Home Noticiário Internacional Trump: Brasil será principal aliado dos Estados Unidos fora da Otan

Trump: Brasil será principal aliado dos Estados Unidos fora da Otan

5403
196
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o presidente dos EUA, Donald Trump, durante uma entrevista coletiva no Rose Garden da Casa Branca, em Washington (EUA) – Reuters/Kevin Lamarque

Para ele, empresas americanas estão prontas para entrar no país

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que o Brasil será designado principal aliado dos Estados Unidos fora da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Ainda deixou aberta a possibilidade de o Brasil integrar a Otan, que é uma organização militar formada por países da Europa e da América do Norte, com origem na oposição ao socialismo liderado, na época, pela União Soviética, hoje extinta.

“Como disse ao presidente [Jair] Bolsonaro, vou designar o Brasil como principal aliado que não é da Otan, e até possivelmente um aliado da Otan. Falei com muitas pessoas a respeito disso. Nossas nações trabalham juntas para proteger os nossos povos do terrorismo, do crime transnacional, das drogas, do tráfico de armas e de pessoas, que está agora na vanguarda do crime”, disse.

Trump e Bolsonaro se reuniram na Casa Branca. Para Trump, a reunião entre ele e o presidente brasileiro foi “excelente”.

Clique aqui para ver a galeria de fotos.

Barreiras
Trump também afirmou que as empresas de seu país “estão prontas para entrar” no mercado brasileiro, aguardando mudança nas “regras do jogo”. Trump disse que “reciprocidade” é sua palavra favorita e afirmou que Brasil e Estados Unidos estão dispostos a reduzir as barreiras comerciais entre si.

“O presidente Bolsonaro e eu estamos comprometidos em reduzir as barreiras comerciais, facilitar o investimento e a inovação em uma série de indústrias – energia, agricultura, tecnologia. O presidente tem uma visão de liberar o setor privado, abrir a economia”, disse Trump, depois do encontro com o presidente Jair Bolsonaro.

“E esse é o caminho para que o Brasil tenha um crescimento econômico forte. Nossas empresas estão prontas para entrar quando essas regras do jogo forem iguais”, completou.

Trump acrescentou que uma eventual entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) fará com que o país “aumente seu status”. O presidente norte-americano já havia confirmado seu apoio à entrada do Brasil na organização.

Alcântara
Ele também elogiou o Centro Espacial de Alcântara, de onde os Estados Unidos poderão lançar foguetes após ratificação do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas, assinado ontem entre os dois países. A ratificação do acordo depende do congresso brasileiro.

“É um local extraordinário, não vamos entrar nos detalhes, mas devido à localização, muito dinheiro poderá ser poupado. Os voos serão muito mais curtos. A proximidade do Brasil com o Equador faz com que o lugar seja ideal”, argumentou.

Venezuela
Trump elogiou a postura do Brasil frente a crise na Venezuela. O presidente norte-americano lembrou que o Brasil foi um dos primeiros países a reconhecer Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela e agradeceu o apoio brasileiro no envio de ajuda humanitária ao país vizinho.

Em seguida, Trump falou aos militares venezuelanos, pedindo para que eles deixem de apoiar o presidente Nicolás Maduro, a quem chamou de “uma marionete de Cuba”.

FONTE: Agência Brasil

Subscribe
Notify of
guest
196 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alex Nogueira
Alex Nogueira
1 ano atrás

Agora sim o jogo começa para valer 🙂 .

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Os americanos não são bobos. Sabem perfeitamente que, em 2022, uma nova eleição no Brasil pode levar ao poder um governo com orientação totalmente diversa da atual. Nesse cenário, duvido que os EUA liberem tecnologias avançada para o Brasil, como imaginam alguns bolsonaristas de primeira hora.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Charles Dickens
1 ano atrás

O choro continuará livre muchacho e aceitar continua doendo menos !!!

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

É gópi ! É gópi ! É gópi ! 😛 😛

Minuteman
Minuteman
Reply to  Charles Dickens
1 ano atrás

Se dor de cotovelo matasse…

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Minuteman
1 ano atrás

Pelo amor de Deus não fale isto!!!! Pode ser que ocorra e como eu iria ficar sem me divertir, amenizar minha depressão e dando gargalhadas, me causando as vezes cãibra no abdômen, principalmente lá no sputinik, não tem programa humorístico que sequer chegue perto daquele site e seus comentaristas kkkk abração.

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Charles Dickens
1 ano atrás

Acho curioso como vários participantes do blog acham que todos os que criticam o atual governo são petistas. Votei no Bolsonaro, não gosto do PT, mas não dou cheque em branco, assinado, a nenhum governo, nem ao atual. Se na minha opinião comete erros, tem que ser criticado, sim. Acho que o Brasil está sendo vendido aos EUA, quando não deveria ser vendido a ninguém, muito menos ao governo Trump, que não nos dará nada em troca, como sempre foi tradição da política externa norte-americana. Com Trump, será ainda pior, ele detesta latinos, acha a América Latina um lixo. Quem… Read more »

Paulo
Paulo
Reply to  Charles Dickens
1 ano atrás

Já conhecemos a tática da esquerda ¨isentona¨ de dizer que votou no Bolsonaro para depois sair criticando igualzinho um petista despeitado, camarada!

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Paulo
1 ano atrás

O PT quase acabou com o Brasil, faltou pouco. Bolsonaro só quer completar o serviço.

Paulo
Paulo
Reply to  Charles Dickens
1 ano atrás

Qual parte vc não gostou? Fim do imposto sindical obrigatório? Demissão de 21.000 pelegos em tudo que era cargo no governo? Fim dos bilhões de reais gastos com grandes grupos de mídia que depois agradeciam com ¨Fake News¨? Projetos sérios ¨Made in Moro¨ para acabar mesmo com a corrupção? Etc, etc, etc ! O que esta te incomodando?

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Paulo
1 ano atrás

Será que vc não se esqueceu dos empréstimos “digrátis” para alguns países bolivarianos, africanos etc e tal? abraços

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Paulo
1 ano atrás

O que mais me incomoda? Os bolsonaristas fanáticos e parecidos com o seu “Fuhrer”, ou seja, toscos e incapazes.

Paulo
Paulo
Reply to  Charles Dickens
1 ano atrás

Ué, vc não tinha ¨votado¨ no Bolsonaro, isentão mentiroso?

Moises
Moises
Reply to  Paulo
1 ano atrás

Desculpe mas não pude deixar de perguntar ou seja segundo você, falar que votou no Bolsonaro é uma tática da esquerda, uma tática da esquerda eu entendi bem ?
Ou seja a pessoa só pode concordar ou concordar se criticar automaticamente já é de esquerda é isso mesmo?

Paulo
Paulo
Reply to  Moises
1 ano atrás

Vou explicar para o ingênuo: O camarada acima e outros pela internet acham que se iniciarem os comentários falando que são eleitores do Bolsonaro então eles podem despejar todas as críticas e dores de cotovelos deles que não terá o bombardeio e a resposta imediata dos eleitores verdadeiros do Bolsonaro que hoje é a maioria nas redes. Entendeu ou tenho que desenhar?

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Paulo
1 ano atrás

Votei no Bolsonaro, sim senhor, porque me pareceu a alternativa “menos ruim”. Votar em branco ou nulo não impediria que um dos dois concorrentes – ambos péssimos – fosse eleito. Por isso, votei na opção que pudesse impedir o retorno do PT. Não sou e nunca fui petista (não gosto do PT mesmo!), mas isso não me transforma em bolsonarista. E mesmo que fosse, penso que em uma democracia não se deve dar cheque em branco e assinado a nenhum governante, seja ele quem for. O cidadão deve estar sempre atento às iniciativas do governo e botar a boca no… Read more »

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Charles Dickens
1 ano atrás

Só que os bolsonaristas usam as mesmas táticas que o PT adotava, ou seja, quem criticava o PT era considerado de direita. Agora, quem critica o atual governo, é tachado de petista. Uma beleza! É a nova política. Eu só torço, para que algum dia possamos ter um presidente que não seja tosco, incapaz e consiga discutir temas de real interesse para o país com argumentos que tenham pelo menos um milímetro de profundidade.

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Charles Dickens
1 ano atrás

E que não vendam o país para ninguém, nem para a China, e tampouco para os EUA.

Celso Cruz
Celso Cruz
Reply to  Moises
1 ano atrás

É por aí

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Paulo
1 ano atrás

Eles acham que enganam alguém…

Dr. Mundico
Dr. Mundico
Reply to  Charles Dickens
1 ano atrás

Falou o profeta.

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Charles Dickens
1 ano atrás

Por quer não? Apesar de todos os escândalos, não chegou ao segundo turno e houve o risco de o Haddad ser eleito?

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  Charles Dickens
1 ano atrás

Por que …

Heitor
Heitor
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Galera.. o que Trump fala não se escreve… vamos esperar os próximos episódios antes de concluir algo.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Resumo da viagem:
O que os EUA ganharam: isenção para exportar trigo, uso da Base de Alcântara, isenção de visto (sem contrapartida) e uma camisa da Seleção Brasileira.
O que o Brasil ganhou. nada, um dinheirinho por alugar Alcântara, nada e uma camiseta de basquete.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

larga de mentir, o Brasil vai ganhar mais turistas, vai ganhar dezenas de milhões de dólares alugando Alcântara para lançamento de satélites, antes já tínhamos acesso ao F35, agora será acesso a todas as melhorias que a Aeronave tiver, sem o famoso downgrade, a Embraer Defesa e segurança poderá participar de licitações nos EUA,,,,,, mentir não pode, mas o choro o livre.

Celso Cruz
Celso Cruz
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

O Brasil mal tem grana para Gripens e 2º vc, teremos acesso ao F35 que é sabidamente muito mais caro. Quanto aos turistas, com a violência atual? Duvido.. embraer e licitações? O que sobra dela será engolido pelos estadounidenses. Pois é.. mentir não pode mas, faltar com (a verdade) pode. Usar de fake-news pode. Depor um presidente eleito pode. Prender um ex-presidente, com base em ilações frágeis, afastando-o de uma candidatura e eleição pode. E segue o cabaré..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Celso Cruz
1 ano atrás

Xi!!!!!
A panela está fervendo em Brasília.
Começou a contagem regressiva..

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Meu caro, talvez vc tenha se esquecida da promessa na OCDE (grupo dos primos ricos do comércio) se conseguirmos entrar, só este item já terá valido a pena, aliás, valido muito a pena; abraços

Brunow Basillio
Reply to  Saldanha da Gama
1 ano atrás

México entrou faz quinze anos para OCDE e não mudou nada, aliás o presidente desta instituição e mexicano, não sera OCDE ou OTAN que Irá fazer o Brasil mudar, mas sim reformas Tributária, politica e no Judiciário…

Celso Cruz
Celso Cruz
Reply to  Paulo
1 ano atrás

Valor economico? nem qdo fui da área lia “isso”.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Além das perdas que você fala, incluindo as desse seu comentário, a camiseta é da seleção norte-americana de futebol, ou soccer, como eles chamam.

Minuteman
Minuteman
1 ano atrás

Finalmente, um governo, um país que é visto com seriedade aos olhos do mundo. Sem mais.

BILL27
BILL27
Reply to  Minuteman
1 ano atrás

Realmente …o pessoal da da FOX NEWS que o diga

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Minuteman
1 ano atrás

O comentário geral é que a visita foi patética, o que até gerou um novo apelido ao Capitão.

Daniel7440
Daniel7440
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

O comentário geral de quem? Seu e de suas múltiplas personalidades? Ou de outros fakes do seu tipo?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Daniel7440
1 ano atrás

Contando só os jornais de hoje, seria o Washington Post para baixo.
Sem contar a totalidade dos economistas e associações empresariais. Um desastre completo..
Em tempo: Os Presidentes do Senado e Câmara do Cihile recusaram o convite de Bolsonaro para um almoço.
Mais uma vergonha internaciobal.

Paulo
Paulo
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Quer dizer que os políticos esquerdistas ou os Jeans Wyllys e Gleizis Hoffmans do Chile não vão para o jantar é uma vergonha internacional?? Grandes coisa!!

Paulo
Paulo
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

¨Comentário geral¨ nos sindicatos pelegos que perderam as boquinhas, nas filiais do partidão, nas mídias esquerdistas, nos blogs sujos, nas cadeias e prisões ou na Cracolândia?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Batatinha quando nasce…

Espalha a rama pelo chão

O meu presidente foi para os EUA

O seu está na Prisão

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Tem gente que está enrolada
Com lama até o pescoção
E não vai adiantar pedir ajuda
Ao Moro ou ao Mourão.

Ps. As redações dos jornais estão ‘fervendo’.
Aguarde as próximas manchetes.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Redações do Brasil247, Carta Animal ou Diario do Centro do Mundo ?

Só lugares respeitáveis e de credibilidade.

j.ricardo
j.ricardo
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

essa foi a melhor do ano kkkk

Flanker
Flanker
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk….show de bola, Rodrigo! Essa gentalha tem que tratar assim mesmo…só no deboche!

Maus
Maus
1 ano atrás

Veja o pronunciamento dos dois, lá tem tudo que você quer saber.

Maus
Maus
1 ano atrás

Vai levar alguns anos pro Brasil ser elevado a parceiro global e mais outros para entrar definitivamente.

Felipe Morais
Felipe Morais
1 ano atrás

Sendo sincero, esperava mais desse encontro.

Fora a questão de Alcântara, nada mais que palavras ao vento.

-“Quando” mudar a regra do jogo, nossas empresas entrarão no país;
– O Brasil “será” o principal parceiro dos EUA fora da OTAN. Além disso, “poderá” entrar na OTAN;
– Os EUA “apoiarão” a entrada do Brasil na OCDE.

Nada de concreto. Apenas verbos no futuro que amanhã podem mudar.

E o aço? Irão taxar mesmo ou não?

Enfim, me parece que o Trump não está tão entusiasmado com o Brasil como nosso governo está com os EUA.

Minuteman
Minuteman
Reply to  Felipe Morais
1 ano atrás

Você acha mesmo que esses acordos e entradas em organismos internacionais super concorridos começam a valer da noite para o dia? Dá pra ver que entende muito do assunto. Só que não.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Felipe Morais
1 ano atrás

Nada acontece de um dia para o outro, como o Minuteman disse, e o Brasil JAMAIS irá integrar a OTAN. Podemos ser aliados, parceiros, etc., mas nunca vamos ser membros da OTAN, já que, por definição geográfica estabelecida no artigo 10 da fundação daquela instituição, o Brasil não se enquadra. Simples assim. O que o Trump pareceu aludir, é criar algum tipo de relacionamento especial, acima daquele que a Colômbia hoje parece gozar com a OTAN, que salvo engano não existe ainda. E por isso ele teria que conversar com ‘muita gente’ (leia-se: os outros membros da OTAN), que provavelmente… Read more »

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Leandro Costa
1 ano atrás

Boa noite senhores. As coisas não acontecem do dia pra noite. Mas notem que, da parte do Brasil, houve anúncio de medidas práticas. Do outro lado, não. Por exemplo, nosso governo topou abrir mão do status de país em desenvolvimento na OMC. Vários membros posteriores da OCDE não precisaram fazer isso para ingressar na organização. Além disso, abrir mão desse status na OMC tem repercussões nas políticas econômicas e outras. Por exemplo, o governo perde parte da capacidade de subsidiar algum produto exportável. Outra repercussão possível: Talvez, por perder esse status, o Brasil seja pressionado, na ONU, a assumir obrigações… Read more »

Fernando Turatti
Fernando Turatti
1 ano atrás

Só falta combinar isso aí com Japão, Coreia do Sul e Israel

Felipe
Felipe
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

Japão, Coréia do Sul e Israel já receberam a designação de “Major Non-NATO Ally” desde 1989, a Argentina por exemplo recebeu esta designação em 1998, e é isso que o Trump ofereceu, o artigo é que interpretou errado “Major” como principal.

Delfim
Delfim
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

Pois é tb só acredito vendo.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
1 ano atrás

Até hoje, nem na era Obama, eu vi uma sintonia tão bacana entre um presidente brasileiro ao lado de um dos EUA, e ainda mais sendo com Trump que é marrento pra chuchu, e Bolsonaro era só risos. Creio que teremos daqui pra frente excelentes notícias, em todas as áreas, desta nova empreitada entre Brasil e EUA. Deus abençoe a todos !!!

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Amém !

claudio
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

amém

zézão
zézão
1 ano atrás

Entendi mal ou Trump sugeriu o ingresso do Brasil na OTAN como membro efetivo? É pra aceitar já!

Maus
Maus
Reply to  zézão
1 ano atrás

Vai demorar, até hoje a Ucrânia e a Georgia não são membros.

Paulo S
Paulo S
Reply to  Maus
1 ano atrás

Bom, a comparação não é um tanto desproporcional? O Brasil é aqui, ao sul dos norte americanos. Lá é Europa Oriental, por muito tempo debaixo da política soviética e agora russa.

Maus
Maus
Reply to  Paulo S
1 ano atrás

Quem mais precisa entrar?

Brunow Basillio
Reply to  Paulo S
1 ano atrás

Para aderir a OTAN ou OCDE tem que ser “queimar” varias etapas, além de se necessario o apoio de todos os membros; no caso da OTAN se adere o tal MAP…Normalmente isso demora uns 5 a 6 anos…

Adriano Luchiari
Adriano Luchiari
Reply to  Paulo S
1 ano atrás

O Brasil tem acesso ao Atlântico Norte, parte do nosso território, mar territorial e ZEE estão acima da linha do Equador.

Tiago
Tiago
Reply to  zézão
1 ano atrás

Isso nunca vai acontecer.

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  zézão
1 ano atrás

Article 10 states that membership is open to any “European State in a position to further the principles of this Treaty and to contribute to the security of the North Atlantic area”.
Poderemos ter o mesmo status dos demais Major Non-NATO Ally, mas membros nunca poderemos ser (Exceto se alterarem a carta da OTAN)

Minuteman
Minuteman
Reply to  Marcio Cosentino
1 ano atrás

Esse artigo não cita que é proibido a entrada de países de fora do Atlântico Norte. Apenas que qualquer país de lá pode entrar.

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  Minuteman
1 ano atrás

Permita-me discordar, para ser membro da OTAN tem que seguir o artigo 10, ser da Europa (excetua-se obviamente os EUA e o Canadá).
Whether Georgia is in Europe or Asia is open to a little interpretation. Let’s call it Eurasian. Expanding NATO outside of Europe would require revision is Article 10 of the North Atlantic Treaty. Article 6 also limits the southern extent to the tropics of cancer so some African states could be included, as indeed was Algeria whilst a French colony.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Marcio Cosentino
1 ano atrás

Rapaz, tecnicamente o Brasil faz parte do Atlântico Norte, uma vez que a maior parte do Amapá fica ao Norte do Equador enquanto é banhado pelo oceano atlântico.

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

Tecnicamente sim, mas o problema, até onde pude me informar, é que a carta da OTAN limita a entra a países Europeus, assim, seríamos limitados, veja bem, eu acho que seria excelente, mesmo limitado ao status de Major non-NATO ally.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Marcio Cosentino
1 ano atrás

Não faria qualquer sentido essa limitação, uma vez que EUA e Canadá são parte da OTAN.

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  Fernando Turatti
1 ano atrás

Seria a entrada de novos membros.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  zézão
1 ano atrás

Entendeu errado mesmo. Trump não ofereceu ao Brasil ser membro da OTAN, até porque isso é impossível. Ele deu a entender que queria que o Brasil fosse um aliado especial da OTAN e tivesse certos privilégios de membro, e por isso vai precisar conversar com os membros da OTAN ainda.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 ano atrás

E a entrada na OCDE, quando vai ser?

