sábado, setembro 18, 2021

Saab RBS 70NG

Força de pronto emprego de Brigada de Cavalaria passa por inspeção

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Uruguaiana (RS) – No dia 3 de agosto, o Comandante da 3ª Divisão de Exército realizou uma inspeção do apronto operacional da FORSUL “C”, força de pronto emprego da 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (2ª Bda C Mec), no campo de instrução da 2ª Bda C Mec.

O objetivo da atividade foi apresentar as capacidades da tropa do efetivo profissional da 2ª Bda C Mec ao Comando da 3ª Divisão de Exército (3ª DE) e verificar seu estado de prontidão para atuar em operações de defesa externa.

A tropa da FORSUL “C”, força de prontidão vocacionada para o combate convencional, é composta por integrantes de todas as organizações militares da 2ª Bda C Mec, totalizando, cerca de 450 militares, além de mais de 110 viaturas de diversas características. Após a verificação do apronto operacional, a tropa realizou um desfile motomecanizado em continência ao Comandante da 3ª DE, demonstrando toda a capacidade operativa da tropa de pronto emprego da 2ª Bda C Mec.

FORSUL
Para 2021, o comando da FORSUL está sob a responsabilidade do 8º Regimento de Cavalaria Mecanizado (8º RC Mec). A tropa da Força-Tarefa Conde de Porto Alegre é composta por um estado-maior, um Esquadrão de Cavalaria Mecanizado e um Esquadrão de Comando e Apoio, oriundos do 8º RC Mec. Somam-se a essa Força-Tarefa um Esquadrão de Cavalaria Mecanizado do 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado; uma Força-Tarefa blindada nível Esquadrão de Carros de Combate do 6º Regimento de Cavalaria Blindado; uma Bateria de Obuses do 22º Grupo de Artilharia Autopropulsado; um Pelotão da 2ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada; e um Destacamento Logístico oriundo do 10º Batalhão Logístico.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

- Advertisement -

52 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
52 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
João Fernando
João Fernando
1 mês atrás

Vietnã que nos aguarde!

Teropode
1 mês atrás

Jipe aberto 🤔, isto é para Escoteiros de jardim , não vai dar certo não .

Carlos
Carlos
Reply to  Teropode
1 mês atrás

Tem que colocar os COMANDANTES na Boléia desse Caixão a Céu Aberto

Guacamole
Guacamole
1 mês atrás

Cara, a única coisa com alguma blindagem aí é o Guarani.
A blindagem do M113 é feita de papel machê e os Marruá, nem se fala.

Tá na hora de cortar pessoal.

Last edited 1 mês atrás by Guacamole
Up The Irons
Up The Irons
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

Você está correto. Já falei várias vezes aqui e vou continuar repetindo: se cortar 20%, entre praças e oficiais, nas 3 forças, teremos alguns BILHÕES em economia por ano. Sobraria dinheiro pra carros de combate, sistemas de defesa antiaérea de médio e longo alcance, mais caças, submarinos, fragatas, navios-varredores… A questão é: equipamentos modernos para garantir nossa soberania ou a manutenção da mamação de dinheiro público? Parece que a segunda opção é a preferida desde sempre.

Guacamole
Guacamole
Reply to  Up The Irons
1 mês atrás

Não lembro qual usuário do Força disse uma vez que as forças armadas do Brasil não servem para defender pais. Elas existem apenas para reprimir revoluções dessa ou daquela natureza e não deixar o país fragmentar em 3 ou 4 países diferentes.
Na hora não pensei nisso mas acho que ele estava correto afinal de contas.

Nada justifica essa penúria na foto.

Nascimento
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

Não há dinheiro e não há disposição política para mudar o rumo que seguimos de aumento de gastos (por exemplo, os parlamentares estão a aumentar os repasses de dinheiro para os partidos), o que significa que caminhamos para uma crise econômica brutal quando ficar muito difícil para o governo buscar dinheiro no mercado financeiro, pois teremos que encarar a necessidade de reduzir gastos (vide Grécia) e isto será uma catástrofe social, pois quem está no poder não abrirá mão de suas vantagens (vide os últimos anos) e não há margem para um aumento significativo de impostos. Ou as FA`s se… Read more »

Welington S.
Welington S.
Reply to  Nascimento
1 mês atrás

Meu amigo, dinheiro é o que mais têm… basta olhar as regalias que políticos recebem, regalias dos ministros do STF, em suma. O que falta é uma política de defesa séria e cortes em tudo isso.

Nascimento
Reply to  Welington S.
1 mês atrás

Quando disse dinheiro, disse para investimento.

Slow
Slow
Reply to  Welington S.
1 mês atrás

Dinheiro é oque mais tem mesmo , recentemente um tal presidente aumentou o próprio salario e de todos seus ministros acima do teto ..
fora os 2,3 milhões gastos em 20 dias de férias .. é realmente dinheiro não falta .

ANDRE LUIS VIEIRA LOPES
Reply to  Slow
1 mês atrás

Falácia, não foi o presidente que alterou o teto salarial para quem já tem outras fontes de renda. Foi decisão do STF. A desinformação rola solta nos comentários, pelo visto.

João Fernando
João Fernando
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

Eu já falei isso, mas isso é ponto pacífico. Nossas FAs servem para caçar brasileiros que são contra o governo

Chevalier
Chevalier
Reply to  João Fernando
1 mês atrás

Creio que sufocar revoltas internas seria o mais apropriado historicamente.

Last edited 1 mês atrás by Chevalier
PACRF
PACRF
Reply to  João Fernando
1 mês atrás

Nesse caso não há a necessidade de termos as FAs, as PMs já fazem isso com extrema competência.

Mercante
Mercante
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Mas se a gente for falar de “regalias” os exemplos são bem piores que o STF, basta saber que o Brasil é um dos poucos países do mundo que possuem Justiça Militar. o STM gasta quase a mesma coisa do STF e julga apenas 5% do montante daquela corte

Slow
Slow
Reply to  João Fernando
1 mês atrás

Inclusive estão fazendo desfile no mesmo dia que é votado a pec do voto impresso .. é uma piada esse governo ..

Iran Moreira
Iran Moreira
Reply to  Up The Irons
1 mês atrás

Pela lógica, você estaria correto. “Estaria”. A experiência mostra no entanto que quanto mais se corta pessoal, menos dinheiro vem. Porque os politicios irão cortar tudo aquilo que é discricionário. E ai você ficará SEM pessoal suficiente para missão constitucional, e SEM dinheiro para material. O problema é que não existe um patamar mínimo constitucional que garanta uma provisão constante para se ter uma administração decente. Um ano vem dinheiro, no outro não vem nada. Imagine gerenciar uma empresa assim. Quanto a ‘mamatas’, sim elas existem, especificamente pensão de ‘viúvas’ e ‘filhas’ de militares, que causam um rombo imenso, e… Read more »

Mercante
Mercante
Reply to  Up The Irons
1 mês atrás

Bem pontuado. Sou Oficial da Marinha Mercante, nossa formação é feita pela Marinha de Guerra, a vida dentro da bolha dos militares brasileiros, principalmente oficiais, é algo absurdo, é um mundo a parte mesmo. É um absurdo num país com um litoral superior a 8 mil KM não ter uma Guarda Costeira apenas porque o Almirantado não quer perder as regalias. Numa das nossas formaturas, recebemos um discurso de um Almt 4 estrelas, que após um farto almoço entre os Oficiais Superiores regados a Whisky 12 anos que teve o disparate de falar durante um discurso que a função da… Read more »

Slow
Slow
Reply to  Up The Irons
1 mês atrás

Só com comida gastaram 2 bilhões , e esses general recebendo 100 mil por mes fica dificil ..

sub urbano
sub urbano
1 mês atrás

Ta na hora de uma reforma administrativa nas forças armadas. É muito cacique pra pouco índio (e pouca borduna).

ANTONIO SANTOS
ANTONIO SANTOS
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Sim, e a reforma administrativa que está sendo discutida agora ? Tem algo sobre militares ou só serve pra nivelar por baixo a funcionalismo público e criar mais cargos de livre nomeação ?? rsrs

Juscelino
Juscelino
1 mês atrás

Interessante é que as forças blindadas estão concentradas na região sul do País. Medo da Argentina? Ou defesa de ponto?
No caso de uma guerra, o Brasil só empregaria suas forças blindadas nas pradarias?
Se essas armas não são apropriadas para ação no norte/nordeste, que criem veículos militares diferenciados para combate neste tipo de geografia.

Emmanuel
Emmanuel
Reply to  Juscelino
1 mês atrás

É para não perder um bom churrasco e o friozinho de Gramado.

Emmanuel
Emmanuel
Reply to  Juscelino
1 mês atrás

O museu deles é bem legal.
Tem u FT-1 recém restaurado.
Até pensei em tirar umas fotos e disponibilizar para o pessoal.

Flanker
Flanker
Reply to  Emmanuel
1 mês atrás

Renault FT-17

RHAYAN
Reply to  Juscelino
1 mês atrás

Em razão q a vegetação do norte e a geografia da demais regiões com muito rios, cursos dagua e serras torna o uso dos blindados bem dificil. O sul tem a geografia propicia para o uso.

DanielJr
DanielJr
Reply to  Juscelino
1 mês atrás

Tem uma unidade de M60 no centro-oeste. A concentração dessas unidades no Sul, além da Argentina já citada por você, se deve a facilidades de manutenção e treinamento, já que existe somente “uma oficina” que faz todos os serviços necessários nos veículos. Também concordo que deveria haver mais unidades de carros de combate espalhados país afora, mas sabemos que o $ não dá, simplesmente. É uma coisa muito cara. Ainda tem o problema do local dos treinamentos, me parece que nem todo campo que o EB possui na região acomoda os CC e os M109 em todos os tipos de… Read more »

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Juscelino
1 mês atrás

A resposta é simples, para diminuir o custo de operação

Foi esta a resposta que me deram quando desmantelaram a 11º brigada de infantaria blindada na qual servi em 2004/2005, mandaram tudo para o sul.

Nordeste?…sejamos realistas, não temos ameaça externa que justifique tal investimento.

Augusto L
Augusto L
1 mês atrás

Que bacana, parece que estamos evoluindo. Na Otan toda unidade (brigada) tem uma % de tropa operacional com objetivo de sempre ter subunidades que se agrupariam e se tornariam uma maior em operações e assim distribuindo o custo de operações.

Welington S.
Welington S.
1 mês atrás

Anos vai, anos vem e a imagem do EB não muda. Triste, pra não dizer outra coisa.

Arrow
Arrow
1 mês atrás

Tudo isto para pintar meio fio.

kkkk

Chevalier
Chevalier
1 mês atrás

Inventaram uma “mini-brigada” agora? Mais ou menos um esqd/cia de cada OM da brigada. Seria o objetivo simular a brigada em ação, já que não há recursos para manter toda ela em prontidão?

Last edited 1 mês atrás by Chevalier
Gelson
Gelson
1 mês atrás

Bom dia, sempre achei o Cascavel e o Urutu dois veículos brilhantes! E, é fácil de se constatar o porquê, na primeira foto.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Gelson
1 mês atrás

brilha mais que coturno na formatura da promoção…rs

Renan
Renan
1 mês atrás

Eu tenho uma foto de um Leopard, num quadro, que segundo me foi dito foi tirada pela esposa do Galante. Comprei lá na “agência look”, do Sr Miguel, logo antes de o mundo virar de cabeça pra baixo. …. O M113 tem blindagem de “papel machê” por ser artilharia. Já na segunda guerra mundial isso era um assunto sem grandes discussões. Se sua artilharia precisa de de uma blindagem maior, então, não é de artilharia que você precisa. … Curiosamente, a expressão “blindagem de papel” (exatamente, paper armor) foi usada para descrever a blindagem do Leopard 1 pelo Tank Museum,… Read more »

Guacamole
Guacamole
Reply to  Renan
1 mês atrás

Ok, vamos lá. O senhor não respondeu a mim mas como falou muito sobre a “blindagem de papel manche” do qual fui o único que escreveu, tomo que suas palavras foram dirigidas a mim. 1- O M113 NÃO É PARA ARTILHARIA. Pode até ser que, por motivos de gambiarra à brasileira ( e talvez aqui esteja o pulo do gato nessa questão), tenha esse fim, mas ele foi feito para transportar tropas e só. Qualquer outro fim adverso desse não muda o motivo fim para o que foi feito. Pintar um porco e chamar o resultado de cavalo não faz… Read more »

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

O problema dos M-113 é o emprego nos bib/rcb, mas vejo que ainda tem alguma serventia para tropas que atuam um pouco recuadas (engenharia bld, cia com bld, gac ap)… Que basicamente utilizariam somente a mobilidade todo terreno da viatura…ganharam sobrevida recentemente. Essa frase que escuto há decadas “considerando o cenário sul americano que….” é contar com ovo dentro da galinha, como sempre ocorreu na história brasileira, e nunca estavamos preparados (material) quando convocados…uma hora dá errado, como vc disse no texto sobre Israel, temos que aprender com os erros dos outros. Tem pessoal se sentido ofendido a toa…. As… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Rafaelvbv
Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
1 mês atrás

Rolê na década de 60, aposto que está tocando Rolling Stones nos rádios.

Cadê uma torre com ATGMs no Guarani? Outra com mísseis AA? Não venha me dizer que não tem money, por que tem.

Last edited 1 mês atrás by Inimigo do Estado
Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
1 mês atrás

Especificamente sobre a 2º brigada c mecanizada

Até hoje não entendo pq ter um GAC AP em uma brigada mecanizada (22 GAC M-109), não tem nenhum sentido isso…sem falar na falta de uma bateria antiaérea orgânica que….enfim…deixa pra lá.

Gabriel
Gabriel
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
1 mês atrás

Não entende o motivo da existência de um GAC em uma Bda porque teu conhecimento para querer opinar se baseia em videogame.

Alfa BR
Alfa BR
Reply to  Gabriel
1 mês atrás

Creio que ele se referiu a dotação do GAC AP.

M109 (SL) em uma Brigada de Cavalaria Mecanizada (SR).

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Alfa BR
1 mês atrás

Exatamente, a 1 brigada tem um gac normal e a 2 brigada tem um gac ap….ambas mecanizadas, vai entender

gac.png
Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Gabriel
1 mês atrás

amigo não te conheço, se tu não entendeu minha colocação, pergunte….tenha respeito comigo e com os demais…abraço

“https://bdex.eb.mil.br/jspui/bitstream/123456789/6111/1/MC%20Bda%20C%20Mec%2001-12-final.pdf”

Loga lá com seu usuário e seja feliz

Renato Carvalho
1 mês atrás

Lindos alvos pra Drones..

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Renato Carvalho
1 mês atrás

Drone de quem?

Renato Carvalho
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
1 mês atrás

Devolvo a pergunts, exército pra quê?

Gabriel
Gabriel
1 mês atrás

Infelizmente o nível intelectual da maioria dos comentários do blog/site, quando comparados com alguns anos atrás, caiu absurdamente. Não conseguem mais nem compreender a finalidade desse tipo de força de prontidão. Arrisco dizer que nem sabem onde fica localizada a 2 Bda C Mec, muito menos para que serve. A estrutura, organização e mesmo as viaturas estão adequadas para emprego, considerando Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia. Mesmo com a carência de blindagem, AAe, etc quantos países do Mundo teriam capacidade de contrapor essa mesma Força de Prontidão, no oeste do RS? (EUA, China, Rússia) Assim, longe do ideal, se forem… Read more »

Roberto
Roberto
Reply to  Gabriel
1 mês atrás

…… concordo plenamente com seu comentário, observando a quantidade absurda de baboseiras tecladas pelos especialistas, conhecedores,”estrategistas de Tik Tok” “marechais de Tinder”, muitos sustentados pelos país, chega se a conclusão, óbvia, que o problema não e o Exército, governo, pais, nação, o problema é o brasileiro.

João Ricardo
João Ricardo
1 mês atrás

Ja ja a turma do mimimi aparece dizendo que estão se organizando para o golpe kkkk igual estão fazendo na matéria da operação Formosa.

Gabriel
Gabriel
Reply to  João Ricardo
1 mês atrás

Você também reparou essa turma aqui no Forte?
Zero conhecimento sobre o assunto e partidarismo nas opiniões.
Não duvido que sejam os mesmos 3 de sempre, cada um com 3 contas diferentes, “debatendo”.
Kkkkkk

JuggerBR
JuggerBR
1 mês atrás

Força reunida sem nada de defesa antiaérea nas proximidades. Uma força aérea de bombardeio ali fazia muitas viúvas… Até morteiros seriam fatais.

Marco
Marco
26 dias atrás

Foto bem ilustrativa da força de pronto emprego com elementos da cavalaria mecanizada, blindada, artilharia e apoio. Realmente seria legal ver proteção AA de baixa altitude com armamento de tubo somado ao igla. Aguardando a incorporação dos Guarani com torre de 30mm e aposentadoria dos cascavel. Vai ficar muito bom

Últimas Notícias

Saab recebe pedidos de Carl-Gustaf M4 e munições

A Saab recebeu pedidos para o rifle sem recuo Carl-Gustaf® M4 com munição incluída. O valor do pedido combinado...
- Advertisement -
- Advertisement -