sábado, setembro 18, 2021

Saab RBS 70NG

EUA acenam com parceria militar do Brasil na Otan, em troca do veto a Huawei

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Tema foi tratado em visita de conselheiro de segurança de Biden ao Brasil

Segundo matéria da Folha de São Paulo, o Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, ofereceu ao governo Jair Bolsonaro apoio para que o Brasil se torne um sócio global da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), em troca do veto à participação de empresas chinesas no 5G brasileiro.

A entrada do país no programa de cooperação dentro da aliança militar foi discutida com Sullivan e o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, na manhã desta quinta-feira (5) em Brasília. Sullivan esteve ainda no Palácio do Planalto, para encontro com o presidente Bolsonaro.

A política oficial de Washington é que a presença de fornecedores considerados não confiáveis —como a Huawei e outras empresas chinesas— em redes de comunicação de quinta geração impedem o aprofundamento na cooperação de defesa e segurança.

Por isso, o acesso do Brasil ao programa da Otan só seria possível sem a participação dos chineses no 5G brasileiro. Em tese, segundo explicou um interlocutor, a adesão do Brasil na parceria dependeria do aval de outros integrantes da Otan, mas o apoio americano é considerado determinante.

Ao acenar com a possível entrada do Brasil num projeto de cooperação da aliança, o governo Joe Biden tenta angariar o apoio da ala militar do governo Bolsonaro nos esforços contra a presença da Huawei nas redes de 5G.

A eventual ascensão do Brasil como “sócio global” da Otan permitiria aos militares condições especiais para a compra de armamentos de países que integram a organização. Também abriria mais espaço para a capacitação de pessoal militar nas bases da aliança ao redor do mundo.

A associação também cria mecanismos de assistência de membros da Otan em situação de conflito internacional. No caso de alguma operação militar em cenário de contenda, o Brasil poderia ser chamado a participar, mas estaria liberado a decidir não se envolver.

Na América do Sul, o único país que tem o status de “sócio global” da Otan é a Colômbia, o mais tradicional aliado dos EUA na região e com amplo histórico de cooperação militar com os americanos. Possuem o mesmo status Afeganistão, Austrália, Iraque, Japão, Coreia do Sul, Mongólia, Nova Zelândia e Paquistão.

- Advertisement -

293 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
293 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodolfo L.
1 mês atrás

Duvido, quero ver se tem bala na agulha pra se alinhar assim com os EUA e deixar nosso maior parceiro comercial fora do leilão.

sergio
sergio
Reply to  Rodolfo L.
1 mês atrás

E com uma proposta dessas nem valo o risco, Nada contra, mais de boa, em que esse status favoreceu a colombia, vamos comprar caças,fragatas, tanques, que nosso orçamento não nos permite manter?
Se vc vai pegar confusão com a china a proposta tem que ser praticamente irrecusável.

Agressor's
Agressor's
Reply to  sergio
1 mês atrás

Nosso país além de ser colônia, agora parece que se encaminha para virar área de teste. O primeiro teste será entrar em guerra com a Venezuela em nome dos eua. Eu espero que este atual “presidente” daqui só chame pra morrer pelas ideias dele só quem lhe elegeu. Fazer parte da OTAN nos daria o “privilégio” de ter bases estadunidenses em nosso território, tal como acontece na europa hoje, militarmente dominada pelos eua desde o final da Segunda Guerra Mundial. Eles poderiam entrar e sair à vontade. Bisbilhotar como bem entendessem, mas ai do brasileiro que tentasse cruzar as portas… Read more »

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Alem das bases, teriamos o privilégio de comprar os equipamentos obsoletos da OTAN. que chique!!! tem coisa mais fina que sucata gringa? eu nao conheço.

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  sergio
1 mês atrás

Discordo craque. Tem oferta mais generosa que essa? o BR arca com os custos que um 5G nao Chines traria, nega os investimentos chineses aventados, e em troca ganha uma cartão de otári..digo, cliente preferencial dos equipamentos velhos da OTAN. todos ganham. Imagina as FAAA equipadas com sobras Albanesas de T-55, Nossos F-5 finalmente ganhando reforços de seus xarás europeus,muito melhor conservados nas décadas que passaram nos museus.De fato, um acordo que todos sao ganhando.

PACRF
PACRF
Reply to  Rodolfo L.
1 mês atrás

Concordo. O Brasil precisa investir em sua própria indústria de defesa ao invés de ficar dependente das “sobras” da OTAN ou de quem quer que seja. No mais, valem as relações comerciais multilaterais fundamentadas no pragmatismo da diplomacia e dos bons negócios, evitando alinhamentos automáticos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Manchete que acabei de ler:
‘Sem noção, Bolsonaro diz a enviados de Biden que Trump foi roubado nas eleições dos EUA’

PACRF
PACRF
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Essa estória (com “e” mesmo) de eleição roubada nos EUA é uma atitude anti-democrática de maus perdedores. Bolsonaro e seus filhos políticos foram eleitos diversas vezes por meio das urnas eletrônicas e nunca questionaram suas eleições. Desde 1996 milhares de políticos foram eleitos pelas urnas eletrônicas sem que uma única fraude fosse comprovada. Bolsonaro é o único presidente que, mesmo eleito, questiona sua própria eleição.

Slow
Slow
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Exatamente ele quer é causar .. o próprio Aécio ficou 4 meses auditando votos pra chegar a conclusão de que não teve fraude .

francisco
francisco
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Qual fonte? a reunião foi a portas fechadas.

Tomcat4,2
Reply to  francisco
1 mês atrás

No mínimo deve ser a imaginação tosca de algum riporti da Foice de SP ou o Antagonista !!!rs

PACRF
PACRF
Reply to  francisco
1 mês atrás

Essa notícia já está amplamente divulgada pela imprensa. Obviamente, trata-se de uma notícia de bastidor, porém a forma como nosso presidente está obcecado por esse tema, é improvável que não seja verdade.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  francisco
1 mês atrás

Será que os assessores de Biden, incrédulos, comentaram após a reunião?
Ou será que o boquirroto presidencial comentou no cercadinho?
O fato, é que todos em Brasília já sabem disso.

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Rodolfo L.
1 mês atrás

até eu q sou de extrema direita concordo q a huawei não somente deve participar como ganhar por ter os preços mais atrativos….além do mais ja somos espionados por todos os paises civilizados o celular do pr deve ser monitorado por meno menos uma duzia de paises, o br nasceu pra ser uma colonia q fornece comodites a fazenda do mundo, nunca terá um papel de protagonismo e com o futuro regime q assumira ano q vem a china se dará muito bem por aqui…resumindo o que é um peido pra quem ja está cgd!

Matheus
Matheus
Reply to  horatio nelson
1 mês atrás

Late woof woof

LUCIANO DO PRADO
Reply to  horatio nelson
1 mês atrás

Não é somente uma questão de preço ( que já seria suficiente para os chineses participarem ), mas a tecnologia da Huawei é superior a qualquer outra nesse quesito, eles já estão em testes do 5G puro (alta velocidade de banda, baixa latência e milhões de coneções), enquanto a maioria das outras empresas ainda está na primeira fase do 5G, apenas com a capacidade de banda aumentada.

BBW
BBW
Reply to  LUCIANO DO PRADO
1 mês atrás

Errado. a tecnologia da Huawei é baseada na CISCO. Sou especialista e já trabalhei com ambas.

Sergio Cintra
Sergio Cintra
Reply to  LUCIANO DO PRADO
1 mês atrás

Corroboro essa informação técnica. Tenho filho trabalhando em empresa de telecomunicações que relaciona diretamente com técnicos – diga-se de passagem, BRasileiros – da fornecedora de equipamentos Huawei e que a velocidade de atendimento é dinâmica – e diz que sempre foi assim, nas ocorrências de adequações aos processos e também para acatar correções de possíveis “bug’s” são rápidos e acessíveis. Há o fato dos novos equipamentos e /ou atualizações cada vez menores, disponibilizando custosos espaços operacionais, e menos necessidades de integração física. Não tenho nenhum favorito e nem vínculo político com quem quer que seja, mas também não permito omitir… Read more »

Slow
Slow
Reply to  horatio nelson
1 mês atrás

O próprio eleitor do atual presidente sabe que ele vai perder , ta vendo porque tanta preocupação com voto impresso . Eles querem é sair imprimindo papel igual Trump fez e falar que estão jogando votos fora ..
É melhor ir pra palma da mão da China mesmo , afinal oque ganhamos com os EUA ? Alem de ser tudo mais caro nós não ganha nada no fundo sempre se fode ..

horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Slow
1 mês atrás

uma observação ele não perderá por falta de voto e sim pela manipulação do tse…como ja dizia stalin não importa quantos votos o candidato terá só importa quem contará os votos…

Slow
Slow
Reply to  horatio nelson
1 mês atrás

E quem vai contar ? Aqueles que contaram 1,3 milhões de motos ? E foram desmentido pelo próprio sistema de contagem dos pedágios ?

Nonato
Nonato
Reply to  Rodolfo L.
1 mês atrás

A China é o maior perigo para a humanidade, seguido do partido democrata.

PACRF
PACRF
Reply to  Nonato
1 mês atrás

Caramba, o agronegócio brasileiro precisa saber, o mais rápido possível, que comercializa a maior parte de seus produtos com o país mais “perigoso” do mundo.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  PACRF
1 mês atrás

A maioria aqui acha que geopolítica é torcida de futebol. É quase impossível ter um debate sério neste espaço já que os caras tratam as relações internacionais como FlaxFlu.

PACRF
PACRF
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Concordo! Afinal, bons negócios não são realizados em ambiente de FlaxFlu. São realizados em ambiente em que o pragmatismo e as “boas maneiras” da diplomacia imperam, pois dinheiro não tem sexo, não tem partido político, não tem religião, muito menos ideologia.

Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Boas maneiras da diplomacia imperam também com os países vizinhos cuja zona econômica marítima são invadidas e reivindicadas pela China, tal como as Filipinas?
Essa regra devia valer para o Vietnam comunista como a China, mas que pende para o lado americano?

Antoniokings
Antoniokings

Vietnã pendendo para o lado americano?

https://valor.globo.com/mundo/noticia/2021/07/05/china-acelera-investimentos-no-sudeste-asitico-para-impedir-aproximao-dos-eua.ghtml

Vietnã é visto como um dos ‘alvos’ da ‘blitz’ de investimentos chineses no Sudeste Asiático.
A reportagem chama os investimentos chineses tanto no Vietnã como no resto da região como ‘farra de gastos’.

Tomcat4,2
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Irretocável e assino embaixo PACRF !!!

Luiz Carlos Araújo Ribeiro
Luiz Carlos Araújo Ribeiro
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Perfeito. Geopolítica não é futebol. Não se tem paixão. Se tem razão.

Caerthal
Caerthal
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Eu queria conhecer um outro país que ameaça 5 vizinhos em uma mesma semana por MOTIVOS DIVERSOS…

rui mendes
rui mendes
Reply to  Nonato
1 mês atrás

Bom era o Trump, um homem exemplar, fino trato, culto e muito, muito verdadeiro, incapaz de mentir. 😉

Felipe
Felipe
Reply to  Rodolfo L.
1 mês atrás

isso já foi feito……o 5G foi dividido em 2 redes…..

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Rodolfo L.
1 mês atrás

A velha e desrespeitosa ladainha do Tio Sam.
Como perdeu a corrida tecnológica para a China. Agora fica com esta papagaiada de querer atrair países, com a finalidade de pagarem por esta perda. E mais tarde. Se for o caso, travarem as guerras deles. Terão eles condições de ocupar o lugar da China como nosso maior parceiro comercial ?
O que importa é a economia. Eles sempre dificultam as coisas na hora de comprar nossos produtos. Agora é tarde e o choro é livre

francisco
francisco
Reply to  Rodolfo L.
1 mês atrás

A China compra do Brasil, a preço de bananas, commodities,  sem nenhum valor agregado, os principais itens de exportação para lá são: soja, minério de ferro e petróleo. E a China exporta principalmente máquinas e material elétrico. Ou seja transforma o ferro brasileiro em produtos com valor agregado e vende pra cá.
A China só está comprando esses itens do Brasil porque pe bom e barato; Então amigos, trata-se de negócios vantajoso para eles. E eles só param de comprar se outro pais oferecer os mesmos produtos a preços melhores. .

Matheus
Matheus
1 mês atrás

“A eventual ascensão do Brasil como “sócio global” da Otan permitiria aos militares condições especiais para a compra de armamentos de países que integram a organização” Então não mudaria p*rra nenhuma? Esse “status” de parceiro da Otan no qual muitos salivaram não me parece lá muito vantajoso para o Brasil, porque abrir mão de uma parceira tecnologia de ponta com os Chineses em troca de migalha Americana? E o caso da Colombia ser o “unico parceiro da Otan” não significa bulhufas, Colombia é literalmente um estado totalmente subserviente ao vizinho de norte, coisa que o imbecil-mor em Brasilia provavelmente sonha… Read more »

José Carlos David
José Carlos David
Reply to  Matheus
1 mês atrás

A Colômbia tem esse status e sua Força Aérea ainda opera os antiquados caças Kfir…de que adianta isso? Nenhum país latino-americano é respeitado pelas grandes potências…só querem nos sugar!

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  José Carlos David
1 mês atrás

olha que legal, poderemos comprar LRASM kkkk

Paulo Thiezer Pinho Lira
Paulo Thiezer Pinho Lira
Reply to  José Carlos David
1 mês atrás

Perfeitas colocações

Sou patriota mas não sou cego
Sou patriota mas não sou cego
Reply to  Matheus
1 mês atrás

Concordo, Matheus, Por que abrir mão de um 5G mais barato e melhor, o da Huawei, e onerar o consumidor brasileiro em 100 bilhões de custos extras ao adotar outros fornecedores? Qual a vantagem de pagar mais caro e ainda piorar as relaçoes comerciais com os chineses, principal parceiro? O Tio Sam vai botar grana na mesa ou só vai acenar para delírios militares do governo de plantão? As matérias abaixo sintetizam as vantagens de tecnologia e custos da Huawei no 5G: https://canaltech.com.br/telecom/o-que-aconteceria-com-5g-brasil-huawei-banida-174015/ https://www.brasildefato.com.br/2021/03/05/leilao-do-5g-no-brasil-sem-veto-a-huawei-expoe-fracasso-da-narrativa-anti-china

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Matheus
1 mês atrás

Discordo craque. Independente de quem esteja em Brasília, esse “tesão” pela subserviencia eh caracteristico da cultura politica brasileira e parte cultural da elite tupiniquin e mesmo latino americana. Lula e Janio quadros, um dos unicos presidentes se nao me falha a memoria a tentarem uma politica externa independente e sem se importar tanto com o q os EUA iam pensar, foram rapidamente taxados de “demagogos”, “radicais” ,”anti americanos”.

ODST
ODST
1 mês atrás

Eu sinceramente colocaria algo mais na mesa de negociações. Se tornar um sócio OTAN não parece tanta coisa. Teríamos alguma facilidade para a venda dos nossos equipamentos?

Marcos
Marcos
Reply to  ODST
1 mês atrás

Concordo acho muito pouco se sócio global da OTAN, afinal países como Mongólia e Colômbia são sócios e não tem nada de expressivo nisso. Fora o Iraque e o Afeganistão que foram ocupados pela OTAN e que também fazem parte.

Welington S.
Welington S.
Reply to  ODST
1 mês atrás

Bom… temos o KC-390 em Portugal e na Hungria… já foi um grande avanço. Se o Brasil se alinhar, com certeza a facilidade para vender nossos produtos será melhor.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Welington S.
1 mês atrás

sim, a LM ia deixar de vender C130 para vender nos vendermos C390, não confie em gringo, principalmente EUA, China e França

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Welington S.
1 mês atrás

Uma potencial divida de 100 bilhoes vale as “facilidades” ? a unica chance desse acordo ser digno seria a existencia de garantia, obrigatoriedade de compra pela otan de produtos brasileiros, nao só militares,q sao poucos, mas todo o resto da produzido pela economia.

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
Reply to  ODST
1 mês atrás

Teria que ter MUITA coragem para pedir isso!

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  ODST
1 mês atrás

haushausuhuashaus Brasil e similares n tem facilidade pra vender nem macaxeira nos mercados americanos, imagina vender produto de “alta” tecnologia.

José
José
1 mês atrás

Prometeram muito mais pra Ucrânia e olha o que aconteceu…

A miséria e brigas internas só almentando.

Somente os corruptos aproveitadores estão ganhando dinheiro por fora lá.

Manda OTAN pros quinto dos inferno, vai dar só despesa e atrapalhar nosso comércio.

Precisamos e de dinheiro!

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  José
1 mês atrás

Os Estados perderam a credibilidade. Não cumprem contratos e abandonam seus parceiros. Vide Iraque, Líbia, Afeganistão, Síria etc. E o caso do tratado com o Irã.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Antonio Palhares
1 mês atrás

Os Estados Unidos, quis dizer

João Fernando
João Fernando
1 mês atrás

A China acha o que disso?

João Adaime
João Adaime
1 mês atrás

Por mim tudo bem, mas antes pediria a opinião do Edward Snowden.

Jorge Augusto
Jorge Augusto
1 mês atrás

Foi mal mas ser parceiro da OTAN não é lá grande coisa atualmente. Que coloquem mais coisa na mesa ou a gente vê o que a China nos apresenta de melhor…

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Jorge Augusto
1 mês atrás

se o Brasil continuar crescendo, se o Brics se resolvesse a questão China e India, BRICS seria uma aliança militar do mesmo nível da OTAN, só trocaria a Africa do Sul

Hcosta
Hcosta
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Isso dos BRICS ainda existe?

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

no papel ainda !

Caerthal
Caerthal
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Seria a aliança entre o peixe, o cavalo, o porco-espinho, o hipótamo e o urso. Dá uma liga incrível.

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Caerthal
1 mês atrás

A OTAN por outro lado, reune a nata do poderio militar mundial. Polonia, Luxemburgo(isso mesmo, o pofexô faz parte da OTAN),Croacia, Montenegro e similares. Potencias de vasto poderio belico

Slow
Slow
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

Brasil continuar crescendo ? Aonde isso ?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jorge Augusto
1 mês atrás

Exatamente.

Precisamos de investimentos, indústrias, empregos.
Quem está interessado em OTAN nessa altura do campeonato.
Isso nem diz respeito à gente.

Em tempo:
O novo Presidente do Peru anunciou que a prioridade do País é aumentar o relacionamento com a China.
Aí vem um sujeito com papo de OTAN.
Seria cômico se não fosse trágico

https://www.moneytimes.com.br/novo-presidente-peruano-prioriza-relacoes-com-a-china-em-primeiros-dias-de-governo/

MFB
MFB
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Eu até simplificaria a questão assim: “A OTAN é bonita mas não enche barriga.” Seria uma burrice tremenda excluir a China.

Last edited 1 mês atrás by MFB
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MFB
1 mês atrás

Pois é.
Que coisa mais sem ‘pé nem cabeça’.
Trocar uma tecnologia útil para toda a sociedade por uma participação de segunda categoria em um organização militar que não tem nada a ver com a gente.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Como se o novo presidente do Peru fosse parâmetro para alguma coisa que preste. Ele também restringiu o acesso da imprensa aos eventos do governo. Devemos copiar isso também?

A China nos vê como fornecedor de commodities. Commodities se vendem por si, não precisam de salamaleques.

Hélio
Hélio
Reply to  Caerthal
1 mês atrás

Já copiamos, o Bolsonaro já faz isso faz tempo, e faz muito bem nisso.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Caerthal
1 mês atrás

Bem, pelo menos ele percebeu que antes, com uma aliança com os EUA o País estava ladeira abaixo.
A propósito.
Ele já anunciou a saída do País do Grupo de Lima, que é uma organização formada por governos de extrema direita para bajular os EUA.
Não deu certo

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Caerthal
1 mês atrás

Copiar? nao fomos nós que criamos isso? o cercadinho so pra apoiadores e chapa branca nao eh industria 100% nacional?

Heinz Guderian
Heinz Guderian
1 mês atrás

Me parece que alguém está desesperado, espero que nossas autoridades saibam aproveitar as cartas que possuem na mão, em benefício do Brasil.

MFB
MFB
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

O Eduardo bananinha, que tem vasta experiência internacional fritando hambúrgueres, vai aconselhar bem o presidente.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MFB
1 mês atrás

Ele vai dizer que tem experiência no ramo porque trabalhava com celulares no Camelódromo da Rua Uruguaiana.

sub urbano
sub urbano
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

Jair “Cloroquina” Bolsonaro vai jogar o zap virado pra baixo e blefar com um valete. Ele é um gênio invertido.

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Heinz Guderian
1 mês atrás

Quais cartas? UNO? Magic?

Carlos
Carlos
1 mês atrás

Parece que estou vendo… O Brasil querendo se mexer em relação a essa parceria e de repente vem: OTAN é Organização do Tratado do Atlântico Norte! Acho que você não leu as letras miúdas…Em quem dá para confiar em relação a isso?

Svezda
Svezda
1 mês atrás

Negócio da China……para os EUA. Nós, como sempre, aceitando miçangas dos colonizadores. Desta vez abdicaremos de tecnologia G5 em troca de porcarias militares obsoletas e imprestáveis dos “americanos”.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Svezda
1 mês atrás

Temos tecnologia 5G sendo fabricada aqui no Brasil pela Ericson, não há porquê adotar de ninguém mais.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 mês atrás

Há pq sim. Deve-se adotar de quem oferecer mais.
Quanto os americanos irão investir em infra de comunicação? E os chineses?

Se brincar, nessa briga de foice, conseguiríamos até um custeio, por parte de um lado ou outro, de algum grande projeto nosso, como as ferrovias, por exemplo, falados no outro post.

Portanto, quem oferecer mais leva. Nesse caso, o interesse geopolítico principal é de americanos e chineses. Eles que se virem pra oferecer algo interessante.

Nascimento
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 mês atrás

Acho que o governo não deve interferir nessa área do 5G. Se os chineses e americanos quiserem participar dos leilões e concessões, que participem, e que vença o melhor e que concorram no mercado, inclusive a ideia do ministro das comunicações disse que o Brasil adotará diversos tipos diferentes, de diversas empresas. Essa ideia de gerar reserva de mercado pra gringo (seja ele de olho puxado ou olho azul) é burrice.

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Nascimento
1 mês atrás

Concordo, o governo brasileiro nao deve interferir na instalaçao de coisas tao banais como uma rede de telecomunicaçoes de alta tecnologia em territorio brasileiro. o governo tem que cuidar de pintar meio fio e produzir companhas de coletar coco de cachorro. que esse tema do 5g fique na mao invisivel do mercado estrangeiro certamente ele sabe o que eh melhor aos nossos interesses e agirá de acordo.

Last edited 1 mês atrás by CIDADAOMEDIO
Welington S.
Welington S.
1 mês atrás

Posso estar errado, muito errado, mas acredito que o Brasil dará um ”pé na bunda” do 5G Chinês e entrará nessa. Houve conversas com o Ministro da Defesa e Comandantes; é a segunda visita de um alto escalão do governo Joe Biden ao Brasil. Vão apertar e muito sobre essa questão do 5G ainda, fato.

José
José
Reply to  Welington S.
1 mês atrás

Não duvido, mas só temos a perder se isso acontecer.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Welington S.
1 mês atrás

Será que da tempo? As eleições são próximo ano, se o atual presidente não ganhar talvez alguém que entre pode pensar diferente, ou até mesmo aceitar isso. O atual pode também colocar na balança os prós e contras, difícil afirma que direção esse navio vai tomar, vamos aguardar os próximos capítulos.

Barak MX para o Brasil
Barak MX para o Brasil
Reply to  Welington S.
1 mês atrás

Então pode jogar fora toda a rede tecnológica do Brasil se aceitarmos isso. Praticamente toda a infraestrutura de telecom do Brasil é Huawei. Pra telecom é mais vantajoso comprar de fornecedor Huawei ou outra chinesa diretamente da China do que comprar qualquer uma ocidental. Seria burrice aceitar isso.

Last edited 1 mês atrás by Barak MX para o Brasil
Nascimento
Reply to  Barak MX para o Brasil
1 mês atrás

O Ministro Fabio Farias já aprovou a venda e concessão de diversos ativos e de diversas áreas de infraestrutura tecnológica do Brasil para empresas chinesas, não teria lógica mudar tudo agora, aos 45 do 2° tempo.

Se bem que nesse governo não ficaria surpreso se isso ocorresse…

Teropode
Reply to  Barak MX para o Brasil
1 mês atrás

A China tem bom preço , o ocidente terá que reduzir os lucros e optar por uma quantidade maior de clientes , mas aposto no 5G coreano .

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Welington S.
1 mês atrás

Seria mais uma burrada do governo atual.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Welington S.
1 mês atrás

Novo Presidente.
Nova licitação.
Isso se o Congresso não barrar qualquer iniciativa de boicote.
Ou mesmo o Judiciário alegando infração a alguma norma.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Devo lembrar que Congresso já se manifestou contra o boicote em licitações.
Se bem que foi na época do Rodrigo Maia.
Agora com esse novo Presidente, veremos.

Agnelo
Agnelo
1 mês atrás

Anos atrás, militares russos se surpreenderam de como o Brasil tem tanto vizinho e não tem problema com ninguém.

Sou pé atrás com tecnologia chinesa, pois simplesmente, tudo e todos lá respondem ao Estado, e quem acha q isso não é importante é bobinho por demais, mas ganharíamos quanto sendo parceiros deste nível da OTAN?
No campo militar, sim, e no resto?

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Boa é a dos EUA e sem nenhuma espionagem, pode confiar amiguinho.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

O mundo acomodou bem ter os EUA como potência hegemônica por 30 anos. Espero sinceramente que tenhamos com a China uma convivência harmoniosa, mas não aposto um centavo nesse cenário.

Ter uma potência hegemônica comandada pela PC deveria dar calafrios a qq um que sabe ler.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Caerthal
1 mês atrás

‘O tempo passa, o tempo voa e a poupança Bamerindus continua numa boa.’
Conforme-se que o tempo dos EUA está passando.
E bem mais rápido que pudíamos imaginar.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Desculpe.
Podíamos.

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Caerthal
1 mês atrás

Sim. So ver o historico Chines de 49 pra ca. Duas bombas nucleares explodidas sobre civis, dezenas de intervençoes e golpes orquestrados em prol de seus lacaios com dezenas mortos como consequencia. invasao militar, bombardeio de outra dezena de paises. estados satelites por todo o mundo. etc.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Agnelo, no campo militar sim o que? O que o Bolsonaro conseguiu com o “Very brother” Trump? Mais um toma lá, da nossa parte, em troca de uma promessa vazia? Assim como foram o tal status extra OTAN e a entrada na OCDE? O que ganhamos com isso? Outra coisa. Já temos comprometimento de informações com os americanos. Então esse comprometimento de segurança é mesmo motivo pra comprarmos essa briga com nossos maiores parceiros comerciais? É mesmo motivo para vedar o uso de equipamentos de uma fabricante que já é fornecedora de boa parte dos equipamentos de nossa infra de… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Felipe Morais
Nascimento
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

O Google e o Facebook também respondem ao Estado Americano…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

A questão é técnica também.
A Huawei está para apresentar, entre 2025 e 2030, a rede 5.5G com dez vezes mais capacidade que a 5G.
E já estão especulando para depois de 2030 a rede 6G.

Enquanto isso, os EUA não têm nenhuma empresa nessa área e ainda quer atrapalhar a nossa vida.

https://www.tudocelular.com/tech/noticias/n177838/huawei-acelera-desenvolvimento-do-55g.html

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Concordo. A China é o unico país do mundo que o estado monitora a tecnologia produzida por suas empresa. Em terras da liberadade como as europas e os Eua, isso certamente nao acontece. A CIA,NSA,FBI nao tem feitio pra essas coisas, devem ate corar em so pensar em fazer isso.

Carlos
Carlos
1 mês atrás

“A eventual ascensão do Brasil como “sócio global” da Otan permitiria aos militares condições especiais para a compra de armamentos de países que integram a organização. Também abriria mais espaço para a capacitação de pessoal militar nas bases da aliança ao redor do mundo”

Respeito as opiniões contrárias, mas não consigo acreditar nisso.

Ah! E antes que alguém dê chilique! Não estou defendendo negócio com a China, mas se o 5G dela for melhor para o país que seja…

João Vitor
João Vitor
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Devo acrescentar que fazer negócio com determinado país não condiciona o Brasil para determinado modelo político como alguns emocionados “patriotas” narram. Pode ser com a China ou com as Ilhas Salomão…se render divisas para nosso país estaremos lá fazendo negócio.

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  João Vitor
1 mês atrás

Discordo. meu estado faz muito comercio com o Japao e por aqui ja estamos nomeando um imperador aos moldes niponicos. No estado vizinho, como eles lidam muito com a Holanda, ja se propos a figura de um rei, monarca constitucional,

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Eh super possível.eles provavelmente cumpririam. N tem nada a perder com essa proposta. Ganham um otar, digo, um cliente novo pra onde vender os equipamentos velhos que ficariam mofando nos seus estoques. Doutrinam os Militares BR em doutrina de combate e uso das armas OTAN,criando ainda maior dependencia Brasileira de seus produtos . e de brinde, alimentam o historico complexo de vira lata latino americano dando a possibilidade dos militares BR conhecerem equipamentos de ponta em suas bases, ofertando vagas de “estágio” na Ucrania, estonia, Kosovo,etc, lugares que ninguem quer estacionar tropas. abrindo no estilo “matar dois com uma cajadada… Read more »

Last edited 1 mês atrás by CIDADAOMEDIO
Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

Que “vantagens” essa “parceria militar” traria para o Brasil? Digo isso porque escuto há mais de três décadas que “o Brasil é parceiro do EUA”, e quando olho para os equipamentos das Forças Armadas Brasileira me dá vontade de chorar…

Last edited 1 mês atrás by Sincero Brasileiro da Silva
Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

quando olho para os equipamentos das Forças Armadas Brasileira me dá vontade de chorar…

Ué, e só porque você é parceiro de alguém é obrigado a dar-lhe coisas de graça? Dinheiro não nasce em árvore. Se o Brasil quiser o Patriot, eles vendem, se o Brasil quiser o F-35, eles vendem. Mas fazer o quê se o governo e os militares daqui não querem abrir a carteira? Eles já nos ajudam muito através do FMS, mais caridade do que isso é pedir demais.

AK-130
AK-130
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

É, vende sim. Igual venderam F-4 Phantons para nós, igual venderam os canhões originais do AMX…

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  AK-130
1 mês atrás

Confesso que não sei em qual contexto se deu essas negociações, só que as coisas mudam. O F-35 foi feito pensando em exportação, quanto mais venderem, melhor. Quanto ao Patriot, eles nos venderiam assim que disséssemos que compraríamos o S-400 caso eles se recusassem.

glasquis 7
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

O Chile não tinha aceso ao Black hawk até que decidiu comprar 5 MI Russos… Curiosamente e depois da visita de alguns generais americanos, o Chile cedeu a opção de compra ao Peru e pasmem… logo depois lhe foram oferecidos ate 12 UH 70.

Casualidades da vida militar dirão alguns.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

O F35 não foi feito pensando na exportação, ele foi feito para os sócios do programa, mas depois, os EUA também o vendem a países da OTAN e a outros países amigos, mas não vendem a todos que o queiram comprar.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  rui mendes
1 mês atrás

Obviamente os EUA não venderiam para possíveis adversários. Mas o Brasil não se encaixa em tal categoria, sempre fomos países aliados e parceiros independentemente dos presidentes no poder lá e cá, por isso não teríamos problema em adquirir esse caça.

João Vitor
João Vitor
Reply to  AK-130
1 mês atrás

Não nos venderam simples F-4 por não confiarem em nós… Aí venderam F-14 pro Irã e tomaram golpe. Acho é pouco.

Nascimento
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Concordo. O Brasil esta mal equipado por culpa própria, os EUA não deve dar nada ao Brasil de graça (e olha que já doam muita velharia pra cá).

Logo não há lógica aceitar esta parceria, uma vez que o problema para as FAs estarem mal equipadas é delas próprias, e não de falta de acordos internacionais.

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Nascimento
1 mês atrás

Qual a necessidade de forças armadas fortes? invadir o suriname? bombardear a bolivia? O BR é um país satélite das grandes potencias. N tem projeto nacional algum de desenvolvimento. seus recursos sao expoliados sob a conveniencia dos governantes, o que resta as forças armadas defenderem? nada. lhe resta o papel que tem hj, viver de mamatas do estado,pintar meio fio, fazer bico de bombeiro em alguma enchente, emfermeiro em comunidades afastadas,etc.

João Vitor
João Vitor
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Os EUA claramente nos vêem como ameaça há anos, sabem que o Brasil já é isso tudo usando apenas um fio de cabelo de seu potencial. Imagina a situação deles se o Brasil for potência bélica vizinha e com interesses próprios…bem desconfortável pros senhores lá de Washington. Então não…eles não darão nada de decente pra nós… aliás nos sabotam sempre que possível, só lembrar deles dando esporro na Ucrânia pela parceria com o Brasil para o foguete VLS (segundo e-mails vazados).

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  João Vitor
1 mês atrás

Bobagem. A supremacia deles não seria ameaçada se tivéssemos uma dúzia de F-35 por aqui. Quanto a parceria com a Ucrânia, ela não deu certo por conta da nossa própria incompetência e também a dos Ucranianos, não por causa dos EUA, que acertadamente tentaram defender os seus interesses. Se eles não quisessem nos “dar” nada de decente, não teríamos o Gripen, que conta com tecnologias americanas. Então isso ai que você falou é idiotice, coisa de gente que gosta de ficar na zona de conforto ao invés de assumir responsabilidades, o que atrapalha o desenvolvimento militar do Brasil é o… Read more »

João Vitor
João Vitor
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

O que atrapalha o desenvolvimento do Brasil sim são brasileiros…os brasileiros que querem comprar equipamento pronto americano em detrimento do desenvolvimento interno de produtos. Ah então quer dizer que os EUA apenas protegem seus interesses? Tá parecendo político americano democrata em campanha tentando se vender como o bonzinho ao lado do republicano.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  João Vitor
1 mês atrás

É lógico que o desenvolvimento nacional de produtos militares é o ideal, ninguém discute isso. Mas eu tenho consciência de que vivo no Brasil real, você parece que vive no da fantasia. E sim, os EUA defendem os próprios interesses, assim como a Rússia defende os dela, a China os dela o Reino Unido os dele. Todas as grandes nações fazem isso, mas o Brasil não faz, hora é abrindo as pernas para os americanos, hora para os chineses, dependendo de quem está ocupando a cadeira de presidente. Não há um projeto de nação, é por isso que estamos nessa… Read more »

João Vitor
João Vitor
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Quem aqui falou em uma dúzia de F-35? Tu tá criando critérios específicos pra conversa ir pro teu lado. O que eu quero é no futuro o Brasil podendo produzir por exemplo um caça de última geração nosso…isso sim é poder. Essa é a possibilidade apontada por mim como temerosa pelos gringos. Se liga.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  João Vitor
1 mês atrás

Eu falei, citei uma dúzia de F-35s como exemplo, se o Brasil quisesse, eles seriam vendidos. Sim, eu também quero que no futuro o Brasil possa produzir um caça de última geração, e um destroyer de última geração, e um míssil de última geração e um MBT de última geração. Mas como eu disse no comentário anterior, eu vivo no Brasil real, não no do mundo da fantasia. O Brasil está fadado a ser uma nação de segunda classe graças ao povo. Só o que nos resta é comprar produtos de prateleira mesmo, pelo menos para fingir que temos forças… Read more »

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Sim. se vc é parceiro mesmo dos EUA, vc ganha dinheiro e equipamento gratis ou bem barato. Israel, Egito, Marrocos, recebem bilhoes todo ano em “ajuda militar” Dos EUA. Se o Tio Sam propoe que o BR gaste pra instalar 5g ocidental em detrimento do chines, mais barato. devia dar uma contraproposta digna. Essa proposta do jeito q esta, eh humilhante.

Alexandre
Alexandre
1 mês atrás

Nenhuma novidade os estadunidenses oferecerem cenoura pro burro, o problema é que o burro já está acostumado a segui-los sem nada receber. A China já reduziu em muito seu investimento no Brasil. Lembrando que os EUA são concorrentes direto do Brasil na área agrícola. A vivandeira patriota genocida vai manter o alinhamento incondicional com os EUA e com isso só os estadunidenses ganham. O mais interessante é o fato de que o Brasil se tornou tão insignificante no cenário internacional que a missão estadunidense é encabeçada por um conselheiro da defesa! Isso por si só deixa evidente o quanto a… Read more »

Zeus
1 mês atrás

Eis mais uma verdadeira oferta Caracu: “Excluam o melhor e mais barato sistema 5G, da empresa com a qual já trabalham e da qual já tem a infraestrutura instalada e comprem o mais caro e gastem bilhões para adaptá-lo, porque a superioridade tecnológica da China nesta área é contra os interesses econômicos dos EUA!” ” O crescimento e a independência de vocês brazucas também é contra nossos interesses, mas vocês não nos preocupam pois tem sido bons lacaios impotentes e incompetentes!” “E em troca de vossa submissão, nada de compensações econômicas, só vocês nos fazem concessões, mas terão acesso para… Read more »

João da Lua
João da Lua
Reply to  Zeus
1 mês atrás

Falou com a sabedoria do Olimpo.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Zeus
1 mês atrás

Melhor e mais barato sistema de espionagem do mundo, basta assinar e ficar com o flango.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 mês atrás

Qual será a novidade? Atualmente, todas as operadoras usam material da Huawei…

Zeus
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 mês atrás

Não, equivocado mortal! O melhor e mais barato sistema de espionagem é a NSA, que espiona teu país, teus líderes e até tuas cuecas sem oferecer nada em troca!
Mas vejo que tipos como você, Ó, pobre mortal transformado em clone do mickey, até se orgulham de serem violentados pelos estadunidenses!

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Zeus
1 mês atrás

confiemos e Implantemos a 5G americana, certamente os dados ficarão em um lugar seguro, ao invés de mãos chinesas…
comment image
comment image
comment image

Last edited 1 mês atrás by Adriano Madureira
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Adriano Madureira
1 mês atrás

E o pior é que os EUA não tem o que oferecer nessa área.
Tentaram adquirir participação na Nokia e na Ericsson e foram rechaçados.
Eles dependem da tecnologia de outros e querem barganhar com o Brasil.

José
José
Reply to  Zeus
1 mês atrás

Clone do Mickey foi boa.
Kkkkkk
Com sua permissão gostaria de usar a expressão com uma certa turma aqui.

