Home Armamento MP da Paraíba ajuíza ação contra Taurus por venda de armas com...

MP da Paraíba ajuíza ação contra Taurus por venda de armas com defeito

2107
53

Para o Ministério Público, armas defeituosas são uma ameaça à ação policial. Empresa brasileira pode ser obrigada a desembolsar R$ 6 milhões em multa e em indenização.

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) abriu uma ação civil pública contra a Taurus, ao denunciar que a a empresa de fabricação de armas vendeu armamento defeituoso para as forças de segurança da Paraíba, num prejuízo calculado em R$ 3 milhões. A ação de 13 páginas é datada de 4 de novembro, mas só foi tornada pública pela instituição nesta segunda-feira (11).

Ao G1, a assessoria de imprensa da Taurus informou que “desde o ano de 2015, a Taurus está sob nova gestão que fez vultosos investimentos para modernização e ampliação de sua linha de produção. Atualmente, há toda uma linha de produtos novos no seu portfólio que está tendo ótima receptividade no mercado nacional e no mercado internacional. Os modelos de armas mencionados na nota do Ministério Público, que já não são fabricados pela empresa, estão há muitos anos em uso pelos órgãos de segurança da Paraíba e a Taurus não tem notícia de defeitos nesses armamentos. As perícias realizadas de acordo com as normas técnicas têm comprovado não haver falha ou defeito nesses modelos de armas”.

Munido de depoimentos de policiais civis paraibanos, de teste do Exército Brasileiro e de relatório da Secretaria de Segurança e Defesa Social do Governo da Paraíba, o Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial do MPPB conclui que as pistolas vendidas pela Taurus “são uma ameaça à atividade policial, pois não merecem confiança, podendo, em uma ação policial, falhar, seja dando pane, seja efetuando disparo sem o acionamento do gatilho, e ocasionar um incidente fatal”.

Ao todo, seriam 1.408 armas adquiridas pela Polícia Civil e 321 adquiridas pela Polícia Militar que estariam com problema e, logo, deveriam ser substituídas ou ressarcidas em seus valores integrais. Um problema, aliás, que segundo a ação civil pública “vem causando pânico nos agentes policiais”.

O MPPB pede a condenação da Taurus e quer que a empresa seja obrigada ou a ressarcir o valor de R$ 3 milhões pagos por parte do Governo da Paraíba pelo armamento ou substituir todas as armas defeituosas sem custos adicionais. Para além disso, foi pedido, a título de danos morais coletivos, uma multa não inferior a R$ 3 milhões. Se a empresa de armamento for condenada, portanto, ela poderá ter que desembolsar R$ 6 milhões.

Segundo o texto que justifica a abertura da ação civil pública, as investigações foram iniciadas depois de uma reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, exibida em 12 de novembro de 2017 e que tratava justamente de falhas em armamentos da Taurus que sabidamente eram utilizadas pelas forças de segurança da Paraíba.

No procedimento preparatório que antecipou a ação, constatou-se que vários modelos de armas da marca Taurus – pistolas 24/7, 40 S&W e modelos PT 840 e PT 840P – que eram utilizadas pelas polícias Civil e Militar da Paraíba estavam entre aquelas com problemas. O MPPB destacou ainda que conseguiu comprovar que a Taurus, dolosamente, realizou uma série de modificações no projeto original das armas, mexendo tanto no gatilho como nas travas de segurança de suas pistolas, o que resultou na “inconfiabilidade desses armamentos”. Algo, inclusive, que foi alvo de processo investigativo por parte do Exército Brasileiro.

Continua o texto do MPPB: “A utilização desses armamentos não confiáveis pelas forças de segurança do Estado da Paraíba pode ocasionar incidentes insanáveis, com pessoas mortas ou sequeladas, em razão de suas graves falhas estruturais comprovadas pelo Exército Brasileiro e pelos diversos defeitos relatados pelos instrutores da Acadepol e pelos Policiais Civis do Estado da Paraíba”.

Os promotores de Justiça José Guilherme Soares Lemos, Túlio César Fernandes Neves e Cláudio Antônio Cavalcanti assinam a ação.

FONTE: G1

53
Deixe um comentário

avatar
15 Comment threads
38 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
33 Comment authors
João MoroAlexandre zivianiTukhMDRodrigo Martins FerreiraO bloqueado Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

Tá explicado o porque do Governo de SP nem ter chamado a Taurus pra fazer parte do processo de licitação de pistolas da PMSP…

Régis Athayde
Visitante
Régis Athayde

Li em outro site que o governo de São Paulo pagou cerca de R$ 1850,00 por unidade para a PM do estado, mesmo sendo um modelo importado. Já o governo do Paraná (onde eu moro) pagou R$ 2500,00 por pistola para a PM do estado, sendo da marca Taurus.

Alguém pode explicar isto para mim, por favor?

Señor batata
Visitante
Señor batata
Taso
Visitante
Taso

E nas lojas 7.999,00 pra quem tiver coragem de pagar

Alexandre ziviani
Visitante
Alexandre ziviani

Antigamente,a G 25 custava R$4 mil aí o EB,proibiu a importação por causa da “reserva de mercado” da bovina,ai chegou a este preço absurdo.

Cristiano GR
Visitante
Cristiano GR

Não sei qual tributação incide, mas com certeza, para uso civíl, até para controle do acesse, há uma grande tributação incidindo e grande margem de lucro por parte da marca.

Haroldo
Visitante
Haroldo

Ha um equívoco, não sou advogado de nenhuma das partes… Porém se o custo total das armas foram 3 milhões e c
Foram adquiridas 1729 armas. Logo cada arma da Paraíba custou 1735 reais… Basta dividir 3 milhões pelo número de armas….. Cuidado pois há vários interesses em jogo… Onde muitos gostam de manipular dados….

Silva
Visitante
Silva

Régis, é complicado definir o real motivo da diferença de preços. Obviamente, por ser um produto importado, é natural esperarmos que este seja mais caro que o produto nacional.

Todavia, no edital que precedeu a escolha, com certeza devemos encontrar alguma isenção ou subsídios que justifique a diferença e valores finais.

Geralmente, em compras públicas, a fim de obter um produto bom por preço abaixo do mercado, é comum isenções e/ou subsídios das mais variadas formas.

Fábio CDC
Visitante
Fábio CDC

Bem, minhas armas da Taurus funcionam muitíssimo bem. São perfeitamente manutenidas e lubrificadas e sempre empregam munição nova de fábrica, sendo imediatamente limpas e novamente lubrificadas após seção de treinamento/teste das armas.
.
O que já morreu de gente com armas da Taurus nas mãos devido a total falta de manutenção ou mesmo lubrificação dessas armas… Conheço 2 armeiros daqui de Natal que somente as dirigem elogios, em que pese, naturalmente, a limitação de alguns calibres.

teropode
Visitante

Há 2 Taurus , uma produz com qualidade para os EUA outra toca na coxa para os brasileiros.

m. wolf
Visitante
m. wolf

nem pros EUA, a taurus fez acordos milionários na justiça americana por causa de processos movidos por clientes.

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Como o próprio texto menciona, a Taurus mudou de direção e modernizou sua linha de produção e está com Portfólio novo. Vida que segue. Agora, brasileiro gosta de viver do passado e continuam, muitos, a apedrejar a empresa por erros do passado. Empresa nacional reconhecida mundialmente , que tenha bons negócios futuros.

Renato B.
Visitante
Renato B.

Erros do passado que foram assumidos e as devidas compensações pagas? Se foi, beleza, mas aposto que estão negando tanto quanto puderem. Brasileiro tem que aprender que atos tem consequências.

Waldir
Visitante
Waldir

Falar em compensação, não entendi a conta do MP.. se o valor da venda foi de 3 milhões e, supondo, que a empresa lucrou 20 % na venda, ela teve um lucro de 600 mil.. se ela for multada em 6 milhões como diz a matéria, acho muito alto o valor da multa.. fácil quebrar empresas no Brasil com essas multas estratosféricas que são aplicadas aqui.. MPT então nem se fala

Guacamole
Visitante
Guacamole

Meu pai era instrutor de tiro da policia civil no RS e tinha que trabalhar com taurus direto (ele mesmo tinha um revolver e depois uma .40 da Taurus) e dizia que aquilo era um perigo. E lá se vão uns 20 anos que ele dizia isso.
A arma ou falhava demais ou sofria de corrosão excessiva.

DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

É o seguinte, eu sendo policial, só andava com arma minha mesmo (arma curta), pois prefiro perder a arma em caso de ação, do que ela falhar e eu morrer! Qualquer policial no Brasil tem condições de comprar uma arma boa, o peso é que a maioria não da um tiro por pirangagem e com pena, quem diga comprar uma arma boa e cara!

Cesar
Visitante
Cesar

Aqui em sp o sgt rua morreu com a arma na mão esses dias.

O bloqueado.
Visitante
O bloqueado.

Os revólveres Taurus são bons. Pistolas Taurus somente as derivadas do projeto Beretta prestam, ou seja, a Pt-58, Pt-59, Pt-92, Pt-917 e Pt-100.

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Engano teu…as 24/7, por exemplo, são armas excelentes.

Alexandre ziviani
Visitante
Alexandre ziviani

Sim,as 24/7 24 tiros,7 falhas…

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Só pode ser ironia.

Eduardo Oliveira
Visitante
Eduardo Oliveira

Minha TH 380 nunca falhou

Guacamole
Visitante
Guacamole

Nunca falhou ainda.

Eduardo Oliveira
Visitante
Eduardo Oliveira

Ela já tem mais ou menos uns 1700 disparos, nenhuma falha e contando. Você disse que seu pai tinha uma Taurus .40 mas não disse o modelo. Qual o modelo dela? E é claro, nao existe armamento perfeito, uma hora vai falhar kkkk

João Moro
Visitante
João Moro

“Nunca falhou ainda.” Hâ????????

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Na boa, acho mais provável ser manutenção mal feita, ou então ausência de manutenção…

Agnelo
Visitante
Agnelo

Prezado
Não descarto algum problema na arma, pois pode acontecer.
Mas, sem dúvida alguma, a manutenção mal feita, a guarda ruim e até o mau emprego são os principais fatores de falha e indisponibilidade dos armamentos.
Sds

Luiz Floriano Alves
Visitante

Otima essa ação. Os autores da ação também são os autores dos Laudos. Isso vaai acontecer, sempre. Não podemos entregar armas semi automáticas a pessoas mal preparadas. Pistola não é revolver. Vejam os bandidos do morro. Nenhum reclama. Eles que são peritos no conserto e revisão de suas ferramentas de trabalho. Reportagens de emissoras não são isentas. Dependem de anunciantes e de interesses os mais diversos. Qualquer reclamação temos o código do consumidor.

Lucas
Visitante
Lucas

Com relação ao passado, existem muita reclamações de alguns modelos de pistola mesmo.

Mas no que diz respeito a nova linha de pistolas Taurus, criada após sua venda para a CBC, até agora só recebem elogios.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Como explicar um povo que mesmo um veículo levando nota zero no crash test, ser recorde de vendas…
A pistola cheia de defeitos também tem seus defensores aqui na trilogia.
O brasileiro é um povo extremamente permissivo e passivo.
O estado é tão corrupto que permite uma empresa comercializar produtos defeituosos, levando risco a vida de quem utiliza.
Por isso os europeus e americanos vendem no mercado internacional, quase o quíntuplo em relação aos produtos brasileiros.
Qualidade é sinônimo de respeito !
Acorda Taurus!

Tomcat4.0
Visitante
Tomcat4.0

Ficou sem sentido, vc acaba de ler(vc leu né?) que a empresa está sob nova direção e que modernizou sua linha de produção após os infelizes acontecimentos com seus produtos e mesmo assim pede pra acordar ??? Mais ???
O que se podia e devia ser feito se fez uai, modernização dos processos e equipamentos de fabricação. Tem um vídeo do Caiafa mostrando a fábrica já em sua nova configuração, vale a pena ver.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Mesmo assim, a Taurus peca no controle de qualidade. Presenciei no clube de tiro uma PT-92 nova, na sua estreia, e com problemas graves de funcionamento, que causava falhas de alimentação.
Quem compra uma arma Taurus (eu comprei algumas) tem que levar pro clube e atirar bastante para saber se está tudo ok.

Cristiano GR
Visitante
Cristiano GR

“O MPPB destacou ainda que conseguiu comprovar que a Taurus, dolosamente, realizou uma série de modificações no projeto original das armas, mexendo tanto no gatilho como nas travas de segurança de suas pistolas…” Há anos que vem se ouvindo falar de defeitos em pistolas Taurus, mas parece que a empresa não está preocupada nem interessada em corrigir. Uma imagem, uma marca leva muito tempo para ganhar a confiança das pessoas, mas é algo que em pouquíssimo tempo pode ser destruído e as pessoas da empresa parecem não evitar isso. É trabalho de anos sendo desfeito. O Brasil precisa de empresas… Read more »

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

A Imbel não tem engenheiros para desenvolver uma pistola moderna. Vive de fabricar a 1911 com algumas modificações e calibres diversos.
Imbel é uma estatal que faz jus à fama. Cara, ultrapassada e ineficiente.

Lucas
Visitante
Lucas

Tem que privatizar a imbel

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Tem, mas ela já foi excluída pelo presidente de qualquer ideia de privatização.

TukhMD
Visitante
TukhMD

Mas quem ia querer? Que ativos dela poderiam interessar a investidores? Só se continuassem, como empresa privada, a deter o monopólio do fornecimento às FFAA.

Cidadão
Visitante
Cidadão

Um grande interesse em matar o que resta no Brasil de produção bélica…e nem vem culpar o Tio Sam ou outros estrangeiros…

rdx
Visitante
rdx

PT 24/7 e PT840 são armas defeituosas. Quem defende essas coisas ou não entende nada de arma ou trabalha para a Taurus.

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Bom, confesso que não sou entusiasta de armas de fogo, não me chama a atenção. Por exemplo, quando vou na LAAD aqui no RJ nem entro nos stands lotados das armas portateis, Taurus é uma das mais cheias de visitantes! Gosto do armamento pesado pra cima (mísseis, aviões, helicóperos, artilharia, viaturas, etc) Mas, estou confuso aqui! Afinal, a Taurus é ou não é uma boa arma?

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Depende.
Tem armas claramente ruins, como a 24/7 e a linha 600, e armas claramente boas, as derivadas da Beretta. E tem algumas incógnitas como as novas pistolas TH e TS.
Mas mesmo as boas tem problemas de falta de controle de qualidade e podem vir defeituosas.
Acho que é mais ou menos como comprar um carro da Fiat rsrs.

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Valeu Rafael! Só não gostei da parte que você fala da FIAT! rsrsrs, temos Fiat na família desde o 147! Hoje eu tenho um Pálio Attrative 1.4 e garanto que foi um dos melhores que já comprei e usado hein! kkkkkk

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Hahahah mas você há de concordar que a Toyota e a BMW produzem carros de melhor qualidade que a Fiat, não?
E que o Marea é um péssimo carro rsrsrs.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

O problema é que os administradores eram os acionistas majoritários no período.
Acionistas minoritários não tem a cultura de entrar na Justiça contra a administração. Ademais, quando a ação despencou, grande parte simplesmente vendeu as ações e não quis mais perder tempo com a empresa.
Destaco que apesar das melhorias, ainda hoje a Taurus peca no controle de qualidade. Coisa de chão de fábrica. Empregado relaxado que sequer verifica se fez o serviço corretamente. E o produto vai para o cliente sem qualquer verificação.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Concordo Colombelli, mas a maioria dos minoritários só quer comprar a ação, ganhar um dinheiro e vendê-la. Não procurar tentar administrar a empresa. É uma questão cultural.
Sobre a confiança, acho que os danos não foram tão significativos. A G2C é a arma compacta mais vendida dos EUA, por exemplo.
No Brasil, graças a falta de concorrência, ela domina o ainda pequeno mercado de armas para civis.
Os danos foram mais nas vendas públicas, pois alguns estados proibiram a Taurus de participar das licitações.
Como eu falei acima, a Taurus é uma Fiat. Tem uns carros problemáticos, mas continua vendendo bem.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Não compra estas lorotas da Taurus..

As armas da Taurus são conhecidas nos EUA como armas boas para o “seu valor”, entenda-se armas baratas.

A pistola compacta top hoje nos EUA é a SIG P365.

A Taurus só domina pq não tem concorrência. É a maior fabricante do mundo( isto é verdade) de modelos em 380ACP.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Mas a arma compacta mais vendida nos EUA é a G2C ou a P365?
Claro que ela vende muito por ser barata e não por ser a melhor.
Taurus, apesar da qualidade sofrível, vende muito nos EUA. Não é líder de vendas, mas tem participação importante no mercado.
Acredito que a tendência é a venda de 380 despencar no Brasil após a permissão do 9mm e do .40.

Alexandre ziviani
Visitante
Alexandre ziviani

“Acredito que a tendência é a venda de 380 despencar no Brasil após a permissão de 9mm e do .40.”
Já esta acontecendo amigo,fui procurar uma Ts9 na loja para comprar e reparei que os preços dos calibres recém liberados são mais baixos que o 380,isso é um forte indicativo que o destino do 380 provavelmente ser o mesmo do 32ACP e do 765.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Os rankings são separados…

Vendido por vendido Hi point, são ainda mais vendidas porque são ainda mais baratas.

O bloqueado
Visitante
O bloqueado

Alguém sabe sobre a liberação dos calibres .44 Magnum e 5,56×45 para policiais ?

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Quando eu vejo este tipo de declaração…

“Taurus é top pq a minha nunca falhou”

Ao invés de elogio é mais uma prova que o controle de qualidade é uma m….

Você deu sorte da sua ter vindo OK, tem muita gente que não tem.

O bloqueado.
Visitante
O bloqueado.

A minha PT-58 é OK, a questão é que a comprei em 1996 quando a Taurus só tinha a linha derivada da Beretta, as PT-58/92/100 que estão aí até hj não à toa.
Quando a Taurus resolveu diversificar os modelos se perdeu.

Luiz Floriano Alves
Visitante

A pensar assim os veículos oficiais serão objeto do mesmo tipo de ação. O que vemos nos patios oficiais são centenas de veículos novos parados por “defeitos de manutenção.” O que não entendemos é como se vê um vídeo da recepção de pistolas SIG, no exército americano, sendo testadas e ajustadas por armeoros antes de entregar para a tropa. O despreparado nemsabe localizar as travas de segurança. Qualquer desajuste é prontamente corrigido pelo armeiro. As armas são entregues mediante instrução especial, para que o atirador se familiarize com a arma. Pistolas não são objetos comuns que podem ser distribuídos aleatoriamente.