domingo, setembro 25, 2022

Saab RBS 70NG

Tropas britânicas no Mali são comandadas por um oficial chinês

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br
Um veículo coiote da Força-Tarefa do Exército Britânico, em patrulha no Mali

As tropas britânicas estão sendo comandadas por um oficial chinês pela primeira vez

Os 300 soldados britânicos destacados para conter a violência islâmica no Mali trabalharão sob o comando de um comandante do setor chinês como parte da força das Nações Unidas (ONU).

O tenente-coronel Tom Robinson, oficial comandante dos Dragões Ligeiros, disse que os militares chineses forneceram um hospital para a missão da ONU e eram responsáveis ​​por proteger o campo que abriga as tropas britânicas.

“Eu trabalho para um brigadeiro chinês que é o comandante do setor”, disse o tenente-coronel Robinson.

“Ele é um profissional com quem gosto muito de trabalhar.”

Acredita-se que seja a primeira vez que as forças britânicas estão sob o comando de um oficial chinês, embora a Marinha Real tenha trabalhado ao lado da Marinha chinesa em operações de contra-pirataria no chifre da África.

A notícia chega no momento em que a tensão entre a Grã-Bretanha e a China, após abusos dos direitos humanos em Hong Kong, agressivas reivindicações de soberania chinesa no Indo-Pacífico e questões sobre a origem da pandemia Covid-19, azedaram as relações entre Londres e Pequim.

- Advertisement -

Últimas Notícias

Estados Unidos trabalham no fornecimento de tanques de origem soviética para a Ucrânia

O conselheiro de segurança nacional dos EUA, Jake Sullivan, disse que o governo do presidente americano Joe Biden continua...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -