Home Armas Nucleares Cinco potências nucleares prometem salvaguardar o Tratado de Não-Proliferação

Cinco potências nucleares prometem salvaguardar o Tratado de Não-Proliferação

3987
78

PEQUIM – Os cinco membros permanentes (P5) do Conselho de Segurança da ONU – China, França, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos – realizaram uma conferência oficial no dia 30 de janeiro em Pequim para discutir questões nucleares, prometendo salvaguardar conjuntamente o Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares (TNP – Non-Proliferation Treaty).

Os cinco países, todos dotados de armas nucleares, se revezaram organizando conferências desde 2009 para manter uma comunicação regular sobre questões relacionadas à estratégia nuclear e à segurança. Sua última reunião foi realizada em 2016 em Washington D.C., nos Estados Unidos. A China é atualmente o coordenador rotativo desse mecanismo de cooperação.

Enfatizando que o TNP é a pedra fundamental do sistema global de não-proliferação nuclear, os cinco poderes prometeram implementar o TNP de maneira abrangente, disse Zhang Jun, chefe da delegação chinesa e ministro assistente de Relações Exteriores, ao fazer comentários após a conferência.

O P5 concordou em lutar por maiores progressos no desarmamento nuclear, fazer o máximo para resolver a questão da não-proliferação nuclear através de medidas políticas e diplomáticas, e aumentar a cooperação internacional no uso pacífico da energia nuclear, disse Zhang.

Ele acrescentou que os poderes nucleares também fortalecerão o intercâmbio sobre políticas e estratégias nucleares, de modo a evitar riscos nucleares causados ​​por mal-entendidos e erros de julgamento.

“O P5 deve consolidar a coordenação e a cooperação para buscar segurança comum e manter a estabilidade estratégica global”, observou ele.

A China continuará empenhada em construir consensos e administrar as diferenças entre as cinco potências nucleares em termos de segurança estratégica, substituindo o jogo de soma zero pela cooperação ganha-ganha e contribuindo para a paz e a estabilidade mundial, disse Zhang.

FONTE: Xinhua

Subscribe
Notify of
guest
78 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jean Carlos
1 ano atrás

O incrível que eles se desarmarem nuclearmente não querem, o Brasil um babaca, assinou TNP sem nem uma salvaguarda

Dodo
Dodo
Reply to  Jean Carlos
1 ano atrás

O Brasil e todos os quase 95% das Nações do mundo né? Ah mais a graça é falar mau do Brasil pq é legal né? Vamos falar mau do Brasil aí galera !! Uhuu

Heverton ribeiro
Heverton ribeiro
Reply to  Dodo
1 ano atrás

Dodo, concordo em partes. Troquemos Brasil pelo nome do infeliz que ocupava a cadeira da presidência na época. Seria mais justo assim. Só acho que não deveríamos ter assinado.

francisco
francisco
Reply to  Jean Carlos
1 ano atrás

Os cinco querem continuar como sendo os poderosos. Brasil tem que entrar nesse clube, aliás já deveria ter entrado há muito tempo.

Hélio
Hélio
Reply to  Jean Carlos
1 ano atrás

Olha, eu acho, tanto que o regime militar estava caminhando para isso. E um país que tem armas nucleares nunca vai ser invadido, nem por vizinhos e nem por potências, a bomba serve para EVITAR a guerra. Se a Índia, o Paquistão, a Coreia do Norte, que são países infinitamente mais pobres e mais carentes de recursos que o Brasil podem desenvolver seus vetores de entrega, porque não o Brasil? Ou você acha que um país que assumida e reconhecidamente tem capacidade de construir armas nucleares (com uma capacidade de fabricação 4 vezes maior que do Reino Unido), que desenvolveu… Read more »

DOUGLASTARGINO
DOUGLASTARGINO
1 ano atrás

Brasil deveria estar nessa lista se tivesse força de vontade dos políticos! Infelizmente eles não tem para equipamentos mínimos, imagina isso! kkk

737-800RJ
737-800RJ
Reply to  DOUGLASTARGINO
1 ano atrás

Políticos são apenas os reflexos de seus respectivos povos, afinal, fazem parte da mesma sociedade da população que representam. Nosso povo não quer saber de filosofia, artes, história, música, literatura, etc, então terá um político de tão baixo nível cultural e limitada visão quanto ele mesmo o é. O brasileiro de classe média hoje se limita a ter nível superior e parece que isso basta; quando lê, por milagre, somente o faz com material relacionado à sua área e… só. Não tem como evoluirmos assim enquanto povo. Essa é somente minha humilde opinião baseada em observação do meu círculo social.… Read more »

Dodo
Dodo
Reply to  DOUGLASTARGINO
1 ano atrás

Porque o Brasil teria que ter arma nuclear ?

Leonardo Costa da Fonte
Leonardo Costa da Fonte
Reply to  Alexandre Galante
1 ano atrás

Galante, de certa forma os militares brasileiros conseguiram uma façanha interessante. Conseguiram desenvolver toda a tecnologia para o desenvolvimento de armas nucleares, projetaram 2 artefatos nucleares, criaram as condições industriais para produção de material físsil em larga escala (Resende) e permitiram a publicação do livro “Física dos Explivos Nucleares” demonstrando que entendemos tudo sobre o tema. Isto quer dizer que podemos fazer armas nucleares num curto espaço de tempo. Acho que isto foi mais inteligente do que produzir e anunciar para o mundo que possuímos armas nucleares, e nos tornando alvos de outras potencias nucleares e criando um corrida nuclear… Read more »

cwb
cwb
Reply to  DOUGLASTARGINO
1 ano atrás

pessoal se eu estiver errado me corrijam,mas acho que foi um partido de esquerda,aquele do sociólogo apreciador de vinho que nos colocou nesse acordo.

francisco
francisco
Reply to  cwb
1 ano atrás

Partido da esquerda? amigo você tá mal informado politicamente. O PSDB é oriundo do PMDB, partido conservador, nada de esquerda. Quem colocou o FHC na presidência foi o Itamar Franco e todos os partidos que se intitulam da direita (que votaram em peso no FHC e o elegeram duas vezes). O candidato Lula era o candidato da esquerda que foi derrotado duas vezes pelo FHC. No entanto, ao ser eleito, o Lula e o PT traíram os projetos tidos como de esquerda que eram rever as privatizações, etc. e tal. Ocorre que o Lula se corrompeu já na fase de… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  francisco
1 ano atrás

PSDB partido da Social Democracia.
Ou Democracia Socialista. Após o fim do governo militar, podemos dizer que todos os partidos eram de esquerda.
O PSDB uma esquerda mais moderada e o PT uma esquerda mais radical, mas quando chegou ao poder demonstrou ser moderada também.

Somente agora surgiu um partido de direita, devido ao candidato Bolsonaro, que cresceu muito nas pesquisas…

Aladaf
Aladaf
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

Que o PSDB eh um partido de Esquerda, talvez de Centro-esquerda, isso eh o obvio ululante. Eh possivel que somente os debiloides da Esquerda Brasileira achem que um partido que tem Jose Serra entre seus quadros e que defenda o que eles defendem seja de Direita.

teropode
Reply to  francisco
1 ano atrás

Qui choradeira cara , já ouviu aquele ditado : Filho feio não tem pai é mioma.

beto
beto
Reply to  cwb
1 ano atrás

PSDB de esquerda.. onde…

Diego K
Diego K
Reply to  DOUGLASTARGINO
1 ano atrás

Pensa positivo ainda bem que não está, pois quem está vira um alvo gigante dos outros que detém essas armas.

Samuell
Samuell
Reply to  DOUGLASTARGINO
1 ano atrás

Você acertou em relação a força de vontade dos políticos, mas na questão de equipamentos mínimos você está errado.
Já fazemos o processo de enriquecimento de urânio (com tecnologia nacional) e com certo investimento “força de vontade” nossa área de ciência e tecnologia com certeza fabricaria essa arma nuclear.

Flamenguista
Flamenguista
1 ano atrás

Nem barragem de rejeitos a gente não consegue manter segura!!

Dodo
Dodo
Reply to  Flamenguista
1 ano atrás

O que isso tem a ver com a matéria?( países que decidem se manter no NPT) Meu Deus é cada comentário sem pé né cabeça

100nick-Elã
100nick-Elã
1 ano atrás

Quero ver o dia que o Brasil intencionar abandonar o TNP – e comprar briga séria com o seu dono (EUA) – o que os direitinhas-bolsonaristas-olavistas vão falar.

Dodo
Dodo
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

O mesmo EUA que criticou bastante o tratado ? O mesmo cujo governo trump rejeitou seus termos? Da pra ser mais demagogo no comentário?

Hélio
Hélio
Reply to  Dodo
1 ano atrás

Como é que é? Os EUA criticaram o quê? Criticaram para o lado deles, os EUA inclusive usa a desculpa das armas nucleares para atacar outros países. Se o Brasil construir armas nucleares, pode saber que são com os EUA e não com a China ou a Rússia que arrumaremos problemas.

Bosco
Bosco
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Hélio, Então você acha que a China e a Rússia irão adorar nós desenvolvermos armas nucleares e só os EUA é que são os malzões egoístas e hipócritas que irão reclamar? rsrrs Meu caro, os EUA segura a bucha e leva a fama mas todos os cinco não querem mais ninguém no clubezinho. Vale salientar que graças ao imenso desenvolvimento da incrivelmente poderosa e riquíssima potência chamada China, e em os críticos do Ocidente estando certos, logo logo os EUA vão passar o bastão de polícia do mundo para os chineses e aí vocês verão quem é que pode impor… Read more »

Hélio
Hélio
Reply to  Bosco
1 ano atrás

É? De onde você tirou isso? Os EUA enganaram meio mundo para invadir o Iraque, quem se opôs? Veja o caso do Irã, os EUA estão isolados latindo para a parede, até seus maiores aliados lhe deram as costas. Onde está a “bucha” que eles seguram? Nunca vi a Rússia ou a China fazendo algo parecido. Não existe sinal algum que aponte para tal política vindo dos chineses, quem sustenta isso são os fanboys preocupados com o fim da hegemonia americana.

Dirceu Leme
Dirceu Leme
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Ilhas artificiais diz alguma coisa, ou precisa desenhar?

Hélio
Hélio
Reply to  Dirceu Leme
1 ano atrás

Olha, não dizem nada não.

Bosco
Bosco
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

Com certeza se os EUA estiver sendo governado por um vermelhinho nós vamos ser linchados.

Hélio
Hélio
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Quem pressionou o desenvolvimento nuclear brasileiro foi o partido republicano.

Thiago
Thiago
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

“Direita ” , a direita brasileira é uma piada sem graça. Nem pode se chamar essa turma frouxa, liberal e filoamericana de direita.

gordo
gordo
1 ano atrás

Me desculpem a ignorância, mas por que o Sudão do Sul esta no mapa junto com Índia, Paquistão, Israel e Coreia do Norte? Não me lembro de ter saído do Planeta nesses últimos anos.

M.@.K
M.@.K
Reply to  gordo
1 ano atrás

Pensei a mesma coisa…

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  gordo
1 ano atrás

Porque o Sudão do Sul não assinou o Tratado de não-proliferação de armas nucleares.
Isso não significa que ele tenha uma.

gordo
gordo
Reply to  Rafael Oliveira
1 ano atrás

Faz sentido, agradeço a resposta.

João Adaime
João Adaime
1 ano atrás

As raposas viram que precisam retomar o controle do galinheiro.
Enquanto pregam a “pax”, não param de aperfeiçoar seus meios atômicos.

Marcos
Marcos
1 ano atrás

O TNP não serve para nada. Paquistão e a Índia vão morrer abraçados em um cogumelo nuclear.

É como os tratados de poluição. As potências industriais já estão desenvolvidas e estão querendo bloquear os países emergentes inventando créditos de carbono e outras besteiras.

