Home Conflitos em andamento Azerbaijão afirma ter destruído sistema S-300 armênio em Nagorno-Karabakh

Azerbaijão afirma ter destruído sistema S-300 armênio em Nagorno-Karabakh

3584
47
Baterias de S-300 da Armênia

Tanto Yerevan quanto Baku se acusaram mutuamente de ataques ao longo da linha de controle e publicaram vídeos, mostrando a destruição de drones, aeronaves, tanques e veículos blindados do lado oposto.

Os militares do Azerbaijão anunciaram na quarta-feira que destruíram um sistema de mísseis S-300 armênio em Nagorno-Karabakh. Baku também afirmou que pelo menos 2.700 soldados armênios foram mortos e feridos nos confrontos recentes.

“Ontem, durante os combates no território de Shushakend, no distrito de Khojavend [linha de contato em Karabakh], um sistema de mísseis antiaéreos S-300 inimigo foi neutralizado”, disse o ministério.

O Ministério da Defesa do Azerbaijão disse anteriormente que havia “destruído completamente” um regimento armênio durante os confrontos, que Yerevan rejeitou como notícias falsas.

Os confrontos na região eclodiram no domingo, com Baku declarando mobilização parcial e lançando uma “contra-ofensiva”, alegando que as forças armênias haviam atacado os militares azerbaijanos. Yerevan, por sua vez, negou as alegações e acusou o lado azerbaijano de agressão, declarando também mobilização total e lei marcial.

Nagorno-Karabakh, ou Artsakh, uma autonomia de maioria armênia, proclamou a independência do então Azerbaijão soviético em 1991.

Isso resultou em um grande conflito militar que durou até 1994, quando os lados concordaram em iniciar negociações de paz mediadas pelo Grupo OSCE de Minsk. Karabakh continuou sendo um estado não reconhecido e os laços entre Baku e Yerevan permaneceram tensos devido ao conflito congelado.

No vídeo abaixo divulgado pelo MoD do Azerbaijão, suposto ataque de drone contra um veículo do sistema S-300 armênio

Subscribe
Notify of
guest
47 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
cwb
cwb
1 mês atrás

um drone que custa troco de pinga destroi um sistema caríssimo.Vc operar um sistema desse implica que vc tem que colocar uma defesa no entorno capaz de se contrapor com vários tipos de ameaça.
(me veio na cabeça a defesa antiaérea da venezuela,o sistema em si não basta,o leque de ameaças contra ele é o x da questão).
nenhum sistema de armas garante supremacia.

Alexandre ziviani
Alexandre ziviani
1 mês atrás

Se existissem pessoas com visão estratégica no Governo,poderia fazer uma venda para a Armênia de C4Istar da Avibras,Drone FT100,bem como Alac,e o bloqueador de Drone SCE0100 da IACIT,gerando divisas e testando equipamentos em combate,a exemplo do que faz Israel.

rodrigo
rodrigo
Reply to  Alexandre ziviani
1 mês atrás

e levar um calote, como levou do Iraque…kkk

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  rodrigo
1 mês atrás

Se pensar assim, não vende para ninguem.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Alexandre ziviani
1 mês atrás

E se indispor com o direito internacional , e ver embaixadas deixando o Brasil . JÊNIO

Alexandre ziviani
Alexandre ziviani
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Com base em quê? a Armênia é uma democracia.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Alexandre ziviani
1 mês atrás

Faz o seguinte , compra um livro de história da relações internacionais na Amazon e leia…

ROGERIO BARCELOS MIDÃO
ROGERIO BARCELOS MIDÃO
1 mês atrás

Certamente este veiculo do S-300 estava desativado!!! Como um Drone que não e invisível aos radares não ser detectado e lançar um ataque contra o mesmo!!!

Hélio
Hélio
Reply to  ROGERIO BARCELOS MIDÃO
1 mês atrás

O S300 não é feito para acertar drones, quem tem essa função é o Pantsir.

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  Hélio
1 mês atrás

Ou o TOR qur foi projetado para isso. Aliás seja qual for ele deveria estar protegendo o S-300. Mais uma vez, o cobertor curto dando prejuizo.

Augusto Mota
Augusto Mota
1 mês atrás

Na boa, esse vídeo parece jogo , não parece real.

Ramon
Ramon
Reply to  Augusto Mota
1 mês atrás

Mas as guerras hoje em dia esta praticamente a mesma que um jogo qualquer um com meia dúzia de drones decente e um sistema de controle que parece um vídeo game esta fazendo a festa atacando as posições inimigas principalmente quando elas não tem uma cobertura de defesa antiaérea, e seja bem vindo ao século XXI equipamentos simples podem aniquilar a força de defesa do inimigo, e por aqui estamos na guerra fria até hj enquanto as forças armadas e o governo estão com esse papo de ameaça comunista, países bem mais pobres que a gente tem equipamentos que aniquilaria… Read more »

Agressor's
Agressor's
1 mês atrás

Mas afinal, qual é a complicação deste nosso país pra desenvolver e produzir um drone similar a esse ai empregado pelo Azerbaijão?

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Dinheiro

Agressor's
Agressor's
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Você esta querendo me dizer então que nações como o Iran, assolado por todo tipo de embargos e sanções, tem mais recursos e condições que o nosso?

sagaz
sagaz
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Prioridades. Temos efetivo, não operacionalidade.

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Temos o Atoba em final de desenvolvimento, já até realizou seu primeiro voo.
empresa Estella.

Agressor's
Agressor's
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

Mas ele é um UCAV como o drone mostrado da matéria? Eu estou falando aqui de desenvolver UCAV’s, eu falo de fazer um drone que pode levar bombas e mísseis que pode realizar missão de ataque! Esse drone pode realizar essas coisas?

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

O triste e que provavelmente, e mais facil comprar um similar Israelense do que um nacional. Só por causa de politica.

Wagner
Wagner
1 mês atrás

Qual a nacionalidade desses drones armados que estão sendo usados?
E tem um pais que ainda usa drone comprado no Ali Express….

Hélio
Hélio
Reply to  Wagner
1 mês atrás

São turcos, os mesmos que abateram os tanques infláveis sírios.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Wagner
1 mês atrás

Provavelmente israelenses

Brunow
1 mês atrás

Houve alguma destruição no vídeo ?
Um drone Kamikaze faz a filmagem até o ultimo momento antes do impacto.
Este simplesmente para a filmagem a dezenas ou centenas de metros antes do suposto alvo…

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  Brunow
1 mês atrás

Boa observação.

O Chato
O Chato
1 mês atrás

Bem, considerando a propaganda em tempos de guerra, não dá para confiar em nenhuma informação “oficial” das partes envolvidas. Particularmente, considerando informações que vejo aqui e ali, parece que os armênios estão se saindo relativamente melhor que os azeris, e parece que a Rússia já se movimentou a favor da Armênia quanto ao risco de ação direta turca. No entanto, quanto à verdade da situação, who knows?

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  O Chato
1 mês atrás

Onde você leu isso?

O Chato
O Chato
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Impossível apontar uma referência exata. Há informações de tags de twitter, informações de página de facebook, informações de mídia “especializada” e informações de mídia “mainstream”. Por exemplo, o que tenho checado mais frequentemente é uma página do facebook não relacionada à temática militar que vez ou outra acompanho, mas onde um dos moderadores tem feito um apanhado de informações.

Mesmo assim, não posso recomendar nada, pois é quase impossível avaliar a veracidade das informações propagadas.

Last edited 1 mês atrás by O Chato
Bardini
Bardini
1 mês atrás

Bayraktar TB2 dos turcos nadando de braçada…
.
Alôoooo EB e FAB: qual o programa estratégico nessa linha?????
.
R: NENHUM

Alexandre ziviani
Alexandre ziviani
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Velha estratégia da terra brasilis:
O Plano é não ter plano.

Last edited 1 mês atrás by Alexandre ziviani
sagaz
sagaz
Reply to  Alexandre ziviani
1 mês atrás

Fale com base na sua realidade, no meu dia a dia não é assim. Sem vir.ala.tice por favor…

Brunow
Reply to  Bardini
1 mês atrás

O vídeo não é de um drone TB2, também não poderia ser, o layout da filmagem e totalmente diferente um de outro. Outro detalhe o TB2 é um drone de tamanho considerável, jamais iria chegar e pairar sobre um suposto S-300 para fazer o vídeo.
É um drone Kamikaze ( como informado em outras fontes), IAI Harop ou a versão Azeri do Orbit K.

Last edited 1 mês atrás by Brunow
Brunow
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Só complementando o outro comentário.
Saiu na mídia local alguns minutos atrás:

“O conselheiro do presidente do Azerbaijão Hikmet Hajiyev em entrevista ao jornalista israelense Barak Ravid falou sobre o uso ativo de drones de fabricação israelense no front em Karabakh para realizar reconhecimento e ataque.
Entre outras coisas, as Forças Armadas do Azerbaijão também usam o drone IAI Harop kamikaze por causa de sua alta eficiência, disse o oficial.”

Agressor's
Agressor's
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Vejam como é importante investir em tecnologia e na indústria militar.

