domingo, novembro 27, 2022

Saab RBS 70NG

Tanque anfíbio leve russo Sprut-SDM1 entrará em serviço em 2023

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O tanque anfíbio leve Sprut-SDM1 foi testado em vários locais, inclusive no Mar Negro

Em 2023, as Forças Aerotransportadas Russas receberão o tanque anfíbio leve Sprut-SDM1, único em termos de capacidade de combate. O poder de fogo do novo veículo russo não é inferior ao dos tanques de batalha principais, enquanto seu peso é de apenas 18 toneladas, segundo reportagem da RIA Novosti.

O “Octopus” está equipado com um canhão de 125 mm com munição guiada e pode destruir com eficácia qualquer alvo blindado, bem como fortificações, ao contrário de outros veículos blindados aerotransportados e anfíbios.

Os testes estatais do mais novo tanque leve russo estão programados para serem concluídos até o final de 2022.

- Advertisement -

82 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

82 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 ano atrás

Um tanque leve e bem armado! Deve usar proteção ativa para minimizar os riscos!

Bardini
Reply to  Fabio Araujo
1 ano atrás

Não tem nada disso aí nas imagens…

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
Reply to  Fabio Araujo
1 ano atrás

Por ser leve eu não acredito que o objetivo seja enfrentar outros MBTs.
Acho que o objetivo deve ser meter o terror em qualquer coisa abaixo disso.

Edimur
Edimur
1 ano atrás

Mais poder de fogo que nosso Leo, muito triste isso cada dia estamos mais atrasados ai me vem alguém falar que somos bem treinados .

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  Edimur
1 ano atrás

O Exercito vai se modernizar e teremos bons e adequados equipamentos para a nossa realidade, pode esperar colega

Last edited 1 ano atrás by Entusiasta Militar
Ivo
Ivo
Reply to  Entusiasta Militar
1 ano atrás

Pois é, somos mesmo o país do futuro. Tudo é vamos fazer, vamos comprar, vamos produzir…….. E esse futuro que nunca chega

Koprowski
Koprowski
Reply to  Ivo
1 ano atrás

…enquanto isto: estudo, estudo, estudo…sobre isso, aquilo…

MMerlin
MMerlin
Reply to  Koprowski
1 ano atrás

Para tentar ainda tornar o Leo1 competitivo tem que estudar muito mesmo. Com riscos ainda de não conseguir…

Ramon
Ramon
Reply to  Entusiasta Militar
1 ano atrás

Muitos dos integrantes mais velhos desse fórum deviam pensar assim na década de 80,90 quando programas com o fx ou do submarino nuclear começaram, uma pessoa de 20 na década de 80 que viu o anúncio desses projetos estão com 60 anos hj e muita coisa não mudou, o mesmo fuzil que os país de muitos aqui usaram estão sendo usados por seus filhos, agora quando me falam que as forças armadas vão se atualizar acredito só vendo.

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  Ramon
1 ano atrás

Eu sou de 70 e comecei a me interessar por assuntos militares com as cartas do super trunfo kkk
Mas as vezes é frustrante pensamos no tempo que se leva para ver os projetos prontos no Brasil com poucos recursos

Salim
Salim
Reply to  Entusiasta Militar
1 ano atrás

Gastamos usd 25 bi ano com forças armadas, entre os dez maiores gastos mundo. Não falta recurso, ou e muita incompetência ou corrupção sistêmica e descaradada mesmo.

Formiga
Formiga
Reply to  Salim
1 ano atrás

E tem uns loucos que querem a volta dos militares (mais ainda do que temos lá) teríamos projeto de vacina para 2040. Enquanto todo mundo está comprando todo tipo de vacina (EUA comprou tudo que poderia ser produzido), os nossos brilhantes militares no MS disseram que só iriam começar a comprar depois que elas tivessem com eficácia comprovada. Mas compraram/fecharam com a da Astra que na época era a mais adiantada. Resultado: Vacina com problemas de entrega (para a Europa reduziram pela metade a previsão. Para o Brasil veio um lote de 2mi a forceps da Índia. Baixa eficácia em… Read more »

Wagner
Wagner
Reply to  Entusiasta Militar
1 ano atrás

Pode esperar sim. Sentado.