Hélio
Hélio
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Quanta besteira, não existe guerra entre potências nucleares justamente porque ninguém quer morrer em um cogumelo nuclear, por isso as “potências” (leia-se EUA) se preocupam tanto com o programa nuclear de outros países, com bomba atômica eles não podem invadir. Sobre os tratados ambientais, quem usa essa desculpa? Só os EUA, como se estivessem muito preocupados com o desenvolvimento de países emergentes. Ninguém precisa emitir carbono para se desenvolver, só os EUA sustentam essa tese porque a indústria do petróleo manda naquele governo. Até mesmo a China está diminuindo sua dependência por combustíveis fósseis.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Se Paquistão e Índia guerrearem de forma a usarem cada um 40% de seus arsenais, não apenas morrerão abraçados, mas levarão consigo boa parte da Terra em função da gigantesca nuvem de poeira radioativa que se espalhará em nossa atmosfera.

Leonardo Costa da Fonte
Leonardo Costa da Fonte
Reply to  Marcos
1 ano atrás

O objetivo original do TNP, não era impedir que países do terceiro mundo tivessem armas nucleares. Na época ninguém acreditava que isto fosse possível. Há um livro antigo, que fala sobre o tema, em que um dos participantes da diplomacia e geopolítica da época, afirmou que o objetivo inicial da criação do TNP era evitar que Alemanha e Japão se tornassem potências nucleares. Considerando o histórico belicista dos dois países, acho que o diplomata que afirmou isso tinha razão. Embora, até o momento, pode-se constatar que os problemas enfrentados foram bem diferentes…

100nick-Elã
100nick-Elã
1 ano atrás

Eu tenho uma dúvida: Paquistão e India possuem bomba atômica ou bomba termonuclear?

Bosco
Bosco
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

Ambos desenvolveram e implementaram armas termonucleares.

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Obrigada, Bosco.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

Que eu saiba atômica e eles têm se preocupado em expandir o alcance e precisão de seus vetores de entrega. Em relação à capacidade explosiva e miniaturização, acredito que trabalhem como vários países, em modelos matemáticos computacionais. Mais seguros, “baratos” e não chamam a atenção.

Marcos
Marcos
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

Pakistan – fission , boosted fission devices.

India – fission , boosted fission , fusion ( thermonuclear ) devices.

Bosco
Bosco
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Marcos,
Há 20 anos o Paquistão produz o trítio. Apesar deles nunca terem testado uma bomba termonuclear (de fusão ou de 3ª geração ou de 2 estágios) e nunca terem admitido oficialmente a terem, pela lógica eles têm sim.
Mas eu concordo que “oficialmente” eles não têm.
Portanto, faço uma correção à resposta que dei à “100nick” e reconheço que a sua é mais adequada.

Delfim
Delfim
1 ano atrás

Sabemos fazer a bomba. Se necessário a faremos. A assinatura do TNP é uma formalidade que pode ser rasgada. Hipocrisia ? Ora o P5 assinou e tem nukes. Maioria dos membros da OTAN assinou mas tem nukes cedidas pelos EUA. Israel tem, não assinou, mas reclama do Irã. A Arábia Saudita assinou mas comprou do Paquistão. A Índia saiu do TNP e fez suas nukes O único país que foi certinho foi a Ucrânia e está ferrada e mal-paga. . Esta estorinha que “aiiinnn nukes custam caro e sacrificam o bem-estar”, se Israel cujo PIB é 1/8 do BR tem… Read more »

Leandro
Leandro
1 ano atrás

O Brasil tomou o caminho correto em não embarcar na produção de nukes. Nukes, tem um uso muito limitado, em muito dos casos só serve de dissuasão contra potências com capacidade nuclear. Os Iraquianos não não e preocuparam com a capacidade nuclear americana, quando este os ameaçou e invasão caso o Governo de Saddam não caisse. Mesmo com capacidade nuclear a China não consegue impor aos seus vizinhos sua hegemonia no mar do Sul da China, tendo que para isso aumentar sua capacidade de forças convencionais. As bombas da Inglaterra não impediram a Argentina de invadir as Malvinas e asim… Read more »

Delfim
Delfim
1 ano atrás

Exceto a Coréia do Norte, que outro país tem nukes e sofre sanções ?

Thiago
Thiago
1 ano atrás

A India está ainda aí para mostrar exatamente o contrário, paparicada por russos e norteamericanos . Em 2018 inclusive Trump inseriu a Índia na lista STA-1 (Autorização Comercial Estratégica-1). A inserção permite que a Índia compre produtos de alta tecnologia dos EUA, especialmente nas áreas de segurança e defesa, colocando-a em pé de igualdade com aliados históricos como a Coréia do Sul e o Japão. Nada de sanções . Tudo depende da relevância e do peso específico da nação. Quem pode pode , quem não pode cala e obedece . Depois é só inventar contos de fadas que foi para… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Thiago
1 ano atrás

Quem pretende comandar e ter voz em capítulo não vive pedindo licença e por favor, a cadeirinha ali todos as conquistaram com sangue mortes
, suor e dedicação , ninguémm pediu licença.

Thiago
Thiago
Reply to  Thiago
1 ano atrás

Eu sei, quem parece não saber é você que além de grosseria mostra um conhecimento muito deficitário sobre a Índia. A Índia nunca foi usada como contenção contra os soviéticos, pelo contrário, a URSS mostrou-se ser um importante parceiro para os indianos, armava, fornecia conhecimento científico , e fornecia apoio até contra os americanos .Em dezembro de 1971, durante a guerra indo-paquistanesa o presidente dos Estados Unidos Richard Nixon enviou um grupo de batalha chamado Task Force 74, liderado pelo USS Enterprise na Baía de Bengala, na tentativa de intimidar a Índia. Em resposta, a União Soviética enviou um submarino… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Thiago
1 ano atrás

“Negue que voce é petista. Guri de aparelho partidario. Estude qye te falta e muito” Rsrs você é adolescente ou um resíduo da guerra fria? Não lhe devo mínima satisfação mas por sua informação nunca votei PT. Melhor um petista do que um entreguista que diz ser de direita e avalia a oportunidade de ter basees norteamericanas em solo nacional; bate continência para bandeira alheia; exalta o livre mercado mas nunca trabalhou um dia no setor privado ; deve toda sua fortuna para o setor público , antes no exercito e depois décadas na política junto com os familiares. Disse… Read more »

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Thiago
1 ano atrás

“Melhor um petista do que um entreguista que diz ser de direita e avalia a oportunidade de ter basees norteamericanas em solo nacional” – Longe de mim gostar do atual presidente brasileiro mas devo reconhecer que ele apenas foi eleito tendo em vista a depredação institucional havida de 2003 a 2016 algo que inclusive foi bem explicado pelos irmãos Gomes (Cid e Ciro), mas não dá para achar que os arroubos de bater continência para a bandeira dos EUA e cogitar uma base norte-americana (algo em que ele iria dar com os burros n’água pois é preciso autorização do congresso… Read more »

Luís Henrique
Luís Henrique
Reply to  Thiago
1 ano atrás

A Índia se tornou uma potência nuclear em 1998. Não tem nada de 44 anos atrás. E o Brasil podia ter se tornado uma potência nuclear Antes que a Índia, em 1990. Os ladrões e entreguistas do Collor e do FHC devem ter ganhado uma boa grana para assinar essa porcaria. A bomba estava pronta, era só detonar e mostrar ao mundo. Não teria ataque de retaliação, nem alvo, como não teve com a Índia e o Paquistão em 1998. E o mundo continuaria comercializando com o Brasil nuclear, como fazem com Índia e Paquistão. E a Argentina também teria?… Read more »

Marcos
Marcos
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

India’s first successful nuclear bomb test on 18 May 1974.

The bomb was detonated on the army base, Pokhran Test Range (PTR), in Rajasthan by the Indian Army under the supervision of several key Indian generals.

https://en.m.wikipedia.org/wiki/Smiling_Buddha

Thiago
Thiago
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Argumentos que são bom nada …pobreza de espírito é assim.

Paulo
Paulo
Reply to  Thiago
1 ano atrás

¨Argumentos que são bom nada¨?? O Colombelli escreveu linhas e linhas com argumentos! Agora se vc quer chutar o tabuleiro de xadrês aí é outra coisa.

