Home Forças Terrestres IAI adquire as operações de fabricação de veículos ‘off-road’ Zibar, Zmag e...

IAI adquire as operações de fabricação de veículos ‘off-road’ Zibar, Zmag e ZD

2771
18
A família Z de veículos off-road desenvolvida por Ido Cohen será aprimorada na instalação de forças terrestres da IAI para aplicações de defesa militar e nacional com tecnologias militares avançadas (Foto IAI)

A Israel Aerospace Industries (IAI) continua a diversificar suas operações em terra com a aquisição da fabricação de veículos Zibar, Zmag e ZD do fabricante de veículos off-road Ido Cohen.

Os veículos todo-o-terreno serão atualizados para aplicações de defesa militar e nacional com uma variedade de sistemas de inteligência, radar e comunicação fabricados pela ELTA Systems da IAI, incluindo o sistema Drone Guard para sistemas de detecção e neutralzação de drones, defesa aérea e coleta de inteligência.

Sob o acordo, o IAI receberá direitos sobre o design dos veículos e os comercializará para entidades de defesa em Israel e no exterior após a atualização. A Ido Cohen continuará a fabricar e vender os veículos para aplicações civis.

Os veículos são fabricados inteiramente em Israel. Eles oferecem excelente desempenho e mobilidade, mesmo em condições off-road extremamente difíceis. A IAI os adaptará a uma ampla gama de configurações operacionais de defesa militar e nacional, de acordo com as necessidades dos clientes da IAI.

Yoav Turgeman, vice-presidente da IAI e CEO da ELTA, disse: “Estamos entusiasmados em colaborar com Ido Cohen, um visionário fabricante de veículos de Israel. A IAI oferece uma ampla gama de inteligência de solo, robótica, veículos autônomos e recursos de sensoriamento remoto. A integração desses recursos na família de veículos Z oferece um valor agregado significativo aos recursos operacionais que a ELTA fornece aos clientes existentes e futuros. Os veículos off-road atenderão às necessidades operacionais das forças terrestres de defesa, assalto e inteligência.”

A nova instalação de forças terrestres da ELTA está em construção, com um investimento de dezenas de milhões em infraestrutura tecnológica e de pesquisa e desenvolvimento inovadora. A ELTA Beer Sheba executará o desenvolvimento e a atualização do veículo para fornecer uma resposta sistêmica e integrada que inclui mobilidade, defesa e ataque às forças em campo.

A ELTA Systems é a agência de inteligência e radar de Israel e líder global em sistemas estratégicos de detecção remota, radar e inovadores, como aeronaves de missão, organizações cibernéticas nacionais, sistemas robóticos de solo, defesa anti-drone, sistemas de defesa nacional e muito mais.

FONTE: Israel Aerospace Industries

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Claudio Moreno
Claudio Moreno
20 dias atrás

Cadê o boneco Falcon? kkkkkk Isso parece de brinquedo.

CM

nonato
nonato
Reply to  Claudio Moreno
20 dias atrás

Gostei da proteção lateral.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Claudio Moreno
19 dias atrás

Pensei a mesma coisa

Foxtrot
Foxtrot
19 dias atrás

Porque é israelense daqui há alguns minutos alguém escreve aqui que o EB precisa desse veículo.
Em 1…2…3

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Foxtrot
15 dias atrás

Cuidado!!! Não critica eles não, porque senão vão te chamar de anti semita.

João Adaime
João Adaime
19 dias atrás

Um veículo civil que será adaptado para uso militar.
Já temos o Marruá, um veículo militar que pode ser utilizado em atividades civis.

EdcarlosPrudente
EdcarlosPrudente
19 dias atrás

Perfeito para um Rally Raide, mas prefiro um SUZUKI JIMNY para uso urbano e eventual off road.

Saudações!

Tomcat4,2
19 dias atrás

E que fim levou o “Gaucho” aquele veículo bem parecido com esse que era projeto ,se não me engano, do Brasil e Argentina juntos???

EdcarlosPrudente
EdcarlosPrudente
Reply to  Tomcat4,2
19 dias atrás

“Brasil e Argentina juntos” eis a resposta a pergunta!

Saudações!

Karl Bonfim
Karl Bonfim
Reply to  EdcarlosPrudente
19 dias atrás

Eu não sei porque o Brasil ainda insisti em parcerias militares com los hermanos del sur, isso nunca vai dar em nada, é só prejuízo, perda de tempo e atraso!

JonasN
JonasN
Reply to  Tomcat4,2
19 dias atrás

Se não estou enganado o EB preferiu adquirir o chivunk. Creio que não foi desperdício o desenvolvimento do Gaúcho, devem ter utilizado e muito o Know-how no chivunk.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  JonasN
18 dias atrás

Brasil tentou adquirir o Chivunk. Desconheço que tenham sido entregues ao EB.

Elcimar Menassa
Elcimar Menassa
Reply to  Tomcat4,2
17 dias atrás

foram fabricadas algumas unidades para os dois países. a brigada paraquedista do EB usa..pra aprovação em campo.

Elcimar Menassa
Elcimar Menassa
Reply to  Elcimar Menassa
17 dias atrás

mas poucos se não me engano,e parece que não satisfez,sendo agora usado o chivunk.

Karl Bonfim
Karl Bonfim
19 dias atrás

Na verdade é um veículo side by side e bigfoot.

Teroppde
19 dias atrás

Lembrei do “jipe Engesa , b8chao graúdo andva bem , tivevum nos anos 90 .Ibitipoca e Diamantina eram 9s points da época.

João Adaime
João Adaime
Reply to  Teroppde
18 dias atrás

Caro Teroppde
O jipe Engesa evoluiu para o Marruá da Agale.
Abraço

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  Teroppde
17 dias atrás

Realmente o jipe da Agrale começou exatamente utilizando kits do EE-16 da ENGESA que foram a leilão. Se não me engano foram perto de 100 unidades mais os ferramental, gabaritos, projeto etc… Claro que de lá para cá alguns aperfeiçoamentos foram realizados…