terça-feira, dezembro 7, 2021

Saab RBS 70NG

Alemanha estende operação dos blindados Weasel 1

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Por cerca de 73 milhões de euros, 196 veículos sobre lagartas Wiesel 1 estão sendo preparados para uso estendido pela Alemanha.

O pequeno veículo sobre lagartas levemente blindado é usado como porta-armas na infantaria, para emprego anticarro, contra forças levemente blindadas e como veículo de reconhecimento.

O Wiesel 1 é transportável por via aérea e deve poder ser usado até pelo menos 2030.

Dependendo da configuração exata, o comprimento do Wiesel 1 é de cerca de 3,55 metros, altura 1,82 metros e largura 1,82 metros. Com apenas 2,75 toneladas, pesa menos do que a variante blindada do veículo Humvee.

- Advertisement -

29 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
2 anos atrás

Parece de brinquedo ou de anão.

Eduardo
Eduardo
Reply to  DOUGLAS TARGINO
2 anos atrás

A esse tamanho já deveria ser operado remotamente. Esse será o futuro. Ainda sobraria o espaço dos combatentes para mais armamentos, sejam esses armamentos munições para combater de imediato ou transporte dos mesmos.

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  Eduardo
2 anos atrás

Os americanos á tem essa (con)versão….

FighterBR
FighterBR
Reply to  DOUGLAS TARGINO
2 anos atrás

Tanque de circo

FERNANDO
FERNANDO
2 anos atrás

Putz, estou precisando de um veículo assim.
Será que eles vendem??

João Adaime
João Adaime
2 anos atrás

A Engesa projetou dois blindados pequenos como este, o Jararaca, 4 X 4 sobre rodas e o Ogum sobre lagartas.
O Jararaca chegou a ser exportado, porém não foi adotado pelo EB.
O Ogum ficou só nos protótipos. Seu projeto foi inspirado no Wiesel alemão.

rdx
rdx
Reply to  João Adaime
2 anos atrás

Lembro de uma foto do Jararaca armado com o ATGM Milan. Pena que o EB não se interessou.

Santiago
Santiago
2 anos atrás

Tem matéria no Forte de 2009 sobre o EE-3 Jararaca e o EE-T4 Ogum ambos da Engesa, inclusive tem comparação com o Wiesel alemão. https://www.forte.jor.br/2009/09/24/o-blindado-engesa-ee-3-jararaca/ https://www.forte.jor.br/2009/09/22/o-blindado-engesa-ee-t4-ogum/

jose luiz esposito
jose luiz esposito
2 anos atrás

Aqui nós desenvolvemos o OGUM , porém abandonaram como sempre ,foi desenvolvido para ser superior a este .!

FighterBR
FighterBR
Reply to  jose luiz esposito
2 anos atrás

Começou…

Guilherme Poggio
Guilherme Poggio(@poggio)
Editor
Reply to  jose luiz esposito
2 anos atrás

O Ogum tinha como destino o Iraque. O EB nunca requisitou algo parecido.

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  Guilherme Poggio
2 anos atrás

O que o EB requisita , quando do Osório , preferiam o Tamoio uma piada ! Atrasados dirão , seria para nossa realidade ,porém a realidade de qualquer defesa , é a do inimigo e não a nossa !

MMerlin
MMerlin
Reply to  jose luiz esposito
2 anos atrás

O Tamoio tinha um nível de nacionalização de peças extremamente alto e atendia aos requisitos do EB.
O Osório foi projetado para o Oriente Médio, com relevo e vegetação bem diferentes da nossa e com pouquíssima tecnologia nacionail.

Antunes 1980
Antunes 1980
2 anos atrás

Não me parece muito efetivo este mini blindado.
Mas se o pragmatismo e lógica alemã, ele ainda deve ter seu papel no teatro de batalha.

Guilherme Poggio
Guilherme Poggio(@poggio)
Editor
Reply to  Antunes 1980
2 anos atrás

Eles queriam um blindado sobre lagartas capaz de ser transportado dentro de um CH-3 (como mostra a última foto).

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  Antunes 1980
2 anos atrás

Tropas PQD , Aerotransportadas e Helitransportadas levarão um Leopard para a Ação ,pensaste antes de dar opinião? No caso ,ele poderia levar misseis anticarro e um morteiro que automaticamente seria levado a posição de tiro !

Carvalho2008
Carvalho2008
2 anos atrás

Fala-se que na mesma oportunidade do famosa competição vitoriosa do Osório, também houve uma coadjuvante entre o Ogum e Wiesel, que o Ogum também teria demonstrado sua superioridade

Renato
Renato
2 anos atrás

Esse conceito de veículo não seria adequado para lançamento com tropas paraquedistas??. Lembro-me de que os russo tinham algo parecido na época da guerra fria.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Renato
2 anos atrás

Exatamente isto!

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Renato
2 anos atrás

O objetivo dele é exatamente este.

Um blindado para desdobramento rápido aerotransportado.

RENAN
RENAN
2 anos atrás

Reinventar a roda Uma versão brasileira com 2m de comprimento, 2m de largura, 1,5 m de altura. Pesando no máximo 2 toneladas completamente armado Semi autônomo. Com capacidade de ser lançado do c-390, 10 unidades por vôo. Onde possa acompanhar uma equipe de 7 paraquedista de forma semi autônoma. Pode ter sua relevância no combate moderno. Um pequeno espaço plano no topo com uma maca, pode servir de transporte de equipamentos deixando o lombo do soldado livre. E em caso de ferido pode ser usado para levar o soldado. Com a opção de controlar o mesmo por aplicativo. Ou colocar… Read more »

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  RENAN
2 anos atrás

Também tivemos os SAFOS ( Sistemas de Alta \\\\\\\\\\\\funcionalidade Operacional ) se não me engano ,para serem lançados de Paraquedas ,mas também o Exército não se interessou , como sempre !

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  jose luiz esposito
2 anos atrás

Correção Sistema de Alta Flexibilidade Operacional SAFO !

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  jose luiz esposito
2 anos atrás

SAFO 1 da JAMY e Mulas Mecnicas Biselli , procurem no Google !

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  jose luiz esposito
2 anos atrás

mas depois o EB encomendou o Chivunk….

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  RENAN
2 anos atrás

Eu imagino mini Stugs em plataformas como as que vc descreveu

Uma estabilização do canhão na vertical e 15o de lados, permitem que um equipamento assim possa operar até em ruas apertadas

Remoto ele poderia seguir à frente onde as equipes seguiriam na retaguarda apenas para remuniciar quando os projéteis acabarem. Versões porta morteiros de tiro direto e indireto, canhões sem recuo de 120 MM com ou pod de foguetes mimados entre simples ou laser guided

Um chassi padrão poderia ter versões simples tripuladas a até outras telecomandadas pela tropa

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Carvalho2008
2 anos atrás

Pod de foguetes mixados

Luiz Floriano Alves
Luiz Floriano Alves
Reply to  Carvalho2008
2 anos atrás

O grande trunfo deste blindado é a facilidade de transporte aéreo e sua mobilidade rápida no TO. Até um heli pesado pode deslocar um.Poderíamos fabricar uma versão melhor, com componentes automotivos nacionais. Um projeto para o EB considerar. Os Navais tb teriam proveito com um destes blindados. Armado com ATGM seria uma arma eficaz.

Últimas Notícias

Saab apresenta soluções inovadoras em defesa e segurança na 6ª Mostra BID

Entre os dias 7 e 9 de dezembro, a Saab participa da 6ª Mostra BID, no Centro de Convenções...
- Advertisement -
- Advertisement -