Home Conflitos em andamento Azerbaijão afirma ter matado ou ferido 2.300 soldados armênios em Karabakh

Azerbaijão afirma ter matado ou ferido 2.300 soldados armênios em Karabakh

5001
73

O Azerbaijão afirma ter matado ou ferido mais de 2.000 soldados armênios durante combates violentos na região contestada de Nagorno-Karabakh. A Armênia disputou números tão altos.

Cerca de 2.300 “militares inimigos” foram mortos ou feridos desde o início dos combates no domingo, informou o Ministério da Defesa do Azerbaijão. As autoridades acrescentaram que um sistema de mísseis de defesa aérea armênio S-300 foi destruído na linha de frente em Karabakh, juntamente com cerca de 130 tanques e mais de 200 peças de artilharia.

Yerevan havia anteriormente negado as alegações de Baku de matar centenas de seus soldados. O porta-voz do Ministério da Defesa da Armênia, Shushan Stepanyan, disse que 16 militares foram mortos.

Enquanto isso, autoridades em Nagorno-Karabakh, uma república autodeclarada dentro das fronteiras do Azerbaijão que é aliada da Armênia, relataram que 80 de seus soldados foram mortos.

Uma luta violenta começou em 27 de setembro, depois que os dois lados se culparam por violar o acordo de cessar-fogo de 1994. Os confrontos continuaram durante a manhã de quarta-feira, com o Azerbaijão acusando a Armênia de bombardear a cidade de Tártaro, no oeste do país. Ao mesmo tempo, Stepanyan disse que o fogo de artilharia continuou ao longo de toda a linha de frente em Karabakh. Ela acrescentou que dois drones azeris foram abatidos sobre Stepanakert, a capital de Karabakh.

O Azerbaijão é abertamente apoiado por seu aliado de longa data, a Turquia, cujo líder Recep Tayyip Erdogan exigiu que a Armênia acabasse com sua “ocupação” de Karabakh. Na terça-feira, os militares armênios alegaram que seu caça Su-25 foi abatido por um F-16 turco. Tanto Ancara quanto Baku negaram isso.

O conflito de um século em Karabakh foi reacendido quando o grande enclave povoado por armênios se separou do Azerbaijão durante a dissolução da União Soviética. Uma trégua foi assinada após vários anos de guerra sangrenta, durante a qual Nagorno-Karabakh se tornou de fato independente de Baku.

Nos vídeos abaixo divulgados pelo MoD do Azerbaijão, ataques de drones contra alvos armênios

FONTE: rt.com

Subscribe
Notify of
guest
73 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Edlustig
Edlustig
1 mês atrás

O ultimo vídeo é F.O.D.A…..

Mario SAE
Mario SAE
Reply to  Edlustig
1 mês atrás

Foda está a escalada deste confronto. Duas coisas chamaram a atenção no dia de hoje, a divulgação de imagens por parte do Azerbaijão, comprovando a destruição de uma divisão inteira de fuzileiros Armênios. Foram dezenas de blindados totalmente destruídos. A segunda foi o envio da Rússia de seis Migs 29, que estão voando sobre a capital da Armênia, dando proteção a seus aliados.
Essa história está esquentando muito rapidamente, espero que esfrie com a mesma velocidade.

edlustig
edlustig
Reply to  Mario SAE
29 dias atrás

Oremos para que os ânimos se esfriem por lá…
e também oremos para que Cuiabá esfrie um pouco….aqui também ta muito quente…rsrsrsr

Giap
Giap
1 mês atrás

A primeira vítima da guerra é a verdade

Edlustig
Edlustig
1 mês atrás

E nós sempre atrasados em desenvolvimento e aquisição.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 mês atrás

Ontem eu recebi um vídeo de um soldado Armênio em posição de sentido reportando os acontecimentos da linha de frente para o oficial, atras dele tinha os corpos dos seus companheiros

Não entendi nada do que ele disse, obvio, mas o tom da voz dele… era de alguém em choque…

O oficial puxou o soldado e abraçou ele no fim do vídeo

Last edited 1 mês atrás by Victor Filipe
FighterBR
FighterBR
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Tem outro vídeo onde o soldado. Armênio está na trincheira em estado de choque chorando e curvado.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Tem o link? Queria ver

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

manda o link aí

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Não tenho link pessoal, recebi no Whatsapp

Doug385
Reply to  Victor Filipe
30 dias atrás

Isso é a guerra, meus amigos. Para nós que estamos aqui discutindo isso não parece tão ruim, mas para quem está lá é o verdadeiro terror. Espero que essa realidade nunca chegue por aqui.

