Home Conflitos em andamento Após incidente com russos, Pentágono envia BFV Bradley para proteger tropas americanas...

Após incidente com russos, Pentágono envia BFV Bradley para proteger tropas americanas na Síria

6547
124

Veículos de combate M2 Bradley voltaram a atuar no leste da Síria, anunciou o Pentágono na sexta-feira (18/9). O movimento ocorre depois de um encontro tenso com as forças russas que deixou quatro soldados americanos levemente feridos no mês passado.

O retorno das unidades mecanizadas também ocorre quando os militares dos EUA implantam o radar Sentinel e aumentam a frequência das patrulhas de jatos de combate sobre as forças dos EUA naquela parte da Síria, de acordo com o porta-voz do Comando Central dos EUA, o capitão de mar e guerra da Marinha, Bill Urban.

“Essas ações são uma demonstração clara da determinação dos EUA em defender as forças da coalizão na [Área de Segurança do Leste da Síria] e garantir que possam continuar sua missão ‘Defeat-ISIS’ sem interferência”, disse Urban em um comunicado por e-mail. “O Departamento de Defesa já enviou veículos Bradley para o nordeste da Síria de acordo com esses objetivos.”

Os Bradleys da 30ª Brigada de Combate Blindada foram enviados pela última vez à Síria no final de outubro de 2019 para proteger a infraestrutura de petróleo dos militantes do Estado Islâmico, disseram autoridades na época.

Eles foram retirados silenciosamente após cerca de um mês, quando patrulhas combinadas com as forças turcas “nunca se materializaram” e os “requisitos da missão mudaram”, disse um oficial militar da região ao Army Times.

“Os meios de infantaria mecanizados ajudarão a garantir a proteção das forças da coalizão em um ambiente operacional cada vez mais complexo no nordeste da Síria”, disse o coronel Wayne Marotto, porta-voz da missão Inherent Resolve. “As forças da coalizão permanecem firmes em nosso compromisso de garantir a derrota duradoura do Daesh [ISIS].”

Autoridades dos EUA e da Rússia trocaram acusações no final de agosto, depois que tropas de ambos os países colidiram no nordeste da Síria durante uma patrulha.

Um veículo russo atingiu a lateral de um veículo americano, ferindo quatro soldados dos EUA, enquanto dois helicópteros russos voaram cerca de 21 metros acima, disseram autoridades americanas após o incidente.

Por sua vez, as autoridades russas disseram que as tropas dos EUA estavam bloqueando sua patrulha terrestre e a polícia militar russa “tomou as medidas necessárias para evitar um incidente e continuar a cumprir sua tarefa”.

Embora os militares dos EUA e da Rússia tenham protocolos para prevenir tais incidentes, houve altercações menos preocupantes periodicamente no ano passado.

As forças russas estão no país apoiando o presidente sírio, Bashar al-Assad, e há muito pedem a saída das tropas americanas.

“Os Estados Unidos não buscam conflito com nenhuma outra nação da Síria, mas defenderão as forças da Coalizão se necessário”, acrescentou Urban em seu comunicado.

Apesar da perda do califado territorial do ISIS e do assassinato de seu líder no ano passado em um ataque dos EUA, o grupo extremista continuou a lançar ataques mortais no Iraque e na Síria .

Existem cerca de 500 soldados dos EUA no nordeste da Síria guardando campos de petróleo do ISIS e trabalhando ao lado das Forças Democráticas da Síria.

FONTE: ArmyTimes

Subscribe
Notify of
guest
124 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rui Chapéu
Rui Chapéu
1 mês atrás

Será que eles não estão gravando o próximo MAD MAX??

Da wiki:

“Espera-se uma sequência com o nome Mad Max: The Wasteland.[1][2]

O que seria a Síria senão uma Wasteland??

Acho que é filme heim!

Salim
Salim
1 mês atrás

Gosto Bradley, na guerra do golfo abateram mais mbts que Abrahams. Com misseis anti tanque ficam mortais. São leves, seguros e acredito ter manutenção mais em conta. Via FMS poderiam vir as centenas reequipando exercito, visto que o estoque EUA tem bastante carros . Teria fazer analise técnica apurada, porem acredito ser uma ótima escolha.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Salim
1 mês atrás

Para enfrentar exércitos grandes e bem armados seriam alvos bem mais frágeis.
Acredito que uma simples RPG possa desabilitá-lo.

Alfa BR
Alfa BR
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

“Acredito que uma simples RPG possa desabilitá-lo.”

Assim como a um BMP-3.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Alfa BR
1 mês atrás

Creio que os BMPs são bem mais robustos que o Bradley.

Alfa BR
Alfa BR
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

O BMP-3 pesa 18,7 toneladas.

O M2 Bradley pesa 27,6 toneladas.

De qualquer forma uma PG-7VL disparada por um RPG-7 vara ambos se não tiverem blindagem adicional (reativa, gaiola…etc).

Mas o bradley tem uma blindagem passiva “de fabrica” melhor.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Esse seu comentário demonstra apenas a sua capacidade de torcedor…….nada mais que isso…..vc crê que os bmp são mais robustos que os Bradley somente pq são russos….

_RR_
_RR_
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Antonio…

Qualquer impacto em material rodante pode desabilitar qualquer veículo…

Ocorre que, no caso do Bradley, quem ficar na frente dele de molecagem…

https://www.youtube.com/watch?v=Umhv1_n-MtE

Last edited 1 mês atrás by _RR_
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  _RR_
1 mês atrás

O fato é que se um RPG estiver vindo em sua direção, vc vai preferir estar dentro de um BMP.
Já assisti vídeos de BMP atingidos por foguetes anti-tanques tipo TOW na Síria em que os tripulante saíram salvos de dentro dele.
E eram os modelos antigos de BMP.

Alfa BR
Alfa BR
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

O fato é que se um RPG estiver vindo em sua direção, vc vai preferir estar dentro de um BMP.”

O BMP-3 tem uma blindagem inferior ao M2 Bradley.

E o armazenamento das munições só piora:
comment image

Salim
Salim
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Antonho, tow vara ate m90, vc acredita que BMP sairia ileso???? Você estava indo bem ate descambar pra ideologia. Tenta ser técnico e coerente ai o nível do debate técnico fica elevado.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Salim
1 mês atrás

Eu vi o vídeo.
Ninguém me contou.
O míssil pegou na frente do BMP e os tripulantes pularam fora e correram para o acostamento da estrada.
Tem vários videos desses no Youtube.
E só procurar.

Alfa BR
Alfa BR
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

O míssil impactou na parte frontal das lagartas da viatura. Se você sabe como funciona uma ogiva HEAT, então não é difícil imaginar que nem deve ter perfurado o chassi.

comment image

A tripulação sobreviveria da mesma forma independente do modelo da viatura blindada.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Alfa BR
1 mês atrás

Foi o que eu falei.
Afetou o veículo, mas a tripulação saiu ilesa..
Não sei se o mesmo ocorreria com um Bradley

Alfa BR
Alfa BR
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Sim, aconteceria com qualquer outra viatura.

Se tivesse acertado no arco frontal do chassi a conversa seria outra…

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Por que vc acha isso? Resposta: pq o bmp é russo e o Bradley é norte-americano…..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Mais ou menos por aí.
Os blindados americanos têm a tradição de se desmancharem quando são alvejados.
Começando com os Shermans na 2ª G.M. até os Abrams no Iraque. E no Iraque foi com RPG mesmo.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Primeiro, essa fama do Sherman é injusta e infundada. ele tinha uma taxa de incêndio e morte da tripulação menor que a do Panzer IV Aust, F2 Eu já cansei de rebater isso aqui respondendo você Antonio e você INSISTE com essa falacia descabida. O Sherman era um blindado maior e mais confortável para a tripulação, oque ajudava na sobrevivência dos tripulantes, ao contrario do T-34 que era mais apertado. A fama do Sherman ser fácil de incendiar foi causada pelos Britânicos que colocavam o máximo de munição possível em seus Shermans Esses casos se tornaram mais raros conforme novas… Read more »

ScudB
ScudB
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Amigo Victor! Um livro : https://www.amazon.com.br/Tank-Men-Robert-Kershaw/dp/0340923490 Pagina 330. Leia e chore : … Tal Sherman (que inclusive chegou atrasado e pelado para guerra) era um desastre. No exercito Vermelho foi chamado de “isqueiro” e estava sendo usado nos regimentos de forma “reunida” para melhorar a manutenção. Lento , fraco , com problemas nos terrenos pesados , queimava por inteiro em 3 segundos – era tudo menos objeto tipo “gostar bastante dele“. Se não fossem os ingleses que colocaram canhão de 17 libras – estatística seria mais desastrosa ainda. Se o Kershaw não é suficiente – pegue Zaloga “Armored Thunderbolt: The… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  ScudB
1 mês atrás

E eram praticamente inúteis contra os modernos tanques alemães.
Apenas o modelo Firefly britânico, com um canhão melhorado, era capaz de opor alguma resistência aos alemães.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Os Americanos ja tinham um canhão de 76mm pronto em 1942 e posto em uso em 1943 nos Hellcat. era o M1 tinha um potencial balistico semelhante ao britanico QF-17 Pounder. o canhão americano equipou os M-18 Hellcat e os Shermans americanos ja em 1944

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  ScudB
1 mês atrás

O livro que você mandou do Kershaw e legal mas tem erros, ele fala do desenvolvimento de tanks mas parece ignorar que o desenvolvimento do Sherman incorporou estiva molhada e canhão de 76mm tirando o Fato de que esse apelido de isqueiro é um mito criado no pós guerra…

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Zaloga é muito famoso tambem mais comete erros, o mito de 5 Shermans para cada Tiger I veio dele. a menor unidade blindada americana tinha um tamanho minimo de 5 tanks para ser considerada operacional, oque quer dizer que em todo confronto iria ser Cinco Shermans, mas não que eram necessário 5 deles. afinal se um M1A1(W76) acerta um tiger a distancias normais de combate o Tiger sera penetrado assim como o Sherman seria pelo canhão de 88mm

ScudB
ScudB
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Zaloga pode ate errar mas “se um M1A1(W76) acerta um tiger a distancias normais de combate o Tiger sera penetrado assim como o Sherman seria pelo canhão de 88mm” nunca e ninguém vai tentar repetir na frente dos veteranos.

ScudB
ScudB
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Quase todas as melhorias chegaram muuuito tarde e custaram muuuuito caro para os aliados. A USSR recebeu maioria dos M4A2 em 1944 quando tudo ja estava ruindo para alemães e participavam nas operações (Bagration e Balaton, por exemplo) como regimentos de reserva ou direções segundarias. Muito fácil ver a “limitação” do projeto de M4 : este projeto serviu para “corrigir” os erros dos antecessores e não deu nenhum “filho”! Nao gerou nenhuma linha evolutiva! Tipicamente tal situação se chama desastre de engenharia ou “beco sem saída”. De pouco mais de 3500 unidades recebidas pela USSR pouquíssimas unidades foram devolvidas “em… Read more »

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  ScudB
1 mês atrás

De forma nenhuma estou dizendo pra jogar oque esses historiadores falaram no lixo, mas estou afirmando que nem tudo oque eles escrevem e marcado em tabuleta de pedra.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Victor

Não esqueça que foram os britânicos que salvaram um pouco a fama dos Shermans com a criação do Firefly que conseguia combater, aos menos, modernos Tiger e Panther alemães.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Excelente Victor

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Que bobagem…..pura ideologia barata…..vc não entende nada de assuntos um pouquinho mais técnico do que escrever chavões e termos prontos sobre china e rússia ….

Salim
Salim
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Gostei, viu como nível aumenta quando vamos pra números e dados. Obrigado pelo video.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Salim
1 mês atrás

Valeu!

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Eu gosto do BMP, mas entre ele e o Bradley, prefiro o Bradley, melhor que ele só o Namer.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Namer, se não me engano, é uma adaptação baseada no chassi do Merkava.
O Merkava, em si, teve sua reputação bastante arranhada na última guerra no Líbano.
Muitos foram destruídos e avariados pelos guerrilheiros libaneses.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Não teve a reputação arranhada, foi os israelenses que subestimaram o Hezbolah, acharam que eles não tinham um míssil moderno como o Kornet E, além das táticas empregadas terem sido mais refinadas do que os árabes costumam fazer, claramente o Irã ensinou eles a combater os Merkava. agora Taca um Kornet E em M1, Leo 2, Type 10, T90, todos viram sucata.

Salim
Salim
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

O merkava teve nrs próximos disto. 52 atingidos por RPG, iedi, 5 destruídos, 22 imobilizados sendo que 17 voltaram ativa e demais embora com danos continuaram operacionais. Lembro que apos esta guerra Israel mudou doutrina para que mbts sejam acompanhados por infantaria em guerra assimétrica urbana o que náo acontecia. Guerra assimétrica mudou radicalmente doutrina emprego forças armadas pois inimigo esta misturado com população e usa a mesma como escudo. Forças ocidentais tem extrema dificuldade em combate, visto limites morais e humanitários, o que náo ocorre com ditaduras e regimes náo democráticos, cometendo massacres em massa.

Salim
Salim
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Tem caso de um brasileiro servindo usa que estava Bradley e foi atingido por mina ou jedi de 200 kgs e sobreviveu ( sargento Cleber , se náo falha memoria ). Com torre míssil tow e bom e pode utilizar ut30. Qto a rpg depende, se estiver com blindagem reativa suporta bem, embora ate mbt se tomar RPG em lugar sensível também para. Lembro também que tática para utilizar este veiculo ou mbt em ambiente contestado são acompanhados por infantaria para evitar este tipo ataque.E mais versátil que mbt e com tow e mortal.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
1 mês atrás

Será que eles não estão gravando o próximo MAD MAX??

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Sempre que eu vejo o Bradley eu lembro de um filme que conta a história do projeto dele..

A gente pensa que bizarrice só tem no Brasil…

Mas este é um projeto mega bizarro..

E tem quem critique o F35.. sabe de nada cumpadi..

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Eu vi esse filme também!
O desenvolvimento já tinha 17 anos, consumido 14 Bi USD e o veículo ainda não estava pronto. Isso lá nos idos dos anos 80.
É esse aqui:
https://en.wikipedia.org/wiki/The_Pentagon_Wars

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Aquele filme é muito louco,que história…

Daniel Vilela
Daniel Vilela
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Qual o nome do filme?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Daniel Vilela
1 mês atrás
Bruno Vinícius Campestrini
Bruno Vinícius Campestrini
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Quase morri de tanto rir com esse filme. Felizmente, depois que o Coronel Burton apresentou seu relatório, parece que os problemas foram corrigidos antes de colocarem o veículo em operação. Porém, como recompensa, o realocaram para o Alaska, forçando-o a pedir baixa.

Last edited 1 mês atrás by Bruno Vinícius Campestrini
Antoniokings
Antoniokings
1 mês atrás

O que se tem lido é que diversas comunidades árabes das regiões sírias ocupadas pelos EUA estão começando a repudiar a presença americana na região.
Inclusive com ataques armados.

Teropode
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Besteira , nesta região a imensa maioria é Curda e são eles os aliados do EUA .

ALISON
ALISON
Reply to  Teropode
1 mês atrás

Ta na hora de ver em outros sites e pensar fora da caixa pokemon minion…

Flanker
Flanker
Reply to  ALISON
1 mês atrás

Por que minion?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Teropode
1 mês atrás

Teropode

Os principais problemas relatados têm sido na região Deir ez-Zor onde temos numerosas tribos árabes.
E eles não estão nem um pouco satisfeitos com a presença americana.

Fábio Jeffer
Fábio Jeffer
1 mês atrás

Os americanos são bonzinhos, estão protegendo as refinarias das forças Sírias livres. É muita cara de pau.

Paulo Siqueira
Paulo Siqueira
Reply to  Fábio Jeffer
1 mês atrás

E a Rússia apoia e sustenta a ditadura Assad!Muita cara de pau mesmo!

Last edited 1 mês atrás by Paulo Siqueira
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Paulo Siqueira
1 mês atrás

É o contraponto ao apoio americano aos radicais islâmicos da Síria, wahabitas sauditas e israelenses.

Teropode
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Curdos não são wahabitas .

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Teropode
1 mês atrás

O apoio americanos aos curdos é circunstancial, visto que historicamente sempre foram contra a causa daquele povo.
Foi o meio que os americanos encontraram de ter acesso ao território sírio e manter alguma presença lá.
Creio que não vai durar muito.

Teropode
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Tudo é circunstancial , ou vc acha que russos estão preocupados com sírios árabes ? Mas as circunstâncias criam as necessidades , tanto pra Chico como para Francisco , fale uma novidade Nova , vc é muito repetitivo .

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Teropode
1 mês atrás

Vou te falar uma ‘novidade repetitiva’.
A presença americana na Síria e no Iraque não vai demorar muito.

E outra novidade.
Começaram ontem exercícios militares com a participação de Rússia, China, Paquistão, Irã, Bielo-Rússia, Mianmar e Armêma.
Deve ser uma nova versão do ‘Eixo do Mal.’

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Paulo Siqueira
1 mês atrás

Horrível. Como viver.

Cadillac
Cadillac
Reply to  Paulo Siqueira
1 mês atrás

Cada um com o seu ditador de estimação

Teropode
Reply to  Fábio Jeffer
1 mês atrás

Os russos são fofinhos ,defendem a Gaspron .

Ivan
Ivan
Reply to  Guilherme Poggio
1 mês atrás

Velho amigo Guilherme Poggio, . Importante apresentar a relação de veículos envolvida no incidente. Demonstra que já havia, naquele momento, uma escalada nas relações EUA – Rússia no Teatro de Operações da Síria. . A presença do BTR-82A na “comitiva” russa era a escalada. . O BTR-82A é um avançado veículo blindado com rodas 8×8, normalmente apontado como um APC – Armoured Personnel Carrier por ter tração sobre rodas e transportar infantaria. Sua tração permite velocidade de até 100 km/h em estradas, muito útil nos cenários de guerra assimétrica em que patrulhas pela terra de ninguém é uma rotina diária. Porém,… Read more »

Salim
Salim
Reply to  Ivan
1 mês atrás

Caro Ivan, estava sumido, bom ler seus comentários.

Arariboia
Arariboia
Reply to  Ivan
1 mês atrás

Só falta os Russos enviarem BMP-3M ou BMD-4M. Ambos possuem blindagem acima de 30mm no arco frontal e metralhadora de 12,7mm. Como os russos estão comprado milhares de kits de proteção com blindagem adicional e gaiola pra os BMP-3M/BMD-4M e BRT-82.

comment image

IBIZ
IBIZ
1 mês atrás

Sob a “dinastia” Putin os russos em terra são osso duro! Acho que o deslocamento de mais aeronaves como helicópteros de ataque e caças F-35 teria um efeito intimidador maior.

DaGuerra
DaGuerra
1 mês atrás

Mais uma vez os Blindados salvam o dia!

Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
1 mês atrás

Me bota lá dentro do mesmo carro que foi atingido. Não precisa ser um Bradley, basta ser no mesmo veículo do incidente.
Eu quero ver se russo tem coragem é contra um cearense doido e violento como eu.
Aí eu quero ver se o cabra é macho é na minha frente. Na Internet é muito sem graça, o gostoso é lá.

Joanderson
Joanderson

Já que vc é macho msm então faz um favor para os seu conterrâneos e acaba com as facção daí do Ceará que pó que eu sei daí três que infernizam a vida povo cearece.

Joanderson
Joanderson

Já que vc se diz brabo msm então faz um favor para os seus conterrâneos e da cabo dessas facções que atuam aí no Ceará que pelo que eu sei são 3,vc vai ter muito trabalho mas se consegue vai virar um herói.

Salim
Salim
Reply to  Joanderson
1 mês atrás

leva o lula junto rsss

José
José

Vai destruir o veículo adversário batendo nele com a cabeça chata?

MATHEUS AUGUSTO
MATHEUS AUGUSTO

Sei

DaGuerra
DaGuerra

Excelente! Acho até que “Peixeira” devia ser o nome de batismo do novo blindado do EB…afiado, letal, sanguinário, veloz….aí os caras me vem com….”guarani”….humpf….nome de perdedores

Teropode
Reply to  DaGuerra
1 mês atrás

O objetivo do nome Guarani era conquistar os corações de Paraguaios e Argentinos para uma futura exportação , ambas nações possuem povos Guaranis em grande número .

Wilson França
Wilson França

Vc é mesmo um Sátiro.

sub urbano
sub urbano
1 mês atrás

Não sei o que os americanos estão fazendo na Síria. A culpa não é dos valentes soldados americanos que cumprem a missão que são designados, a culpa é dos políticos os enviam para um país onde os USA não tem a mínima popularidade. Os próprios terroristas moderados da Oposição Síria, apoiados pelos americanos, não gostam dos americanos. É muita irresponsabilidade. Desconfio que a presença americana na Síria é fruto da influencia israelense no governo americano. Os USA tem 34 congressistas judeus sendo que apenas 2% da população americana é formada por judeus.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Americano acha que fazendo tudo por Israel, a terra sagrada, eles vão ganhar um pedacinho do céu.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

E se continuar nessa batida, vão ganhar um pedacinho de terra esturricado.

Salim
Salim
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

USA esta siria para combater Asad e Daesh que tomou meio Iraque e estava executando ocidentais, além de atrapalhar mercado petróleo com respaldo Turquia. Você esta vendo muito fantasma israelense, aproveita e olha de baixo sua cama que pode ter um la, rssss

Salim
Salim
Reply to  Salim
1 mês atrás

Coalizão de países estrangeiros
Intervindo na Síria e no Iraque:
comment image  Estados Unidos (intervindo também na Líbia e em Camarões)
comment image  Reino Unido[4][5][6]
comment image  Austrália[7][8]
comment image  França[9][10]
comment image  Países Baixos[11][12]
comment image  Jordânia[13]
comment image  Marrocos[14][15][16][17]
comment image  Bélgica[18]
comment image  Dinamarca[19][20]
Intervindo apenas na Síria:
comment image  Bahrain
comment image  Qatar
comment image  Arábia Saudita
comment image  Turquia[21][22]
comment image  Emirados Árabes Unidos

Erermildo
Erermildo
Reply to  Salim
1 mês atrás

Pensei que estivessem lá pra livrar a pele dos Curdos dos sirios e otomanos, Mulheres e Mocinhas Yazidis do ISIS e Cristãos de radicais islâmicos. Que tolo que sou!

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Salim
1 mês atrás

“USA esta siria para combater Asad e Daesh”
Essa é a retórica.
O Daesh é explicável, afinal são terroristas, mas… porque contra o Assad? Por que apoiar rebeldes, que de democráticos nada tem? Não faz muito sentido.
Faz sentido se caísse o Assad e entrasse um líder marionete, que empurrasse russos e iranianos pra fora dali.

Rogério Loureiro Dhierio
Rogério Loureiro Dhierio
Reply to  GFC_RJ
1 mês atrás

Estive no Líbano, Egito e EAU.
Minha pergunta sobre o ISIS aos três povos, tiveram respostas muito similares.

Más a de um guia Egípcio resumiu bem:.

“Estado islâmico? O povo árabe em sua esmagadora maioria é islâmico. Não existe outro estado islâmico senão o próprio povo árabe. Isso que está aí agora não é árabe, pois não falamos árabe com sotaque europeu e inglês. Este novo estado islâmico não é de povo árabe.”

E ainda no final de um longo papo ele me pediu de forma ríspida que não lhe perguntasse mais nada a respeito do assunto.

Salim
Salim
Reply to  GFC_RJ
1 mês atrás

Assad e pro Russia e não aliado, patrocinou por décadas facções terroristas. Desistiram tirar Assad depois do resultado caótico da Libia. Siria ira demorar aos pra voltar ate ser algo novamente e sob rédea Russia , Turquia e Ira vai ser marionete de todo jeito, sem as benesses americanos : Netflix, zapzap e iphone rsss

ALISON
ALISON
Reply to  Salim
1 mês atrás

Devia combater o principe Saudita… Comete muito mais crimes contra direitos humanos… Mas nao né? não importa impor “democracia”, importa e destruir quem nao se submete… e de quebra roubar riquezas…

Matheus S.
Matheus S.
Reply to  ALISON
1 mês atrás

Hoje, os americanos estão em um dilema: Você apoiará seu império em declínio agora… ou continuará com essa loucura isolacionista?

Salim
Salim
Reply to  ALISON
1 mês atrás

Sim os Sauditas não são nada bons também, porem e aliado e gasta fortuna nos EUA, qualquer governo americano teria que peitar indústria armamentista e lobby petróleo. Tivemos aqui mesma situação quando nr 1 tentou mudar embaixada em Israel de Telavive para Jerusalem, lobby agronegócio vetou e nr 1 afinou.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Salim
1 mês atrás

Salim os tá cagand@ para terrorista, fez acordo com o Talibã, membros da família real Saudita financiam terrorismo e estão fazendo crimes contra humanidade no Iêmen, os EUA estão na Síria por dinheiro, numa jogada bem grande, só que não vejo o pq disso ser benéfico para os EUA.

Teropode
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Este papo não cola mais , aliás os Curdos que vivem onde os americanos estão não concordam com vc . Os EUA são uma nação Laica .

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Israel tem várias questões na Síria. As colinas do Golan são considerados territórios ocupados e, além disso, Iranianos e o Hezbollah estão presentes na região ameaçando o território israelense. Mas… Israel está lidando muito bem por sua própria conta, sem a necessidade de tropas americanas para remediar o problema.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Pessoas que pensam igual vc, Obama e Hillary que levaram os EUA para Síria, os EUA nunca deveria ter ido para lá

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Esses americanos são uns folgados!

Deixem eles fazerem seu trabalho e proteger os campos de petróleo roubados na Síria!

Joanderson
Joanderson
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Pra vc ver né de tudo que tem pra se fazer na Síria eles nem disfarçam a intenção deles no petróleo sírio.

Matheus S
Matheus S
Reply to  Joanderson
1 mês atrás

Dados de 2017 indicam que a Síria produz algo em torno de 20.000 barris de petróleo por dia. Sabe quanto é o consumo militar de petróleo dos EUA? No ano fiscal de 2017, os EUA consumiram 98 milhões de barris de petróleo, custando algo em torno de US$8,8 bilhões. Pense em mover as tropas ao redor do mundo, tanques, navios e aviões. Os campos de petróleo que os EUA “protegem” na Síria não dá nem para sequer apoiar logisticamente as forças militares dos EUA, quanto mais o consumo interno americano. Se eles querem petróleo, deveriam retardar a saída do Iraque,… Read more »

Teropode
Reply to  Matheus S
1 mês atrás

Ou tomar da Venezuela que está pertinho , o petróleo virou um engodo para o discurso anti americano.

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Matheus S
1 mês atrás

Pois é… 

Não sei de onde tiraram que a Síria seria um grande produtor de óleo e gás que gerasse tamanha intervenção. A Síria tem uma produção irrisória. 

A questão é que ela está no meio do caminho de pipelines, que mudariam significativamente o status quo na região e da própria Rússia.

Tentei colar uma imagem de um mapa aqui, mas deu ruim.

Last edited 1 mês atrás by GFC_RJ
Ivan
Ivan
Reply to  Matheus S
1 mês atrás

Matheus, Excelente lembrança. Os números são contundentes. . A questão não é a produção de petróleo e gás. Hidrocarbonetos tem bastante mundo afora… A questão É a logística do petróleo e gás. . Assim como os números, os mapas (geografia) são igualmente contundentes para entender os movimentos econômicos, políticos e militares – algo que andam chamando de geopolítica desde Rudolph Kjéllen, Ratzel, Mahan ou Mackinder. . Olhe o mapa do Oriente Médio. Observe a posição da Síria e Israel dominando os vales que dão acesso ao Mar Mediterrâneo Oriental, caminho natural para a Europa, grande consumidor de petróleo e, principalmente,… Read more »

ALISON
ALISON
Reply to  Matheus S
1 mês atrás

Fontes mais recentes indicam que, atualmente, com a produção síria, os EUA “protegem” 30 milhoes de dolares em produção mensal de petróleo… Se atualize… A Intenção não é custear, mas diminuir os gastos…

Matheus S.
Matheus S.
Reply to  ALISON
1 mês atrás

Só isso?

Anualmente US$360 milhões. Não dá nem 5% dos custos operacionais de consumo militar de petróleo anualmente dos EUA.

Reitero o que disse, tanto faz se a intenção for custear ou diminuir os gastos: Se eles querem petróleo, deveriam retardar a saída do Iraque, invadir o Kuwait e/ou Arábia Saudita.

Flanker
Flanker
Reply to  ALISON
1 mês atrás

30 milhões de dólares por mês…….eles gastam muito mais que isso por mês só pra manter as forças que estão lá….. essa história de que os EUA estão lá por conta do petróleo sírio é a ideia mais descabida de todas……

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Matheus S
1 mês atrás

Amigo,todo petróleo é bem vindo…

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Os russos não precisam do petróleo sírio, que nem é tanta coisa assim.
Os russos precisam é de manter o mercado europeu dependente ao petróleo e gás deles próprios. E para isso precisa impedir que pipelines sejam construídos, tanto desde o Iraque, quanto desde a Arábia Saudita e Qatar.
Além disso, os russos precisam de base aeronaval no mediterrâneo.

Já os americanos e europeus, ao contrário, o que mais queriam era justamente passar esses pipelines e impedir a base russa. Deu certo não.

Salim
Salim
Reply to  GFC_RJ
1 mês atrás

Senhores indústria petróleo esta definhando lentamente. Estão baixando preço violentamente em virtude da eletrificação meio automotivo.
comment image

MATHEUS AUGUSTO
MATHEUS AUGUSTO
1 mês atrás

Verdade meus amigos é que os Americanos não tem motivo nenhum pra estar na Síria, nenhum mesmo, fora talvez petróleo.
Estão lá apenas pra incomodar os Russos nada mais.
Ninguém os quer lá, normalmente eu acho bobagem chamar esse ou aquele de vilão, mas os EUA estão se sujando e gastando dinheiro a toa pra estar com as botas em um território que não tem nada haver com eles.

Teropode
Reply to  MATHEUS AUGUSTO
1 mês atrás

Não é bem assim , esta visão limitada é comum entre muitos fanboys , mas se observarmos a posição da Síria , leste do eufrates, veremos o valor estratégico da região para os EUA , com uma Turquia querendo alçar vôos ,um Iraque xiita e com a proximidade do Irã a Síria é fundamental para os EUA e se não fosse a chantagem turca certamente os Curdos seriam emancipado .

Last edited 1 mês atrás by Teropode
BrunoW
1 mês atrás

Se vc assistir todo o vídeo e da uma pesquisada verá que a patrulha Americana tentou bloquear a patrulha Russa ( como das outras vezes), os Russos para não ser bloqueado saíram da estrada e cortaram caminho pela planície. Detalhe, como os veículos americanos são mais pesados e lentos, não conseguiram acompanhar um a patrulha Russa.
Quando os Russos voltaram para a estrada, prederam um veículo americano, com um Typhoon ficando atrás e o Tiger na frente..
Final da história a patrulha Americana tentou bloquear ( como vinha fazendo) terminou bloqueada, e não foi a primeira nem segunda vez..

Brunow
1 mês atrás

(O vídeo acima também não está completo).
E este não foi o último incidente, após o acontecido os americanos começaram a receber corbertura de dois Helicóptero AH-64 ( assim como os Russos com os Mi-35 M e Mi-8AMTsh), e no último dia 16/09 na província síria de Hasakh, os helicópteros americanos tentaram se aproximar da patrulha Russa, os helicópteros Russos tiveram que aproximar dos Apaches a curta distância para afastá-los do comboio.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Mas só lembrando que certo ou não os russos estão lá autorizados pelo mandatário do país, mandatário inclusive reconhecido pelos EUA, já os americanos podem ser chamados de invasores, se os russos abrissem fogo não estariam errados do ponto de vista do direito internacional, mas existe um acordo de cavalheiros entre a Rússia e os EUA por conta do combate ao ISIS, mas esse acordo não impede essa provocação constante dos militares russos. Mas vai ter uma hora de que todas essas forças que estão na Síria sem o convite do governo sírio vão ter que sair de lá (… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Fabio Araujo
Soldat
Soldat
1 mês atrás

Bem feito para os Amis.
.
E não passam de Piratas do petróleo Sírio.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Soldat
1 mês atrás

ainnnn paiiinn
bem feito para estes malvados!

