terça-feira, setembro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Laboratório do Exército recebe certificação internacional inédita de órgão de proibição de armas químicas

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Rio de Janeiro (RJ) – A partir de 31 de agosto de 2021, o Brasil passou a fazer parte do seleto grupo de 21 países que possuem laboratórios designados pela Organização para Proibição de Armas Químicas (OPAQ) para receber amostras ambientais autênticas oriundas de situações de conflito, de inspeções de rotina ou de outros eventos envolvendo armas químicas. Essa conquista foi alcançada pelo Laboratório de Análises Químicas (LAQ) do Instituto de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (IDQBRN) do Centro Tecnológico do Exército (CTEx).

O LAQ é o primeiro e único laboratório da América Latina a possuir tal certificação. Atualmente, no Hemisfério Sul, apenas Brasil e Austrália fazem parte da lista de países com laboratórios designados pela OPAQ. Segundo o Diretor do IDQBRN, Coronel Marcos Carvalho Barcellos, a certificação insere o Exército Brasileiro no cenário internacional de defesa química. “A partir de agora, o Laboratório de Análises Químicas integra uma rede mundial de laboratórios certificados e tem capacidade para receber qualquer material real de qualquer evento com agentes químicos de guerra do mundo inteiro”.

Ainda segundo o Coronel Barcellos, a certificação do laboratório é a culminância de um trabalho que se iniciou em 2008, e que passou por processos de certificação nacional junto ao Inmetro – pré-requisito para a acreditação internacional – e por três conceitos internacionais de excelência em 2019, 2020 e, finalmente, 2021. “Todo o sistema DQBRN apoiou pra que isso acontecesse. Trata-se de uma vitória para a Ciência e Tecnologia do Exército e para o sistema de defesa”, destacou.

Processo
Para tornar-se um laboratório designado, é necessário possuir um sistema de qualidade estabelecido conforme os requisitos da norma ISO 17025:2017, acreditado para a análise de agentes químicos de guerra, participar anualmente de testes oficiais de proficiência e obter consecutivos resultados de excelência.

Organização para Proibição de Armas Químicas
A OPAQ é um organismo multilateral formado por 193 estados-partes signatários da Convenção para Proibição de Armas Químicas e possui sede na cidade de Haia, nos Países Baixos. Em 2013, a organização foi agraciada com o Prêmio Nobel da Paz devido a seus extensivos esforços para eliminação das armas químicas.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

- Advertisement -

8 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Araujo
Fabio Araujo
21 dias atrás

Isso mostra o nível de profissionalismo e de excelência das nossas forças armadas! Parabéns EB!

M.@.K
M.@.K
21 dias atrás

Seria interessante por o mapa em questão após o segundo parágrafo, pois pelo que entendi, mostra os países que foram certificados pela OPAQ. O mapa no final do último parágrafo, dá a entender que se referencia aos países signatários da OPAQ… somente uma sugestão…

Agnelo
Agnelo
21 dias atrás

Muito Excelente!!!

CRSOV
CRSOV
20 dias atrás

Muitos desses países certificados possuem vastos arsenais de armas químicas e bacteriológicas, o que mostra uma certa falsidade, por conta de fulanos poderem ter todo tipo de armas e ciclanos não poderem ter nada de armas !!

Fabio Araujo
Fabio Araujo
Reply to  CRSOV
20 dias atrás

Os arsenais químicos e biológicos foram destruídos, restando apenas amostras pequenas para pesquisa e referência, a destruição em teoria foi acompanhada por observadores externos. E devem ter sido destruídos pois essas armas tem prazo de validade e requerem um certo cuidado no armazenamento e mais importante que ter elas em estoque é ter a capacidade de fazê-las rapidamente e não duvidem que as grande potências ainda possuem essa capacidade!

Tadeu Mendes
Reply to  Fabio Araujo
19 dias atrás

A Russia ainda possui um vasto arsenal de weaponized smallpox.

Cadillac
Cadillac
20 dias atrás

Aqui vemos como a seção de comentários deste site é deprimente, não por causa daqueles que comentaram aqui, mas pelos que não comentaram. Uma notícia maravilhosa como essa e possui apenas 5 comentarios, mas se fosse qualquer coisa falando mal das forças armadas seriam 300 comentários. E depois esse povo reclama de quem diz que só querem fazer baderna e que são haters. Contra fatos não há argumentos, não dá pra levar a sério o que os ‘ixxpexialistas’ nos comentários dizem, isso quando não é a moderação desse site aprovando comentários com ofensas, xingamentos e palavrões e colocando restrições de… Read more »

Sensato
Sensato
18 dias atrás

Muito bom ver mais está comprovação de que há muito trabalho de excelência sendo feito dentro das forças armadas ao contrário do que tenta difundir um grupo que visa desacreditar nossos militares em prol de interesses questionáveis.

Últimas Notícias

Paraquedistas russos começam exercícios em grande escala na Crimeia

SIMFEROPOL, 27 de setembro. /TASS/. Os exercícios em grande escala de um assalto aéreo com um regimento de artilharia...
- Advertisement -
- Advertisement -