Home Exercício Militar Rússia envia tanques para a fronteira da Bielorrússia

Rússia envia tanques para a fronteira da Bielorrússia

5734
58

A Rússia enviou veículos armados e soldados adicionais para sua fronteira com a Bielorrússia em meio a uma escalada sem precedentes de tensões entre Moscou e a vizinha Minsk.

Na quarta-feira, o Ministério da Defesa da Federação Russa informou que mais de 3.000 soldados e mais de 800 itens de armamento e material militar, incluindo tanques de batalha principais, serão enviados para campos de treinamento militar ao longo da fronteira com a Bielorrússia.

“Mais de 3.000 militares do exército do Distrito Militar Ocidental e cerca de 800 veículos militares e equipamentos especiais estarão envolvidos em exercícios nos campos de treinamento nas regiões de Voronezh, Moscou, Bryansk, Belgorod, Smolensk e Kursk”, segundo um recente comunicado de imprensa.

Ao mesmo tempo, a Bielorrússia deu início a exercícios militares perto da fronteira russa. Os militares da Bielorrússia estão enviando tropas adicionais para a fronteira com a Rússia na região de Vitebsk.

Minsk teme que a Rússia possa aproveitar a instabilidade no país e levar a cabo o cenário ucraniano para ocupar parte dos territórios antes da eleição presidencial de agosto.

Alexander Lukashenko, presidente do país nos últimos 25 anos, acusou publicamente a Rússia e o Ocidente de tentar interferir nas eleições do país. Ele afirmou na semana passada que mercenários russos poderiam ser enviados ao país para organizar um “Maidan”, uma referência à revolução ucraniana de 2014 que derrubou o então presidente Viktor Yanukovych.

FONTE: Defence Blog

Subscribe
Notify of
guest
58 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Kommander
Kommander
3 meses atrás

Vish.

Kommander
Kommander
3 meses atrás

O planeta virou um barril de pólvora, crise em todos os continentes.

M.@.K
M.@.K
Reply to  Kommander
3 meses atrás

pior…

moisés welter
Reply to  Kommander
3 meses atrás

até a argentina querendo as malvinas de volta kkkkkkkkkk

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
3 meses atrás

Não sei o motivo da Bielorrússia ficar querendo mostrar força a um pais, que se ele quiser invadir e tomar todo território ele faz em um piscar de olhos.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
3 meses atrás

Essas ex-repúblicas soviéticas são consideradas pelos russos seu quintal.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Fabio Araujo
3 meses atrás

Faz tempo que eu digo que a “genialidade” do Putin em política externa tem pés de barros. O fato é que sob o governo dele e de seus aliados, a esfera de influência russa na Europa é cada dia menor, e pode desaparecer completamente se o caldo entornar na Bielorrússia.

Teropode
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Mas eram quase irmãos kkkkkk, a Rússia tá parecendo aquele valentão que tomou um passa muleque ( dado pela China) de um fortao e agora quer ir a forra com o fracote kkkkkkkk, acho melhor mandarem estas tropas para o leste , mais precisamente na costa sudoeste pacífica 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

Gabriel BR
Gabriel BR
3 meses atrás

Grande chance de ser uma Ucrânia 2.0

ScudB
ScudB
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Amigo Gabriel!
Praticamente nula esta chance pois os bielorrussos são muito mais pacientes e o pais é bem mais homogêneo , sem essas ideias malucas dos nazis ucranianos. A linguá russa é predominante em todo(!) o território e mais de 80% de economia esta ligada com a Rússia tanto na área militar como na produção de maquinas , bens duráveis, geração de energia e processamento e trasporte de recursos naturais. Simplificando podemos falar basicamente – tudo! Inclusive as famílias e negócios.
Um grande abraço!

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  ScudB
3 meses atrás

Os Naziucranianos, mortos aos milhões na URSS, devem ter bons motivos para defenderem sua liberdade a unhas e dentes.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Holodomor

ScudB
ScudB
Reply to  Diego Tarses Cardoso
3 meses atrás

Ja não sabem onde colar mais essa balela de holodomor… Para começar pesquise sobre OUN-UPA e veja o que os nazi exatamente ucranianos(!) estavam fazendo com próprios ucranianos(!) e bielorrussos nas operações de extermínio junto com SS e porque tal de Shuhevich recebeu os Cruzes de Ouro.Depois procure quantos judeus e poloneses esses carrascos mataram friamente mesmo que nenhum deles tem algo a ver como tal “amado” pelos jornalistas holodomor (mesmo que na maioria dos casos o individuo não gasta 1 minuto para ter a informação completa).Os bielorrussos deviam odiar os ucranianos por causa dessas chacinas. Mas não fazem isso.… Read more »

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  ScudB
3 meses atrás

Balela porque você não esteve entre os 20 milhões de ucranianos que morreram de fome por ordem de Stalin, genocídio pior que o holocausto judeu em números.

Teropode
Reply to  Diego Tarses Cardoso
3 meses atrás

Inversão de valores nunca saiu de moda !

ScudB
ScudB
Reply to  Diego Tarses Cardoso
3 meses atrás

Não .Porque na maioria dos casos o pessoal não sabe do que fala e igual Vc não tem menor ideia de que se trata e esse numero de 20 milhões só confirma isso. Provavelmente Vc não quis gastar um minuto para procurar algo a respeito e puxou a primeira besteira que conseguiu achar a respeito – wiki…Bem feito! Procure saber quantos pessoas foram atingidos por esta tragédia, onde foi (sem esquecer Rússia , Belarus e Cazaquistão, obviamente) e que papel nessa historia fizeram países europeus e EUA por meio de “bloqueio dourado”. Depois volte para wiki para comparar… Além disso… Read more »

Renato B.
Renato B.
Reply to  ScudB
3 meses atrás

Já te ocorreu que as duas coisas aconteceram? Que ucranianos entraram para as SS como consequência do Holodomor. O holocausto ucraniano foi na década de 30 e as SS só entraram na Ucrania na década de 40.

ScudB
ScudB
Reply to  Renato B.
3 meses atrás

Não ocorreu pois formação de OUN (que gerou UPA) aconteceu no inicio de 1929 e , com ou sem de “holodomor” , ela foi criada como uma organização anti-polonesa, anti-soviética e anti-comunista bem antes e longe geograficamente dos regiões afetados. Sim! Importante lembrar que as regiões da Ucrânia Ocidental praticamente não enfrentaram fome e não tiveram perdas grandes como região central , a Belarus (região de VItebsk) ou a Rússia (bacia do rio Volga), parte de Cáucaso e Cazaquistão.
Não precisa manipular. Basta saber ler e querer entender o assunto.Sem politicagem e viés ideológico , de preferência.

Andre
Andre
Reply to  ScudB
3 meses atrás

Impressionante como os amantes do fadado comunismo negam o Holodomor. Deve ser por isso que o parlamento da união europeia marcou o dia 23 de agosto como o dia para lembrar de todas as vítimas dos regimes totalitaristas na europa, em destaque os regimes nazistas e stalinistas. https://www.europarl.europa.eu/doceo/document/TA-9-2019-0021_EN.html Destaco os itens: 3.  Recalls that the Nazi and communist regimes carried out mass murders, genocide and deportations and caused a loss of life and freedom in the 20th century on a scale unseen in human history, and recalls the horrific crime of the Holocaust perpetrated by the Nazi regime; condemns in the… Read more »

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  ScudB
3 meses atrás

Você também conta a ele sobre as fontes dos números de Solzhenitsyn, será muito ruim lá.
Sobre o “livro de Veles” e a história “milenar” da Ucrânia de Yushchenko e outras delícias não sabe e não quer saber.
A única cifra interessante é 20 milhões. O fato de que tal figura como outras seja impossível de pensar fisicamente por algum motivo não é necessário.
Sem ofensa, mas o nível de educação na América Latina é apenas o fundo do poço.

Edson Parro
Edson Parro
Reply to  Evgeniy (RF).
3 meses atrás

Pois é, Evgeniy. Mas então, o que ocorreu na Ucrânia entre 1931 e 1934 – durante a “Grande Fome”?
Ilumine o fundo do poço.

Andre
Andre
Reply to  Edson Parro
3 meses atrás

Acho que o que ele quis dizer, é que o extermínio de 20 milhões de Ucranianos é algo irrelevante frente a “sei lá oq”. Típico russo…

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Andre
3 meses atrás

E você é um troll pago típico, que está se esforçando aqui para ser um “astrólogo”.
Além disso, ele é tão burro e analfabeto que não consegue contar até dez.

