terça-feira, setembro 21, 2021

Saab RBS 70NG

OPINIÃO DO LEITOR: Mudança de Local da Escola de Sargentos das Armas – ESA

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Por Ronivaldo Silva Cerqueira – Subtenente do Exército Brasileiro

Sobre a escolha do novo local para a escola de sargentos, após ter servido na EsSA, em Três Corações por 11 anos, chego às seguintes conclusões:

1- A unificação da formação dos sargentos, de fato é necessária;

2- O novo local deveria estar situado em uma região mais central do país, com malha viária extensa, meios de transporte adequados (rodoviária, aeroporto, gare, etc.) e próximo a um grande/médio centro urbano;

3- O novo local deveria ter a possibilidade de proporcionar dois campos de instrução, sendo o menor mais próximo da Escola e o outro, de grande porte, mais afastado, de forma que possa suportar os tiros de artilharia e de carros de combate;

4- A escola deve situar-se próxima a um curso d’água volumoso, por conta da captação de água a ser consumida, bem como das instruções para o curso da Arma de Engenharia;

5- O clima interfere na continuidade das instruções, uma vez que o Exército tem grande preocupação com a segurança dos homens e mulheres que compõem o corpo discente;

6- Deve haver a preocupação com a construção de Próprios Nacionais Residenciais suficientes, a fim de não inflacionar a especulação imobiliária do local e de hospital/posto médico que possa atender à família militar;

Nesse contexto, Juiz de Fora e Goiânia seriam fortes candidatas para abrigar o estabelecimento de ensino, se estivessem entre as cidades finalistas. Cabe salientar que, a EsSA deixaria de existir, pois a nova escola também abrigaria as qualificações logísticas e de música.

Três Corações sairia ganhando, pois abrigaria os cursos de aperfeiçoamento de sargentos, de adjunto de comando e de habilitação ao quadro auxiliar de oficiais, compostos por alunos com mais de dez anos de carreira, com maior poder aquisitivo e acompanhados pelas respectivas famílias.

NOTA DA REDAÇÃO: Os leitores que tiverem textos de opinião sobre os temas abordados no Forças Terrestres e quiserem vê-los publicados no site, podem enviá-los para os editores no e-mail redacao@fordefesa.com.br.

- Advertisement -

42 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
42 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Henrique
Henrique
5 meses atrás

Se o EB optasse por um efetivos de praças profissionais nem seria necessário uma escola assim. Poderia ter um exame de admissão exigente e conclusão de ensino médio obrigatório e já teria um corpo de praças muito melhor, daí poderia promover de acordo com o tempo, disponibilidade e mérito.

Flanker
Flanker
5 meses atrás

A questão da localização central do país seria por qual motivo, visto ser uma Unidade Escola?

Doug385
Reply to  Flanker
5 meses atrás

Também não vejo sentido nisso.

Ted
Ted
Reply to  Doug385
5 meses atrás

E por qual razão colocar na fronteira com a Argentina? Será que os ermanos vão estudar nela?

Flanker
Flanker
Reply to  Ted
5 meses atrás

Santa Maria é na fronteira com os Hermanos?

Ted
Ted
Reply to  Flanker
5 meses atrás

Tem mapa aí na sua casa?

Flanker
Flanker
Reply to  Ted
5 meses atrás

Criatura, eu sou santamariense e moro em Santa Maria. Ficamos a 400 km da Argentina e a 250 km do Uruguai. Fronteira com a Argentina é Uruguaiana, Itaqui, São Borja, Porto Xavier, Porto Vera Cruz, Porto Mauá…..com o Uruguai é Jaguarão, Aceguá, Santana do Livramento, Quaraí, Barra do Quaraí, etc….

Ted
Ted
Reply to  Flanker
5 meses atrás

Os Hermano conhecemos. Mas os ermanos que levarão todos os AMX pra Santa Maria e os bandeirulhas de Florianópolis para canos , fora quase todos os blindados e artilharia para seu território. Cara o que tá rolando? Se for separatismo devolve o que é do povo brasileiro. Brasil não é a Ucrânia.

Flanker
Flanker
Reply to  Ted
5 meses atrás

Hermano? Ermanos? Levarão? Canos? Primeiro aprende a escrever…..Os A-1, na “fantástica” quantidade de 14 exemplares modernizados, mal dão para equipar as duas Unidades Aéreas de SM, e tu queria que fossem distribuídos para outras bases ainda? Os P-95M, na também “fantástica” quantidade de 4 exemplares, que equipam o 2º/7º GAV, você queria que permanecessem operando de Florianópolis, mantendo uma Base Aérea funcionando, com toda sua estrutura, para apenas 4 aeronaves? Por favor!!! Já o resto, não vale nem a pena comentar…..separatismo?? Meu Deus….Isso aí é teu argumento?

Last edited 5 meses atrás by Flanker
Ronivaldo
Ronivaldo
Reply to  Doug385
5 meses atrás

Olá, caríssimo Flanker. A posição mais central se deve ao fato de facilidade de acessos, não somente para que o aluno possa ir para outras regiões do país com mais facilidade, mas também para que seus familiares possam chegar facilmente. Cabe ressaltar que a escola não é composta apenas por alunos. Já pensou ter que sair de Santa Maria para visitar um familiar em Manaus? E os estágios (Montanha, Caatinga, Aeromóvel, Pantanal, BOPE) que são realizados pelos alunos? O deslocamento para esses locais vai aumentar.

zézão
zézão
Reply to  Flanker
5 meses atrás

Custos, carácter nacional dos candidatos, proximidade à outras escolas e principais Unidades do E.B.

Flanker
Flanker
Reply to  zézão
5 meses atrás

– Custos serão os mesmos em qualquer lugar;
– Caráter na jornal doa candidatos? O que vc quis dizer com isso?
– Proximidade com outras escolas? Quem vai pra ESA, vai pra ESA….não pra outras escolas;
– principais unidades do EB…..toda Cavalaria Blindada do EB situa-se na região Sul, à exceção do 20⁰ RCB, no MS….toda artilharia de tubo auripropulsada e boa parte da autoridade situa-se na regiao sul.
– Enfim, o que parece é que vc está usando seu sentimento (comentário sobre os gaúchos no outro tópico sobre a localização da ESA) para justificar seu posicionamento.

Welington S.
Welington S.
Reply to  Flanker
5 meses atrás

Tá aí uma coisa que nunca vi fazer sentido. Pra quê manter o poderio bélico na região Sul do país?

RPiletti
RPiletti
Reply to  Welington S.
5 meses atrás

Argentinos… eles com um porrete na mão são uns malas, imagina quando tinham Exocets acertando a RN…

Matheus
Matheus
Reply to  Flanker
5 meses atrás

Mais fácil dos future Sargentos se deslocarem pra lá.
Imagine o garoto que mora no Amapá, que quer fazer o curso, mas não tem condições de bancar uma viagem até o Rio de Janeiro por exemplo.

O ideal seria em Goiás, Tocantins, Minas etc….

Flanker
Flanker
Reply to  Matheus
5 meses atrás

Se o cara mora no Amapá e não consegue ir ao RJ, também não vai conseguir ir aos estados que vc citou. E, se o aluno não tem condições de fazer uma viagem, aí complica, mesmo. Justificativa risível.

Ronivaldo
Ronivaldo
Reply to  Flanker
5 meses atrás

Olá, caríssimo Flanker. A posição mais central se deve ao fato de facilidade de acessos, não somente para que o aluno possa ir para outras regiões do país com mais facilidade, mas também para que seus familiares possam chegar facilmente. Cabe ressaltar que a escola não é composta apenas por alunos. Já pensou ter que sair de Santa Maria para visitar um familiar em Manaus? E os estágios (Montanha, Caatinga, Aeromóvel, Pantanal, BOPE) que são realizados pelos alunos? O deslocamento para esses locais vai aumentar.

zézão
zézão
5 meses atrás

Misturar musico com a formação de combatentes nada tem a ver! Vai pendurar mais encargos na ESA e dispersar foco. Apenas interesses políticos e ideológicos moveriam tal mudança.

Jorge Araújo
Jorge Araújo
Reply to  zézão
5 meses atrás

Concordo !!
EsSA tem q ser pra Combatentes e Apoio ao
Combate.
Músicos (???).
Tem q ser pelo Antigo Quadro Especial (Motoristas, Cozinheiros, Barbeiros, etc.).
Ou Então como Sargentos Temporários.

Bille
Bille
Reply to  zézão
5 meses atrás

Forças armadas com músicos… alguma vez já deve ter sido necessário. Tá aí mais um quadro a ser extinto, ou transformado em temporário em definitivo.
Da mesma forma os quadros de saúde: hoje em dia deveria se repensar a estrutura de saúde nas F.A. A quantidade de hospitais, a terceirização, planos de saúde coletivos, etc, no mínimo um estudo sério sobre esse assunto.

Francisco
Francisco
5 meses atrás

Goiânia e o melhor local

Flanker
Flanker
Reply to  Francisco
5 meses atrás

Goiás, Tocantins, Minas Gerais, Rio de Janeiro, etc…..não estão nessa disputa. Esse tópico não é para discutir ou sugerir lugares para a instalação da ESA, pois só existem 3 estados na disputa, cobforme o próprio EB: RS, PR e PE.

Ted
Ted
Reply to  Francisco
5 meses atrás

PE e RS estão fora, muito extremo no país. Goiânia tem as melhores condições, e na última fase de instrução poderia ter estágio obrigatório na brigada de forças especiais. Com a mudança de comando é quase certo que vai pro Centro do país assim como uma unidade blindada para Cuiabá.

Flanker
Flanker
Reply to  Ted
5 meses atrás

De onde vc tira essas “informações”? Da sua cabeça? Unidade blindada…..qual? Cavalaria? Infantaria? Pelo que o EB divulgou do projeto da ESA, é exatamente o contrário do que vc colocou. RS, PR e PE…..vai ser em um desses estados…..e um projeto desses não sai da cabeça ou das paixões do Comandante da Força. Isso é discutido e decidido em nível de Estado-Maior.

Ted
Ted
Reply to  Flanker
5 meses atrás

Exatamente o novo estado-maior que o Bolsonaro está formando vai decidir. O regimento de Uruguaiana vai pro Centro Oeste. O Brasil é muito grande e não pode ficar concentrado em regiões com pouca coisa para defender.

Flanker
Flanker
Reply to  Ted
5 meses atrás

O presidente está formando o novo Estado- Maior? Tem certeza?Quanto ao que você falou sobre Uruguaiana, quem te disse? Qual Regimento de Uruguaiana? O 8º RCMec – Unidade de Cavalaria Mecanizada – não Blindada, como você afirmou no outro comentário, ou o 22º GAC/AP – Unidade de Artilharia, equipada com o M109A3? Cara, tu escreve com as coisas que você deseja e pensa que devam ser feitas, mas você precisa trabalhar com o que é divulgado e com a realidade.

Last edited 5 meses atrás by Flanker
R_Cordeiro
R_Cordeiro
5 meses atrás

Tudo se encaixa se a escola fosse para o Pará. La ha muitas areas e grandes que poderia ser compradas sem especulacao imobiliaria, nao ha ate onde eu sei uma escola neste nivel por la, tem grandes cursos dagua, relativamente proximo a brasilia. Enfim, sair um pouco do eixo rio de janeiro x brasilia.

Ted
Ted
Reply to  R_Cordeiro
5 meses atrás

Belém tem um centro de instrução de comandos. Por sinal muito elogiado.

Flanker
Flanker
Reply to  R_Cordeiro
5 meses atrás

Nas 3 cidades finalistas há espaços do próprio EB ou do MD ou do GF em que a ESA será instalada. Não precisa comprar terreno.

Bueno
Bueno
5 meses atrás

2- O novo local deveria estar situado em uma região mais central do paí
“Nesse contexto, Juiz de Fora e Goiânia “

Juiz de Fora fica de fora…

Ronivaldo
Ronivaldo
Reply to  Bueno
5 meses atrás

Infelizmente Juiz de Fora ficou de fora da disputa, Mas se estivesse entre as finalistas, certamente ganharia: Perto de Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo; possui colégio militar, o clima permite atividades o ano inteiro, possui um aeroporto decente… em fim, seria muito legal.

AMX
AMX
5 meses atrás

Muito oportuno o item 6. Qualquer grande instalação, no sentido amplo do termo, tem essa consequência ruim. Fazer girar a economia local é sempre bom, porém, pra quem tem que pagar pela especulação gerada, certamente é um limitador.

Last edited 5 meses atrás by AMX
JuggerBR
JuggerBR
5 meses atrás

Como falei no outro tópico deste assunto, o Vale do Paraíba é o local ideal, com várias outras unidades do EB e Aeronáutica e muito espaço pras atividades da escola.

Flanker
Flanker
Reply to  JuggerBR
5 meses atrás

RS, PR e PE…..será em um desses 3 estados.

Anthony
Anthony
5 meses atrás

Se o nobre Subtenente me permite, vejo q o clima durante o ano tb deveria ser levado em questão, pois em Três Corações o inverno eh “rigoroso” e o verão forte, “preparando” o futuro Sargento as condições climáticas tão distintas de nosso País.

Outra questão eh a topografia e ter mata nativa.

São essas duas questões que poderia.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Anthony
5 meses atrás

Deveria acabar ou estender mais o limite de idade, eu vejo muitos coroas com mais de 41 anos nas polícias (PC,PF,PRF) treinando pesado e fazendo grandes treinamentos que muitos jovens hoje teriam condições também de fazer.

Ronivaldo
Ronivaldo
Reply to  Anthony
5 meses atrás

Olá caríssimo Anthony. Você está coberto de razão. Para você ter uma ideia, o inverno em TC é seco, não chove nunca. Já no sul, o inverno é bastante úmido. Atualmente estou servindo em Santa Maria, possível sede da nova ES. A topografia é outro fator importante, como você bem disse. Na passagem do Gen Joarez (chefe do grupo de trabalho da escolha da nova ES) ele citou exatamente este fator que você falou. Outro fator importante é o congestionamento do campo de instrução aqui em SM, pois muitas tropas já se adestram aqui.

Alexandre
Alexandre
5 meses atrás

Porquê o Brasil não tem uma Legião Estrangeira?

Flávio
Flávio
Reply to  Alexandre
5 meses atrás

Temos uma política intervencionista em qual país para justificar a existência de uma?

Alexandre
Alexandre
Reply to  Flávio
5 meses atrás

Eu só queria saber, estou meio por fora disso.

Leonardo Guerreiro
Leonardo Guerreiro
5 meses atrás

Uberlândia é o melhor local, num raio de 600 km da cidade está 2/3 do mercado consumidor do país e ao redor inúmeras capitais.
É um ponto estratégico por isto Uberlândia é o maior centro logístico da América Latina…
A cidade possui cerca de 800 mil habitantes, indústria e serviços pujantes.
Chega de lobby de capitais e sejam mais técnicos!

Ronivaldo
Ronivaldo
Reply to  Leonardo Guerreiro
5 meses atrás

Apoiado!!!

Últimas Notícias

Grupo de Artilharia Antiaérea realiza exercício de tiro real

Praia Grande (SP) – O 2º Grupo de Artilharia Antiaérea participou, no período de 13 a 17 de setembro,...
- Advertisement -
- Advertisement -