Home Conflitos em andamento Aiatolá chama os ataques de mísseis de ‘tapa na cara’ dos EUA

Aiatolá chama os ataques de mísseis de ‘tapa na cara’ dos EUA

3251
219
O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, discursando em uma reunião em Teerã na quarta-feira

O aiatolá Ali Khamenei, líder supremo do Irã, disse na quarta-feira que suas forças armadas deram aos EUA um “tapa na cara” quando dispararam mísseis contra as forças americanas estacionadas no Iraque.

Em um discurso televisionado da cidade sagrada de Qom, o aiatolá Khamenei disse que ações militares incrementais contra os Estados Unidos “não são suficientes”.

“O que importa é que a presença da América, que é uma fonte de corrupção nesta região, termine”, disse ele a um salão cheio de imãs e outros.

“Morte à América!”, a multidão cantou. “Morte à israel!”

O aiatolá Khamenei disse que “sentar na mesa de negociações” com enviados americanos abriria as portas para uma maior intervenção americana na região e que essas negociações, portanto, “deveriam chegar ao fim”.

“Esta região”, disse ele, “não aceita a presença dos EUA”.

O aiatolá não forneceu detalhes adicionais sobre os ataques na noite de terça-feira, nos quais, segundo aliados americanos, ninguém foi morto.

Ele chamou o major-general Qassim Suleimani, considerado o segundo homem mais poderoso do Irã, um “amigo querido para nós” e o elogiou como um “grande e corajoso guerreiro”.

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, em sua reunião com o conselho de ministros na manhã de quarta-feira, detalhou a maior meta regional de seu país em comentários dirigidos aos americanos. “Vocês cortaram a mão de Qassim Suleimani do corpo dele e nós cortamos seus pés da região”, disse ele.

FONTE: New York Times

Subscribe
Notify of
guest
219 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Eduardo Holanda
Eduardo Holanda
7 meses atrás

Esse ”tapa de cara” só causou à base atacada danos mínimos e alguns feridos sem gravidade.

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
Reply to  Eduardo Holanda
7 meses atrás

Ainda assim foi uma afronta de respeito! É o mesmo que alguém entrar na sua casa e defecar no seu tapete! Se tu não fizer nada será taxado de covarde…

Tcson Flores Ibrahim
Tcson Flores Ibrahim
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

Uai, mas quem entrou no território dos caras foram os EUA.
Violaram a soberania do país, agora temem as consequências.
O sangue vai jorrar muito ainda.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tcson Flores Ibrahim
7 meses atrás

E hoje os americanos começaram a abandonar algumas bases no Curdistão sírio em direção ao Iraque.
Estão falando que é o começo do processo de retirada.
Excelente notícia.

Ricardo Barbosa
Ricardo Barbosa
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

Só que nesse caso é como se alguém fosse na tua casa, matasse teu marido e/ou esposa e daí tu vai na casa do matador e defeca no tapete dele e dá tudo por resolvido.

Felipe
Felipe
Reply to  Eduardo Holanda
7 meses atrás

Lógico, foi de misseis sem ogiva, apenas para mostrar que se quisessem, teriam destruído a base. Lançaram 50 misseis e pelo menos 22 atingiram a base, imagine o estrago se os misseis estivessem com suas ogivas? Por isso Trump já está recuando.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Felipe
7 meses atrás

Ataque de misseis sem ogivas não é ataque, é como despejar entulho no quintal do vizinho.

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
Reply to  Felipe
7 meses atrás

Perfeito Felipe, os sites americanos afirmam que o ataques iranianos foram “precisos” e não tinham como intenção causar baixas! Foi só para os americanos ter a certeza que se o Iran “quisesse” causaria muitas baixas. Iran foi misericordioso!!!

Jacinto
Jacinto
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

Preciso? A base tem perimetro de 20km – o que, se fosse circular corresponderia a uma base com 6km de diâmetro. Qualquer coisa com CEP de 6 km a acertaria.
Para ter referência sobre o que isso representa: o CEP do primeiro míssil balístico da história, o V2 da Alemanha Nazista, era de 2,5 a 4km.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

Ele foi misericordioso ou cuidadoso? O Trump falou que se houvesse baixa entre os americanos ele atacaria com força, não houve baixas e não vai ter resposta dos americanos, acho que o Irã foi cuidadoso para a situação não chegar num ponto sem volta e a guerra estourar.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Fabio Araujo
7 meses atrás

O Trump e o Khamenei foram sábios. Nenhum dos dois quer uma guerra.

Ricardo Barbosa
Ricardo Barbosa
Reply to  Felipe
7 meses atrás

Ler uma análise com esse conteúdo e profundidade só é melhor do que ser cego.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Eduardo Holanda
7 meses atrás

Ao final das contas,o Irã perdeu talvez o melhor estrategista da sua história, a troco de nem sequer um soldado raso.

Guilherme
Guilherme
Reply to  Joao Moita Jr
7 meses atrás

Melhor estrategista de um país milenar? Sério?

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Guilherme
7 meses atrás

Depois de digitar, lembrei que queria escrever “história moderna.”
Cansaço. Oh, Well.

α Tau
α Tau
Reply to  Joao Moita Jr
7 meses atrás

O General Suleimani era fiel e patriota ao seu país…era só ver a multidão no seu funeral…Homem dedicado as armas da sua pátria, Pensador, Poeta, Estrategista e exemplo do seu povo pois defendia a cultura Persa…Não virou mártir a toa…

paddy mayne
paddy mayne
Reply to  Eduardo Holanda
7 meses atrás

Esta “guerra mundial” está mais para “telecatch” do que para MMA. Ainda bem! Admiro a cultura persa, e acredito que se EUA e Irã esquecessem o passado dariam grandes aliados. EUA precisaria assumir que interveio indevidamente na política do Irã mais de uma vez. E Irã precisaria parar de torrar dinheiro com terrorismo inútil e o ódio vazio a Israel. Assim os EUA não precisariam se estressar (tanto) com o OM e o Irã ficaria riquíssimo. No momento isso é quase impossível, mas quem sabe um dia, né?

Eduardo
Eduardo
Reply to  Eduardo Holanda
7 meses atrás

Até me lembrei da música:

– Dói, o tapinha não dói, o tapiiinha não dói….

Recruta Zero
Recruta Zero
7 meses atrás

“Tapa na cara” foi derrubar um avião com 176 inocentes!!!

Bosco
Bosco
7 meses atrás

O cara mata seu general e a resposta é um tapa na cara do assassino? Cadê a chuva de milhares e milhares de mísseis contra Israel?

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Eles vão usar o temível Qaher-313 pra atacar os EUA !

Mísseis tá fora de moda.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Bosco, esta é a pegada…

Palavras ao vento para levar a bugrada ao delírio é o que mais esta gente saber fazer.

Fizeram esta ação e ninguém no Irã vai ser macho de rir dela..

Acabou o problema.

Raduga
Raduga
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

Tem bugrada enganada nos dois lados dessa bagunça.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

Vocês viram o discurso do Trump? Estava visivelmente muito abalado. Algo estranho aconteceu atrás dos bastidores. Talvez uma conversa não muito cordial com Putin nos back channels?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Joao Moita Jr
7 meses atrás

Se eu tivesse uma mulher igual a dele ia viver com cara de cansado.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

Se o Commander In Chief precisar de reforço nesse departamento, eu dou um passo adiante!!!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Joao Moita Jr
7 meses atrás

Já havia comentado antes.
E o interessante era a cara dos militares atrás dele.
Estavam bem assustados.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Não é assustado.

Existe algo chamando responsabilidade com as consequências, que o Irã e regularmente os russos não tem.

