Home Exército Brasileiro Pujol diz que Exército não tem recursos para garantir soberania do País

Pujol diz que Exército não tem recursos para garantir soberania do País

6251
331
General Edson Leal Pujol

Ele descartou existir ameaça real ao Brasil e disse: ‘Não queremos fazer parte da política governamental ou do Congresso Nacional e muito menos que a política entre em nossos quartéis’

Por Marcelo Godoy

O comandante do Exército, general Edson Leal Pujol, afirmou nesta quinta-feira, que o Exército brasileiro não tem recursos suficientes para garantir a soberania do País. E citou a defesa antiaérea como um dos pontos em que a capacidade do Exército tem de melhorar. Pujol descartou existir alguma ameaça real ao Brasil e afirmou que tem atuado para impedir que política partidária entre nos quartéis. Ele defendeu a criação de uma Guarda Nacional, que assumiria funções, como o combate aos crimes ambientais na Amazônia, que hoje são repassadas ao Exército, chamado por ele de “posto Ipiranga”.

As declarações foram feitas durante evento do Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa do qual participaram os ex-ministros da Defesa Raul Jungmann e do Gabinete de Segurança Institucional, general Sérgio Etchegoyen. “O general Etchegoyen me perguntou se haveria algum país em nosso continente que seria uma ameaça ao Brasil. Eu digo. Hoje não, mas não sabemos daqui 3 ou 4 anos. Por isso fazemos nosso planejamento estratégico.”

O evento aconteceu dois dias de o presidente Jair Bolsonaro dizer, ao abordar as relações entre o Brasil e a futura gestão de Joe Biden nos EUA, que quando “a saliva acaba tem de que ter pólvora”. Para Pujol como não existe ameaça imediata às nossas fronteiras, a sociedade e os políticos deixam a política nacional como uma prioridade mais baixa.

Ao ser indagado por Jungmann sobre o envolvimento das Forças Armadas com a política, Pujol afirmou: “O que eu tenho a dizer é que nesses dois anos o Ministério da Defesa e as três Forças se preocuparam exclusivamente e exaustivamente com assuntos militares.” E aproveitou para fazer um diagnóstico. “Precisamos aumentar muito a nossa capacidade operacional.” Para ele, as Forças Armadas – e o Exército – são proporcionalmente as menores do mundo em relação ao tamanho de nosso território e da população e em relação à importância geoestratégica e econômica do Brasil.

“Somos uma reserva de alimentos para as próximas décadas e de água e minerais estratégicos que serão necessários para a humanidade.” Ele comparou o total de caças como menor do que o de países pequenos da Europa. “Estamos muito aquém do que o Brasil precisa para que as Forças Armadas cumpram suas missões constitucionais”.

Pujol completou o raciocínio, defendendo o distanciamento do Exército da política partidária. “Nosso assunto é militar, preparo e emprego. As questões políticas? Não nos metemos em áreas que não nos dizem respeito. Não queremos fazer parte da política governamental ou do Congresso Nacional e muito menos queremos que a política entre em nossos quartéis.” Para o general, o fato de militares “serem chamados eventualmente para assumirem cargos no governo é decisão exclusiva da administração do Executivo”.

Esta foi a primeira vez que Pujol se manifestou publicamente sobre a contaminação dos quartéis pela política, principalmente, pelo bolsonarismo.

O general também foi indagado sobre a “cobiça estrangeira” em relação à Amazônia. “O Brasil sempre se colocou e nós militares sempre pensamos que a Amazônia e nossa. Não podemos abrir mão. O que preservamos dela nesses 500 anos é incomparavelmente superior ao que aconteceu em outros continentes.”. Pujol afirmou que as Forças Armadas têm multiplicado a presença de militares das três Forças na Amazônia. “Buscando aumentar nossa capacidade de defender a soberania de nossa Amazônia”.

Planejamento estratégico

Pujol defendeu o planejamento estratégico do Exército e citou como exemplo de desafios novos o emprego de drones contra forças blindadas no recente conflito entre o Azerbaijão e a Armênia. “O combate convencional não foi abandonado por nenhuma nação do mundo, mas existem novas demandas, como a guerra cibernética, a guerra do futuro”, disse Pujol.

Ele defendeu 17 projetos estratégicos do Exército, como o programa Guarani de blindados e o sistema Astro 2020, com os foguete e míssil tático brasileiro de alcance de 300 quilômetros com “uma dispersão de oito metros em relação ao alvo”. “Temos de dotar o Exército de uma capacidade de defesa antiaérea, que está muito aquém de fazer frente a ameaças. Precisamos de um programa para desenvolver a estrutura de nossa defesa antiaérea.”

Ele afirmou considerar que o País devia ter um Exército maior. “Mas a curto e médio prazo não temos como fugir do orçamento (teto).” Pelos números de Pujol, o Ministério da Defesa viu seu orçamento encolher de 2012 de R$ 19 bilhões para cerca de R$ 10,1 bilhões em 2019. “No ano que vem o orçamento será de 11,7 bilhões, mesmo com problemas da pandemia.”

O comandante afirmou que a solução para o a falta de recursos passa pelo aumento do número de militares temporários, além do aumento do tempo de permanência de uma parte deles na Força, passando de oito anos para dez anos. “Só podemos aumentar com recursos extraorçamentários, uma EmgeDefesa (referencia à Emgepron, a empresa de projetos navais) , ou por meio da criação de um fundo para a Defesa, como a Argentina aprovou.

Guarda Nacional

Por fim, o comandante afirmou considerar existir um exagero de operações de Garantia da Lei e Ordem. “O problema começa lá pela previsão da Constituição. Nosso principal negócio é a defesa da pátria, mas o nosso emprego tem sido fundamental para cumprir outras missões e a necessidade da nação brasileira.” Pujol afirmou, como exemplo, não ver soluções para problemas como os incêndios na Amazônia que não envolva as Forças Armadas.

“Temos preocupação de que a Operação Verde Brasil se transforme em outra Operação Pipa, em que o Exército está sendo empregada de ‘forma emergencial’ desde 1998.” De acordo com Pujol, ele expôs essa preocupação ao ministro da defesa, general Fernando Azevedo e Silva, quando foi decidido que o Exército deveria participar da Operação verde Brasil 2.

Segundo ele, a ideia do vice-presidente, Hamilton Mourão, é que o Brasil precisa de uma guarda florestal forte ou uma guarda nacional para cumprir essas missões. Mas enquanto não existir essa estrutura ou a Polícia Federal não tiver efetivo suficiente para cuidar de nossas fronteiras, “fatalmente seremos chamados”. “O ideal é que pudéssemos nos debruçar só com preparo e emprego da tropa.”

Atualmente, o Exército tem 28 mil homens na Operação Covid, 5 mil na Operação Verde Brasil 2, 3 mil na Operação Pipa. “E outros tantos na Operação Acolhida, em Roraima”, disse. “Mas não vejo solução no curto prazo em razão de nossa estrutura governamental e da extensão do Exército. Algumas coisas é só mesmo chamando o Posto Ipiranga”, afirmou Pujol. “Domingo vamos participar em mais de 600 municípios na garantia da votação e apuração das eleições.”

FONTE: Terra/Estadão conteúdo

Subscribe
Notify of
guest
331 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alexandre Ribas
Alexandre Ribas
16 dias atrás

Realista. Parabéns. Força aos Oficiais R/2!!

Agressor's
Agressor's
Reply to  Alexandre Ribas
15 dias atrás

“A máquina política triunfa porque é uma minoria unida atuando contra uma maioria dividida” Will Durant BOLSONARO APOIAVA HUGO CHÁVEZ https://www.youtube.com/watch?v=LM_ma83vs0Q Bolsonaro defendendo discurso de esquerda https://www.youtube.com/watch?v=vVt_LhHwweM Bolsonaro Diz: Voto em Ciro Gomes e votaria em lula https://www.youtube.com/watch?v=LDTHQoK9nws Bolsonaro confessa que votou no Lula em 2002 https://www.youtube.com/watch?v=uUfb25p_94E Bolsonaro já declarou apoio a Lula e Ciro. Quem Bolsonaro apoia hoje? https://www.youtube.com/watch?v=9jCLCilk69U Ciro Gomes confessa a Caetano https://www.youtube.com/watch?v=7F61Yj9AoA0 Partido Comunista da China quer Ciro Gomes presidente https://www.youtube.com/watch?v=MqtkYWM8tJg Oscar vai para… https://www.youtube.com/watch?v=9Ka7b4xYaRw O médico, jornalista e político francês Georges Benjamin Clemenceau foi um dos políticos mais polêmicos da França do final do século… Read more »

Teropode
Reply to  Agressor's
14 dias atrás

Que venha 2022 , o ano da faxina .

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  Teropode
6 dias atrás

Ha! Até parece…rsrsrsrsrsrsrs

Falcon
Falcon
Reply to  Teropode
5 dias atrás

Faxina com essas urnas magicas ???

Chevalier
Chevalier
Reply to  Agressor's
14 dias atrás

De novo esse papinho furado… Bolsonaro elogiou Chavez há 20 anos qndo ngm sabia direito quem ele era, o que faria, mal havia internet… Esse papinho é abusar da paciência das pessoas… Quanta gente aqui não votou no Lula em 2002, gente de direita? Vai tomar banho.

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  Chevalier
6 dias atrás

EU não votei. Sempre soube quem e quê era o Lula. E o Chávez também. Bolsonaro era muto mais afeito às fanfarronices deles por uma simples questão de afinidade.

Paulo Siqueira
Paulo Siqueira
Reply to  Agressor's
14 dias atrás

Porque nessa época o escândalo do mensalão,petrolão e as infiltrações criminosas nas demais instituições estavam em andamento e ainda não haviam sido descobertas!Ou vc esqueceu desse pequeno detalhe?rs rs rs

Jorge knoll
Reply to  Paulo Siqueira
13 dias atrás

e no governo atual por acaso não tem corrupção???

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  Paulo Siqueira
6 dias atrás

Nessa época Bolsonaro era uma das principais figuras do centrão, é claro que pelo menos ouviu falar sobre o quê estava acontecendo. Na melhor das hipóteses ficou calado.

Wagner
Wagner
Reply to  Agressor's
14 dias atrás

Veja só como faltam argumentos aos cegos: o colega posta um monte de fatos, uma opinião embasada e bem estruturada e o que acontece? Comentarios do tipo: “mas, e o pt?”, “e antes nao era assim?”… falácias atrás de falácias e pouco se vê um argumento minimamente lúcido se contrapondo. Ah, claro, estava me esquecedo dos “Lords of Deslikes”, que incapazes de argumentar, ou cientes da impossibilidade de se opor ante a fatos, apenas negativam o comentário por ser contrario ao seu pensamento raso. Esse é mundo em que vivemos. Agressor’s, abraço!

Agressor's
Agressor's
Reply to  Wagner
14 dias atrás

BOLSONARO VAI INVADIR OS EUA!!!
https://www.youtube.com/watch?v=RHMcHXfzYxw

abraços, Wagner!

MGNVS
MGNVS
Reply to  Wagner
13 dias atrás

Caro Wagner… perfeito! Assino embaixo.

ph4nt0m
ph4nt0m
Reply to  Wagner
13 dias atrás

Wagner, o comentário do colega, ao contrário do que você diz, não tem embasamento algum, pois se apoia em “fatos” de uma época que não existe mais. Para defender o PT vale tudo, segundo sua postagem. Cara, sai da bolha.

francisco
francisco
Reply to  ph4nt0m
13 dias atrás

O PT, nessas eleições para prefeito, acabou de vez. No Ceará, onde o governador é do PT, a candidata do partido não vai nem para o segundo turno.

nelson
nelson
Reply to  francisco
8 dias atrás

Mas em PERNAMBUCO VAI DAR DE LAVADA onde candidados bostonarista não passam de vermes.

nelson
nelson
Reply to  nelson
8 dias atrás

São 10.000.000 milhões de PERNAMBUCANOS.

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  nelson
6 dias atrás

Pior pra Pernambuco…

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  Antonio Renato Cançado
6 dias atrás

Se bem que MERECE.

Luis
Luis
Reply to  Wagner
12 dias atrás

sim, vamos positivar o q não concordamos e negativar o q gostamos, ótima ideia a sua, mas como sempre tem alguém com menos massa encefálica q vc sugira aos editores q tirem logo o botão q tanto lhe magoa, vá q alguém pense q dislike seja para marcar posição contrária a alguma coisa, sabe como é, gente com cabeça fraca, pouco esclarecida, não gente q merecia estar noutro mundo e não neste mundo q vivemos

Last edited 12 dias atrás by Luis
Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  Wagner
6 dias atrás

Mas e o PT? Simples, o PT é responsável direto por tudo de ruim que vem acontecendo ao país nessas últimas duas décadas. O PT só não foi pior que o regime militar porquê este, pelo menos, criou a infraestrutura que até hoje sustenta o país, ainda que à custa de muita corrupção, e também porquê foi da mente doentia do general Golbery do Couto e Silva que brotaram o Lula e o PT.

MARCOS ALEXANDRE QUEIROZ
MARCOS ALEXANDRE QUEIROZ
Reply to  Agressor's
13 dias atrás

PROBLEMA É QUEM DEFENDE A PÁTRIA E OS TRABALHADORES? NÃO É A DIREITA,COM CERTEZA

ph4nt0m
ph4nt0m
Reply to  MARCOS ALEXANDRE QUEIROZ
13 dias atrás

Defense sim, a esquerda defende muito, só pro idiota útil, claro. Quando a carne disparou, no governo lula, ele falou que pobre não precisava comer carne. É por pessoas como você que o país seguirá atrasado. Esquerda não conseguiu reformar nada no país em 13 anos. Poxa que luta pelo povo.

francisco
francisco
Reply to  MARCOS ALEXANDRE QUEIROZ
13 dias atrás

O PT defendeu a Pátria quando o índio doido botou a Petrobras para correr da Bolívia? o PT fez o que quando a Venezuela e Cuba deu calote no pais? aliás o governo do PT enviava 22 milhões de dólares mensalmente para Cuba por meio do tal ‘mais médicos’ .
É assim que se defende a Pátria?

MARCOS ALEXANDRE QUEIROZ
MARCOS ALEXANDRE QUEIROZ
Reply to  francisco
12 dias atrás

FALÁCIAS DE SEMPRE

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  MARCOS ALEXANDRE QUEIROZ
6 dias atrás

FATOS, meu chapa. Falácias foi o que o PT passou a vida toda vomitando, pra depois deixar bem claro que não passava disso mesmo…

MARCOS ALEXANDRE QUEIROZ
MARCOS ALEXANDRE QUEIROZ
Reply to  francisco
11 dias atrás

QUERIA VC QUE O BRASIL INVADISSE A BOLÍVIA?EVO MORALES NACIONALIZOU AS REFINARIAS ISSO FOI UM DIREITO DELE

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  MARCOS ALEXANDRE QUEIROZ
6 dias atrás

Sim, mas tinha que devolver os equipamentos da Petrobras. Roubou, e o PT concordou.
Lembrando que Evo Morales, depois de roubar um país paupérrimo por anos a fio, teve que fugir pra outro, na calada da noite, num jatinho carregado com o que trouxeram pro aeroporto três carros-fortes carregados.
Mas tem quem adore defender bandidos,a gente já sabe disso…

Teropode
Reply to  Alexandre Ribas
14 dias atrás

Então devem deixar o corporativismo de lado e cortar na própria carne , mas ….. , não creio que falar sobre isto traga alguma melhora , isto é jogar pra galera .

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  Teropode
14 dias atrás

Ninguem quer saber a verdade amigo! Não querem aceitar que o ideal para termos forças armadas convencionais adequadas para o Brasil, tinhamos que ter forças do tamando da Russia e China, que mesmo assim a proporção de gastos com pessoal da ativa e inativos em relação ao orçamento esta muito alto, que atualmente para defender o Brasil de uma agressão externa regional, 60000 homens no exército, 15000 na marinha e 9000 na FAB, bem armados, equipados e moveis e o suficiênte. Se o agressor for extraregional, só se for uma super-potência ou potências unidas e todas elas tem armas nucleares… Read more »

Teropode
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
12 dias atrás

Fera , sem ter 150 ogivas nucleares vc pode ter até 3 milhões de soldados , 2000 tanques , 300 F35 , não caio neste papo , só armas nucleares oferecem segurança .

Agnelo
Agnelo
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
12 dias atrás

Discorra mais sobre 60.000 homens… por favor…
Onde estariam… Quais brigadas?

RENAN
RENAN
Reply to  Agnelo
11 dias atrás

Angelo sei de todo seu conhecimento técnico sobre exército. Então lhe pergunto, tirando todas as atribuições secundária do exército, deixando apenas a sua finalidade principal GUERRA. Esquecendo todos esquipamentos que temos e adquirindo tudo novo tecnologicamente relevante, com o sisfron 100%, uso máximo de drones de vigilância, camikase, de ataque. Sistemas em camada de antiaérea, astros em grande quantidade, etc. Resumindo devidamente equipado. Todas as tarefas de limpeza, manutenção, administrativo, logística, cozinha, etc, tudo que for possível ser terceirizado a um CNPJ. Você acredita que seja necessário mais de 100000 soldados exército para um país no TO brasileiro? Esqueça os… Read more »

Salim
Salim
Reply to  Alexandre Ribas
11 dias atrás

Realista, gastamos anualmente usd 25 bi ano defesa, entre 10 maiores gastos mundo, 1,5%pib pra esta merreca em equipamentos e quantidade de meio que temos. Acho que deveriam reestruturar defesa para efetivo condizente com o necessário missão. MB e FAB tem em torno de 75 mil homens cada sem meios. Estão pedindo mais dinheiro pra gastar mal como gastam.

Michel
16 dias atrás

Mas se esse é o caso, porque há tantos militares (das três forças) ocupando tantos cargos no governo federal?
Eles não aproveitariam melhor tempo, recurso e energia se ocupando com assuntos estritamente de natureza militar em vez de focar a administração estatal?

Kommander
Kommander
Reply to  Michel
16 dias atrás

Antes do cara see militar, ele também é ser humano, qual ser humano não almeija coisas maiores? Esse é o problema de alguns militares, se acham salvadores da pátria, se acham melhores, mais qualificados que civis… Povo pediu tanto militares no governo, agora estão aí fazendo a mesma “bosta” que os contratados civis faziam.

Camargoer
Reply to  Kommander
15 dias atrás

Caro Komander. Um militar é um militar. Um político é um político. Um militar que deseja seguir a carreira política deve se afastar da caserna, se filiar a um partido e se candidatar como todo mundo faz. Se o militar quer empreender e abrir uma empresa, é o caso de deixar a caserna e abrir o CNPJ. Se o militar quiser se tornar um professor de universidade após concluir o doutorado, a mesma coisa.

M.@.K
M.@.K
Reply to  Camargoer
14 dias atrás

Boa!

Jean
Jean
Reply to  Michel
16 dias atrás

dinheiro cara, apenas dinheiro. O pior que as vezes sofrem humilhações dentro do governo.

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  Jean
14 dias atrás

Se sofre humilhação e continua nessa situação e porquê gosta ou precisa. Ali nemhum militar vai ficar na miséria se sair, logo……
Isso mostra do quê e feito o carater das pessoas.

Lucas
Lucas
Reply to  Michel
15 dias atrás

Me parece que eles tão pulando fora agora que o Bolsonaro tá derretendo.
Não pareciam preocupados antes.
O argumento dele não me convenceu 100%.

Camargoer
Reply to  Lucas
15 dias atrás

Olá Lucas. Nunca deveriam te se engajado em qualquer candidatura. O dano à imagem das forças armadas levará uma geração para ser reparado. Alguém aqui vai esquecer os twites do ex-comandante do EB ou das palavras de gratidão de bolsonaro?

Luciano
Luciano
Reply to  Camargoer
14 dias atrás
  1. Olá, Camargoer. Não esqueço da interferência do Villas Bôas em 2018. Essa declaração do Pujol me parece uma mistura de mea culpa, justificativa e álibi pra cair fora. A política — partidária — tá nos quartéis há tempos! Escolheram um lado, ok, mas decidiram participar da coisa, vide os milhares de oficiais em cargos! Serão lembrados pela história, te garanto (como testemunha e como profissional da área!).
Camargoer
Reply to  Luciano
14 dias atrás

Olá Luciano. Pois é. O Gen. Vilas Boas e o Gen. Heleno se apequenaram. Se alguém tentar esquecer farei um grande esforço para lembra-los.

ODST
ODST
Reply to  Lucas
15 dias atrás

Pra os haters do governo ele está derretendo desde que ele foi eleito, só que para a tristeza destes as pesquisas mostram ele como o único viável para 2022. 🙂

Gerson
Gerson
Reply to  ODST
15 dias atrás

m y e gg s

ODST
ODST
Reply to  Gerson
15 dias atrás

Que eggs? Você nem tem nada aí. 😀

João Augusto
João Augusto
Reply to  ODST
13 dias atrás

Apalpou o Gerson, foi?

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Lucas
15 dias atrás

Bolsnaro tá longe tá derretando, já teve pior, se a Eleição dosse hoje tudo aponta para vitória fácil, muito por causa do auxilio emergencial.

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  Carlos Campos
14 dias atrás

E esse o problema do Brasil e do Brasileiro. Achar que o governo da ocasião e salvador e por isso você deve a ele e ter memoria curta ou celetista. O Lula não criou o Bolsa Familia por ser bonzinho para o povo assim como o Bolsonaro não criou a renda emergêncial. So fizeram para aumentar ou manter o poder de compra da população e fazer a econômia girar e pagar impostos. Memoria curta, pois no começo o governo não queria pagar auxilio, depois queria só 200, no fim o congresso aprovou 600 contra a vontade do governo, que agora… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
13 dias atrás

queria 200, o congresso queria 500, o Bolsonaro para o desespero do paulo guedes bateu o martelo em 600.

Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Reply to  Lucas
14 dias atrás

Bolsonaro derretendo? Onde? Vamos fazer o teste dessa sua afirmação. Traz Bolsonaro aqui no Nordeste, tradicional reduto esquerdopata e bote ele no meio da rua.

Camargoer
Reply to  Michel
15 dias atrás

Olá Michel. É óbvio que as forças armadas se envolveram até o pescoço com a política em meio á candidatura de bolsonaro. Até o presidente mencionou sua gratidão ao ex-comandante do EB. Os twites do ex-comandante do EB antes das votações no STF. O estrago foi feito e a imagem das forças armadas foi comprometida. O problema foi que as forças armadas, em especial o EB se envolveram tanto com política que vai ser necessário um processo de despolitização das forças armadas.

Michel
Reply to  Camargoer
15 dias atrás

Compreendi, Camargoer.

M.@.K
M.@.K
Reply to  Camargoer
14 dias atrás

É ruim de admitir, mas vc tem razão. Nunca se deve misturar política, religião e as forças armas em uma mesma pauta.

NBS
NBS
Reply to  Camargoer
14 dias atrás

E um bom começo para a despolitização, esta na formação dos oficiais na AMAN

Agnelo
Agnelo
Reply to  Michel
15 dias atrás

Não são da ativa.
Comparando com os últimos governos, o número está bem parecido, só q estão mais em cargos de chefia q antes.
Dilma, por exemplo, pôs Gen Div no DNIT e Gen Ex na Def Civ.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Agnelo
15 dias atrás

DNIT e Defesa Civil são considerados cargos “menores”, ainda que altos. Nem de longe se comparam, por exemplo, com o Ministério da Saúde.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Jacinto
15 dias atrás

Não na época, q o DNIT estava “explodindo”, e mais uma vez o governo colocou um militar pra salvar….
IDEM Def Civ…. assumiu um 4 estrelas na época da estruturação…
PRF, IDEM….
muita coisa
nem me lembro

Gerson
Gerson
Reply to  Michel
15 dias atrás

ha ha ha O dinheiro foi todo para o reajuste dos oficiais, aquele aumento disfarçado de reforma…

gordo
gordo
Reply to  Gerson
15 dias atrás

É impressionante como esse pessoal não põe o dedo na ferida, 3/4 de um orçamento que é equivalente (próximo) ao de Israel ou Itália vai para pagamento de salários e pensões (inclusive de atrizes muito bem pagas em suas emissoras) não há dinheiro que chegue. Isso em parte explica porque se metem em politica, para quem acha que são uma boa gestão que pesquisem trajetória de Paulo Salim Maluf, e pelo jeito agora não sabem como sair desse atoleiro que entraram junto com um tenente expulso da corporação.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Gerson
12 dias atrás

Q inclusive foi menor q os q Lula, Dilma e FHC deram….

Camargoer
Reply to  Agnelo
12 dias atrás

Caro Agnelo. Acho difícil comparar reajustes dados nos contextos econômicos de FHC, Lula e Dilma com os atuais. Durante os útimos anos dos governos militares os reajustes eram praticamente anulados pela inflação, tanto que alguns militares foram até punidos por expressarem sua insatisfação. Durante o governo FHC, a economia foi estabilizada mas o crescimento foi baixo. Durante o segundo governo Lula o crescimento foi grande (média entre 5 e 6%), enquanto que no segundo governo Dilma foi uma recessão e uma crise que vem se arrastando há mais de 6 anos. .

Michel
Reply to  Michel
15 dias atrás

Porque, incorreto no contexto; por que, correto.

Alex
16 dias atrás

Muito estranho essas falas…

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Alex
16 dias atrás

Não tem nada de estranho, é a realidade que sabemos há décadas.

Tulio
Tulio
Reply to  Diego Tarses Cardoso
14 dias atrás

Realidade que os milicos tiveram décadas pra mudar e não mudaram porque estavam mais preocupados em mamar no dinheiro público, portanto toda chacota que estão recebendo é mais que merecida.

Hélio
Hélio
Reply to  Alex
16 dias atrás

Sempre que o gado é contrariado ele evoca o espantalho da conspiração, impressionante.

ODST
ODST
Reply to  Hélio
15 dias atrás

Sempre que o hater fica bravinho ele evoca o argumento ad hominem “gado”, impressionante.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  ODST
15 dias atrás

Sempre que alguém fala a verdade, os ilusionistas se descabelam.

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  Hélio
6 dias atrás

A petralhada também fazia (ainda faz) isso…

MFB
MFB
Reply to  Alex
16 dias atrás

Muuuuuuu,,,

Camargoer
Reply to  Alex
15 dias atrás

Olá Alex. O que está estranho? As dificuldades orçamentárias das forças armadas, a necessidade de reduzir o efetivo de militares de carreira, os problemas que a intensa politização das forças armadas criou?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
15 dias atrás

E necessária uma reestruturação geral das Forças Armadas.
Inclusive dos padrões remuneratórios e de proventos de aposentadoria.
Estão gravando muito o erário nacional sem se prestar para sua finalidade.

Camargoer
Reply to  Antoniokings
15 dias atrás

Olá AntonioK. Concordo. È preciso aumentar os gastos com tecnologia (sensoriamento remoto, comunicações, datalink, etc) e reduzir os gastos com pessoal. Até acho que seria razoável aumentar os gastos com defesa mas é preciso tornar as forças armadas um nicho de alta tecnologia.

Bille
Bille
Reply to  Antoniokings
15 dias atrás

Com certeza tem que reestruturar! Mas para quê os militares aceitariam uma reestruturação geral se nossos políticos não dão o exemplo? Se o Civis não aceitam, por que os militares deveriam? A reestruturação deve se dar em diversos níveis. E inclusive (e principalmente) na carreira civil que, convenhamos, é uma zona. Um monte de guri entra ganhando 20k liquido querendo dizer que as FA tem que reestruturar pra gastar menos com pessoal e sobrar mais pra eles. Cuidado com esse argumento. Digo e repito: tem que reestruturar, mas vão sonhando que os milicos vão aceitar sem que os outros também… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bille
15 dias atrás

Um erro não justifica o outro
Já que o Judiciário está ganhando, vamos meter a faca também..
Deveria ser o contrário, né?
Seria mais digno um General falar que vão diminuir os salários das F.A. junto com os do Judiciário.
Mas, não.
Farinha pouca, meu pirão primeiro.
Na reforma da Previdência, teve um General (que não lembro o nome) que afirmou: ‘A aposentadoria integral dos militares é inegociável.’
Como assim?
Agora eles dizem o que o País pode ou não pode fazer em questões de salários do funcionalismo?

UmCertoR2
UmCertoR2
Reply to  Antoniokings
14 dias atrás

Quando alguns falam em cortar do Judiciário e Legislativo ou acabar com privilégios demonstrar total desconhecimento de nossa carta magna e de princípios básicos garantidos pela própria constituição. O direito adquirido é uma das bases do direito e a constituição deu autonomia aos poderes para definir seu próprio orçamento. Voltando as aulas de Moral e Cívica: o presidente é o chefe do Executivo. Estou decepcionado com os rumos desse site, isso aqui está virando palanque político de ignorantes que desconhecem como o próprio país é organizado.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  UmCertoR2
14 dias atrás

Sim.
Existe independência na questão orçamentária, mas as definições salariais, inclusive o teto remuneratório é atribuição do Congresso Nacional.
O problema é que o Judiciário (principalmente) estoura esse teto com os conhecidos penduricalhos que agora chegaram às F.A. com mais força.
Está uma verdadeira festa.

Jorge knoll
Reply to  UmCertoR2
13 dias atrás

Tem que terminar com direito adquirido, e com recebimento de Fgs, estão muito bem pagos, não tem que receber jeton por cargo exercido dentro, ou fora da corporação, como uma Egepron.

Jorge knoll
Reply to  Jorge knoll
13 dias atrás

Errata: Emgepron

Wilson França
Wilson França
Reply to  Bille
15 dias atrás

Acho que atualmente é o contrário. Veja a reforma da previdência. Acertou os servidores civis e nem resvalou nos militares. E os civis “aceitaram”.

Jorge knoll
Reply to  Antoniokings
13 dias atrás

Restruturação passa por redução mínima de 1/3 de todos os cargos, principalmente, o de oficiais, que incham as folhas de pagamento, sem o devido retorno.
Só assim as FFAs, poderão a médio prazo voltarem a poder investir no reequipamentos de suas forças.

Andrenson
Andrenson
16 dias atrás

Excelente discurso! Espero que esse choque de realidade sobre os desvios de função das Forças Armadas sejam levados à sério e que as reais necessidades sejam ao menos consideradas pelo congresso, vide a urgência de resposta a ataques de drones como bem exemplificadas em nagorno karabakh

Camargoer
Reply to  Andrenson
15 dias atrás

Olá Andrenson. Temo que sejam necessárias ações.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
15 dias atrás

Não podemos esquecer que os militares não são os coitadinhos que são ‘assediados’ nos quartéis.
Eles se intrometem e se intrometeram de novo na vida civil nacional.
Só que dessa vez, não avaliaram a situação em relação ao néscio que eles apoiaram.
Mas, deviam saber , tendo em vista a vista pregressa do sujeito no próprio Exército.

Camargoer
Reply to  Antoniokings
15 dias atrás

Olá AntonioK. Concordo com você que as colocar a culpa nas vivandeiras alvoroçadas que foram aos bivaques bolir com os granadeiros seria simplificar o problema. Durante a campanha eleitoral coloquei uma pergunta que não foi respondida…. porque um militar votaria em um ex-militar que foi expulso da corporação? Nenhum cientista votaria em alguém que foi pego fraudando dados ou praticando plágio… basta vez como foi implacável o cerco sobre os candidatos ao MEC que falsificaram seus curriculos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
15 dias atrás

As revelações constantes no recente livro do Temer dão a clara noção do papel dos militares nos acontecimentos recentes.
Lamentável.
Agora, não venham com esse papo.

Camargoer
Reply to  Antoniokings
15 dias atrás

Olá AntonioK. Pois é. Começou derrubando a monarquia, depois a revolução de 30, dai o golpe de 64 e agora de novo…. os militares são previsíveis com um relógio quebrado.

NBS
NBS
Reply to  Antoniokings
14 dias atrás

Se olharmos os livros de história, veremos que a república nasce de um golpe militar. Doravante, segue junto com a elite empresarial aplicando diversos golpes contra o estado democrático. Então, passou da hora da democracia tratar no rigor da lei a punição de todo e qualquer elemento que conspire sobre o direito universal do povo.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  NBS
14 dias atrás

Exatamente.
E isso ficou claro na investida contra o Governo Vargas quando os militares demonstraram interesse estranho em questões relacionadas à participação de estrangeiros na economia brasileira e, depois, em 1964 quando investiram furiosamente contra as Reformas de Baser de João Goulart.
Que interesse eles têm nisso?

NBS
NBS
Reply to  Antoniokings
14 dias atrás

Apoiaram um péssimo soldado, vide palavras de Geisel, que so foi capitão porque n]ao o puniram.

IagoSP
IagoSP
Reply to  Andrenson
15 dias atrás

Eu discordo. Diria que foi excelente se ele tocasse nas feridas também. Concordo que o exército precisa se profissionalizar e focar apenas na defesa, entretanto, por que ele não sugere uma diminuição do efetivo? (Pelo contrário, fala em aumento. E nesse ponto ele já se contradiz, fala que não temos equipamentos mas pede mais pessoal, pra que?) Uma reestruturação nas chamadas regalias? Não dá para termos 300.000 cidadãos sendo bancados para fazerem muito pouco ao país. Corte 2/3 desse efetivo e faça um exército de verdade, com treinamentos, armamentos, equipamentos, tudo do bom e do melhor. Qual a função dos… Read more »

Last edited 15 dias atrás by IagoSP
Mabeco
Mabeco
16 dias atrás

Tenho grande respeito pelo Gen. Pujol, pela forma serena como desempenha suas atribuições constitucionais. Nem mais, nem menos. Um militar na acepção do termo, que resguarda a tropa de sucumbir ao circo.

caio
caio
Reply to  Mabeco
15 dias atrás

realmente, classificastes muito bem o estado político atual.

Capa Preta
Capa Preta
16 dias atrás

Recursos tem sim ( ou tinha ante de o dólar ir pra estratosfera) porém os recursos estão tudo em Vilas militares de oficiais padrão classe média alta, em clubes de hipismo,em pensões de madames que nunca levaram um copo na vida…

Kommander
Kommander
16 dias atrás

Até que enfim alguém teve coragem e atitude pra peitar o tal do Presidente que age como se fosse dono das FAA!
Só faltou o General admitir que o EB não tem recursos por conta da folha inchada.

Capa Preta
Capa Preta
Reply to  Kommander
16 dias atrás

O presidente e claramente um perfil rancoroso. Tipo ele toma uma multa por conta de cadeirinha de bebê no carro ou porque tava pescando onde não era permitido anos atrás, vira e presidente e “tem que acabar com isso da e taaokey” A relação dele com o exército de amor e ódio típica de associação de cabos e soldados (que funciona na prática como sindicato militar) ele era considerado piqueteiro insubordinado em sua época de ativa, foi tocado para reserva pelo comando. Daí faz carreira política que o leva a presidência, e age como novo rico, típico aquele cara que… Read more »

Camargoer
Reply to  Kommander
15 dias atrás

Olá Komander. Bolsonaro foi um ex-militar que foi expulso do EB. Entre os cientistas há um código de ética muito mais duro sobre quem é pego praticando plágio ou forjando resultados (um professor da UNICAMP foi pressionado a pedir sua aposentadoria e sumir do cenário científico)

UmCertoR2
UmCertoR2
Reply to  Camargoer
14 dias atrás

Não sei de onde vc tirou essa história de expulsão, assim como muitas informações que posta sobre assuntos militares. Vc deve pesquisar, confirmar fontes antes de escrever bobagens. Mesmo sendo um florista ativo, demonstra ser ignorante ao tentar achar que sabe tudo, teria mais respeito citando suas fontes de bibliográficas.

Camargoer
Reply to  UmCertoR2
14 dias atrás

Olá 1CR2. Obrigado pelo alerta. Fui procurar como sugerido e encontraei uma boa reportagem publicada pela FSP “Bolsonaro admitiu atos de indisciplina e deslealdade no Exército” publicada pelo Rubens Valente, um excelente e premiado repórter. De acordo com os documentos de um inquérito no STM, bolsonaro “admitiu em 1987 ter cometido atos de indisciplina e deslealdade para com seus superiores no Exército”. A reportagem é longa e nada elogiosa ao ex-capitão.

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  UmCertoR2
10 dias atrás

Acho que isto é uma característica do Brasil, nosso senso de corpo, apesar de o cara errar gravemente, não é punido, é convidado a sair e ainda recebe uma promoção.
Mas isto não é exclusividade das FAA ou do Serviço Publico, na iniciativa privada temos milhares de exemplos de pessoas que são “rebaixadas para cima”.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Kommander
15 dias atrás

O presidente disse a verdade: Temos que ter condições de nos defender caso a diplomacia falhe.

Wilson França
Wilson França
Reply to  Diego Tarses Cardoso
15 dias atrás

Se tudo desse certo – e sabemos que não dará – precisaríamos de muitas décadas para conseguir nos defender dos EUA.
Por isso, a forma provocativa como ele se manifestou, foi indevida e inoportuna.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
16 dias atrás

É o resultado da frase “Para que investir nas forças armadas se não tem guerra ?”

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Diego Tarses Cardoso
16 dias atrás

É o resultado do: “pra que cortar em pessoal pra investir em armas se eu não quero ir pra guerra e sim aposentadorias de 10 mil reais mensais em média?”.
SE É PRE TER FORÇA DE PAÍS SULAMERICANO, QUE A GENTE GASTE IGUAL A ELES E NÃO À ITÁLIA!

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Fernando Turatti
15 dias atrás

Isso poderia ser uma frase de alguns dentro das forças, o que eu disse é o que a maioria das pessoas falam nas ruas. O brasileiro tem a mania de criticar nossas forças armadas por estarem defasadas, mas quando chega a hora de investir falam o que eu disse: Para que investir em forças armadas se não temos guerra ?

vlademir baltazar
vlademir baltazar
16 dias atrás

É só acabar com as pensões da “viúvas ou solteiras casadas” que recebem recursos federais; diminuir o numero de generais…(temos mais general do que Israel)….já seria um começo.

Hélio
Hélio
Reply to  vlademir baltazar
15 dias atrás

Então diz aí o quanto isso economizaria no orçamento? Pra começar, nada disso deveria ser pago com o orçamento da defesa, isso é uma jabuticaba que só existe aqui, tudo para dar benefícios pornográficos aos membros do judiciário.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Hélio
15 dias atrás

Hélio.

Os militares conseguiram reajuste para igualar os salários aos do Judiciário, pelo menos no topo da carreira.
Tipo um General ganhar o mesmo que um Desembargador.
O problema é que os militares ainda estão mantendo aposentadoria integral, que já acabou para o Judiciário.
Os novos juízes estão descontando pelo teto do INSS, ou seja, se aposentam com cerca de R$ 6.100 por mês.
Desta forma, não se justifica mais esse discurso de benefícios do Judiciário que passaram, em parte, para os militares.

VLADEMIR BALTAZAR
VLADEMIR BALTAZAR
Reply to  Hélio
15 dias atrás

A União pagou, apenas nos dois últimos meses de 2019, R$ 128,2 milhões em pensão para filhas de militares brasileiros. A informação foi compilada pelo site Fiquem Sabendo, especialista na Lei de Acesso à Informação (LAI).

No mês de novembro, segundo planilha conseguida pelo site, essas beneficiárias receberam R$ 84,8 milhões. Em dezembro, foram outros R$ 43,4 milhões. Os dados foram levantados junto à Controladoria-Geral da União (CGU) e ao Ministério da Economia.

Agora é só fazer a conta!. Boa Noite!

DaGuerra
DaGuerra
Reply to  vlademir baltazar
15 dias atrás

E o bolsa-terrorista? O bolsa-esmola? O fundão partidario? Nenhuma palavra, valentão?

Camargoer
Reply to  DaGuerra
15 dias atrás

Caro DaGuerra. A crítica ao fundo partidário é injusta. Os partidos recebem uma verba para fazer propaganda eleitoral, neutralizando a necessidade de doações privadas. São estas doações que distorcem as eleições. Felizmente, o Brasil acabou com as doações por CNPJ. O que precisa é criar um teto para contribuição individual. Nada disso evita o caixa 2 que é crime.

NBS
NBS
Reply to  Camargoer
14 dias atrás

Perfeito Camargoer! , Sem o fundo partidário, o que prevalece tão somente são as doações de grandes empresários e corporações para formar uma bancada alinhada com os seus interesses. EX: Bancada Bíblia, do Boi, e da Bala. interesses corporativistas.

DaGuerra
DaGuerra
Reply to  Camargoer
13 dias atrás

KKK tá de sacanagem?

Wilson França
Wilson França
Reply to  DaGuerra
15 dias atrás

Muito mais justo o pagamento de boa família para famílias pobres do que o pagamento de pensões para filhas de militares.

M.@.K
M.@.K
Reply to  Wilson França
14 dias atrás

Neste ponto tenho que concordar com o Da Guerra… pagar bolsa família para pessoas que realmente necessitam é uma coisa, mas acho mais justo sim criar oportunidades de trabalho para que tais bolsas posam ser extintas para que de fato a economia possa se aquecer. Com relação a pensões de filhas de militares, o gasto gerado por elas é de apenas 0,01% no orçamento com as FAA, além disso, pensão é um direito do funcionário público e inclusive do funcionário na iniciativa privada ( concordo que há uma imensa distorção, pois no ramo público se recebe integral, na iniciativa privada,… Read more »

M.@.K
M.@.K
Reply to  vlademir baltazar
14 dias atrás

MP 2.131/2000

Mensageiro
Mensageiro
16 dias atrás

Receberam benefícios na reforma da previdência e tao querendo mais. Mas fazer uma reforma nas 3 forças pra sobrar orçamento em equipamentos não querem. “Preocupar só com preparo e emprego das tropas”?!? Não tem isso sem equipamento de ponta, munições pra mais de uma hora, sem soldados motivados com um bom salário e carreira. Um efetivo menor de qualidade vale mais do que esse grande e desamparado. Vcs tb tem que ser capazes de fornecer pra civis convocados numa guerra a água e alimentos, a logística é a alma da guerra, entao criticar a operação pipa pra querer ficar entocado… Read more »

Last edited 16 dias atrás by Mensageiro
Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Mensageiro
16 dias atrás

Esse efetivo inteiro sem equipamento tem a mesma utilidade de nenhum efetivo. O problema é que força armada no Brasil é igualzinho ao funcionalismo público geral… Mas ainda pior, pois tem aposentadorias MUITO mais gordas, sem o teto do INSS.

Mensageiro
Mensageiro
Reply to  Fernando Turatti
16 dias atrás

Isso. Só quem faz o dever de casa nesse país são os empresários e trabalhadores todos que pagam impostos, o funcionalismo público mama querendo mais. MENOS ESTADO É MAIS BRASIL. Só voto em liberal que vai enxugar máquina pública e não aumentar imposto igual está acontecendo em todos os governos até hoje. A reforma administrativa prometida a mais de um ano resolveria o problemas, enfim foi enviada, pasmem a reforma mantém e da mais privilégios pra elite do poder público.Aí aquele grupo o MBL viu que o governo atual é a mesma coisa dos anteriores e de liberal não tem… Read more »

Last edited 16 dias atrás by Mensageiro
Wilson França
Wilson França
Reply to  Mensageiro
15 dias atrás

Empresários que pagam imposto é controverso nesse nosso país da sonegação.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Wilson França
15 dias atrás

Para quê pagar tanto imposto? Sobra mais para a gente comprar uma Ferrari. Eu comprando uma Ferrari ajudo mais os pobres do que enfiando dinheiro na mão de político e funça público. Alguém tem que consertar o carro, fazer revisão, lavar o carro, vigiar ou manobrar num restaurante, hidratar os pneus.

Só aqui já foram 5 empregos gerados. Vejam o milagre da sonegação de impostos.

Last edited 15 dias atrás by Defensor da liberdade
M.@.K
M.@.K
Reply to  Mensageiro
14 dias atrás

“…Só quem faz o dever de casa nesse país são os empresários e trabalhadores todos que pagam impostos…” me desculpe, mas parece mais uma conversa demagoga, como se funcionário público em geral não pagasse impostos.. hehehehe

Camargoer
Reply to  M.@.K
14 dias atrás

Caro M@k. Pois é. Tenho comentado isso há anos aqui. Servidor público paga o mesmo imposto de renda, o mesmo ICMS, ISS, IPVA, IPTU… inclusive, tem desconto de 14% para a previdência (quem tem emprego registrado recolhe 9%). Então, “nós que pagamos imposto” deve incluir os servidores públicos no “Nós”.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Camargoer
14 dias atrás

Servidor público pagar imposto é tipo isso:

images (14)_1.jpg
M.@.K
M.@.K
Reply to  Camargoer
14 dias atrás

Bem isso Camargo, por óbvio vc, assim como eu, tb deve ser funcionário público. Sabemos das mazelas que existem no setor público, não podemos negar. Porém, há uma legitima campanha de desmoralização de tais serviços que tu e eu sabemos que não é causado unicamente pela ineficiência da atividade do servido/funcionário público, mas sim por um conjunto de fatores que acabam por transparecer na ponta da prestação de tais serviços. É o velho erro de tentar comparar as atividades do serviço público com tudo que se desenvolve na atividade privada. Como vc bem lembrou também, há uma certa ideia de… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  M.@.K
14 dias atrás

É evidente que servidor público presta diversos serviços que são fundamentais para a população, tais como saúde, educação, segurança, justiça e etc. Agora, o que ninguém comenta é por que as pessoas pagam impostos para que empresários ganhem dinheiro? Por exemplo: O Governo asfalta uma rodovia para o caminhão carregado de soja esburacá-la toda. Ou seja, o empresário ganha dinheiro e nós pagamos o conserto da estrada que ele esburacou.. Ou a fábrica polui o ambiente, as crianças ficam doentes e vão se tratar no Posto de Saúde com o dinheiro dos nossos impostos. E o empresário ficando cada vez… Read more »

Camargoer
Reply to  Antoniokings
14 dias atrás

Olá AntonioK. A solução para este impasse é a tributação progressiva sobre a renda. O acúmulo de capital é resultado da exploração do trabalho do empregado e do usufruto da infraestrutura pública. Portanto, é justo que a contribuição de quem tenha maior renda seja maior do que a contribuição de quem tem menor renda.

M.@.K
M.@.K
Reply to  Antoniokings
13 dias atrás

Olha Antônio, vejo algumas publicações tua aqui e sinceramente tenho um pensamento diferente do teu em alguns pontos. Mas como costumo dizer, não sou dono da verdade e aprendo muito com as críticas. Neste ponto tenho que concordar contigo, apesar de ter um pensamento mais liberal. Isso tudo é bem complicado ao ponto de que sinceramente não sei se a sociedade tem conserto… vamos seguindo na troca de ideias, abraços.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  M.@.K
13 dias atrás

Valeu!
Abs!

Camargoer
Reply to  M.@.K
14 dias atrás

Olá M@k. Acho interessante que até o “Instituto MIses” tem artigos mostrando que não se pode aplicar os conceitos de produtividade do setor privado com o setor público. Concordo que o importante é continuar o debate.

M.@.K
M.@.K
Reply to  Camargoer
13 dias atrás

Boa! Grande abraço!

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  M.@.K
14 dias atrás

Como assim não tem como comparar as atividades do setor privado com o público? qual a diferença entre o que se faz num hospital público e outro privado? Ambos estão lá para preservar a saúde humana, seja com ações preventivas ou preditivas, ou corretivas. A diferença é que no privado se busca o lucro, e com lucro você consegue ter estrutura decente, tecnologia e profissionais capacitados para prestar o melhor serviço possível, pelo princípio da eficiência produtiva. Já o SUS não visa o lucro, não tem princípio da eficiência produtiva, sempre haverá a garantia de recursos pelo governo, não importando… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Defensor da liberdade
14 dias atrás

Estava assistindo a cobertura da eleição americana pela CNN quando o repórter, ao comentar a questão da saúde nos EUA, disse que teve uma crisa respiratória lá..
Fez três nebulizações, tomou alguns remédios e passou a noite no hospital.
A conta foi de, pasmem, US$ 26 mil.
A sorte, como ele falou, é que ele acionou o advogado e fez o plano cobrir parte da despesa.

Camargoer
Reply to  Antoniokings
13 dias atrás

Caro AntonioK. Os EUA tem um certo fetiche pelo setor de saúde. Há uma série na TV paga chamada “New Amsterdan” sobre um hospital público no qual o diretor administrativo não pode dizer para as pessoas que o atendimento é gratuito porque “é segredo”…. vale a pena assistir para entender a loucura ideológica que está por trás da ideia do Estado oferecer saúde gratuita nos EUA, e porque foi necessário criar um “plano de saúde” para a população ao invés de simplesmente oferecer atendimento gratuito nos moldes do SUS brasileiro, ou do sistema inglês (que inspirou o brasileiro) ou mesmo… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
13 dias atrás

E parece que ps plano de saúde e remédios lá são caríssimos.
Esse mesmo repórter contou que os planos começam em US$ 400.
Contou também o caso de um jovem que não conseguia insulina suficiente e resolveu tomar a metade da dosagem até conseguir a totalidade do Governo.
Foi encontrado morto.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Antoniokings
13 dias atrás

Sim, saúde custa caro, mas saúde está mais relacionado à prevenção, tudo o que é corretivo custa caro.

Camargoer
Reply to  Defensor da liberdade
13 dias atrás

Caro DF. A produtividade no setor privado é comparada por meio de preços (segundo o artigo “Setor público mais produtivo do que o setor privado? do Instituto Mises). Quanto maior for a razão entre a receita e a despesa do processo de produção, maior produtiva será a empresa. No setor público, o serviço oferecido não tem preço de mercado, portanto a produtividade será sempre Zero. O atendimento no SUS é gratuito, a escola pública é gratuita. Portanto, é preciso usar uma outra fórmula para estimar a produtividade do setor público, mas que não poderá ser aplicada para estimar a produtividade… Read more »

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Camargoer
13 dias atrás

Foi justamente o que eu falei, porém a saúde do hospital privado não é diferente da saúde pública, ambas tem custo para chegar até o consumidor e tem o mesmo valor sob a ótica do consumidor.

Camargoer
Reply to  Defensor da liberdade
13 dias atrás

Olá D.F. Concordo que os procedimentos de saúde tenham um determinado custo tanto para o setor privado quanto para o setor público. A diferença é que o setor privado tem a possibilidade de estabelecer um preço de mercado, enquanto o hospital público irá oferecer esse serviço gratuitamente. A eficiência do setor público (focando em saúde mas que poderá ser aplicado em qualquer outro setor) estaria relacionado com 1. a disponibilidade do serviço e 2. pela eficácia do serviço em si. Isso significa que o paciente que procura o serviço público precisa ser atendido dentro de um intervalo de tempo compatível… Read more »

M.@.K
M.@.K
Reply to  Defensor da liberdade
13 dias atrás

Defensor, me perdoe, mas vc não pode comparar um como o outro. O setor privado, se não obtiver lucro, simplesmente encerra suas atividades, como você bem observou. O setor público, não… não há esta possibilidade, mesmo que não haja recursos suficientes, a prestação do serviço deve ocorrer, mesmo que for uma m*rda… deve atender o princípio da continuidade do serviço público… na iniciativa privada esse dever não existe… apesar de poucos se ligarem nisso, mas se o Estado atrasar os vencimentos de alguma atividade essencial, tais servidores não podem simplesmente parar… até param, mas sem respaldo legal. Já na iniciativa… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Fernando Turatti
15 dias atrás

Eu concordo
Tem q pagar igual ao civil….
Mas antes da aposentadoria também….

Só q vai gastar 15x mais por ano do q vai economizar em vários anos…

Mas concordo….

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Agnelo
15 dias atrás

Conta outra.
E conte também para os militares dos EUA, Rússia, China, Alemanha, França, Inglaterra e etc, pois nenhum deles tem esse ‘benefício’.
Quer ter uma vida de aposentado decente?
Poupe dinheiro como fazem todas a pessoas no Mundo inteiro.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Antoniokings
15 dias atrás

Não???
Estude mais
Bem mais
Kkkkkk

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Agnelo
15 dias atrás

Eu, particularmente, não preciso.
Tenho certeza.
Agora a resposta é típica do militar brasileiro.
É a Lei de Gérson.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Antoniokings
15 dias atrás

Sua fama aqui nessas mídias lhe precedem….
kkkkkkk

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Agnelo
15 dias atrás

Fique tranquilo que essa malandragem vai acabar.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Antoniokings
14 dias atrás

Ixxxxx
Melhor vc correr logo, então…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Agnelo
14 dias atrás

Do jeito que as coisas estão indo, é melhor vcs correrem, caso contrário serão atropelados.
Pelos fatos, é claro.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
14 dias atrás

Em tempo.
Se for para estudar mesmo, tente um concurso para o Instituto Rio Branco, para a Magistratura, ou para o MP. São bem mais difíceis do que o que vc fez.
E o suprassumo dos concurso é o para delegação de Cartórios. Se vc ficar bem colocado, pode pegar um Cartório que fature milhões por mês.
Mas, isso não é para qualquer um. Tem de estudar muito. Muito mesmo.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Fernando Turatti
15 dias atrás

Se tiver um conflito vão ter que ir só com o salário no bolso kkkkk. Por isso ficaram cheio de medo quando o presidente levantou a voz contra a ameaça do Biden. Se acovardar é que ficou feio para a imagem das forças, a Turquia faz ameaças muito piores contra Rússia, EUA, França, etc e não dá nada para eles.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
16 dias atrás

Relaxem que eles já estão providenciando a solução: fazer mais 300 concursos para o ingresso de pessoal.

Alexandre
Alexandre
16 dias atrás

Ele está certo, infelizmente temos poucos recursos.

Com um orçamento militar baixo, é de se esperar ter poucos recursos.

Como eu sempre venho dizendo, cabe agora ao governo federal aumentar significativamente o nosso orçamento militar para poder fazer grandes investimentos, que é tudo o que as nossas forças precisam para garantir a nossa soberania.

É um trabalho de ”formiguinha”, mas se tomarmos a iniciativa agora de maneira estratégica, com certeza daqui a 10 anos a nossas forças de defesa já serão outras.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Alexandre
16 dias atrás

Sei não, acho que simplesmente o dinheiro iria embora com pessoal, abririam mais concursos públicos e os equipamentos ficariam na defasagem de sempre.

Alexandre
Alexandre
Reply to  SmokingSnake 🐍
15 dias atrás

Eu não sei se de fato isso iria acontecer, mas que teria que tomar uma boa iniciativa isso teria.

Efetivo de pessoal nós temos de sobra, resta agora investir pesado em nosso poderio bélico.

Eu só estou falando a realidade do que deve ser feito.

Last edited 15 dias atrás by Alexandre
Glasquis 7
Reply to  Alexandre
15 dias atrás

Com um orçamento militar baixo, é de se esperar ter poucos recursos.”

É o maior orçamento de toda América latina e está dentro dos 12 maiores do mundo

sj1
sj1
Reply to  Glasquis 7
15 dias atrás

Exato essa de recurso é uma belela… E mais: aprovamos 1 TRILHÃO pro Covid em questÃo de dias ! Eles simplesmente não estão interessados em defesa, aliás, o povo brasileiro. Eu tenho minhas dúvidas se esse país chega ao final deste século com o território do tamanho que temos hoje..

Last edited 15 dias atrás by sj1
Sergio
Sergio
Reply to  sj1
15 dias atrás

Não sei qual sua fé íntima ou religião formal, se as tem; Por curiosidade de uma ” Googada” sobre previsões de Chico Xavier sobre o futuro do Brasil. As estrelas já decidiram, amigo. Vai acabar.

caio
caio
Reply to  Sergio
15 dias atrás

profecias de Chico Xavier, Malafaia e Edir Macedo, talvez a razão dos nosso problemas sejam a fartura de falsos profetas, principalmente nos últimos 40 anos.

Ted
Ted
Reply to  caio
12 dias atrás

dos três mencionados com certeza Chico Xavier não é um farsante

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  sj1
15 dias atrás

E TU QUER O QUE? SAIR LIBERANDO MAIS VERBA?
Na moral, só alguém insano bombearia mais água em um cano que está estourado.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  sj1
15 dias atrás

Mas tem um detalhe: Quanto desse orçamento para o covid foi desviado ? A corrupção é outra coisa que precisamos atacar para ontem.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Glasquis 7
15 dias atrás

Para as dimensões territoriais do nosso país e para o que temos hoje, o nosso orçamento militar é baixo e precisa ser aumentado.

Eu n quero saber se é o maior orçamento da América latina ou se está entre os 12 maiores do mundo, a realidade é que precisa ser aumentado e dar um jeito no gasto com pessoal porque isso é o que consome mais da metade de todo o orçamento.

O Brasil deve investir nas forças armadas sim, mas não com efetivo de pessoal, e sim com mais recursos para aprimorar e melhorar o nosso poderio bélico.

Last edited 15 dias atrás by Alexandre
caio
caio
Reply to  Alexandre
15 dias atrás

sério mesmo?? já tentou pesquisar os números do nosso orçamento militar antes de escrever isto???

Alexandre
Alexandre
Reply to  caio
15 dias atrás

Já sim, se não fossem as regalias dos políticos do congresso e do STF, já seria uma grande economia, sem contar as regalias dos oficiais de alta patente das forças armadas como as pensões por exemplo.

O nosso orçamento militar precisa ser aumentado, e infelizmente é pouco para a atualidade, mas se pelo menos diminuíssemos o número de deputados de 513 para 323, e cortássemos muitas regalias dos ministros do STF, com certeza já seria um grande avanço, pois sobrariam bilhões para fazer investimentos nas forças armadas e outros setores.

caio
caio
Reply to  Alexandre
15 dias atrás

Que há ABUSOS inaceitaveis, nos gastos do lefislativo e do judiciário ok, mas nas forças armadas ou é isso ou incompetência para gerir, pois foram 30 bilhões de dolares, só em 2019, e o que foi feito? se você sabe , revela por que é dificil concordar em mais dinheiro para eles.

Wilson França
Wilson França
Reply to  Alexandre
15 dias atrás

Tá viajando. Não que certas regalias não mereçam ser cortadas, mas pensar que tirar regalias de míseros 11 ministros e eliminar 200 deputados vai gerar bilhões de reais é viajar bonito.
Aliás, porque 323 deputados?

Zorann
Zorann
16 dias atrás

Guarda nacional? Mais um que se acha responsável, pregando uma irresponsabilidade destas. Para melhorar a qualidade do serviço prestado que ‘e uma porcaria eu tenho de aumentar o cabidão? E o dinheiro vai sair de onde cara pálida? Do orçamento da Defesa? Ou vai tirar mais da saúde e da educação para sustentar mais gente atoa? Que tal tirar esta verba da previdência dos militares, refazendo a reforma? Ou cancelar os aumentos concedidos nos próximos anos e todo este plano de carreira que só aumentou as despesas com pessoal nas Forcas Armadas? Bom demais este comandante do EB. Um verdadeiro… Read more »

Mensageiro
Mensageiro
Reply to  Zorann
16 dias atrás

Eu achei que o Bolsonaro me irritava mas esse aí por ser chefe do EB e ter formação, pqp. Propor aumentar gastos nessa crise.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Mensageiro
15 dias atrás

Mas então né, a ALESP vai fazer uma reforma de R$ 7,5 milhões.

Bardini
Bardini
Reply to  Zorann
16 dias atrás

Olha, não dá pra taxar com toda a certeza do mundo que ter uma Guarda Nacional seria um problema e etc, mantando uma ideia que no fundo, poderia ser interessante mas que nem discutida foi. . Teria que ser feito um estudo sério com base em um plano sólido, onde uma GN ficaria com várias e várias funções e estruturas das 3 Forças. Funções “mão amiga” ou burocráticas, por exemplo… . Uma GN poderia ser uma “força de temporários”, abrangendo funções como o controle de tráfego aéreo, guarda costeira, GLOs e Força Nacional, Polícia de Fronteira, liberação de licença pra… Read more »

Last edited 16 dias atrás by Bardini
Zorann
Zorann
Reply to  Bardini
15 dias atrás

Vc não vê uma proposta sequer se’ria de redução do efetivo. S’o vê propostas milagrosas de criar mais estruturas redundantes, para se fazer menos ainda, gastando mais.

