,digo isso porque servi e vi o que acontece em um quartel ,major ,tenene coronel e coronel so despacham ordens atras de uma mesa e no final do expediente vão descansar igual a maioria de funcionarios civis.não coloque o mesmo nivel de carga de trabalho de um praça ou oficial subalterno com um de oficial de alta patente.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Tomara q minha esposa não leia seu comentário…. vai achar q eu estou dando o golpe….
Conta pro meu joelho também… q ficou ruim depois q dei uma joelhada numa pedra as 3 da manhã na margem do Itajaí Açu no inverno… diz pra ele q foi sonho e pode parar de doer…

Gabriel
Visitante
Gabriel

Pelo teu comentário você deve ter prestado serviço militar obrigatório.
Se tivesse o mínimo de conhecimento saberia que no Exército existe uma organização e que cada Oficial e Praça desempenham um papel específico.
Pelo teu comentário você deve acreditar que o planejamento tático deve ser feito pelo Militar com menos de 35 anos e o trabalho técnico pelo Militar com mais de 35 anos.
Novamente, leia, estude, aprenda, depois vai conseguir fazer um comentário com alguma lucidez.

Celso
Visitante
Celso

Gabriel….menos, menos, menos,……o tempo dedicado de uma patente no quartel nao e tao stressante assim como voce faz crer. Muita ociosidade e todos sabem bem disso. Nao tente menosprezar a outrens somente porque cumpriram com suas obrigacoes constitucionais quando convocados na marra (servico militar obrigatorio , excrecencia ) .

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

O passo fundamental é acabar com a aposentadoria integral e aumentar a contribuição.

Em tempo: Para aqueles que argumentam que é uma profissão de risco, semana passada o Governo americano NEGOU aposentadoria especial a militares que ficaram expostos ao agente laranja no Vietnã. Se aquilo não foi situação de risco…..

Gabriel
Visitante
Gabriel

Detectado comentário da “turma da resistência”, que vai passar o Natal acampado no Paraná.

Se você se dedicar ao teatro é capaz de ganhar mais do que os “cumpanheiros” pagam.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Dê a sua contribuição ao País. Quando se aposentar trabalhe em um presídio.
Faça um plantão. Trabalhe de guarda. Sirva refeições.
Sei lá! Qualquer coisa em vez de ir para aos 40 e poucos anos e ficar enchendo a paciência da mulher e dos vizinhos.
Ora!

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Digo: ir para casa aos 40 e poucos anos.

Diego K
Visitante
Diego K

Ou seja recebem bem de mais pra ficarem varrendo o quartel. Pera, acho q a limpeza é terceirizada agora.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Sabe como é. É uma atividade de risco. Começa a varrer, a poeira sobe e irrita os olhos e as narinas. É muito risco envolvido.

Oiapoque Jr
Visitante
Oiapoque Jr

Quanto recebem de custas ao mudarem de quartel, localidade? E porque mudam tanto?

Tenente Murphy
Visitante
Tenente Murphy

Gabriel, uma dúvida. Seria possível estabelecer jornada de turnos em períodos de paz? Daí todo esse argumento não faria mais sentido, com todo o respeito. Obrigado quem mais puder ajudar.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Prezado O tempo de paz é preparação pra guerra. O horário de trabalho no Qtl é tomado por instruções para a fração q não está de serviço e a q está é dividida em serviço de guarda e manutenção de material e instalações. Não há tempo disponível para Sindicância, Inquérito Policial Militar, Exame e Averiguação de Material, Recebimento de Material, Exame de Contra-Cheque, Processo Adminiatrativo, apoio à vacinação, distribuição de água, apoio à biometria etc Normalmente, os exercícios e operações são previstos, mas há também os imprevistos. Tudo isso “a mais” é feito pelo expediente “dilatado”. Te dou o exemplo… Read more »

Ten Murphy
Visitante
Ten Murphy

Muito obrigado, Agnelo.

Flávio Henrique
Visitante
Flávio Henrique

Vale lembra que os militares de países em desenvolvimento tem força armadas “multifunção” já que desenvolve algumas funções civis como fazer obras de infraestrutura, algum que em estudo do Próprio EB fazer e que eleva o quadro do mesmo, o interessante é que países desenvolvido agora buscam ter essa capacidade, visto que atualmente esse países tem possibilidade de operar em um TO com pouca infraestrutura fazendo que seja necessária desenvolver tal capacidade no TO. Ps.: Não sou militar mas leio o que posso de estudos militares, as FFAA disponibilizam boa parte desses estudos então dá para ter um pouco de… Read more »

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Eu concordo que os soldos são baixos, mas esse número enorme de generais explica a dificuldade de se aumentar o soldo dos militares. Você pensa que está dando aumento para dezenas de ativos, mas está dando para milhares de inativos. Esses números são simplesmente absurdos. Se o Bolsonaro derrubar a MP, uma das poucas medidas de bom senso contra o monstro que era/é a previdência militar, causará um verdadeiro caos nas contas públicas, com milhares de ações de inativos para ganharem seus direitos e atrasados. E vão ter milhares de filhas de militar anulando o casamento para tentar voltar a… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Rafael, o número está descendo muito.
São 17 anos sem promoção imediata.
Os Gen da ariva são poucos. Não da 20 por ano.
E o número de inativos enganam, pq tem muitos q deixaram pensão pra mais de um dependente, então são contra-cheques com posto de general, mas só a porcentagem q lhe vale.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Agnelo, mas uma das grandes responsáveis, senão a maior, foi a MP de 2001 que acabou com a posto acima e outros direitos. Por isso eu elogio tanto ela como tendo sido um dos maiores feitos do FHC (e até por isso o Bolsonaro odiava mais o FHC do que o Lula) Sem dúvida que está caindo, sendo os números da ativa mais racionais. Mas até os inativos e pensionistas morrerem, será um pesado fardo no orçamento da Defesa. Essa parte dos dependentes é interessante e dá para notar na reportagem quando fala o número de instituidores de pensões e… Read more »

elton
Visitante
elton

os soldos são baixos ?um soldado do exercito ganha mais que a maioria da população assalariada,militares tem a opção de escolher outra carreira ,no EB conheci soldados,sargentos e tenentes que estavam la porque amavam servir como militar o seu país mas tambem conheci militares que chegavam no expediente contando os minutos para ir para casa e vi o comportamento de oficiais de alta patente que estavam lá porque amavam rebaixar os de patente inferior e demostrar seu orgulho ao dar ordens de maneira arrogante atras de uma mesa.

Rômulo R
Visitante
Rômulo R

Não são os salários dos oficiais generais que estão defasados , o que acontece é que toda a classe política brasileira possui super salários , trabalharam arduamente para garantir anualmente suas regalias. Agora ao em vez de por um basta na situação e pensar no reequipamento das FA , a primeira atitude é aumentar o próprio salário , o engraçado é que soldados, cabos sargentos e sub tenentes continuam a míngua . Temos excesso de oficiais em serviço com ralação a quantidade de soldados gerando altos custos para a força, Aí vc veja o exemplo de Israel com um orçamento… Read more »

João Francisco Neves
Visitante
João Francisco Neves

Mais um dos muitos absurdos do Brasil, que explica por que somos uma nação tão esculhambada moral e eticamente, que explica toda essa roubalheira, uma quantidade imensa de generais que ganham na aposentadoria mais do que ganhavam na ativa, somente um país muito, mas muito rico, pode conceber essa mamata, isso é vergonhoso demais, é coisa que faz a gente corar quando algum estrangeiro pergunta pra gente, é extremamente vexaminoso, é um crime lesa-pátria, por isso estamos nessa penúria, simplesmente a conta chegou depois de tanto descalabro, e o povo trabalhando 16/dia para sustentar esses mamateiros, realmente o Brasil não… Read more »

Diego K
Visitante
Diego K

E tem trabalhador que todo dias 6h até 8-10 da noite ralando não vao chegar nem perto de ter uma aposentadoria desses chupa cabras do Brasil. Qnto militares, politicos, juízes ganham muito mais do que merecem nesse país. Serviço público em país sério não serve para enriquecer. Quer ser rico abre uma presa privada eseja bom, não mame a vida toda nas tetas do pesado estado.

Michel Lineker
Visitante
Michel Lineker

E o pior que tem militar que comenta aqui que acha ruim a gente achar ruim essa situação.

Essa matéria me faz crer que depois dos políticos, quem mais prejudica esse orçamento (que é pequeno) são os próprios Comandantes Militares.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Saiu mês passado reportagem sobre isso.
Os militares estão afundando a Previdência pública. Já representam metade do deficit.
Sinto muito. Isto é fato.
Quer ter dinheiro na aposentadoria?
Faça como todo mundo e poupe durante a vida.

Lewandowski
Visitante
Lewandowski

Eu já tenho a opinião contra de que o soldo é baixo… muito pelo contrário, é bastante superior pelo que a iniciativa privada pratica… Comparar com o judiciário é covardia. Judiciário no Brasil é uma casta que nem em país de primeiro mundo se explica. . O salário dos militares é bastante satisfatório para o que cumprem e ainda se tem os complementos de plano de saúde, auxílio alimentação nada ruins… . Digo e repito: servi na fronteira, Uruguaiana, e enquanto a gente se ferrava no serviço obrigatório, capitães, tenentes e generais forravam o estômago com whyski, picanha e jogo… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante

Concordo..

Eu não acho os valores dos militares baixos.

O que tem que acabar são algumas distorções na administração pública, que para alguns cargos tem valores absurdamente altos sem nenhuma justificativa.

carlos berner
Visitante

Tudo passa por vontade política, mas quem desses políticos fichas-sujas se atreve a “encarar”. Também falta patriotismo e vergonha na cara, os oficiais generais levarem esta vida nababesca às nossas custas e sem produzir nada a não ser eventos. A doação de CC M41 juntou N generais em Santana do Livramento; certamente houve reconhecimento de “free-shops”

Marcelo M.R.
Visitante
Marcelo M.R.

É escandaloso! É muito cacique de pijama pra pouco índio. Assim não há orçamento que dê conta. E ainda querem mais dinheiro do miserável povo brasileiro!

Heverton Ribeiro
Visitante
Heverton Ribeiro

Qualquer desembargador, de qualquer tribunal deste país, tem direto a carro do ano, com motorista. Diminuindo-se 50% das mordomias que existem no funcionalismo público, sobraria dinheiro para tudo.

Dan7440
Visitante
Dan7440

Devem haver pelo menos duzentos oficiais pra cada desembargador no Brasil. Quem você acha que gasta mais?

Heverton Ribeiro
Visitante
Heverton Ribeiro

O problema não é se gasta mais ou não e sim a imoralidade da mordomia em um país que precisa de tantas coisas.

Heverton Ribeiro
Visitante
Heverton Ribeiro

Além disso a matéria fala que são 147 generais na ativa. No Brasil existem, aproximadamente, 800 desembargadores.

Fila
Visitante
Fila

Nossos juízes têm elevador privativo…quer mais o que?
Duvido que isso aconteça em países desenvolvidos ou emergentes. Se acontecer em outro lugar, provavelmente é em algum país pobre da África.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Não sei se ainda é assim, mas quando ia solicitar algum serviço dentro de unidade militar havia salas de espera diferentes para soldados, oficiais e oficiais generais.
Isso é comum em país subdesenvolvido.

Bardini
Visitante
Bardini

Olha… Descobriram a vergonha que é o sistema de inativos das Forças, que consomem BILHÕES do orçamento de DEFESA.

elton
Visitante
elton

dinheiro que faz falta para adestramentos ,munição para treinamento,combustivel para manobras,peças para aumentar disponibilidade de equipamentos e ate manutenção de instalaçoes

GFC_RJ
Visitante
GFC_RJ

Excelente que saia este estudo e estes números! Transparência!

Sebastião Moraes Junior
Visitante

Isto é Brasil, enquanto havia “fartura” fomos criando regalias. Depois quem é o culpado? O pais é uma fonte inesgotável? Hoje o culpado sou eu (o eleitor) com meus 65 anos, amanhã será você (o eleitor) se não parar de olhar para seu umbigo e depois de amanhã seu filho (o eleitor). Para sairmos desta “você” (o eleitor) tem que mudar! Deixe de acreditar e procure se informar.

elton
Visitante
elton

ver general que passou mais de 20 anos dormindo toda noite em casa e fazendo expediente das 08:00 as 18:00 numa sala com ar condicionado apenas em dias uteis dizer que tem a mesma vida de um praça ou oficial subalterno que rala noite e dia e mal tem tempo para TFM e dose.

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

É mais, ele não entrou diretamente como General.

Foram 45 anos de estudos e aperfeiçoamento para conseguir trabalhar de 8 às 16hs em uma sala com ar condicionado! Te desafio a fazer melhor…

Sinceramente, acho que as milícias têm mais respaldo da imprensa do que as FFAA neste país!!

MadMax
Visitante

Rapaz… quanto dinheiro.

Bardini
Visitante
Bardini

Postando, mais uma vez, para quem quiser ver números…
https://www.defesa.gov.br/arquivos/orcamento_financas/consolidado-2000-a-2018-v-ascom-dot-atualizadas-e-empenhadas-2018.pdf
.
Aí milagrosamente aumentam os gasto de “DEFESA” para 2% do PIB… E a grana continua indo TODA para bancar pessoal, ainda mais com o glorioso sindicalista de farda sendo o próximo dono da caneta.

Bardini
Visitante
Bardini

Os 1,7 bilhões desses 5 mil Generais é superior ao montante que o EB tem cotado para bancar seus INVESTIMENTOS no ano de 2019…
.
Chupa essa…
.
E Zé mané vem com lorotinha de que milico ganha mal… Ahhh… Vai pro mercado civil que te carregue.

Michel Lineker
Visitante
Michel Lineker

Eu imagino quantos AH-1Z, CC, BH, Chinooks e m u n i ç ã o o Exército não teria ao longo dos anos com esse dinheiro.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

O que vejo aqui é mais do mesmo que acontece em todo Brasil. Uns defendem o osso que roem com desculpas deslavadas e outros a mesma coisa. Nunca vi um general ladrar ombro a ombro com um praça ou subalterno no campo de batalha, exceto na WWII. Com o episódio desastroso de Pathon espancando um soldado com stress pós traumático. Concordo em partes que os militares são uma classe de servidores públicos diferenciados, mas manter uma casta de alto escalão as custas de uma maioria que realmente come a mesma lama e derrama o mesmo sangue, só pode ser aceito… Read more »

Gregory Ruan
Visitante
Eduardo Oliveira
Visitante

Tragam o Oscar!! Falou tudo aí. Faltou dizer que o militar só se aposenta (reforma) mesmo após os 65 anos de idade, pq após 30 anos de serviço é RESERVA remunerada. Os entendedores entenderão.

Zmun
Visitante
Zmun

A prática é a mesma coisa.

Eduardo Oliveira
Visitante

Eu acredito que precisa sim ser aparadas algumas arestas. Mas, aos críticos de plantão que dizem que somos como qualquer outro emprego digno… Não desmerecendo ninguém (já trabalhei no meio civil também), mas colega, vem com a gente ficar 1 ano em Cucuí, Querari, Yuaretê… No meio do nada, sem família, sem internet, sem energia às vezes por um salário de 4, 5 mil, tirando serviço igual um maluco. Aí você é transferido e acha que acabou, aí vai pra Nona brigada e vai subir favela 1 mês, tomando tiro no capacete, colete, sendo ameaçado de morte, andando com IDT… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Tenho certeza absoluta que os moradores miseráveis de Cucuí e milhares de outros lugares do Brasil vivem muito pior que os militares para lá deslocados. E não têm salários fixos e muito menos aposentadoria.
Isso não é argumento para manter aposentadoria integral.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Mas só os militares deslocados pra lá q apoiam os moradores de Cucui…
Mas nenhuma instituição…

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Concordo com vc, mas isso é outra questão.
Infelizmente moramos em um País ‘torto’ e extremamente desigual.
E começa a temer o fato de que possa não ter solução.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

O interessante na aposentadoria militar é que, conforme dito, muitos saem de cena com cerca de 45 anos de idade e recebendo integral.
Se colocassem todos pelo Regime Geral, nos casos dos oficiais teríamos uma grande quantidade de pessoas com nível superior e com renda de cerca de R$ 5,5 mil, o que é relativamente baixo.
Isso faria com que vários voltassem a trabalhar para complementar a renda.
Cairiam assim na chamada ‘desaposentadoria’?
Portanto, é um problema difícil com uma solução complicada.

Eduardo Oliveira
Visitante

Isso é um problema do governo. Nós estamos lá e é a única presença do Governo. E outra, uma vez na Operação Agatha atuando nos ribeirinhos subindo o Rio Negro, eu presenciei um estilo de vida deles extremamente fora de tudo aquilo que eu conhecia. Para mim era algo inabitável, miserável… Fui conversar com eles. Para eles aquilo é um paraíso, estão felizes lá, e muitos deles preferem lá que a cidade. Então essa coisa de povo miserável são vistas de perspectivas diferentes. A única coisa que eles pediram para nós foi remédios. Do resto estavam bem felizes. O FFAA… Read more »

sergio ribamar ferreira
Visitante

Sr. Bardini. o militar de certa forma ganha mal.Verificando entre oficiais generais e oficiais subalternos e praças, vemos uma diferença gritante. absurdo realmente é ter cinco mil oficiais superiores ganhando na inatividade por um período curto de tempo de serviço. Ora um oficil -general deveria se aposentar aos 70 anos como todos os outros funcionários, visto o cargo e função que ocupa. setor operacional é uma coisa administrativo outra, Aí se deveria usar este pessoal até os sessenta e cinco anos para homens e sessenta para mulheres. Os praças e oficiais de tempos em tempos não possuem residência fixa visto… Read more »

Francisco Braz
Visitante
Francisco Braz

Tá, beleza… Belo estudo feito com a reserva e pensionistas das forças armadas. Mas quanto custa aos cofres públicos um deputado… Quanto custa aos cofres públicos um senador ou os governadores ou presidentes e vices??
Quanto tempo de serviço é necessário para um general ir para reserva?? Quanto tempo um político leva para “aposentar-se”. E os juízes?? Lembrando que estes últimos quando processados são penalizados com a aposentadoria compulsória com todos os vencimentos preservados.
Por quê será que eu acho que o foco está na direção errada???

Edison Castro Durval
Visitante

Um erro não justifica outro.
Esse é o papo que usam para livrar a cara do Lula.
“Rouba mais faz”
“Rouba, mais os outros também roubam”
E vai por aí.
Reforma na aposentadoria somente dos civis não irá resolver nada.
Os militares devem ser remunerados de forma correta pelos riscos que correm e deveres que tem.
Mais a aposentadoria deve ser igual a todos e qualquer outra benesse deve ser provida por aposentadoria privada, isso deve ser igual para todos civis ou militares, enquanto isso não existir não haverá solução mágica que resolva o problema do Brasil.

Francisco Braz
Visitante
Francisco Braz

Primeiro: Não justifico nada. Sei de gente que recebe pensão militar de antepassados que lutaram na guerra do Paraguai até hoje. Mais de 60% da verba das Forças Armadas são direcionadas a pensões que deveriam ser revistas. Principalmente esta história de pensão para filha solteira. Segundo: O tempo de serviço e a atividade militar tem sido muito mais útil ao país que a parlamentar, entretanto os militares tem um tempo mínimo de 30 anos para se aposentar, enquanto os políticos, que nos roubam de todas as formas possíveis e imagináveis, basta dois mandatos (8 anos). Os não reeleitos nestas eleições,… Read more »

Wilson França
Visitante
Wilson França

Já foi dito e reafirmado que a regra de aposentadoria dos parlamentares mudou.

Zmun
Visitante
Zmun

Repare que vc compara generais com a pior laia estatal que existe. Essa comparação é devido a algumas semelhanças?

Francisco Braz
Visitante
Francisco Braz

Não… É que apontam os generais como um sumidouro de recursos. Bom, existem sumidouros muito mais significativos a serem desmantelados.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Vejo muito praça e subalterno defendendo benefícios de oficiais de alta patente que nunca passaram ou se passaram esqueceram há anos, o que um soldado raso passa. Concordo que quem deve ganhar bem é o soldado que enfrenta os rincões da Amazônia, a luta contra o tráfico etc. Esse soldado deve ser bem equipado, treinado e muito bem pago. Por isso mesmo é que defendo o fim do serviço militar obrigatório, redução de cargos em alto escalão nas FAAs, transferência das bases militares dos grandes centros urbanos para as fronteiras do país etc. Gerando assim uma força militar moderna, profissional… Read more »

Guizmo
Visitante
Guizmo

O problema é que o militar da ativa ganha mal e o militar de alta patente da reserva ganha bem. Deveria ser o contrário, e com menos contigente, especialmente em armas que o advento tecnológico possa superar a quantidade de pessoal

Andrade
Visitante
Andrade

Bom dia! De uma maneira geral se o problema fosse esse, as pensões pagas ao funcionalismo público comparada quanto recebe um general da reserva é assustador, o problema não é a pensão paga para quem trabalha no regime de CLT (e nisso se incluí as estatais) o problema é a falta de parâmetro de corte, igual as regras da aposentadoria da população, O que se arrecada hoje constitucionalmente falando supera os gastos. Porém há de se concordar que é um valor absurdamente alto. O pior problema são os valores pagos aos aposentados públicos (servidores estaduais, federais, justiça) Aconselho ver o… Read more »

luiz henrique
Visitante
luiz henrique

Uau….temos mais generais de pijama que o exército americano…kkkk, ai realmente não sobra plata para muita coisa.

Almeida
Visitante
Almeida

A diferença gritante entre os gastos com praças graduados e oficiais, na ativa e mais ainda na reserva, mostra muito bem as prioridades das nossas FAs. Infelizmente esta é a realidade, pura ostentação.

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Pessoal sem noção achando ruim a ponta da pirâmide ganhar bem e não se sujar junto à base.kkk
Será que em qualquer empresa é diferente? Claro que não.
Vai procurar gerentes ,diretores e presidentes de empresas(que desempenham igualmente aos generais a função de comando) pra ver se estão no chão de fábrica, nos serviços braçais e afins.
Pelo amor de Deus, menos comentário tosco, descabido, ilógico e ideológico e mais sensatez .
Alguém estuda pacas pra subir de posição pra depois de promovido continuar lá ralando de peão??
Sinceramente…….

Zmun
Visitante
Zmun

Na empresa o dono é dono. E nas FFAA, o general é dono?

Alfredo RCS
Visitante
Alfredo RCS

E quantos ex-diretores de estatais, ex funcionarios do BANCO DO BRASIL, da CAIXA ECONOMICA, da ELETROBRAS, da CAMARA DOS DEPUTADOS, do SENADO, dos CORREIOS temos hoje vestindo pijamas? qual a relação entre os aposentados do FUNCIONALISMO PUBLICO e os da ativa do mesmo? Ahh principalmente, quantos funcionarios de PIJAMAS tem a PETROBRAS??? Esse artigo é mais uma retorica que nao compara a realidade dos fatos, sem contar a media de horas semanais trabalhadas nas FFAA, a qual é, em media, de 72 hr semanais sem direito a pagamento de horas extras, sem direito a periculosidade e muito menos a insalubridade,… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Existem milhões de trabalhadores no Brasil que labutam mais de 72 horas semanais, sem horas extras, periculosidade e insalubridade.
Aliás, grande parte deles também não tem carteira assinada, assistência médica e aposentadoria integral Quando muito, recebem um miserável Benefício da Prestação Continuada.

Alfredo RCS
Visitante
Alfredo RCS

Ahh sim, a verba para a “promoçao” da Caixa Economica esse ano foi de 2.8 Bilhoes de Reais, para onde foi esse dinheiro? Rede Globo, SBT, Tv Brasil???

NFLOPES
Visitante
NFLOPES

Certa vez assisti uma entrevista com o gal. Leônidas: ele afirmou, com todas as letras, que o Exército tinha 30.000 pensionistas da Guerra do Paraguai. Não foi explicado o que seria isto. Imagino que seriam as filhas de militares solteiras.

Jota ka
Visitante
Jota ka

Hoje o número de pensionistas da Guerra do Paraguai é menor.
São filhas de ex-combatentes. Solteiras e casadas (até 1991 a pensão vitalícia era para filhas de qualquer estado, nesta época houve mudança para filha solteira, mas ficou o direito adquirido).

carlos mendes
Visitante

Me desculpe a todos mais e sempre a mesma ladainha QUANDO QUEREM DINHEIRO O PRIMEIRO a ser alvo e o APOSENTADO ( QUE FEZ POR MERECER A SUA APOSENTADORIA) ou a Pensionista que durante anos seguiu o Marido em todos os lugares remotos desse pais servindo ao Pais, A boa noticia GRAÇAS A DEUS começou a se falar em FECHAR A TORNEIRA DAS ROUBALHEIRAS que se Todos fizerem as contas AS APOSENTADORIAS RECEBIDAS SÃO TROCOS EM RELAÇÃO AO ORÇAMENTO. Vamos deixar os Aposentados e Pensionistas terem um final de vida tranquilo porque NÃO ROUBARAM DE NINGUÉM ,NÃO BURLARAM NENHUMA LEI… Read more »

Zmun
Visitante
Zmun

Tem idosos e idosos, jovem.

Zmun
Visitante
Zmun

O Bolsonaro é a CUT dos militares. Não haverá reformas que possam amenizar esse tipo de problema. Ao contrário, se houver mudanças, será para aumentar efetivo (e eleitores) e “dar salário condizente”. Se compararmos a quantidade de oficiais generais ativos/inativos com números dos países desenvolvidos, é arrepiar os cabelos!
.
Corporativismos e patrimonialismo, e o coitado do trabalhador que pague a conta. Cada macaco estatal se acarra as suas bananas e o Brasil vai pro buraco.

carlos mendes
Visitante

Todas as reformas são sempre bem vidas e necessárias, só acho que PRIMEIRO ATACAR AS APOSENTADORIAS antes de fechar TODAS AS TORNEIRAS e uma vergonha! Tem muitos buracos na economia que FECHANDO ja resolveria 90% dos problemas e vou te dar um exemplo PARA QUE SERVE OS ESTADO DE RORAIMA para ter SENADORES , DEPUTADOS FEDERAIS, DEPUTADOS ESTADUAS, TRIBUNAl DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RORAIMA , tribunal de contas. resumindo mais despesas .

Zmun
Visitante
Zmun

Como eu escrevi, “Cada macaco estatal se acarra as suas bananas e o Brasil vai pro buraco.”
.
A conta mais cara sempre é a do outro. E no fim, acaba que todo mundo conserva sua teta.

Francisco Braz
Visitante
Francisco Braz

Ponha um brasileiro na política e estará formando mais um ladrão. Todos reclamam de quem ganha até ganhar… Se o pensamento não mudar, nada vai mudar.

Wilson França
Visitante
Wilson França

E vc quer fazer o que com Roraima? Entregar para a Venezuela ou os Estados Unidos?

carlos mendes
Visitante

Bom vamos a uma pequena aula de Historia para vc pesquisar Poderia voltar a ser o ESTADO GRÃO PARA para começar!! Extinguia AMAZONAS, PARA, RORAIMA E AMAPÁ imagina so EM deputados, senadores e outros penduricalhos que cada estado tem de economia. Nem vamos FALAR de GOIAS / TOCANTIS de Mato Grosso / Mato Grosso do sul!!

Daniel Ricardo Alves
Visitante
Daniel Ricardo Alves

Juntar com Brasília e todos os outros estados e municípios que não se sustentam e transformá-los em territórios ou juntar com outros municípios ou estados. A lógica é simples: se não consegue se sustentar, não tem o direito de criar despesas para os outros.

Alfredo RCS
Visitante
Alfredo RCS

Acho que esse artigo parece muito com uma FAKE NEWS, acredito que o autor do mesmo esta confundindo oficiais que RECEBEM soldos como generais por terem contruibuido com um posto a mais durante sua vida na ativa, com generais de fato, os quais foram promovidos de fato ao posto. Acredito que no maximo 2 a 3% dos 400 aspirantes que se formam na AMAN alcancem o posto de general, ainda mais por não existiram postos para todos (obvio), assim é matematicamente improvavel que existam 5.000 generais recebendo soldos na reserva. O que existe são oficiais que contribuiram a mais para… Read more »

Francisco Braz
Visitante
Francisco Braz

2 a 3%??? Com sorte 2 a 3 aspirantes, meu amigo, porque as promoções, até oficiais superiores são cada vez mais raras.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Se um militar se aposentasse como Cel. ou Cap. de Mar e Guerra ele recebia a aposentadoria como Oficial General, por isso é correto dizer que temos 5.000 generais aposentados.
Inclusive isso criou problemas nos hospitais, onde militares que se aposentavam como Suboficiais e recebiam como Tenente faziam questão de ficar internado como Oficiais, e não existiam leitos suficientes para internar todo Suboficial como se fosse Oficial.

Alfredo RCS
Visitante
Alfredo RCS

Não Walfrido, não é, seria o mesmo que um enfermeiro, que recebesse um salario de médico ser chamado de medico.

Gregory Ruan
Visitante
Zmun
Visitante
Zmun

É por essas e outras que o Brasil está na situação que se encontra…

Gregory Ruan
Visitante
Gregory Ruan

Sim! Embora concorde que deputados, senadores, juízes, presidentes, governadores causam um rombo bem maior. Não é admissível um deputado se aposentar com dois mandatos. Político nem profissão é. Se o cara fica dois mandatos desconta o imposto no salário e conta oito anos de tempo de serviço e contribuição. Deve-se se aposentar com idade mínima e ter no mínimo 35 anos de contribuição, igual todo brasileiro. Não deveria ter acúmulos de aposentadorias pelo estado. Escolhe a maior e pronto. Juízes deveriam ter só o salário e seguranças para não ser morto e só. Cidades pequenas nem deveriam ter vereadores remunerados.… Read more »

josé
Visitante
josé

farei um comentário construtivo, sem desmerecer o EB. Nos tempos atuais n s justifica mais tantos oficiais generais. há muitas funções tecnico-administrativas que podem ser cumpridas tranquilamente por pessoal civil qualificado, como administradores, economistas, contadores etc. a promoção deve ser restrita aos postos afins às armas, o q reduz muito o custo. e sejamos sinceros: há necessidade de “general de divisão” – ou “almirante 1000 estrelas” – para FFAA’s que funcionam mais como guarda nacional do que exército propriamente dito? com o cenário regional a médio e longo prazos sem um inimigo que ustifique altos gastos, precisamos de arma blindada,… Read more »

Renato B.
Visitante
Renato B.

Não funciona desse jeito. Desenvolver uma força profissional leva muitos anos, conhecimento e capacidades são perdidos e isso não se recupera fácil. Por exemplo, desde 2001 os EUA estão lutando guerras assimétricas, atuando como forças de ocupação e contra-insurgência e nos últimos anos voltaram a se preparar para um confronto contra forças convencionais. Será um grande investimento que vai demandar muito treinamento.

jprdc@bol.com.br
Visitante
jprdc@bol.com.br

Sempre fui contra as pensões militares para as filhas dos militares.Mas a verdade a mídia não fala.
No governo civil foi “incorporado ao tesouro” o recurso da Pensão Militar, que foi acumulado desde 1870 na guerra do Paraguai.
Esse recurso que foi juntado dos militares era superior a 2 trilhões de reais. Que se fosse aplicado renderia tranquilamente 20 bilhões por mês. Valor que supera os 15 bilhões das aposentadorias e pensões, a ainda sobra.
Logo se o governo pegou dos militares, ele que pague as aposentadorias sem reclamar.

Francisco Braz
Visitante
Francisco Braz

Puts!! Tu deve ser velho ou é historiador. A molecada gosta muito de tacar pedra, mas não param para pesquisar como chegamos nesta lenha. Diga-se de passagem, muito por nossa própria responsabilidade e inabilidade em escolher nossos políticos.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Por gentileza:
Qual governo civil (presidente) fez isso?
Qual sua fonte desses valores?

Agnelo
Visitante
Agnelo

Rafael
Até pouco tempo atrás, isto estava no Site do EB. Não sei se está ainda.
Não me recordo qual foi o governo. Tenho a impressão q foi JK. O $$ entrou na construção de Brasília.
Sds

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Vocês estão de brincadeira, né?! O problema das FFAA é que “só” gastamos 1,5% do PIB com a Defesa, isso tem que passar para 2% do PIB, aí sim a coisa anda.

#SóQueNão

jose
Visitante
jose

vc tocou num ponto importante. o principal problema, no meu ver, é esse mito de “país pacífico”, o que nunca fomos. isso limita em muito um investimento nas FFAA pois sempre há a justificativa de que não temos inimigos. e não temos mesmo, num médio e longo prazo. nunca tivemos nem teremos uma “mentalidade de defesa” na população – como em israel – porque não temos uma ameaça externa clara.

e com as bases americanas sendo instaladas no cone sul, a tendência é de estabilizar-se mais ainda o continente e os investimentos caírem continuamente.

Teórico
Visitante
Teórico

Pergunta de leigo. Onde encontro um general de plantão num sábado à noite de feriado prolongado ? Estão à disposição da força – mesmo em casa ? Ou podem sumir no mundo, outra comarca etc ? Qual a finalidade numa guerra moderna de 400 Tiros de Guerra ? Defesa estática em caso de conflito ? Com mosquetão do Dia D ? Qual o gasto com essas estruturas ? São bancados pelas Prefeituras locais ? As policias militares são fiscalizadas pelo Exército. Agora no RJ que constataram militares deslocados para prefeituras, fóruns etc., coronéis com salários gordos, viaturas sucateadas, presídios militares… Read more »

jose
Visitante
jose

há diversas realidades que devemos analisar. os TG’s não tem função de preparar ninguém pra guerra, mas ser um foco de difusão dos valores “militares” e “cívicos” e apoio à sociedade civil em ações não militares. acho uma decisão inteligente reativá-los nessa função específica.

não se pode responsabilizar as FFAA por contratação de militares reformados na administração pública. cada governo faz uso deste recurso com a responsabilidade que tiver nas mãos.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Para mim somente eu vendo a planilha geral.

No setor público, judiciário e legislativo tem inúmeros previgeliados.

O Mansueto tem a planilha.

Mas, limite todos a R$ 7.500,00 de Teto.

O Mansueto conhece o resultado disso.

Mas no acórdão que haverá ficará como Teto 12 salários mínimos, cerca de R$ 12.000,00, para militares e servidores públicos.

O Teto da iniciativa privada passará para cerca de R$ 7.500,00, não serão retroativos.

A tesoura será linear, melhor solução.

Alguém vai passar fome ?