Santiago
Santiago
Reply to  Bardini
1 mês atrás

E falar que a Turquia fez um teste desse drone em 2015 lançando seu 1º míssil à 5000m de altitude e à 8Km do alvo acertando no primeiro disparo. Agora está abatendo blindados que nem moscas.

Na guerra moderna de hoje, depois de conquistar a supremacia aérea, quem tem um drone dessa categoria armado com mísseis é capaz de levar terror ao inimigo. Não precisa nem de caças por ora.

https://www.airway.com.br/turquia-testa-com-sucesso-seu-primeiro-drone-armado/

Bardini
Bardini
Reply to  Santiago
1 mês atrás

Caças são fundamentais e extremamente multifação, dentro de um TO. São vitais em todo tipo de operação.
.
UAVs também passaram a ser fundamentais, tanto para coleta de dados, quanto para executar ações de ataque/defesa.
.
Agora, o grande monstro é a EW. Dominar a capacidade de combater nesses espectro vai determinar muita coisa, no campo de batalha do futuro.
.
Leitura extremamente interessante, daqueles matemáticos loucos da Rússia.
.
https://icds.ee/wp-content/uploads/2018/ICDS_Report_Russias_Electronic_Warfare_to_2025.pdf

Heinz Guderian
Heinz Guderian
1 mês atrás

Faltou o Pantsir ai para defender esses S-300, ou até mesmo canhões eorlikon dariam conta desses drones.
Inclusive a Rússia aprimorou o pantsir para uma nova versão
https://www.armyrecognition.com/analysis_focus_army_defence_military_industry_army/russian_ground_forces_to_receive_tracked_pantsir_air_defense_systems.html
Sistema bem interessante, seria bom se o Brasil adquirisse em conjunto com o S-400, eu sei que são delírios, mas é minha opinião, poderiam optar também por fazer uma AA em conjunto com a Rafael.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

Se for esses drones kamikaze israelense o buraco deve ser mais embaixo, devem ter alguma medida eletrônica porque tem um vídeo que divulgaram do drone mergulhando em direção a defesa anti aérea da Síria e ela até dispara mas o míssil fica perdido e não acerta o drone. Esses drones de Israel que o Brasil precisa contra a Venezuela.

Esses sistemas russos são grandes demais, acabam virando um alvo fácil de localizar.

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

Na verdade amigo, todosbos sistemas de longo alcance são grandes. Dá uma olhada nos patriot e no THAAD americano, que são ate maiores ja que se complementam em quanto os S-300 e S-400 fazem as duas missões ao mesmo tempo.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
1 mês atrás

O pantsir é de curto alcance e usa um caminhão desnecessariamente grande, mas tem gente que deve ver aquela caminhão grande e achar que é vantagem, para mim é desvantagem
comment image?w=624

Ted
Ted
Reply to  SmokingSnake 🐍
30 dias atrás

Autonomia. A Rússia e muito extensa

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  SmokingSnake 🐍
29 dias atrás

Se o caminhão não for grande como ele vai levar as munições para seus canhões? e o Radar? Sua Suíte de comando? Seus mísseis?
Nem é tão grande assim, é ideal.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Alvos… sempre alvos…

Os Aviões sempre estão em risco contra os sistemas de defesa de solo, mas o risco dos sistemas de solo serem atacados são multiplicados a enesima potencia…

Invariavelmente os aviões (hoje drones batatinhos) sempre levam vantagem, é histórico, é fato. Podem até sofre por curtos periodos de tempo, mas sempre estão em vantagem (pergunte para o Saddan… ops não dá… esse já foi desta para uma melhor).

Deve ser por isso que o Ocidente se especializa em neutralizar esse tipo de arma a mais de 50 anos.

cwb
cwb
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Eu não sou especialista em antiaérea, mas quanto maior a altitude a defender, a visibilidade do equipamento lançador é mais exposta, visto que são veículos grandes.
E pelo que tudo indica,mais fácil de atacar.
O perigo está nos de baixa altitude,que ficam mais ocultos.
abraço

Pedro
Pedro
1 mês atrás

Ja assisti 10 vezes o video e no mesmo nao aparece nada. Alias, parece ate que esta sobreponto uma imagem sobre outra que esteja em um monitor. O tipo de faixas horizontais que aparecem no video, indica que um monitor estava gravando o outro.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
1 mês atrás

Espero que os armênios saiam vitoriosos dessa guerra contra a prostituta e seu cafetão turco…

willhorv
willhorv
1 mês atrás

Desculpas aos povos destes países…..mas ohhh regiãozinha difícil!!
A grande maioria deve estar farta de tanta confusão!!
É histórico isso…lamentável.

Francisco
Francisco
29 dias atrás

O problema é quem opera o equipamento. Nada vale um equipamentos sofisticado na mão de analfabetos.