domingo, fevereiro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Saab recebe encomenda de Carl-Gustaf M4 da Noruega

Destaques

EUA e aliados constroem cadeia de suprimentos de tecnologia ‘livre da China’

Biden assinará ordem presidencial para reforçar as indústrias de chips, baterias e terras raras WASHINGTON/TAIPEI – O presidente dos EUA,...

Uma Força Terrestre à altura dos desafios atuais

General de Exército José Luiz Dias Freitas A dinâmica das relações internacionais e das interações sociais, neste primeiro quartil do...

Tropa paraquedista retorna ao Brasil após exercício nos EUA

Rio de Janeiro (RJ) – No dia 22 de fevereiro, foi realizada no Campo do 26º Batalhão de Infantaria...
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A Saab e as Forças Armadas da Noruega assinaram um contrato para o fornecimento da arma de ombro portátil multifuncional Carl-Gustaf M4. A encomenda prevê entregas a partir de 2021.

O acordo firmado entre as duas partes permite ao cliente norueguês fazer encomendas de Carl-Gustaf M4, equipamento associado e para treinamento durante 7 anos. As forças armadas norueguesas utilizam o sistema Carl-Gustaf M2 desde o início dos anos 70, sendo que, hoje em dia, além desta, o país também utiliza a versão M3.

“Damos as boas-vindas ao mais recente utilizador do Carl-Gustaf M4. É uma grande realização continuar a apoiar as forças armadas norueguesas, desta vez com a última versão do Carl-Gustaf”, diz Görgen Johansson, head da área de negócios Dynamics da Saab.

O Carl-Gustaf M4 é a versão mais recente do sistema de armas de ombro portátil multifuncional, que proporciona aos seus usuários uma vasta gama de opções de engajamento para que as tropas permaneçam ágeis e eficazes em qualquer situação. Isso porque o equipamento baseia-se nas capacidades formidáveis do sistema, que oferece um maior grau de precisão, construção mais leve e compatibilidade com futuras inovações. O M4 é também compatível com sistemas de mira inteligentes e futuros desenvolvimentos tecnológicos, tais como munições programáveis. Desde o seu lançamento em 2014, a Saab já assinou contratos com catorze nações diferentes para o Carl-Gustaf M4.

Carl-Gustaf M4

DIVULGAÇÃO: Saab / Publicis Consultants

- Advertisement -

9 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Qual o padrão do Carl-Gustaf que usamos no EB? Os Fuzileiros também usam?

Alfa BR
Alfa BR
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

A versão M3.

Os Navais não usam (deveriam).

Tomcat
Tomcat
1 mês atrás

Qual a diferença entre ele e o AT-4?

Bosco
Bosco
Reply to  Tomcat
1 mês atrás

Toncat,
A diferença é que o AT-4 é um sistema de uso único, descartável (6,7 kg) enquanto o CG é um canhão sem recuo reutilizável.
O AT-4 M3 que o EB adota pesa 10 kg enquanto a granada HEAT mais comum pesa 3,2 kg, somando 12,2 kg.
Ambas têm 84 mm de diâmetro.
*Em tese a AT-4 parece melhor por conta de ser mais leve, mas se computarmos 4 tiros de AT-4 seria cerca de 26 kg (4 x 6,7) enquanto o CG seria 23 kg (10 + 4 x 3,2)

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Bosco
1 mês atrás

E outra coisa temos uma versão produzida localmente do AT-4!

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Epa! Fiz confusão.
“O AT-4 M3 que o EB adota pesa 10 kg enquanto a granada HEAT mais comum pesa 3,2 kg, somando 12,2 kg.”
Quis dizer: “O Carl Gustaf M3 que o EB adota pesa 10 kg enquanto a granada HEAT mais comum pesa 3,2 kg, somando 12,2 kg.”
Perdão!!

Agnelo
Agnelo
Reply to  Tomcat
1 mês atrás

Boa noite Tomcat Além do q o Bosco disse. O AT-4 tem o alcance útil “pequeno”. Se não me falha a memória, o alcance útil é de 300m. Se utiliza o AT-4 no nível Pelotão. Cada pelotão tem 1 AT-4 por esquadra (o q o Cabo comanda). São 6 AT-4 então. Grosso modo, ele praticamente é de uso emergencial, ou seja, o Bld tem de passar pelos Bld, pelos Mísseis AC do Btl e pelo Carl Gustaf da Cia pra chegar no AT-4 do Pelotão. Sua munição é de um tipo só, para penetrar Bld. Pode ser utilizado em outros… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Agnelo, Apesar do CG M3 ser de metal e reutilizável e em tese ser capaz de resistir a maiores pressões e portanto ser capaz de impulsionar uma granada mais longe fato é que por conta do sistema CSR ele limita essa pressão a não muito mais do que a que suporta o descartável AT-4. O maior alcance de algumas granadas do CG se deve a um motor foguete acionado após o lançamento e não propriamente à uma maior velocidade inicial. Existe também no sistema AT-4 uma opção de granada de grande alcance (1 km) com reforço de foguete , com… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Show
Valeu, camarada!

- Advertisement -

Guerras Modernas

Armênia, Azerbaijão e Rússia fecham um acordo para acabar com o conflito de Nagorno-Karabakh

YEREVAN/BAKU (ARMENIA/AZERBAIJÃO) — Armênia, Azerbaijão e Rússia disseram que assinaram um acordo para encerrar o conflito militar na região...
- Advertisement -
- Advertisement -