Responsabilidades com as consequências, análises da tomada de decisões e tudo isto resulta em horas e horas de sono a menos.

No fim da Guerra do Golfo, não me esqueço de uma foto do General Norman Schwarzkopf assinando a trégua com o equivalente iraquiano e pelas feições de ambos parecia que os iraquianos venceram a Guerra.

Márcio A. S. Andrade
Márcio A. S. Andrade
Reply to  Joao Moita Jr
7 meses atrás

Srs. … creio que tudo isso é muito bem orquestrado. Os EUA e o Irã são inimigos, mas ambos combatem o ISIS (Estado Islâmico). Os EUA sabem que Iraque, Afeganistão e outras paragens são guerras de insurgência. Não há possibilidade nenhuma dos americanos vencerem. Combater nesses lugares é só paliativo. Saindo do Iraque, promessa de campanha de Trump, eles vão economizar e deixar a briga com o ISIS para o Irã. Os xiitas do Irã e do Iraque (maioria da população) se fortalecerão. Agora, os sunitas, curdos e yazidis serão os grandes perdedores. Trump dá uma de louco, mas é… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Joao Moita Jr
7 meses atrás

João,
Eu notei isso também. Algo muito sério está rolando. O Trump estava pálido e visivelmente cansado.

Eu não me preocupo nem com Rússia e nem China. Se fôssem Rússia ou China, o Trump saberia como resolver o problema no estilo dêle.

.O Trump parecia têr visto um fantasma. Algo estarrecedôr foi revelado a êle.

Dexter
Dexter
Reply to  Tadeu Mendes
7 meses atrás

???
O.O

Paulo Lahr
Paulo Lahr
Reply to  Joao Moita Jr
7 meses atrás

Eu acho que a conversa foi interna no próprio Estados Unidos. Ele foi claro que responderia a um ataque iraniano, depois mudou o discurso . que nenhum norte-americano morreu. A pressão é interna.

Paulo Lahr
Paulo Lahr
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

Na realidade se o Irã retomar o processo de enriquecimento de urânio como anunciaram, mostrará como a administração Trump é despreparada para lidar com situações complexas. Primeiro ele peida e depois corre para purificar o ar.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Pois é Boscovisk, e tem ainda a possibilidade de eles mesmos terem derrubado o 737. Ataque feito de modo a evitar q o tio Trump mande a verdadeira chuva de mísseis. 😉

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tomcat4.0
7 meses atrás

Fique calmo que a chuva de mísseis vai chegar e será sobre os americanos no Iraque.
Algumas tropas de aliados da OTAN já estão se retirando de lá.
Os Primeiros-Ministros do Iraque e do Kwait confirmaram que receberam cartas do Pentágono (se não me engano) confirmando a retirada das tropas americanas do Iraque.
São acontecimentos que se iniciaram e não há mais como pará-los.
Bola fora de Trump.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Sai pra fora, agoro!!! Porque com a sorte que tenho ultimamente, daqui a pouco quem vai estar lá sou eu.
Lol

Lucas
Lucas
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Tonico e a eterna mania de inventar fake news.

Aiatolá avisou que ia bombardear a base.
Americanos saíram todos de lá, horas antes do ataque.
Tudo combinado, pra enganar os barbudinhos.

E o comediante da Trilogia falando em chuva de mísseis…

José
José
Reply to  Bosco
7 meses atrás

O ataque com cerca de 15 misseis foi para salvar as aparências,pois como houve um show de ameaças com muita valentia,muito parecida com aquelas que o único gordo da Coreia profere,com a intenção de não causar mortes ou feridos,eles temem os USA,pois sabem que em caso de mortes haveria um terrível revide.
O misseis foram lançados com cuidado de não atingirem as bases e ambos os contendores saíram satisfeitos.
A retorica furiosa do Irã não é páreo para os USA.

Blind Mans Bluff
Blind Mans Bluff
Reply to  Bosco
7 meses atrás

A nao ser que ele tenha um super trunfo guardado, o aiatola nao quer uma guerra convencional contra a maior potencia militar do planeta. O ultimo jumento que fez isso morreu enforcado ao vivo em televisao aberta (Saddam).

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

Nesta eles mandaram bem….

Fizeram um ataque, salvaram a sua honra e não chutaram o cachorro grande na cara..

Eu ficava por aí mesmo.

Quero ver agora é a questão do avião que eles muito provavelmente derrubaram sem querer.

Recruta Zero
Recruta Zero
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

As caixas preta foram achadas, porém o Irã, recusa entrga- las a Boing.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Recruta Zero
7 meses atrás

Que entreguem para outro país que tenha condição de analisá-las!

Camargoer
Reply to  Recruta Zero
7 meses atrás

Caro Recruta Zero (sou fã do Dentinho). Por um lado, a investigação do acidente deveria ser preservada das disputas políticas, por outro, não há plena garantia que as gravações possam ser manipuladas para criar um problema diplomático. Talvez seja necessário usar um outro país, como França. Sei la.

cerberosph
cerberosph
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

O problema é que o boca mole disse que se houvesse ataque retaliaria atacando 52 alvos. O Irã lançou 15 mísseis balísticos, algo impensável, mesmo se não matou ninguém foi um ataque. E agora? O boca mole vai cumprir a palavra ou vai ficar desmoralizado??

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  cerberosph
7 meses atrás

ahahahaah desmoralizado fica quem diz que vai fazer um ataque devastador e faz isto

Antoniokings
Antoniokings
7 meses atrás

E os líderes xiitas iraquianos declararam que os seus ataques serão piores que os dos iranianos.

glaxs7 glasquis
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Na verdade, este parece ser um ataque combinado previamente entre ambos países.
Ligam prós americanos, avisam que atacarão, hora e local, os americanos retiram as suas tropas pra evitar baixas e depois, ambos sabem na imprensa cantando vitória.

Antoniokings
Antoniokings
7 meses atrás

Declarações do Primeiro-Ministro iraquiano em exercício Abdul-Mahdi: ‘Trump me pediu para mediar com o Irã e assassinou o meu convidado’

Essa foi a tônica desse atentado. Agiram à tocaia e por motivo torpe.
Agora, serão devidamente convidados a se retirar.
Ou serão retirados.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

“ou serão retirados”.
Ai eu pago pra ver.

Fizeram nada. Fizeram um ataque de fachada para terem algo para apresentar para sua população. Pq sabem muito bem que se fizem algo a mais que isso, hoje teríamos uma chuva de tomahawks sobre Teerã.
E outra, não sou a favor de teoria da conspiração, mas é uma coincidência muito grande esse avião ter caído logo ontem. É bem possível que tenham derrubado esse avião.

O fato de não entregarem as caixas pretas só corrobora isso.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Felipe Morais
7 meses atrás

Acho, que ele se referia a morte do general Iraniano.

DaGuerra
DaGuerra
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Convidado antes ou depois de atacarem a embaixada Americana?

Marcos R.
Marcos R.
7 meses atrás

Ação bem jogo de compadres, liga para o Iraque e fala: olha, vou atacar umas bases ai, cuidado para os americanos não descobrirem antes e se protegerem….

Bardini
Bardini
7 meses atrás

Já encheu o saco…

sagaz
sagaz
Reply to  Bardini
7 meses atrás

Parecendo briga de cachorros presos na corrente, e pior, com torcidas dos dois lados ladrando junto. É que nem certos jogos do campeonato brasileiro, só vale a pena ver o placar no outro dia, para que perder o sono assistindo.

Carlos
Carlos
Reply to  Bardini
7 meses atrás

Também Acho , Avisaram do “””ataque” e 12 mísseis capazes de transportar 1tonelada de EXPLOSIVOS cada , caem numa base Militar e não houve mortos e com Danos mínimos ?
Melhor Assim , mas tem algumas coisas que não tem cabimento , Reflita aí !!

João Moro
João Moro
7 meses atrás

Quando alguém leva um tapa na cara, ele fica com mais raiva ainda. Eles que tomem cuidado para não provocar uma ação direta dos EUA (sai na porrada).

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
7 meses atrás

Já tem diversas imagens do avião em queda, ele já está pegando fogo antes de cair!! Dificilmente saberemos o que causou tal avaria!!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
7 meses atrás

Esse ataque por não ter causado perdas humanas pode terminar acalmando a situação, pois o Irã vai poder arrotar que se vingou e os EUA que tinham prometido uma forte retaliação se americanos morressem como não houve morte não vão precisar cumprir a promessa!

cerberosph
cerberosph
Reply to  Fabio Araujo
7 meses atrás

O problema é o boca mole que disse que se houvesse ataque retaliaria, vai ficar desmoralizado??

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  cerberosph
7 meses atrás

Ele falou que se houvesse mortes e não houve mortes no ataque, então ele vai pegar esse fato para não retaliar!

Augusto L
Augusto L
7 meses atrás

Pela retórica o assassinato de Suleimani, gerou grandes preocupações sobre o futuro da influência iraniana no OM dentro do governo iraniano.

Essa frase do presidente iraniano ”Vocês cortaram a mão de Qassim Suleimani do corpo dele e nós cortamos seus pés da região”, me remete aos EUA cortando a influência do Irã na região e o Irã a presença americana da região.

Bom posso estar totalmente enganado mas foi o q a mensagem me passou.

α Tau
α Tau
7 meses atrás

Pra quem achava que eles não responderiam, parece que se enganaram redondamente…

Augusto L
Augusto L
Reply to  α Tau
7 meses atrás

Entre esse ataque e não fazer nada. Acho q q distância não é muito grande

Hawk
Hawk
7 meses atrás

Os EUA estão atacando com o HAARP! Essa noite houve terremoto no Irã!
(Ironic MODE ON)

XFF
XFF
7 meses atrás

Os jornais os EUA estão tentando minimizar a situação, tentando ridicularizar o Irã. Porém, a resposta do Irã foi Soberana. Nunca vi uma nação peitar e atacar os EUA diretamente e assumir o ataque e a responsabilidade como Irã fez.

cerberosph
cerberosph
Reply to  XFF
7 meses atrás

Vao usar isso na eleição presidencial contra o boca mole se ele não cumprir o que disse, se cumprir será a guerra contra o Irã. Foi um cheque mate contra o boca mole, de qualquer forma ele vai ser atacado nas eleições

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  cerberosph
7 meses atrás

Evidente que foi uma vitória política enorme do Irã.
E mostrou que o Irã está disposto a ir à guerra.
Cabe lembra que Irã e Iraque têm uma fronteira fluida e podemos vislumbrar um grande apoio iraniano aos seus aliados xiitas do Iraque.

Camargoer
Reply to  XFF
7 meses atrás

Caro XFF. Eu também fiz essa leitura. O poder de fogo dos EUA é imensamente maior que o do Irã (que tem um gasto militar um pouco maior do que o Chile). Contudo, os ataques aos EUA nos últimos 40 anos foram todos por meio de grupos terroristas. Desta vez foi um Estado (reconhecido pela ONU) reagindo abertamente contra os EUA. Nesse momento, tem um caráter mais político do que militar.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  XFF
7 meses atrás

Verdade e pela precisão dos misseis e falha da anti-aérea, no monimo a Arabia saudita vai ficar com um pé atrás com o Iran.

Jacinto
Jacinto
Reply to  XFF
7 meses atrás

Já aconteceu antes.
Em 1968 a Coreia do Norte atacou e capturou um navio da marinha norte americana – USS Pueblo. O Navio está até hoje na Coreia do Norte como museu.

Agnelo
Agnelo
Reply to  XFF
7 meses atrás

É verdade…
O garoto forte da outra rua entrou no quintal do João e deu uma surra na mãe dele(02 da casa).
João foi lá na rua do garoto forte e chamou ele de bobo feio…
Mandou bem…

Gorgoroth
Gorgoroth
7 meses atrás

Eua – Matam um general + uma caralhada de militares, com mísseis do fogo do inferno. De bônus, levam mais 50 no enterro dos caras.

Iran – Jogam 3 biribas de frente pra embaixada dos Estados Unidos, ninguém fica sequer ferido e ficam:

“A gente mostrou pra eles, estamos quites”

🙂

C César
C César
Reply to  Gorgoroth
7 meses atrás

Fora que no velório do terrorista (e em pleno Irã!) morreu mais gente (56) pisoteada que no ataque (8).

Raduga
Raduga
Reply to  C César
7 meses atrás

Isso foi o que o fanboy chamou de “bônus”.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
7 meses atrás

Os EUA matam o Qassem, o Irã fala que vai retaliar, os americanos falam que se no ataque iraniano americanos morrerem vão responder com força, o Irã pouco antes de retaliar avisa aos iraquianos que vão atacar e estes avisam aos americanos, os iraquianos e os americanos se protegem do ataque, nenhum americano e nenhum iraquiano morreram no ataque. O Trump acabou de falar que não vai retaliar, o Irã já tinha avisado que só atacariam novamente se os americanos atacassem. Pronto acabou a confusão, os dois lados vão cantar vitória, os EUA pela morte do Qassem e do Irã… Read more »

Jardel
Jardel
Reply to  Fabio Araujo
7 meses atrás

No final das contas ficou mais feio para o Trump. O Irã saiu mais fortalecido internamente. Se o homem cenoura tentava capitalizar para as eleições, o tiro saiu pela culatra.

Jardel
Jardel
Reply to  Jardel
7 meses atrás

Penso que não se deve agir assim com o Irã, agora eles irão buscar a bomba nuclear com ímpeto renovado. Israel deve estar louco pra resolver a sua própria maneira achando ser esta mais uma oportunidade perdida para um Irã não nuclear.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Jardel
7 meses atrás

Os russos e chineses não tem interesse em bomba nuclear na mão dos iranianos, pois sabem que existe o risco de armas nucleares pararem na mão de radicais islâmicos e coisa sair do controle. E tem mais se o Irã conseguir a bomba nuclear a Arábia Saudita vai correr atrás de conseguir, que nem Índia e Paquistão, a Índia fez a sua e o Paquistão foi atrás de fazer a dele.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fabio Araujo
7 meses atrás

Russos e chineses estão esfregando as mãos, felizes com as burrices e a perda de importância e influência americana no O.M.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Jardel
7 meses atrás

O Trump acabou de ganhar a eleição. A base conservadora que o elegeu é isolacionista – ou seja, querem retirar os EUA do Oriente Médio – e por isso uma das promessas de campanha dos EUA foi justamente encerrar o que ele chamava de guerras intermináveis. Ele matou o general iraniano e o fez sem entrar em guerra – que é justamente o sonho desta sua base de apoio: atacar terroristas mas sem entrar em guerras.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Quem está se importando com um General?
O que vai ficar na História é que o Irã mandou uma saraivada de mísseis contra os americanos que não reagiram.
Se esta crise ficar nestes termos, será uma retumbante vitória iraniana.

Marco
Marco
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Mais forte do que isso foi a capacidade americana e provavelmente israelense de atrair o inimigo para uma emboscada. Foi uma falha grande da segurança iraniana e russa!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Marco
7 meses atrás

Mais forte que isso, foi o Irã avisar que ia atacar, atacar efetivamente, os americanos não conseguirem deter e, pior, falarem que não iam reagir.

Marco
Marco
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Mas cá pra nós a inteligência russa falhou

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Eu acho o oposto. Ninguém atinge a popularidade que este general tinha sem razão – que podem ser boas ou ruins. Herói ou vilão, ele foi o arquiteto de uma estratégia que aumentou a influência do Irã no Oriente Médio, ou por outras palavras – ele tinha inteligência, sensibilidade militar e política, contatos. Seu substituto tem as mesmas qualidades? É difícil saber. Dizer que seu sucessor terá a mesma capacidade é pura especulação. Lembre da nossa história: O Lula – herói ou vilão – tem uma série de características que fez dele um presidente popular. Ele indicou a Dilma, que… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Mais popular que o Aiatolá Khomeini não era.
No entanto os outros aiatolás que vieram é que expandiram a influência do Irã.
É assim. Sai um e entra outro.
E continuam a todo o vapor com essa expansão.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

O Aiatolá Khomeini chegou ao poder em 1979 e morreu em 1989. A Guerra Irã-Iraque durou de 1980 a 1988. Mais de 80% do governo do Khomeini foi um governo em tempos de guerra. O generalato do Suleimani não tve nem um dia em que o Irã esteve em guerra aberta. Parece-me óbvio que governar um pais durante uma guerra aberta é mais difícil do que governar um país durante tempos de paz e por isso essa sua comparação me parece não muito inteligente.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Ontem, o novo Comandante da Guarda Republicana comunicou que não há possibilidade de paz com os EUA.
Khamenei declarou que os EUA devem se retirar do O.M.
Não adianta mudar a figura ‘A’ ou ‘B’ se o processo como um todo continua.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Você é determinista, Antonio, acredita em que processos históricos são irreversíveis e por isso indivíduos são irrelevantes. Mas, nos anos 1960, quem pensava assim (determinismo) também sustentava que a URSS prevaleceria sobre os EUA porque a URSS teria melhores tecnologias (tanto que foram os primeiros a enviar um satélite em órbita e a enviar um homem ao espaço) e seus exércitos pareciam invencíveis. E, além de tudo, eles já estavam na metade da Europa (Muro de Berlin). Bom, 30 anos depois, a URSS já não existia, porque entrou em colapso e acabou desmembrada em vários países. E sua sucessora (Rússia)… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Jacinto. A diferença fundamental é que nos anos 50 e 60 os EUA tinham, disparados, a maior economia do Mundo (quase 50% do total) e a Europa e o Japão começavam a colher os frutos do processo de reorganização após a Guerra Mundial. Hoje, dependendo do tipo de cálculo, a China já teria uma economia maior que a americana, apresenta um desenvolvimento econômico ainda impressionante e um grande desenvolvimento científico. As economias europeias estão com baixíssimo crescimento e o Japão está estagnado há mais de 10 anos e sem perspectivas. E, ainda, o desenvolvimento econômico mundial está lastreado nas economias… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Só o comandante mais importante do Irã…

Jorene
Jorene
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Ué ? Agora buscapé virou míssil ?

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
7 meses atrás

O ataque mostrou três coisas importantes que contrariam a lógica da maioria:
1- Os misseis Iranianos funcionam
2- Os misseis Iranianos são precisos
3- A anti-aérea americana mais uma vez falhou e agora na mão dos próprios americanos.
Obs. Tem videos delas reagindo ao ataque, pelo menos os canhões de 20mm.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
7 meses atrás

Tem como mandar o link? gostaria de ver

Junior
Junior
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
7 meses atrás

Se você pudesse mandar o link seria bacana

Augusto L
Augusto L
Reply to  Junior
7 meses atrás

Estavam no warzone mas foram apagadas.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
7 meses atrás

Cristiano não há defesa anti-misseis no Iraque, somente há o Centurion C-Ram que so serve contra foguetes e morteiros.

Bosco
Bosco
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
7 meses atrás

Cristiano, 1-Os misseis iranianos funcionam, mas têm cabeça de guerra diminuta e se não forem lançados em grandes ondas são ineficientes. Pelo visto os iranianos não devem ter muitos ou se têm, não tiveram culhões para usá-los. 2- Os misseis iranianos são precisos. Realmente! 3- “A anti-aérea americana não funciona.” Para afirmar isso você deve antes saber se a base em questão estava dentro de uma zona coberta por sistemas Patriot ou THAAD. Isso não é comum de se ter em uma base iraquiana. * Videos de canhões de 20 mm (o Centurion?) disparando contra mísseis balísticos de médio alcance… Read more »

Jacinto
Jacinto
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Aliás, Bosco, olha só que interessante. A Agência Espacial Europeia lançou um satelite chamado Sentinel-1 (que, apesar do nome, não é militar) que tem como principal sensor um radar de abertura sintética (SAR) que atua na Band C, que é a mesma banda em que alguns radares militares atuam. Como os radares militares geram interferências nas ondas emitidas pelo Satélite, através da manipulação destas imagens (que estão no Google Earth), é (ou era) possível localizar as baterias Patriots (e de outros radares também). Se tiver interesse no assunto, busque o seguinte: “X Marks The Spot: Identifying MIM-104 Patriot Batteries From… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Jacinto,
É um dado curioso (o radar banda C do Patriot imprimir uma “artefato” de imagem na imagem gerada pelo SAR do Sentinel) mas não vejo aplicação militar.

Marco
Marco
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Bosco, não foi o THAAD que tinha apresentado um desempenho aquém do esperando quando os americanos o testaram por ocasião da ameaça da Coreia do Norte atingir o Havaí?

Bosco
Bosco
Reply to  Marco
7 meses atrás

Marco,
Desconheço.
Dos 16 testes divulgados após os sistema entrar em operação por volta de 2005, 3 foram abortados e 13 foram considerados bem sucedidos.
Alguns dos testes abortados após o lançamento do THAAD se devem a falhas no míssil alvo e não no sistema que estava sendo testado.

Marco
Marco
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Ok
Obrigado 👍

Marcos R.
Marcos R.
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Bosco, pergunto: simplesmente não teriam deixado de abater mísseis iranianos em razão do dano que eles poderiam causar ser inferior ao gasto com patriots para interceptações ?

Bosco
Bosco
Reply to  Marcos R.
7 meses atrás

Marcos, Pelo visto foram usados mísseis balísticos com até 600 km de alcance. Tais mísseis são interceptados na fase terminal pelo sistema Patriot. Para isso a bateria tem que estar numa distância máxima de 30 km dos alvos potenciais. Simplesmente não dá pra proteger todas as bases devido à falta de baterias. Elas podem ser deslocadas para alvos potenciais em momentos de crise mas mesmo que tenha sido planejado fazê-lo não houve tempo hábil para tanto. Mísseis balísticos de maior alcance podem ser interceptados na fase intermediária e aí uma bateria pode cobrir uma ampla área. Por exemplo, se os… Read more »

Agnelo
Agnelo
7 meses atrás

Em resposta a morte do ícone da luta contra EUA e Israel, Irã lançou mísseis q não acertaram nada….
Mostraram pro povo dele q atiraram, não provocaram quem tem a borduna maior q a deles, dizem internamente q mataram vários, e pronto….

Trump matou o líder e organizador, talvez o maior, de operações clandestinas q geram terrorismo no OM, África, Ásia e Europa.
O Irã “deu um migué” de retaliação.

Trump “espetou” a oposição sobre o financiamento daquela direção às armas iranianas.

E o Iraque? Vai perpetuar na função de marisco…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Agnelo
7 meses atrás

Coloque uma coisa na cabeça.
Trump e os EUA recuaram.
E ponto.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Eu acho o inverso. Quem prometeu mandar os americanos de volta para os EUA horizontalmente se contentou com um ataque que provocou 0 mortos e 0 feridos. Os únicos que estão na posição horizontal são iranianos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Agora que vai começar a ficar interessante.
Esses foram só os prolegômenos
O processo de ‘ejeção’ dos americanos do Iraque não vai caber ao Irã e sim aos xiitas iraquianos com ajuda maciça, decerto, dos iranianos.
É isso que o Irã quer e parece que vai conseguir

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

O processo de ejeção dos americanos do OM já dura 100 anos mas até hoje eles estão lá.
*E ainda bem porque senão eles iriam vender seu riquíssimo petróleo só para alimentar lamparinas. Se não aproveitaram do Ocidente para a o bem da população, isso se deve aos déspotas que os governam. Dinheiro do Ocidente é o que não falta na região.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Antonio Hoje, já uma revolução silenciosa na área de energia – e energia é justamente o que torna o Oriente Médio relevante. E esta revolução, não é nos EUA ou na Europa, mas na China. A China tem a maior reserva de shale gas do mundo, e está começando a explorá-la. O custo é caro, mas os chineses acreditam que a produção em escala será suficiente para tornar lucrativa a sua exploração e pretendem substituir as importações de petróleo por gás natural produzido localmente – como os EUA fizeram. Quando os EUA começaram a produzir petróleo/gas em grandes quantidades, o… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Isso é muito complicado.
O shale gas é muito mais difícil de explorar e quanto mais profundo vão buscá-lo pelo esgotamento das reservas mais ‘fáceis’, mais caro fica.
E isso já está ocorrendo com diversas bacias americanas.
Sem contar o grande impacto ambiental que ele causa.
Mas, de qualquer forma, é uma alternativa.
Mesmo com uma possível grande escala chinesa.
SDS.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Mas se você tem a maior reserva do mundo e remete quase US$ 300 bilhões por ano ao exterior com importações de petróleo, explorar esta reserva é interessante mesmo que de forma deficitária, porque mantém o dinheiro dentro do país. A China tem uma balança comercial superavitária em US$ 400 bilhões; se deixar de remeter US$ 300 bilhões ao exterior adquirindo o que eles têm no quintal, o superavit de sua balança chega a US$ 700 bilhões e quase dobra. Pense assim: se você vai mandar lavar o carro, é melhor pagar R$ 35 para o lava rápido ou R$… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Tadinho…
Deve ser muito decepcionante ver uma reação tão canela seca dessas…
Como vc perguntou… Quem está se importando com um General?
Quase ninguém, morreram dezenas de pessoas e mais de uma centena de feridos no enterro, pq sao “da Lua”…

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

Iran atacou uma base americana e o que o pentágono faz? Nada! EUA perdeu a coragem! Repito: “Atacou uma base americana!” Isso em outros tempos não passaria em branco…

Jacinto
Jacinto
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

Porque as pessoas gostam de achar que tudo o que ocorre é pela primeira vez? Em 1968 a Coreia do Norte abordou e capturou um navio da Marinha dos EUA (USS Pueblo) que ainda hoje está na Coreia do Norte como um museu…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

Isso é sinal evidente de perda de poder e influência.
A imagem de um Trump acuado e de militares americanos visivelmente constrangidos no pronunciamento reforçam essa situação.

Alex-RJ
Alex-RJ
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

kkk EUa perdeu a coragem, só matou o principal general do Irã.

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

O todo poderoso EUA perdeu a coragem! Afinou!

Alessandro
Alessandro
7 meses atrás

Sobre a mensagem do Aitolá, deixa eles pensarem que foi um “tapa na cara” dos americanos, assim eles param com isso e dá um sossego na região, senão o risco de perder o controle dos dois lados só iria aumentar as tensões, e chegar em um nível que não seria bom para ninguém, inclusive para o Brasil. Espero que os EUA não respondam o ataque, já que o Irã errou feio os alvos e não fez nenhuma vítima americana, é melhor deixar os aiatolás se ludibriarem com esse ataque de faz de conta, o negócio é acalmar os ânimos e… Read more »

John
John
7 meses atrás

Ataque de fachada, em local previsível, como mencionado em outros comentários, apenas pra dar uma satisfação pro povo, e vai ficar por isso mesmo. Vitoria pro Ocidente.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
7 meses atrás

Senhôres,

Os mísseis foram disparados sem ogivas. Fake ataque.

Foi um falso ataque. O Iran piscou. Tiveram mêdo da reação do Trump.

α Tau
α Tau
Reply to  Tadeu Mendes
7 meses atrás

Eu prefiro confiar num iraniano a confiar num estadunidense….

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  α Tau
7 meses atrás

Tau,

Good luck.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Tadeu Mendes
7 meses atrás

Caro Tadeu
Qual o objetivo dos EUA em relação ao Irã? Tais objetivos estão mais perto ou mais longe de serem alcançados hoje depois do assassinato de um oficial de governo iraniano ( país com o qual os EUA não estão em guerra declarada ) em missão diplomática a convite de um país aliado norte-americanos ( Iraque)?
Qual objetivo do ataque iraniano em relação aos EUA? Até então , independente de qualquer coisa, atacar uma base militar estadunidense era uma linha vermelha!!!!!! E agora?

Jorene
Jorene
Reply to  α Tau
7 meses atrás

Então se aconselhe com o Farhad Marvizi, ou se preferir, com o Kia Joorabchian. rsrsrsrs

Oiseau de Proie
Oiseau de Proie
7 meses atrás

Uma coisa que me chamou a atenção também é como as mídias ocidentais sempre colocam os números de manifestantes das passeatas feitas por eles na casa de apenas alguns milhares…se observarem os vídeos destas passeatas de manifestação fica bem claro que o número de pessoas delas são na casa dos milhões ou centenas de milhares no mínimo…essa gente pode mentir e enganar o mundo pelas mídias controladas por eles mas a verdade é que a maior parte da população do Irão, apesar de tudo, apoia seu atual governo e está unida a favor dele…campanhas de desestabilização e divisão social não… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Oiseau de Proie
7 meses atrás

Oiseau,

Se nao apoiar, sao torturados e exterminados. Distribuiram comida gratuita para a massa ignara, e como a fome no Iran existe, houve um estampido por causa da comida.

Mayuan
Mayuan
Reply to  Oiseau de Proie
7 meses atrás

Vários analistas discordam de sua opinião e acusam essas manifestações de apoio serem tão “sinceras” quanto às que o gordinho atômico orquestra na KN…

Jagderband#44
Jagderband#44
7 meses atrás

Resultado do tapa na cara: 0 americano morto e um Boeing 737 Civil ucraniano derrubado. Toninho tem que escolher melhor o time para torcer.

Jacinto
Jacinto
7 meses atrás

Estou falando desde ontem: ataque com misseis balísticos em duas bases militares, sem mortos ou feridos é “casadinha”, é farsa, é combinação. É ridículo: uma vez eu assisti a uma briga de bar que acabou com mais feridos do que este ataque do Irã.

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Verdade Jacinto! Cada um acredita na mentira que lhe convém! Antes mesmo dos mísseis chegarem no alvo os americanos já afirmavam que não houve vítimas… Eles são sensitivos! Mas o que ficará na história é que “uma base americana foi atacada pelo Iran e os americanos não fizeram nada!”

Jacinto
Jacinto
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

Sincero, a esta altura é obvio que o ataque do Irã foi uma pantomima. O Irã avisou o Iraque sobre o ataque – mas aquela base é conjunta! Lá tem americano, iraquiano e soldados de outros países. Quando os iraquianos souberam do ataque, os americanos (e outros) souberam também. É mais ou menos como o marido corno que liga para a esposa quando chega perto de casa para permitir a fuga do amante. Quando é que alguém viu um ataque com misseis balísticos em duas bases que resulta em 0 mortos e 0 feridos? Nem uma unha quebrada. O que… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Na guerra, a primeira vítima é a verdade.
Trump afinou, e ele não vai admitir que morreram americanos no ataque.
Isso é óbvio.
Agora, volta para casa com a ridícula imagem de ter levado uma saraivada de mísseis de um Pais de médio porte.
E teve medo de reagir.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

É impossível ocultar mortos em um incidente como esse. Seria necessária a cooperação de todos os soldados da base, incluindo os soldados americanos, os soldados britânicos além dos próprios soldados iraquianos. Dá para acreditar que entre estas centenas ou milhares de pessoas recusariam alguns milhões para escrever um livro sobre o assunto? Já até imagino o título, algo do tipo “Arquivo Soleimani: a verdadeira história do massacre do ataque a Al Assad”. Ou com um trocadilho do tipo “O Leão de Al Assad: como sobrevivi aos misseis balísticos do Irã” (Assad é leão em árabe). Mas como você disse, na… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Jacinto

Vamos fazer uma analogia.
Imagine o Brasil matando um General do Paraguai.
O Paraguai fala que vai reagir e ataca com dezenas de mísseis uma base brasileira. O Brasil afina e diz que não reagir.
Proporcionalmente foi isso o que aconteceu.
Que vergonha!

Vilar Souza
Vilar Souza
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Com as bases americanas lá e na Bolívia vamos ver isso ainda.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Toinho,
“Vamos fazer uma analogia.
Imagine o Brasil matando um General do Paraguai.
O Paraguai fala que vai reagir e ataca com dezenas de mísseis uma base brasileira. O Brasil afina e diz que não reagir.
Proporcionalmente foi isso o que aconteceu.
Que vergonha!”

Quem disse que acabou?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Verdade.
Não acabou.
A Zona Verde acabou de ser bombardeada de novo.
Não preciso dizer qual o alvo, né?

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Antonio, eu sempre valoriza mais a vida humana do que bens materiais. Por isso é simples: se vida – especialmente uma relevante para a estratégia do país – é mais relevante do que prédios, que perde vidas perde mais do que aquele que perde prédios.

Bosco
Bosco
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Jacinto,
Os contorcionismos intelectuais do “Toinho da Lua” na defesa de seus ponto de vista (basicamente centrado na demonização dos EUA e Israel em particular e do Ocidente em geral) são tão pueris que dispensam maiores esforços em refutá-los.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Eu acho que vi um gatinho… vi sim! …vi um gatinho…

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

“Na guerra, a primeira vítima é a verdade.”
Mas ainda bem que temos representantes da esquerda festiva que prezam sobretudo pela mais cristalina verdade, né Toinho?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Americanos são mestres nisso.
Desde a ápoca do Coronel Custer.
O herói que foi massacrado
Mais hodiernamente, lembro do caso do Vietnã.
O Presidente americano anunciando que a guerra estava acabando com uma vitória americana e, dias depois, os vietnamitas estavam invadindo a Embaixada americana em Saigon.
Logo depois, foram derrotados e expulsos do País.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

“Mais hodiernamente, lembro do caso do Vietnã. O Presidente americano anunciando que a guerra estava acabando com uma vitória americana e, dias depois, os vietnamitas estavam invadindo a Embaixada americana em Saigon.” Sim, sim, dias depois. De fato, cerca de 750 dias depois. É mais ou menos o tempo que separa a retirada das últimas tropas americanas do Vietnã (não confundir com um punhado de fuzileiros navais encarregados da segurança de embaixadas em qualquer lugar do mundo) juntamente com o tal anúncio do Nixon, em março de 1973 (lembrando que o armistício foi assinado em janeiro em Paris), da tomada… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
7 meses atrás

Refiro-me ao Presidente Lindon Johnson que anunciou a iminente vitória americana e levou a Ofensiva do Tet que teve uma invasão e tiroteio dentro da Embaixada americana em Saigon.
As autoridades americanas estavam vendendo a imagem da vitória total e os vietcongues vieram com força máxima
Depois os americanos foram derrotados e definitivamente expulsos do Vietnã.

_RR_
_RR_
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Antonio… A ofensiva do TET foi de fato um desastre militar… Apesar do sucesso inicial, os vietnamitas foram completamente dominados nos dias que se seguiram ao assalto inicial. Ao espalharem seus soldados na tentativa de fazer um ataque combinado, terminaram foi retalhando suas forças em unidades minúsculas, que se viram completamente isoladas – sem que uma pudesse dar apoio a outra. O resultado: dez mil guerrilheiros mortos em uma semana… No mais, operações como a Linebaker I mostraram que, se fosse dada verdadeira liberdade de ação, os americanos poderiam ter arrasado o Vietnam do Norte e arrancado a vitória final…… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  _RR_
7 meses atrás

‘A ofensiva do Tet foi de fato um desastre.’
Está vendo como funciona a propaganda?
Devo acrescentar que as operações Linebacker e Rolling Thunder dentre outras foram sucessos.
Tantos sucessos que os EUA perderam a guerra.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
7 meses atrás

Segue pequeno texto:

Na Ofensiva do Tet, cerca de 36 das 44 capitais provinciais e outras 64 cidades do Vietnã do Sul foram atacadas, mobilizando 80 mil soldados norte-vietnamitas e vietcongues. Os americanos viram sua teoricamente inexpugnável embaixada em Saigon ser tomada pelo inimigo, que resistiu por seis horas no prédio antes de ser vencido. Em Da Nang, onde ficava a maior base aérea americana, 30 aeronaves foram destruídas.

Leia mais: https://acervo.oglobo.globo.com/fatos-historicos/ofensiva-do-tet-vira-jogo-no-vietna-9661479#ixzz6ATj8xxlj
stest

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

“Os americanos viram sua teoricamente inexpugnável embaixada em Saigon ser tomada pelo inimigo, que resistiu por seis horas no prédio antes de ser vencido.”

O texto está incorreto. Uma dúzia e meia de combatentes conseguiu invadir o perímetro da embaixada, mas nunca tomaram o prédio da chancelaria. No fim das contas, só um sobreviveu e foi capturado.

_RR_
_RR_
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Antonio,

Os números finais são frios.

80.000 vietnamitas pereceram pra nada… Tanto que, após uma avaliação criteriosa, os próprios vietcongs decidiram retornar a modalidade de guerra de guerrilha.

Repito: a verdadeira vitória do Vietnam foi política, e não militar.

Em verdade, os americanos nunca perderam uma única batalha no Vietnam. Mas isso se mostrou irrelevante no final, provando que a guerra é mais que botas no chão…

Jorene
Jorene
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

So em Narnia que dez vietcongs conquistaram a embaixada americana… rsrsrsrs, quase todos morreram nos jardins da embaixada. Cada uma, parece revisionismo soviético !

