sexta-feira, julho 30, 2021

Saab RBS 70NG

Casos de coronavírus superam os 200.000 no mundo, dobrando em duas semanas

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Os casos de COVID-19 ultrapassaram 200.000 em todo o mundo no dia 18 de março (ver gráficos), com o novo coronavírus se espalhando para fora da China, o epicentro original do surto.

O número total de casos agora é de 201.436 a partir das 7:30 da manhã ET na quarta-feira, de acordo com dados compilados por John Hopkins University (JHU). O vírus surgiu em Wuhan, China, em dezembro. Desde então, ele se espalhou para a maioria dos países do mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

O vírus já matou mais de 8.000 pessoas em todo o mundo, segundo a JHU, mas mais de 82.000 pessoas se recuperaram do vírus.

Quase metade de todos os casos no mundo está na China, mas o vírus, conhecido como COVID-19, se espalhou rapidamente através das fronteiras. Na semana passada, a OMS declarou que a Europa havia se tornado o novo epicentro do vírus.

“Agora, mais casos estão sendo relatados [na Europa] todos os dias do que na China, no auge de sua epidemia”, disse o diretor-geral da OMS, Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus.

A Itália, onde as autoridades implementaram um bloqueio nacional, registrou mais de 31.000 casos, segundo a JHU, e mais de 2.500 mortes. O vírus infectou mais de 16.000 pessoas no Irã, mostram os dados da JHU, e mais de 13.000 na Espanha.

Em 20 de janeiro, quatro países, China, Tailândia, Japão e Coréia do Sul, registraram um total de 282 casos, a maioria dos quais na China, segundo a OMS. O número total de infecções em todo o mundo ficou em torno de 100.000 em 6 de março, mostram os dados da OMS.

Para conter a propagação do vírus, governos de todo o mundo estão fechando escolas, restringindo viagens e ordenando que as pessoas permaneçam em suas casas. Os líderes europeus concordaram na terça-feira em fechar as fronteiras externas da União Europeia por 30 dias. Na semana passada, o presidente dos EUA, Donald Trump, declarou uma proibição de viagem semelhante na maioria dos países europeus.

As autoridades italianas fecharam o país inteiro no início deste mês, proibindo reuniões públicas, fechando escolas e fechando negócios.

“Não temos tempo. Os números estão mostrando que houve um crescimento significativo de infecções, pessoas em terapia intensiva e mortes ”, disse o primeiro-ministro italiano, primeiro-ministro Giuseppe Conte, na época. “Nossos hábitos precisam mudar agora. Temos que desistir das coisas pela Itália.”

FONTE: CNBC

- Advertisement -

5 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

E hoje, veio uma boa notícia da China.
A cidade de Wuhan, epicentro da crisa, não registro nenhum novo caso.
Vitória importante dos chineses.

Camargoer
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Olá AntonioK. Uma boa noticia sem adversativa.

Salim
Salim
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Alguém acredita sinceramente nrs da China!?!!!?! Eu náo.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Salim
1 ano atrás

Rapaz eu não sei, mas se eles estão se dando ao luxo de mandar ajuda a outros países a situação deve estar muito mais controlada por lá.
Quem sabe nós não iremos precisa pedir penico por aquelas bandas, afinal teórico conspiracionista e gente duvidando da própria sombra ta cheio por aqui e a chance de resolverem andar por ai infectados porque “é só uma gripe” é grande….

Iappe10
Iappe10
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Vitória mesmo se o vírus não tivesse saio da China. Mas o politicamente correto não deixas os países do ocidente ser rígido suficiente para não deixar o vírus chegar em seus respectivos países.

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -