sexta-feira, outubro 7, 2022

Saab RBS 70NG

Saab apresenta soluções inovadoras em defesa e segurança na 6ª Mostra BID

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Entre os dias 7 e 9 de dezembro, a Saab participa da 6ª Mostra BID, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (DF). Durante o evento, a empresa apresenta a amplitude de seu portfólio de domínio naval e terrestre, além de soluções como sistemas de comunicação presentes na defesa brasileira.

No estande da Saab, os visitantes poderão receber informações sobre a lancha multimissão CB 90, capaz de executar tarefas em mares abertos, rios, lagos, sob a missão de patrulhamento, combate, interceptação, desembarque e salvamentos.

Ainda na área naval, a empresa tem as embarcações de contramedidas de minagem, que possuem o casco feito de compósito – um “sanduiche” composto por camadas de plástico reforçado com fibra de vidro para reduzir a eficácia das minas magnéticas.

“A Saab possui um histórico comprovado de entrega de plataformas, bem como de sistemas e subsistemas integrados para todas as aplicações marítimas. Nosso pensamento inovador nos impulsiona a desenvolver soluções tecnicamente avançadas e independentes para atender aos desafios de hoje com vistas às necessidades do futuro. Essa flexibilidade é bem-vinda às necessidades da América Latina, uma região de boas oportunidades para os novos negócios”, afirma Marianna Silva, presidente da Saab no Brasil.

Quem for ao evento poderá ter mais informações sobre o Comint (do inglês, Communication Intelligence), principal solução da Saab no Sisfron (Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras), do Exército Brasileiro, que possibilita ampliar e fortalecer a segurança das fronteiras do país.

Além do sistema de comunicação, outros equipamentos presentes na defesa brasileira são o Canhão Sem Recuo Carl-Gustaf M4 e o sistema míssil de baixa altura telecomandado RBS 70, além de soluções de treinamento e simulação.

RBS 70

A empresa apresentará também a sua experiência no fornecimento de equipamentos eletrônicos e serviços avançados de manutenção e suporte aos mercados civil e de defesa nacional. Hoje, a Saab é responsável pela manutenção da maior rede de radares meteorológicos do Brasil e será também responsável pela manutenção dos radares do caça Gripen.

Carl-Gustaf M4

A parceria com o Brasil começou em 2014, com um contrato para o desenvolvimento e produção de 36 aeronaves Gripen E/F para a Força Aérea Brasileira (FAB), incluindo sistemas, suporte e equipamentos, além de um amplo programa de transferência de tecnologia que promove o desenvolvimento da indústria aeronáutica local. No evento, os visitantes terão ainda a oportunidade de conferir a exposição de uma réplica em tamanho real do Gripen no estande da FAB.

A Saab estará no estande 91/92, onde os executivos de vendas estarão à disposição para prestar todos os esclarecimentos necessários sobre as soluções apresentadas.

Sobre a Saab

A Saab é uma empresa líder no segmento de defesa e segurança com a contínua missão de ajudar nações a manter a segurança da população e da sociedade. Com a força de 18.000 talentos, a Saab está em constante expansão das fronteiras tecnológicas para criar um mundo mais seguro, sustentável e igualitário. A Saab desenvolve, produz e mantém sistemas avançados em aeronáutica, armamentos, comando e controle, além de sensores e sistemas subaquáticos. A Saab tem sua sede na Suécia, tem operações de grande porte em todo o mundo e faz parte dos recursos de defesa de diversas nações.

DIVULGAÇÃO: Saab / Publicis Consultants

- Advertisement -

7 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Samuca cobre
9 meses atrás

Lancha CB 90 seria uma maravilha algumas delas aqui no Brasil!!!

M.Lobo
M.Lobo
Reply to  Samuca cobre
9 meses atrás

Na minha opinião a Marinha tinha que passar todo o patrulhamento fluvial para o Exército e se concentrar somente no mar. E nesse caso, seria uma boa opção para o Exército se equipar com várias CB90 para esta operação.

Oráculo
Oráculo
9 meses atrás

A SAAB deveria firmar uma parceria com algum estaleiro local para fabricar a CB90 em solo nacional.
Se for feita aqui tem mais chances de vender.
Caso contrário esqueçam.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Oráculo
9 meses atrás

Se o governo abrir licitação eu não tenho duvidas que eles fabricam aqui no Brasil com um grau de nacionalização satisfatório.

Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Gabriel BR
9 meses atrás

Não adianta só querer fabricar aqui, tem que ser um nro satisfatório que valha a pena fabricar, que o valor fique pelo menos igual ao de comprar fora, pq fabricar aqui e custar 4x,5x mais que comprar fora só para alimentar um nacionalismo bobo é sem sentido. Sou a favor que se fabrique aqui, mas que sejam comprados em nros suficientes para justificar e após a construção de todas que a fábrica continue aberta fornecendo componentes para as FFAA e outros barcos para que possa se mantar sem o dinheiro do Governo. Mas pensar assim aqui no Brasil parece até… Read more »

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
9 meses atrás

O que mantém a industria de defesa em todos os países do mundo são as encomendas governamentais. O resto é fantasia e ingenuidade sua …

Fabio Araujo
Fabio Araujo
9 meses atrás

OFF – Drones da XMobots de 150 kg adquiridos pelo Exército são exibidos pela 1ª vez em mostra de Defesa e Segurança

https://xmobots.com.br/drones-da-xmobots-de-150-kg-adquiridos-pelo-exercito-serao-exibidos-pela-1a-vez-em-mostra-de-defesa-e-seguranca/

Últimas Notícias

Ucrânia: escassez de munição de artilharia foi resolvida graças aos russos

A Ucrânia não está mais com pouca munição de artilharia porque a Rússia abandonou muita coisa nos últimos recuos,...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -