sexta-feira, julho 30, 2021

Saab RBS 70NG

Foguetes atingem base usada pelos EUA no Iraque

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Foguetes caíram na base aérea de Ain al-Asad, no Iraque, onde estão forças americanas, disse uma autoridade americana à Reuters.

Ainda não há informações sobre danos, vítimas do ataque com foguetes, segundo a autoridade dos EUA.

O ataque à base aérea de Ain al-Asad ocorreu depois que facções pró-Teerã no Iraque prometeram unir forças para “responder” a um ataque aéreo americano que matou o general iraniano Qassem Soleimani e o principal comandante iraquiano Abu Mahdi al-Mohandes em Bagdá na semana passada.

Declaração do Departamento de Defesa dos EUA sobre os ataques de mísseis balísticos iranianos no Iraque

Declaração do Assistente do Secretário de Defesa para Assuntos Públicos Jonathan Hoffman:

Aproximadamente às 17h30 (EST) em 7 de janeiro, o Irã lançou mais de uma dúzia de mísseis balísticos contra forças militares dos EUA e de coalizão no Iraque. Está claro que esses mísseis foram lançados do Irã e atingiram pelo menos duas bases militares iraquianas que hospedam pessoal militar dos EUA e da coalizão em Al-Assad e Irbil.

Estamos trabalhando nas avaliações iniciais de dano de batalha.

Nos últimos dias, e em resposta às ameaças e ações iranianas, o Departamento de Defesa tomou todas as medidas apropriadas para proteger nosso pessoal e parceiros. Essas bases estão em alerta devido a indicações de que o regime iraniano planeja atacar nossas forças e interesses na região.

Ao avaliarmos a situação e nossa resposta, tomaremos todas as medidas necessárias para proteger e defender o pessoal dos EUA, parceiros e aliados na região.

Devido à natureza dinâmica da situação, continuaremos fornecendo atualizações assim que estiverem disponíveis.

(A notícia será atualizada com a chegada de novas informações).

- Advertisement -

325 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
325 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Claudio Moreno
Claudio Moreno
1 ano atrás

Boa noite Senhores,

Lamento pelos civis, que mais uma vez vão pagar a fatura, com a escalada das hostilidades.

CM

Matheus Costa
Matheus Costa
1 ano atrás

Houve uso de misseis balisticos e de curto alcance

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Matheus Costa
1 ano atrás

Os americanos estavam comprando o Iron Done, o Patriot pode até ser bom, mas o Iron Done é muito melhor, nos ataques na Arabia Saudita os Patriots não foram tão eficientes!

Bosco
Bosco
Reply to  Fabio Araujo
1 ano atrás

Iron Dome e Patriot são sistemas com funções diferentes. Um não é melhor que outro e um não substitui o outro. São complementares.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
1 ano atrás

E deixam passar tudo, né?
O Iron Dome toda hora tem sido vazado por toscos foguetes palestinos e o Patriot nem preciso dizer.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

“E deixam passar tudo, né?”
Com certeza! Se fosse russo ou chinês não passava nada, no melhor estilo “la garantia soy yo”

Tutu
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Também, tem dia que o Hamas lança 140 mísseis, me diz qual sistema não iria vazar.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

O Iron Done calcula a rota dos foguetes/mísseis e procura atingir os que se dirigem para áreas habitadas, se o foguete ou míssil vai para uma área em que não oferecem riscos e ele nem tenta abater. É claro que ele não vai abater 100% dos mísseis em que ele tentar abater, mas pela grande quantidade de foguetes e mísseis disparados contra Israel e a pequena quantidade que atinge as regiões habitadas podemos dizer que o sistema é eficiente!

Bosco
Bosco
Reply to  Fabio Araujo
1 ano atrás

O Iron Dome ainda não está de posse dos americanos. A única defesa C-RAM disponível ao USA é o sistema Centurion. Se os mísseis foram lançados de território iraniano, a defesa ficaria por conta do sistema Patriot já que são mísseis balísticos táticos e não simples “RAM” (foguetes SSM, obuses e morteiros). Os “RAMs” capazes de serem interceptados pelo Centurion são lançados até 20 km de distância. Acima disso até uns 70 km ficaria por conta dos Irom Dome (ainda não implementados). Acima de 70 km de alcance assume o Patriot. Além de 1500 km de alcance (mais ou menos)… Read more »

Eliel
Eliel
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

O Iron Dome avalia a ameaça: se ela não atingir area habitada, o sistema permite a passagem do foguete, tosco ou não.

WVJ
WVJ
Reply to  Matheus Costa
1 ano atrás

Como sabe, qual fonte?

Matheus Costa
Matheus Costa
Reply to  WVJ
1 ano atrás

BREAKING from Chief Pentagon Spox Jon Hoffman: Iran launched more than a dozen ballstic missiles against US and coalition forces in Iraq, including Iraqi bases Al-Assad and Irbil. US still working on damage assessment.

Carlos
Carlos
Reply to  WVJ
1 ano atrás

WVJ Por essa sua pergunta sobre fontes da pra Afirmar que Você é da Thurma do SUPER Trunfo né ? Kkkkk
A Fonte é ESTUDAR e ESTUDAR ..
Deixe de Preguiça e faça Suas Pesquisas

WVJ
WVJ
Reply to  Carlos
1 ano atrás

Porque naquele momento ninguém tinha os detalhes. O cabeçalho do artigo fala em foguetes não em mísseis. Entrei aqui justamente pra me informar.

Santiago
Santiago
Reply to  Matheus Costa
1 ano atrás

Então esses mísseis partiram de território Iraniano.

SN-10 Álvaro Alberto
SN-10 Álvaro Alberto
1 ano atrás

Aí complicou gurizada!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 ano atrás

O governo iraniano esta falando que este é o início da retaliação! O Trump esta acompanhando a situação, a confusão vai aumentar pois o Trump não vai deixar barato se algum americano foi ferido ou morto!

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Fabio Araujo
1 ano atrás

Os soldados americanos foram avisados pouco antes dos ataques e tiveram tempo de se abrigar em tempo. Apenas perda material. Agora resta saber quantos milhões de dólaresficará para reformar, por que 12 mísseis balísticos devem ter causado um estrago e tanto!

Marcos R.
Marcos R.
1 ano atrás

Agora veremos qual é a do Trump, vai cumprir as ameaças ou fica só latindo…

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Marcos R.
1 ano atrás

Pelas respostas aos ataques anteriores e a morte do Qassem Soleimani mostra que o Trump não esta para brincadeira.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fabio Araujo
1 ano atrás

Se os EUA atacarem, o Irã vai fechar Ormuz.
Aí, teremos seríssimos problemas econômicos no Mundo inteiro

Tutu
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Se o Irã fechar Ormuz posso garantir que até a China vai latir contra eles.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tutu
1 ano atrás

Navios chineses poderão passar.
E russos também
Inocente.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Mas nem todos os petroleiros que seguem para a China para a Rússia tem bandeira destes países.

Tutu
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

E o preço do barril?, todos vão dar desconto para China?
Alienado.

Blind Mans Bluff
Blind Mans Bluff
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Voce eh uma piada…

José Luiz
José Luiz
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

O Irã pode causar problemas no estreito é um fato. Eles estão há 40 anos se preparando para uma guerra assimétrica naval. Desenvolveram SSM de diversis tipo e armas submarinas como torpedos e minas. Mas bloquear estreitos vai contra as leis internacionais e isto vai legitimar a ação norte americana. E sinto muito será o fim das forças militares convencionais iranianas.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Hummm….e como eles, iranianos, fariam essa seleção, de quem passa e quem não passa?? Colocariam um pedágio no estreito?? Ora, deixa de besteiras!!
Se o Irã fizer isso, vai ser atacado até reabrir….

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
Reply to  Flanker
1 ano atrás

E o “Sem parar” ??

RPiletti
RPiletti
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Fechar Ormuz é ultrapassar a linha vermelha. Trump e Israel agradeceriam o favor de poderem justificar os ataques, a tanto esperados, contra o Irã… depois disto é outra história.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  RPiletti
1 ano atrás

Os militares americanos sabem que o Irã podem fechar o Estreito e nada podem fazer contra isso.
Aquele Estreito é altissimamente favorável a isso.

Felipe
Felipe
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

O Irã não possuem na ativa nem 12 fragatas, um strike group apenas é suficiente para eliminar do mapa a Marinha do Irã

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

O que sabemos é que precisamos assegurar os portos do Yemen, para assim neutralizar essa possível jogada do Irã.

Joaquim Silveira
Joaquim Silveira
Reply to  Joao Moita Jr
1 ano atrás

É João…. Só lamentos 🤷🏻‍♂️

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Joao Moita Jr
1 ano atrás

Joao Moita Jr você é um militar americano?

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Heinz Guderian
1 ano atrás

Sim

MMerlin
MMerlin
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Nem se o Irã tivesse posse das duas margens faria uso desse recurso inútil para não dizer enfadonho.
Se achar que tem poder (e direito) para tal feito, Rohani é deposto na hora pelos países orientais e ocidentais.
Este estreito é demais importante para ficar na mão de um único país.

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
Reply to  Marcos R.
1 ano atrás

na minha opinião ele esta com um p.. pepino nas mãos

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

Ele miscalculou.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Marcos R.
1 ano atrás

A questão é se houve mortos e feridos no ataque, se só foi danos materiais os iranianos podem cantar vitória e o Trump ficar só na ameaça, mas se houve vítimas aí o Trump vai responder.

Bosco
Bosco
Reply to  Marcos R.
1 ano atrás

Quem costuma latir, por tradição, não são os americanos. Eles não se negam a colocar a bota (ou suas “bombas”) onde acham que é necessário. Se tem coisa que não falta aos americanos é coragem.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Os EUA estão totalmente vendidos no Iraque e sua expulsão é questão de tempo.
Só precisam escolher com mais ou menos sofrimento.
Erro grave de estratégia de Trump (mais um) que terá um custo alto para a América.

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Nao me lembro de uma base americana ser atacada por uma força regular de qualquer nação que seja nos meus 48 anos de vida.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

Ataques de pouca monta são corriqueiros no Afeganistão.
Só que os rebeldes de lá tem poucas armas e quase todas leves.

Jorene
Jorene
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

Então você nunca viu a guerra do Vietnam ?

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Jorene
1 ano atrás

Bom, se ele tem 48 anos, nasceu em 72. Como a guerra terminou em 75, provavelmente ele não pôde compreender o que estava acontecendo, até pq a época era outra e não era tão fácil ter acesso à informações da guerra.

Quanto ao xings, note que ele disse “ataque de forças regulares”. O Taliban não é uma força regular.

Rene Reis
Rene Reis
Reply to  Felipe Morais
1 ano atrás

Perfeito , ja fica sendo a minha resposta ,para quen tem a minha idade ou próximo disso entendeu muito bem oque eu quis dizer

Cidadão
Cidadão
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

Libano 83, por terroristas. Fizeram estrago grande.

Jorene
Jorene
Reply to  Marcos R.
1 ano atrás

Ainda fica latindo… Fica aí na torcida…

Marco
Marco
Reply to  Jorene
1 ano atrás

Bom se o mundo acabar pelo menos eu comi a mulher que eu queria ter comido 🤔

Renato
Reply to  Marco
1 ano atrás

Um assunto pra adultos e vem esses adolescentes com essas tiradas, pqp

Marco
Marco
Reply to  Renato
1 ano atrás

Tô me sentindo adolescente kkkkkk

Oséias
Oséias
1 ano atrás

O regime iraniano irá pagar muito caro.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Oséias
1 ano atrás

Quem vai pagar caro são os consumidores americanos.
A era de gasolina barata extraída do OM está começando a acabar.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Antoniodamus e sua previsões que nunca se cumprem.

Rene Dos Reis
Rene Dos Reis
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Americanos não sei mas a Petrobras com certeza já esta lambendo o beiços.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rene Dos Reis
1 ano atrás

E o petróleo já chegou a US$ 65,50;

Junior
Junior
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Vai abrir amanhã por cima dos 70 dólares e pressionado esperando a resposta americana

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Azar de quem importa mais né?

Gabriel
Gabriel
Reply to  Bosco
1 ano atrás

O Tonho Gilo não cansa de passar vergonha.

MBP77
MBP77
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Já ouviu falar em shale gas, Tonim?
Ah, desculpe! Tinha me esquecido que no diretório do partidão, vocês só leem Marx e não Economia.
Sds.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MBP77
1 ano atrás

Shale gas é aquele que tem custo de produção sete vezes mais alto que o petróleo do O.M.
Sim, já ouvi falar.
Custo de produção de um barril de petróleo no O.M. = US$ 9,00
Custo do shale = US$ 60,00.
Vai que sua Trump!!!

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Isso é verdade e foi o motivo da retração da industria do fracking, causada pela persistente política de baixos preços provocados pelos sauditas. Mas o que conta é o preço final do óleo, que está aumentando, e não o custo de extração. De qualquer forma, o fracking não voltará da noite para o dia.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  paddy mayne
1 ano atrás

Vc está correto.
Inclusive uma das maiores empresas so setor, a Chesapeake Energy, deve decretar falência.
Economistas falam que ela é grande demais para quebrar, mas não deve ter jeito.

Marcelo-SP
Marcelo-SP
Reply to  paddy mayne
1 ano atrás

https://www.google.com.br/amp/s/economia.uol.com.br/noticias/reuters/2019/12/10/eua-devem-se-tornar-exportador-liquido-de-petroleo-em-2020-diz-aie.amp.htm

Os EUA serão em breve os maiores exportadores de petróleo do mundo. Com as reservas encontradas em outros lugares do mundo (México, Vietnã, etc.), o petróleo do OM vai ficar cada vez menos essencial para o preço internacional.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Aza da China, que tem a maior reserva de shale gas do mundo.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Fonte ?

Ray
Ray
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Primeiro: os americanos investem pesado na produção de petróleo a partir do xisto betuminoso e são praticamente autossuficientes;
Segundo:se tem algo que a crise do petróleo de 79 ensinou aos EUA é que não se pode depender do OM e por isso eles estão substituindo motores a combustão pelos elétricos;
Mas mesmo assim vc tem razão em uma coisa o petróleo e seus derivados vão subir de preço, porém como aquela região sempre foi instável isso não é nenhuma novidade.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Ledo engano. São os maiores consumidores sem dúvida, mas quem paga caro é a economia global. Sem protecionismo não tem segredo. Com protecionismo existe prejuízo. Os EUA estão caminhando para, até meados de 2025, se tornarem o maior produtor mundial de petróleo, ultrapassando até a Rússia. Em se tratando de economia, o país é igual mineiro. Come quieto. Enquanto o Trumph fica latindo e desviando a atenção para o que mídia que ver, como conflitos econômicos e militares, por trás ele investe bilhões na automatização industrial. Investe outros bilhões na escalada de extração e refino de petróleo. E investe mais… Read more »

Fernando (Dragon44)
Fernando (Dragon44)
1 ano atrás

Bom pelo menos, até agora, não foram covardes a ponto de atacar alvos civis em solo americano. Só acho que realizar um pequeno ataque desses e esperar a resposta não é muito estratégico, ou entram de vez no jogo ou só vão ficar levando truco.

Kira
Kira
Reply to  Fernando (Dragon44)
1 ano atrás

Por isso esse jogo é perigoso. O Iran talvez tenha feito esse ataque pra dar uma resposta ao público. Se algum soldado americano morrer Trumpe vai ter que responder e se responder como prometeu…. infelizmente o caldeirão ferverá.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Fernando (Dragon44)
1 ano atrás

Prezado
Alvos civis em solo americano, definitivamente, não é o caso.
Os EUA saíram do Vietnã, deixando a merenda pro Vietnã do Sul, sem q o Norte ou Vietcongue lançasse um estalinho em solo americano.
Os árabes fodoes atacaram, malandramente, atacaram…. o resultado já se sabe…

Fernando (Dragon44)
Fernando (Dragon44)
Reply to  Agnelo
1 ano atrás

Sério que quer comparar Vietnã com Oriente Médio? uma das dezenas de diferenças é que o jogo da guerra mudou e sobretudo que o Irã tem Hamas e Hezbollah como parceiros, além de outros grupos terroristas. Não é atoa que todas as cidades americanas estão em alerta.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Fernando (Dragon44)
1 ano atrás

Acredito q vc não entendeu o q eu tentei dizer.
Não é comparar as guerras ou locais, pois as diferenças são gritantes e óbvias demais.
É comparar a reação americana.
Quem não atacou o solo americano teve um resultado.
Quem atacou, tá levando bomba na cabeça até hj, e com inúmeros voluntários a atacar mais.
No Vietnã, mesmo com o Serviço Militar Obrigatório, faziam de tudo pra não servir.
Depois do 11/9, há fila pra servir.
Sds

nonato
nonato
Reply to  Fernando (Dragon44)
1 ano atrás

É hora de alguém passar o rodo no Hammas e no Hezbollah.
Acabar com o Irã e com essas milícias.
O erro dos Estados Unidos é ter tido muita tolerância.
Não fizeram nada com bin Laden, veio 11/9.
Se nada for feito com o Irã agora, depois pode ser tarde demais.

Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

Agora, basta os xiitas iraquianos entrarem no conflito que a situação ficará totalmente prejudicada para os EUA na região.

MBP77
MBP77
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Entendi, estrategista de tabuleiro.
Daí os curdos e sunitas iraquianos vão ficar só olhando e obedecendo os xiitas?
É de beber, cheirar, tomar, injetar ou por debaixo da língua isso que você usa, Tonim?
Sds.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MBP77
1 ano atrás

Vai anotando aí.
Primeiro será no Iraque e depois no Afeganistão.
Posição vendida. Não tem jeito.

MMerlin
MMerlin
Reply to  MBP77
1 ano atrás

Realmente, as soluções e previsões mágicas são de uma simplicidade ímpar.
Nem os acadêmicos e especialistas em geopolítica mais experientes tem a confiança do Kings em se tratando de assuntos militares.

Leonardo Costa da Fonte
Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

Os sistemas de defesa americanos não eram intransponíveis? Será que não tinham nenhum sistema de defesa anti-aérea na base? Alguém tem mais informações sobre possíveis sistemas de defesa?

Bosco
Bosco
Reply to  Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

“Os sistemas de defesa americanos não eram intransponíveis? ”
Onde você viu referência a isso? Até onde sabemos os únicos sistemas bélicos “intransponíveis” e “infalíveis” são os S300 e S400 e alguns outros “brinquedinhos” russos.
Os sistemas americanos têm alto grau de falibilidade , principalmente em operações reais. Coisa inerente à falibilidade humana.
Em relação aos sistemas defensivos das bases americanas contra foguetes de curto alcance, tem o Centurion, baseado no CIWS Phalanx.

Leonardo Costa da Fonte
Leonardo Costa da Fonte
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Bosco, as novas notícias dizem que 2 bases foram atacadas por mísseis disparados do Irã. Portanto, não devem ser meros “foguetinhos” de terroristas. A situação parece ser séria!

RPiletti
RPiletti
Reply to  Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

Também falam que os pássaros estão no ar…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  RPiletti
1 ano atrás

E as cobras estão na terra.
Prontas para dar o bote.

Bosco
Bosco
Reply to  Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

Leonardo, Eu não afirmei nada até agora. A poeira dos ataques nem baixou. Só adianto que os americanos contam com 3 sistemas de defesa operacionais contra RAM e mísseis táticos e de curto alcance. 1- Centurion – capaz de engajar ameaças lançadas de até 20 km 2- Patriot – capaz de engajar mísseis táticos e de curto alcance , cobrindo mais ou menos de 100 a 1500 km de alcance. 3- THAAD – capazes de engajar mísseis com mais de 1500 km de alcance. – *Os Iron Domes ainda não estão operacionais no US Army, mas se estivessem, poderiam enfrentar… Read more »

Brummbär
Reply to  Bosco
1 ano atrás

“Onde você viu referência a isso?”
Eu acho que foi aqui:

“São somente alvos voadores para as defesas norte americanas na região.
Não tem a mínima chance de fazerem de acertarem a uma base militar americana no golfo pérsico…”
Augusto L

“O Irã com estes mísseis, não será capaz de atacar bases norte-americanas no Iraque e na Síria, e muito menos ultrapassar as defesas de Israel.
Seriam interceptados pelos sistemas Patriots e Iron Dome israelense.”
Antunes 1980

https://www.aereo.jor.br/2020/01/04/al-ghadir-a-poderosa-forca-de-misseis-do-ira/

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Bosco
1 ano atrás

O que a Rússia tem a ver com isso?

Bosco
Bosco
Reply to  Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

Já um ataque de “minidrones” os americanos têm , dentre outras meios, os mísseis Stinger “J”, otimizado para se contrapor a esse tipo de ameaça, além do próprio Centurion.

Felipe
Felipe
Reply to  Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

Eram….Pior que a base estava em alerta máxima, conforme informado pelos EUA. Mais uma falha catastrófica dos Patriot. Será que o Putim não vende uns S-400 pros EUA?

Matheus Costa
Matheus Costa
1 ano atrás

“It is clear that these missiles were launched from Iran and targeted at least two Iraqi military bases hosting U.S. military and coalition personnel at Al-Assad and Irbil.”

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 ano atrás

Os principais conselheiros brasileiros, entre eles os militares, recomendaram ao presidente uma postura neutra e pragmática em relação ao embate americano-iraniano, tendo em vista a boa relação comercial com ambas as nações. Ma lí em um site que o governo brasileiro sediará uma conferência daqui a um mês, nos dias 5 e 6 de fevereiro, o governo brasileiro aceitou sediar um encontro entre aliados militares dos EUA para debater a situação no Oriente Médio e no Golfo… Sinceramente acho uma atitude imbecilizada de sediar algo sobre um tema que não é de nossa conta para debater assuntos como crise humanitária… Read more »

ANGELO CHAVES
ANGELO CHAVES
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 ano atrás

Rpz tudo isso aí é verdade e não é. Um certo molusco uma vez fez um acordo nuclear com o Irã, sei lá porque o Brasil se meteu naquilo naquele momento. No final virou piada. Só depois saberemos os resultados.

Eduardo Holanda
Eduardo Holanda
1 ano atrás

Se algum americano morrer nesses ataques, os generais da Guarda Revolucionária do Irã irão assinar suas sentenças de morte.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Eduardo Holanda
1 ano atrás

O General Soleimani só foi morto porque foi em um avião civil, a mando do Governo de Teerã em comum acordo com Riad para discussões políticas e de paz.
Daí se explica sua morte no Aeroporto de Bagdá e a vileza do ataque americano.

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

História fraca. Quem vai para acordo de paz é diplomata, e não um cara que só pensa em guerra.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  paddy mayne
1 ano atrás

Um cara que só pensa em guerra… Amigo, engana se, soleimani não era apenas isso.

Gilson Elano
Gilson Elano
1 ano atrás

Segundo reportagem da GloboNews, foram disparados mísseis, vindos do território iraniano.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Gilson Elano
1 ano atrás

E a Base de Erbil no Curdistão também foi atingida.

Marcos10
Marcos10
Reply to  Gilson Elano
1 ano atrás

O Irã confirma o ataque com mísseis balísticos.

Camargoer
Camargoer
1 ano atrás

Olá Colegas. Dias atrás, o Celso Amorin disse que o momento era tão grave quanto foi a crise dos mísseis em Cuba. Tenho a impressão que se tornou mais grave. Fico pensando se o Iran comunicou a China e a Rússia antes. Como está muito confuso, é preciso ir com cautela para não afirmar boato. Li há pouco que foram foguetes lançados pelo hezbollah. Isso é um pouco diferente do que seriam mísseis lançados pelas forças armadas do Iran (talvez faça ou não diferença, nao sei). Li que foram seis mísses, mas também que já foram mais de 30…. a… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Do meu ponto de vista, seria melhor que fosse pelo Hezbollah.
Vai caber aos rebeldes xiitas iraquianos a missão de atacar os americanos e causar o maior número de baixas e prejuízos possíveis.
Uma guerra não interessa no momento.
Em tempo: Parece que a Guarda Revolucionária assumiu diretamente o ataque.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Prezado Camargoer
Difícil considerar como a crise de mísseis de Cuba.
Aquela situação mexeu no imaginário do mundo todo, pelo risco da eclosão da 3ª GM, com emprego amplo de artefatos nucleares.
Pessoas simples até mesmo no Brasil lembram do fato, pra se ter noção.
A Guerra Fria movia corações e mentes fortemente naquela época, e influenciou demasiadamente as políticas dos países, e as vidas das pessoas comuns.
Sds

Camargoer
Camargoer
Reply to  Agnelo
1 ano atrás

Olá Agnelo. Segundo a entrevista do Celso Amorin (acho que ele é capaz de compreender o que esta acontecendo melhor do que eu) que a possibilidade do Iran entrar em guerra com os EUA só era menor do que foi a possibilidade dos EUA entrarem em guerra com a URSS (a diferença é de um lado estava JFK e do outro Kruschev, ambos profissionais. Agora não). Os mísseis lançados elo Iran ultrapassaram o limite do bom senso. Eu não quero acreditar na III GM (ainda) mas temo que possa ser uma longa crise.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Entendi a posição dele.
Eu não entendo q era menor, pois a crise entre os dois já está instalada há muito tempo, com atrito.
Com a postura e operações dos dois na região, a possibilidade de “esquentar” vem crescendo há um bom tempo.
Parece q o caldo entornou…
E, sim, a crise vai continuar por muito tempo, ainda q “nas sombras”.
Sds

Camargoer
Camargoer
Reply to  Agnelo
1 ano atrás

Olá Agnelo. Nasci praticamente 10 anos após a crise dos mísseis de Cuba. Tive medo quando BushPai lutou contra o Iraque (temia que o Iraque fosse ao tudo ou nada. Felizmente BushPai parou na fronteira) e uma sensação de revolta quando BushJe invadiu o Iraque (eu ficava muito incomodado com a escala de mentiras do governo dos EUA e o cinismo de BushJr). Atualmente, considero os atuais líderes ao redor do mundo tão medíocres que acabo me decepcionando com o que vejo. A qualidade dos governantes para ter caído junto com o muro de Berlin.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Provavelmente, e não caiu pouco.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Agnelo
1 ano atrás

Olá Agnelo. Quem diria que sentiríamos falta do muro de Berlin? Há alguns dias assisti novamente “O espião que sabia demais” (com Gary Oldman) e “O espião que veio do frio” (Richard Burton). Quando penso na qualidade da trama política desses filmes, entendo porque o pessoalzinho gosta tanto do “Johnny English”, “Austin Powers” ou “Zohan”.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

O filme que eu acho mais legal sobre os dois lados de Berlim é “One two three” (Cupido não tem bandeira), de Billy Wilder, um dos últimos feitos pelo ator James Cagney. Ele está impagável no papel de executivo da Coca-Cola que desejava estar na filial de Londres mas foi parar em Berlim, e cuja filha se apaixona por um berlinês oriental.

É de chorar de rir. E já li uma vez que durante as filmagens o muro de verdade começou a ser erguido, por isso tiveram até dificuldades com cenas previstas para o portão de Brandemburgo.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

As obras do John le Carré geralmente rendem bons filmes e séries. Mas se você gosta do “Espião que sabia demais”, procure assistir à série em 7 capítulos da BBC de 1979. O George Smiley é interpretado pelo grande Alec Guinness. E para melhorar esta série teve uma segunda temporada chamada “Smiley’s People” que conta como acaba a disputa entre o George Smiley e Karla.

Camargoer
Reply to  Jacinto
1 ano atrás

Olá Jacinto. Obrigado pela sugestão. Os episódios estão disponíveis no youtube. Muito legal.

Mário SAE
Mário SAE
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Falei sobre isso no post anterior.

Sinceramente, temo pelas notícias do dia de amanhã.

Wellington Kramer
Wellington Kramer
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Caro Camargoer, realmente, o Celso Amorim é um profundo conhecedor da realidade. Vide sua frase abaixo:

“Ninguém vai querer repetir o Lula. Pelé só teve um, mas nem por isso o Brasil deixou de ser campeão do mundo outras vezes. O Lula é um caso singular, mas nós teremos uma excelente candidata e acho que haverá outros candidatos de valor“

Camargoer
Camargoer
Reply to  Wellington Kramer
1 ano atrás

Caro Wellington. Talvez você esteja sendo irônico ou não. 1) caso concorde comigo, agradeço e peço para você contextualizar a frase do Amorin, porque eu não entendi. 2) caso você discorde de mim, eu pediria para você esclarecer sua opinião para que eu possa refletir no que eu poderia estar errado. O risco de ser irônico é ser incompreendido.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Não dá para comparar o poder bélico do Irã com o da URSS. Não sei se o Celso Amorim tem noção disso (infelizmente ocupar cargo de ministro não assegura a competência e conhecimento do ocupante).
Por outro lado, pode ocorrer uma guerra EUA-Irã (que não viraria uma 3ª GM justamente por falta de poderio do Irã e seus aliados – China e Rússia não lutariam ao lado do Irã), o que não aconteceu na crise dos mísseis cubanos.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 ano atrás

É, parece que o Irã não é um rato que ruge. Está mais para uma hiena, ataca quando vê oportunidade, na surdina.

Rafa_Positronn
Rafa_Positronn
1 ano atrás

“São somente alvos voadores para as defesas norte americanas na região.
Não tem a mínima chance de fazerem de acertarem a uma base militar americana no golfo pérsico, so teriam alguma chance se disparassem antes dos americanos trazerem seus mísseis antiaéreos para região o que não é difícil para eles, logisticamente.”

https://www.aereo.jor.br/2020/01/04/al-ghadir-a-poderosa-forca-de-misseis-do-ira/

Pois é

É isso que dá a colonia endeusar demais a metropole

Augusto L
Augusto L
Reply to  Rafa_Positronn
1 ano atrás

Qual defesa anti-aerea balística americana há no Iraque ?
Resposta: Nenhuma.

”so teriam alguma chance se disparassem antes dos americanos trazerem seus mísseis antiaéreos para região “ essa parte aqui é bem apropriada, rsrsr, tentou lacrar e passou vergonha.

Gorgoroth
Gorgoroth
1 ano atrás

Se trump revidar, poderemos afirmar que já seria uma guerra?

Edimar
Edimar
1 ano atrás

Em breve um novo batlefield, piadas a parte o pai vai comer naquelas bandas, não duvido que até amanhã de manhã já não tenha uma chuva de tomahawk caindo

PauloR
PauloR
1 ano atrás

Ministro das Relações Exteriores ainda esta de férias? Só no governo Bolsonaro que ministro tira férias num momento que a presença dele deveria ser exigida.

Bosco
Bosco
Reply to  PauloR
1 ano atrás

Nos governos do PT ministros não tiravam férias. Roubavam em tempo integral.

PauloR
PauloR
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Os ministros do Bozo devem estar roubando pra financiar milicianos, afinal direitista adora um bandido de estimação, correto? Mais do que justo descansar depois de tanto desviar.

Bosco
Bosco
Reply to  PauloR
1 ano atrás

Paulo,
O “devem” faz toda a diferença. Já no caso do ladrão de estimação de vocês, é certeza que roubava e roubava muito.
E sim, entre milicianos e o PCC gostamos mais dos milicianos. Diferente de vocês.

nonato
nonato
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Você fala das conversas cabulosas?
Ou do fato que as facções se espalharam pelo nordeste com 650 mil homicídios em 13 anos?

Gorgoroth
Gorgoroth
Reply to  PauloR
1 ano atrás

Olha onde o sujeito vai reclamar hahahahahaha

Camargoer
Camargoer
Reply to  PauloR
1 ano atrás

Olá Paulo. Nos fomos e não incontremos ninguém. Noutro dia, encontremos o Arnesto, ele pidiu discurta mais nois num aceitemo: “Isso não se faiz Arnesto, nois num simporta, mas divia ter ponhado um recado na porta”.

Leonardo Costa da Fonte
Leonardo Costa da Fonte
Reply to  PauloR
1 ano atrás

Você sabia do ataque? Avisou o Itamaraty a tempo do ministro voltar de férias?

WVJ
WVJ
Reply to  PauloR
1 ano atrás

Melhor ele de férias. Deixa o corpo diplomático resolver essa.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  WVJ
1 ano atrás

kkkkkkk

Ele vai voltar dizendo que Trump é um cruzado lutando contra os infiéis.
Deixa ele de férias.

PauloR
PauloR
Reply to  WVJ
1 ano atrás

Putz, eu não tinha pensado nisso. KKKKK
Melhor essa gente de férias do que trabalhando, com essa gente no Itamaraty e no Planalto vamos acabar virando bucha de canhão dos americanos.

Bosco
Bosco
Reply to  PauloR
1 ano atrás

Sobrevivemos quando fomos bucha de canhão do índio cocaleiro e dos Castros. Sobreviveremos agora. O brasileiro não desiste nunca.

PauloR
PauloR
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Felizmente nunca fomos bucha de canhão de índio, muito menos do Castro. Agora o que sobra pra você é rebater fatos replicando fake news do youtube e pagina direitista com gente surtada nos comentários.

Bosco
Bosco
Reply to  PauloR
1 ano atrás

Te respondi mas o doberman pegou.

nonato
nonato
Reply to  PauloR
1 ano atrás

O comunismo e o estado Islâmico são muito parecidos.
Ambos são coisas ruins
Maa arregimentam seguidores fanáticos com facilidade.
Que defendem a causa, se achando muito certos de que estão numa missão.
E estão. A serviço do comunismo.
Putin e China agradecem.
O PC do B, PSOL, Lula e Maduro também agradecem.

Camargoer
Camargoer
Reply to  nonato
1 ano atrás

Caro Nonato. A única coisa parecida entre comunismo e islamismo é que são escritos com nove letras em português. Talvez seja o momento de você ler o Corão e O Capital novamente.

Flanker
Flanker
Reply to  PauloR
1 ano atrás

Bucha de canhão, não fomos. Fomos o papai bonzinho….que dava mesada, carro novo e bancava as festas…alem de dar uns presentinhos, como uma refinaria da Petrobrás para o cocaleiro.

nonato
nonato
Reply to  PauloR
1 ano atrás

Falou o representante da Rússia.
Fala mal dos americanos porque impediu o avanço do comunismo.

Foxtrot
Foxtrot
1 ano atrás

Os americanos procuraram até achar.
Acharam que todos iriam aceitar seus desmandos sem fazer nada, agora terão que enfrentar um forte adversário.
Só espero que a insanidade do “louco rei do norte” não leve o mundo a uma nova guerra mundial !

Gorgoroth
Gorgoroth
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Irã que caiu na armadilha.
Tudo ponto de vista

Quem ler esta porcaria acha que os persas que são potencia.
Patético

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Claro, um adversário tão forte que mesmo junto de outros dois bocós, tomou uma surra de pau mole dos israelenses kkkkkkkkk
Irã não dura uma semana contra o EUA em guerra declarada.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Rodrigo
1 ano atrás

Quando foi que o Irã guerreou contra Israel? Essa guerra aí é nova para mim.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Rodrigo
1 ano atrás

Caro Rodrigo, onde escrevi que o Irã é tão forte?
E mesmo assim ele é mais forte que o Brasil com suas forças limitadas e dependentes.
Deixa de ser soberba e puxa saco e vai estudar um pouco !

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

“Acharam que todos iriam aceitar seus desmandos sem fazer nada, agora terão que enfrentar um forte adversário.”

Vocês negam até o que escrevem…

nonato
nonato
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Colega, vá lá ajudar.
Admiro sua luta pela causa.
Os Estados Unidos são maus.
Uma coisa boa na sua luta é que se o cara morrer, será recebido no paraíso por 20 virgens.
Boa sorte.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  nonato
1 ano atrás

Caro Nonato, nem vou me estender muito para te responder. Não estou a favor do Irã e muito menos dos americanos. O problema americano é que estão levando ingerências ao mundo disfarçada de combate ao terrorismo e achando que todo o mundo aceitará isso passivos. Agora, mesmo que o Irã não seja uma potência o mesmo está demonstrado que não tem medo dos americanos e que possuem aliados poderosos. Só espero que a insanidade das duas nações não levem o mundo a um apocalipse nuclear por ganância e arrogância americana e fanatismo iraniano. Você fala isso agora, quero ver você… Read more »

Wellington Kramer
Wellington Kramer
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Tratando-se de Irã e Iraque, lembro sempre do relato do Lincoln Tendler, sobre o “Phantom das 5 hora”.

nonato
nonato
1 ano atrás

Análise 1: essaa bases estão muito desprotegidas.
Serem atingidas por mísseis iranianos.
É preocupante.
Não vejo ninguém discutir isso em detalhes.
Quê armas e estratégias cada um tem.
Os satélites e radares americanos não foram capazes de identificar o lançamento dos mísseis?
Isso mostra que tem sido um erro se manter omisso por todos esses anos, assistindo Irã e Coreia do Norte se armarem.

Bosco
Bosco
Reply to  nonato
1 ano atrás

Nonato,
Calma! Você nem sabe o que aconteceu de fato. Deixe as notícias chegarem primeiro. Não cabe nenhum tipo de julgamento acerca da eficiência ou não das defesas americanas ou do ataque iraniano, mesmo porque, uma base ser “atacada” e ser “atingida” são duas coisas completamente diferentes.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Se a base foi atingida, logo os sistemas defensivos falharam, inclusive a inteligência. Só não me venha dizer que não tinha nada lá protegendo a base, por que soa como piada uma base americana no Iraque sem defesa antiaérea. Isso é meio óbvio.

Bosco
Bosco
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Defensor,
Os EUA confia muito na aviação para sua defesa aérea convencional. Aos mísseis é reservado a função ABM .
A defesa das bases do USA no Iraque deve privilegiar a capacidade C-RAM e C-UAS , contando no máximo com o Centurion e mísseis Stinger e interferidores.
A defesa contra mísseis balísticos, representados pelos Patriot e THAAD, não estaciona em bases militares isoladas e não teria havido tempo de deslocá-las.
O general iraniano foi um alvo de oportunidade. Não dava para adiar por conta das bases não estarem preparadas para se defender de ataques de mísseis balísticos.

Bosco
Bosco
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Os sistemas defensivos atuais são especializados em: AA: antiaérea convencional, contra aviões e helicópteros ACM: defesa contra mísseis de cruzeiro C-RAM: defesa contra foguetes , obuses e morteiro C-UAS: defesa contra pequenos drones C-PGM: defesa contra armas guiadas lançadas por aviões como bombas e mísseis antirradiação; ABM: defesa contra mísseis balísticos ASAT: defesa contra satélites – O US Army, como confiam na USAF para sua defesa contra ataque aéreo convencional, privilegia as atividades ACM, C-RAM, C-UAS e ABM, Os sistemas defensivos do US Army “atuais” são: Stinger manpads Avenger M-SHORAD (poucos recebidos e em fase de aquisição) Iron Dome (sendo… Read more »

Hélio
Hélio
1 ano atrás

NOSSA, E OS SISTEMAS AMERICANOS NÃO FORAM CAPAZES DE ABATER OS BUSCAPÉS IRANIANOS?
Depois ainda se acham no direito de falar algo quando a força aérea israelense destrói um Pantsir.

Leonardo Costa da Fonte
Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

Um militar da reserva, entrevistado pela ABC, acaba de dizer os mísseis usados não são muito precisos. Portanto, é possível que tenham errado os alvos. Além disso, ele postulou algo interessante. Comentou que seria possível que o Irã tenha disparados os misseis deliberadamente fora dos alvos, para atingir regiões remotas, assim eles diriam que retaliaram, ao mesmo tempo não haveria danos aos EUA e não haveria maiores consequências….

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

Se os misseis são tão ruins, como passaram pela anti-aerea?

Bosco
Bosco
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
1 ano atrás

Um míssil balístico de médio alcance impreciso continua a ser um míssil balístico de médio alcance. Seu nível de precisão não implica em capacidade maior ou menor de sobreviver às eventuais defesas que possam existir.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Um míssil balístico de médio alcance e muitos dos de curto alcance , obrigatoriamente contam com um veículo de reentrada. Para se chegar a níveis de precisão decamétrico ou métrico, ideais para mísseis com ogivas convencionais, o veículo de reentrada deve preferencialmente ser do tipo “manobrável”, o que pressupõe que possua aletas móveis, e claro, algum sistema de orientação de precisão, seja baseado numa cabeça de busca ou num sistema de navegação por satélites ou numa unidade inercial de alta tecnologia. Não sei o grau de tecnologia dos mísseis iranianos de curto e médio alcance e não sei se eles… Read more »

XFF
XFF
Reply to  Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

Um militar de reserva que só sabe receber salário, comer e dormir. Brasil não tem míssil balístico e esse militar falando besteira.

Pedro
Pedro
1 ano atrás

Ja estou estourando uma pipoca! Pena que vai ser rápido, mais rápido e tao cruel como foi na Líbia. Daqui a 10 ou 15 dias teremos novamente ditadores pitorescos rasgados e quebrados em meio a uma turba furiosa.

Rafa_Positronn
Rafa_Positronn
Reply to  Pedro
1 ano atrás

Será ?

Rafa_Positronn
Rafa_Positronn
Reply to  Pedro
1 ano atrás

Esperemos

Alessandro
Alessandro
1 ano atrás

Se for verdade a noticia que o Irã realmente atacou usando foguetes em seu território, na minha opinião é uma declaração de guerra.
Podem armazenar gasolina que a coisa vai ficar muito feia!!

Renato B.
Renato B.
Reply to  Alessandro
1 ano atrás

O chanceler iraniano disse que foi uma resposta proporcional e o Trump comentou que está “tudo bem”. Talvez termine como várias brigas de boteco, com os dois lados se xingando e só.

Alessandro
Alessandro
Reply to  Renato B.
1 ano atrás

se ficar só no twitter ótimo, melhor assim!

Caio
Caio
1 ano atrás

Realmente agora o negócio ficou sério! quem recuar ficará com a vergonha. As consequências serão de qual lado for enormes, até da turma do deixa disso, pois terão que falar muito com os dois lados.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 ano atrás

Segundo a imprensa iraquiana há iraquianos mortos no ataque, mas não há confirmação de vítimas americanas e alguns relatos informam que caças americanos estavam em chamas na base.

tadeu54
1 ano atrás

Se os americanos querem dissuadir o Irã de continuar com o terrorismo, devem responder a esse ataque.
Dissuassão não é apenas uma palavra, deve se apoiar em ações.

Pedro
Pedro
1 ano atrás

Entre as primeiras noticias, os buscapes lançados contra duas ou tres bases no Iraque aparentemente mataram alguns Iraquianos apenas! Atingiram uma base no Oeste do Iraque, outra ao norte de Baghad e outra no Norte, no territorio curdo. Essa “retaliação” me fez lembrar do Homem de Ferro II, das industrias Hammer…..

Alessandro
Alessandro
1 ano atrás

A noite vai ser longa lá no Irã, por mais que eu não goste do regime autoritário deles, no fundo fico com pena dos CIVIS iranianos, vai ser um terror se os EUA resolver responder o ataque.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Alessandro
1 ano atrás

É só não mandar bomba nos civis uai, nem nos centros e locais culturais para não ser mais um Estado criminoso, embora todo Estado seja criminoso por natureza….

Alessandro
Alessandro
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Na teoria sim, mas na prática quando uma guerra onde os dois lados perdem o controle da situação e a escalada chega numa proporção sem volta, os civis são os primeiros a pagar com a vida, torço para que fique só no twitter essa briga entre EUA e Irã.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 ano atrás

Os aliados do Irã atacam, morrem iraquianos, os EUA atacam morrem além de iranianos também morrem iraquianos, e agora o Irã ataca e mais iraquianos morrem! O Iraque é quem esta sofrendo mais e sendo saco de pancadas!

Plínio Jr
Plínio Jr
1 ano atrás

Os iranianos deram de bandeja a desculpa que o governo americano queria para bombardear o Irã…..não vejo uma invasão, mas uma pesada campanha aérea, que os iranianos não vao conseguir deter…questão de tempo..

jef2019
jef2019
1 ano atrás

Vixiii…muito preocupante…certamente o tio SAM vai retaliar e a tendência é só piorar…me espanta a omissão dos orgãos internacionais (ONU e seu conselho de segurança) que deveriam estar agindo para arrefecer os animos…não sei a opinião dos colegas, mas acho que isso tá ficando muito perigoso…não quero guerra não…só sofrimento….e quase nenhum pais no mundo saíra ileso (seja com perdas militares ou economicas)…logo agora que o Brasil estava recuperando a economia vem esse balde de agua fria

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  jef2019
1 ano atrás

O ONU reagiu, ainda ontem o Guterres fez um discurso, apelando ao óbvio, restabelecimento dos diálogos, acordos e da paz.

Jagderband#44
Jagderband#44
1 ano atrás

Não vou comentar nada. Apenas negativar o Toninho,

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jagderband#44
1 ano atrás

Siga o Toninho Reis.
Minas predições estão se confirmando.
Previ:
1) A Boeing teria sérias dificuldades;
2) Que os americanos terão sérios problemas no O.M.
3) Que os americanos terão sérios problemas no Afeganistão.

Estou acertando.
Só estou errando o ‘timing’, pois está sendo muito mais rápido que eu imaginava.

Leonardo Costa da Fonte
Leonardo Costa da Fonte
1 ano atrás

Na internet os americanos estão fazendo piada porque o Pentágono fechou mais cedo hoje, por causa de uma tempestade de neve… Que azar… kkkk

O bloqueado.
O bloqueado.
1 ano atrás

Agora todos sabem pq Israel nunca neutralizou Soleimani.
Merecer ele merecia, mas Israel tinha ciência de toda represália que aconteceria e preferiu deixá-lo vivo.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 ano atrás

Resultado do ataque iraniano.

comment image?quality=80&strip=all&w=960

CRSOV
CRSOV
1 ano atrás

Globo News informando que o Iran lançou um segundo ataque de mísseis !!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 ano atrás

Foram atacadas duas bases americanas de Al Asad e Irbil, no Iraque.

Gabriel
Gabriel
1 ano atrás

Tic tac…tic tac…

O relógio começou a contagem regressiva…

RENAN
RENAN
1 ano atrás

Minha opinião é de 200 míssel de cruzeiro dos EUA com endereço já gravado esperando a ordem para destruir seus alvos.

Jorene
Jorene