Home Artilharia VÍDEO: Entrega dos 32 obuseiros M109A5+ da BAE Systems ao Exército Brasileiro

VÍDEO: Entrega dos 32 obuseiros M109A5+ da BAE Systems ao Exército Brasileiro

6258
118

Em 2016, a BAE Systems foi vencedora do contrato de US$ 54 milhões a forças armadas estrangeiras por parte do governo norte-americano para fornecer a atualização dos obuseiros autopropulsados M109A5+ ao Exército Brasileiro.

Pelo contrato, a BAE Systems oferece também ao Exército Brasileiro conhecimento tecnológico e apoio durante o ciclo de vida dos veículos entregues.

O evento oficial de entrega ocorreu em dezembro de 2019, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

Subscribe
Notify of
guest
118 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Augusto L
Augusto L
4 meses atrás

Off topic:Os EUA estão fazendo nesse momento exercícios Defender na Europa e no Sudeste Asiático.

Excluiu o links pq o anti spam tava bloqueando meu comentário

Alexandre
Alexandre
4 meses atrás

Melhor obus autopropulsado da América latina em operação no Brasil, temos agora 36 M 109 A5+, 60 M 109 A5 e outros 37 M 109 A3, num total de 133 obus M 109 em 3 versões! Todos sabemos que a principal arma de um exército é sua artilharia, e com o sistema ASTROS 2020, que hoje é um dos melhores do Mundo, podemos dizer com tranquilidade que nenhum exército da América do Sul teria a mínima chance contra o EB. Saudações cordiais, porque o choro é livre, kkkkkkkk

Agnelo
Agnelo
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

É um poder de fogo muito grande!!

André Luís
André Luís
Reply to  Agnelo
4 meses atrás

Agnelo, ficarão em 3 versões ou todos serão padronizados numa única versão? Obrigado.

Agnelo
Agnelo
Reply to  André Luís
4 meses atrás

Prezado André
O q ouvi é q ficariam os A5. Os A3 sairiam. Mas faz um tempo isso. Não sei se mudou a ideia.
Outra coisa, é a possibilidade dos A5 também se tornarem A5 Plus com o tempo.
Sds

Xerem
Xerem
Reply to  Agnelo
4 meses atrás

Meu caro se nao me engano voce e militar do EB ou ja foi ne ?Poderia me dizer quantos Obus desses realmente o EB necessita ?

Pablo
Pablo
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

Não vou entrar na discussão de melhor ou pior arma, mas um exército não funciona sem logística.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Pablo
4 meses atrás

Pablo
Acho isso uma das coisas mais interessantes no Exército. Não há como eleger uma especialidade.
Todas são igualmente importantes.
Obviamente, tudo gira pra Manobra (Infantaria e Cavalaria) fazer a guerra, mas todas as especialidades são vitais.
Sds

Xerem
Xerem
Reply to  Agnelo
4 meses atrás

Sem querer ser chato mais e as comprar do M777 foram para o telhado ou virao esse ano de 2020 ?

Edinaldo Moura
Edinaldo Moura
Reply to  Agnelo
4 meses atrás

Agnelo poderia me explica como e uma estrutura de 1 grupo artilharia antiaérea do EB, exemplo quantas bateria possui, e os meio utilizados exemplo quantas peças de canhões antiaéreos possui uma bateria sendo que o EB possui 38 canhões 35mm e 24 40mm e os IGLAS e RBS70 e a cavalaria os GEPARD.

sub urbano
sub urbano
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

O melhor e mais moderno obuseiro autopropulsado em operação na America Latina hoje é o 2S19Msta-S operado pela Venezuela cujo alcance efetivo é de 45 km, mais que o dobro do M109A5 que é de 22km. O alcance maximo dos obuses de Maduro são 500km contra 350km do M109. Ou seja, em uma situação de contrabataria os Msta-S acertariam os M-109 sem que os ultimos tivessem pelo menos alcance efetivo para a recíproca.

Agnelo
Agnelo
Reply to  sub urbano
4 meses atrás

Super Trunfo!!!!!!

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Agnelo
4 meses atrás

Esperava o quê de um “general” de poltrona?

Matheus Carvalho
Matheus Carvalho
Reply to  sub urbano
4 meses atrás

Que projétil é esse com alcance de 500km kkkkkkkk

gordo
gordo
Reply to  Matheus Carvalho
4 meses atrás

Acredito que Ele se referiu ao alcance dos respectivos veículos, pelo menos foi o que entendi.

Flanker
Flanker
Reply to  gordo
4 meses atrás

Se é alcance do veiculo, ele deveria ter escrito obuseiro e não obus. Obus é o projétil lançado pelo obuseiro.

gordo
gordo
Reply to  Flanker
4 meses atrás

Sabe Sr Flanker uma das coisas que nos diferencia das maquinas (computadores e assemelhados) é o bom senso.

Flanker
Flanker
Reply to  gordo
4 meses atrás

Concordo. E outra, é a capacidade de diferenciar as coisas pelo seu nome, correto. Obus é obus….obuseiro é obuseiro! As coisas te nomes para que eles sejam usados de forma correta.

Naldo
Naldo
Reply to  Matheus Carvalho
4 meses atrás

E o canhão do Sadã Russein construído nas montanhas pelo Dr. Bull. kkkkkkk

Alexandre
Alexandre
Reply to  sub urbano
4 meses atrás

Um M 109 A5 pode ter alcance em torno de 30km , tudo depende da munição. Mas a capacidade de entrar em operação e se retirar rapidamente, o uso de gps, guiagem inercial, solução de tiro digital e a capacidade de operar em rede com os outros obuses realizando tiros em posições diferentes e ainda assim acertando o mesmo alvo, somente o M 109 A5 plus tem. E isso faz toda a diferença em combate! Se a questão for somente o alcance, como falei em meu comentário, o ASTROS 2020 é imbatível na região, afinal, 300km não é para qualquer… Read more »

Mauricio R.
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

O Astros não tem nenhuma munição com alcance de 300 km de alcance em serviço operacional ativo, mesmo o AVTM/Matador ainda é somente, no muito, um grande “se”. . Qnto ao foguete SS-150 de 150 Km de alcance não obtive informação confiável e/ou verificável, se está em serviço corrente no EB. . Por outro lado o BM-30 Smerch empregado na Síria e na Ucrânia e que está em serviço na Venezuela, tem diversas munições com alcance na faixa dos 70 Km e pelo menos uma munição (9M528) com alcance de 90 Km. . Torça para a ditadura chavista não te-lo… Read more »

Alexandre
Alexandre
Reply to  Mauricio R.
4 meses atrás

O AVTM 300 é uma grande realidade, inclusive o exército brasileiro já encomendou 100 unidades desse míssil. Mas eu gostaria muito que o Maduro declarasse guerra contra o Brasil, tipo quebrar os dentes do Brasil. Eu ficaria sentado no meu sofá com pipocas e guaraná esperando um País que tem uma inflação absurda, que não tem reservas monetárias, que até hoje espera uma fabrica russa para fabricar um AK 47, que não tem aviões AEw, não tem aviões cisternas, não tem VANTS, não tem submarinos operacionais, não tem sequer papel higiênico e onde seus militares atravessam a fronteira para receber… Read more »

Glasquis7
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

“SUPER TRUNFO é foda!!!!”

Mas esse termo não se aplica ao Brasil também?
O AVTM 300 que ainda está em testes, não é um super trunfo? 32 M 109 tampouco são? Ou supertrunfo só se aplica às outras nações?

Só um detalhe, o Brasil é a nação que mais produz, não a mais rica. Há uma diferença enorme entre PIB, e PIB PERCAPITA. E o maior exército da região, ainda é o Colombiano.

Flanker
Flanker
Reply to  sub urbano
4 meses atrás

Obuses com 500 km…350 km…de alcance?!?!?!

Bosco
Bosco
Reply to  sub urbano
4 meses atrás

Sub, Supondo que as armas estivessem em seus limites de alcance você estaria certo, mas isso geralmente não acontece. O mais comum é os sistemas se encontrarem em distância intermediárias e não em distâncias limites. Em estando nos limites do alcance não necessariamente haveria um duelo de armas homólogas. Obrigatoriamente obuseiros autopropulsados não têm que fazer fogo de contrabateria no obuseiros autopropulsados inimigos e vice-versa. Há o que se chama de “armas combinadas”. Num caso hipotético as peças 2S19M seriam “silenciadas” por outras armas e não necessariamente pelos M-109. Outro fator é que para se ter um duelo de armas… Read more »

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Bosco
4 meses atrás

Sem contar que temos os Super Tucanos e A-1 armados com munição inteligentes que mandam lembranças de grande altitude e longa distância.

Glasquis7
Reply to  Alex Nogueira
4 meses atrás

Esqueça isso Alex, a defesa antiaérea da Venezuela não deixaria passar.

sub urbano
sub urbano
Reply to  sub urbano
4 meses atrás

Essa parte sobre a autonomia dos veículos deveria estar fora do comentário final. O comentário estava grande demais pois eu comparava os motores e chassis dos dois obuseiros enfatizando as vantagens do 2S19Msta-S utilizar o mesmo motor do T-72 o que facilitaria a aquisição de peças de reposição e manutenção do mesmo.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  sub urbano
4 meses atrás

Se a Venefavela fosse tudo isto que russófilo fala, não precisaris tentar intimidar os outros com milícia da terceira idade.

Welington S.
Welington S.
Reply to  sub urbano
4 meses atrás

Esse ”sub urbano” tira alguns minutos para escrever abobrinhas, não é possível uma coisa dessa… o cara acredita piamente que a Venezuela, no estado lastimável que está militarmente, pode, contra o Brasil. O Brasil mesmo com problemas políticos e interferências – o que esparramos que daqui pra frente, não tenhamos mais – é líder militar/bélico da América Latina.

Mauricio R.
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

Nada que alguns drones equipados de SDB se muito, ou suas equivalentes russas e chinesas, não dê conta.

Flanker
Flanker
Reply to  Mauricio R.
4 meses atrás

Se é assim, é para os dois lados.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Flanker
4 meses atrás

Não adianta tentar expor fatos Flanker, a turma da lacração apesar de vestir rosa, idolatra vermelho

Marcelo
Marcelo
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

Enquanto isso em Roraima o Batalhão só dispõe de morteiros 120mm. Comandante BOLSONARO trás de volta o General PERI de vota . Este atual não nos representa.

Cinturão de Orion
Cinturão de Orion
Reply to  Marcelo
4 meses atrás

Como é? Mrt 120mm? O GAC Sl de Roraima é dotado com 105mm Oto Melara

Flanker
Flanker
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

São 32 M109A5+, e não 36.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Flanker
4 meses atrás

São 36 M 109 A5+, a questão é que alguns deles ficaram a disposição das instituições militares para treinamento.

Flanker
Flanker
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

Negativo! O contrato de 54 milhões de dolares com a BAE foi para modernizar 32 unidades e mais suporte, treinamento, etc….1 ou 2 anos atrás foram publicadas imagens de M109A5 que estavam sendo usados para treinamento….e estão sendo usados, mesmo. Mas, são os 109A5….não os 109A5+BR. O treinamento principal será fornecido pelo CIBld…..que fica em Em….mesma Cidade do 3⁰ GAC/AP, operador do A5+BR…..que poderá ceder alguns para os treinamentos necessários no que se refere aos sistemas exclusivos dessa versão. Já para o treinamento de manutenção, motor, conjunto de propulsão, etc….podem ser usados os A5 “comuns”. Todas as publicações que li,… Read more »

Alexandre
Alexandre
Reply to  Flanker
4 meses atrás

E daí cara, muda alguma coisa pra vc? muda alguma coisa pra região? algum Pais tem 32 M 109 A5 plus? e outros 60 M 109 A5?
Fala sério!!!!

Flanker
Flanker
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

Ué…ficou nervoso?! Mas,, você não havia afirmado que eram 36? Até chutou que alguns tinham sido destinados à treinamento……quando expliquei o correto, vc se irritou. Que infantil…

Glasquis7
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

A Venezuela conta com 48 2S19 Msta e do outro lado da Cordilheira existem 24 M 109 A5 Plus CHL, polimerados, com motorização pra trabalhar acima dos 2.500 mts com ar rarefeito e com a mesma configuração dos Paladin. Também existem outros 24 M109 Kawest.

Isso de que a artilharia é a principal arma de um exercito, está enganado. A Arma de Infantaria é a mais importante, Artilharia continua sendo um apoio, não um combatente direto como a Cavalaria.

Junior
Junior
Reply to  Glasquis7
4 meses atrás

Glaquis7, você podia postar a fonte que o Chile tem 24 A5 plus, não vi em lugar nenhum isso, nem no site do exercito chileno

Glasquis7
Reply to  Junior
4 meses atrás

Procurou bem pra K7, Aparece até no Wiki.
https://es.wikipedia.org/wiki/Obús_autopropulsado_M109

Junior
Junior
Reply to  Glasquis7
4 meses atrás

Glaquis Wikipédia não é fonte confiável de consulta, qualquer um pode ir lá e postar e alterar as informações e mesmo lá deixa claro que o exercito chileno tem 12 a3 e 12 a 5 plus e não 24 a5 plus como você comentou, procurei nas fontes oficias do exercito chileno e não vi nada indicando que o mesmo tinha 24 A5 plus, vc teria como confirmar isso?

Glasquis7
Reply to  Junior
4 meses atrás
Glasquis7
Reply to  Junior
4 meses atrás

Aqui a modernização das 12 peças entregues eentre 2012 e 2013.

https://www.forte.jor.br/2011/10/06/bae-systems-moderniza-obuses-do-chile/

Junior
Junior
Reply to  Glasquis7
4 meses atrás

É pelo visto o Chile tem apenas 12 A5 plus e não 24 como você tinha assegurado

https://web.archive.org/web/20111007004539/http://www.baesystems.com/Newsroom/NewsReleases/autoGen_11194133123.html

Glasquis7
Reply to  Junior
4 meses atrás

Pelo visto vc procura apenas diminuir em vez de encontrar as informações certas.

São duas partidas de 12 M 109 A5 Plus cada. Uma entregue entre 2012/13 e a outra em 2015.

Mas, é muito ofensivo pra vc reconhecer que existe algo similar ou melhor num país vizinho…

Não se preocupe, vc não é o único nessa situação.

Glasquis7
Reply to  Junior
4 meses atrás
Junior
Junior
Reply to  Glasquis7
4 meses atrás

Mais uma vez você para justificar que o Chile tem 24 A5+, coloca um link de WIKI, a prova viva que o WIKI não é totalmente confiável é que no primeiro link do WIKI que você postou diz que o Chile tinha 12 A5+ e 12 A3, agora nesse segundo link diz que o Chile tem 24 A5+, em qual dos dois links eu confio? Eu postei um link da fabricante confirmando 12 A5+, os outros 12 fica por sua conta e UM dos dois links que você postou aqui

Alexandre
Alexandre
Reply to  Junior
4 meses atrás

Junior, claramente o chile recebeu apenas 12 M 109 modernizados pela BAE em um contrato de 15 milhões de dólares. Esse chileno tenta confundir as coisas, mas mesmo nos sites que ele posta fica claro isso, então, hoje o chile tem apenas 12 M 109 a5 +, outros 12 M 109 A5 e outros 24 M 109 A3, num total de 48 M 109 em 3 versões! O Brasil tem hoje 32 M 109 A5 +, 60 M 109 A5 e outros 37 M 109 A3 num total de mais ou menos 130 unidades das 3 versões! Então não existe… Read more »

Glasquis7
Reply to  Junior
4 meses atrás

O Chile recebeu12 em 2012/13 e outros 12 em 2015. Está na trilogia. Além destes, o Chile conta com mais 24 unidades modernizada pela Ruag com capacidades de tiro extendidas.
E postei as duas matérias do Forte, da própria trilogia,. Mas, ufanistas são assim mesmo, mesmo tendo os post (além da Wiki que só postei pra mostrar os Kawest) vc nega e vai continuar a negar. O fato de vc negar não faz teu desejo de não ser verdade, virar realidade.

Madurez… Um pouco, não faz mal a ninguém.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Glasquis7
4 meses atrás

Não existe super trunfo em forças armadas. Cavalaria, infantaria, artilharia são tão importantes quanto os que cuidam de logística!
A questão aqui é dissuasão, poder de fogo e alcance, e nesses quesitos , a mais poderosa arma de um Exército é a artilharia sem dúvidas.
Nenhum exército entra em combate com blindados que tem uma arma com 4km de alcance no máximo, sabendo que seu adversário tem armas que pode lhe destruir a 20, 30, 40 ou 300km de distância!

Glasquis7
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

Curioso, sua teoria não funcionou prós russos no Afeganistão nem prós americanos no Vietnã.

Esse termo “supertrunfo” deveria ser aplicado a sua suposta munição de artilharia que atinge 300 km.