Alfa BR
Alfa BR
Reply to  Edimur
1 ano atrás

E bem menos protegido que nossos Leo…

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Alfa BR
1 ano atrás

Não sei não… o Leopard 1 não é conhecido pela sua blindagem…

Não é difícil superar ela usando uma blindagem reativa moderna

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Victor Filipe
1 ano atrás

Os dois, se concentram em poder de fogo e mobilidade, como o Sprut é aerotransportado e anfíbio é de se supor que sua blindagem seja bem fina, e desconheço se ele está preparado para receber blindagem reativa, visto que isso pode comprometer sua capacidade anfíbia.

De qualquer jeito ambos são incapazes de sobreviver ao tiro de um 30mm basicamente.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Edimur
1 ano atrás

Relaxa que os militares vão fazer mais umas 10 “modernizações” nos carros nas próximas décadas até que resolvam comprar novos MBTs lá para 2060.

João Augusto
João Augusto
Reply to  Edimur
1 ano atrás

O importante é não faltar chiclete.

Wagner
Wagner
Reply to  João Augusto
1 ano atrás

E não se esqueça da alfafa.

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
1 ano atrás

Vejamos, se é Russo significa que é um excelente equipamento …
Mas, chama atenção essa tenência que surge de usar tanques leve/médio mais baratos e em maior numero, apoiando tanques principais pesados

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  Entusiasta Militar
1 ano atrás

O poder de fogo das armas antitanques que estão mais leves, poderosas e numerosas termina diminuindo a diferença entre as proteções dos tanques médios e pesados. E agora com a capacidade de colocar os mesmos canhões dos tanques pesados nos tanques médios aumentou ainda mais a atração pelos médios!

Bardini
Reply to  Entusiasta Militar
1 ano atrás

Isso aí é um blindado feito para as tropas aerotransportadas. Tu queria o que, os paraquedistas lançando blindado com peso de T-90?
.
A tedencia que existe é o pessoal comparar banana com laranja…

Last edited 1 ano atrás by Bardini
carvalho2008
carvalho2008
Reply to  Bardini
1 ano atrás

calma moço….

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  Bardini
1 ano atrás

Bardini, calma moço ….

Acho que o Sr não entendeu …
Como relação ao Blindado Anfíbio, eu disse ser um Excelente equipamento por ser russo e mantenho isso,
E quanto ao restante do meu comentário, tratava-se de uma outra situação ja me referindo ao uso de carros de combate leve/médios em detrimento a carros de combate pesado
Espero ter sido claro desta vez para facilitar o entendimento

Teropode
Reply to  Entusiasta Militar
1 ano atrás

Por ser russo já é garantia de excelência ? Menos babação , seus tanques foram trucidados no Iraque , no Egito , na Síria , na Armênia . Não passam de alvos fumacentos e desconfortáveis , opinião de mãe não vale !

Hélio
Hélio
Reply to  Teropode
1 ano atrás

Foram? Avise os iraquianos que trocaram seus Abrams (levados a quase extinção) por T90 e estão felizes da vida. Os russos tem imensa expertise em blindados, assim como os alemães.

Teropode
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Não fale besteira , os Abrans estão sendo trocados por questões políticas e pela dificuldade iraquiana na manutenção , os caras estão tomando uma surra do F16 , por isso optam por coisas mais rústicas .

Hélio
Hélio
Reply to  Teropode
1 ano atrás

Não, estão sendo trocados por causa do desemprenho que tiveram em combate. A maioria foi destruída pelo ISIS.

José
José
Reply to  Teropode
1 ano atrás

Seu nome demonstra seu QI
rsrsrs…

Teropode
Reply to  José
1 ano atrás

Ficou magoado por ler umas verdades ? Então volte para o parquinho de alucinados .

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Bardini
1 ano atrás

toma um calmante aí

José
José
Reply to  Bardini
1 ano atrás

Tá nervoso? Vai pescar
rsrsrs

Guacamole
Guacamole
1 ano atrás

Que louco.
Aquele canhão parece longo demais e as lagartas, estreitas demais e mesmo assim funciona.
Vá lá entender. Nunca fui bom em física…

Teropode
Reply to  Guacamole
1 ano atrás

No primeiro conflito real eles mudam toda caga**, fizeram isto com seus helis de combate Mi 28 e K52 , estavam sofrendo com as fundas do ISIs , sensores térmicos cegavam os pilotos a noite , falta de efetividade das miras óticas , munições inadequadas , calor excessivo nas cabines , a lista é enorme , olha que nem vou citar as táticas da segunda guerra usadas pelo SU25 , sofrível e péssimo de mira .

Last edited 1 ano atrás by Teropode
Hélio
Hélio
Reply to  Teropode
1 ano atrás

Parece que alguém esqueceu o gardenal.

Teropode
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Não cara , é vc que se acostumou com lorotas e a lavagem cerebral te reduziu a uma planária …..relaxe e leia só os comentários que te fazem feliz , o ópio do abestado é a mentira dita várias vezes ……

José
José
Reply to  Teropode
1 ano atrás

Além do Gardenal seria bom complementar seu tratamento com Rivotril e terapia.

Luuz dias
Luuz dias
1 ano atrás

Devagarzinho mais de forma eficiente nossas armadas estão sendo modernizados acredito que a bola da vez é o exército que deve comprar bons Veiculos 8×8 … helicópteros super cobra via FSM, OV22 Osprey e Boeing’s Ch47 chinook, sistema anti aéreo de média e alta altitude , mais Astros2020 e modernizar os leopards 1a5 , claro que eu gostaria de compradems leopards 2a6 ou 3 modernos mas quem sabe né

Last edited 1 ano atrás by Luuz dias
Wagner
Wagner
Reply to  Luuz dias
1 ano atrás

Devagar não é eficiente.

Pedro
Pedro
1 ano atrás

Esse sim foi uma novela mexicana! Faz 15 anos que estao nessa de aprovar ou nao esse excelente veiculo e enfim, o fizeram. Meses atras vimos uma reportagem sobre os EUA quererem tanques “leves” de absurdas 35t e agora eis um com metade disso, poder de fogo mais forte e ainda anfibio! Se nao me engano a plataforma dele é a mesma do BMD-4 ou seja, nao devera ser nada complicado de operar e manter.

JS666
JS666
1 ano atrás

Amigos, do alto da minha leiguice, pergunto se seria proveitoso operar tanques leves anfíbios na Amazônia e/ou região norte em geral?

Bardini
Reply to  JS666
1 ano atrás

Seria “proveitoso” ter esse blindado equipando nossa força paraquedista, assim como se faz na Rússia, onde eles tem capacidade de reação rápida aliada a poder de choque.
.
Mas na realidade, male e mal se tem um 4×4 para os paraquedistas daqui. Imagine então blindado, como na Rússia…

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  Bardini
1 ano atrás

eu gosto deste Sprut, muito pratico…mas imaginava já estivesse em operação a anos….

é um blindado feito para dar tiro…não para levar tiro….mas muito interessante para força aerotransportada e anfibia…

Bardini
Reply to  carvalho2008
1 ano atrás

Eu gosto de todo o conceito de força aerotransportada dos russos.
.
Os blindados são interessantes. Mas a estrutura deles é mais.
.comment image
.
O Sprut SD é diferente desse Sprut SDM1 da matéria. Eles deram um bom “tapa” no projeto do Sprut…

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  JS666
1 ano atrás

Se lá tivesse areas estensas sem arvores sim. Do contrário, vão ficar do mesmo jeito que MBT pesados, expostos a artilharia e aviação, em uma imensa fila indiana, numa estrada com arvores de um lado e do outro.

Teropode
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
1 ano atrás

No primeiro lamaçal ele atola até a torre , esqueçam , isto é feito para áreas de solo firme , a Rússia vende até a m** e sempre haverá um ditador disposto a comprar estes trastes , para a Amazônia uma força de helicópteros é mais indicada , Chinooks e AH1 da Bell .

