Home Forças Terrestres IAI adquire as operações de fabricação de veículos ‘off-road’ Zibar, Zmag e...

IAI adquire as operações de fabricação de veículos ‘off-road’ Zibar, Zmag e ZD

2926
18
A família Z de veículos off-road desenvolvida por Ido Cohen será aprimorada na instalação de forças terrestres da IAI para aplicações de defesa militar e nacional com tecnologias militares avançadas (Foto IAI)

A Israel Aerospace Industries (IAI) continua a diversificar suas operações em terra com a aquisição da fabricação de veículos Zibar, Zmag e ZD do fabricante de veículos off-road Ido Cohen.

Os veículos todo-o-terreno serão atualizados para aplicações de defesa militar e nacional com uma variedade de sistemas de inteligência, radar e comunicação fabricados pela ELTA Systems da IAI, incluindo o sistema Drone Guard para sistemas de detecção e neutralzação de drones, defesa aérea e coleta de inteligência.

Sob o acordo, o IAI receberá direitos sobre o design dos veículos e os comercializará para entidades de defesa em Israel e no exterior após a atualização. A Ido Cohen continuará a fabricar e vender os veículos para aplicações civis.

Os veículos são fabricados inteiramente em Israel. Eles oferecem excelente desempenho e mobilidade, mesmo em condições off-road extremamente difíceis. A IAI os adaptará a uma ampla gama de configurações operacionais de defesa militar e nacional, de acordo com as necessidades dos clientes da IAI.

Yoav Turgeman, vice-presidente da IAI e CEO da ELTA, disse: “Estamos entusiasmados em colaborar com Ido Cohen, um visionário fabricante de veículos de Israel. A IAI oferece uma ampla gama de inteligência de solo, robótica, veículos autônomos e recursos de sensoriamento remoto. A integração desses recursos na família de veículos Z oferece um valor agregado significativo aos recursos operacionais que a ELTA fornece aos clientes existentes e futuros. Os veículos off-road atenderão às necessidades operacionais das forças terrestres de defesa, assalto e inteligência.”

A nova instalação de forças terrestres da ELTA está em construção, com um investimento de dezenas de milhões em infraestrutura tecnológica e de pesquisa e desenvolvimento inovadora. A ELTA Beer Sheba executará o desenvolvimento e a atualização do veículo para fornecer uma resposta sistêmica e integrada que inclui mobilidade, defesa e ataque às forças em campo.

A ELTA Systems é a agência de inteligência e radar de Israel e líder global em sistemas estratégicos de detecção remota, radar e inovadores, como aeronaves de missão, organizações cibernéticas nacionais, sistemas robóticos de solo, defesa anti-drone, sistemas de defesa nacional e muito mais.

FONTE: Israel Aerospace Industries

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Claudio Moreno
Claudio Moreno
4 meses atrás

Cadê o boneco Falcon? kkkkkk Isso parece de brinquedo.

CM

nonato
nonato
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

Gostei da proteção lateral.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

Pensei a mesma coisa

Foxtrot
Foxtrot
4 meses atrás

Porque é israelense daqui há alguns minutos alguém escreve aqui que o EB precisa desse veículo.
Em 1…2…3

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Foxtrot
4 meses atrás

Cuidado!!! Não critica eles não, porque senão vão te chamar de anti semita.

João Adaime
João Adaime
4 meses atrás

Um veículo civil que será adaptado para uso militar.
Já temos o Marruá, um veículo militar que pode ser utilizado em atividades civis.

EdcarlosPrudente
EdcarlosPrudente
4 meses atrás

Perfeito para um Rally Raide, mas prefiro um SUZUKI JIMNY para uso urbano e eventual off road.

Saudações!

Tomcat4,2
4 meses atrás

E que fim levou o “Gaucho” aquele veículo bem parecido com esse que era projeto ,se não me engano, do Brasil e Argentina juntos???

EdcarlosPrudente
EdcarlosPrudente
Reply to  Tomcat4,2
4 meses atrás

“Brasil e Argentina juntos” eis a resposta a pergunta!

Saudações!

Karl Bonfim
Karl Bonfim
Reply to  EdcarlosPrudente
4 meses atrás

Eu não sei porque o Brasil ainda insisti em parcerias militares com los hermanos del sur, isso nunca vai dar em nada, é só prejuízo, perda de tempo e atraso!

JonasN
JonasN
Reply to  Tomcat4,2
4 meses atrás

Se não estou enganado o EB preferiu adquirir o chivunk. Creio que não foi desperdício o desenvolvimento do Gaúcho, devem ter utilizado e muito o Know-how no chivunk.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  JonasN
4 meses atrás

Brasil tentou adquirir o Chivunk. Desconheço que tenham sido entregues ao EB.

Elcimar Menassa
Elcimar Menassa
Reply to  Tomcat4,2
4 meses atrás

foram fabricadas algumas unidades para os dois países. a brigada paraquedista do EB usa..pra aprovação em campo.

Elcimar Menassa
Elcimar Menassa
Reply to  Elcimar Menassa
4 meses atrás

mas poucos se não me engano,e parece que não satisfez,sendo agora usado o chivunk.

Karl Bonfim
Karl Bonfim
4 meses atrás

Na verdade é um veículo side by side e bigfoot.

Teroppde
4 meses atrás

Lembrei do “jipe Engesa , b8chao graúdo andva bem , tivevum nos anos 90 .Ibitipoca e Diamantina eram 9s points da época.

João Adaime
João Adaime
Reply to  Teroppde
4 meses atrás

Caro Teroppde
O jipe Engesa evoluiu para o Marruá da Agale.
Abraço

Rommelqe
Rommelqe
Reply to  Teroppde
4 meses atrás

Realmente o jipe da Agrale começou exatamente utilizando kits do EE-16 da ENGESA que foram a leilão. Se não me engano foram perto de 100 unidades mais os ferramental, gabaritos, projeto etc… Claro que de lá para cá alguns aperfeiçoamentos foram realizados…