Tenho certeza que o comandante ao citar a criação de uma Guarda Nacional, não pensou na redução substancial nos quadros do EB. Ele pensou foi no aumento de pessoal.

Sua ideia pode ser boa, mas não acredito que se uma Guarda Nacional fosse criada, teríamos nela algumas das suas ideias. Seria apenas mais uma maneira de se gastar dinheiro sem colher resultados que os justifique.

Bardini
Bardini
Reply to  Zorann
15 dias atrás

Na Live, o Comandante falou que o EB tem de reduzir seu efetivo em 10% nos próximos 10 anos. Isso foi um “pedágio” que a força teve de pagar para aprovar a reforma recente.
.
No fundo, vão cortar 10% no quadro de pessoa pra poder ganhar mais… e não vai mudar em muito coisa a situação dos investimentos. Só vai aparecer algo no longo prazo, por conta do quadro de inativos menor.

Hélio
Hélio
Reply to  Zorann
15 dias atrás

Por que vai reduzir o efetivo que já é minúsculo? Não são os quadros do EB que devem ser reduzidos, mas sim as inúmeras renúncias e subsídios dados ao setor privado que financiam campanhas políticas. Só o agronegócio recebe em subido para agrotóxicos a pequena soma de 14 bilhões de reais animais, isso só para agrotóxico, mas impressionantemente tem gente que dá ataque de pelanca, bradando contra coisas necessárias e inventando soluções mirabolantes, como “reduzir quadros” sem nem ao menos considerar se os quadros existentes são suficientes ou não e fecham os olhos para as verdadeiras lombrigas do sistema.

Zorann
Zorann
Reply to  Hélio
15 dias atrás

Vc esta certo!! Vamos aumentar o efetivo dos “faz nada”, aumentar os impostos, diminuindo o emprego de quem de fato trabalha e produz riqueza, para contratar mais “pintores de meio fio” . Vamos quebrar a cadeia produtiva para realizar seu sonho. A gente paga pouquíssimo imposto e os serviços prestados pelo estado são todos de excelência. Pagar mais impostos, aumentando o custo dos alimentos, seria muito bom.

Hélio
Hélio
Reply to  Zorann
15 dias atrás

Melhor isso do que meu dinheiro indo para filho de fazendeiro cheirar cocaína.

caio
caio
Reply to  Hélio
15 dias atrás

Se for reduzir quadro de oficiais ok, mas de soldados não¹ pois o nosso efetivo é igual ao do México e da Colômbia e menor do que Paquistão, Vietnam, e do Egito, todas aas nações citadas com níveis econômicos igual ou muito menor do que nós, em termos proporcionais.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  caio
15 dias atrás

Faz o seguinte: vai lá e dá essa dica aí pra Itália, França ou Reino Unido.
Eles devem ter PÉSSIMAS forças né? Afinal, claramente vocês tem uma visão distorcida de que mais gente = melhor.

Caio
Caio
Reply to  Fernando Turatti
15 dias atrás

Com eles só comparo os nossos gastos no setor quase igual,e retorno muito inferior. Em quantidade de homens comparo Turquia, Egito, Indonésia e Vietnã gastam menos mas são mais fortes, abraços.

Heitor
Heitor
Reply to  Bardini
15 dias atrás

As Forças mantendo função de ir à guerra, missões de paz eventuais e uma GN como força atuante dentro do território nacional e, numa eventual guerra ou ameaça fatal à soberania, os Guardas Nacionais também iriam à batalha. Então, nesse modo, teríamos mais oficiais atuantes, menos na caserna, além de permitir uma parcela de temporários.

Bardini
Bardini
Reply to  Heitor
15 dias atrás

Uma GN poderia passar a absorver toda gurizada de 18 anos e isso sendo guri ou guria. É mão de obra barata e seria um mega “Projeto Rondon”. Um projeto cívico… . Falta gente pra apagar incêndio, fiscalizar barco de pesca, atender emergência em praia com petróleo, fazer ponte que caiu, ajudar a levar remédio pra índio e etc? Bota a gurizada pra ajudar nisso aí. Isso criaria uma imagem do que é o Brasil para os mais novos e daria volume a GN a baixo custo. Mas tem que ser bem feito, pra não virar palhaçada de força de… Read more »

Heitor
Heitor
Reply to  Bardini
15 dias atrás

A idéia é perfeita e exatamente o que o Brasil necessita, Bardini. Claro, para médio e longo prazo, temos muito serviço a ser feito, mas esse modelo é o que sempre sonhei, seria eficaz em cantos afastados do país.

Tomcat4,2
Reply to  Bardini
15 dias atrás

Creio que seria interessante sua idéia Bardini e acrescento que essa gurizada ainda ficaria como uma reserva militar (por ter passado por treino e tal) para o caso de uma guerra. Acho que seria tbm interessante eles terem a opção de seguir carreira desde que se graduando tecnicamente dentro das forças armadas ou obtendo subsídios para cursarem cursos de interesse ao serviço militar.

Odair Botelho
Reply to  Bardini
15 dias atrás

Rapaz Bardini, realmente essa sua ideia foi ótima, de verdade. Seria uma ampla e positiva mudança para a Força, pena que dificilmente acontecerá.
Abç a todos.

sj1
sj1
Reply to  Bardini
15 dias atrás

O problema é que vÃo tirar dinheiro da defesa pra isso

bjj
bjj
Reply to  Bardini
15 dias atrás

A Força Nacional de Segurança Pública é um embrião deste modelo. É formada por vários núcleos como policiamento ostensivo, perícia, policia judiciária, corpo de bombeiros, etc… Se pudesse crescer em efetivo, tivesse mais recursos, e ganhasse a previsão constitucional de cumprir todas estas missões poderia incorporar departamentos relacionados a área da saúde, engenharia e obras, algo próximo de uma guarda costeira, enfim, se tornar uma instituição “pau para toda obra”.

O esboço nós já temos, falta vontade de quem decide só.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
16 dias atrás

Foram décadas de descaso com a defesa, não é surpresa estarmos nessa situação, e infelizmente vamos levar anos para voltar a ter uma defesa forte o suficiente!

Bardini
Bardini
Reply to  Fabio Araujo
16 dias atrás

O descaso vem de dentro das próprias forças…

sj1
sj1
Reply to  Fabio Araujo
15 dias atrás

Engraçado é pessoas dando dislike no óbvio

Capa Preta
Capa Preta
15 dias atrás

Nesse país general, coronel, juiz e desembargador trocam de carro todo ano 😏 e só top de linha.

Hélio
Hélio
Reply to  Capa Preta
15 dias atrás

E em qual país não é assim? Quem estudou, trabalhou e alcançou altos cargos tem que ter esse direito, errado é achar que peão de obra tem que ganhar o mesmo porque é coitadinho.

Robson Melo
Robson Melo
Reply to  Hélio
15 dias atrás

Não com dinheiro publico, país onde a maioria da população mau ganha 2 salários mínimos.

Ai você vê juiz, desembargador, políticos,etc… ganhando 40, 50, 60 mil reais mês… ainda tem mais os “benefícios”. Nem o gerente da empresa que eu trabalho ganha perto desses funcionários públicos.

Conheço professor que estudou a vida inteira e não ganha 5 mil… policial risca a vida todos os dias para ganha uma mixaria.

Hélio
Hélio
Reply to  Robson Melo
15 dias atrás

E por acaso alguém aqui está defendendo salário de desembargador? O que não pode é usar a desculpa de que a maioria ganha 2 salários mínimos para apontar para o salário alheio. Quem ganha 2 salários mínimos tem qualificação e excerce o trabalho para ganha 2 salários mínimos, não tem que se fazer de coitadinho e falar “ai eu sou pobrezinho, olha só o salário do juiz como é injusto”.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Hélio
15 dias atrás

Se você quer ficar rico, trabalhe na iniciativa privada. Seja um empresário ou um artista. Funcionalismo público não é lugar para se fazer fortuna. Se você acha aceitável um desembargador ganhar na casa dos 6 dígitos, então é parte do problema.

Hélio
Hélio
Reply to  Allan Lemos
15 dias atrás

Parte do problema é que acha que empresário tem que ganhar “incentivo”, isenção de imposto e mais um monte de dinheiro público. As pessoas devem ser recompensadas de acordo com a complexidade do seu trabalho, isso se chama MERITOCRACIA. Se você acha que um dono de padaria com ensino fundamental incompleto deve ganhar igual a um desembargador, seu lugar é em Cuba, não aqui.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Hélio
14 dias atrás

Pelo visto você não entendeu, ninguém aqui é contra a meritocracia, ninguém aqui acha que um gari deva ganhar o mesmo que um juíz, mas isso nãp significa que este deva ganhar 6 dígitos, como é o que acontece. Como eu disse, quem quer ficar rico que trabalhe para a iniciativa privada, não para o funcionalismo público, se uma categoria ganhar demais, outras áreas da administração irão ganhar menos. Nem nos EUA, com salário em dólar, desembargadores vivem como marajás, da forma que vivem aqui no Brasil. Então não se trata de “mimimi meritocracia”, “mimimi Cuba”. Trata-se de zelo com… Read more »

Hélio
Hélio
Reply to  Allan Lemos
14 dias atrás

Eu quero que desenhe, sim, o que você está falando aí é puro mimimi, se a iniciativa privada, que adora uma ajuda do Estado, um mercado fechado, um crédito do BNDES, só cria empregos com baixos salários, o problema é essa iniciativa privada, oras, veja só a sua preocupação, se o “Estado paga demais” a iniciativa privada não consegue concorrer, oras, eles que pagem mais. Não adianta nivelar por baixo e justificar a precarização do sistema público porque o empresário ineficiente paga um salário menor do que dos escravos chineses. Se você está tão preocupado com as finanças públicas, deveria… Read more »

Celso
Celso
Reply to  Hélio
14 dias atrás

Dono de padaria ganha muito mais que um desembargador. Vende para e outros quetais gera empregos , rouba menos, etc
Ps ; não precisa de PHD basta ser empreendedor

Camargoer
Reply to  Celso
13 dias atrás

Caro Celso. De fato, ninguém precisa de PhD para abrir uma padaria, mas precisa de ótimos padeirs

silvom
silvom
Reply to  Hélio
14 dias atrás

não são eles quem compram, somos nós

Camargoer
Reply to  Capa Preta
15 dias atrás

Caro Capa Preta. Essa história do carro zero todo ano nunca poderia ser tomada como referência. Uma vez que você tem um carro zero de alto valor, troca-lo todo ano é bem fácil porque a sua desvalorização é baixa. O ponto onde ser deve avaliar é no crescimento do patrimônio (número de apartamentos, salas comerciais, etc) e nos hábitos de consumo (tanto os registrados na fatura do cartão de crédito quanto nos pagos em dinheiro). Um bom rastro de desvios são os gastos com saúde e educação dos filhos…. follow the money.

sj1
sj1
Reply to  Camargoer
15 dias atrás

Um país de paternalismo e castas: professores, apesar de salário baixo se aposentam com 50 sem nunca terem pegado sol ou chuva… Juízes/desembargadores ganhando 200 mil porque o STF permitiu, policiais(mulher) se aposentando com 43 anos… fica fácil saber porque não dá certo.

