Home Exércitos INFOGRÁFICO: O soldado americano (1968-2018)

INFOGRÁFICO: O soldado americano (1968-2018)

6301
192

192
Deixe um comentário

avatar
20 Comment threads
172 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
58 Comment authors
RodrigoSPQRandersonJoao Moita JrDodo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

SGLI coverage, oque é isso? interessante é que ficou mais seguro ser um soldado

Alfa BR
Visitante
Alfa BR
Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

obg

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Também como recompensa por servir, temos assistência médica de muito boa qualidade nos V.A Hospitals, incluindo a mulher e os filhos, por toda a vida natural. E quando o service member falece, os benefícios da família continuam. É um atendimento muito bom. Também temos a G.I Bill, que custeia educação superior, e V.A Loans, com o qual comprei minha casa com 0% de juros no empréstimo.

Guacamole
Visitante
Guacamole

O mais interessante pra mim é a questão da idade.
Soldados mais velhos, que não estão com tanto gás como um menino de 18 anos, mas aí a experiência faz a diferença.
Claro, isso só funciona com um exército profissional.
Imagina por uma idade para servir ao exército como o nosso: ou você acaba do jeito que estamos, com a meninada tendo que parar a escola pra servir por um ano (a menos que seja oficial, é claro) ou chama o cara depois quanto já está com emprego certo.

Caio
Visitante
Caio

Acho que 28 anos está com praticamente o mesmo gás e muito mais força física que um grilo de 18 rsrs

carcara_br
Visitante
carcara_br

Na maioria dos casos o auge da forma física e dos reflexos se dá lá pelos 24 anos….

Guacamole
Visitante
Guacamole

Ñão concordo.
Estou com 34 anos, vou a academia e já sinto o peso da idade chegando.
Com 18, eu não cansava nunca, corria como o vento e era leve como uma pluma.
Hoje eu canso como um asmático, corro como uma lesma e sou leve como uma bigorna.

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

32 aqui e concordo, apesar de baixo ser um cara de academia posso afirmar que a idade pesa, realmente a força aumentou mas a capacidade aeróbica diminuiu consideravelmente…

Guacamole
Visitante
Guacamole

O mesmo aqui.
Estou esperando uma promoção do Alibaba que fazem toda hora pra comprar uma daquelas pulseiras de marcar o batimento cardiaco.
Comprei uma pro meu pai e o negócio funciona mesmo. Negócio é começar a marcar o BPM e fazer mais aeróbico porque está absurdo. Vou a academia 5 vezes por semana, e se tivesse que correr 2400 metros em 12 minutos, eu não conseguiria nem por decreto.
Tá osso o negócio.

cfsharm
Visitante
cfsharm

Vocês estão muito moles para a idade. Tenho quase 50 anos e não lembro de me sentir tão bem!! Peraí, onde foi que coloquei o maldito medicamento para memória?!?!? Rsrsrs.

ANGELO CHAVES
Visitante
ANGELO CHAVES

Queria eu com 28 está com o vigor dos 18…
kkkkk

Caio
Visitante
Caio

Tao mal hein rrsrsrs é sedentarismo o nome hehehe

Blind Mans Bluff
Visitante
Blind Mans Bluff

O problema é quando a maioria nao estao com emprego certo, que é cada vez mais o caso nos paises desenvolvidos. Entao nao me surpreende que muitos se enlistem depois de “velhos”.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

A maioria dos exércitos ocidentais não aceita depois de “velhos”.
Aqui em Portugal, por exemplo, com mais de 23/24 já é um problema…. Quem entrou antes bom, depois já não entra. O que eu acho errado, um homem saudável e em forma, com um mínimo de estudos (secundário/”high-school) e com 27 anos, por exemplo, está em perfeitas condições de servir até aos 30 e tal anos, mas que se hade fazer…. O meu sonho é que já não o concretizo, se eu soubesse…. (nem sempre foi assim)

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Peter.9.9 Pode ser que a necessidade de manter uma tropa de quase meio milhão de soldados voluntários só seja possível ampliando o intervalo de idade permitido.

Bille
Visitante
Bille

Buenas.
Esse perfil de idade e formação é possível por conta do sistema deles: quando o camarada se alista, passa por uma peneira que considera suas habilidades, formações e competências, e nem sempre ele sai “soldado”. Ele pode sair mais antigo da formação inclusive (cabo ou sargento). Por isso acaba tendo uma atratividade pra gente mais velha – fora os bônus de salário.

Lá também existe o bypass da promoção – o mais moderno pode ser promovido antes do mais antigo em virtude de desempenho, e é bem normal que isso aconteça.

Aqui ainda temos que adotar soluções tupiniquins para problemas tupiniquins.

carcara_br
Visitante
carcara_br

Porque a guerra mudou, o importante não é o cara sair correndo feito louco desviando de bala, mas saber usar os equipamentos avançados de comunicação, proteção, designação e destruição de alvos. Saber operar numa rede de inteligência complexa e lidar com tecnologia avançada. Inclusive se explica e justifica a proporção muito maior de mulheres, o aumento da escolaridade e da média de idade. E isto está intimamente ligado a uma redução do efetivo e o aumento da automação. Num futuro não muito distante enfrentar um exército moderno com uma grande massa de seres humanos diretamente no campo de batalha vai… Read more »

carcara_br
Visitante
carcara_br

ganhei um hater de estimação, venha pra luz criatura das trevas, deixe um comentário e se exponha rsrsrs….

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Carcará. Eu também tenho uns 3 desses de estimação. É difícil contar porque eles são bem parecidos, ás vezes você acha que é um mas é o outro. Fazem muio barulho quando estão em grupo, mas quando estão sozinhos costumam grasnar e bater as asas para chamar a atenção. Uma vez um bicou meu dedo. Assusta mais do que dói. Agora, não adianta espantar. São bastante territorialistas e insistentes. Acho que o melhor é aprender a conviver.

WVJ
Visitante
WVJ

Suponho que a cor de camisa de seu avatar possa ter a ver com isso, já que seus comentários são sempre muito educativos e equilibrados.

Camargoer
Visitante

Ola Wvj. O personagem e o Shin-chan, um personagem que provavelmente é mais velho que metade dos colegas que comentam no blog. Há vários episódios no YouTube… Recomendo aqueles em japonês com legendas em inglês.

Torama
Visitante
Torama

Engraçadíssimo por sinal! Normalmente eu prefiro ver animes com a dublagem original em jap, mas a dublagem em português de Shin-chan no finado canal Animax era sensacional!
Perdão pelo off topic!

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Torama-san. Imagino que algumas pessoas seriam incapazes de entender Shin-chan. Iam achar que é apenas balburdia.

JPC3
Visitante
JPC3

Eu não dou importância, me importo mais com os argumentos.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Negativam até pergunta ou relatos de história.

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

“Porque a guerra mudou, o importante não é o cara sair correndo feito louco desviando de bala, mas saber usar os equipamentos avançados de comunicação, proteção, designação e destruição de alvos”

Essa capacidade se somou. A infantaria ainda precisa efetuar lanços…

carcara_br
Visitante
carcara_br

Rapaz acho a síria um caso emblemático, um pequeno contingente russo bastante aparamentado e com apoio das tropas locais conseguiram mudar o rumo de uma guerra que já estava praticamente perdido. Sem milhares de soldados, sem uma grande invasão e etc.
Na própria síria mercenários russos avançando com apoio de blindados contra soldados americanos sofreram baixas pesadíssimas porque sofreram ataques combinados com drones e aeronaves de apoio. Eu não quis dizer que é o fim infantaria, apenas que há uma tendencia a diminuição e qualificação…

Recce
Visitante
Recce

Os russos atuaram com meios aéreos. Apoio ao regime de Assad.

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

“Rapaz acho a síria um caso emblemático, um pequeno contingente russo bastante aparamentado e com apoio das tropas locais conseguiram mudar o rumo de uma guerra que já estava praticamente perdido. Sem milhares de soldados, sem uma grande invasão e etc.”

Justamente por haver milhares de sírios e um tanto de iranianos e o Hezbollah para lutar em terra. O contingente russo atuou em proveito desse corpo, provendo apoio por meios aéreos. Não fosse isso, teriam que meter pessoal a rodo. Aliás, foi o mesmo caso dos EUA no Iraque contra o EI.

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

“Na própria síria mercenários russos avançando com apoio de blindados contra soldados americanos sofreram baixas pesadíssimas porque sofreram ataques combinados com drones e aeronaves de apoio. ”

Foram burros. Executaram um ataque limitado (quase que um ataque de sondagem) contra uma posição forte em vigilância e segurança, com apoio aéreo prontamente disponível.

Alexandre
Visitante
Alexandre

Exatamente Meu nobre a infantaria “nunca vai acabar” rsrsr , mesmo havendo vários aparatos tecnológicos o infante sempre vai continuar executa lanços , pois a guerra só termina com a ocupação do território inimigo mesmo que temporariamente .

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

O ensino médio se conclui com 17 anos, mais recentemente com 18. Se serve com 19 anos no Brasil.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Space. Pois é, mas fica a pergunta quantos dos convocados estariam atrasados um ano e teriam que interromper os estudos no último ano? Eu fiz escola técnica que eram 4 anos, ao invés de 3. Fui dispensado por excesso de contingente exatamente para não interromper o curso técnico. É possível que o perfil do soldado convocado tenha mudado. Vou tentar achar algum estudo sobre isso… mas não estou otimista que exista.

Felipe
Visitante
Felipe

>”Fui dispensado por excesso de contingente exatamente para não interromper o curso técnico.”

Curioso, quando me alistei o auditório inteiro foi dispensado por excesso de contingente, depois de avisar que estávamos dispensados, o oficial que estava fazendo a apresentação pediu que levantasse a mão quem estava cursando faculdade, do auditório inteiro, só eu (engenharia mecatrônica) e mais 3 (área médica) estavam na faculdade, aí o oficial dispensou todo o resto e mandou nós 4 pra uma sala onde outro oficial passou duas horas tentando nos convencer a se alistar…

Camargoer
Visitante

Ola Felipe. Fico intrigado que o EB não tenha um padrão. Acho que foi um sargento que me entrevistou, ou um tenente e depois o sargento de a ficha… Mais de 30 anos depois fico surpreso de ainda lembrar que a primeira pergunta foi se eu queria serviir. Disse que não e ele erguntou porquê. Disse que estava no último ano da escola técnica e se fosse convocado eu teria que interromper o curso e teria dificuldade de retomar depois. Ele falou alguma coisa e perguntou peso, altura, saúde etc… E disse que eu seria dispensado. Daí esperei no sol… Read more »

SPQR
Visitante
SPQR

Comigo foi praticamente a mesma coisa. Chego a lembrar do dia, lendo seu relato. Foi em 1994, no Rio de Janeiro.

anderson
Visitante
anderson

curioso que no meu caso fui dispensado porque disseram que eu tinha o “pé chato” no dia mandaram todo mundo tirar o tênis e o cara que olhou pro meu pé falou “voce tem pé chato,tá dispensado” aí só marcaram o dia de voltar lá pra jurar bandeira e é isso aí. detalhe hoje eu tenho 35 anos me alistei com 18

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

Lá você pode se realistar. Entre com 18, sai com 21 e se realista com 22-23.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

É o que eu disse Guacamole em outro post… Usam soldados aqui para limpar latrinas e não profissionalizamos. Dae é covardia comparar soldados daqui com dos EUA. Não há interesse da elite de oficiais mudar isso.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Colegas. Há algum tempo eu fiz uma contas para comparar o orçamento das forças armadas brasileiras com as de outros países de porte similar. Uma das coisas que chamou a minha atenção foi que o gasto por soldado é muito baixo, o que sugere uma tropa com baixo investimento em tecnologia. Por outro lado, muita gente reclama do serviço obrigatório sugerindo que seja trocado por voluntário. O custo dos 100 mil convocados é da ordem de R$ 1 bilhão por ano, contra R$ 35 bilhões dos outros. Os convocados não geram impacto previdenciário no futuro, ao contrário dos militares… Read more »

Señor batata
Visitante
Señor batata

Td tranquilo Camargoer? Seguindo no apontado pelo senhor, esse modelo de exército de baixa complexidade tecnológica ainda dispõe de espaço atualmente? E se dispõe não poderíamos adotar um modelo diferente? Como uma guarda nacional, assim vomo nos eua?

Señor batata
Visitante
Señor batata

Nota: eu sei dos tiros de guerra, inclusive podetia sair daí uma guarda nacional mais completa.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Sr.B. Eu tenho a impressão que o “tiro de guerra” é algo que poderia ser extinto sem prejuízo para o EB. Parece que é pouco beneficio para um custeio bastante alto.

Señor batata
Visitante
Señor batata

Camargoer vc podeira discorrer mais sobre pq não vale a pena?
Por favor.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Sr.B. Segundo a CF88, as forças armadas existem para a defesa do país e operações GLO. No primeiro caso, as tropas são profissionais (por exemplo os fuzileiros) e treinadas, sendo que os reservistas precisam reciclagem antes de serem usadas. Os TG formam reservistas mas que nunca estariam disponíveis de prontidão. Os TG não oferecem treinamento adequado para GLO. É melhor usar tropas da PM que são profissionais e treinadas para operação de polícia. Aliás, os soldados profissionais da PM estariam melhor preparados para atuarem como tropas de reserva do que reservistas formados em TG. Portanto, o TG não cumpre… Read more »

ADRIANO LUCHIARI
Visitante
ADRIANO LUCHIARI

No meu tempo de TG a prefeitura da minha cidade ainda pagava aluguel das casas onde residiam os sargentos e sub-tenentes que davam instrução. Sem falar que esses poderiam ser melhor aproveitados em Batalhões de Fronteira.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Adriano. Bem lembrado. As prefeituras também custeiam várias despesas dos TG. Pelo que entendi, os primeiros TG foram implementados no início do Sec.XX. A sociedade mudou e o EB também. Parece que são algo em torno de 10 mil jovens servindo o TG por ano. Comparado ao efetivo de 250 mil do EB, eu tenho dificuldade de encontrar um razão para manter o TG. Como disse, se precisar de tropa de reserva, as PM estão melhor capacitadas.

Señor batata
Visitante
Señor batata

Vlw pela explicação.

VJB
Visitante
VJB

Talvez a ideia com os TG seja marcar a presença do Exército no interior. Isso é bom, mas não sei se vale a pena do ponto de vista financeiro.

Velame
Visitante
Velame

Os Tiros de guerra é mantido pela prefeitura do municipio onde se situa. A parte do Exercito é o fardamento, munição e salario do ST/Sgt comandante do TG.

Velame
Visitante
Velame

*O Tiro de Guerra…

Adriano Luchiari
Visitante
Adriano Luchiari

Hoje, 40 anos depois de servir no TG da minha cidade, ficam as seguintes considerações: a instrução militar agrega pouco, alguns tiros por atirador com um velho mosquefal 7,62. É mais ordem unida, varreção e conservação predial, serviço social sem remuneração (campanhas do agasalho, contra a dengue, etc.). Será que o custo-benefício compensa? Vejam só: o terreno da sede na minha cidade tem nem sei quantos mil metros quadrados, incluindo o talude do stand de tiro. Há quarenta anos ficava além do perímetro urbano, com acesso por rua de terra. Hoje está cercada por bairros com toda a infraestrutura. Quanto… Read more »

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

tbm acho

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Sr.B. Boas perguntas. Talvez os colegas que sejam oficiais do EB possam responder melhor. Talvez esse seja o perfil adequado sob o ponto de vista do comando do EB. Talvez o EB gostaria de mudar o perfil mas isso seria um processo de longa duração… sobre a guarda nacional, só faria sentido se as forças armadas regulares perdessem o preceito constitucional de garantir a lei e da ordem (art 142 da CF88) que passaria a ser de responsabilidade da guarda nacional. Por outro lado, as polícias militares estaduais são um tipo de guarda nacional. Portanto seria importante extinguir as… Read more »

Señor batata
Visitante
Señor batata

Olá Camargoer. Como jack vamos por partes. O modelo q eu propus seria algo na linha de conscritos (com preferência para voluntários) q serviriam nos fds durante um período n(eu não tenho um número pra falar). Provavelmente seria necessário no início um bootcamp inicial de 1/2 semanas, mas depois eles só se apresentariam nos fds para receber adestramento. E depois de finalizado o treinamento apenas em períodos de treinos reciclagem. Não seria dado soldo, sendo quem sabe oferecida uma ajuda de custo e talvez um bônus para o membros em vestibulares e concurso público (não sei se seria viável). Seria… Read more »

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Sr.B. Eu desconheço qualquer estudo de segurança pública que defenda o modelo de duas polícias, sendo uma delas militar. Os melhores exemplos de policias no mundo são civis, com parte uniformizada para patrulhamento ostensivo. Portanto, considerando apenas a questão de segurança publica, o atual modelo de policiamento deu errado e é um erro insistir. Falando em forças armadas, é um risco permitir que soldados façam GLO. Ou resulta em massacres (Irlanda, Índia, China.. ) ou em desorganização da hierarquia militar (Méximo, milicianos…). A Força Nacional é um modelo ainda pouco testado. Ao invés de uma guarda nacional que ficaria… Read more »

Señor batata
Visitante
Señor batata

Camargoer revivendo o debate gostaria de pontuar alguns itens q podem ser interessantes. Primeiramente não são todas as melhores polícias do mundo que são civis. Um exemplo clássico é gendarmerie francesa q dispõe de ciclo completo é se encaixa em uma estrutura militar. Mas é fato q a afirmação sobre o atual modelo usado é coberta pela razão, mas como eu já expressei anteriormente me parece mais realizável uma unificação na estrutura maior e portanto na PM, não é um problema em especial com o modelo de polícia civil, e sim é uma escolha pelo q é mais fácil, se… Read more »

Señor batata
Visitante
Señor batata
Camargoer
Visitante
Camargoer

Obrigado!

Señor batata
Visitante
Señor batata

Apenas para ilustrar o tamanho da estrutura já existente da pm só em sp existia um efetivo de 92980 políciais, só em 2015.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Sr.B. São cerca de 500 mil soldados PM no Brasil (maior que o efetivo das forças armadas). SP tem cerca de 100 mil soldados PM. Concordo que essa discussão sobre a PM é complexa. O ponto que defendo é que o atual modelo não funciona mais (inclusive a ideia da PM ser uma força auxiliar das forças armadas precisa ser repensado). Talvez esse seja o nó. Como a PM tem uma função dual (polícia ostensiva e força auxiliar das forças armadas) a sua eficácia como polícia é comprometida. Praticamente, nos últimos 50 anos as PM atuaram apenas como polícia,… Read more »

Señor batata
Visitante
Señor batata

Camargoer como eu já escrevi anteriormente concordamos no ponto q eu vejo como mais importante (criar uma polícia de ciclo completo). Agora sobre a PM ser força auxiliar eu entendo q tem alguns caminhos. Ela poderia virar um braço próprio das forças armadas como a gendarmerie. Ou ela pode permanecer como força auxiliar mesmo, como eu ilustrei na discussão passada (não lembro da notícia q foi), pelo fato de q atualmente o treinamento dado aos policiais é de caráter policial. Ex: o oficial da pm q se forma na barro branco é bacharel em segurança pública , enquanto o oficial… Read more »

Vinícius Almeida
Visitante

Infelizmente essa temática da unificação das policias no Brasil é usada apenas como um pretexto para a ideia de desmilitarização das PMs, inclusive com argumentos de que apenas no Brasil existe instituições policiais militares, sendo que a unica goiaba da segurança pública brasileira é a Polícia Civil, no mundo inteiro a regra é policias militares ou militarizadas (França é o melhor exemplo, possui ambas). Já passou da hora de unificar as instituições, e a unica forma razoável é que a unificação se dê a partir da militar, até para as FFAA isso seria interessante, pois teriam um acréscimo de 100… Read more »

Señor batata
Visitante
Señor batata

E aí Vinícius, td susa? Então eu acho q numa enventual unificação os delegados poderiam ser alocados para um quadro de oficiais focaro na polícia jurídica, mas depois q foi incorporada toda civil acho q não precisa criar um novo quadro. Os próprios oficiais da pm poderiam conduzir a investigação. Afinal o curso de segurança pública é muito próximo de direito, não vejo como difícil incorporar o conteúdo no curso.
Tchau e saudações.

Vinícius Almeida
Visitante

Sim, eu coloquei essa questão dos delegados em um quadro de oficiais separados voltados a policia judiciária como uma forma menos dramática de se conduzir uma unificação no curto prazo, mas provavelmente no final se viesse a ocorrer tanto o oficial que administra uma companhia, quanto o que preside o inquérito policial adviriam da mesma instituição formadora.

Colombelli
Visitante
Colombelli

E so pra lembrar aqui quando o EB foi posto em glo temos o oncidente de volta redonda. É um erro usar as FA como sucedâneo da policia e um erro muito maior usar a mera possibilidade de glo como fundamento.pra manter 44.000 militares do EB no RJ fornecendo mão de obra pro trafico

Camargoer
Visitante

Ola Colombelli. O caso de Volta Redonda é um excelente exemplo do que não pode ser feito. GLO pelo exército é um erro quando dura poucos dias, e uma estupidez quando se prolonga.