Brunow Basillio
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Depois que abrir mão dos benefícios da OMC, o que eu acho que é nunca, o Brasil e dominado por empresários do agronegócio…
Uma matéria até interessante do NI:
https://nationalinterest.org/feature/brazils-trade-war-warning-america-48137

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
1 ano atrás

Aliança EUA x Brasil = Aliança Botina x Sola

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Ricardo da Silva
1 ano atrás

Infelizmente não há o que os EUA possam ofertar ao Brasil nas áreas que mais interessam ao Brasil.
E isso já havia sido alertado aqui.
Os empresários que participaram dos encontros saíram de lá sem nada.
E pior, com as declarações abestadas dos encontros, a China (só como aviso) anunciou que não aceitará novos frigoríficos de exportação.
Voltemos à dura realidade do dia a dia que essa viagem, como estão dizendo, foi só espuma.
Seus parcos resultados vão se dissolver logo, logo.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Agora o Brasil não pode fazer mais negócios com ninguém para não desagradar a China ?

ahahahaahahah

F…..

Se a China quer este tipo de parceria que morram.

BILL27
BILL27
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

È o contrario …. O Brasil não pode mais fazer negocios com niguem para não desagradar os EUA …Não percebeu ainda ? Quem tocou neste assunto foram os americanos .OS Chineses estõ na deles .Inclusive no mes que vem a ministra da AGricultura ira a China tentar limpar a barra de tanta baboseira q tão falando do nosso principal parceiro comercial . O PAulo Guedes mandou bem ontem …FAlou que se os EUA qerem nos vender Etanol ,que comprem nosso acucar .Se qerer vender carne de porco ,que compre nossa bovina ,se quer nosso trigo ,que compre nosssos outros insumos… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  BILL27
1 ano atrás

Hoje, a ex-Ministra Kátia Abreu falou que é melhor o Ernesto Araújo aprender a rezar em mandarim.
kkkkkkkkkk

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Kátia Abreu a amiga da Dillma…

Realmente esta tem muita credibilidade

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  Ricardo da Silva
1 ano atrás

Voce é um ser humano que nasceu pra ser capacho? É assim que voce pensa e é assim que voce fala. Lamentável…

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
Reply to  Foragido da KGB
1 ano atrás

Não nasci pra ser capacho e não vi nada de bom nesses acordos. Me diga: o que o Brasil ganhou, de fato, com essa visita ?

Paulo
Paulo
Reply to  Ricardo da Silva
1 ano atrás

E o que ganhamos com os governos do PT e seus acordos com Cuba, Venezuela, etc, com as besteiras de UNASUL, Mercosul, etc? Eu te digo: Perdemos bilhões de reais com ¨empréstimos¨ onde já nos deram o cano, cedemos e pagamos a conta de um monte de bobagens para os países vizinhos e viramos anão diplomático.

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
Reply to  Paulo
1 ano atrás

Paulo, não adianta justificar o “fedido” falando do “mal cheiroso”. Segundo sua linha de raciocínio podem fazer o que quiserem que se justifica com o erro de outros !

BILL27
BILL27
Reply to  Paulo
1 ano atrás

Eu respondo por ele .Tbm não ganhamos porcaria nenhuma …E ao inves de endireitar a coisa vai fazer a mesma coisa do passado ? Não vamos negociar com vies ideologico ? kkkkk .sei …agora o vies so mudou de lado ,agora é de direita …se igualou a porcaria do governo anterior …corrupto e cheio de incompetentes por 14 anos .Agora esta na hora de parar com essa guerrinha esqerda x direita (que ja encheu o saco ) e pensar no Brasil . Eu ja to começando a observar um fenomeno .Quando criticam o Bolso e o seu staff , logo… Read more »

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  Ricardo da Silva
1 ano atrás

Me desculpe , mas, sua cegueira e crença ideológica, me impede citar um único de vários ganhos futuros nesta visita diplomática. Seria como eu jogar xadrez com um pombo…sorry…

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
Reply to  Foragido da KGB
1 ano atrás

Vários ganhos futuros ? Se sou cego você é “vidente”, se sou “pombo” você deve ser corvo (sabe qual a dieta?).
Ah lembrei de 2 “ganhos”: o Eduardo com o Boné “Trump 2020”, e a camisa com o nome “adesivado”.
Um “Colosso” 🙂 : ) 🙂

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
Reply to  Ricardo da Silva
1 ano atrás

colombelli,
Pesquise para saber “quando” foram fechadas as aquisições das “doações” de blindados que recebemos. Acho que você vai se surpreender.

BILL27
BILL27
Reply to  Ricardo da Silva
1 ano atrás

Foi fechada no governo trUMP

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
Reply to  Ricardo da Silva
1 ano atrás

Então se o PT “quebrou o país”, o governo pode quebrar o país de novo ? Seu raciocínio é tão limitado assim ?

Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

A notícia que importa é que os empresários brasileiros saíram de mão abananando.
Alguns comentaram que era melhor nem ter ido.
Essa é a realidade.
Parceria estratégia? Inútil.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

é vdd por isso a Bolsa de valores subiu, já que os bancos e os grandes investidores não acreditam no sucesso do Bolsonaro

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Bolsa de valores sobe até com notícia de que uma empresa perdeu menos do que o esperado.

PauloSollo
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Alguns quem? Meia dúzia de “cumpanhêros” famigerados que fazem parte da horda vermelha despejada do poder? Os que fizeram “parcerias estratégicas” com ditadores, abastecendo-os com bilhões de nossos impostos que não serão devolvidos? Você como sempre fazendo o que sabe de melhor, inventar fake news e lançar profecias mais furadas que o rombo que a OrCrim deixou nos cofres públicos.

Heitor
Heitor
1 ano atrás

Houve acertos e erros. O acordo para lançamento de foguetes em Alcântara foi um tiro no alvo. Porém, Bolsonaro não descarta apoio logístico aos EUA em uma eventual intervenção. Os militares brasucas não gostaram disso, significaria que botas americanas estariam no Brasil, vamos ter assuntos sobre isso posteriormente, vai dar o que falar. Mas o maior erro foi, em vez de levar o Min. de Relações Exteriores na Sala Oval, levar o filhote do presidente, afinal.. quem está no encargo das Relações Exteriores?

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Se, como dito em reportagem, o próprio Trump convidou o cara para participar , o que tem demais???

Heitor
Heitor
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Foi um encontro formal, entre dois representantes oficiais, logo, na barganha política, deve-se estar o ministro das relações exteriores.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Não é assim que funciona. Neste tipo de encontro é necessário haver simetria na participação governamental. O Min. Ernesto Araújo só poderia estar presente se o seu equivalente (secretário de estado) também estivesse – mas o Mike Pompeo não estava lá.

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Sim, mas o Bolsonaro tem que segregar família e estado, o filho dele não é membro do governo.

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
Reply to  Marcio Cosentino
1 ano atrás

Será que não sabem ainda? O Eduardo Bolsonaro é presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara.

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  Wellington Rossi Kramer
1 ano atrás

Ele não é membro do governo, ele é membro do Câmara, existe uma grande diferença. Um pouco mais de atenção ao léxico ajuda.

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  Marcio Cosentino
1 ano atrás

Esta foi a minha pergunta, ele estava lá oficialmente ou não ? Caso sim, sem problemas.
O que eu acho inadequado é caso ele esteja lá somente como filho do presidente, não só lá mas em uma visita oficial você levar um familiar as custas do governo.

Torama
Torama
Reply to  Heitor
1 ano atrás

O secretário de estado americano, cargo equivalente ao do Ministro das Relações Exteriores, não estava presente no encontro. Assim, não havia a necessidade do ministro comparecer à essa reunião, pois sua contraparte não estava lá. Além disso, é muito comum o Trump levar a filha Ivanka para encontros reservados com autoridades estrangeiras, embora ela não estivesse presente dessa vez. Assim, não vi nada de mais na presença do Eduardo Bolsonaro, que foi convidado pelo próprio presidente americano. Acho importante frisar também que além de filho do presidente, Eduardo Bolsonaro é deputado federal eleito democraticamente e portanto representante do congresso nacional,… Read more »

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  Torama
1 ano atrás

Permita-me perguntar, ele foi oficialmente como membro do congresso ?
Caso positivo, somente ele ? Por que não uma comissão de parlamentares para prospectar negócios e acordos ?
Falando em Ivanka: “Trump was appointed Advisor to the President, a government employee, on March 29, 2017” Ele tem uma função no governo.

Temos que saber separar as coisas, gostemos ou não, tenhamos votado ou não no Bolsonaro, ele deve agir como o cargo necessita, separando família de governo.

Edson Parro
Edson Parro
Reply to  Marcio Cosentino
1 ano atrás

O Deputado Federal Eduardo Bolsonaro é também presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara.

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  Edson Parro
1 ano atrás

Ele não é membro do governo, ele é membro do Câmara, existe uma grande diferença.

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
Reply to  Marcio Cosentino
1 ano atrás

Por governo, por favor, entenda Executivo. Quanto ser oficial ou não, esta é a questão. Tanto criticamos governos anteriores de levar uma entourage nas visitas, então um presidente que tem como um dos principais temas a retomada da seriedade e da moralidade não pode, caso a ida dele não tenha sido oficial, começar a levar a família em visitas oficiais custeadas pelo estado.
E a propósito não, não é pertinente nem legal levara a Rosimery.

Adriano Luchiari
Adriano Luchiari
Reply to  Marcio Cosentino
1 ano atrás

E não era só a rosemari não, sempre tinha vários “penetras”, entre eles uma nora do ex-presidente L.u.l.a cujo codinome era Malinha…

Marcelo-SP
Marcelo-SP
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Oras, se o Trump convidou o Eduardo para o encontro (lembrando que o filho de Bolsonaro vem fomentando a aproximação entre os governos desde a campanha), parece-me quase que imperioso que este comparecesse. Ruim seria recusar tal convite, ou alegar alguma formalidade para Eduardo não estar presente. Se o anfitrião propõe, em encontro amigável, este tipo de informalidade, você aceita e colabora. Pronto. O resto é mimimi de oposição.

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
Reply to  Heitor
1 ano atrás

O encontro no salão oval é simbólico, para trocar presentes e posar para os fotógrafos. O Eduardo Bolsonaro é presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara. O Ministro Ernesto Araújo provavelmente estava tratando dos acordos de fato.

Oráculo
Oráculo
1 ano atrás

Trump disse isso ao falar das Américas.

A frase foi dita no contexto da crise da Venezuela, englobou aliança regional, militar, comercial, industrial, etc.

E sejamos francos. Isso é natural de acontecer.

Hoje os maiores parceiros militares dos EUA nas Américas são Chile e Colômbia.
E independente da nossa situação econômica, somos a segunda maior nação desse continente, atras somente do próprio EUA.
Se existir vontade politica da nossa parte, e hoje existe, a “aliança” acontece.

Mario
Mario
1 ano atrás

Só um ponto de português… Não vi o texto original, mas considerando a lógica do inglês, suponho que tenha sido “a main”, e não “the main”… ou seja, um dos vários aliados fora da OTAN mais importantes dos Estados Unidos.
Ou alguém de sã consciência acha que o Brasil pode/quer ser um aliado mais próximo dos EUA do que Japão, Coréia do Sul e Austrália, para falar de três não-OTAN que são, e devem ser, aliados muito mais próximos.

Felipe
Felipe
Reply to  Mario
1 ano atrás

Nem foi um problema de lógica, foi um problema de desconhecimento de termos, eles usaram “Major Non-NATO Ally” que é uma designação americana para aliados importantes, a Argentina por exemplo é Major Non-NATO Ally, mas traduziram Major como principal…

André Bueno
André Bueno
Reply to  Felipe
1 ano atrás

A Argentina tem esse status?!

Oráculo
Oráculo
Reply to  André Bueno
1 ano atrás

Desde a época de Bill Clinton.
Mas depois com a “velha louca” no poder, o acordo foi “esquecido” pelos yankees…

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  André Bueno
1 ano atrás

O Menem mandou tropas para a Guerra do Golfo.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

O Brasil tem tudo para ser um bom parceiro dos Estados Unidos.
De um local compartilhado para lançamento de foguetes, até mesmo troca de experiências no âmbito de doutrina militar.
Quanto aos equipamentos, acredito que gradualmente os norte-americanos irão disponibilizar armamentos de vida útil média através do FMS; e em alguns casos até mesmo participação em projetos mais avançados, como o F-35.

Os canhoneiros que preferem a Rússia comunista e genocida como parceiro, esperneiam até não querer mais.

God Bless America and Brazil !

Felipe
Felipe
1 ano atrás

Acredito que isto foi um problema de desconhecimento de termos pelo autor do artigo, eles usaram “Major Non-NATO Ally” que é uma designação americana para aliados importantes, a Argentina por exemplo é Major Non-NATO Ally, mas traduziram Major como principal…

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Felipe
1 ano atrás

ele fala claramente maybe major… reveja o vídeo novamente! Ele falou que o Brasil será um parceiro extra otan e TALVEZ, talvez conversando com muitas pessoas um parceiro otan! O que de fato não seria possível nos termos atuais!

Conan
Conan
Reply to  Felipe
1 ano atrás

Perfeito Felipe, na verdade o contesto para a palavra “major” significa “grande”. A tradução certa seria ….”Grande aliado extra OTAN”.

JPC3
JPC3
1 ano atrás

Agora vamos ser inimigos dos inimigos deles?

Rússia é um país amigo do Brasil e China um parceiro comercial.

teropode
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Não precisa forçar a barra né! a Rússia não é amiga nem dos siberianos ( eu sei) , são arrogantes e mafiosos .

JPC3
JPC3
Reply to  teropode
1 ano atrás

Por essa lógica ninguém é amigo de ninguém só existem interesses. Não vejo porque sermos “oposição” a países que nunca nos fizeram nada.

teropode
Reply to  JPC3
1 ano atrás

fiquei com peninha de vc agora , os russos sempre foram a desgraça de todo leste europeu e Ásia Central, na segunda metade do século 20 foram os dispersores da ideia cu munista que potencializou toda sorte de atrasos e desgraças na África e América Latina, então cara pode ser que não há nação amiga , mas inimiga é uma certeza .

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  JPC3
1 ano atrás

JPC3 falando coisas lúcidas? devo estar doente.

Sim, seremos inimigos dos inimigos deles e morremos numa guerra que não é nossa. E o povo aí comemorando.

JPC3
JPC3
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

Tudo o que eu falo é verdade, amigo.

Posso errar às vezes, mas, ao contrário de muitos, procuro ser honesto.

Sou brasileiro, não sou americano nem russo.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
Reply to  JPC3
1 ano atrás

“Sou brasileiro, não sou americano nem russo.” Por favor, onde assino?

ALEX TIAGO
Reply to  100nick-Elã
1 ano atrás

Você será inimigo de quem quizer eu não eu sou Brasileiro e quanto mais acordos de cooperação no meu ponto de vista será melhor para o Brasil.

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  ALEX TIAGO
1 ano atrás

Amigo, por favor acrescentar “vírgula” e “ponto”, para melhor compreensão da frase. Valeu.

ALEX TIAGO
Reply to  Foragido da KGB
1 ano atrás

Opa foi mal professor de português. Sr foragido da kgb, devia se maiúsculo tbm ne. Rsrs

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  ALEX TIAGO
1 ano atrás

É sempre bom ter uma boa redação para se fazer entender. Disponha, ” né ” com acento.

ALEX TIAGO
Reply to  Foragido da KGB
1 ano atrás

Redação e sempre bom mas acredito que a ideia do comentário tem sentido muito melhor mas ai cada um interpreta da forma que quizer ninguém é obrigado a fazer o que o outro quer.

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  ALEX TIAGO
1 ano atrás

Ok cidadão, mas, vou lhe dar um exemplo usando seu próprio texto acima. Voce não usou nem uma misera vírgula ou ponto. Quem o lê , tem que mentalmente pontua-lo e tentar decifrar sua ideia. E só um repentista poderia lê-lo em voz alta, caso contrário, morreria por falta de oxigênio. 😛

ALEX TIAGO
Reply to  Foragido da KGB
1 ano atrás

Ok professor vc tem razão se quiser dar aulas particulares estou em campinas é passar endereço e valor. Ok professor um abraço

Flanker
Flanker
Reply to  ALEX TIAGO
1 ano atrás

O pior de tudo é o burro que sabe que é burro, gosta de ser burro e ainda se ofende quando mostram sua burrice!
A língua portuguesa, assim como qualquer outra, só possui uma maneira de ser escrita: a correta!
Escrever sem vírgulas, pontos e outros sinais gramaticais é sinal de burrice ou preguiça.

Jacinto
Jacinto
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Está havendo dificuldades na tradução, como já foi apontado. Existem vários “Major non-NATO ally” dos EUA que têm ótimas relações com os russos e chineses. O Egito, por exemplo, usa muito material russo, os paquistaneses e filipinos são próximos dos chineses.
A principal vantagem de ser “Major non-NATO ally” é que ele facilita o recebimento de equipamentos militares dos EUA.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Amigo não…

É um país cliente… e acabou…

Fernado
Fernado
1 ano atrás

Senão fossem os americanos estaríamos falndo alemão e catando lixo pra comer

DENYS
DENYS
1 ano atrás

Governo Bolsonarora poderia comprar um MIM-104 Patriot e General Atomics Avenger, mbt revolution.

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  DENYS
1 ano atrás

Poderíamos comprar também , uns 3 Sky Destroyer, 20 X wing , 20 B wing e pra não ficar só numa linha, 2 Enterprise e 2 Galactica … Calma amiguinho, menos…menos…

ALEX TIAGO
Reply to  Foragido da KGB
1 ano atrás

Ixi tá tudo bem por aí

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  ALEX TIAGO
1 ano atrás

Tudo joinha . E com voce , tudo bacana ?

Mig35
Mig35
Reply to  Foragido da KGB
1 ano atrás

Mav detected. FKGB.

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  Mig35
1 ano atrás

Who is Mav ? i ?

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Foragido da KGB
1 ano atrás

Who is John Gault?

ALEX TIAGO
Reply to  Foragido da KGB
1 ano atrás

Tranquilo professor

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  ALEX TIAGO
1 ano atrás

Que bom. Sorte e saúde, aluno .

ALEX TIAGO
Reply to  Foragido da KGB
1 ano atrás

Ja que suponho que me considere seu aluno me envie suas aulas ficarei grato.

Caio
Caio
1 ano atrás

Se por um milagre!! nos 197 anos desse país ” soberano” não foe maia um acordo CARACU, que se concretize.

Mig35
Mig35
1 ano atrás

Não adianta opinar porque os Block Mavs estão atacando jundo com os boots. Mais de 200.000 milicos disparando nas redes sociais. A festa vai acabar rapidinho. Cono disse o Marco Maia no JN ontem:”Os militares chegaram no fim da festa não tem nada para eles mais”…

Mig35
Mig35
Reply to  Mig35
1 ano atrás

Deverei ser banido agora…

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Mig35
1 ano atrás

É pra parecer engraçado essas baboseiras escritas???
Criança entrando em conversa de gente grande é soda!!!

Mig35
Mig35
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

O Helio quer falar com vc.

Flanker
Flanker
Reply to  Mig35
1 ano atrás

Que Marco Maia? Aquele deputado federal do PT daqui do RS, que concorreu à reeleição no ano passado e não conseguiu se reeleger?
Quem se pronunciou dessa maneira, no mínimo desnecessária, foi o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia…..genro de Moreira Franco, que foi preso hoje pela Lava-jato.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
1 ano atrás

Declarações muito ambiciosas, originárias de um fanfarrão de plantão. Como todos já sabemos, o aliado mais importante dos Estados Unidos fora da OTAN é Israel, de poderio militar e politico simplesmente incomparáveis. Dizer que esse papel agora será do Brasil, na situação de caos permanente que sempre vive, e a penúria e despreparo absoluto das FFAAS, é simplesmente uma piada de muito mal gosto. Cá entre nós, essa declaração gerou muitas gargalhadas na caserna.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Joao Moita Jr
1 ano atrás

“Despreparo “”absoluto”” das FFAAS”, vc está sabendo muito hein!!!

Minuteman
Minuteman
Reply to  Joao Moita Jr
1 ano atrás

O despreparo de nossas Forças Armadas vem do descaso absoluto de governos anteriores.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Minuteman
1 ano atrás

Mas, Minuteman, no caso trata se de falta de equipamentos no estado da arte(mesmo sendo que o que possuímos nos garante a nível AL), preparo há pois vemos quantos treinamentos são realizados e alguns de grandes dimensões e ,assim como na FAB, sabe se operar e combater com o que se tem em mãos, extraindo o melhor.

Minuteman
Minuteman
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Concordo caro Tomcat, também me referia a falta de equipamentos. Por exemplo, a nossa força de selva é uma, se não a mais preparada do mundo nesse terreno.

Marcelo-SP
Marcelo-SP
Reply to  Joao Moita Jr
1 ano atrás

João, você sabe dos ruídos de tradução da imprensa, que já foram discutidos acima (the major or a major). Não vejo motivos para risos. Isso vai além de uma situação das FFAA brasileiras. Se você perguntar em qualquer Think Tank de Washington, de qualquer orientação política, vai descobrir que é uma posição corrente da diplomacia americana para as Américas que, desde os anos 70, sempre houve uma intenção de aproximação maior com o Brasil do que nós retribuímos em espaço para isso. Sob um anti-americanismo apelidado de 3a via, curiosamente patrocinado pelo generalato nacionalista ainda no regime militar, sempre recusamos… Read more »

Celso
Celso
1 ano atrás

Bom mesmo é a parceria china x Venezuela, ou Rússia x venezuela. Eles realmente estão bem pra kct. Comprando armas e comendo cachorro… Sai fora…

Wellington Góes
Wellington Góes
1 ano atrás

Fã boy é soda!!!

Paulo
Paulo
Reply to  Wellington Góes
1 ano atrás

Principalmente se for fã de presidiário condenado por roubar bilhões do país e seus postes, de regime (socialismo) que fracassou no mundo todo, de governos ditatoriais esquerdistas, de um partido-quadrilha onde seus principais membros estão presos ou serão presos, etc, etc, etc.

Hernâni
Hernâni
Reply to  Wellington Góes
1 ano atrás

Agora fiquei desiludido!! quando vi na tv o Trump e o Bolsonaro pensei que o Brasil estava a ser convidado para a OTAN/NATO. Agora vocês dizem que não? é só mesmo um bom aliado fora da OTAN? Vale a pena então perderem tempo a discutir em que lugar é que ficam depois de todos os outros bons aliados!!! Mas, pensando bem, se o Brasil aderisse à OTAN/NATO isso ia colocar um problema, era preciso criar uma nova sigla…. que situação complicada! OTAN podia passar para OTANS… e NATO? Pensando melhor, pelo menos a bandeira podia ficar a mesma… com uns… Read more »

Oiseau de Proie
Oiseau de Proie
1 ano atrás

E um novo grito se fez as margens do Rio Ipiranga dos nossos bravos salvadores da pátria para toda a nação :

DEPENDÊNCIA OU MORTE !

VIVA A REPUBLICA DAS BANANAS !!! VIVA A REPUBLICA DOS ESTADOS UNIDOS DO braziu !!! NÓS SOMOS O braziu, ziu, ziu, ziu !!!

paulop
paulop
1 ano atrás

Apesar da amistosidade das palavras devemos ficar atentos. Essa abertura de mercado deve ser feita com cuidado pois as empresas brasileiras podem perder muito em competitividade para as mercadorias dos USA. Se é mais barato de lá, as compras de cá podem escassear. Vamos aguardar os lobbies em ação. Sobre Alcântara, prevejo a constituição de um modelo próximo a “espaço porto”: o espaço é meu, eu administro e cobro para quem quiser usar.
Aguardaremos os próximos capítulos.
Abraço

Davi
Davi
1 ano atrás

e como sepre u falo o brasel va gahar a gu era cotra a venezula!

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
1 ano atrás

Só espero reciprocidade e beneficios. De nada adianta sermos aliados preferenciais da OTAN se não tivermos dinheiro. A argentina esta ai para provar. Assim como de nada adianta abrir o comercio para produtos importados e a industria nacional falir e gerar desemprego e queda da receita.

jagderband#44
jagderband#44
1 ano atrás

Não importa se o governo dos EUA for republicanos ou democrata. Enquanto a maioria do povo brasileiro tiver o pensamento tacanho de que o estado tem que prover tudo (culpa da era Vargas), eu tenho apenas direitos (não deveres com a nação) e esquerdopata; jamais teremos pleno acesso ao mercado deles ou tecnologias (armas por exemplo) de ponta. A verdade é que não somos um país confiável. Governos populistas, principalmente de esquerda, podem a qualquer eleição presidencial voltar.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
1 ano atrás

Acho que agora seremos promovido, sairemos do almoxarifado e iremos para a copa🤔😂…

Farroupilha
Farroupilha
1 ano atrás

Deixo, neste primeiro parágrafo, alguns questionamentos… Os EUA não possuem bases em todos os países membros da OTAN? Com o Brasil fazendo parte da OTAN os americanos não colocariam uma base aqui? Os nossos militares, em boa parte, não são radicalmente contra uma base estrangeira em solo brasileiro? Sem base americana no Brasil tem como o Brasil entrar na OTAN? E, no que nos ajuda fazer parte da OTAN? – Porém… Reparem em algo ( o que de mais importante aconteceu no encontro Bolsonaro+Trump=BT): Trump mostrou claramente estar consciente das vantagens econômicas da melhor performance de lançamentos espaciais de Alcântara.… Read more »

Farroupilha
Farroupilha
Reply to  Farroupilha
1 ano atrás

Ainda, mas não vou abrir meu bico…
Uma onda de milhares de empregos surgirão no Brasil, com a vinda de empresas americanas para cá, na área de turismo. A facilitação de entrada da turistada americana, sem a xaropada do visto foi xeque mate do Bolsonaro. Tem mais coisas.
Mas prometi ficar de bico fechado.
Só um pouco, rsrsrs!
Aguardem. Os resultados desta visita… Prometem.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Farroupilha
1 ano atrás

Também vejo boas oportunidades no curto, médio e longo prazo. De um modo geral o Brasil é um país muito burocrático, perde-se muito tempo em tudo praticamente, sendo assim, medidas como a retirada da necessidade de visto para países desenvolvidos foi uma boa jogada, que na verdade já deveria ter sido feita a muito tempo… óbvio que a oposição iria chorar falando de reciprocidade… mas convenhamos, qual brasileiro não gostaria de ir viver nesses países desenvolvidos? Não dá para comparar, eles não precisam de nós lá para concorrer por vagas de emprego, por outro lado, nós precisamos muito deles para… Read more »

Paulo
Paulo
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Exatamente. Esse encontro foi histórico. O Brasil vai ganhar muito.

Maus
Maus
Reply to  Farroupilha
1 ano atrás

Esqueceu do acordo de livre comércio automobilístico que o Bolso fez com o México.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Farroupilha
1 ano atrás

milhares de empregos surgirão no Brasil, com a vinda de empresas americanas para cá, na área de turismo…SEXUAL!!!!
Comecem a se preparar assistindo alguns videos.
😄😁😆

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Joao Moita Jr
1 ano atrás

Que pensamento medíocre João… decepcionante.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Joao Moita Jr
1 ano atrás

Ato falho?

Foragido da KGB
Foragido da KGB
Reply to  Agnelo
1 ano atrás

Ato falho ? não! É só o relato do que pensa um melancia.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
1 ano atrás

Fernando, disse bem, a Colômbia ERA a maior aliada, agora não é mais rsrs!

Conan
Conan
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

A Colômbia é ” Global Ally NATO” o que é um estagio acima do que o Brasil terá e um abaixo de membro pleno. Japão, Colômbia, Austrália e Coreia do Sul possuem esse status de Global Ally Nato.

Samuca
Samuca
1 ano atrás

Dias atrás lendo uma matéria na mídia americana sobre os interesses de americanos, russos e chineses na Venezuela, chegou-se a fácil conclusão de que países verdadeiramente soberanos em termos de política externa na acepção da palavra, só três, que vêm a ser justamente esses supracitados. Todos os demais, inclusive os comumente rotulados como ‘desenvolvidos’ e ‘mudernos’ como Japão, Austrália, Canadá e os que compõem a União Europeia, são apenas lambe-botas de um desses três. Por isso, é no mínimo maçante ficar lendo discussões de ‘experts’ em geopolítica que ficam abundando nas redes sociais sobre ideologias políticas, que nada mais são… Read more »

Zampol
Zampol
Reply to  Samuca
1 ano atrás

Japão, Inglaterra, Alemanha, Canadá. Austrália… todos lambe botas que estão malissimo. Coitadinhos.
Não sei porque os brazucas sonham tanto em viver nesses países, sem dignidade, lambendo botas…
Países sem soberania nenhuma, com bases americanas que trazem humilhação e atrazo. Olhem a Coreia do Sul, pobrezinha!

Foxtrot
Foxtrot
1 ano atrás

Sob quais condições receberemos essa “classificação especial” dos americanos?
Sob a condição de perda da soberania?
Recebermos um novo grilhão ?
Tem que se analisar muito bem o que teremos que perder para ganhar tão pouco!
É triste quando um patriota nacionalista perde sua fé em seu país, e essa e minha condição atual.
Completamente sem esperança com isso aqui viu.

Farroupilha
Farroupilha
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Foxtrot – Cadê a astúcia da raposa? Um Patriota, um nacionalista, são os mais nobres idealistas. Mas os ideais… Uma Pátria forte, independente, orgulhosa e influenciadora… Tem limites de bom senso para serem alcançados ou preservados, principalmente sob um olhar histórico para o ontem e amanhã – Grandes impérios, ou importantes nações, nunca foram ilhas isoladas, sempre fizeram uso de diplomacia, alianças, e toma lá da cá. Por acaso existiria outro modo de um país existir? No momento, estamos nos curando de uma doença socialista, que iniciou-se lá nos primórdios da República, precisamos desfazer, fazer, refazer certas alianças e convivências.… Read more »

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Farroupilha
1 ano atrás

Não vejo dessa forma Farroupilha. Sempre fomos governados e influenciados por essa nação que agora retornamos ao julgo e olha o de sempre estivemos. Ou se esqueceu do “apoio” aos ditaduras no continente, dos inúmeros embargos de tecnologias sensíveis, dos acordos comerciais somente benéficos a um lado etc etc etc ? Realmente um país para se tornar nação precisa de verdadeiras parcerias de benefícios mútuos, coisa que não acontece agora e nunca aconteceu. A própria história ensina que nações que depositaram sua existência na força militar ou econômica de outra foi dizimada e ou assimilada. Hoje vivemos como na era… Read more »

Recruta Zero
Recruta Zero
1 ano atrás

Se os senhores que tanto vigiam e fiscalizam o governo Bolsonaro, tivessem vigiado e fiscalizando os últimos 16 anos, com absoluta certeza, o Brasil seria outro!!!!!

Mauro
Mauro
Reply to  Recruta Zero
1 ano atrás

Na verdade eles sabiam de tudo o que estava acontecendo, e se beneficiaram muito com aquela coisa toda, foi por isso que estamos nessa situação. Recessão, desemprego e desmoralizados perante o mundo.
Somente agora estamos tratando de sair do atoleiro. Essa é a origem do esperneio deles.
Acabou a mamata.

Marcio Cosentino
Marcio Cosentino
1 ano atrás

Peço antecipadas desculpas pelo desabafo, mas está complicado argumentar aqui, vejo perguntas simples serem negativadas do nada, vejo colocações feitas sem viés político serem taxadas de vermelho ou de azul somente pelo motivo do outro não concordar. Onde está o velho e bom hábito de debater idéias em alto nível ?
As perguntas não são respondidas com argumentação, mas com acusações de mimimi, de que você é um isso ou um aquilo.
Desculpem, é apenas um desabafo de alguém que gostava das discussões mais em alto nível.

filipe
filipe
1 ano atrás

O Bolsonaro deveria assinar o contrato dos 24 Super Cobra para a EB, o contrato dos 30 M1-Abrams, o Brasil deveria ser parceiro no projecto do F-35, sem afectar o Gripen, Os EUA poderiam alugar um SSN da classe Los Angels ( tal como a Russia faz com a India) de forma a acelerarmos o desenvolvimento do SNBR Alvaro Alberto, o mesmo para os satelites SGDC, e não vejo mais nada, mais investimento dos EUA na nossa Educação e Saude.

Alessandro
Alessandro
1 ano atrás

O governo Bolsonaro só está consertando algumas decisões equivocadas dos governos anteriores, e fazendo uma aproximação natural com os EUA que é o maior mercado mundial, todo mundo faz grandes negócios com eles, até seu principal rival a China, tudo é muito inicial e muita coisa virá com o tempo conforme for desenvolvendo essa parceria, o importante é que o mercado já reagiu positivamente com essa noticia, mas o que vai mesmo mudar para melhor o Brasil será a reforma da previdência, se o congresso não aprovar, de nada adiantará qualquer acordo comercial seja com que for.

GabrielBR
GabrielBR
1 ano atrás

Enfim nos tornamos um país respeitável.

Dr. Mundico
Dr. Mundico
Reply to  GabrielBR
1 ano atrás

Tá.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

“TRUMP QUER BOLSONARO COMO SEU ALIADO NA OTAN.
LULA QUANDO SE DESLOCA, VAI ESCOLTADO PELAS VIATURAS DA ROTAM.”

– Joaquin Teixeira