Home Drones Canadá suspende licenças de exportação de sistemas para drones da Turquia

Canadá suspende licenças de exportação de sistemas para drones da Turquia

2569
44
O drone turco Bayraktar TB2 empregado pelo Azerbaijão usa sistema de imagem e mira de procedência canadense

OTTAWA — O Exmo. François-Philippe Champagne, Ministro dos Negócios Estrangeiros, emitiu no dia 5 de outubro a seguinte declaração:

“Nos últimos dias, certas alegações foram feitas a respeito da tecnologia canadense sendo usada no conflito militar em Nagorno-Karabakh.

“Ao saber dessas alegações, imediatamente instruí o Global Affairs Canada a investigar essas alegações.

“Em linha com o robusto regime de controle de exportação do Canadá e devido às hostilidades em curso, suspendi as licenças de exportação relevantes para a Turquia, a fim de dar tempo para avaliar melhor a situação.

“O Canadá continua preocupado com o conflito em curso em Nagorno-Karabakh, resultando em bombardeios de comunidades e vítimas civis.

“Apelamos para que sejam tomadas medidas imediatamente para estabilizar a situação no terreno e reiteramos que não há alternativa a uma solução pacífica e negociada para este conflito.”

FONTE: Global Affairs Canada

NOTA DO EDITOR: Segundo informou a Reuters em 5 de outubro, o Projeto Plowshares, grupo canadense de controle de armas, diz que o vídeo de ataques aéreos divulgado por Baku indica que os drones foram equipados com sistemas de imagem e de mira feitos pela L3Harris Wescam, a unidade canadense da L3Harris Technologies Inc.
Os jornais Globe and Mail disseram que a L3Harris Wescam recebeu permissão este ano para enviar sete sistemas para o fabricante turco de drones Baykar.

Subscribe
Notify of
guest
44 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
23 dias atrás

Se o Brasil vende super tucano, kc-390, Astros 2020 e o comprador entra em guerra, o Brasil e punido?

Mensageiro
Mensageiro
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
23 dias atrás

Dependendo da guerra se continuar exportando armas será mal visto e talvez embargado. Mas uma vez o equipamento já estando lá antes do conflito, não há punição alguma.

Oséias
Oséias
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
23 dias atrás

Depende. Se o Brasil usar esses equipamentos para apoiar grupos terroristas e incentivar um país a atacar o outro, é bem provável que seja embargado também.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
23 dias atrás

Depende do tipo de ação, se você usar só em ação contra o outro exército não tem problema, mas a broca é usar contra a população civil e mesmo assim vai depender da pressão pública e internacional.

Salim
Salim
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
23 dias atrás

Israel vendeu armamento Azerbaijao, Armênia reclamou. Israel respondeu, porque vcs náo compraram também. Kkkkk

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  Salim
23 dias atrás

Era esse o ponto que queria chegar, no final e tudo uma questão de ponto de vista e interesses. O heroi da liberdade de ontem, e o terrorista de hoje e o mesmo, vale para os países.

tony
tony
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
21 dias atrás

Cara de boa vc vende armas, se foi vendida legalmente, que o cara vai fazer com elas não e problema meu, isso e ate uma piada ( eu vendo o astros 2020 pra um pais mais, informo que ele não vai poder usar numa guerra por que se houver vitimas civis eu vou ser embargado, qual e a guerra que não tem vitimas civis? )essa historia de politicamente correto ainda vai ser a ruína do ocidente.

GILBERT
GILBERT
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
18 dias atrás

Se como você disse entrou em guerra depois de ter comprado o Brasil não sofre sanções mas, até por pressão interna dificilmente o Brasil forneceria a alguns itens militar a alguma País em conflito. A imprensa cairia matando em cima do governo em troca de audiência e algumas ONGs também em busca de se promoverem perante a sociedade e buscando força política para as mesmas.
Externamente vai depender muito dos atores envolvidos no conflito direta e indiretamente a exemplo da guerra Irã e Iraque.

Bille
Bille
23 dias atrás

Buenas.

Isso demonstra a importância de se ter tecnologia própria e bons parceiros.

E que temos que produzir alguma coisa por conta própria, ainda que não seja o estado da arte. Um domínio mínimo, um downgrade, que permita continuar combatendo.

gari
gari
Reply to  Bille
23 dias atrás

Defendo muito isso, o que não precisa tecnologia ser de ponta é interessante que seja 100% nacional. Ou pelo menos possa ser produzido sem maiores dificuldades, pra não perder na escala.