Hélio
Hélio
Reply to  Teropode
1 ano atrás

Meu Deus, como você é chato.

Teropode
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Como vc é mané , falo porque vivi esta realidade .

Hélio
Hélio
Reply to  Teropode
1 ano atrás

Que realidade, gordinho? Ficar escrevendo besteira na internet é realidade de quê?

José
José
Reply to  Teropode
1 ano atrás

Rivotril!
Se continuar assim vou mandar te internar.
E para de surrupiar o Wifi do vizinho!

Hélio
Hélio
Reply to  JS666
1 ano atrás

Pra acertar o quê?

Teropode
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Palmeiras Açaí .

João Adaime
João Adaime
1 ano atrás

Excelente conceito. Deve ser uma variante aperfeiçoada dos BMDs. A notícia não fala se estes também podem ser lançados de paraquedas, capacidade própria dos BMDs (Veículo de Combate dos Paraquedistas).
Inclusive o BMD era lançado com os soldados dentro, anfíbio, com propulsão de jato d’água.
O Sprut, leve e 125mm, também é ideal para os fuzileiros, além de poder fazer a função anti-tanque.
Aproveitando o assunto, nossos paraquedistas poderiam usar uma versão 4 X 4 tipo Panhard que possa ser lançada junto. Daria uma capacidade expedicionária acima da média a nossos soldados.

willhorv
willhorv
1 ano atrás

É aquela doutrina…vários tanques em investida rápida. Se estes verem primeiro, podem ter êxito e abater seus inimigos, mesmo sendo MBTs modernos…..mas se for visto antes por qualquer coisa, já era.
Acho que pesando 18 Ton…um bushmaster 30mm fura ele não fura?

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  willhorv
1 ano atrás

Provavelmente.

Teropode
Reply to  willhorv
1 ano atrás

Drones Harops fritam estes jabutis , isto mal mal tem utilidade no grande planalto tibetano .

José
José
Reply to  Teropode
1 ano atrás

Rivotril!
Melhora o linguajar também.
E para de surrupiar o Wifi do vizinho

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 ano atrás

Sigo defendendo o CV90/120 não só para o CFN, como para o EB. Como o brother Bardini falou aí em cima, cairia como luva na nossa força paraquedista. Como ele pesa 35 tons, dá para levar num Kc 390 tranquilo.

Bardini
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Eu não falei absolutamente nada envolvendo ter um CV90120 nos paraquedistas. Mas que viagem! . “Como ele pesa 35 tons, dá para levar num Kc 390 tranquilo.” . Não dá nem pra levar essa quantia de peso concentrado no C390, imagine querer lançar isso aí via paraquedas, como no caso do blindado russo. . O blindado russo foi projetado para ser lançado. É leve e compacto e atua dentro de uma estrutura militar de reação rápida muito interessante. Eu acho que seria fenomenal ter algo nessa linha dos russos aqui, só que NUNCA vai acontecer. E CV90120 nos paraquedistas… É… Read more »

Last edited 1 ano atrás by Bardini
Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Bardini
1 ano atrás

Falei no sentido de ter um MBT leve na força paraquedista, não que fosse exatamente o CV90/120.

Aqui diz que a capacidade máxima do Kc é 81.000 kgs, a menos que eu esteja vendo a capacidade errada, e ai eu aceito um esclarecimento sobre, logo é possível que um blindado de 35 tons seja levado no Kc.

Bardini
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

“a menos que eu esteja vendo a capacidade errada”
.
Está. E como está…

Last edited 1 ano atrás by Bardini
João Adaime
João Adaime
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Caro Defensor da Liberdade
Esta capacidade máxima considera o peso da aeronave, com os tanques de combustível completamente cheios e mais a carga útil, que é de até 26.000 kg. Portanto, qualquer objeto a ser transportado deve pesar, no máximo, 26.000 kg.
Além disso, o objeto precisa ser menor do que as dimensões máximas do compartimento de carga, que é de 18,54 m de comprimento, 3,20 m de altura e 3,45 m de largura.
Abraço

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  João Adaime
1 ano atrás

Entendido muito obrigado!

Flanker
Flanker
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

81 ton é o peso total da aeronave carregada. Capacidade de carga máxima do 390 é de 26 ton. 81 ton de carga nem C-17 carrega.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Flanker
1 ano atrás

Compreendido, vlw fiote.

Bosco
Bosco
Reply to  Flanker
1 ano atrás

Com a carga máxima (26 t) o KC-390 só teria cerca de 4 t de combustível das 18,5 t possíveis. Após decolar ele poderia ser reabastecido em voo e aí poderia exceder o MTOW de 81 t.

Carlos Augusto Erthal Neto
Carlos Augusto Erthal Neto
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

81 toneladas é o peso maximo em decolagem. A mais pesada carga concentrada é de 26 toneladas, com um alcance realtivamente pequeno. Um blindado anfibio e bem armado de 18 toneladas poderia sim ser uma bela opção para uma tropa de ação rápida.

Samuel Castro
Samuel Castro
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Se pesa 35 tons, não “cabe” no C390.

Tomcat4,2
Reply to  Samuel Castro
1 ano atrás

Caber pode até “caber” ,apenas o KC-390 que não vai decolar devido as 9 t a mais que sua carga máxima de 26t.

Teropode
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Besteira , forças de paraquedistas com blindados si tem utilidade em intervenções externas ou nas favelas do RJ , o EB não precisa disto , no momento.

Gabriel BR
Gabriel BR
1 ano atrás

Show

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
1 ano atrás

Faltou revelar o peso…

Rui Chapéu
Rui Chapéu
1 ano atrás

Off-

Porque não se pode comentar no post anterior das tropas britanicas no Mali??

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Rui Chapéu
1 ano atrás

É fácil adivinhar que, se você abrir os comentários lá, não haverá um único comentário sobre o tópico das muitas dezenas que aparecerão.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Evgeniy (RF).
1 ano atrás

Não está aparecendo o local/botões para comentar. Algum erro lá.

smichtt
smichtt
Reply to  Evgeniy (RF).
1 ano atrás

Off topic: Poderia me tirar uma dúvida? O sobrenome russo, por exemplo, Balashova, indica que a pessoa é do sexo feminino e da família Balash, correto? E quando as mulheres se casam, elas adquirem o sobrenome do marido como acontece aqui? Obrigado.

ScudB
ScudB
Reply to  smichtt
1 ano atrás

Se for Balashova então o pai dela é Balashov.
Se ela casar pode manter o seu sobrenome , mudar para sobrenome do marido ou acrescentar sobrenome dele depois digito : Balshova-Smichtt , por exemplo.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  smichtt
1 ano atrás

Bem, se o sobrenome de uma mulher no nascimento é Balashova, no gênero masculino, esse sobrenome soará Balashov. Isso é de um marido, de um pai, de um irmão.
Se falarmos pelo nome Balash. Que tal sobrenome não está inclinado de forma alguma, seja para um homem ou para uma mulher.
Naturalmente, quando uma garota é oficialmente casada, ela geralmente usa o sobrenome do marido. Embora isso seja opcional. Às vezes, o próprio marido pode usar o sobrenome da esposa. Acontece as vezes.

Isso se eu entendi a pergunta corretamente.

José
José
1 ano atrás

Um IL-76 pode transportar 2 destes e realizar o lançamento aéreo?

Leandro Costa
Leandro Costa
1 ano atrás

Resolveram repaginar os PT-76? Provavelmente vai ser tão bom quanto…

Alessandro
Alessandro
1 ano atrás

Seria perfeito para nosso Corpo de Fuzileiros Navais.

GILBERT
GILBERT
1 ano atrás

O único lugar que eu vejo para usar esse tanque é no Corpo de Fuzileiros Navais como substituto do SK-105 mas ainda é cedo para analisar esses blindado e de quebra ainda tem que ver se a MB veria isso com bons olhos ou ela já esta interessada em outro veículo

Últimas Notícias

Imagens de uma guerra: míssil anticarro erra o alvo por pouco

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um ATGM russo passando sobre um carro de combate ucraniano. A...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -