Home Defesa Bolsonaro exclui Defesa e Ciência de cortes de verbas em 2020

Bolsonaro exclui Defesa e Ciência de cortes de verbas em 2020

4579
134

O presidente Jair Bolsonaro optou por blindar despesas ligadas aos ministérios da Defesa e da Ciência e Tecnologia de bloqueios de verba no ano que vem, destaca o jornal O Estado de S. Paulo. Bolsonaro decidiu, porém, não livrar de eventuais tesouradas os gastos com compra de equipamentos para escolas infantis e de medicamentos para doenças raras, previstos no Orçamento de 2020.

A medida contrariou a equipe econômica, que havia recomendado ao presidente vetar qualquer tipo de tratamento diferenciado a ministérios na hora de contingenciar verbas. A estratégia é utilizada quando o governo enfrenta dificuldades para cumprir as metas fiscais. Neste ano, os sucessivos bloqueios de recursos ameaçaram paralisar o funcionamento da administração pública federal.

Ao todo, Bolsonaro blindou R$ 7,2 bilhões em despesas ligadas aos dois ministérios, que incluem construção de submarinos, compra de aeronaves e de cargueiros militares. No caso da Ciência e Tecnologia, todo o orçamento da pasta no ano que vem – de R$ 11,7 bilhões – passou a ser imune aos bloqueios. Este ano o Ministério de Ciência e Tecnologia tinha previsão orçamentária de R$ 13,6 bilhões.

Dessa forma, caso o governo precise economizar dinheiro no ano que vem, por exemplo, poderá congelar gastos de universidades, mas estará impedido de bloquear o valor reservado para a compra dos blindados Guarani – veículos de combate do Exército -, sob pena de a medida ser interpretada como crime de responsabilidade.

Ao preservar investimentos vinculados às Forças Armadas, o presidente atende a uma solicitação antiga dos militares, uma das bases de sustentação do governo Bolsonaro. Ao longo do ano, comandantes das Forças reclamaram com o presidente dos bloqueios de verbas, que ameaçaram programas considerados estratégicos e até o pagamento de recrutas.

Produção científica

O Ministério da Defesa afirma que, ao ter os recursos protegidos, contribui para a produção científica do País em áreas militares, que empregam mais de um milhão de pessoas – entre empregos diretos e indiretos.

“Não quer dizer que o governo esteja dando uma prioridade (ao Ministério da Defesa). O orçamento que é destinado aos programas estratégicos está muito aquém das necessidades. Isso tem levado a aumentar cronogramas de entrega. Há projetos que só vão terminar em 2040, criando risco de obsolescência dos equipamentos”, disse o general André Bastos Silva, assessor da Defesa para Assuntos Orçamentários. A ala militar ainda aponta que o orçamento total da pasta cairá de R$ 107,7 bilhões, em 2019, para R$ 72,4 bilhões no ano que vem.

De acordo com o secretário executivo do Ministério de Ciência e Tecnologia, Julio Semeghini, a atitude de Bolsonaro também garante o pagamento, em 2020, das bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) – que ficaram comprometidas neste ano, após os contingenciamentos -, além de fazer “decolar” o programa espacial brasileiro.

A escolha do presidente ocorreu quando ele sancionou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o próximo ano. Parlamentares sugeriram que o governo deixasse imune ao congelamento um número muito maior de despesas, que iam de reformas de aeroportos regionais ao programa Mais Médicos.

O Ministério da Economia recomendou o veto presidencial sobre todas as blindagens, mas Bolsonaro decidiu contrariar seus auxiliares e manteve a medida para os programas militares e de Ciência e Tecnologia.

O argumento da equipe do ministro Paulo Guedes foi o de que a limitação para contingenciar verbas contribui para “elevação da rigidez do Orçamento”, dificultando o cumprimento das regras fiscais. Hoje, 96% do Orçamento é engessado.

A recomendação da equipe econômica foi seguida por Bolsonaro quando vetou 16 tipos de despesas que seriam blindadas, caso seguisse as propostas do Congresso feitas no projeto da LDO.

Procurado para explicar o motivo de manter a blindagem na Defesa e na Ciência e Tecnologia, o Planalto não se manifestou. O Ministério da Economia também não quis se posicionar. Para eventual revisão da decisão de blindar os orçamentos das pastas, será preciso que um novo projeto para alterar a LDO seja encaminhado ao Congresso. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

FONTE: Isto É

134
Deixe um comentário

avatar
28 Comment threads
106 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
57 Comment authors
Daniel7440Marcelo DantonAndré Luiz DominguesWilson FrançaIappe10 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
André
Visitante
André

Nada contra gastos mitares e ciência. Entretanto, triste é o país que não prioriza educação e saúde. Mesmo com opiniões diversas, é impossível não concordar com o que escrevi. Paixões e opiniões sempre vão existir, mas saúde e educação representam a base de uma sociedade mais justa e igualitária.

FERNANDO
Visitante
FERNANDO

Pois é!

Fernando "Nunão" De Martini
Visitante
Fernando "Nunão" De Martini

André, nesse caso a manutenção do orçamento de Ciência e Tecnologia também significa investimento em educação:

“ De acordo com o secretário executivo do Ministério de Ciência e Tecnologia, Julio Semeghini, a atitude de Bolsonaro também garante o pagamento, em 2020, das bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) – que ficaram comprometidas neste ano, após os contingenciamentos -, além de fazer “decolar” o programa espacial brasileiro.”

Doug385
Visitante
Doug385

Lembrando que o problema da educação no Brasil não é o orçamento, mas assim como ele é aplicado. Enquanto gastamos mais com ensino superior do que com o ensino de base, continuaremos tendo os resultados catastróficos que foram recentemente apresentados.

André
Visitante
André

Caro Fernando, acompanho as discussões por aqui, a um bom tempo. E sei que uma das grandes questões levantadas são a falta de “continuidade” de programas. Posso citar a construção de fragatas, e de submarinos de tecnologia alemã no passado, como exemplos. A falta de continuidade acontece pela falta de aporte financeiro. Sei disso. Mas lembre: sem profissionais novos e com qualificação adequada, de nada vai adiantar a existência de verba para os programas. Da mesma maneira, se perde o conhecimento adquirido e possíveis upgrades, quando da aposentadoria e morte dos atuais profissionais. Volta -se ao ponto zero.

Fernando "Nunão" De Martini
Visitante
Fernando "Nunão" De Martini

“ A falta de continuidade acontece pela falta de aporte financeiro. Sei disso. Mas lembre: sem profissionais novos e com qualificação adequada, de nada vai adiantar a existência de verba para os programas. Da mesma maneira, se perde o conhecimento adquirido e possíveis upgrades, quando da aposentadoria e morte dos atuais profissionais.” André, Sem continuidade dos programas, o conhecimento não tem qualquer chance de ser repassado a novos profissionais muito antes dos atuais se aposentarem ou morrerem, simplesmente porque eles vão trabalhar em outra atividade ou país se os programas em andamento são interrompidos. E as bolsas do CNPQ ajudam… Read more »

André
Visitante
André

Creio que não entendeu. Eu disse que de nada adianta, investimento na continuidade sem garantia de mão de obra. Quanto às bolsas de pesquisa, representam a ponta do iceberg. Trabalho na área. Investimento em educação deve ser amplo na base e no pós doc.

Fernando "Nunão" De Martini
Visitante
Fernando "Nunão" De Martini

“ Creio que não entendeu. Eu disse que de nada adianta, investimento na continuidade sem garantia de mão de obra.”

Entendi sim, e complementei com a informação de que bolsas do CNPQ também são investimentos em mão de obra.

GFC_RJ
Visitante
GFC_RJ

Caro Nunão, Somente um adendo, exceções à parte que possam existir (afinal, o Brasil é o país do “veja bem”), em tese, a formação de novos pesquisadores é responsabilidade da CAPES, sob o ministério da educação, e os bolsistas têm de estar cursando pós-graduações, isto é, são estudantes de alguma forma. Já o CNPq financia pesquisadores, sob o MCTIC, dentro de programas de pesquisas. Se for de interesse de alguém, segue abaixo uma aprensentação no congresso, desta última quarta feira, em que o nosso Ministro da Ciência fala sobre as últimas de Alcântara e logo depois o diretor do CNPQ… Read more »

André
Visitante
André

Correta afirmação.

Fernando "Nunão" De Martini
Visitante
Fernando "Nunão" De Martini

GFC_RJ,
O CNPQ oferece bolsas que vão do ensino médio à pós-graduação, em diversas áreas. Sugiro olhar o portal do CNPQ.

GFC_RJ
Visitante
GFC_RJ

Caro Nunão. Sim. É verdade. Eu não te discordei. O CNPq, tal qualquer instituição pública brasileira, tem programas que entram em objetos que não são objetivos primários dela. Apenas falei que a missão primária do CNPq é a pesquisa científica. A educação é com outra instituição. Não à toa, de orelhada, estão pedindo a fusão da CAPES com o CNPq, porque vários programas se confundem em diversas atividades. Lembra que eu disse que o Brasil é o país do “veja bem”? Pois então… Como exemplo… É função do exército construir estradas? Não. A missão do exército é defender o país… Read more »

André
Visitante
André

Correto novamente GFC_RJ.

João Girardi
Visitante
João Girardi

“Saúde e educação”

O mantra da panaceia política brasileira.
Só que pra você estudar primeiro precisa estar VIVO.
Então prioridade de todo governo tem que ser defesa e segurança.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Nos últimos setenta e cinco anos não tivemos ameças à vida que justificassem grandes gastos militares.
Alguns consideram ausência de riscos desde a Guerra do Paraguai.

Aguiar
Visitante

Que grandes gastos?
5 submarinos em mais 20 anos, 36 caças em mais 20 anos, isso aqui e Brasil, quase 8 Trilhões de PIB anual, o Brasil é grande e rico, basta não roubar e gastar certo o dinheiro arrecadado nós impostos…pesquisa quanto se gasta com educação superior no país para formar 15% da mão de obra com terceiro grau pois 85%vem das universidades particulares… na minha opinião mais investimento no ensino fundamental e médio, quanto ao superior, auditoria nas universidades federais e restruturação total para tornalas mais eficientes e menos onerosa!!!

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Tudo bem, mas contingencie como as outras pastas.

Adriano Luchiari
Visitante
Adriano Luchiari

Ensino fundamental, médio e profissionalizante universal e de qualidade com financiamento público. Faculdades e universidades públicas ou particulares pagas, bolsas de estudo para alunos carentes com financiamento público por mérito.

rui mendesmendes
Visitante
rui mendesmendes

Vê o quanto é rico, informando o pib per capita, não o pib total, pois podes ter um país com 16 Trilhões, mas com uma população de 900 milhões, quando dividissem os trilhões, dava uma população na pobreza. Ainda para mais com um território enorme, com muita falta de infra-estruturas em muitas partes desse país. l

André
Visitante
André

Caro João, não trata-se de “mantra”. Se estudar a tese em questão vai perceber que todas as sociedades que realmente deram saltos qualitativos, investiram de maneira colossal em educação.

OSEIAS
Visitante
OSEIAS

Caro André, você já imaginou investimentos vultuosos em educação? Um povo com conhecimento, sabedor de seus direitos e deveres?
Ai não permitiriam as atrocidades de um supremo que rasga a constituição, e nem elegeria tais políticos.
É melhor não investi não kkkkkkkk
Vamos deixar o povo em coma induzido mesmo.

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Quando estiver doente procure o quartel do exército então. Vão lhe dar pólvora e C4 como remédio…

Gabriel
Visitante
Gabriel

Mimimi…”sociedade igualitaria”…mimimi…”sociedade mais justa”…
Parece alguém procurando um paraíso socialista.
O aeroporto está logo ai e Cuba está ao alcance.

André
Visitante
André

Sua limitação de argumentação nem merece preocupação. Em tempos de grande exportação de proteína animal, vai sobrar muito pasto para pensamentos e pessoas assim.

rui mendesmendes
Visitante
rui mendesmendes

Mesmo, tens absoluta razão, os argumentos da moda, sem conteúdo algum.

André
Visitante
André

É repugnante alguém acreditar que uma “sociedade mais justa e igualitária” é coisa de socialista. São pensamentos rasteiros como esse, carregados de limitação crônica e de uma dose elevada de “achismo” ( paraiso socialista? – vá se tratar cara pálida!) Que mostram o que é chamado do “alvorecer do homem medíocre” que despreza o conhecimento frente a suas convicções. Conhecimento nunca foi e nunca será opinião. Passa vergonha. E muita.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

André

Não são sujeitos medíocres.
São espertos que se aproveitam ou se escoram em situações legais de momento para poderem tirar proveito.
Isso tudo em detrimento da sociedade.
Só que a sociedade e as leis sempre mudam e o que está baseado em lei pode não estar no futuro.

André
Visitante
André

Antoniokings creio que as pessoas deveriam ver o significado do termo “medíocre”. Ficariam surpresas. Antes de ofensas pela falta de conhecimento, deve-se saber que o significado é “mediano”. Infeliz de alguém que achar que é uma ofensa.

OSEIAS
Visitante
OSEIAS

André, quero aqui mais uma vez apoiar seu raciocínio. A ignorância em todas as faces, é um vírus perigoso que contamina cada vez mais e mais e o primeiro sintoma é cegueira, seguido de loucura que acaba com a morte do mais fraco. Toda via quem defende um regime democrático que não gosta do debate e a troca de ideias, está apenas travestido de democrata, mas não passa de um déspota com sangue nos olhas em busca de vingança de algo que só existe em sua cabeça. Os pensamentos desse menino por sua vez é fruto de um sistema educacional… Read more »

André
Visitante
André

Obrigado caro Oséias por entender o raciocínio.

Wilson França
Visitante
Wilson França

Resumiu precisamente.

PauloR
Visitante
PauloR

Gosta de liberalismo amigo? Vai pra Somália ou Afeganistão, lá o estado é minimo.

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Somália tem uns 30 Estados lutando entre si. Está longe de ser um estado mínimo..

GFC_RJ
Visitante
GFC_RJ

“Gosta de liberalismo amigo? Vai pra Somália ou Afeganistão, lá o estado é minimo”. JC! Onde começo?! Reduzir liberalismo a estado mínimo é o mesmo que socialista falando de mercado contra a sociedade, como se o primeiro não fosse vivesse em função do outro. Eu sou um liberal e, sim, sou contra um estado que morde mais de 40% da economia e entrega à sociedade muito pouco. Como liberal, acredito na LIBERDADE individual, sem uma instituição superior (Estado) que dirija o que se deve fazer, o que se deve pensar, o que se deve empreender, o que se deve ler,… Read more »

Gil
Visitante
Gil

O Brasil gasta muito em escolarização (educação vem de casa), gasta o mesmo que todos os países da América do Sul juntos, o Brasil não deve gastar mais, deve gastar melhor. (o mesmo vale para saúde)

Para mim o dinheiro deveria de ser destinado maiormente ao ensino de base e para as universidades o criterio deveria ser por mérito, a China de Deng Xiaoping entendeu isso (também entendeu que o capital não era o inimigo) e hoje a China é Top 1 em leitura, matemáticas e ciencia no mundo.

Marcos R.
Visitante
Marcos R.

Não gastamos mal do em educação, nossos impostos sustentam um elefante branco devorador de dinheiro. Veja abaixo quanto cada Estado RECEBE e REPASSA ao Governo Federal (via arrecadação de Impostos). Depois faça as contas e veja quem sustenta quem? É assustador… O Brasil que trabalha e SUSTENTA… e o Brasil que não produz e É SUSTENTADO. A maioria dos estados é deficitária e é sustentado pelos outros que mais trabalham e produzem. *Maranhão* PAGA: 1.886.861.994,84 RECEBE: 9.831.790.540,24 Saldo NEGATIVO: -7.944.928.545,40 *Bahia* PAGA: 9.830.083.697,06 RECEBE: 17.275.802.516,78 Saldo NEGATIVO: -7.445.718.819,72 *Pará* PAGA: 2.544.116.965,09 RECEBE: 9.101.282.246,80 Saldo NEGATIVO: -6.557.165.281,71 *Ceará* PAGA: 4.845.815.126,84 RECEBE:… Read more »

Andre Luis
Visitante
Andre Luis

Prezado, enquanto não tiver uma reforma na nossa educação, eliminando a metodologia Paulo Freiriana, não vai adiantar nada investir mais dinheiro. O valor gasto com nossa educação já é alto e com um resultado prático bem coerente com o que de FATO a metodologia Paulo Freiriana intenciona/objetiva alcançar.

André
Visitante
André

Desculpe. Não querendo criar um conflito, qual sua formação para argumentar contra a questão de Paulo Freire? Gostaria de saber com todo respeito a base de sua argumentação, para que eu possa aprender mais. Iria odiar achar que tal posição é mais um “achismo” de especialista de Facebook. Aguardando respeitosamente os dados.

Andre Luis
Visitante
Andre Luis

Minha formação? Por que? Precisa de formação para criticar Paulo Freire? As universidades estão formando ‘autoridades’, agora? Não se pode criticar uma autoridade ou alguém que foi ‘lobotomizado’ por uma instituição aparelhada? rsrs! Brincadeiras a parte, respondo sua pergunta: sou professor! Trabalhei em escola pública e privada. Percebi nitidamente a diferença de um ensino privado e de um ensino público. Paulo Freire A-CA-BOU com a educação pública brasileira (especialmente a educação básica). E era essa a intensão dele, visto que ele era um militante da esquerda. E a esquerda (também conhecida como revolucionários, progressistas, liberais) é um instrumento a serviço… Read more »

André
Visitante
André

Caro senhor, poderia realmente responder a pergunta e dizer qual o seu conhecimento da obra de Paulo Freire? Aguardando –ainda– resposta. E por favor, limite-se a resposta, sem “achismo” ao meu respeito. Afinal, fazendo isso (me julgando de esquerda) abre o precedente frente a sua limitada resposta ao meu questionamento, para acreditar em uma formação medíocre da sua parte, e que apenas repete como um papagaio, sem ter noção do trabalho de Paulo Freire.
Sem mais, prezado.

Wilson França
Visitante
Wilson França

O argumento do sujeito se resume a: é ruim porque é de esquerda. Brilhante. Fruto de pesquisa e avaliação.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Prezado
Além do investimento em CT reverter em educação, como Nunão escreveu, a continuidade dos PEE se revertem em CT q se revertem em educação. E a multa por não cumprir contratos…. é cruel…
Além disso, é normal (espero q nesse governo, não) a Defesa ter de gastar “correndo” no final do ano, o q os outros ministérios não tiveram competência pra tanto.
Ou seja…
É mais complexo…
Sds

André
Visitante
André

Entendo sua posição. Mas existem diferenças. Recomendo ver a resposta de GFC_RJ a postagem do senhor Nunão.

Fernando "Nunão" De Martini
Visitante
Fernando "Nunão" De Martini

Como eu já respondi lá em cima, há diferenças entre Instituições que concedem bolsas para pesquisas, mas, respeitadas essas diferenças na atuação e no foco principal, o fato é que o CNPQ tem bolsas que vão desde o ensino médio à pós-graduação.

http://www.cnpq.br/web/guest/apresentacao13/

Canarinho
Visitante
Canarinho

Ha de se considerar que gastos em ciencia e tecnologia e defesa se reverte em mais riqueza e prosperidade para a sociedade. exemplifico:

O que eh gasto na indústria nacional
Na profissionalização da tropa (recrutas) que depois vao para a sociedade
Na pesquisa em centros do exercito ou para desenvolvimento de tecnologias militares que depois se tornam produtos civis que vao ter competitividade no mercado

Luís Henrique
Visitante
Luís Henrique

Até as coisas boas que o governo faz, sempre tem que criticar.
Saúde e educação possuem investimentos Estaduais e Municipais. Além da iniciativa privada através de escolas particulares, universidades particulares, hospitais e planos de saúde particulares.

Ari
Visitante
Ari

Problema da educação no país NUNCA foi falta de dinheiro. Pode até triplicar o valor de repasse, que com esse método Paulo Freire, de nada adiantará.

André
Visitante
André

“Método Paulo Freire” ? O senhor deve estar de brincadeira. Basicamente é o cientista brasileiro com obra mais citada nas grandes universidades do PLANETA. Acredito na liberdade do pensamento, desde que baseada em informações científicas comprovadas, e não em achismo de algum especialista de redes sociais. Com todo o respeito, fala uma asneira enorme. É por isso que vivemos situações como a idéia de que a “Terra é plana” e “vacina faz mal, e só torna laboratórios ricos”. Sua opinião ou a de qualquer pessoa, nunca vai ser conhecimento. Opinião é democrática, conhecimento definitivamente não. A luz de qualquer indivíduo… Read more »

Wilson França
Visitante
Wilson França

Acaba com esse negócio de educação, dá uma arminha para cada um e bola pra frente. Cada um que vá empreender com sua arminha.

gabriel
Visitante
gabriel

Saúde e Educação recebem uma pá de grana todos os anos, 6% do PIB vai para a educação, dado esse fato, o Brasil é um dos países com maior orçamento para educação por ano, maior que a média dos países desenvolvidos que é de 5,5% do PIB, entretanto somos pior que o Peru, a questão não é verba mas sim como ela é gerida, basta olhar para as universidades, infestadas de professores e reitores militantes, que muitas das vezes, ficam desviando verbas das universidades para atos de militantes e programas que não irão agregar em nada na sociedade, nem no… Read more »

André
Visitante
André

Com todo respeito, você está errado. Basta ver o quanto se gasta por aluno no Brasil em comparação com países da OCDE. Busque dados concretos e pare de achismo. A discussão torna-se mais produtiva e interessante.

MMerlin
Visitante
MMerlin

A educação precisa passar por uma reestruturação total. Do jeito que estão não funciona. Crianças sem estrutura e professores sem capacidade técnica especializada. Pré-adolescentes que sabem o mínimo do básico em matemáticas e não conseguem interpretar um conteúdo simples. Adolescentes que tem aversão a estudo e só pensam na exposição social. Pais que terceirizam a educação do seu filho e o discernimento entre certo e errado para as escolas Jovens se transformando em ideólogos em uma universidade estudando na área de humanas. O Brasil está altamente atrasado a nível industrial e tecnológico. Precisamos de investimento nas áreas de pesquisa e… Read more »

João Moro
Visitante
João Moro

André, então vamos cobrar do legislativo que quer tirar orçamento da educação e saúde para aumentar o Fundo Partidário e do legislativo que aplique melhor o suado dinheiro que o cidadão paga em seus impostos.