Portanto, antes de escrever o que, aprenda a contar e aprenda a tabuada.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Edson Parro
3 meses atrás

Tudo depende do que você entende por tal termo. A fome na URSS, naquela época, é conhecida e suas perdas demográficas são calculadas, é de 7 milhões de pessoas. São justamente as perdas desmoráficas no total, por fome, epidemias e mudança de residência (ou seja, não são contabilizados apenas os mortos). Se considerarmos este acontecimento a partir das posições que agora reinam na Ucrânia por razões políticas. Depois, é necessário para três propósitos principais: fugir dos russos e da Rússia, extorquir dinheiro e, o que é mais importante, dessa forma, as perdas da Ucrânia moderna devido ao rápido despovoamento da… Read more »

Edson Parro
Edson Parro
Reply to  Evgeniy (RF).
3 meses atrás

Evgeniy (RF).

Obrigado pela explanação e atenção.
Minha curiosidade advém do fato de que quando criança, no bairro em que minha família foi morar, num suburbio de São Paulo- SP Brasil, já haviam 4 famílias ucranianas, que la se instalaram bem antes, entre 1933 e 1934. Curiosamente, num bairro elaborado por alemães. E, dona Eva, contava-me histórias sobre a grande fome. Mas, eu era muito jovem para entender aquilo.

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Depois é só chamar a população da bielorrussia de neonazista

ScudB
ScudB
Reply to  Caio Cipriano
3 meses atrás

Impossível e nao vai rolar. Belarus tem história extremamente trágica em relação das atrocidades cometidas pelos nazistas e tanto veteranos como os “representantes” das novas gerações mostraram uma intolerância total (!) ao qq tipo de ideologia “nazi” no pais : comprovada e testemunhada pela sociedade internacional. A pena – 10 anos de cadeia “somente” pelo fato comprovado de “reabilitação de nacizmo”. Os admiradores dos nazistas ucranianos do SD (Setor Direito) e simpatizantes nao ousam atravessar a fronteira vestidos de camisetas com rostos dos Bandera e Shuhevich estampados que usam normalmente no seu pais com muuuuito orgulho. Na Belarus – o… Read more »

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  ScudB
3 meses atrás

Os fatos estão ai para serem distorcidos por gente mal intencionada hahaha
Teria gente para acusar os cidadãos da bielorrussia de nazismo, caso esta se vire contra a rússia e se alinhe a união europeia. Outros preferem negar holocausto/genocídio, e aí que realmente vemos quem tem m… na cabeça.
Outro abraço!

Paulo V S Maffi
Paulo V S Maffi
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Na verdade eu sugeria o termo Georgia 3.0

Tallguiese
Tallguiese
3 meses atrás

E 2020 danado esse heim? Tá tendo contenda pra tudo que é lado do globo!

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Tallguiese
3 meses atrás

E a tendência é piorar viu, tá todo mundo se aproveitando da pandemia para tirar uma lasquinha do próximo, dane-se o amor, o importante é conseguir o que se quer.

JORENE
JORENE
Reply to  Tallguiese
3 meses atrás

Estamos entrando na TRIBULAÇÃO profetizada na Bíblia, então, só vai piorar nos próximos sete anos.

Hcosta
Hcosta
3 meses atrás

O que terá acontecido para chegar a este ponto?
Ou será algo coordenado por ambas as partes, apesar de não perceber quais seriam as vantagens?

Jacinto
Jacinto
Reply to  Hcosta
3 meses atrás

Já faz um tempo que as relações entre Rússia e a Bielorrússia andam estranhas, para dizer o mínimo. Desde meados de 2000 os russos e os bielorrussos andam tendo disputas comerciais e os militares russos entendem que o território da Bielorrússia é de extrema relevância estratégica.
Há quem defenda que a batalha de Smolensk em julho de 1941 – e ocorrida onde hoje seria a fronteira entre a Rússia e a Bielorrússia (Smolensk) – foi essencial para atrasar a chegada do exército alemão a Moscou.

ScudB
ScudB
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Amigo Jacinto! O Luká (como pessoal de lá chama seu presidente) esta tentando sentar nas duas poltronas : nos últimos ele esta flertando com Ocidente de forma bem hilária tentando se mostrar mais liberal que antes e ao mesmo tempo continuar recebendo a matéria-prima usufruindo benefícios da união e , em muitos casos , integração com a Rússia. As guerras consecutivas de leite , gás e , recentemente , petróleo mostram que a mamata esta acabando e os créditos e benefícios que a Rússia estava dando para este mentor de Hugo Chaves – estão diminuindo junto com a paciência de… Read more »

Jacinto
Jacinto
Reply to  ScudB
3 meses atrás

Ola!
É um ditador, mas não é bobo (aliás, ditadores raramente são bobos): sabe da importância estratégica de seu país e quer extrair o que for possível disso. Ele quer o melhor dos dois mundos – aliás, quem não quer o melhor dos dois mundos? Eu sou bobo e quero. O problema é que se ele for instado a escolher a escolha pode ser ruim para a Rússia porque a Bielorrússia me parece mais estrategicamente importante para a Rússia do que pra a UE/OTAN.
Abs

ScudB
ScudB
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Sem duvida.Mas ve por outro ângulo: Belarus esta produzindo muita coisa para a complexo militar da Rússia (sistemas de controle de tiro , sistemas óticas , partes e componentes dos radares , praticamente toda a linha dos componentes dos circuitos integrados, chassis multi-eixos para carregadores de misseis e etc ).
Vc acha que um “inimigo” podendo enfraquecer o “outro” não faria pelo menos um pingo de esforço para tirar Belarus dos abraços fortes da Rússia?

Jacinto
Jacinto
Reply to  ScudB
3 meses atrás

Não tenho dúvidas que há este esforço por parte da UE/OTAN em trazer a Bielorrússia para a sua esfera de influência; é justamente a existência deste esforço que tem permitido ao “Luká” fazer este jogo duplo por décadas. Mas a importância da localização da Bielorrússia, em termos estratégico, me parece ser assimétrica. A minha impressão é a de que a Bielorrússia tem mais valor estratégico para os russos do que para a OTAN/UE.
Abraços

Fernando
Fernando
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Não parece ser o caso, já que a UE e EUA aplicam fortes sanções em Minsk. Fora que sempre referem ao presidente como o último ditador da Europa. Lukachenco está descontrolado. Hoje mesmo prendeu dezenas de americanos.

Last edited 3 meses atrás by Fernando
Jacinto
Jacinto
Reply to  Fernando
3 meses atrás

Pois é, quem vê os EUA e a UE aplicarem sanções à Bielorrússia fica com esta impressão de que não querem se aproximar dela… mas, em essência, estas sanções punem mesmo? Ou é aquele tipo de sanção para inglês ver, como aplicar multa de trânsito a carro registrado em país estrangeiro? Eu tinha um amigo argentino que na época do plano Cavallo ia para Santa Catarina de carro e recebia um monte de multas… nunca pagou nenhuma. Agora a prisão de americanos… ele também prendeu russos. Não lhe parece uma incrível simetria, que uma medida contra os russos venha sempre… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Se faz jogo duplo engana bem. Acho que nunca li sobre qualquer aproximação da UE sobre o Lukashenko. Muito pelo contrário, o regime é muito criticado, muito mais do que a Ucrânia nos anos anteriores à revolução.
De vez em quando serve como mediador entre a Rússia e a UE mas sem qualquer relevância política. Serve apenas como anfitrião.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Hcosta
3 meses atrás

Os russos entendem que a OTAN é o braço armado da UE. Eu sei que são entidades diferentes, os EUA não integram a UE, outros países também não, etc.; mas, na prática, quem se encarrega da proteção militar da UE acaba sendo a OTAN, já que seus principais membros fazem parte da aliança militar. Por isso, qualquer situação entre a UE e a Rússia que descambe a ponto de se tornar militar, envolverá a OTAN. Partindo desta concepção russa, que me parece muito razoável, você verá que há anos a OTAN e a Bielorrússia ensaiam algo. A Bielorrússia não permitiu… Read more »

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Mas não. Há muito tempo Luka não brilha com adequação. A estabilidade mental e a deformação são muito perceptíveis.

César A. Ferreira
César A. Ferreira
3 meses atrás

O Defende Blog é editado por um ucraniano viceralmente anti-russo, portanto, no tocante a Rússia tudo que vem de lá deve ser visto com cautela.