Tadeu
Visitante
Tadeu

Estive na Espanha e Itália neste verão.
Vi contingentes das Forças armadas em todos os locais por onde andei.
Em pontos turísticos, metrôs, aeroportos.
Eles estão errados??? Deveriam estar de prontidão contra um ataque do Pacto de Varsóvia??
GLO é o perfeito entendimento do Exército que somente sua estrutura organizacional e espírito de corpo é capaz de enfrentar situações críticas de desordem social.
A intervenção no RJ certamente foi um laboratório, inclusive para revirar arquivos e identificar conexões com o tráfico e milícias.
Na greve da PM no Espírito Santo vc achou erro quando o EB foi acionado?

Guerra Híbrida, este é a ameaça primeira das FFAA

rdx
Visitante
rdx

Nada justifica o emprego das FFAA em missões de polícia. Aliás, eu queria entender o fascínio que muitos militares têm pela Segurança Pública. GLO? Não passa de uma corruptela do policiamento ostensivo, missão das PMs. É verdade que as FFAA usaram a intervenção como laboratório. Pela primeira viram o que mais se aproxima de uma guerra urbana….e com certeza aprenderam mais que ensinaram. Tropas militares europeias observadas nas ruas geralmente estão cumprindo ações antiterroristas (competência das FFAA ou de órgãos federais de segurança interna) e não de segurança Pública. A solução para a segurança pública nunca foi o emprego das… Read more »

Tadeu
Visitante
Tadeu

Tratar GLO como questão de segurança pública é que é argumento frágil.
Não existe fascínio pelo tema, mas uma correta compreensão das mais iminente ameaças ao Estado.
Não atentar para isso é estratégia do Avestruz.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Caro Colombelli,
Incidentes (homicídios) como os de Volta Redonda as PMs também cometem aos montes. E se colocarem Policiais Civis e Federais para fazerem patrulhamento em locais perigosos, certamente acontecerão incidentes parecidos.
Não tem tanto a ver com treinamento do EB ser diferente das polícias. Aliás, se analisarmos todas as GLOs do EB, veremos que poucas vezes os militares mataram ou foram mortos. Já as PMs tem muito mais combates com meliantes, assim como falham muito mais e acabam matando inocentes.

Colombelli
Visitante
Colombelli

O resultado é melhor mas não justifica este uso anômalo das FA. Elas não servem pra o pais todo ser responsabilizado pelo custo de governos locais corruptos e incompetentes. Quem não tiver cacife que feche as portas.

Tadeu
Visitante
Tadeu

Apenas lamento sua incapacidade de avaliar as principais ameaças à que a nação está submetida.
O uso não é anômalo. Pelo contrário, além de ser previsto em Constituição, também é tema de desenvolvimento doutrinário no EB.

Tadeu
Visitante
Tadeu

O incidente em Volta Redonda ocorreu em 1988, mais de 30 anos atrás!!
Comparação infeliz sobre todos os aspectos.

Colombelli
Visitante
Colombelli

Errado senhor Tadeu. Ate hoje o fato é lembrado contra o EB. A instituição se desgasta fazendo algo que não lhe compete. EB não é sucedâneo de policia.

Tadeu
Visitante
Tadeu

Mais uma, e pela ultima vez…
GLO nao é questão de segurança pública.
São estatutos distintos, conceitualmente.

Jorge PREC PQDT
Visitante
Jorge PREC PQDT

Bom Dia !!
Acredito que no Caso de Volta Redonda; o Exercito ainda
atuou como um Caso de Defesa Interna, tanto que as Tropas Destacadas foram de Barra Mansa (BIB – Infantaria Blindada).
Não haviam Unidades de PE e BG.
foi uma Intervenção Muito “Atrapalhada” !!

Tadeu
Visitante
Tadeu

Sair do RJ significaria abandonar a estratégia de presença no território nacional, além de admitir que não tem condições de controlar sua integridade interna.
É o primeiro passo para a formação de um Gueto

Colombelli
Visitante
Colombelli

O Rio que se vire com seus seus problemas. Justamente porque tem que estar onde precisa que a tropa la deve ser reduzida. Deve estar presente nas fronteiras. Não cobrindo a incompetência gerencial de um estado federado. Isso serve pra todos. FA não é policia tapa furo

Tadeu
Visitante
Tadeu

O Rio que se vire…..
Então tá!! Depois desta encerro minha breve contribuição ao tema.
Saudações!

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Camargoer, onde você encontrou o melhor ranking de polícias do mundo para concluir que as melhores são civis?
Existem polícias militares na França, Itália e Chile, por exemplo, e desconheço que sejam polícias ruins.
Quanto à eficiência das nossas polícias, concordo que ela é baixa. Mas em 2018, por exemplo, a taxa de homicídios caiu acentuadamente e em 2019 vem caindo ainda mais. É impressionante a “coincidência” da esquerda defensora de bandidos ter saído do poder e a taxa de homicídios ter caído no Brasil. Qualquer pesquisador notaria que não é apenas coincidência, mas eles preferem outras narrativas para explicar o fenômeno.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Rafael. Existem vários estudos sobre a desmilitarização da PM. Há um relatório de uma Comissão Especial da Cãmara dos Deputados “COMISSÃO ESPECIAL DE ESTUDOS UNIFICAÇÃO DAS POLÍCIAS CIVIS E MILITARES” comparando diferentes estrutura em países (França, Itália, Argentina, EUA, Japão, Austria, Alemanha, Canadá, Chile e Colômbia). É bem interessante. Também tem umas teses e dissertações. Se tiver interesse posso passar a referência.

Velame
Visitante
Velame

A força Nacional não tem a mínima condição de fazer o que o Exército fez no Rio. As tropas atuaram em rodízio, inclusive com tropas de outros estados, não havia tempo para aliciamento ou infiltração de APOP. As tropas se preparam para o que fizeram. Você está falando do que não sabe e ou desconhece.

Colombelli
Visitante
Colombelli

E tu é carioca né velame? Estou cansado de pagar pelas escolhas ruins de voces. Quem sabe comecam votar melhor e o EB não vai mais gastar fortunas desfazendo as burradas de voces. O Brasil não se resume ao estado de voces..

Tadeu
Visitante
Tadeu

E vc é de onde?
De algum paraíso escondido no Brasil??
Me avise para me mudar.
Quer dizer, melhor não..

Colombelli
Visitante
Colombelli

E a proposito velame e tadeu hoje tem no RJ 22% do EB, 35% da FAB e 67% da MB. 120.000 homens. Praticamente 1/3 das FA. Enquanto isso em toda amazônia legal as FA tem 44.000. O mesmo que so o EB tem em um estado longe de fronteiras. Presença no terrotorio deve ser proporcional e baseada na atividade fim e não em conveniências pessoais ou criterios politicos.

Tadeu
Visitante
Tadeu

Huuuummmm…
Será porque o eixo Rio São Paulo detém o maior PIB do Brasil???
Seus números não dizem nada.
Botar a maior parte das FFAA na fronteira, longe de parque industrial e centros logísticos é erro estratégico grave.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Eles querem ficar a beira-mar…

Velame
Visitante
Velame

Colombelli, eu estava respondendo ao camargoer. Sou carioca sim. E não vou entrar no mérito dessa questão com vc, porque não vou discutir com um estimado companheiro de farda. Abraços.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

FAs não são pra segurança pública.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá Velame. A questão de segurança pública no RJ é grave, tão grave quanto em SP (ou em vários estados do NE). Concordo com o Colombelli quando faz uma distinção entre segurança publica e GLO. É um fato que o país fracassou em sua política de segurança pública. Contudo, os problemas que ocorrem na cidade do Rio de Janeiro são similares ao das periferias da grande São Paulo (talvez a diferença seja que as regiões violentas de São Paulo estão longe dos bairros de classe média alta e rica). Forças armadas têm treinamento para combate contra o inimigo. Uma polícia… Read more »

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Cara, o ideal pra recrutas é 19 anos mesmo (hj se alista com 18 e serve com 19), pois soldado mais velho tende a questionar as ordens e ficar mais crítico.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Space, o soldado moderno não deve questionar ordens, mas deve ser crítico sim, não são poucos os exércitos que estimulam a formação de militares que sejam capazes de ter uma visão própria do campo de batalha (18 anos?) , capazes de sugerir e, eventualmente, até decidir, dentro dos limites (18 anos com limites?) claro. Daí o conceito de exército profissional (profissional com 18 anos ^^?) num exército profissional, todos são “especialistas” e todos são polivalentes, todos devem ter uma capacidade intelectual (critica portanto) mínima, capazes de acatar a ordens mas ainda assim, de forma racional e lógica (com 18 anos??… Read more »

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Isso que vc falou só serve pra FEs, pra tropas regulares não se aplica esse profissionalismo todo. E ja repeti várias vezes aqui, no Brasil se serve com 19 e não com 18, e em tempo de guerra essa turma depois do treinamento praticamente ja vai estar com 20, não que mude muito 18 pra 20, mas só pra constar. Acredito que em guerra a maior parte do efetivo será de reservistas de primeira categoria, que terão entre 20 a 25 anos 150.000/ano x 5 = em torno de 750 mil.

Señor batata
Visitante
Señor batata

Já me desculpando por entrar na conversa de vcs. Mas não valeria a pena levar em conta o aspecto cultural, pra decidir a idade tb? Pq em um país onde o jovem tem uma cultura onde recebe responsabilidades mais cedo poderia ter um tempo ideal para ingresso na vida militar diferente de um onde existe mais flexibilidade no tratamento com os jovens. E em relação ao físico valeria se possível saber como tem sido os resultados nos testes físicos de diferentes faixas etárias. Olhando alguns esportes q eu conheço arrisco dizer q o auge físico permanece entre 25/30 anos com… Read more »

Colombelli
Visitante
Colombelli

Errado. Quanto mais velhor melhor. Jovens são rebeldes e impulsivos. Vai por mim. Eu fui instrutor e trabalhei com recrutas e com cabos mais velhos e soldados antigos.

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

Não precisam ser de carreira, mas por contrato.

Exemplo dos australianos:

https://www.defencejobs.gov.au/jobs/army/infantry-soldier

paulop
Visitante
paulop

Alfa: nas FFAA existe a figura do Militar Temporário, que é aplicada a especialistas não formados nas instituições militares. A solução seria transformar todos os alistados em temporários com contrato por tempo determinado, além de estipular um teto anual de pessoal a ser incorporado.
Além de transformar o serviço militar em voluntário, ao invés do sistema atual.
Abraço

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Camargoer, entrei de gaiato neste tópico e realmente não li tudo. Mas sugiro que você tente dar uma pesquisada nos planos que o então Ministro Mangabeira Unger tinha em relação ao alistamento obrigatório. Ele havia se inspirado nas políticas de Defesa da Suíça e queria usar o alistamento obrigatório como trampolim para ensino técnico/superior dos recrutas, ao mesmo tempo em que lhes garantia algum tempo de experiência na área desejada, dentro das FFAA. Unger ficou pouco tempo no cargo, e algumas de suas ideias eram boas, mas todo o escopo do que pretendia fazer parecia caro demais, complexo demais, e… Read more »

Camargoer
Visitante

Ola Leandro. Obrigado pela sugestão. Desconhecia esse estudo. Vou procurar sim. Valeu.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Só um alerta Camargoer, não sei o quanto disso foi publicado, mas as palestras à esse respeito na EN foram ‘jaw dropping.’ Talvez eu ainda tenha algum prospecto por aqui, mas como estou literalmente em obra no quarto, as coisas andam meio bagunçadas, mas um dos objetivos é classificar isso tudo de maneira ordeira hehehehe.

Mas como a gestão do Unger foi curta, o sonho evaporou rápido. Na época ainda se discutia a END (que nem tinha esse nome ainda) e o Livro Branco de Defesa surgiria poucos anos depois.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

O que está preocupando as autoridades americanas atualmente é a obesidade de seus soldados.

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

E o abuso de drogas, doces, gorduras trans, sódio, etc…

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Obesos, mimados, drogados e muitas coisas mais.
Quando voltam da guerra estão cheios de problemas psicológicos e milhares deles não conseguem se adaptar à vida civil.
Apesar de ser uma sociedade doente.
São os desajustados de uma sociedade desajustada.

Pedro
Visitante
Pedro

Isso eh em qualquer exercito pos guerra. Va comparar o numero de veteranos do Afeganistao na URSS e demais paises que se matavam ou viravam uma garrafa de vodka ambulante, ai vc tera tambem os desajustados de uma sociedade que se diz ajustada.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Os lugares que você gosta, não tem comida por isto não tem obesidade.

JPC3
Visitante
JPC3

Alguma dúvida que esses comentários deles é complexo de viralatismo total?

Acho que eles se sentem muito inferiores aos americanos por isso ficam desdenhando tudo que tem a ver com os EUA.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Se o problema deles fossem só os americanos estava tudo certo.

O problema deles é com qualquer um que não adote a cartilha deles.

Da tirania e da opressão, fantasiada de progressismo, direitos humanos e agora de respeito ao meio-ambiente.

JPC3
Visitante
JPC3

Se ao menos pesquisassem sobre as tecnologias russas e chinesas e usassem isso para agregar alguma coisa às discussões….

Mas não, é só umas críticas bobas e na grande maiorias das vezes com informações erradas e inúteis.

Luiz Mendes
Visitante
Luiz Mendes

Mas esses caras sao inuteis mesmo.

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

Não fala de direitos humanos que vc funde a cabeça da esquerdalhada, todos eles prontos para defender um bandido mas vai ver os direitos humanos em Cuba, Irã, Coreia do Norte, Rússia, China… em uma versão pontual e curiosa da teoria da ferradura o Bolsonaro com discurso “anti-bandido” está muito mais perto destas escórias de nações do que o PT estava antes!
(Informo que este comentário exige o mínimo de reflexão para a correta interpretação, obrigado.)

Luiz Mendes
Visitante
Luiz Mendes

O complexo del inferioridade que os MAVs. sentem com respeito aos americanos, reflete a dura realidade em que vivem.

rdx
Visitante
rdx

Verdade. Não existe obeso em Cuba e na Venezuela

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Obesidade não é sinal de opulência, visto a grande quantidade de obesos nas favelas e periferias brasileiras
Além do mais, em Cuba e na Venezuela a população tem assistência médica gratuita promovida pelos seus Governos.
Já nos EUA, se enchem de Doritos, que lá é barato, e não vão ao médico que custa os olhos da cara.
Tudo obeso e doente.

JPC3
Visitante
JPC3

Isso deve explicar porque todo mundo foge para os EUA e Europa e ninguém foge para Cuba.