Iappe10
Visitante
Iappe10

Bom dia André! Realmente é triste um governo que não prioriza educação e Saúde. Mas primeiro pesquise quantos % da receita anual do governo vai para essas áreas. Maior parte fica com gastos com salários, aposentadoria e pensões. Segundo, para a educação receber mais dinheiros, e necessário reformular todo o sistema de ensino no Brasil, por que se não fizer isso será apenas rasgar dinheiro como foi feito no passado. Já que nossa avaliação no Pisa cai acada avaliação. O Brasil já investe proporcionalmente o valor em porcentagem do seu PIB em comparação a muitos países desenvolvidos, o problema é… Read more »

André Luiz Domingues
Visitante
André Luiz Domingues

Gastamos menos do que a média da OCDE para cada aluno em dólares anuais. Percentual do PIB, fornece um dado mascarado frente a países com intensa desigualdade. ( Brasil, um dos 15 maiores PIBs, e um dos 10 piores em distribuição de renda).
P.s: Saiu o IDH novo. Caímos uma posição. Estamos agora empatados com a Colômbia.

alexandre
Visitante
alexandre

Tem que cortar do legislativo, judiciário e principalmente do fundo partidário…

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Bem como (e principalmente) do sistema de aposentadoria dos militares que insiste em manter privilégios que acabaram para o restante da sociedade.

OSEIAS
Visitante
OSEIAS

Uma pequena frase, mas carregada de uma enorme verdade.

Daniel7440
Visitante
Daniel7440

Cortar do Judiciário? Você está de sacanagem né? HAHAHAHAHAHAHAHA

Deixa eu adivinhar a próxima sugestão: colocar generais pra julgarem processos, ao invés de juízes. Vai dar certo sim, pode confiar

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Questão de prioridades.

Fabio Jeffer
Visitante
Fabio Jeffer

Kings
Cuba é logo ali, é só vazar se vc não estiver de acordo.
Mas claro que vc não seria a favor da manutenção da verba pra defesa e ciência, assim como todo esquerdista vc quer verba pra Ongs, sindicatos, MST e outras roubalheiras do PT

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Eles preferem mandar dinheiro para artistas doutrinados.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Fábio Jeffer

Estava pensando em conhecer o inferno socialista (Cuba), mas antes dando uma passadinha em um paraíso capitalista tipo Haiti, Honduras, Guatemala e etc.
As opções na Região são muitas.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

você escolheu um país capitalista miserável para conhecer.

Antes de ir sugiro procurar um país socialista bem desenvolvido.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Não existe, pois países socialistas não costumam explorar outros povos nem esfolar sua população.
Não me lembro de nenhuma multinacional soviética explorando trabalhadores em plantações de bananas na América Central, por exemplo.
Aliás, não havia multinacionais soviéticas.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Ue a URSS esfolou a alemanha . Ucrania e polonia

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Só que os países socialistas acabam todos miseráveis, menos a classe dominante.

No fim é bem mais desigual ainda, porque quem está por baixo não tem condições de mudar a sua condição, somente se for um vendido para o partido.

Gabriel
Visitante
Gabriel

Excelente notícia.
Que seja assim nos próximos anos.
Os programas de Governo podem sofrer atrasos, os programas de Estado não.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Esse é o problema.
A sociedade não está nem um pouco interessada nesse ‘programa de Estado’.

Gabriel
Visitante
Gabriel

Não entendo porque você passa vergonha em “fóruns” brasileiros.
Deveria aproveitar tua volta, com o fim do programa de médicos cubanos no Brasil, para se dedicar a fabricar charutos.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Pelo menos os médicos cubanos tinham dignidade e levavam auxílio a pessoas que estavam em lugares node ninguém queria ir.
Não ficavam a pintar meio-fio com cal branca o dia todo e reivindicando aumentos salariais e privilégios que faltam ao restante da população.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Cao!!! Tinha médico cubano em prefeituras q interessavam ao PT!!!!!!
Conheço médicos brasileiros DEMITIDOS, pra dar vaga pra cubano.
Médicos cubanos em cidades vizinhas de cidades com Faculdades de medicina!!! Prefeito do PT!!

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Médico brasileiro gosta de consultório em Ipanema, Leblon e Morumbi.
Conta outra.

EduardoSP
Visitante
EduardoSP

Para qualquer prefeito era melhor demitir o seu médico e pedir um médico do Programa Mais Médicos (não apenas cubanos, mas brasileiros e de outras nacionalidades). Isso porque ele deixava de ter uma despesa financiada pela prefeitura e passava a ter um médico pago pelo governo federal.
Isso não tem nada de partidarismo, meu caro, é economia.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Foi isto mesmo que aconteceu.

Um médico de verdade para estas cidades pequenas custavam 2x, 3x mais que um cubano.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Prezado
Economia por parte do prefeito, mas por parte da União, não.
Mandou médico pra onde não precisava, pra apoiar a prefeitura de seu partido.
Além de partidarismo da União, é mal gasto do recurso público.
Sds

Wilson França
Visitante
Wilson França

Deixa de ser mentiroso, rapaz. Tá cheio de vaga para médico sobrando em municípios distantes e nenhum brasileiro quer.

Fabio Jeffer
Visitante
Fabio Jeffer

Kings
Cuba é logo ali, é só vazar se vc não estiver de acordo.
Mas claro que vc não seria a favor da manutenção da verba pra defesa e ciência, assim como todo esquerdista vc quer verba pra Ongs, sindicatos, MST e outras roubalheiras do PT

Gil
Visitante
Gil

A Trilogia ultimamente tá cheio de viúva petista
Só contar, elas não vão resistir em dar um dislike

MMerlin
Visitante
MMerlin

O cara é uma máquina de receber deslikes.
Se alguém deu deslike é porque leu. Isso já o torna feliz.
É muito cômodo pregar, de longe, a ideologia dos regimes que ele aprecia.

Gil
Visitante
Gil

A sociedade pensante está a favor de programas de estado.

Kommander
Visitante
Kommander

Sociedade pensante? Essa foi pesada, tive que rir.

OSEIAS
Visitante
OSEIAS

Realmente a sociedade brasileira desconhece a importância de certos programas militares, fruto da nossa combalida educação. Mas quando petróleo é jogado na costa brasileira, causando impacto ambiental impossível de mensurar, e trazendo prejuízos econômicos aos ribeirinhos e a setores do turismo no inicio da alta temporada (e estou simplificando muito). Ai vem aquelas perguntas: “Nossa, como a marinha não sabe quem foi?” “Nós não temos meios para monitorar isso?”, “Como isso aconteceu e não vimos?”.

Abraço

Agra
Visitante
Agra

Falou tudo, Oseias.
Ainda tem gente aqui que vem pra negativar seu comentário. As FA tem feito um grande trabalho para conscientizar a população da importância do investimento em Defesa

Heinz Guderian
Visitante
Heinz Guderian

Quem disse que a sociedade não está interessada nesse programa? Fale por você e não pelos outros.

Ozawa
Visitante
Ozawa

Justifique-se como quiser: que é um fato da sociedade humana, que se um não fizer assim, outro assim fará. Mas uma sociedade que investe em armamentos em detrimento da manutenção natural da vida, é uma sociedade que ruma para o fracasso da sua própria existência.

E a ausência de escrúpulos dessa predileção é nota dos governos mais espúrios em todas as épocas e lugares.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Mais conhecido como: “Farinha pouca. Meu pirão primeiro.’

André
Visitante
André

Longe de paixões e achismo sem base nenhuma, sua publicação Ozawa é sóbria e consciente.

San
Visitante
San

Pelo seu comentário, parece que o governo entrou em uma corrida armamentista e está colocando todo o orçamento para a área mílitar, o que não é o que está escrito no texto.

Agra
Visitante
Agra

Pelo o teu comentário parece que ele vai tirar dinheiro dos remédios e colocar em submarino. Sabia que o MEC e o Min. Saúde tem muuuito mais verba que o MD?

João Moro
Visitante
João Moro

Além de que o orçamento da Educação e Saúde foi roubado para incrementar o Fundo partidário.

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Será que dessa vez estão começando a aprender a lição?
Vamos esperar para ver!

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

O problema da saúde no Brasil não é falta de dinheiro , mas sim a incapacidade das secretárias estaduais e municipais de executar orçamento. É por isso que se diz que o orçamento de saúde e educação no Brasil é fictício( só existe no papel)…ninguém executa os valores que estão no papel e bilhões são devolvidos para a União todos os anos em função da burocracia estadual não saber fazer projeto direito.

Space Jockey
Visitante
Space Jockey

Bom, muito bom, pelo que entendi agora se for para contingenciar vai ter que ir a plenário do Congresso.

GFC_RJ
Visitante
GFC_RJ

Muita tempestade por pouco. Reclamações sem foco. Sendo prático… A LOA 2019 foi proposta no governo anterior levando em conta um crescimento esperado do PIB que não veio. O orçamento acabou sendo cumprido pelas receitas extraordinárias de privatizações e concessões. O governo segurou dinheiro até o final, aguardando o resultado do leilão da cessão onerosa. Depois soltou e o orçamento vai ser (mal) cumprido este ano. Para 2020, o MF foi mega-conservador ao enviar a PLOA para o congresso. Dificilmente haverá tantos contingenciamentos ano que vem. Fora que a receita extraordinária deverá ser grande. Portanto, aposto que esse dispositivo (ou… Read more »

André
Visitante
André

Posição sóbria frente a questão.

Kommander
Visitante
Kommander

Por mais comentários assim. Grato.

alexandre
Visitante
alexandre

A sociedade que não investem em defesa, é conquistada por outra mais poderosa, é assim desde a antiguidade, guerras por terras, aguas, escravos e territorio…

André
Visitante
André

Recomendo ler a análise de Ozawa, pouco acima.

Augusto
Visitante
Augusto

O Nhonho acabou de dizer que tentará mobilizar o Congresso para barrar essa ideia. Disse que prefere um “corte linear”, que afete todos os ministérios. Essa Constituição de 1988 infelizmente tirou o poder de decisão e mando do chefe da nação e o colocou nas mãos do judiciário e dos parlamentares (estes, de baixíssimo nível).

Andre Luis
Visitante
Andre Luis

Parabéns, presidente Bolsonaro! Terá meu voto em 2022.

DaGuerra
Visitante
DaGuerra

Muito boa medida! Priorizando 2 áreas chaves no progresso de qualquer Nação .

Alessandro
Visitante
Alessandro

Interessante que os mesmos que reclamavam dos cortes na defesa em governos anteriores, agora são os mesmos que choram do atual governo fazer o contrário, vai entender essa “coerência” rsrs…

Bardini
Visitante
Bardini

Eu só quero saber, é como as FFAA vão justificar sua ineficiência, agora que vão receber a tão sonhada a previsibilidade.

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Essa eu pago para ver.

Agra
Visitante
Agra

Ineficiência porque? Atualmente as FFAA estão cumprindo funções que nem são delas..

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

Tem razão, capinar mato e limpar quartel não é função das forças armadas. Por isso advogo pela redução de contingente…

Agra
Visitante
Agra

Uma das funções que as Forças Armadas atualmente cumprem que não são delas: 1 – Dar saúde aos necessitados no interior do Amazonas (o Min da Saude deveria fazer isso) 2 – Construir rodovias (quem deveria fazer é o DNIT) 3 – Policiar fronteiras (Quem deveria fazer é a PF) 4- Combater a Dengue, Vacinar cachorro 5 – Fazer papel de policia no RJ e em outros estados, quando convocado Tudo isso tem um puta custo e precisa de grandes efetivos. Recentemente o EB estava na operação fronteira sul. Diretamente foram empregados Milhares de homens, imagina indiretamente pra colocar toda… Read more »

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

De todas quero ver os almirantes malucos

Americo Roscia
Visitante
Americo Roscia

Só que vc esquece de levar em conta que o orçamento da defesa vai ter um corte de mais de 30 BILHOES.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Deve ser muito frustrante para quem toma esse tipo de decisão receber essas críticas da mídia e de seus cidadão. Não me refiro às críticas às presepadas que o governo e seus “aliados” têm cometido desde a posse e até antes dela. Me refiro à tomada das decisões difíceis. A situação econômica do país está dando uma ligeira melhorada. Os índices começam a dar uma animada. Mas a situação ainda não é boa. Ainda há um grande rombo nas contas públicas. A situação fiscal ainda é preocupante. Então o governo se pega em um dilema. Manter as políticas de austeridade… Read more »

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Cortar verba de medicamentos para doençaa raras, que em geral são astronomicamente caros e que a esmagadora maioria das famílias não tem como custear para comprar mais Guaranis (se é que vão mesmo para aquisição de material novo e não para gordos salários e pensões) é no mínimo um ato espúrio e cruel quando há outras áreas muito menos sensíveis (ou mesmo dramáticas) passíveis desse corte orçamental ao invés de medicamentos para quem mais precisa e não pode pagar por eles.

Marcos
Visitante
Marcos

Deixe de ser idiota

Esse tipo de medicamento em 99,99% das vezes é recebido após o paciente e/ou a família entrar com uma ação judicial

Nenhum juiz vai negar o acesso ao medicamento por causa dos cortes

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Olha o tamanho da idiotice e o disparate desse senhor…Algo que é previsto no orçamento e vital para um paciente portador de doença, no mais curto espaço de tempo para o mesmo, agora via de regra terá que ser obtido mediante a judicialização da questão e da boa vontade de um juíz analisar o caso. Até lá a maioria dos pacientes já faleceram ou tiveram complicações irreversíveis. Mas isso é melhor que cortar gastos de outra área qualquer, que não seja para finalidade de entes tão vulneraveis como portadores de doenças crônicas e/ou raras, e tudo isso pra que alguns… Read more »

Marcelo-SP
Visitante
Marcelo-SP

Ninguém cortou verba de medicamentos. É preciso aprender a ler. Preservar a Defesa e C&T de eventuais cortes não significa cortar verba da área A ou B. SE (!) houver cortes, a decisão de como e o quê cortar é uma decisão futura, a seu tempo. Ninguém definiu isso agora. Apenas o jornalista do Estadão fez uma matéria ruim, opondo supostos cortes “comoventes” à decisão de preservar as áreas citadas. O intuito, como sempre, é cavar um crítica, usando uma situação que não existe e não foi colocada. Infelizmente, tem gente que embarca sem raciocinar – ou por birra –… Read more »

Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Aprenda o senhor interpretação de texto e um pouquinho de honestidade, porque está dito na matéria e o presidente Bolsonaro confirmou em live que uma das áreas afetadas por esse corte será de fato os medicamentos para doenças raras. A não ser que o senhor saiba mais que o próprio presidente e a equipe do governo que submeteu essa PLOA, melhor não dizer nada.

Agra
Visitante
Agra

Ninguém disse que ele vai tirar dinheiro de remédio e vai colocar em submarino. O Min. Saúde tem orçamento muito maior que o MD. Para de falar merda. Reflita sobre a matéria. Pesquise. Não se guie por fontes e “jornais”

Marcelo-SP
Visitante
Marcelo-SP

Nesse corte??? Que corte??? Vocé leu sobre algum corte nesta matéria??? Realmente a educação brasileira está uma lástima… o cara não entende o que lê…

Faz o seguinte: compre um dicionário e procure a palavra “eventual”, (plural: eventuais). E então releia a parte do texto que diz “Bolsonaro decidiu, porém, não livrar de EVENTUAIS tesouradas os gastos…”. Quem sabe com a ajuda do Pai dos Burros você entenda.

Marcos
Visitante
Marcos

É bom ver os hipócritas ladrando “Tirar da educação e da saúde”

Nem parece que somos o país que ficou nas últimas colocações do PISA e que possui milhões de pessoas em filas de espera para receber um tratamento médico

Uai, não estamos em 2020? Pensei que isso só iria acontecer em 2020

Oseias
Visitante
Oseias

O problema do orçamento brasileiro é que sempre inflam a previsão de receitas, para enfiarem mais gastos. Aí quando a realidade aparece, o ministerio da fazenda/economia é obrigado a realizar os contingenciamentos. E sempre sobra para a defesa o maior corte. Num cenário destes é impossivel fazer planejamento de programas militares, pois nunca sabem o quanto estará disponível nem para o ano corrente, muito menos para os próximos anos.
Parece que para o próximo ano, o governo já fez uma previsão mais conservadora, para evitar este tipo de problema.

Aguiar
Visitante

Parabéns Bolsonaro, esse me representa!!!

Léo
Visitante
Léo

Li alguns comentários, sobre o assunto, alguns não gostaram, outros entendem, mas ngm conseguiu ver a situação em um contexto fora do escopo interior e passou a ver no escopo exterior. Se o Bolsonaro bateu o pé, e não seguiu o conselho do Paulo Guedes, pode ser que há algo além, e que a área econômica, não saiba. Algo relacionado em manter as capacidades militares em uma condição mínima de defesa, ou uma preparação para haver uma ampliação massiva de investimento em 2021. Nem tudo que sai na mídia é o que realmente acontece nesse governo. Se houver mais algum… Read more »

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

O curioso dessa questão é que eu não to vendo publicações na mídia cobrando o congresso, que está prestes a derrubar o veto do presidente, possibilitando aumentar o fundo eleitoral. O cara de pau do Rodrigo Maia falou, ontem, que essa grana que está sendo remanejada no PLOA da saúde/educação para o fundo eleitoral não irá impactar nos projetos daquelas áreas. E outra questão é que ele disse que o congresso irá tentar fazer (vão conseguir, claro) que a previsão de contigenciamento seja linear entre os ministérios, ou seja, cortar igual para todos. E tenho que fazer uma ressalva aqui.… Read more »

André
Visitante
André

Perfeito. Sobriedade no comentário.

Luiz Henrique
Visitante
Luiz Henrique

Ao que tudo indica o parlamento vai derrubar isso, botem na conta do Sr Rodrigo Maia.

Marcelo-SP
Visitante
Marcelo-SP

Aliás, para quem acompanhou o assunto esta semana, comentaristas econômicos andaram dizendo que a equipe econômica foi extremamente conservadora no orçamento de 2020, o que não aconteceu com o orçamento de 2019 feito pelo governo anterior.

Isto pode resultar em que, pela primeira vez em décadas, em 2020 as contas não precisem ser contingenciadas ou efetivamente cortadas.

Aguiar
Visitante

Alguns de vcs ( esquerdistas) não tem noção do que está acontecendo com o País, pela primeira vez temos um presidente com uma equipe técnica e bem intencionada conduzindo o Brasil, neste ano(2019) chegaremos a 1 milhão de pessoas empregas com carteira assinada a mais que o ano passado, tenho orgulho de ter votado certo, como dizem os flamenguistas, pula o muro que ele tá baixo, ainda dá tempo, parem de passar vergonha!!!

André
Visitante
André

Juro pelo grande arquiteto do universo que gostaria que isso fosse o futuro de 2020. Todavia, é realmente muito inocente da minha parte acreditar em não contingência de orçamento. Lembra de um único ano em que isso aconteceu na última metade de século?

Camargoer
Visitante
Camargoer

Olá André. Acho que a gente sempre precisa ser um pouco cético sobre a lei orçamentária. A primeira coisa a ser lembrada que ela é muito mais uma previsão de receita do que de gastos. A arrecadação vai depender do desempenho da economia. Se a economia for melhor do que o esperado (um pouquinho melhor) sobre um dinheirinho em dezembro. Se for pior, vai faltar. É comum que o orçamento seja ajustado ao longo do ano. Adia um gasto, revisa uma conta, faz uma ou outra adequação. Tem que ser feito mesmo. Outra coisa são as prioridades dos gastos em… Read more »

RENAN
Visitante
RENAN

“A ala militar ainda aponta que o orçamento total da pasta cairá de R$ 107,7 bilhões, em 2019, para R$ 72,4 bilhões no ano que vem”

Alguém sabe me explicar está mágica?
Onde será cortado este valor?
Como iram pagar os salários e benefícios dos militares?

Temos de investimento 11 Bilhões ano, custeio 5 Bilhões, como irá tirar 35 Bilhões do orçamento?

tadeu54
Visitante

Investir em Ciência & Tecnologia é investir no futuro, os ganhos que virão compensarão e muito o valor investido !
Quanto ao orçamento de Defesa, vale lembrar o imenso descaso que vem acometendo esta área nos últimos 20 anos pelo menos !

Marcos
Visitante
Marcos

Em 2018, dos 104,75 bilhões previstos, apenas 92 bilhões foram executados
Em 2019, dos 109,20 bilhões previstos, apenas 77 bilhões foram executados

Tem que excluir mesmo, bando de mentiroso. Ainda lembro do Presidente e do Ministro da Economia (janeiro) afirmando que não haveria cortes na pasta

Americo Roscia
Visitante
Americo Roscia

Veja o diário oficial de 20/12/18, novos medicamentos para doenças raras foram incorporados a lista do SUS, a judicialização e feita para medicamentos fora dessa lista.

Marcelo Danton
Visitante
Marcelo Danton

Com a industria 4.0 até a educação esta correndo perigo, pois não precisaremos, no futuro, de gente tão educada.
Uma coisa tenho certeza absoluta..algoritmos não conseguem ainda lavar latrinas, levar cachorro pra passear e deixar seres humanos menos hipócritas.
Já escutaram falar de autodidatas?! Nunca ficou tão fácil ser um hoje em dia.

A ÚNICA educação que prezo/priorizo é a do ensino fundamental integral. Esta sim tem de ser de excelente qualidade desde a creche.
Ensino Médio?! Só prezo o Técnico.
Universidades?! Só prezo se direcionadas para ganhar Nobel…ou seja …com gente excelente MESMO para gastar meu dinheiro dos impostos.