Antonio palhares
Antonio palhares
Reply to  Soldat
1 mês atrás

As virgens vestais da moral e dos bons costumes. Guardiães da caudalosa e justa cultura ocidental. Invadindo um país soberano para roubar petróleo para seus amiguinhos. Me engana que eu gosto.

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
1 mês atrás

Aquele video do veiculo americano se jogando contra o veiculo russo q até saiu da estrada, foi super profissional ao certo né? Existem videos mostrando vias fechadas por veiculos americanos na Siria cujo governo, diga-se de passagem JAMAIS autorizou a presença militar de outros paises que não a Russia, mas …. Molecagem são os russos, os americanos, nao importa o q, são 10

Fabrício Lustosa
Fabrício Lustosa
1 mês atrás

Raramente vejo em fóruns de assuntos militares elogios as forças armadas sírias. Lamentável isso pq essas merecem todos os elogios. Lutaram sozinhas desde 2011 quando essa loucura orquestrada começou, tomaram bomba de vários países, Israel, Turquia etc…, se viraram com o equipamento que tinham, nunca desistiram. Até que o jogo virou com a entrada dos russos no teatro de operações. Até então a soberania síria era violada de todas as formas possíveis. Ainda é de certa forma, mas o jogo virou não há dúvida. Interessante pensar que quando esse conflito acabar, e vai acabar – os chamados “rebeldes” e o… Read more »

Antonio palhares
Antonio palhares
Reply to  Fabrício Lustosa
1 mês atrás

O patriota, corajoso e profissional Exército Sirio tem demonstrado compentência e patriotismo incomuns
Enfrentando terroristas cortadores de cabeças, destruidores de patrimonio da humanidade. Recrutados e mantidos pelo ocidente. Para derrubarem o governo legítimo de um país soberano filiado à ONU.

Flanker
Flanker
Reply to  Antonio palhares
1 mês atrás

Nossa….que amontoado de chavões…….originalidade zero! O exército que vc tanto admira apenas mantém no poder um déspota que está c@g@ndo para seu povo…..e que deixou seu país virar uma babel de grupos terroristas, radicais e países oportunistas que tornaram a Síria uma terra arrasada……isso tudo por conta de Assad se agarrar com unhas e dentes ao poder…..

João da Lua
João da Lua
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Porque deixar a Síria se fracionar em cinco ou seis unidades distintas e virar um covil de jihadistas aonde os cristãos e muçulmanos laicos seriam sujeitos a um despotismo brutal e principalmente no caso dos primeiros, exterminados, é tão mais moral e ético.

Silas
Silas
1 mês atrás

Os caras só estavam tirando um racha de boas, a mídia que distorceu a situação… brincadeiras à parte, situação delicada essa da Síria…

Peter nine nine
Peter nine nine
1 mês atrás

A perspectiva dos russos parecia ser a de que os americanos estavam fora das suas delimitação… A abordagem foi em muitos aspectos policial, inclusive com toque de sirene. Enfim… Os americanos dizem que a zona era desmilitarizada e que não era expectável que os russos ali estivessem a operar, mas se falarmos com russos, estes dirão com certeza algo a volta do que eu disse. Por outro lado, duvido que algo de mau ocorresse se a viatura Americana simplesmente parasse e questionasse a abordagem. O mais provável é que a conversa se tornasse formal muito rapidamente. Podemos questionar o porquê… Read more »

João Bosco
João Bosco
1 mês atrás

Por um acaso eses caras cismaram de fazer uma corrida no deserto?

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

com base em dados do Ministério do Petróleo e Recursos Minerais da República Árabe Síria, os Estados Unidos produzem e vendem petróleo por US $ 3,3 milhões por dia ou US $ 1,1 bilhão por ano.  Antes eles tinham que ficar com apenas 25% desse valor, depois de negociações com os chefes da SDF, a receita americana com a venda ilegal de petróleo aumentou muito.  No decorrer dos acordos, os americanos passaram a pagar apenas os líderes dos terroristas curdos em troca de lealdade. Agora os Estados Unidos estão obtendo cerca de US $ 70-80 milhões em lucros por mês,… Read more »

Last edited 1 mês atrás by ADRIANO MADUREIRA
CRSOV
CRSOV
1 mês atrás

Essas tropas americanas tem autorização do Governo da Síria para estarem em seu território ?

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  CRSOV
1 mês atrás

Eles perderam o controle do território

paulof
paulof
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

e os americanos deixando os turcos entrarem ajudam no que no controle ao terrorismo?

CRSOV
CRSOV
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

Mas isso dá o direito aos americanos ou qualquer outro país de tomar esse território ?? A ONU autorizou a presença de países estrangeiros na Síria sem a autorização do Governo local ??

Gavião 15
Gavião 15
1 mês atrás

Jamais saberemos o que exatamente ocorreu, já que é comum que cada um conte a sua versão. Embora em se tratando dos asseclas de Putin a confiabilidade é zero em seus relatos.