JPC3
Visitante
JPC3

Só conhece os EUA pela televisão.

Eu não teria interesse em morar lá, mas conheço vários que moram e acham muito melhor que aqui. Não é um pouco melhor, é muito.

Luiz Mendes
Visitante
Luiz Mendes

Quanta m…voce e capaz de dizer por hora?

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

O Chaves se tratou em Cuba…

Está bem vivo até hoje.

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

Não venezuela não tem nem esparadrapo, quanto mais assistência médica, as crianças estão morrendo de fome, os adultos comendo cachorro… nem precisa responder que a culpa é dos EUA pq da sua monstruosidade já tenho ciência!

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Na Venezuela tem o Maduro…

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

“Os lugares que você gosta, não tem comida por isto não tem obesidade.” FERREIRA, Rodrigo Martins. Nutricionista.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Não precisa ser nutricionista para entender que comer lixo não faz bem para a saúde.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Sim, na Rússia são todos atléticos.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

eu vi os russos, que vieram fazer uma visita ao CIGS…

tinha cara ali mais gordo que eu.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

eu fui ironico

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Brazil a frente do tempo para combater uma futura obesidade cortou o rango nas segundas no exército.

Dr. Mundico
Visitante
Dr. Mundico

Ainda virá o dia em que os exércitos (pelo menos suas forças mais especializadas) serão compostos por clones replicados, dimensionados, selecionados e amestrados para o combate. Serão elementos diferenciados e clonados dentro de padrões previamente estabelecidos (físicos, comportamentais, ocupacionais, etc.) e submetidos a capacitação operacional específica. Como não poderão ser considerados “seres humanos” por terem sido concebidos e desenvolvidos em laboratórios dentro de um “linha de produção”, não poderão ter status jurídico que envolva vínculo familiar ou dependência afetiva. Embora tendo aparência e aspecto humano (biológico e emocional inclusive) não serão “pessoas”, mas antes instrumentos “fabricados” para serem soldados. Poderão… Read more »

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Não creio que isso se concretizará, pois se criarem um exército de clones esses clones tbm herdadão nosso medo e nossos pleitos e fatalmente se rebelarão.

Dr. Mundico
Visitante
Dr. Mundico

Entendo, mas tendo em vista a verdadeira lavagem cerebral e engenharia social que já acontece atualmente em determinados grupos e populações, não me parece difícil criar e manter clones de forma segregada ou isolada, para doutriná-los e amestrá-los em práticas de combate. Teremos indivíduos criados desde “criança” para serem combatentes especializados.

rdx
Visitante
rdx

Estava pensando nisso outro dia. Como serão os soldados daqui a 1000, 2000, 3000 anos? Tudo é possível. Robôs, androides, humanos modificados geneticamente e até híbridos são possibilidades.

Dr. Mundico
Visitante
Dr. Mundico

1000 anos me parece algo muito distante. Essas especulações já vislumbram um horizonte dentro dos próximos 50 a 70 anos.

paulop
Visitante
paulop

Caro Mundico: a ovelha Dolly deixou de ser considerada uma ovelha por ser clonada? Um clone, ou uma replicação modificada de um ser humano “matriz” com possíveis características positivas de outros seres humanos é algo eticamente questionável. Por mais que se “programem” os clones para não terem sentimentos, o contato com outros seres humanos os fará desenvolver isso. Não estamos em Kamino. Mas…. vindo do ser humano… Tudo é possível.
Abraço

Dr. Mundico
Visitante
Dr. Mundico

Qualquer pessoa (ou grupo de pessoas) pode passar por processos de reeducação ou mesmo de despersonalização. Indivíduos podem ser amestrados e direcionados para determinadas ações conforme um sistema educacional intensivo, usando mecanismos de punição/recompensa.
Guardadas suas devidas proporções, isso já é utilizado atualmente em empresas, escolas, organizações militares e demais grupos humanos.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Vejam bem a diferenca entre o EB e o US ARMY.

O SGLI cobre de alguma forma a perda de vida de um soldado americano, e reembolsa a familia.

No EB, caso o soldado morra em combate, ou em treinamento, como fica a familia?

Rodrigo LD
Visitante
Rodrigo LD

Se for em ato de serviço, fica a pensão (indicação do militar em vida. Normalmente a mãe). Para quem já está no segundo ano de serviço, pode indicar a companheira ou esposa, se assim desejar. Após isso, existe a possibilidade de melhoria da pensão (no caso de soldado, podendo ir até os vencimentos de Terceiro Sargento).

Colombelli
Visitante
Colombelli

Te respondo. Dano moral de 200 a 500 salarios minimos. Pensão ate que o sujeito atingisse ate 77 anos dependendo da sentença. De pensionamento que é o dano material.pode por uma media de 450 remuneracões pra mais.

Daniel7440
Visitante
Daniel7440

Dano moral de 200 salários? Onde? No Brasil é que não é!

Colombelli
Visitante
Colombelli

Daniel. Estou te falando na condição de quem aplicava o valor. A maior indenização por dano moral da historia do RS foi sentença minha caso do onibus estudantil que caiu numa barragem. Foi 500 salario por pai. Duvida dos valores médios? Pesquise na jurisprudência. É 200 a 500. Veja os acordos da Vale.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Off Topic:

O agressivo Conselheiro de Segurança Nacional John Bolton foi demitido.
Será que Trump está pegando juízo?

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Saiu e foi bom, queria uma invasão da Síria, Invasão da Venezuela e ainda queria que o Brasil participasse, Queria bombardear o Irã no caso do Drone, Trump tá melhor sem ele.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

E já li notícias de que Trump pretende negociar com o Irã.
Espero que esse sujeito tome juízo e pare de provocar o resto do Mundo.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Assisti uma reportagem sobre a intervenção Americana em Granada (1980 alguma coisa).
O interessante foi ver que os mesmos ou quase os mesmo equipamentos pessoais utilizados pelos soldados americanos àquela época é os mesmos ou quase os mesmos utilizados pelos soldados Brasileiros hoje.
Muito triste isso.
Enquanto o generalato vive sonhando com helicópteros de ataque, tanques Abrams (com turbina problemática e beberrona), Aviões etc, se esquecem do básico, aumento da capacidade combativa e treinamento avançado de nossos soldados, além da proteção, saúde etc.

Furagelo
Visitante
Furagelo

Mais importante é a rotação da Unidade e não do Soldado índividualmente como no letal teatro selvatico do Vietnan.

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

Isso é tão óbvio que me impressiono como nunca foi sempre aplicado! (Risos)
Uma unidade é um time, o trabalho em equipe, a sintonia, o entrosamento é a diferença entre a vitória ou fracasso.

sub urbano
Visitante
sub urbano

No início da Segunda Guerra Mundial os pilotos da Marinha Imperial Japonesa eram como os atuais soldados de infantaria americanos: altamente especializados, experimentados em combate, bem treinados, equipados com o de melhor que o Império podia fornecer, no início da Guerra eram talvez os melhores e mais bem equipados pilotos do mundo… enfim, eram praticamente Samurais. Mas qual o resultado disso? Conforme os pilotos japoneses iam sendo mortos naquele conflito de alta intensidade que se estendia por anos, eram praticamente impossíveis de serem substituídos! Para adiantar a conclusão: no fim da Guerra os pilotos japoneses tinham poucas semanas de treinamento… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Essa é a vantagem arrasadora da China.
Reserva de soldados bem treinados e disciplinados quase que inesgotável.
Literalmente, milhões.
Sem igual no Mundo.

JPC3
Visitante
JPC3

Ótima oportunidade para nos explicar os milhões de soldados chineses bem treinados.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

O nível dos equipamentos dos Soldados americanos é muito maior que dos Chineses, tem até vídeo no youtube comparando isso, eu fico triste pelo Xings, será que ele tem mãe? ele precisa parar de inventar coisas.

Luiz Mendes
Visitante
Luiz Mendes

Milhoes de soldados chineses que podem ser torrados rapidadamente, em questao de segundos, por uma W-78 americana.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

infelizmente é a vdd, e até para os dois lados, falando só em qualidade o USARMY continua sendo superior.

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Luiz. Em outro momento, respondi a um outro colega que o uso de armas nucleares (táticas ou estratégicas) contra um inimigo convencional viola qualquer lógica. O consenso internacional é nunca ser o primeiro a usar armas nucleares e que seu uso só ocorreria como resposta a um ataque nuclear. Um país como os EUA onde existe uma tradição à livre manifestação, o uso de uma arma nuclear contra um exército convencional pode levar ao colapso político do país.

Colombelli
Visitante
Colombelli

Quanto mais velhos menos agressivos e impulsivos são. Ficam mais ponderados e sensatos e mais profissionais. Os soldados que praticaram as maiores atrocidades são adolescentes. O cérebro tem formação fisiologica completa so aos 24 anos.

Adriano Luchiari
Visitante
Adriano Luchiari

É isso aí, a média de idade de amadurecimento do córtex pré-frontal. Alguns podem amadurecer antes, outros depois…

Jorge PREC PQDT
Visitante
Jorge PREC PQDT

Bom Dia !!
senhores !!
Uma Pergunta !!
O Exército Argentino, ainda utiliza o Serviço Militar Obrigatório ??

Colombelli
Visitante
Colombelli

Sim. Mas pouco por redução drástica dos efetivos.

FERNANDO
Visitante
FERNANDO

Cruz credo Guacamole, se com 34 vc está abroxando, imagina quando chegar na minha idade.
rssrsr
Eu ando 2 km todo dia, e em passo acelerado!

diego 123
Visitante
diego 123

no Boxe ,que é um esporte que exige disposição física e reflexos apurados, o auge se dá dos 30 aos 35 anos, está morto aos 34 anos é problema de saúde.

Daniel7440
Visitante
Daniel7440

O objetivo primeiro de um Estado que se pretende democrático e de direito é assegurar e promover as garantias constitucionais, individuais e coletivas, da sua população. Neste sentido, uma doutrina de segurança nacional deve ser encarada não como uma forma de proteger o Estado, mas sim de proteger a população. Sob essa perspectiva, é bastante inadequado pensar em forças armadas compostas por soldados conscritos, isto é, forçados a servir (ainda que a maioria o faça voluntariamente), com armamento e equipamento obsoleto e doutrina ultrapassada. Isto porque esta mentalidade enxerga o indivíduo, o cidadão, como mero recurso humano para o combate,… Read more »

Cristiano Salles (Taubaté-SP)
Visitante
Cristiano Salles (Taubaté-SP)

Sou fanático por filmes de guerra em floresta tipo Vietnã, o Predador também adoro é em ambiente de selva…, já assisti mais de 100 vezes os dois, kkkkk Não tem nada a ver com o assunto, más ao meu ver, os USA perderam a guerra do Vietnã devido ao calibre dos M-16 de 5,56mm, contra os AK-47 de 7,62mm, com esse calibre em ambiente de selva, era como se estivessem jogando airport… Me desculpem…, eu não gosto desse calibre 5,56mm, acho ele útil em guerra urbana de cidades, mesmo assim os traficantes do Rio com os 7,62 direto estouram blocos… Read more »

Señor batata
Visitante
Señor batata

Boa tarde Cristiano. Sobre a eficácia do 5.56 nato em ambientes de selva vale notar q não é nem de longe ruim. Podendo pelas suas dimensões ser carregado em maior quantidade e hoje dispõe de projéteis com diferentes características de peso e velocidade. Nessa mesma matéria tem um comentarista q dispõe de mais conhecimento q eu no assunto (Colombelli), se ele se habilitar poderia discorrer melhor do q eu sobre o tema. Uma pequena nota de curiosidade o 7.62×39 utilizado em algumas variantes da plataforma ak é diferente do 7.63×51 nato. Portanto fique atento nas diferenças. E falando de material… Read more »

Cristiano Salles (Taubaté-SP)
Visitante
Cristiano Salles (Taubaté-SP)

Valeu Sr Batata….., abraços

Colombelli
Visitante
Colombelli

Cristiano. Os EUA começaram a guerra com o M 14 em 7,62 e não foi diferente o desempenho. Ele penetra muito mais em troncos e se pegar um só o sujeito arria. Mas o campo de tiro em selva é curto e o 5,56 da pra levar o triplo de munição. É quase impossivel ganhar uma guerra contra uma grande guerrilha em uma região sem industrialização. La tomaram pau japoneses, franceses e norte americanos. A derrota nada tem a ver com equipamentos ou calibre de armas. O que se vê mos filmes é uma caricatura. Os americanos não eram amadores.… Read more »

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Muitos filmes não retratam a realidade, rajadas a todo instante, isso não é viável. Engraçado é o m203 em que eles sempre atiram a granada em linha reta, qdo na verdade o disparo é balístico e tem uma mira bem elevada.O que dá pra perdoar é o tiro na posição de assalto, pois é mais agradável visualmente. Filmes tocados por leigos é uma porcaria, mas alguns possuem uma consultoria e treinamento de atores muito eficiente.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

No Youtube tem milhares de vídeos reais filmados no Vietnã mostrando soldados americanos apavorados disparando rajadas a esmo para dentro da floresta.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Eu não me lembro desses vídeos Kings(falando especificamente de rajadas) ,mas já que vc citou, ja viu aquele da intervenção soviética no Afeganistão com vários rapazes jovens correndo desesperados com as mão pra cima se rendendo aos mudjahedins ? esse existe, se vc não achar outra hora eu disponibilizo. Tem um que me lembro mas é diferente, é um bombardeio de morteiros onde os americanos se escondem embaixo das camas e rezam, no Afeganistão tambem.

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

Mostre 3 Antoniokings.

Cristiano Salles (Taubaté-SP)
Visitante
Cristiano Salles (Taubaté-SP)

Valeu Colombelli, abraços

rdx
Visitante
rdx

É um assunto que normalmente dá pano par mangas Minha opinião bem concisa: 5,56 x 45 mm Deficiências: stopping power limitado, baixa letalidade (foi desenvolvido para ferir as tropas inimigas gerando maiores prejuízos logísticos e econômicos- todos os entusiastas de armas conhecem a história), tendência a estilhaçar (grande problema em áreas de selva), reduzida capacidade de penetração e menor alcance Virtudes: excelente precisão a curta distância, leveza (permite fabricar armas mais leves, usar carregador com maior capacidade e transportar o dobro de munições se comparado ao 7,62 mm OTAN) e maior controlabilidade 7,62 x 51 mm Deficiências: maior peso e… Read more »

Colombelli
Visitante
Colombelli

O 7,62 em ação policial so deveria ser isado por snipers. A perfuraçào não permite segurança pros civis

Cristiano Salles (Taubaté-SP)
Visitante
Cristiano Salles (Taubaté-SP)

Valeu RDX, abraços

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

os EUA não perderam a Guerra do Vietnã, mas também não venceram, o que dificultou foi o desejo de vencer, eles estavam lutando longe de casa por um país que não era o deles, e o ambiente de selva é terrível e a tropa tava ficando indisciplinada também. quanto ao Calibre o 556 tem boas vantagens sobre o 7,62 tem estudos sobre isso. mas gosto é gosto, se vc achasse que um 762 ia te dar mais chances de voltar para casa poderia levar se tivesse disponível.

Camargoer
Visitante

Caro Carlos, se o objetivo da intervenção dos EUA era garantir o governo de Saigon contra os comunistas dos mortes, então os EUA perderam a guerra.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Camargoer
Sem contar a disparidade tecnológica, econômica, populacional e etc.
Saíram corridos.
Não podemos esquecer que diante da impossibilidade de vitória tentaram o conhecido ‘Conquistar corações e mentes’.
Fracasso total.

Bosco
Visitante
Bosco

Antônio, Eu tenho pena de você. O seu ódio aos EUA preenche cada poro seu e isso o devora diuturnamente. O seu ódio te define. Isso é triste! Esse seu ressentimento infundado e plantado na sua mente o está matando e o aniquilando como ser humano produtivo e criativo. Deve ser um péssimo cidadão, com tanto ódio exalando pelos orifícios. Não há justificativa alguma numa pessoa só ver defeitos e nenhuma qualidade em um país, por pior que tenha sido ou seja a sua política externa, sendo que a você , diretamente, ele possivelmente não lhe fez mal algum e… Read more »

Camargoer
Visitante
Camargoer

Caro Antonio. Há um excelente documentários de 1974 chamado “Hearts and Minds” sobre a guerra do Vietnã, inclusive recebeu Oscar. Eu o considero fundamental para compreender os Anos 70, os conflitos no sudeste asiático, os erros que os EUA fizeram e como devemos pensar com seriedade sobre qualquer intervenção internacional, independentes das ideologias. O debate deve ser sobre o sofrimento da população civil.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Já que foi citado o filme aqui, uma curiosidade no Predador é a equipe do US ARMY que é altamente especializada, se pode reparar pelos seus uniformes, que não são regulamentares nem possuem nenhuma insígnia e suas armas bastante diferenciadas, se bem que estavam numa missão completamente clandestina em solo estrangeiro.

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

Eles perderam – não militarmente, mas do ponto de vista estratégico, quanto ao cumprimento dos seus objetivos – pois não invadiram o Vietnã do Norte devido as restrições geopolíticas (receio de China e URSS entrarem na guerra criando uma Coreia 2.0 e possível Terceira Guerra Mundial). Se fizessem isso a guerra acabava. A Guerra do Vietnã foi forte em guerrilha e anti-guerrilha nos primeiros anos, mas após a Ofensiva do Tet o Vietcongue (milícias compostas em sua maioria por sul vietnamitas favoráveis a unificação sob governo socialista) se exauriu devido as grandes baixas sofridas e o Exército do Vietnã do… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

A “Guerra do Vietnã” foi uma batalha de uma guerra que ainda está em curso. Os EUA perdeu aquela contra os vietcongues mas ganhou a da Guerra Fria, contra a toda poderosa URSS. Outra batalha. E sem disparar um tiro.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

O Erro das pessoas é acharem que o 7.62x39RU tem uma balística igual a do 7.62×51 Nato… a diferença entre eles é da água para o vinho
a Diferença entre 5.56×45 Nato e 7.62X39 RU é quase negligenciável sendo o calibre 5.56 sendo superior em alguns aspectos.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe
Arnildo
Visitante
Arnildo

O que representa os direitos humanos? É uma controversa. Instituição que vem na contramão da sociedade.vejo sim sempre na esquerda da realidade.e na verdade é uma árvore infrutífera.

Davi
Visitante
Davi

Baita evolução

Bosco
Visitante
Bosco

Em 10 anos provavelmente o equipamento do soldado será composto por um exoesqueleto e ele poderá levar uns 80 kg de carga, o que incluirá placas de blindagem mais espessas, metralhadoras médias, lançador vertical de mísseis nas costas, etc.
Mais 10 anos e veremos a adoção de microturbojatos para que ele possa dar grandes saltos. Tudo completamente automático obedecendo apenas ao comando muscular ou neural. E cada soldado terá o seu minidrone particular.
São as tropas estelares de Robert A. Heinlein saindo das páginas da ficção e se tornando realidade.

Bosco
Visitante
Bosco

Os exoesqueletos cada vez mais serão mais parecidos com vestimentas comuns. Não duvido que em 10 anos ninguém notará que um soldado esteja usando um exoesqueleto. Os tecidos serão compostos por músculos artificias que poderão ser colocados debaixo do uniforme camuflado, como se fossem roupas de baixo.
Além de atuarem como músculos artificiais ainda poderão variar sua resiliência, ficando altamente maleáveis ou extremamente duros, servindo como blindagem.
Muito provavelmente haverá diferentes modelos que incluirá os leves, médios e pesados. Vai ter pra todo gosto.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Credo, muita ficção. Creio no máximo na Powerloader.

Bosco
Visitante
Bosco

Space, Não vejo função militar para “mechas” como o PowerLoader mas sem dúvida será muito empregado na construção civil, manipular carga pesada, etc. Um robô antropoide gigante tripulado por um humano será um alvo fácil. Os futuros robôs dotado de pernas ou serão autônomos ou telecomandos. Duvido muito que sejam tripulados. Agora, um exoesqueleto faz todo o sentido já que não se vislumbra o dia que o homem deixará de atuar no campo de batalha e inclusive já está sendo testado de fato, tendo sido testado no Afeganistão. Quanto aos músculos artificiais eles já existem assim como materiais inteligentes que… Read more »

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Hehe na verdade eu citei a power mais como realidade mais plausível, mas não tem nenhuma serventia militar mesmo. sei lá só resta esperar. Mas uma coisa que ando pensando e que talvez vá acontecer e acho que é de tecnologia mais simples são enxames de pequenos Drones, a estratégia dos pequenos insetos, atacar em enxames, não tem como interceptar tudo, tanto para ataque marítimo aéreo ou terrestre.

Bosco
Visitante
Bosco

Space,
Os americanos estão apostando no “canhão” HPM (high power microwave) para barrar um enxame de drones.
https://www.techspot.com/news/80641-usaf-directed-energy-weapon-thor-can-down-swarms.html
Por falar em enxames de drones, você viu esse show de drones: https://www.youtube.com/watch?v=z5OfBeUq0Nw

Space jockey
Visitante
Space jockey

massa, eu ja tinha lido a respeito, mas nunca tinha visto.

Dodo
Visitante
Dodo

“48% minority”….

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Gostaria muitíssimo de ver essa matéria aqui no Blog;

INFOGRÁFICO: O soldado brasileiro (1968-2018)