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Zeus
1 mês atrás

Mickeys feios. Mickeys de chernobyl,

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 mês atrás

Experimente conversar com alguém sobre um produto com seu celular perto de vc.
No primeiro site que abir, o Google de mostra ofertas desse produto.
Como ele sabe?
Simples.
Executivos da empresa afirmaram que, EVENTUALMENTE, eles conseguem detectar conversas mesmo com o celular sem ligação.
Pediram desculpas, mas continuam escutando tudo.

CIDADAOMEDIO
CIDADAOMEDIO
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 mês atrás

Ja achei caro, ainda tem que assinar?? burocracia. Bom mesmo é o plano espionagem da NSA, CIA. vc n assina nada, quando vê, ja ta sendo espionado em nome da ” liberdade “

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Zeus
1 mês atrás

Mandou bem!

rui mendes
rui mendes
Reply to  Zeus
1 mês atrás

Membros não, sócios globais.

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

Sonho das vantagens dessa parceria: Arleigh Burke, Abrams, Tomahawk, AH-1Z Viper, F-15.

Realidade das vantagens: Era tudo um sonho.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

Viper é um trambolho do século passado, helicóptero de ataque para o Brasil tem que ser o T-129 ATAK.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

Se fosse para ter um helicóptero de ataque made in USA, o nome ou é apache ou Bell 360 invictus…

comment image

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

Existem parceiros e “parceiros” SB da Silva…

Lí agora que os eua estão oferecendo o Boeing F-15EX para a Ucrânia…

Pôis para eles é um ponto estratégico na região, principalmente por ser vizinho da Rússia, pode ser um benefício para Kiev, mas não deixa de ser um alvo pintado nas costas também…

comment image

Russos, americanos, chineses e eurobambis, nenhum deles são confiáveis ! Não existem parceiros, aliados ou amigos, existem interesses, e quando você perde seu valor,é quando você vira um ativo descartável, um indesejável.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Adriano Madureira
1 mês atrás

E os tropicalbambis são confíáveis???

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
1 mês atrás

Não acredito que alguém que se porte como subserviente em uma mesa de negociações possa sair com alguma vantagem!

carvalho2008
carvalho2008
1 mês atrás

Não falei?

O que o Brasil deve colocar é….

  • Ok, mas OTAN é Atlantico Norte….meu interesse é Atlantico Sul….esta oferta é pobrinha….mas dá para continuar sentado a mesa e conversar…o que mais vocês tem aí?
  • Tem um FMS de gratis?
  • Tem algum acordo economico compensatório? Porque deixar de vender para eles nos produtos concorrentes com o prorio EUA é que não deixarei de fazer…
  • Dá para continuar conversando…o que mais?
carvalho2008
carvalho2008
Reply to  carvalho2008
1 mês atrás

PS.: botar a China na cadeira para conversar tambem…e deixar os americanos saberem….vamos subir o passe ai e aumentar a o valor dos negóciose outras parcerias…não é somente a licença não……

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  carvalho2008
1 mês atrás

Justamente. A bola está com chineses e americanos. Que façam os lances. Nosso governo tem que agir pra mudar essa imagem desses cara de que a negociação sempre tem que acontecer de cima pra baixo. Quer a China fora? Abra a carteira então e nos mandem dólares.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  carvalho2008
1 mês atrás

Exato. Política pendular. Quem dá mais, leva, mesmo que nós saibamos quem vai levar. Eles não precisam saber.

Deixa a China fazer uma oferta incrível e vê o que os americanos fazem para melhorar a deles, etc.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  carvalho2008
1 mês atrás

O problema é que os EUA estão oferecendo melancias quando estamos querendo comprar maçãs.
Qual a relação entre 5G e armas de segunda mão?
Não estamos precisando de armas e sim de infraestrutura para melhorar esse país.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Mesmo.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  carvalho2008
1 mês atrás

Exatamente Carvalho ! Washington tem interesse em prejudicar as relações Brasil-China, quem ganhará com isso são eles… Portanto, que tipo de compensação financeira receberíamos caso Pequim resolvesse retaliar comercialmente?! Eles assumiriam e compensariam as perdas econômicas caso os chineses nos retaliassem no agro-negócio, na siderurgia ou no setor petrolífero, no setor de infraestrutura ou qualquer outra área?! É preferível ficar em cima do muro nessa briguinha estados unidos- China, eles que se entendam ou não, e não nós puxem para suas rusgas geopolíticas. Essa disputa pela liderança mundial entre Estados Unidos e China projeta-se no tema da tecnologia 5G, infraestrutura… Read more »

rui mendes
rui mendes
Reply to  carvalho2008
1 mês atrás

Que têm ser atlântico norte e o vosso interesse ser no sul, é para serem sócios da otan, não membros da otan e mesmo sócios, teriam que mais membros da aliança concordar, mas eu também não aceitaria, no lugar do Brasil, pois os Chineses nunca mais perdoariam isso.

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
1 mês atrás

Impossível não lembrar da piada do Costinha do político brasileiro que foi negociar no FMI… kkkkk

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
1 mês atrás

Nessas horas eu parabenizo a Índia por saber negociar com americanos e russos, e tirar “vantagens de verdade”, e só não negociam com chineses porque são inimigos! Haja habilidade.

João Vitor
João Vitor
Reply to  Yuri Dogkove
1 mês atrás

Cara… não é nem habilidade… é sacudir o cheque e pronto…”olha só, se vier com conversa mole eu dou o contrato pro concorrente”, pronto, fim de papo.

Apollo
Apollo
Reply to  Yuri Dogkove
1 mês atrás

A Índia ? kkkk O Modi não soube negociar porr# nenhuma. Acreditou na OTAN e agora vê as águas indianas serem invadidas pelos navios da OTAN sem nem ao menos pedirem autorização para isso, Só o que tem é notícia sobre isso, foi o maior erro geopolítico dos últimos anos. Quem sabe negociar de verdade é Portugal, que deixa logo bem claro, quem pagar mais leva e ponto final. Com Portugal é assim “dinheiro na mão, calcinha no chão, dinheiro não viu, calcinha subiu” O Modi na Índia só está é ferrando a população, é um fascista descarado.

Caio
Caio
1 mês atrás

Será que aceitando nossos líderes civis e militares vão saber aproveitar, essa é a maior questão.

Helio Edduardo
Helio Edduardo
Reply to  Caio
1 mês atrás

Não. Simplesmente, não saberão.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 mês atrás

Acredito que esta negociação deve ficar pra o final de 2022 quando o Bolsonaro sair da cadeira.
A decisão mais sensata seria em favor da China.
Os Estados Unidos só nos oferecem sucatas em termos militares.
O momento de arriscar é agora !

Last edited 1 mês atrás by Antunes 1980
Marcos
Marcos
1 mês atrás

OFF

Projeto 8X8 enfim andou! Foi autorizada a compra de 2+7 veículos (2 protótipos + 7 veículos para experimentação doutrinária)

h) adquirir, com recursos do Prg EE GUARANI, 02 (duas) VBC Cav-MSR 8×8; 

15) Adquirir, com recursos do Prg EE GUARANI, 02 (duas) VBC Cav-MSR 8×8, como Lote de Amostra. 

16) Obter o lote de 7 (sete) viaturas destinadas à experimentação doutrinária, após a aprovação da avaliação pelo Centro de Avaliação do Exército (CAEx).

Last edited 1 mês atrás by Marcos
Antunes 1980
Antunes 1980
Reply to  Marcos
1 mês atrás

Centauro II?

rodrigo
rodrigo
Reply to  Antunes 1980
1 mês atrás

Não…deve vim o Centauro 1, pois colocaram no requisito do Exercito canhão de 105 mm e do Centauro 2 e 120 mm…

Barak MX para o Brasil
Barak MX para o Brasil
Reply to  rodrigo
1 mês atrás

Meu deus cara. Esquece Centauro 1. O Centauro 2 pode receber um canhão de 105mm. Quero saber de onde vão tirar Centauro 1 em bom estado e usado e além do mais, não tem como ele concorrer contra as outras ofertas de veículos novos.

Marcos
Marcos
Reply to  rodrigo
1 mês atrás

Você deve ter lido o documento errado. O canhão é no mínimo de 105 mm, ou seja, pode vir com canhão de 105, 120, 125 ou 130 mm. O que não pode acontecer é vir com canhão de 100 ou 90 mm

sergio
sergio
Reply to  Marcos
1 mês atrás

Mais quem ganhou ????

Marcos
Marcos
Reply to  sergio
1 mês atrás

Não foi informado. O Exército emitiu o RFI no começo do ano. Pelo que consta em outros sites especializados, diversas ofertas foram feitas.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Marcos
1 mês atrás

Fonte?
E pra quando é a compra?

Matheus
Matheus
Reply to  Marcos
1 mês atrás

Algum link sobre?

Marcos
Marcos
Reply to  Matheus
1 mês atrás

Copia o texto que ta em negrito e posta no google. Vai dar direto no documento que foi publicado hoje

sergio
sergio
1 mês atrás

Então os Americanos querem que a gente compre confusão com a China, e não tenha duvidas que essa confusão sera Bíblica, em troca de sermos parceiros globais da Otan, Eu realmente espero que da mesma forma que eu acho que isso e piada, nosso governo também encare desta maneira.

Pedro Bó
Pedro Bó
1 mês atrás

Agora seria o momento propício para o MRE, MCT e outras pastas do Executivo Federal sentarem com os chineses e obterem mais vantagens de Pequim como contrapartida a adoção da tecnologia do 5G.

Funcionário dos Correios
Funcionário dos Correios
1 mês atrás

Da para barganhar coisa melhor em, acelerar a questão da OCDE, mais OTAN e alguma outra facilidade da para começar a pensar, fora isso acho muita desvantagem

João Augusto
João Augusto
1 mês atrás

Que furada.

Helio Edduardo
Helio Edduardo
1 mês atrás

Prezados, Fico aqui imaginando o quanto deve ser colocado sobre a mesa por EUA ou China para que o País faça uma escolha estratégica destas. Do meu modesto ponto de vista, muito, mas muito mesmo. Parceria militar para compra de equipamentos com vantagens? Que vantagens?] Mais prazo para pagar em dólares ou euros ou permitir pagamento em reais? Participação de empresas brasileiras no desenvolvimento de caças de 6ª geração, misseis, etc, ou a ToT a que já estamos acostumados, e que é uma p*rcaria? Apoio militar irrestrito em caso de necessidade ou fica num “se quiser, apareça”? Uma escolha assim… Read more »

José
José
Reply to  Helio Edduardo
1 mês atrás

Foi você quem disse que deve ser um besta…

Num falei nada…

Marcos
Marcos
1 mês atrás

a adesão do Brasil na parceria dependeria do aval de outros integrantes da Otan Aqui que mora o perigo. Algum país Europeu simplesmente vai dizer não e fica por isso mesmo. Relações diplomáticas entre o Brasil e a China vai pra as cucuias. O certo é deixar os EUA e China se matarem na oferta. Quem fizer a melhor oferta, leva! E que o Brasil tire proveito com mts compensações. A China pode construir toda a frota de superfície que a Marinha do Brasil precisa. A China tem cacique pra investir bilhões em infraestrutura. É do interesse deles melhorar a… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Marcos
Carlos Campos
Carlos Campos
1 mês atrás

Com certeza tem mais coisa envolvida, queremos dinheiro! o PG quando falou com Xi um tempo atrás, disse até em acordo comercial com a China, um acordo US-Brasil bem vantajoso ao Brasil pra mim seria o mínimo razoável para vetar o 5G chinês, além de que depois podíamos agradar a China reduzindo impostos em alguns itens importando, e diminuindo imposto de exportação em soja, ferro e outra coisa.

XFF
XFF
1 mês atrás

1- O Governo Federal e os Militares vão cair numa grande armadilha se aceitar esses tipos de propostas dos EUA. A ideia dos EUA é manter o Brasil colonizado e controlado em troca de migalhas. Brasil está em paz com seus vizinhos, há ameaças contra nosso país, qual a vantagem do Brasil entrar no OTAN? Só pra dizer que tem aliados poderosos? Além disso, a OTAN consome grandes recursos dos membros que nem os Europeus querem pagar, fora a perda de soberania que o país vai sofrer ainda mais. 2- Se o Brasil cair nessa aventura, a China vai aplicar… Read more »

Last edited 1 mês atrás by XFF
Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  XFF
1 mês atrás

Se o Brasil cair nessa aventura, a China vai aplicar sanções pesadas que vai afetar a nossa economia de forma bem pesada. Quem irá comprar os nossos insumos? Os EUA? Só lembrando que os EUA são nossos concorrentes na área agrícola””””””” China ia cag@r para nós sermos parte da OTAN ou não, nem em questão de 5G eles aplicariam sanções ao Brasil, a não ser que gente passasse a falar mal da china, Taiwan livre, Tibet livre, mandar navio para o mar do sul da china, direitos humanos na china e blá blá blá. Tem muito dinheiro para se fazer… Read more »

rui mendes
rui mendes
Reply to  XFF