Wellington Góes
Wellington Góes
Reply to  Bille
21 dias atrás

Agora que entendeste isso?! Desculpa amigo, em outras participações tuas, não foi isso que deixou a entender que defendas… Mas concordo, precisamos desenvolver e produzir muitos equipamentos, mesmo que não seja o estado da arte, mas isto evita problemas parecidos… Ah… Nem essa estória de termos parceiros confiáveis ajuda… Não existe parceria que se sustente, quando os interesses são diferentes…

Wagner
Wagner
23 dias atrás

Parace que o A-Darter fabricado no Brasil rodou por isso. Tem algum pais dando deny nos componentes para ser fabricado aqui.
Nada como uma maneira de impedir o desenvolvimento local em prol da paz mundial e bla bla bla Whiskas Sachê… Canadá é igual ao Uruguai… é aquele vizinho que vc não lembra que ele existe até começar a querer aparecer…

Kommander
Kommander
Reply to  Wagner
23 dias atrás

Mas o Canadá não precisa aparecer, já é desenvolvido o suficiente pra ficar arrumando briguinhas na comunidade mundial.
Perdão, mas esse teu comentário não tem nexo nenhum.

Chevalier
Chevalier
Reply to  Wagner
23 dias atrás

Seu argumento é contraditório demais.O Canadá não estava impedindo o desenvolvimento da indústria turca enquanto estavam em paz. Acontece q ninguem mandou o ditador Erdogangster sair causando guerra com TODA a vizinhança. Aí temq ue embargar mesmo. A Turquia se tornou um Estado terrorista, jihadista, traidor da OTAN, alinhado ao Irã, China, Venezuela, etc, todo o Eixo Podre, ou seja, uma ameaça à paz mundial sim. Eles que pediram.

Matheus
Matheus
Reply to  Chevalier
23 dias atrás

Meu deus amigo, tome um remédio e leia um pouco.
Turquia aliada com Irã…

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  Matheus
23 dias atrás

Morri de rir quando li. E muita vontade e falar mal.

Augusto
Augusto
Reply to  Wagner
23 dias atrás

Bom dia, Wagner. De onde vem essa informação?

A C
A C
Reply to  Wagner
23 dias atrás

Com todo o respeito a percepcao do caro colega a sobre o Canada, discordo. Somos discretos nos negocios e por vezes o inevitavel acontece.
Abracos cordiais.

Salim
Salim
Reply to  Wagner
23 dias atrás

Quem deu negação venda, VC pode passar fonte.

WELLINGTON RODRIGO SOARES
23 dias atrás

Por isso a importância de conseguir fazer um equipamento 100% nacional e não depender de outras nações.
Isso ficou muito evidente na guerra das Malvinas, com os argentinos ficando sem fornecimento de exocet.
Em minha opinião equipamentos sensíveis deveriam vir de dois países pelo menos, mas é complicado a questão diplomática.
Você poderia ter exocet e um míssil antinavio russo, caso um lado esteja contra você, sempre haverá o outro para fornecer.
Para logística é péssimo e muito custoso, porém você não fica na mão de algumas nações.

RENAN
RENAN
Reply to  WELLINGTON RODRIGO SOARES
23 dias atrás

Vai ser difícil olhando para este gráfico

images (1).jpeg
Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  RENAN
22 dias atrás

Indústria é coisa do século 18, o negócio agora é serviços. Bote na conta ainda as trapalhadas de Paulo Jegues, nego está tendo que pagar 2 vezes mais por maquinário e insumos importados.

Last edited 22 dias atrás by Defensor da liberdade
RENAN
RENAN
Reply to  Defensor da liberdade
21 dias atrás

Meu professor de economia falou achar impossível o dólar se manter acima de 5 reais falou na aula que era momentâneo. Levantei a mão e falei Professor ou o senhor está fazendo piada ou desconhece completamente a matéria que leciona O mesmo não gostou. Então lhe disse, professor antes de fazer uma afirmação desta veja a capacidade que o presidente Jair tem de falar abobrinha, de arrumar uma crise com alguém, algum poder ou alguns grupos de pessoas. Aí verá que é extremamente possível se manter próximo a 6 Ele descordou então procurei na internet Câmbio bateu recorde nominal É… Read more »

Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Reply to  RENAN
19 dias atrás

Se o cambio depender da sua capacidade de falar besteira, estaremos todos lascados. Eu quero saber o que diabos o Presidente tem com esse seu comentário inútil.
Sobre sua afirmação “arrumar uma crise com alguém, algum poder ou alguns grupos de pessoas” , as tais pessoa são os lacradores que não conseguem se acostumar com um governo decente, porque são porcos, e como porcos , gostam de viver na imundície.

Luciano
Luciano
Reply to  RENAN
22 dias atrás

Então, com esforço no corte de gastos em pesquisa, com a desindustrialização e com o péssimo cenário para a atração de investimentos, chegaremos felizes ao 0% e seremos totalmente dependentes da exportação de produtos de baixo valor agregado! E vamos comemorar e botar propaganda na tv com orgulho!

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Luciano
21 dias atrás

Ué a Austrália também é muito dependente da exportação de produtos primários, onde tem mais pobres por metro quadrado, aqui ou na Austrália?

Larri Gonçalves
Larri Gonçalves
23 dias atrás

Para aqueles que acham que dá para comprar tecnologias sensíveis de estrangeiros ou compartilhar com outros países tecnologia de ponta tá aí a resposta…

Sergio Peixoto
23 dias atrás

Isto ai é “mole” pra Turquia……

XFF
XFF
23 dias atrás

Não estou dizendo se a Turquia está correta ou errada nessa história, mas é bom não ser dependente de certas tecnologias, se não,o país pode ficar de mãos atadas se depender de certos países.
A China já aprendeu a lição e está investindo pesado para não depender de tecnologias de certos países.

OSEIAS
OSEIAS
23 dias atrás

O ser humano é muito complexo e mentiroso por natureza. Os caras exportam equipamentos militares a um cliente sabendo quem são seus aliados e suas intenções, ai quando as armas são usadas vem aquele apelo moral e sentimental. Mas o que é isso? O que achou que iria acontecer com elas, não sabia para quem estavam vendendo? Falso moralismo. Quer vender? Então venda! Só não me venha com choradeira moral depois. Sabe o que vai acontecer? Os Turcos irão desenvolver essas lentes ou sistema ou vão comprar aqui da Akaer, que por sinal tem um dos melhores equipamentos para tal… Read more »

Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Reply to  OSEIAS
19 dias atrás

Esse é o Canadá, pais hipócrita

fewoz
fewoz

Oseias e Francisco, esse tipo de coisa é normal. Mas no final do dia, o dinheiro sempre fala mais alto…

OSEIAS
OSEIAS
23 dias atrás

Esse conflito vem dando e ensinado lições importantes. Um deles é como uso de drones transformou o conflito em todos os aspectos, inclusive no campo midiático. Até então esses equipamentos aparentemente foram negligenciados pelas nossas forças. Mas chama a atenção a eficácia de tal equipamento em conflitos entre nações sem um poderosa cobertura aérea. Assim sendo empresas que possuem em andamento projetos dessas aeronaves, poderão receber incentivo e colaboração das forças militares, pois os mesmos estão provando seu valor. Avibras com o Falcão e a Stella com o Atoba estão de olho nessa possível oportunidade.

Fernando
Fernando
23 dias atrás

Trudeaue é um dos poucos políticos ocidentais que não é cínico com relação a defesa dos direitos humanos. Quando os sauditas mataram e esquartejaram o jornalista do Whasington Post na embaixa saudita em Istambul, os EUA não pararam um minuto de vender armas a Riad, nem Berlim e muito menos Londres. Canadá não, cortou exportações e ameaçou os sauditas severamente.

João Igor Viana Câmara
João Igor Viana Câmara
23 dias atrás

Qual tecnologia canadenses os drones turcos usam? alguém sabe?

Talisson
Talisson
Reply to  João Igor Viana Câmara
22 dias atrás

Imagens e miras

Antunes 1980
Antunes 1980
23 dias atrás

O Canadá querendo dar de bonzinho.
Todos os países exportadores de tecnologia e equipamentos sabem que a Turquia apoia várias ações pra lá de duvidosas.
Vamos ver se os Estados Unidos aprovam algum tipo de embargo econômico a Turquia e Rússia, que estão financiando ambos os lados.

Airton
Airton
23 dias atrás

Falando em drone, os da Turquia parecem estar passeando por lá.
Esse teste que o exército fez de transportar os Astros até a Amazônia teria alguma efetividade da prática ou foi só para testar se seria viável? Fico imaginando em uma situação de conflito esses Astros sendo transportados a 20km/h nos rios da Amazônia e sem proteção ainda. Acho que seriam alvos fáceis pra drones.

paulof
paulof
22 dias atrás

Quem olha para mapa, vê a Turquia em vários conflitos, é incrível que apena o Canadá tome essa atitude.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
22 dias atrás

Se eu fosse vender manga cheia de agrotóchico e pior que a de Israel (risos), só para quem eu gosto e é gente direita, vou passar fome…

Last edited 22 dias atrás by Defensor da liberdade
Edison Castro Durval
Edison Castro Durval
21 dias atrás

Mas um exemplo de como é importante ser independente quando o assunto é armamento, se não é possível ser independente pelo menos ter mais de um fornecedor. E por isso que a Índia faz uma salada de frutas com seus armamentos.

Wellington Góes
Wellington Góes
21 dias atrás

Esse é só um dos muitos exemplos do que acontece com países que negligenciam seu próprio desenvolvimento de armamentos nacionais… Quero só ver as desculpas que os ditos “defensores da FAB pragmática”, que está mais para um Aeroclube, escreverão (se é que terão vergonha na cara de aparecer), quando a Merkel e Macron resolverem proibir a entrega dos mísseis Iris-T e Meteor… Ou de quando o Joe Biden estiver na presidência dos EUA e começar a boicotar as vendas FMS de equipamentos e suprimentos… Ah… Não tem nem mais a desculpa, de que é porque o governo federal é comandado… Read more »

Luiz Floriano Alves
Reply to  Wellington Góes
16 dias atrás

No setor aeroespaciaol é dificil fabricar algum artefato sem fornecedores do primeiro mundo. India e Suécia despontam como alternativas, porém com condicionantes.

tassios
tassios
3 dias atrás

Moralismo tosco dos canandenses. “Nós fazemos equipamentos de defesa mas não são feitos pra matar gentem”… O ocidente caminha mal das pernas.