Thiago
Thiago
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Você não tem ideia do caos que existe no Paquistão e Índia provavelmente, nunca encontrou ocasião para ler uma matéria ou livro sobre esses dois países. Você deve acreditar que não existem partidos de esquerda nos EUA ou mundo a fora , só no Brasil,, poisexistissem estaríamos em perigo . Notícia flash , a china é comunista e o mundo mesmo assim não acabou. é só usar o espantalho da esquerda pra ter razão . não é necessário mais nem se informar , pois é só dizer que é de esquerda e pronto acabou. Então devemos viver no medo de… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  Luís Henrique
1 ano atrás

“Va estudar. A india tem a bomba desde decada de 70” E ??? Quando afirmei o contrário ? No caso foi o Luís Enrique , porém isso não reduz a validade das argumentações nem minhas nem dele. Como você justamente afirmou “outros tempos” , hoje seria até mais simples, em um mundo onde se persegue uma ordem global sempre mais multipolar seria até mais fácil encontrar apoio . Para mim a questão não nem é ter ou não o arsenal atômico, o fato é ter assinado um tratado que fere a soberania nacional, uma escolha que pertence a sociedade brasileira… Read more »

Thiago
Thiago
1 ano atrás

Só a direita brasileira acredita que para alcançar independência, relevância, respeito e credibilidade é suficiente sentar e obedecer o diktat do patrão. Nem Israel que é o que é fez isso, mas para a direita franzina essa é a receita certa..

Thiago
Thiago
Reply to  Thiago
1 ano atrás

Rsrs … Olho para uma direita de verdade e não fakes fanfarrões . Pouco me importo com lugos, Morales e Hugo .

Renato
Renato
Reply to  Thiago
1 ano atrás

Sr. Thiago, tuas opiniões nesta publicação são sensatas. Sinto-me esperançoso quando vejo que minhas opiniões quanto a autonominada directa brasilense e a política nuclear pátria são pensadas por outros brasilenses que não eu. A solidão das ideas é mais gélida que a solidão social.

Paulo
Paulo
Reply to  Thiago
1 ano atrás

Sei, sei…
Agora não se importa, né!?

Thiago
Thiago
Reply to  Paulo
1 ano atrás

Sabes o que ? Você me conhece ? Se não tens argumentos , cale-se. É uma atitude patética ficar insinuando que o interlocutor é de esquerdas quando possui uma posição crítica. Pior que que debater com adolescentes. Tá esperando aplausos da sua turma ? E mesmo que fosse de esquerda , qual seu problema , instituíram uma nova polícia de patrulhamento político ? Essa é sua ideia de democracia ? Onde já se viu direita que quando ver uma bandeira stars and Stripes baixa as cuecas e bate continência ? Só no Brasil. Se preferir , observe Israel . Aliados… Read more »

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Thiago
1 ano atrás

O ataque ao USS Liberty foi um equívoco lamentável já resolvido pelos governos dos dois países, inclusive com o pagamento de indenizações às famílias das vítimas, ainda que certos conspiracionistas de extrema-direita que flertam com o fascismo, geralmente leitores do infame site “veteran’s today”, continuem a insistir que se tratou de um ataque deliberado das IDFs, algo que já foi contundentemente desmontado em diversas obras inclusive na autobiografia do às (14 kills) Iftach Spector, um dos pilotos envolvidos na ação. Ps. Não foi você que em certa oportunidade chamou Israel de “Estado fantoche” quando quis defender os funestos planos do… Read more »

Thiago
Thiago
Reply to  HMS TIRELESS
1 ano atrás

Hola Hms , quanto tempo, fiquei surpreso em relação sua ausência por aqui, logo você o campeão do atlantismo . Maior supresa porém é notar sua aparente inocência e ingenuidade em relação aos fatos da USS Liberty. Você esperava o que, que autoridades políticas e militares de Israel apontassem o acontecimento como intencional dizendo “vocês estavam colocando o fucinho onde não deveriam” ? Muitos dos que sobreviveram apontaram o acontecimento como intencional. Onde está a verdade? Andreotti dizia : pensar malignamente è pecado mas quase sempre se acerta” Israel é um exemplo excelente de pragmatismo . É de se admirar… Read more »

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Thiago
1 ano atrás

Como de costume você vem aqui colocar mais do mesmo, sem lastro na realidade, senão vejamos: – O incidente do USS Liberty foi exaustivamente investigado pelas duas partes e ao final chegou-se à conclusão de que tratou-se de um lamentável equívoco. O às Iftach Spector descreve muito bem o episódio em sua autobiografia, onde conta que todas as tentativas por rádio de estabelecer contato com o mesmo foram efetuada assim como sobrevoos do mesmo no intuito de checar se as características do mesmo coincidiam com a dos navios empregados pela Marinha egípcia e mesmo o indicativo visual do navio (GTR-5)… Read more »

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
1 ano atrás

Penso que a nossa salvaguarda seria a de nenhum pais da America do sul iniciar a produção das tais ou recebe-las de potencias externas , incluindo os EUA , ou fariamos como Israel cortando o mal pela raiz ou rasgando o tnp e produzir as nossas. ou seja o nosso papel e manter a Al livre deste tipo de arma.

Munhoz
Munhoz
1 ano atrás

Só uma consideração :

Alguém acredita que a China tem apenas isso de ogivas ?

Daqui a uns 5 ou 10 anos temos uma China equivalente a Russia e EUA em numero de ogivas !

Ai tem um pequeno porem, os EUA vão ter que se defender da China e da Russia !

Imagina no que isso vai dar ?

Marcos
Marcos
1 ano atrás

Chinese lecturing on nuclear non proliferation Lol what a joke The Chinese have actively proliferated nuclear technology to Pakistan and North Korea by proxy. Critical Chinese-supplied components included 500 ring magnets useful in gas centrifuges that can make weapons-grade enriched uranium (1994-95) tritium used to boost the yield of atomic weapons (1986) heavy water needed to operate a plutonium production reactor a special industrial furnace to melt plutonium or weapons grade uranium into the shape of a nuclear bomb core (1996) high tech diagnostic equipment (1996) a nuclear weapon design (1983) weapons grade uranium for the production of one or… Read more »

Renato Carvalho
1 ano atrás

Na minha humilde e leiga opinião o Brasil perdeu o bonde nuclear nos anos 70, era o auge da guerra fria, mundo bipolar, o governo era militar, enfim, enterraro o plano nuclear com a redemocratização e o fim da guerra fria, seremos sempre um gigante deitado no seu berço esplêndido.

Maurício.
Maurício.
1 ano atrás

Militarmente falando, a única forma do Brasil ser respeitado, é fazendo tremer um pouco de terra na Serra do Cachimbo, essa é a verdade.

Maurício.
Maurício.
1 ano atrás

Colombelli, você é o ex militar de pijamas que mais dá carteiraço aqui na trilogia, tente ser menos estressado, respeite nem que seja um pouco a opinião dos outros comentaristas, rotular alguém de piá sabichão, não vai tornar você melhor que ninguém.
Eu mesmo poderia rotular você de “matungo véio”, você ia gostar ? Provavelmente não, então vamos debater com menos carteiraço e mais respeito, será melhor para todo mundo.

Thiago
Thiago
1 ano atrás

Pensem se o Almirante Álvaro Alberto tivesse medo de sanções e sofresse dessa mesma paranóia e covardia o programa nuclear brasileiro nunca teria sucesso.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Thiago
1 ano atrás

Thiago, na minha opinião, militar que tem medo de sanções nem deveria ser militar, escolheu a profissão errada, ser a favor que o Brasil invista em artefatos nucleares estranhamente gera um mimimi enorme aqui na trilogia.

Diguinho
Diguinho
1 ano atrás

O 14x está sendo construído para ataque nuclear….
Tem vídeo no YouTube falando sobre o assunto…
Ele servirá também para (fins militares)
Agora deixo a pergunta aos colegas…
Qual fim militar ??? Kkk
Na minha opinião é jogar bomba nuclear em velocidade incrível no quintal dos outros.

Marcos
Marcos
1 ano atrás

Não conseguimos sequer manter a guarda forte e responsável de revólveres e carabinas em delegacias, quartéis PM, e fórum

Vocês realmente acham que teríamos capacidade de manter armas nucleares?

Thiago
Thiago
Reply to  Marcos
1 ano atrás

Sim, assim como temos usinas nucleares.
Se Índia e Paquistão conseguem não vejo porque i Brasil não poderia. Só tendo muito complexo de inferioridade para pensar que estes dois países são mais capazes ou seguros.