Supertrunfo: termo usado por ufanistas quando num debate aparece alguém com argumentos mais sólidos.

Glasquis7
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

Pra você ver que eu invento e minto

http://noticiasffaachile.blogspot.com/2020/02/armas-servicios-el-ayer-y-hoy-de-la.html?m=1

Aí tem as 4 BRIACO com 12 M 109 A 5.
As mais clarinhas são o A 5 Plus e as mais escuro hás sãoos A 5 KAWEST. que ao meu ver, são superiores aos plus devido ao seu alcance ampliado.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

Desde adolescente eu escuto que o Astros é o melhor sistema do mundo.

O que ele evoluiu em todos estes anos ?

Tutu
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
4 meses atrás

Ocorreu a atualização para o padrão astros MK6/ astros 2020.

Vou listar algumas diferenças, porém não sei todas.

– A viaturas deixaram de ter chassis Mercedes-Benz e agora são Tatra.
– houve uma atualização no sistema de tiro.
– Existem dois novos veículos, o novo veículo radar (atualmente é o veículo mais caro da bateria) e o novo veículo meteorológico.
– Essa atualização possibilita o lançamento dos foguetes guiados por GPS e do míssil de cruzeiro.

O principal diferencial do Astros sempre foi a modularidade, a mesma bateria que lança os SS-40 pode em poucos minutos lançar os MTC.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Tutu
4 meses atrás

Preciso e sem firula… ganhou o jóinha

Tutu
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
4 meses atrás

Obrigado.
*As

Antoniokings
Antoniokings
4 meses atrás

E impressionante o vídeo que mostra os Firtinas turcos totalmente desprotegidos frente aos drones russos na Síria.
A guerra moderna tem de de suprir um mínimo de segurança para esses armamentos.

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Os russos desenvolveram um novo sistema de defesa aérea, o Gibka-S.

Junior
Junior
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

tem o link do vídeo?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Junior
4 meses atrás

O vídeo eu assisti no Al Masdar da Síria.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Vai lá no fórum turco/russo comentar… Aqui é Brasil! Que que tem a ver essa porcaria de comentário com o que foi exposto?

DaGuerra
DaGuerra
4 meses atrás

Alguma notícia dos M 198?

Marujo
Marujo
Reply to  DaGuerra
4 meses atrás

O Agnelo, que é do ramo, disse que não tem em quantidade suficiente em bom estado para suprir o EB. Atualiza aí, Agnelo, por favor.

André Luís
André Luís
Reply to  Marujo
4 meses atrás

Aproveitando a oportunidade, Agnelo, seria possível a modernização dos M-114 (troca do calibre)?
Obrigado.

Agnelo
Agnelo
Reply to  André Luís
4 meses atrás

Prezado
Acredito q o M-114 não atualiza mais para um desempenho realmente satisfatório, mas os Art e Mat Belianos podem falar melhor sobre isso.
Sds

Alfa BR
Alfa BR
Reply to  Agnelo
4 meses atrás

Os sul-coreanos fizeram uma atualização dos seus M-114 chamada KH-179.

O tubo de 23 calibres foi substituído por um de 39 calibres. Também instalaram um freio de boca, mecanismo de recuo hidropneumático e um novo conjunto de miras.

comment image

Agnelo
Agnelo
Reply to  Alfa BR
4 meses atrás

Interessante
Talvez seja viável, não?

Mauricio R.
Reply to  André Luís
4 meses atrás

Acho que já foi o tempo, o EB deveria juntar um din-din e pensar em M-198 ou então M-777.

Agnelo
Agnelo
Reply to  DaGuerra
4 meses atrás

Camaradas Não sei como o estudo evoluiu. Sei q o EB quer padronizar ao máximo a Art. Podemos ver na AP. Na AR, há as Bda Pqdt, Sl, L e Mth q deverão ter um tipo de Obus, q pode ser o M119, por exemplo (Light Gun). A AR Div e demais seria outro tipo, com 155 mm. Este último fica em uma quantidade considerável de Peças e não havia M-198 pra tudo, mas se uma parte das Bda Inf Mtz tornarem-se Leves, já fica diferente. Outra questão é as Bda Inf Mec e Cav Mec adotarem um Obus AP… Read more »

Eduardo Jardim
Eduardo Jardim
Reply to  Agnelo
4 meses atrás

Boa tarde Agnelo.

Qual a diferença de composição entre as Bda Inf Mtz e as Bda Inf Leve?

Agnelo
Agnelo
Reply to  Eduardo Jardim
4 meses atrás

Boa noite Eduardo Ambas tem a mesma configuração “macro”. Os mesmos tipos e quantidade de Unidades e Subunidades. Mas a composição das unidades em homens e materiais são diferentes. Na Infantaria, por exemplo, ambas tem 3 Btl Inf, cada Btl tem uma Cia Cmdo Ap e 3 Cia Fuz. Mas aí vem as diferenças. Os Pel Fuz das Mtz tem 2 MAG. Na Leve, tem 1 MAG. Se for considerado uma Leve normal, ela tem Cia Com Leve. Se for considerada a Leve (Aeromóvel), tem Pel Com. O Esqd Cav de uma Bda Inf Leve não possui Cascavel e Urutu.… Read more »

Eduardo Jardim
Eduardo Jardim
Reply to  Agnelo
4 meses atrás

Obrigado.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
4 meses atrás

Um poder de fogo de respeito, que bom ver esse tipo de equipamento chegando.

Rodrigo
Rodrigo
4 meses atrás

O Brasil produz munições de artilharia de 155mm? e de 105mm para os leopard?

Tutu
Reply to  Rodrigo
4 meses atrás

Para artilharia acredito que sim, já a do leopard não.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Rodrigo
4 meses atrás

Rodrigo
A IMBEL faz a 155.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Agnelo
4 meses atrás

Acabei de ver aqui no portfólio da imbel, grato pela resposta

http://www.imbel.gov.br/index.php/municoes/142#topo

Alex prado
4 meses atrás

É estamos fazendo o MUITO COM O POUCO. um dia vamos chegar lá. É só não ter a famosa interferência dos ” paz &amor” do senado e a coisa muda.

Wilson França
Wilson França
Reply to  Alex prado
4 meses atrás

Claro, porque, afinal, é muito melhor viver num clima de guerra e ódio.

Flanker
Flanker
Reply to  Wilson França
4 meses atrás

Se o paz & amor for para ser contra adquiri armamentos modernos e capazes, é uma paz & amor inútil e que atrapalha. Paz e amor são sentimentos que devemos fomentar e praticar, mas sem esquecer de nossa Defesa.

Kommander
Kommander
Reply to  Alex prado
4 meses atrás

Não, a gente não tá fazsndo muito com pouco, a gente tá fazendo basicão mesmo.
Pode faltar equipamento, mas o salário da tropa não pode atrasar.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Kommander
4 meses atrás

P q o salário deveria atrasar ? Fala isto porque não é o seu

Camargoer
Reply to  Kommander
4 meses atrás

Ola Kommander. O comandante, o ministro da defesa, o ministro da economia e até o presidente vão para cadeia se pagar outras contas atrasando o salário.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Camargoer
4 meses atrás

Nem tanto.
Vide casos recentes de MG e RJ (os governadores do RJ foram presos por outros motivos).

Tutu
Reply to  Rafael Oliveira
4 meses atrás

Existem dois tipos de contas para o governo federal, ordinárias (salários, pensões…) e discriminatórias (investimentos, custeio..).

É contra a lei de responsabilidade fiscal priorizar as discriminatórias.

Doug385
Doug385
Reply to  Kommander
4 meses atrás

E se o seu chefe te disser amanhã que não vai pagar o seu salário porque quer investir na empresa?

Glasquis7
Reply to  Alex prado
4 meses atrás

Como assim faz “muito com pouco”? O orçamento das FA do Brasil é o maior da América Latina.

Tutu
Reply to  Glasquis7
4 meses atrás

Aquele orçamento é fantasia, dá uma olhada no histórico de contigenciamentos e no percentual de investimento.

Glasquis7
Reply to  Tutu
4 meses atrás

Ainda assim, é o maior da América Latina. Ou vc poderia me mostrar algum país que gasta mais com militares na região?

Glasquis7
Reply to  Glasquis7
4 meses atrás

Mesmo negativando, o EB tem o maior orçamento da região e isso é uma realidade. Que os ufanistas queiram negar, é um outro problema. Apesar disso, seu reequipamento na parte de Blindados, tem sido complementado com doações dos EEUU. Isso de cantar de galo “somos os melhores, os maiores, os mais…” é apenas ufanismo de amador. Os M 109 precisam de alguns perifericos pra otimisar a sua operação e proteção. Não tenho notícias de nenhum Radar Contra-Bateria no EB e os Municiadores, M992A2 são doação também. Acho que um pouco de realidade faz bém de vez em quando. Espero a… Read more »

Bardini
Bardini
Reply to  Glasquis7
4 meses atrás

“Não tenho notícias de nenhum Radar Contra-Bateria no EB”
.
EB20-RTLI-04.014

Glasquis7
Reply to  Bardini
4 meses atrás

Obrigado Bardini.

Os requisitos técnicos desse radar foram aprovados no início do ano passado. Tinha entendido que depois disso tem que fazer a compra deles ou, eu estou errado e eles já estão operando no EB?

Glasquis7
Reply to  Bardini
4 meses atrás

Então, já está operacional no EB esse radar???

Glasquis7
Reply to  Bardini
4 meses atrás

E aí Bardini, tem a postagem de quando foram recebidos os Radares de Contra Artilharia por parte do EB?

É que pra mim, ninguém me deu essa informação.

Tem pelo menos a data da entrega?

Glasquis7
Reply to  Bardini
4 meses atrás

É, aparentemente o Bardini não tem a data de entrega do Radar EB20-RTLI-04.014 mas, se por um acaso tiver a data de entrega do radar de Contra Artiilharia ao EB, ficarei muito grato por me mostrar. Os Obuseiros não trabalham sós, precisam de uma série de periféricos, entre eles o radar ( esperamos a confirmação da data de entrega), os municiadores e algum sistema de defesa pra proteção. O Brasil conta com cerca de 100 M 109 A5 das quais apenas 32 foram modernizadas pro padrão Plus. então, não e a mais poderosa força de obuseiros autopropulsados da região. Como… Read more »

Tutu
Reply to  Glasquis7
4 meses atrás

A principal diferença entre os A5 brasileiros e chilenos é que nos +br existem radares de velocidade inicial em todos os veículos, além dos rádios.

Tutu
Reply to  Tutu
4 meses atrás

O chile adquiriu dois AN/TPQ-37 em 2009.

Junior
Junior
Reply to  Glasquis7
4 meses atrás

Corrigindo o Chile tem 12 A5+ como confirmado pela Bae e tem 12 A3, tendo em vista que o Glaquis até agora não conseguiu provar que são 24 A5+ e para piorar ele colocou dois links do wiki, sim do wiki, que são totalmente contraditórios, aliás a modernização dos outros 12 A3 para o padrão A5+ é tão misteriosa que sequer consta no site da Bae Systens

Glasquis7
Reply to  Junior
4 meses atrás

Vc lé o que lhe conven KKK
Coloquei também dois link do FORTE, da própria trilogia.

https://www.forte.jor.br/2015/02/17/chile-completa-a-padronizacao-de-sua-artilharia-autopropulsada/

https://www.forte.jor.br/2011/10/06/bae-systems-moderniza-obuses-do-chile/

Aparecem os A%Plus entregues em 2013 e os entregues em 2015. Isso por que vc não conta os outros 24 que são KAWEST.

Glasquis7
4 meses atrás

E os meus comentários??? Postei no sábado!

João Adaime
João Adaime
4 meses atrás

Brasil pode ser convidado a enviar tropas para pacificar conflito Ucrânia-Rússia O Brasil pode ter um importante papel como mediador no conflito na Ucrânia, que opõe militares daquele país e guerrilhas simpatizantes da Rússia. Caso o Conselho de Segurança das Nações Unidas aprove uma missão de paz, é forte a tendência de que sejam brasileiros os “capacetes azuis” a liderar o esforço de pacificação daquela região no Leste europeu. A guerra, que alterna períodos de intensos combates com outros de cessar-fogo, já deixou 13 mil mortos em seis anos – dos quais 10 mil são civis – e dois milhões… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  João Adaime
4 meses atrás

Tai convite que eu deixava passar..

Naquela região quem não é comunista é simpatizante dos nazistas..

Eu quero mais é que naquele pedação todo mundo se f….

Xerem
Xerem
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
4 meses atrás

Nao precisa se preocupar amigão afinal equipamento Russo nao presta nenhum entao o Brasil vai tirar de letra nao e mesmo ?

Agnelo
Agnelo
Reply to  João Adaime
4 meses atrás

Pode ser uma missão interessante.
Temos boas relações com ambos os países, é só mesmo tempo, seria exigido uma composição mais “guerra” e menos GLO, comendo Haiti.
Saudações

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
4 meses atrás

Povo entendido, desculpem a pergunta de leigo..

Mas se tem estes canhões autopropulsados ainda existe lugar para aqueles que precisam de reboque ?

Lembro dos meus tempos em Natal em que ia muito ao 17 GAC na Praia do Forte e tinham muitos daqueles canhões de caninho curto que pareciam da SGM.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
4 meses atrás

Prezado
Os Obuseiros AP pertencem a Bda Bld.
Grosso modo, ao se colocar Objseiros AP em outras Bda, estas terão q redimensionar toda a logisitica pra duas naturezas de tropa, o q sairia muito mais caro.
Logo, pelo mundo, as Bda Bld tem Obuseiros AP SL, as Bda Mec tem AR ou AP SR e as Leves tem os AR.
Sds

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Agnelo
4 meses atrás

Grato

Mauro
Mauro
4 meses atrás

Boa notícia, esse M109 é garantia de fogo sustentado. Combinado com o ASTROS, que é garantia de devastação instantânea de pontos estratégicos ou grande área de tropa ou logística.
Sem contar que o segundo vai a 300 Km, ou na verdade, muito mais, para nosso uso.
Aquele SS-80 carregado de sub munições com cabeça de guerra que se abre a 3.000 metros e caem com chuva sobre uma grande área deve ser devastador.

Artilharia: “O último argumento dos reis.”

Alfa BR
Alfa BR
4 meses atrás

Em uma das minhas raras manifestações de fanboy e jogador de super-trunfo:

Caso tivessemos grana sobrando e houvesse interesse político nisso, poderíamos adquirir a licença de produção desta belezura aqui:
comment image

Glasquis7
Reply to  Alfa BR
4 meses atrás

Mas aí é uma outra logística. Totalmente nova.

Tutu
Reply to  Alfa BR
4 meses atrás

Se for para escolher qualquer um, sem Limite de preço, prefiro o Panzer 2000 ou então para manter a logística o M-109A8

Ricardo Santos
4 meses atrás

Bom dia, senhores! Esses 32 M109A5 Plus irão apoiar as Bds Bld! Acho que, dos 60 M109A5 adquiridos, 12 devem servir de peças para reposição e os outros 48, apesar de serem SL, devem apoiar as 4 Bds Cav Mec, numa combinação mista SL/SR, já que deve ser muito difícil e caro encontrar 155mm AP SR, apesar de cada uma delas ter seu GAC! Acredito que essa combinação SL/SR deva incluir também parte dos 200 M557 a serem tecebidos pelo EB (94 já recebidos). Quanto aos 37 M109A3 (36 operacionais), não sei se serão mantidos, retirados ou servirão de estoque… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Ricardo Santos
4 meses atrás

Prezado Ricardo
Q eu saiba, os A5 (não Plus) irão para as AD com Grupos AP primeiramente (AD/3 e AD/5, q cada uma tem 1 GAC AP).
O q restar disso não sei o destino. Pode realmente ser GAC de Bda C Mec, mas é achismo meu.
Saudações.

Ricardo Santos
4 meses atrás

Bom dia, Agnelo! Realmente, meu raciocínio deve estar errado! Então, seguramente, os A5 substituirão os A3 nas AD, sendo que agora só temos 2 CAG AP, pois o 16 GAC AP foi transformado em 16 GMF! Sobre o caso dos M198, foram oferecidos 120 deles pra substituírem cerca de 92 M114 e não havia quantidade em bom estado deles para isso? Você vê alguma solução a curto/médio prazo pra essa substituição? Sabe alguma notícia dos M119? Será que esse tema ficará para depois de 2023, fora desse nosso atual plano estratégico 2020/2023?

Luiz Floriano Alves
Luiz Floriano Alves
Reply to  Ricardo Santos
3 meses atrás

Com o anuncio dos US Marines de que vão desativar seus quatro batalhões de tanques Abraams e seus regimentos de artilharia de tubo é bem possível que ofereçam esses equipamentos aos compradores do FMS. Realmente não faz sentido expor tanques num desembarque, ao fogo de ATGM. Será um massacre, eis que não terão cobertura, e o fogo é do tipo – one shot, one kill..