Jacinto
Jacinto
Reply to  César A. Ferreira
3 meses atrás

Sem dúvida, mas o fato de que as relações entre a Rússia e a Bielorrússia se deterioraram muito nos últimos anos é incontestável. No começo do ano foi noticiada a existência de tratativas para a realização de exercícios militares entre a OTAN e a Bielorrússia, coisa que seria impensável dez anos atrás

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
3 meses atrás

Vish perderam o único fantoche que ainda restava por ali.

Teropode
Reply to  SmokingSnake 🐍
3 meses atrás

E tome deslike 😂😂😂😂😂😂😂

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  SmokingSnake 🐍
3 meses atrás

A Russia é uma potencia militar, mas não econômica. Hoje a economia é 10 vezes menor do que a Russia. Os Ex-fantoches começam a perceber que tirando as bombas atômicas não devem nada ao seu “ex-dono”.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
3 meses atrás

Tanto Rússia quanto o Ocidente, estão senso acusados de interferência nas eleições do pais, ou seja: “se ficar o bicho come, se correr o bicho pega.” Difícil.

naval762
naval762
3 meses atrás

Fake split.

XFF
XFF
3 meses atrás

A imprensa do tio sam vem tentando jogar a Rússia contra seus aliados faz tempo. Eles vem plantando notícias de que a China está querendo tomar territórios da Rússia.
Agora estão plantando notícias que a Rússia está ameaçando invadir a Bielorússia. Rússia e Bielorússia são são aliados, a Rússia apenas está fazendo treinamento como de costume. Esses exercícios é recado para OTAN, que está tentando derrubar o presidente da Bielorússia.

Fernando
Fernando
Reply to  XFF
3 meses atrás

Hoje quebraram a cara. Belarus prendeu dezenas de americanos. Mas, existe sim uma forte tensão em Minsk e Lukachenco está com medo de perder o poder

Luiz Trindade
Luiz Trindade
3 meses atrás

Rapaz… Não vejo uma decisão muito inteligente da BieloRússia em ficar provocando Putin… Por muito menos ele invadiu e tomou territórios ucranianos.

Caio Cipriano
Caio Cipriano
Reply to  Luiz Trindade
3 meses atrás

Quem mandou não aproveitarem os anos 90 p entrar na OTAN

Nacionalista_Patriota
Nacionalista_Patriota
3 meses atrás

Se a Russia quiser entrar lá, nem precisa anunciar. é bem capaz de a população recebe-los na fronteira e levar ate a capital, afinal mais de 80% da população é tem raízes Russas, sendo que o Russo é sua segunda língua oficial.

Não duvido que logo teremos mais uma anexo ao território russo.

sub urbano
sub urbano
3 meses atrás

A Bielorussia de Lukashenko é a ultima República Soviética do mundo. É inegável que ele está caindo de podre e tem dois caminhos: se tornar um autocrata ou perder a eleição. No entanto ele teve seus méritos, a transição bielorussa foi muito mais suave que a das demais Republicas soviéticas, justamente por não terem privatizado nenhuma estatal e por consequencia não produziram os Oligarcas que brocaram a Ucrania e quebraram a Russia. Lukashenko foi o unico da assembleia do partido que votou contra a dissolução da URSS. Sobre uma invasão a la Ucrania é improvável, o objetivo é assegurar que… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Se calhar a transição foi suave porque praticamente não existiu. Continuaram num regime muito semelhante ao anterior.
Nos restantes países do Leste Europeu houveram transições violentas para se livrarem do regime anterior comunista para uma democracia na sua maior parte.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
3 meses atrás

Ufa… quando li a manchete cheguei a pensar que a Bielorussia estaria usando fraldas de tanto medo…

Segue o jogo. Espero que os Bielorrussos tenham visto e estudado como os Tchetchenos recepcionaram os russos em sua ultima aventura expansionista, hoje em dia é mais difícil acontecer o que acontecia nas décadas de 50 e 60 em paises como a Hungria, apena por exemplo… uma procissão de tanques russos não é mais uma ameça… é sim um grande alvo.

Oséias
Oséias
3 meses atrás

China ameaçando a Rússia. A Rússia ameaçando a Bielorrússia.
O clube anti Otan virou um balaio de gato.