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Não aprende né Toinho ?? Diferente dos países boca de porco que vc apoia (e jamais moraria em um deles, como boa esquerda caviar) , onde tem uns 5 cabeças de bagre que mandam , os EUA não são assim… não houve baixas americanas no ataque de modo a sensibilizar Congresso, Senado e público americano para revidar a altura …mesmo que seja a vontade dele Trump, de fazer… O jogo inverteu, os americanos estão no aguardo do Irã cometer a besteira que justifique uma resposta militar…onde tenha apoio de países aliados (OTAN entre outros) e mesmo a opinião da sociedade… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Plinio Jr
7 meses atrás

Vão carregar a vergonha de tomar uma leva de mísseis do inimigo muito menor, botar o rabo entre as pernas e sair fora.
A propósito. Os aliados da OTAN já retiraram suas forças do Iraque e quando as ações começarem será apenas entre Irã, Iraque e EUA.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Quem saiu por cima foi o Trump, ate hoje a Globo, CNN e BBC estavam falando disso, o que me impressionou bastante esperava um massacre midiático.

Bom, o Irã retalhou e jogou pro seu público interno, ja para o Trump, saiu como o presidente que mata terroristas e não tem o preço de soldados mortos em retalhação, uma grande vitória interna, na geopolítica mostrou ate onde o Irã pode ir e ate onde os EUA irão aceitar sem retalhar.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto L
7 meses atrás

Usando uma analogia futebolística de fácil compreensão.
O Flamengo (EUA) tem um time muito forte e faz um gol no Goiás (Irã) que é um time médio, de investimento muito menor.
Aí o Goiás fala: Vou atacar de qualquer maneira.
O Flamengo retruca: Tudo bem. Pode atacar que eu deixo vcs fazerem um gol e o jogo termina bem para todos.

Fala sério.
Vcs estão na fase do me engana que eu gosto.
Em tempo: Muito provavelmente, as milícias iraquianas vão continuar os ataques com feito novamente hoje na Zona Verde.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

“Você é um cara totalmente neurótico.”
O Toinho é o que podemos chamar de workaholic.
*Igual a pirralha Greta Thumberg.

Jorene
Jorene
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Três arrumadeiras e uma faxineira deixam em ordem em um dia as bases americanas depois desse super-hiper-viper micronanico foguetório iraniano.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Kings,

Só você acredita nisso.

Jorene
Jorene
Reply to  Tadeu Mendes
7 meses atrás

Disso tudo(Donetsk e Irã) fica provado uma coisa, os lança mísseis antiaéreos russos são ótimos para derrubar Boeings cheios de civis.

Mayuan
Mayuan
Reply to  Antoniokings
7 meses atrás

Como que não vai admitir? Lá, ao contrário do Irã, a internet e a imprensa são livres. Se morrer um cachorro todo mundo já fica sabendo.

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

Vivi pra ver os americanos comemorando o fato de “ter sido atacado e não sofrer baixas!” Em outros tempos nem atacados seriam, pois eram respeitado ou temidos! Isso acabou!

Jacinto
Jacinto
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

De novo: em 1968 a Coreia do Norte abordou um navio da marinha dos EUA, capturou tanto navios quanto seus tripulantes e mantém o navio até hoje como um museu.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Jacinto
7 meses atrás

Você esqueceu quem era o guarda-chuvas coreano, né? URSS.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Vinicius Momesso
7 meses atrás

Hoje, na verdade, existe a desconfiança de que a URSS incentivou o evento para obter o equipamento de comunicações criptografado do USS Pueblo. Isso porque, por meio de uma rede de espionagem na marinha americana chamada “Walker Ring”, os soviéticos obtinham os códigos de criptografia da marinha dos EUA. Com os códigos e as máquinas, os soviéticos conseguiam ler as comunicações dos EUA, pelo menos parte delas.

Jorene
Jorene
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
7 meses atrás

Agora vi o quanto alguns brasileiros precisam de aula de reforço em história.

FERNANDO
FERNANDO
7 meses atrás

Tá, agora acabem está PORRA!!
Vcs dão um beijo no Trumpy e o mundo volta a girar.
Afinal, o que todo mundo quer e comer um Hot Dog na esquina, falar mal do presidente, cantarolar que transou com a filha do vizinho e meter pau no Flamengo.
Próximo assunto…….

nonato
nonato
7 meses atrás

Offtopic: Sugestão para os editores. Uma matéria própria ou reproduzida acerca de uma questão fundamental relacionada a conflitos militares. Psicologia e estratégia militar. Refiro-me ao jogo de xadrez. Cada ação tem ou pode ter uma consequência. Um exemplo foi a derrubada do caça Russo pela Turquia. A Turquia demonstrou força. A Rússia ficou num dilema semelhante ao de Trump. Deixar por isso mesmo? Prós e contras. Nenhum país quer sofrer humilhações. Mas também não dá, na maioria dos casos, para chutar o pau da barraca. Nenhum país, normalmente, teria coragem de desafiar EUA, Rússia e China. Em alguns momentos quando… Read more »

Ramon
Ramon
7 meses atrás

Na realidade nenhum dos dois países quer guerra isso fica claro quando os iranianos falaram que se os EUA não reagissem não iria ter mais ataques, e realmente como não teve mortes americanas os EUA não reagiram só impôs sansões econômicas, acho que foi uma sabia resposta pois entrar em um conflito nesse momento no oriente médio iria só piorar a situação pois aquela região se mostra bastante complicada e custosa pois meio mundo já entrou em um conflito ali e não adiantou muita coisa pois sempre aparece um grupo terrorista um país mais radical e problemas migratórios.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Ramon
7 meses atrás

O melhor dos mundos é que tenha morrido aí esta estória(evitando um banho de sangue e destruição) toda com ambos os lados felizes por mais q ,eu particularmente, não botei fé nas palavras do Trump de modo q ele não venha a fazer algo mais.

Pedro
Pedro
7 meses atrás

FONTE: New York Times

Nem li, eh a GLobo dos EUA!!! Para eles pouco importa se do outro lado esta um tirano sanguinario, desde que seja inimigo do presidente dos EUA ou contra os valores ocidentais.

α Tau
α Tau
7 meses atrás

““Os americanos devem ficar a saber que, até ao momento, 13 cenários de vingança foram discutidos pelo Conselho e, mesmo que apenas cheguemos a consenso relativamente ao mais fraco dos cenários, levá-lo a cabo poderá ser um pesadelo histórico para os EUA”, afirmou Ali Shamkhani…Antes destas declarações, o Parlamento Iraniano tinha anunciado a aprovação de uma lei que classifica todas as forças armadas estadunidenses de organismos terroristas… Para quem disse que o Irão não iria fazer nada por agora ou que estava blefando, se enganou redondamente!..o Irão esta sendo arrojado e ousadíssimo…Colocou a Arábia Saudita de rabo entre as pernas… Read more »

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
7 meses atrás

Pura perda de tempo … Ataque fraco de um mendigo moribundo kkkk

Aceitem, o Iran tá vendendo o almoço para pagar o jantar e vem esses soldadinhos da net querendo guerra e cantando vitoria kkkk

Guerra é um risco caro que o iran não tem como assumir …

Marco
Marco
7 meses atrás

A morte do Gal foi uma falha grande da inteligência russa!

Dr. Mundico
Dr. Mundico
7 meses atrás

Isso é uma guerra de pedradas. A nenhum dos lados interessa um confronto direto, sendo que a coisa vai continuar na pressão e na bravata.
Política se faz de hoje para a frente, coisa que pouquíssima gente por aqui nunca aprendeu nem quis aprender.
Enquanto um lado continuar dando motivo para o outro latir suas bravatas nacionalistas, não tem perigo, podem dormir tranquilos.

Marco
Marco
7 meses atrás

Ué agora os iranianos estão arrumando confusão com o Iraque.
Caíram em outra armadilha?

https://www.aljazeera.com/amp/news/2020/01/iraqis-denounce-iran-missiles-violation-sovereignty-200108194618643.html?__twitter_impression=true

Marco
Marco
7 meses atrás

Mais de vinte baixas americanas?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

E todos aqueles que acreditam no “Tapa na Cara” por uma estranha coincidência..

São todos os amantes da orcrim…

Vai entender esta gente

Bosco
Bosco
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

Rodrigo,
Eles pensam em bloco e sequem o que determina o pensador coletivo. Não tem como mijar fora do balde em nenhuma questão.

Vilar Souza
Vilar Souza
Reply to  Bosco
7 meses atrás

A defesa do Brasil não pode se limitar a uma ou duas ideologias.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Pior que eu n consigo dizer nem que isto é pensamento…

Vilar Souza
Vilar Souza
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

Há que acredite em nenhuma das partes. Iraque virou porto rico. Uma dívida de guerra enorme. Será fatiado no decorrer da historia.

Jorene
Jorene
Reply to  Vilar Souza
7 meses atrás

O futuro do Iraque é ser dividido em 3 países: curdos, sunitas e xiítas. Na verdade de fato já é assim.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Jorene
7 meses atrás

Acho difícil isto acontecer..

Iraque e Irã tem um sentimento nacional forte.

Eles acabarão pode se entender o dia que o Irã e os EUA sairem do seu território e pararem de interferir.

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
7 meses atrás

Vai entender né

Leandro
Leandro
7 meses atrás

Pronto, tudo dentro do script! Ao atacar as duas bases aéreas americanas no Iraque em uma ação em resposta ao assassinato do seu principal General, o Irã consegue assim passar a opnião pública sua resolução sem que com isso se escale o conflito. Isso fica claro pelo tipo de ataque que ocorreu em nas áreas não ocupadas das bases, que junto com o alerta antecipado as autoridades iraquianas, permitiu aos militares americanos se deslocarem aos bunkers, evitando assim baixas do País. A resposta de Trump no Twitter dizendo que por equanto estava tudo bem, junto com a mensagem do Ministro… Read more »

Marco
Marco
Reply to  Leandro
7 meses atrás

Isso não vai parar aí não

João Adaime
João Adaime
7 meses atrás

Interessante a reação do pessoal acerca dos comentários desta postagem. O que vou comentar vale para quaisquer comentários de quaisquer postagens. Percebe-se claramente uma divisão entre os pró-EUA e os contra-EUA. Os pró superam os contra na proporção de 5 X 1. Qualquer que seja o comentário, ele é positivado ou negativado se o mesmo é o que o leitor quer ou não ler. Independente se certo ou coerente, errado ou incoerente. Se o comentário é de um notório pró ou contra, ele será positivado ou negativado automaticamente, qualquer que seja o argumento. Portanto, isto aqui está mais pra Fla… Read more »

Oiseau de Proie
Oiseau de Proie
Reply to  João Adaime
7 meses atrás

Vidas inocentes pagam com sangue, enquanto líderes fomentam o ódio através de suas redes sociais e os alienados distantes se posicionam ao lado da ideologia que o agrada e as vidas e o sangue que se dane…

Vilar Souza
Vilar Souza
Reply to  João Adaime
7 meses atrás

11 de março de 1641, a batalha. Aqui não se ve.

João Adaime
João Adaime
Reply to  Vilar Souza
7 meses atrás

Prezado Vilar Souza
Fazendo relação com o episódio atual, quem seriam os guaranis e quem seriam os bandeirantes na batalha de M’Bororé?
Abraço

SPQR
SPQR
Reply to  João Adaime
7 meses atrás

A diferença é que boa parte dos comentários pró-Irã foram feitos pela mesma pessoa com nicks diferentes. Então, não existe Fla x Flu, existe Fla x Íbis, mas o único jogador do Íbis joga nas 11.

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão
7 meses atrás

Os eua mataram Saddam Hussein com falsas acusações, e criaram assim o Daesh e seu grande líder al bagdad que matou milhares de pessoas, e ainda evadiu grande parte de todo oriente médio, culminando na grande migração para toda europa, um grande problema para todo ocidente, mas eles mesmo não sofreram nenhuma invasão, pois estão na América e não na rota de alcance desses imigrantes, a europa esta pagando pelos erros dos estadunidenses sem conseguir lidar com tantos refugiados!…

Bosco
Bosco
Reply to  Cavalo-do-Cão
7 meses atrás

-https://www.youtube.com/watch?v=3hOafAhznww-
Realmente Saddan era um santinho.
Tá com dó, leva pra casa.
*Saddan teve um julgamento e foi condenado. Aliás, faculdade que ele não dispensava àqueles que o desagradavam.

André Souza
André Souza
7 meses atrás

Senhores foi como eu disse uma vez aqui toda essa situação foi como uma grande luta de UFC o marketing da pós luta vendeu mais do que a própria luta, quais foram os ganhos ? Com certeza foram as conquistas domésticas, um país dividido que a pouco tempo teve 1.500 mortos em um protesto contra o atual governo dos Aiatolás hoje pode se dizer que o regime sai fortalecido internamente e do outro lado vemos uma reeleição antecipada de Donald Trump.
Podem voltar para o Call of Duty generais de sofá, seus soldados virtuais estão esperando.

Madmax
Madmax
7 meses atrás

Negada não quer briga. Nem de um lado nem do outro.

SPQR
SPQR
7 meses atrás

A pergunta que não quer calar: quantos pseudônimos o Tonho da Lua tem neste site?

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  SPQR
7 meses atrás

Uns 4

Marco
Marco
7 meses atrás

Será que os russos sabiam que o Gal ia ser atacado e não avisaram os iranianos?
É que não dá pra confiar em ninguém…

nonato
nonato
7 meses atrás

Esse ataque do Irã parece ter o dedo de gente grande por trás.
Talvez da Rússia ou China.
Medido milimetricamente.
“Se não causar mortes, o congresso e a opinião pública não aprovarão uma guerra”.

Carl von Clausewitz
Carl von Clausewitz
7 meses atrás

E o que acham desse Boeing Ucraniano? A mim parece que foi abatido ou sabotado no “calor”, sem a chancela oficial do regime. Se assumirmos que a “retaliação” iraniana foi combinada e feita pra não ser letal, esse evento não programado, com morte de civis, deve ter dado um bom nó na garganta de ambos os lados.

Pedro
Pedro
Reply to  Carl von Clausewitz
7 meses atrás

Tem cara de AA Iraniano a todo vapor.

Carl von Clausewitz
Carl von Clausewitz
Reply to  Pedro
7 meses atrás

Já circulam algumas fotos dos destroços com rombos de AA na fuselagem.

Carl von Clausewitz
Carl von Clausewitz
Reply to  Pedro
7 meses atrás

“Acredita-se que a aeronave tenha sido atingida por um sistema de mísseis terra-ar Tor-M1 construído na Rússia, conhecido pela OTAN como Gauntlet, disseram à Newsweek os três oficiais que não estavam autorizados a falar publicamente sobre o assunto.”

https://www.aereo.jor.br/2020/01/09/boeing-737-800-da-ucrania-foi-abatido-por-missil-dizem-fontes/

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
7 meses atrás

Deu tapa na cara do pessoal aqui do Forte, muitos diziam que o Irã só fabricava buscapé kkkkk o ataque na Arábia Saudita e agora no Iraque mostram que os buscapés do Irã podem fazer estrago.

Jorene
Jorene
Reply to  Defensor da liberdade
7 meses atrás

Não é buscapé, é traque.

Santiago
Santiago
7 meses atrás

Parece que essas bases dos EUA espalhadas pelo mundo afora, não são tão protegidas assim. Se o Iran quisesse acertar mesmo teria feito um estrago grande. O problema é aguentar o porrete dos americanos depois!