Camargoer
Reply to  sj1
15 dias atrás

Caro SJ1. Há uma diferença entre professores de ensino fundamenta, que podem se aposentar com menor tempo de contribuição (assim como outros profissionais expostos a situações de periculosidade e insalubridade)l e professores de ensino superior, que tem as mesmas regras de qualquer outro funcionário (35 anos de contribuição para homens e idade mínima de 65 anos, e as mulheres com 32 e 62 respectivamente). No mundo inteiro professores de ensino infantil têm aposentadoria especial (é fácil imaginar a razão). Por outro lado, são 20 mil juízes e desembargadores que recebem salários com penduricalhos…

sergio ribamar ferreira
Reply to  Camargoer
15 dias atrás

Uma observação. 60 anos de idade, 30 de contribuição par homens e 25 anos para mulheres para ter aposentadoria integral na função de professor. Ensino básico. Isso dependendo de quanto recebe em Estados e Municípios e sem penduricalhos. Não entende o porquê do orçamento monstruoso para Educação se não chega nunca ao professorado em aumentos salariais. Reajuste não é aumento e nem isso ocorre. sobre pensões. Há também filhas e netas solteiras no Judiciário e que recebem pensão e não há alguém para comentar. No caso dos militares existe uma Lei extinguindo os benefícios. agora para professores, enfermeiros e categorias… Read more »

Camargoer
Reply to  sergio ribamar ferreira
15 dias atrás

Olá Segio, Obrigado pela complementação. Pois é. Qualquer pessoa pode pedir sua aposentadoria após 15 anos de contribuição, mas ai será parcial. Para ter uma aposentadoria integral tem que contribuir por muitos anos. Professor de ensino superior tem que contribuir o mesmo tempo que os trabalhadores do setor privado mas com desconto de 14% (não 9% como no INSS) e sem FGTS.

Wilton Santos
Wilton Santos
15 dias atrás

O Brasil investe mais em defesa do que Israel e mesmo assim não tem dinheiro! Parece piada!

Hélio
Hélio
Reply to  Wilton Santos
15 dias atrás

Israel é sustentando pelo tesouro americano.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Hélio
15 dias atrás

Israel é sustentado pelo trabalho sério dos seus governantes, que levam a sério a defesa de sua nação, do contrário os muçulmanos jogam eles no mar.

Hélio
Hélio
Reply to  Diego Tarses Cardoso
15 dias atrás

Israel não tem a mínima condição de se manter sozinho, por isso arrancam os cabelos quando existe qualquer discussão sobre os bilhões que recebem dos EUA. Israel é um anão econômico e um país corrupto, não adianta virar exaltando aquele país.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Hélio
15 dias atrás

Recebe menos de 3 bilhões dos americanos e o Egito também. Ao passo que investe do próprio tesouro em média 15 bilhões. Então não, não é sustentado pelo tesouro americano. Eles são praticamente autossuficientes em agricultura, tem inúmeras patentes e empresas de alta tecnologia, estão na vanguarda de diversas tecnologias, como a médica, de minerais, militares etc. Por qualquer indicador econômico não é anão econômico, se mantém sozinho com o dinheiro de seu povo, os que vivem lá e os que vivem fora e investem lá dentro. Corrupção tem em todo lugar, e a de Israel pelos indicadores não é… Read more »

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Hélio
13 dias atrás

E compra equipamentos alemães e é subsidiado pelo povo e governo alemão.

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
15 dias atrás

Só faltou assumir que os recursos que não são poucos e maiores que muitas forças mais bem equipadas não é empregado de forma adequada! Não adianta falar o que deve ser feito sem corrigir os gritantes erros atuais seja na administração como na estrutura das forças!

sj1
sj1
Reply to  Jefferson Ferreira
15 dias atrás

Nas velhas solteiras e nas aposentadorias precoces e polpudas ele não toca.

USS Independence
15 dias atrás

Todos os governantes do mundo falam grosso quando o assunto é soberania nacional. Todos são admirados pela postura altiva e patriótica ou nacionalista quando defendem seus territórios. Acusam Bolsonaro de ser um cachorrinho de estimação do Trump e de o Brasil ser uma prostituta dos Estados Unidos. Que temos tudo a perder com as relações bilaterais entre Brasil e EUA. Um suposto novo Presidente americano é “eleito” e já vinha falando que imporia restrições e sanções comerciais ao Brasil por conta da Amazônia. Disse que criaria uma coalização mundial contra o Brasil, que a internacionalização seria talvez uma medida possível… Read more »

Zé Quinudo
Zé Quinudo
15 dias atrás

Comédia! Pensa: Não quero saber de política ou economia, nada disso! Só quero mais dinheiro, mais, mais, mais.. não me interessa como, só dê-me mais! Parece um filhotão que pensa que o biscoito nasce dentro do pote.

RENAN
RENAN
15 dias atrás

general Edson Leal Pujol, a solução é uma lei de responsabilidade fiscal onde o ministro da defesa não gaste mais de 50% do orçamento da defesa com pessoal (ativos, reserva, pensionista, isso incluindo todas as regalias)
Então com 50 bilhões no caixa por ano vc gasta 15 em custeio e 35 em modernização e aquisição.
Simples assim

Vai lá no senado e procura a petição eu fiz uma com este tema

sergio ribamar ferreira
Reply to  RENAN
15 dias atrás

Concordo com o Sr. Renan No Judiciário deveria existir isso também . Inclusive eliminando todos os benefícios. Infelizmente a Lei deveria ser para todos e não é.

RENAN
RENAN
Reply to  sergio ribamar ferreira
15 dias atrás

Então as cidades tem uma legislação que é de responsabilidade dos prefeitos, o estado eu não sei, o Brasil tem uma que é de responsabilidade do presidente. Mas o judiciário e o ministério da defesa é uma teta para milhares mamar sem dó. Tem uma petição publica para isto tem que assinar lá e tentar aprovar a lei. Não é justo com 200 milhões de habitantes deixar o Brasil desprotegido por falta de equipamentos militares de relevância tecnológica. O povo faz sua parte e contribui com 100 bilhões por ano para pagar por armas. E recebemos um monte de sucata… Read more »

Ted
Ted
Reply to  RENAN
12 dias atrás

Já que os militares não devem se meter em política. Este senhor deveria ficar com a boca fechada. Só que a mosca já entrou. Será jubilado.

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
15 dias atrás

Quem precisa de militar que só sabe assunto militar? Já não ficou claro que especialização é desculpa de medíocre? Em vez de querer uma EnGeProM pra entrar no circuito do capitalismo financeiro, que tal gastar alguns ATPs e HPs traçando planos de infraestrutura pra ocupação civil da amazônia brasileira? O corpo de engenheiros, cuja história é de colaboração com o progresso nacional, deve ter algo a dizer. Nos EUA, a navegação comercial nos grandes rios e lagos só foi possível pela atuação do corpo de engenheiros na construção de eclusas. Isso é fazer guerra ou fazer desenvolvimento, que é um… Read more »

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Alex Barreto Cypriano
15 dias atrás

Isso é coisa para ministério de desenvolvimento, militar é para guerra e pronto. Ponte e estrada é com Denatram, não forças armadas.
Quer segurança pública, o trabalho é das polícias, não das forças armadas.
O pessoal acha que militar tem que fazer tudo, mas não cobra quem deveria fazer.

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
Reply to  Diego Tarses Cardoso
15 dias atrás

Br -163.
A engenharia militar ajudando o agronegócio exportador. Mas assim o Brasil não avança em desenvolvimento, marca passo no que já existe sem mobilizar as riquezas do território inexplorado.

Hélio
Hélio
Reply to  Alex Barreto Cypriano
15 dias atrás

E por acaso a função do exército é ajudar fazendeiro a ficar mais rico? Só o seu exemplo já mostra a besteira que é empregar os militares para funções políticas, porque isso é pura e simplesmente política, país algum avança com agronegócio, mas o agronegócio é o maior financiador de políticos, então se usa os militares para lhe fazer favores e o gado aplaude.

sergio ribamar ferreira
Reply to  Hélio
15 dias atrás

Concordo com o Sr. Hélio

Satyricon
Satyricon
Reply to  Hélio
15 dias atrás

Hélio, não é tão simples.
O principal avanço, no caso da BR-163, é a integração do território. O oeste do Pará tem pequeno vilarejos (muitos pertencentes ao terceiro maior município do planeta em extensão territorial, Altamira) e poucas cidades, mas nada de infraestrutura, nem um hospital descente. O pessoal de Trairão dizia que antigamente eram 2 dias de viagem até chegar em Cuiabá para atendimento, em caso de emergência. Isso em tempo seco, porque na chuva é intransitável.
O Brasil possui porções gigantescas de seu território inacessíveis. Isso é inconcebível.