B. Basíllio
1 mês atrás

Azerbaijão afima de um lado, Armênia afirma de outro..
E quem domina é a mentira..
https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=768207330628862&id=100023188064534

romulo
romulo
1 mês atrás

que drone é esse que eles operam?

Bardini
Bardini
Reply to  romulo
1 mês atrás

Bayraktar TB2

Brunow
Reply to  Bardini
1 mês atrás

TB2 é a Turquia quem opera.
Azerbaijão não tem este drone nas suas fileiras, demostrou interesse nele em junho de 2020, portanto não daria tempo de recebe lo e ter pessoal treinado (isso se se o acordo foi assinado). Os TB2 que operam em Nagorno Karabak são Turcos.

80% dos UAVs do Azerbaijão são Israelense, entre eles os kamikazes IAI Harop e uma versão licenciada do Orbit K.

Mas nem tudo é tão fácil, muitos alvos infláveis tem sido atingido por este drones, principalmente o sistema OSA AKM.

Brunow
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Dados do military Balance para 2020, este são os drones operados pelo Azerbaijão : •Heron – 1 unidade •Aerostar – 4 unidades •Hermes 450 – 10 unidades •Hermes 900 – 1 unidade •Orbiter – 40 unidades •Searcher 2 – 10 unidades. •Zerbe-1K este é uma versão Azeri do Israelense Orbiter-1K, ele é produzido na fábrica da Azad Systems em Baku desde 2017, operam em números desconhecidos. • IAI Harop, também em números desconhecidos. O TB2 o país manifestou interesse em Junho de 2020, após neste curto espaço de tempo não surgiu notícia da entregas do UAV Turco para o Azerbaijão,… Read more »

Rudi
Rudi
Reply to  romulo
1 mês atrás

Boa pergunta! eles são armados?

Brunow
Reply to  Rudi
1 mês atrás

As forças terrestres do Azerbaijão são bem aparelhadas considerando seu orçamento e tamanho, possuem bons equipamentos a ponto de fazer inveja em muito países, alguns equipamentos que eles tem em suas tropas: T-90S , T-72 Aslon ( modernização da Elbit), BTR-82, BMP-2, BMP-3, artilharia: 2S19 Msta-S, 2S7 Peony, Atmos, Smerch, Polonaise, Kasirga, Roktsan T122/300, TOS-1A, RM-70, BM-21 Grad, LAR-160 etc. Sistemas antiaéreos Barak-8, S-300PMU2 “Favorit” , S-200, S-125-2TM “Pechora-TM”, Buk-M1-2 , Buk-MB, Thor-M2E e SPYDER SR entre outros mais antigos dos tempos soviéticos. Mas não deixam se enganar com os vídeos (muitos deles modificados e repetidos) e os dados passado… Read more »

Matheus S
Matheus S
Reply to  Rudi
30 dias atrás

Sim. Eles estão usando munição MAM-L de origem turca e L-UMTAS ATGMs.

sub urbano
sub urbano
1 mês atrás

A vantagem do Azerbaijão é que faltou dinheiro é só pumpar mais petróleo do chão que resolve o problema. E parece q estão fazendo uso extensivo de dronezinhos suicidas de fabricação israelense.

Guacamole
Guacamole
1 mês atrás

Dá pra perceber que essa estratégia de soterrar os veículos a fim de protege-los de impacto direto não funciona mais.
Já não funcionava desde a operação Desert Storm. Agora com drones, morreu de vez mesmo.
Negócio é ficar sempre em movimento quando possível. Veículo parado é alvo fácil.

ted
ted
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

Para quem defende investir em carros de combate, está ai a verdade. verdadeiros cachão de defunto.

MFB
MFB
Reply to  ted
1 mês atrás

Realmente. Carros de combate sem cobertura aérea são caixões bem reforçados.

Bardini
Bardini
Reply to  ted
1 mês atrás

Se um CC é um caixão, qual a solução? Infantaria a pé, amplamente exposta a munição de fragmentação?
.
MBT não são invulneráveis. Podem ser destruídos. Não é pq são destruídos que estão ultrapassados.
.
Quantas dezenas de UAVs já foram destruídas nos últimos dias? UAVs estão ultrapassados por conta disso?

Pedro
Pedro
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Otima resposta. Se os UAVs fossem tao eficazes nesse sentido, pq o exercito do Azerbaijao pouco avançou? Ademais, os Armenios tem imagens gravadas de varios veiculos destruidos, enquanto o Azerbaijao somente fica com esse videos de drones que sabe-se la se sao reais, vide os fakes que foram mostrados e depois desmascarados na Siria e Libia.

Erermildo
Erermildo
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Vai ver preferem o arame farpado e metralhadoras…

Ted
Ted
Reply to  Erermildo
30 dias atrás

Tecnologia é a sua resposta. Carros de combate são abatidos como tiro ao alvo no pato.

Jhenison Fernandez
Jhenison Fernandez
Reply to  Bardini
30 dias atrás

SABER M60 e IGLAS.

Ted
Ted
Reply to  Bardini
30 dias atrás

Quantos tanques um uav destrói antes de ser abatido. E qual o custo de ambos no campo de batalha

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  ted
29 dias atrás

A maioria das potêbcias hoje, investe em blindados, leves, ageis e cheios de defesa ativa. Cada vez mais, não importa ter várias camadas de uma blindagem pesada, o negocio e ter meios de destruir o missil ou projetil antes dele te atingir, isso se você não o viu e atingiu primeiro.
Blindagem hoje, apenas o suficiente para aguentar estilhaços de granadas, e projeteis de 30mm. Armas que podem ser usadas em embiacadas urbanas.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

eles deviam ter uma cobertura aérea mínima, aqui pelo menos tempos os Guepard.

Doug385
Reply to  Guacamole
30 dias atrás

Não só veículos. Quando vejo o EB treinando com metralhadoras em posição fixa ou entrincheiradas, penso o que você acabou de escrever.

Matheus S
Matheus S
Reply to  Guacamole
30 dias atrás

Não adianta muito um CC estar sempre em movimento quando não se obtém uma superioridade aérea do teatro ou uma defesa antiaérea credível, inclusive há vídeos de T-72 armênios sendo abatidos por drones estando em movimento.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

Isso mostra a importância de duas coisas: de drones armados e defesa móvel anti aérea de médio alcance, duas coisas que o Brasil não tem!!

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

O EB ainda vai gastar bilhões de reais reformando tanques velhos que seriam como grandes e lentos caixões contra drones, isso é uma vergonha kkkk

Last edited 1 mês atrás by SmokingSnake 🐍
Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

Saiu um artigo do defesa net sobre o assunto , precisamos substituir nossos tanques para ontem. Existe sério risco de ficarmos com uma viatura defasada e sem repostos .

Bardini
Bardini
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

Não existe blindado nenhum que sobreviva a esse tipo de engajamento. Pode ser MBT, IFV, APC do mais moderno ou até Toyota Hilux…
.
O problema não são os blindados. O problema é não investir em AAAe e EW.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Bardini
1 mês atrás

MBT hoje não garante vantagem, se supor um cenário onde a Argentina compre muitos desses drones e invada o Uruguai e o sul, o Brasil iria mandar os leopard 1a5, astros, guarani, etc, sem defesa aérea em um lugar que é campo aberto, seriam alvos fáceis e muita gente iria morrer, derrota na certa.

Bardini
Bardini
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

“ se supor um cenário onde a Argentina compre muitos desses drones” . O que te faz pensar que não existiria um efeito resposta, do lado de cá? . “invada o Uruguai e o sul, o Brasil” . Meio complicado… . “o Brasil iria mandar os leopard 1a5, astros, guarani, etc, sem defesa aérea em um lugar que é campo aberto” . Assim, tu tens que entender que eles também estariam em campo aberto e com a total desvantagem de estar atacando sem ter superioridade aérea. . “seriam alvos fáceis e muita gente iria morrer, derrota na certa.” . Derrota certa?… Read more »

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

Temos o Gepard para acompanhar os Leos, Igla e o RBS, nossa AA de curto alcance não é ruim, ficamos carentes na de médio e longo alcance.
“Derrota na certa” Primeiro que numa guerra todos os recursos ou maioria deles são direcionados para a indústria bélica, segundo que teriamos superioridade aérea em questão de 2 dias de combates, Gripen + F-5 + E-99. Fala sério cara…

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

Gepard? Sem comentários…

E os caças podem ficar voando o tempo todo sobre as tropas em solo? Se fosse simples assim a Armênia que tem SU-30 não teria sofrido todas essas baixas.

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  SmokingSnake 🐍
29 dias atrás

O guepard e antigo más ainda e válido para o que foi projetado, defesa de curto alcance contra helicopteros e caças. Hoje, adicione misseis de cruzeiro e drones pois ambos voam como caças.
Obs. Dentro de seu raio de alcance de 5km, que e o alcance da maioria dos misseis de curto alcance e ainda tem radar próprio de busca e direção.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  SmokingSnake 🐍
29 dias atrás

“gepard? Sem comentários”
não entendi amigo, é uma defesa AA de curto alcance e pode acompanhar os Leos, e serve para abater drones e Helicoptéros, bem como aviões voando em baixa altitude. Não comprendi sua ironia no comentário.

Doug385
Reply to  Heinz Guderian
30 dias atrás

O problema não é só o que vem do alto, mas o que vem do chão mesmo. A arma anti-carro é o verdadeiro terror de qualquer força blindada.

sagaz
sagaz
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

hoje teríamos super tucanos, f5 e mais para frente os gripens. Não consigo observar como sendo mais seguro/eficaz a logística ser feita em meios convencionais se comparado a blindados, mas é óbvio que superioridade aérea é essencial para reduzir as perdas.

Ted
Ted
Reply to  SmokingSnake 🐍
30 dias atrás

Tem que mudar a mentalidade ou talvez o comando. Que vive a 100 anos no passado.

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

A Armênia parece ser mais forte que o Brasil rsrsrsrsrs

Marcos
Marcos
1 mês atrás

Defesa anti-aérea no Brasil?? pff… O negócio aqui é discutir compra de lagosta e vinho importado e aumento das pensões para os militares

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Marcos
1 mês atrás

Ah não…

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Marcos
1 mês atrás

Como sempre esse argumento obsoleto, roda a fita!
Dê ideias para solucionar nossos problemas, acusar é muito fácil, vote em candidatos que realmente querem mudar nosso país para melhor.

Canarinho
Canarinho
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

Acontece que não ha nada que possa ser feito nesse sentido, nem por mim nem por voce nem por ninguem. Não adianta mudar candidato A ou B quando todo o sistema converge para a coisa acontecer como esta acontecendo. Volto a dizer, a solução do Brasil é parar tudo e fazer uma nova constituição, ai sim teriamos embasamento para mudar muita coisa. Com limites claros para gastos com pessoal, previsto na constituição em todos os setores publicos, numa clausula petrea, se possivel, tambem prevendo a nao existencia de beneficios. Senão, vai so chover no molhado, porque se depender da empatia… Read more »

Ted
Ted
Reply to  Canarinho
30 dias atrás

A pouco tempo passaram por cima da tal constituicão. Quem fala alto são os coronéis no poder. Pais das bananas

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  Canarinho
29 dias atrás

O pessoal quer mudar tudo na base da constituição. A nossa já e gigantesca, tem norma para tudo, quando o certo era ser por lei ordinária como no resto do mundo.
Exemplo, a constituição americana tem 7 artigos e 27 emendas, á Brasileira tem 250 artigos e 80 emendas.

Leo Barreiro
Leo Barreiro
1 mês atrás

Pessoal só uma dúvida, se eles tivessem os guepardos como nós isso mudaria alguma coisa?

Pedro
Pedro
Reply to  Leo Barreiro
1 mês atrás

Depende. Um Guepard sozinho pouco iria fazer. Nos ataques a base Russa na Siria, os ataques muitas vezes vinham de enxames de UAVs e eram repelidos pois haviam varios sistemas de defesa aerea. Mas o que percebeu-se ser mais eficaz é a guerra EW pois na Siria, passada a surpresa inicial do ataque Turco, esses drones caiam do ceu sem motivo algum e depois descobriu-se que era EW pesada que cortava o link entre o aparelho e o comando.

Santiago
Santiago
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Saiu notícia que o Brasil adquiriu 2 sistemas Xpeller, bloqueador de sinal de drones(anti-drone) da HENSOLDT no valor de mais de 1 mi de Euros. Não sei se é pra uso civil ou militar, mas pela categoria do equipamento deve ser para uso militar.

Sobre o Equipamento:
https://www.defensa.com/industria/vigilancia-antidrone-fronteras-terrestres-costeras

bjj
bjj
Reply to  Leo Barreiro
1 mês atrás

Creio que não. A cobertura do Gepard é muito baixa, na ordem dos 3 mil metros, e esses drones podem “passar por cima” e disparar facilmente. A solução seria um Pantsir ou Tor.

Ted
Ted
Reply to  bjj
30 dias atrás

Motivo este que a Alemanha desativou todos eles

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  bjj
29 dias atrás

Depende, se o atacante tiver que chegar dentro do alcance do guepard para atacar.
Alcande de 5km e altura de 3km. Básicamente o mesmo que o do missil IGLA.

Cassius
Cassius
Reply to  bjj
27 dias atrás

O Pantsir-S1 foi cogitado para a Copa de 2014 (apenas foi), porém Israel já abateu o Pantsir na Síria (tem o vídeo do impacto),na Operação House of Cards. Houve um interesse, pelo Brasil,no Gepard em 1999, quando a Alemanha iniciava os planos para desativar este sistema. A nível da América Latina nos falta um sistema no estado da arte para baixa/média altitude, o que temos não é suficiente.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 mês atrás

Drones que, comparados ao oreço de um MBT ou um S-300 da vida, custam o troco de pinga, e destruindo equipamentos milhões de dólares mais caro.
Pra esse tipo de ameaça, qual a melhor defesa AAA? Artilharia de tubo, como Guepard, ou MANPAD’s mesmo?

Bardini
Bardini
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Drones que, comparados ao oreço de um MBT ou um S-300 da vida, custam o troco de pinga”
.
Não é bem assim não. O Bayraktar TB2 custa na faixa dos 5 milhões de dólares.

sagaz
sagaz
1 mês atrás

Está aí um conflito que, se os EUA não se meter, vai ser dor de cabeça só para a Europa e em especial Russia e turquia

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Incrível como osVANTS estão mudando a guerra!

Carlos Campos
Carlos Campos
1 mês atrás

o ultimo video parece coisa do Harop

rfeng
rfeng
1 mês atrás

Parece obvio que foi um enxame de loiterings que defesa anti aerea não resolve, observem que existe alguns sistemas moveis anti aereos atingidos, so se combate isso com jamming.

bjj
bjj
1 mês atrás

Os conflitos recentes estão mostrando que a defesa antiaérea móvel é tão ou mais importante que a de pontos fixos. Não adianta pensar em S-400 ou Samp/T para o EB enquanto as unidades blindadas, mecanizadas e infantaria estiverem dependendo de igla e gepard no campo de batalha. A solução ideal seria um sistema que se aplique aos dois, como um Pantsir (especialmente da nova versão SM) ou até mesmo um Tor M2, que poderiam tanto proteger instalações estratégicas importantes como também acompanhar unidades móveis.

Matheus S
Matheus S
Reply to  bjj
30 dias atrás

Não. O ideal é fazer com que os sistemas antiaéreos russos geralmente devem ser usados ​​como um grande pacote, com cada sistema individual complementando o sistema antiaéreo maior como um todo.  Quando você combina os pontos fortes do S-400/S-300, Buk, Tor, Pantsir e MANPADS, você pode ter uma rede de defesa aérea muito potente. No entanto, ninguém além dos próprios russos realmente possui todas as peças e sabe como usá-las juntas de forma eficaz. Na guerra do Donbass com a Ucrânia, os russos efetivamente negaram o espaço aéreo à força aérea ucraniana, razão pela qual o conflito foi travado quase exclusivamente entre… Read more »

bjj
bjj
Reply to  Matheus S
30 dias atrás

Obviamente que usar o sistema para formar efetivamente uma IADS com uma série de outros meios é o ideal, não há nem discussão. A questão é que dificilmente um país que tem o RBS 70 como arma antiaérea mais poderosa vai formar uma IADS com diversos meios sofisticados, sejam eles russos ou ocidentais. Podemos sim acabar adquirindo um sistema de médio alcance e teremos de nos dar por contentes, pois provavelmente será só isso. Dito isto, que seja então um sistema capaz de prover igualmente a defesa antiaérea das unidades móveis, coisa que com camm, spyder e afins muito dificilmente… Read more »

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  Matheus S
29 dias atrás

Exato, os russos imaginam a defesa anti-aerea terrestre como a de um navio, em camadas.

Cassius
Cassius
30 dias atrás

No ataque ao caminhão, no 8º segundo do video, um militar se deita antes dos outros, outro o segue e a explosão ocorre. Como ele pode ter notado o ataque antes da explosão?

Magnus
Magnus
Reply to  Cassius
29 dias atrás

Ouvido atento.

Osvaldo Marcilio
29 dias atrás

Eu acho que a era dos Blindados no campo de batalha esta chegando ao fim!!!