segunda-feira, maio 16, 2022

Saab RBS 70NG

EUA cobram ‘resposta forte’ do Brasil contra cerco de Putin à Ucrânia

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, e o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos França, conversaram por telefone

Os Estados Unidos cobraram do Brasil nesta segunda-feira (10) uma posição firme contra uma eventual invasão da Rússia à Ucrânia.

Desde 2021, o presidente russo, Vladimir Putin, posicionou 100.000 soldados ao longo da fronteira com a Ucrânia para evitar que o país se aproxime do Ocidente.

A cobrança aconteceu durante um telefonema entre o secretário de Estado americano, Antony Blinken, e o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos França, nesta segunda-feira.

Blinken disse será necessário “uma resposta forte e unida” contra uma eventual ofensiva russa contra Kiev.

De acordo com o comunicado divulgado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos, a crise no leste da Europa foi uma das prioridades discutidas entre os dois durante a conversa.

O comunicado afirma que a diplomacia americana pretende trabalhar com o Brasil em questões regionais, como a situação calamitosa do Haiti.

Recentemente, o Brasil voltou a ter assento no Conselho de Segurança da ONU.

Também nesta segunda-feira, diplomatas enviados por Washington e Moscou a Genebra, na Suíça, discutiram uma posição distensão na fronteira ucraniana.

A reunião durou mais de oito horas em Genebra, na Suíça. Segundo o Kremlin, não existem planos de invasão.

“Não há razão para temer algum tipo de cenário de escalada”, disse Sergei Ryabkov.

“As negociações foram difíceis, longas (…). Temos a sensação de que o lado americano levou as propostas russas muito a sério e as estudou profundamente”, acrescentou.

FONTE: Veja.com

- Advertisement -

321 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
321 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
4 meses atrás

Na minha visão, é a primeira vez, desde a segunda guerra mundial, que o Brasil é pressionado dessa maneira a se posicionar entre um lado ou outro.

francisco
francisco
Reply to  Diego Tarses Cardoso
4 meses atrás

Não se iludam os torcedores chineses e russos. Na hora do pau o Brasil, assim como todo o mundo Ocidental vai apoiar os Estados Unidos.

C M
C M
Reply to  francisco
4 meses atrás

Correto.

Alguns ainda não percebem isto.

Agressor's
Agressor's
Reply to  C M
4 meses atrás

brazileru hoje luta só por político, mas não luta pelo país! Infelizmente a briga dos brazilerus são pelos políticos, se preocupam com os políticos e não pelo bem do nosso país! Eu fico assustado com tamanha incompreensão da realidade, os extremos dessa sociedade doente e viciada em ser massa de manobra de político me deixa cada vez mais estarrecido…

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Agressor's
4 meses atrás

A briga é por Brasília, não pelo Brasil…

Agressor's
Agressor's
Reply to  Joao Moita Jr
4 meses atrás

Infelizmente hoje se eu colocar uma camiseta verde e amarela e sair na
rua serei confundido com um bolsopetista, pois associaram nossos
símbolos nacionais com uma posição política. É muito triste o rumo que o
país está tomando, devemos nos unir pelo Brasil, dar valor à nossa
história…Homens morreram no passado para um “presidente” bater continência para a bandeira estadunidense…

Last edited 4 meses atrás by Agressor's
Carlos Pietro
Carlos Pietro
Reply to  Joao Moita Jr
4 meses atrás

Boa tarde, verdade João, e digo mais, não é pelo brasil e nem pelos brasileiros. É somente com seus interesses.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Agressor's
4 meses atrás

O problema é maior do que você diz, não está no povo brasileiro apenas não.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Diego Tarses Cardoso
4 meses atrás

Existe em nosso país uma política de governo voltada apenas para o intuito de beneficiar interesses alienígenas. Nossa classe dirigente não atua em prol de nossa nação mas sim em prol da nação dos outros…nosso desenvolvimento é sabotado para que estrangeiros tomem o controle de tudo e o monopólio sobre o nosso mercado consumidor que é o quarto maior do mundo…tudo é mantido parado ou mal funcionando…para que o país se mantenha subdesenvolvido, submisso e no clientelismo…apenas como um “exportador de bananas”…a troco de propina entregam para pilhagem nossas riquezas e patrimônios…as licenças de exploração são vendidas por mixaria em… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Agressor's
Alex Rocha
Alex Rocha
Reply to  Agressor's
4 meses atrás

Agressor’s concordo com seus argumentos mas vamos fazer uma análise no contexto atual de como isso poderia mudar? Em se tratando do contexto politico esqueça, impossível pois são muitos interesses envolvidos. Se tratando de um contexto populacional acho muito difícil isso acontecer justamente por causa da polarização que nosso país enfrenta. Há somente duas possibilidades que sobram: Ou o país devido as suas deficiências se deixa ser invadido por outras nações no futuro principalmente pela quantidade de riquezas que aqui há, ou futuramente o calo vai ficar tão apertado para o brasileiro que estes irão se revoltar contra o sistema… Read more »

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
Reply to  Diego Tarses Cardoso
4 meses atrás

Exato, o problema vai muito além do povo, a própria constituição de 1988 é responsável por boa parte dos problemas que temos, vou dar alguns exemplos do topo da minha cabeça de coisas que é culpa do sistema e não do povo. 1º – Foro Privilegiado, Brasil tem mais de 45 mil pessoas na proteção do foro privilegiado, esse numero é quase 20x maior que a China. 2º – Sistema de nomeação do STF acaba por permitir que partido/políticos tenha influencia sobre o STF, se um partido ficar muito tempo no poder poder acabar por aparelhar completamente/parcialmente o STF. 3º… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Plinio Carvalho
Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Plinio Carvalho
4 meses atrás

Eu deixei de votar porque o sistema brasileiro é furado. A constituição cidadã que garante privilégios feudais as castas de funcionários públicos “imexíveis” . É uma constituição parlamentarista para um regime presidencialista. Daí a corrupção e os “centrões’ da vida. Quem vai mexer nos privilégios ? O congresso mais caro do mundo e um judiciário igualmente caríssimo. Cujos ministros julgam causas patrocinadas por escritórios de filhos e parentes. Os caras soltam traficantes presos em flagrantes com 500 kilos de cocaina. Tudo feito para desmoralizar.

Slow
Slow
Reply to  Antonio Palhares
4 meses atrás

https://www.google.com/amp/s/noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2015/07/22/dilma-veta-reajuste-de-salarios-do-judiciario.amp.htm

Judiciário mais caro do mundo vdd lembra qnd essa moça aí vetou reajuste de 80% oque aconteceu ..

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Slow
4 meses atrás

Vi sim.
As reservas em dólares que eram de aproximadamente quatrocentos bilhões de dólares. Hoje estão na casa dos cento e setenta bilhões.
Basta ver o que está acontecendo nesta pandemia.
O país todo arrebentado. Quebrado. Queda na arrecadação.
Todos do sistema produtivo sofrendo. E os funcionários da casta elite dos funcionários recebendo aumentos.
E não dê para ver.

Flanker
Flanker
Reply to  Antonio Palhares
4 meses atrás

Sem entrar no mérito das tuas colocações, com as quais concordo na maioria. Porém, em 2021 a arrecadação do GF bateu recordes históricos. O que fazem com p dinheiro é outra discussão. Mas, a arrecadação foi gigantesca.

Luis
Luis
Reply to  Antonio Palhares
3 meses atrás

deixar de votar não me parece boa opção. não adianta nada ser limpinho se isso implica em permitir injustiça e agressão contra sí e sua família e amigos. voto em uma democracia não presta para nada a não ser para se defender. se o inimigo deixa uma arma no campo de batalha, vc pega e usa contra ele. enquanto o mal for inevitável, luto pelo mal menor.
fora, isso, concordo com todas as suas críticas muito mais indignado.

Last edited 3 meses atrás by Luis
Luis
Luis
Reply to  Plinio Carvalho
3 meses atrás

belos pontos, pelo menos o diagnóstico está muito bom

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  C M
4 meses atrás

Depende de qual Governo.
O próximo Governo não vai nem querer saber de apoio aos EUA e muito menos em guerra.
Esquece isso.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Qual próximo governo, sujeito??

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
Reply to  francisco
4 meses atrás

Apoiar quem vive atacando nossa soberania e nosso jeito de resolver nossos problemas internos, isso só mostra o nível de incompetência e subserviência dos políticos brasileiros.

Luis
Luis
Reply to  Plinio Carvalho
3 meses atrás

“nosso jeito de resolver nossos problemas internos” é muito relativo, cada mini-tiranete impotente acha q o seu jeito é o certo e se conseguir usar a força para implementar isso, está tudo ótimo. não há consenso interno, há pessoas cada uma defendendo seus próprios interesses, frequentemente antagônicos aos demais, cada pessoa tem seu conjunto único de ideias e preferências..além do que, não existe governo estrangeiro totalmente bom ou mau e é desonestidade intelectual argumentar com duplo padrão moral. criticar um lado e ficar quietinho diante de outro lado fazendo coisas muito piores.

RPiletti
RPiletti
Reply to  francisco
4 meses atrás

Com o país rachado da maneira que esta?
Só se torpedearem nossas embarcações como fizeram nos anos 40…

Heitor
Heitor
Reply to  francisco
4 meses atrás

Isso não e jogo de paus e pedras e jogo de hipocrisia e sanções

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  francisco
4 meses atrás

Vamos enviar nossos Gripens, matadores de Sucokoi, para lá?

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  100nick-Elã
4 meses atrás

Vixi!!! Aí sim, a situação da Rússia despenca de vez quando avistarem a tremenda frota de Gripens da FAB…

Slow
Slow
Reply to  100nick-Elã
4 meses atrás

???? verdade

Lucas
Lucas
Reply to  100nick-Elã
4 meses atrás

Vamos mandar 2 Gripens.
Vai ser o terror dos russos.
(contém ironia).

João Augusto
João Augusto
Reply to  francisco
4 meses atrás

Com o atual presidente, que já prestou continência à bandeira dos EUA, não há dúvidas.

Luis
Luis
Reply to  João Augusto
3 meses atrás

bom mesmo, em vez de mostrar respeito pessoal que custa R$ 0,00 em impostos seu, meu e do zé das couves com 5 filhos no interior do maranhão, é quebrar o país roubando mais do q o plano marshall, e pagar só R$ 7,16 bilhões de multa para os estados unidos https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/27/economia/1538056663_885119.html é entregar refinaria de R$ 2 bilhões para bolivianos que invadiram depois de perguntar se o brasil faria alguma coisa e ouviram que não, é entregar R$ 3,5 bilhões para cuba e venezuela, https://noticias.r7.com/economia/calote-cuba-e-venezuela-devem-r-35-bilhoes-ao-bndes-04082021 além vários outros paises e sendo esses valores atualmente defasados. tudo isso é exemplo… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Luis
karl Bonfim
karl Bonfim
Reply to  francisco
4 meses atrás

Verdade, mas eu acho que deveríamos ficar em cima do muro por enquanto e fazer o que o Getúlio Vargas fez…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  francisco
4 meses atrás
Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Ahãm….e daí? Eles vão fazer o que?

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Diego Tarses Cardoso
4 meses atrás

Já fomos pressionados mais vezes por apoio depois da segunda guerra. Crises dos misseis, invasão do Iraque que era nosso grande parceiro comercial, guerra entre Argentina e Inglaterra, guerra da lagosta que não podíamos usar armas de origem americana contra os franceses, mas usamos mesmo assim. E por ai vai.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Diego Tarses Cardoso
4 meses atrás

E sem sucesso.
Com o provável próximo Governo, terá chance zero.
Em tempo:
A política externa capitaneada por esse senhor aí da foto tem sido um desastre completo.

Pablo
Pablo
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Provável próximo governo? Ta melhor que o data folha agora.

Damon Souza Freire
Damon Souza Freire
Reply to  Pablo
4 meses atrás

Ele já deve saber algo de concreto sobre as urnas por que nas ruas a situação é outra .

Slow
Slow
Reply to  Damon Souza Freire
4 meses atrás

Urnas ? Aquela que elegeu o PR 5 ou 6 vezes deputado e uma PR ? E 3 filhos ?

O próprio presidente falou que iria aprender provas e depois falou que não tinha .. então cai na realidade

Last edited 4 meses atrás by Slow
horatio nelson
horatio nelson
Reply to  Slow
4 meses atrás

só a urna pra eleger 2 x uma pessoa q não sabe formular uma frase d..l..m..a…voto não foi

Pablo
Pablo
Reply to  Slow
4 meses atrás

As mesmas urnas que colocaram outros políticos no governo, como uns que afundaram a Petrobrás.

Slow
Slow
Reply to  Pablo
4 meses atrás

https://www.google.com/amp/s/economia.uol.com.br/noticias/redacao/2010/09/24/petrobras-deve-ficar-entre-as-cinco-maiores-empresas-do-mundo.amp.htm

Afundaram tanto que ela estava entre as 5 maiores do mundo em 2010 .. e a gasolina era menos da metade do que é hoje.

Agora que ela está boa né aumento na gasolina quase todo mês e o PR vendendo todas refinarias que consegue, inclusive a 2 maior do país foi vendida pra Árabe depois daquela viagem dele ..

Pablo
Pablo
Reply to  Slow
4 meses atrás

Quem adotou a medida de preços atuais? Qual governo?

MSOMOZ
MSOMOZ
Reply to  Slow
4 meses atrás

Então vale o rouba mas faz?
Os 2 governos foram/são ruins.

Slow
Slow
Reply to  MSOMOZ
4 meses atrás

Quem roubou ?

Flanker
Flanker
Reply to  Slow
4 meses atrás

Se tu não sabe, é porque teu nível de doutrinação extrapolou todos os limites…..

Eliakim
Eliakim
Reply to  Damon Souza Freire
3 meses atrás

Meteu essa? Sério?

Que ruas? Onde estão os apoiadores do “mito”? A minoria barulhenta? Os reacionários de carteirinha?

Esse traste deveria ter sofrido impeachment há tempos, mas o centrão segurou porque assim conseguiu aumentar sua influência e seus ganhos.

O Presidente é um leão no cercadinho e uma tchutchuca no Congresso

Francisco
Francisco
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Amigo você sabe porque estivemos, estamos e estaremos sempre sendo pressionados por outras nações, porque vivemos em uma sociedade onde pessoas como você que demonstrou em seu comentário que só porque não gostam desse presidente ou daquele, que por amor a algum espectro político prefere boicotar o país, preferem prejudicar seu semelhante em detrimento de outras nações como foi recentemente a questão da Amazônia que mesmo “todo” mundo sabendo o real interesse dos sapos franceses e do macron ainda assim inúmeros brasileiros por não gostarem do presidente preferiram e preferem apoiar os estrangeiros em sua retóricas contra o Brasil não… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Francisco
4 meses atrás

Bem.
Não entendi bem a correlação de seu comentário com o pedido absurdo desse senhor em uma questão que não diz respeito ao Brasil.
Como ele não vai ter sucesso mesmo, é melhor deixar pra lá.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Por que não diz respeito ao Brasil? O país acabou decassumir um assento temporário no CS da ONU. Na época do inominável, a bandeira maior nas relações exteriores era um assento permanente nesse mesmo Conselho. Quer tu queira, ou não, o Brasil negocia com todos os envolvidos e é a maior economia do hemisfério sul. Mesmo com as besteiras feitas e ditas nos últimos 3 anos, o Brasil ainda tem sua relevância regional. Quem quer ter um minimo de protagonismo, precisa se posicionar.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
4 meses atrás

Ótimo.
Mas, porque o fato de ter um assento temporário no Conselho de Segurança deve levar a uma posição anti-Rússia na questão.
Será que a Ucrânia não está fazendo nada errado?
Será que a Ucrânia com seu governo de matiz fascista é santa?

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Eu disse que a posição do Brasil tem que ser anti-rússia? Eu falei que o Brasil tem que se posicionar, não ficar se fazendo de desentendido. Dar seu parecer, de acordo com os interesses do Brasil, e se posicionar de maneira firme. Essa e a função do Itamaraty. Quanto a Ucrânia, é ela que está ameaçando a Rússia, ou é o contrário? Quem está ameaçando invadir quem? E desde quando Putin se importa se o presidente ucraniano é fascista, comunista, democrata ou anarquista? Até parece que o motivo dos russos cercarem a Ucrânia é a ideologia do presidente ucraniano…ahãm…..ora, xings,… Read more »

Slow
Slow
Reply to  Flanker
4 meses atrás

Quem está querendo implantar mísseis na Ucrânia ? Se fosse o contrário aconteceria a mesma coisa..

crise de mísseis em Cuba esqueceu ?

Flanker
Flanker
Reply to  Slow
4 meses atrás

Pois que sentem e discutam….ou se matem numa guerra. Só não venham dizer que é por conta do presidente ucraniano ser fascista, comunista ou qualquer outro ista…..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
4 meses atrás

Está bem.
A primeira parte do seu texto tem sentido.
Mas, o título da matéria é ‘resposta forte do Brasil CONTRA cerco de Putin’.

Segundo é que, a princípio, existe um questão estratégica que muito interessa à Rússia.

E, ainda, existem muito cidadãos de origem russa na região que estão sendo molestados por ucranianos, principalmente militantes fascistas.

Deste modo, isso interessa muito à Rússia

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Mas, eu falei que o Brasil precisa se posicionar…os EUA podem pedir o que quiserem…o Brasil é que precisa saber o que responder. O que não pode é esconder a cabeça na areia.
E se tem russos na Ucrânia, tem ucranianos na Rússia, chineses nos EUA, norte-americanos na china, etc. E os russos estão sendo molestados? Mas, isso não pode, né? Concordo! Assim como também não pode o governo chinês perseguir minorias e mandá-los para campos de “reeducação”…Mas, para isso tu tem uma desculpa pronta, né?

MGNVS
MGNVS
Reply to  Flanker
4 meses atrás

Flanker… lembre-se que a diplomacia brasileira é reconhecida internacionalmente por sempre ser pautada pela nao-intervencao, nao-agressao e autodeterminacao dos povos, e isso é uma questao do Estado brasileiro e nao de “governos ideologicos”. Na minha opiniao o Brasil deve fazer igual a Suecia e se manter neutro nessa questao. Digo isso pq se hoje os EUA pressionam outros paises contra a Russia, amanha eles podem pressionar estes mesmos paises contra nós. Como brasileiros nao devemos deixar que outros países (EUA, Russia, China, UE, etc) nos usem como massa de manobra so para atingirem seus objetivos excusos. A defesa da Ukranya… Read more »

Flanker
Flanker
Reply to  MGNVS
4 meses atrás

Eu concordo com essa posição. Tanto que você pode ver em meus outros comentário aqui, que disse que o Brasil deve se posicionar, mas isso não quer dizer tomar lado. Se posicionar é mostrar sua opinião à todos. Não tomar nenhum lado também é se posicionar. O que não pode é ficar mudo ou se fazer de desentendido. Isso demonstra fraqueza.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Flanker
4 meses atrás

Exatamente isso. O Brasil sempre foi respeitado por adotar posicoes baseadas na Lei Internacional e nao pq esse ou aquele país quer.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Não custa lembrar os relatos de crimes cometidos pelo Governo ucraniano e suas milícias, provados com a descoberta de cemitérios clandestinos de cidadãos de origem russa, bem como ataques terroristas como explosões de pontos de ônibus e etc.

Heitor
Heitor
Reply to  Francisco
4 meses atrás

Macron falou em preservar a amazônia preocupado com a festa da queimada do agro fazendo grilagem , todos sabem quem tem força para ameaçar a soberania e tá de olho nos recursos da amazônia sempre foi os EUA, e que aqui só se age como marionete para espantar concorrência e fazer acordo de subviniencia

Last edited 4 meses atrás by Heitor
Francisco
Francisco
Reply to  Heitor
4 meses atrás

Amigo é sério mesmo que você escreveu “Macron preocupado com a Amazônia”, até entendo você escrever isso mas nem consigo e nem é possível argumentar pois provavelmente ou você desconhece os fatos ou é só uma questão de posição política sua, mas qualquer uma que seja destas opções torna sem valor qualquer contra argumentação, um abraço.

Nilo
Nilo
Reply to  Francisco
4 meses atrás

Vai bolsonaroooo…..vai bolsonaroooo,….. vai bolsonaroooo……vai bolsonaroooo….Ucrânia vós espera.
Os comandantes das Forças Armadas brasileiras vão amar.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Nilo
4 meses atrás

Qualquer lado vai dificultar a vida do Brasil, não é só os Eua não.

Nilo
Nilo
Reply to  Diego Tarses Cardoso
4 meses atrás

É?

Agnelo
Agnelo
Reply to  Francisco
4 meses atrás

Perfeito

Pablo
Pablo
Reply to  Francisco
4 meses atrás

Esse vai torcer sempre contra o Brasil, ele é chines, postiço mas é. A principal diferença é que ele não abre mão do captalismo daqui, se ele for pra China, nao dura uma semana.

Gustavo
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

No seu “próximo governo” ilusório nem se dariam ao trabalho. O Brasil estaria defendendo com voz “ativa e altiva” Nicarágua, Cuba e a Bolívia. Os EUA, bonacheiramente, apenas calariam, sabedores que seriam décadas de estupidez diplomática e visão perniciosa da realidade, atrasando um futuro rival.

Claudiney
Claudiney
Reply to  Gustavo
4 meses atrás

Gustavo, na época que você se referiu a política externa foi independente, moderada e a favor da resolução pacífica de qualquer demanda. Exatamente de acordo com a tradição brasileira. Não entendo a ‘visão perniciosa da realidade’ que você comenta.

Gustavo
Reply to  Claudiney
4 meses atrás

Claudiney,

A simples declaração, arrogante e açodada, do secretário progressista já demonstra um grau de respeito maior com o Brasil. Coisa que não havia nos governos petistas. O Brasil retoma suas tradições de não intervenção e solução pacífica dos conflitos. Vide as declarações de nosso chancelar sobre o tema, no twitter. Discordo que seguíamos as antigas tradições nessa época tola de nossa diplomacia. Conseguíamos agradar sim alguns governos autoritários e sem qualquer peso político útil aos interesses nacionais, a isso me refiro.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Gustavo
4 meses atrás

Espero que, ‘bonacheiramente’, fiquem calados mesmo

Gustavo
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Tá com medinho dos yankees?

Faver
Faver
Reply to  Gustavo
4 meses atrás

A famosa dicotomia brasileira (cega, surda, burra e também perniciosa…)… Não me parece que a nossa diplomacia esteja bem conduzida agora em detrimento de tempos atrás. Aliás, falamos mal dos principais parceiros comerciais, tomamos partido em eleições alheias e desdenhamos de acordos constituídos….
Todos bradam o mantra “pensem no Brasil”, desde que no comando esteja um politico ou representante do seu interesse, é claro. Será que não existe um outro caminho além destes? Que possa realmente nos fazer pensar no Brasil!

Gustavo
Reply to  Faver
4 meses atrás

Sim, um representante do meu exclusivo interesse, claro. O interesse de um representante nacionalista e que não menospreze a inteligência nacional, como essa corja aprontou nas últimas décadas.

Gustavo
Reply to  Gustavo
4 meses atrás

Em tempo, à moderação, por gentileza liberar minha resposta ao Claudiney. Não há nada de absurdo nela.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Olha aí, mãe dinaxings!!! Se Deus olhar pelo Brasil, nenhum dos dois lados vai se eleger….precisamos acabar com essa maldita dicotomia!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Resultado prático da ‘pressão americana’:

internacional.estadao.com.br/noticias/geral,russia-nao-descarta-enviar-militares-para-cuba-e-venezuela-em-resposta-a-tensao-com-otan,70003949724

Como disse, total incompetência.
E isso se os chineses não mandarem alguns ‘assessores’ para ajudar.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Kings, essa fala do Putin pode ser vista de várias formas.
Pode ser vista como um “movimento estratégico” global.
Ou pode ser vista pelo que ela é: Putin saindo com o rabinho entre as pernas e dando um piti. Pura bravata.
Por hora, a invasão da Ucrânia parece descartada.

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
Reply to  Diego Tarses Cardoso
4 meses atrás

Manda quem pode, e obedece quem tem juízo!

Zé zinho
Zé zinho
Reply to  Diego Tarses Cardoso
4 meses atrás

Terão uma aula de recuperação em História tratando de poder naval.

José Carlos de Oliveira
Reply to  Diego Tarses Cardoso
3 meses atrás

Ao meu ver o Brasil tem que ficar neutro, pois não temos nada a ver com essa Briga, o Presidente dos EUA esta mais preocupado com os negócios do filho dele com o Governo da Ucrânia.

Danielmjr
Danielmjr
4 meses atrás

1º – Ema Ema Ema, cada um com seus problemas. 2º – Agora que o assunto interessa ficam nessa de “trocamos telefonemas”, “mantemos contato”, etc. 3º – Ao meu ver, o Brasil não deveria ter nenhuma “resposta forte”, mas sim fazer algo que coloque uns panos quentes nessa “cobrança”, ao mesmo tempo em que tentamos estreitar relações com a Rússia/BRICS. Não há vantagens nenhuma em declarações fortes. Se assim fizermos, vão nos dar 2 tapas nas costas e uma facada assim que for possível. O mesmo vale com a relação entre o Brasil e qualquer outro país, fazer o mínimo… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Danielmjr
MMerlin
MMerlin
Reply to  Danielmjr
4 meses atrás

“… Ema Ema Ema, cada um com seus problemas…”

Se a política nacional atual é seguir esta linha, isolacionista, qual o motivo de querer manter o status global na OTAN?

Está linha comportamental já está unindo países que pedem o rebaixamento deste status. Não é questão de aprovar ou reprovar a situação da matéria, mas quanto menos apoio internacional o Brasil tem, mais vulnerável fica em questões externas (principalmente a economia).

E ficar sobre o muro em questões importantes não ajuda. Pelo contrário.

Last edited 4 meses atrás by MMerlin
Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

dan#-se esse status global extra otan. Não nos acrescenta em nada. Basicamente mais uma esmola ridícula do governo americano pra conseguir benefícios comerciais perante o Brasil. parceiro global extra OTAN + entrada na OCDE + bla bla bla. Querem nossa parceria, façam por onde. Sempre estivemos por aqui, dispostos a ter ótimas relações Do lado de lá, sempre portas sendo fechadas e, agora, voltaram a falar da Amazônia. Tá na hora do Brasil jogar o jogo desses caras. E o momento é agora. Chega de nos tratarem como idiotas. Querem ser nossos “brother”, vão ter que fazer por onde. Continuamos… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Felipe Morais
4 meses atrás

Pois é.
Assim como na África e América Latina, os EUA vêm com esses óbulos (status extra OTAN, Hércules de terceira mão e etc.) enquanto a China vem com parcerias comerciais e investimentos.
Não é preciso dizer quem está levando enorme vantagem.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Estilo o que fizeram na pandemia: Se criticarem nosso governo, cortamos a venda da matéria-prima para produção da vacina para vocês.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Diego Tarses Cardoso
4 meses atrás

Ôxe!

E os americanos não desviaram, no caminho de entrega, suprimentos médicos que iam para outros países?
Isso, para mim, é pirataria.
Crime.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Pirataria? Eles roubaram? Tomaram de assalto?

MGNVS
MGNVS
Reply to  Felipe Morais
4 meses atrás

Perfeito!

Danielmjr
Danielmjr
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

Não é isolacionismo. Se der parecer favorável ao ocidente, fechamos as portas para o outro lado, se fizermos ao contrário, idem. De qualquer modo, no futuro levaremos facadas nas costas dos mesmos países que nos pedem para dar declarações agora.

Do mesmo jeito que agora nos jogam holofotes e dizem: “fale, você é importante para o mundo”, daqui a 2 meses falam “fique quieto no canto e aguarde a nossa opinião, você é muito burro pra falar aqui.”

Eu não entendi a parte da OTAN.

Danielmjr
Danielmjr
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

Outro ponto. Nós não temos envergadura ainda para dar declarações que arruinariam nossas relações com outros países que não os mais tradicionais, que estamos mais acostumados a ter relações, e sair disso com uma imagem aceitável perante aquela nação. Não quer dizer que o Brasil não possa fazer uma declaração, vamos dizer, pró ocidente, mas teria que ser no estilo morde e assopra e não “resposta forte”.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

“Se a política nacional atual é seguir esta linha, isolacionista, qual o motivo de querer manter o status global na OTAN?”

Só uma pergunta….

Até o momento, o Brasil ganhou O QUÊ com esse negócio de “aliado global da OTAN”?
O que realmente ganhamos de concreto com isso?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Willber Rodrigues
4 meses atrás

Prezado Wilber.

Quando o atual Governo assumiu e começaram a aparecer notícias de parcerias com os americanos (econômica, política e militar) postei que seria inútil para o País.
Disse que teríamos de nos voltar para o Oriente que é o futuro da economia mundial.
Creio que estava com a razão.
Aliás, não demorou muito tempo para praticamente todos os Governos apoiados pelos EUA na América Latina serem substituídos.
Creio que essa será a tendência daqui para a frente.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Ou não, você precisa combinar com o povo que pode votar primeiro; Não estamos na China.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Willber Rodrigues
4 meses atrás

A questão não é o que ganhamos, mas qual o motivo dos últimos 4 governos terem tido tanto esforço para conseguir este status, se na hora que a Organização define uma pauta o país não toma partido? A OTAN não é uma organização comercial onde decisões militares não entram na discussão. Seu escopo é amplo. Ainda não vimos vantagens na associação e, sinceramente, nem sei se veremos (mas devido a questões bem mais complexas que o assunto da matéria). Lembrando que quando o Brasil ganhou este status, muitos aqui exaltaram, sonharam, com a vinda de uma grande quantidade de equipamentos… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

O Brasil não tem nenhuma ligação com a OTAN.

Os EUA é que elevaram o seu grau de ligação ao Brasil para o mesmo nível que outros países da OTAN.

Matheus
Matheus
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

O unico que queria esse status de bobã… digo global da OTAN era a cadelinha de washington que comanda em Brasilia.

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
Reply to  Danielmjr
4 meses atrás

Lembrando que recentemente a Rússia vetou uma proposta ambiental no conselho de segurança que caso fosse aprovada teria sido extremamente prejudicial ao Brasil, lembrando tb que os Estados Unidos e seus parceiros europeus apoiaram a tal proposta. Será que queremos ficar do lados dos Estados Unidos e Europa?

jommado
jommado
Reply to  Plinio Carvalho
4 meses atrás

Brasil tem que deixar o cabaré pegar fogo. EUA ja perdeu a hegemonia. Europa disputa com EUA preponderância no ocidente…China e Russia vão ocupando espaço.

francisco
francisco
Reply to  Danielmjr
4 meses atrás

Não tem BRICS que impeça o Brasil de apoiar os USA. A primeira coisa que vai acontecer, em caso de guerra, é o Brasil ser admitido na OTAN e ai os BRICS vão para o espaço. Pessimo para o Brasil seria a dominação Russia/China.

Slow
Slow
Reply to  francisco
4 meses atrás

Perdeu a oportunidade de ficar calado ..

Mauro Cambuquira
Reply to  francisco
4 meses atrás

Francisco, pra nós está sempre ruim. Nunca teve bom! Há quanto tempo você ouve sobre o gigante adormecido? O país do futuro? “O Brasil é nosso!” ? E outra coisa, eles já devem ter ligado para todos os Itamarati da América do Sul, e não se surpreenda se formos os últimos da lista. Aqui, o país de políticos sem compromisso com nossa integridade. Israel daquele tamaninho já nos chamou de anões da diplomacia. Brasil não tem nem competência e estrutura para si próprio. Eu sinto mal com tudo isso.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  francisco
4 meses atrás

Um país não pode apoiar outro incondicionalmente contra seus próprios interesses. Simplesmente porque ele pode deixar de existir. Realisticamente falando. Se o Brasil participar de sanções contra Russia/China. Deixando de fazer transações comerciais. Ele simplesmente quebra.
Deu para entender ?

C M
C M
Reply to  francisco
4 meses atrás

Começou bem e terminou mal.

Em caso de guerra, o Brasil sempre estará do lado do Ocidente. Isto é fato.

Agora, “dominação” de China e Rússia nunca vai existir. O que vai acontecer é que a China vai dividir um lugar ao sul junto com os EUA, o que não é ruim para o Brasil.

Quanto mais equilíbrio de poder, melhor para quem não está no topo e souber aproveitar.

Claudiney
Claudiney
Reply to  C M
4 meses atrás

Por que não ‘dividir um lugar ao sul com EUA e Brasil‘? Por que temos que estarmos alinhados com alguém? Por que não lutarmos por nosso lugar ao sol?

Nos últimos anos o vira-latismo nos dominou.

Farias
Farias
Reply to  Claudiney
4 meses atrás

Claudiney, deixa eu te dizer. O Brasil não tem condições de fazer frente aos EUA sem apoio de um terceiro. É só ver o que a Rússia está fazendo agora com a Ucrânia e Cazaquistão. Quando um país na vizinhança de uma superpotência tenta andar com as próprias pernas sem ajuda de um terceiro, essa superpotência cai matando pra ensinar quem é que manda. O que não falta aqui na América Latina são exemplos disso. Se o Brasil quiser algum dia exercer alguma influência nessa vizinhança junto com os EUA, a gente tem que começar com ajuda de alguém (que… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Farias
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  francisco
4 meses atrás

Vc está sugerindo, por exemplo, que o Brasil entre na OTAN para defender a Ucrânia da Rússia.
É isso?
Vai vc lá levar tiro, porque até os próprios europeus e americanos declararam que não vão se meter na história.
Apenas implantarão sanções.
Aquelas mesmas inúteis que não adiantam nada.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Será?
Os Russos não estarão a utilizar a Ucrânia como um meio para diminuir as sanções?

Satyricon
Satyricon
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Tonho, não é bem assim.
As sanções compostas até o momento referem-se a equipamentos militares, e foram suficientes para Egito, Argélia e Indonésia cancelarem seus pedidos de Su-35, que representariam Bilhões ao caixa da UAC e da Rússia.
Sanções financeira não foram implementadas ainda, mas estão na lista de opções, segundo Vô Biden. Essas são devastadoras, como já expliquei em outro posto e, potencialmente, devastariam a economia russa.

Adilson da cruz
Adilson da cruz
Reply to  Satyricon
4 meses atrás

Devastaria nada!! So efeito de anuncio

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Satyricon
4 meses atrás

Sanções financeiras à Rússia e China farão com que elas busquem à força o que falta em casa.
E elas têm poder mais que suficiente para isso.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Uiii….que meda!!

Satyricon
Satyricon
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Não senhor.
O que está na mesa são sanções contra a Rússia, não a China.
Óbvio que a China continuaria como maior parceiro comercial da Rússia, mas o estrago seria terrível para a Rússia.
A Rússia não é relevante no comércio internacional, portanto sanciona-la não causaria grandes tumultos no mercado internacional.
Telhado de vidro é phod@

Satyricon
Satyricon
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Não senhor.
O que está na mesa são sanções contra a Rússia, não a China.
Óbvio que a China continuaria como maior parceiro comercial da Rússia, mas o estrago seria terrível para a economia Rússa.
A Rússia não é relevante no comércio internacional, portanto sanciona-la não causaria grandes tumultos no mercado internacional.
Telhado de vidro é phod@

Farias
Farias
Reply to  francisco
4 meses atrás

Bom pro Brasil é seu pau mandado dos EUA, realmente. Nós temos colhido muitos frutos dessa relação desde 1942, não é?

Agnelo
Agnelo
Reply to  Farias
4 meses atrás

Vc deve conhecer beeeeeeeeeem pouco do desenvolvimento q houve no Brasil da II GM pra cá……

Faver
Faver
Reply to  francisco
4 meses atrás

O Brasil não vai ser admitido na OTAN, pode esperar sentado. É aliado extra-otan, como a Argentina, Marrocos, Egito, Jordânia, Filipinas… Será mesmo ter tanta vantagem assim?

Mosczynski
Mosczynski
Reply to  Danielmjr
4 meses atrás

Brasil faz parte do Conselho de Seguranca da ONU, vai ter que fazer politica ate resolverem essa situacao.

Slow
Slow
Reply to  Mosczynski
4 meses atrás

Como se fazer parte do conselho da ONU mudaria algo ..

Se China, Russia , França, RU ou EUA não gostar ou não quiser algo eles vetam e ponto ..

Danielmjr
Danielmjr
4 meses atrás

Pergunta: Isso é uma manobra pra jogar pá de cal com a possível visita ou início de relação entre os presidentes Brasil/Rússia ?

Claudio Moreno
Reply to  Danielmjr
4 meses atrás

Parabéns Daniel pela perspicácia! Ainda mais depois da negativa Russa e Indiana em votar a favor de uma agenda contra nossa Amazônia, proposta pelos nanicos Níger e Irlanda, que foi amplamente aceita por EUA, FRANÇA, UK, CHINA e outras nações em recente agenda da ONU. O desespero dos EUA é patético ao perceber a perda de sua hegemonia no tabuleiro político-militar mundial. Só abraça a América quem é cachorro. Nosso Brasil idolatrado tem que seguir o caminho pragmático da soberania sustentada, forte e incontestável. Valemos do ponto de inflexão mundial e tirar proveito da China, Rússia, EUA e UE para… Read more »

Tomcat4,3
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

Exatamente CM , a movimentação do Brasil em ,apenas visitar e conversar com Putin(fora outros encontros que já houveram entre ministros e afins recentemente) já deixou a turma de cabelo em pé. Este é o Brasil que eu quero, que olha seus interesses e não o dos outros !!!

Felipe Morais
Felipe Morais
4 meses atrás

O Brasil está ocupando, nesse momento, o conselho de segurança da ONU e, talvez, pudesse se falar em ser adequada uma manifestação nesse sentido. Entretanto, o Ministro das Relações Exteriores brasileiro deveria cobrar uma posição firme, dos EUA, contra os franceses e alemães, que nos cobram, com interesses comerciais, quanto à defesa das “girafas” da Amazônia, uma vez que as críticas são válidas, diante dos números do desmatamento e de ações/omissões do governo quanto à capacidade de fiscalização dos órgãos governamentais, mas completamente desproporcionais e levianas, quando franceses e alemães ignoram a destruição que fizeram em seus próprios ecossistemas e… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Felipe Morais
Augusto
Augusto
Reply to  Felipe Morais
4 meses atrás

Comentário perfeito Felipe!

pedro
pedro
Reply to  Felipe Morais
4 meses atrás

Só para lhe lembrar, quem cobrou o Brasil recentemente na questao ambiental foi o proprio EUA!!!! Logo, concordo contigo em pq agora “ir junto” com o mesmo cara que foi contra a si proprio a pouco tempo?

Rodrigues
Rodrigues
4 meses atrás

Agora é a hora!
Seu presidente falou com o meu?
Vocês vão ficar se intrometendo na MINHA amazônia?
Vão continuar desdenhando?
Dependendo das resposta, agenda uma visita de estado bem pomposa pra amanhã na Rússia, com assinatura de acordos e tudo mais em várias áreas.

Henrique de Freitas
Henrique de Freitas
Reply to  Rodrigues
4 meses atrás

Tem visita em Fevereiro. Já esta agendada

Claudio Moreno
4 meses atrás

Um bom dia a todos os Senhores camaradas do FORTE! “Caro sr. Secretário de Estado Americano, estamos felizes que vocês estão preocupados com a liberdade do povo ucraniano, mas no momento nossa maior preocupação é com o teu governo e a UE que deseja por o TO Amazônico mais uma vez em pauta na Assembleia Geral da ONU. Aliás Sr secretário, não fosse pelo veto da Rússia e da Índia esta última, membro convidada do conselho de segurança da ONU, os Senhores + Irlanda e Níger teriam embarcado na agenda recém votada sobre a Amazônia. Sendo assim Sr. Secretário, no… Read more »

Jefferson Henrique
Jefferson Henrique
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

Aplausos!

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

Senhor Claudio Moreno. Faço minhas, as suas palavras. Eles criam problemas. Que os resolvam. Faz parte da politica americana nos subtrair a Amazônia. Nunca nos convidaram para os bônus de suas conquistas. Acharam que seria fácil colocar o Putin de joelhos. Queriam levar as fronteiras da OTAN para dentro da Rússia, praticamente. E o Putin que não é o Sadam Hussein. E a Russia que não é o Iraque. Não aceitaram. Como tambem o golpe tentado no Casaquistão não deu certo. Estão concluindo que podem muito. Porém, não tudo. Agora, querem nossa posição favorável na ajuda a um país criado… Read more »

Satyricon
Satyricon
Reply to  Antonio Palhares
4 meses atrás

Onde está na lógica nisso? Me impressiona, sinceramente, a capacidade do brasileiro de abstrair-se da lógica. De dar um “jeitinho”. Quer dizer, o Brasil é um país soberano, indivisível, que não pode e não deve ser invadido por nenhuma nação estrangeira. Mas a Ucrânia não é? Quer dizer, o que vale para o Brasil, não vale para a Ucrânia? Farinha pouca, meu pirão primeiro? Pau que dá em Chico, não dá em Francisco? Ora, sejamos razoáveis. Ou temos princípios firmes, sérios e I M U T Á V E I S, independente das circunstâncias, ou realmente não passamos de anões… Read more »

Slow
Slow
Reply to  Satyricon
4 meses atrás

Então se a população da Amazônia escolher ser índio aquilo vai virar um país ? ..

Não é assim que as coisas funcionam.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Satyricon
4 meses atrás

Brother Satyricon, banda ou filme de Fellini.
É cara. Muitas linhas e entre linhas nesta questão.
Pergunta.
Os Estados Unidos aceitariam mísseis nucleares russos em Cuba ?
Outra coisa. Em interesses de grandes potências no mundo real.
Pau que bate em Chico não bate em Francisco.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Antonio Palhares
4 meses atrás

Palhares, as potências vão fazer o que sempre fizeram, doa a quem doer.
Nós, o Brasil, precisamos de um posicionamento firme e independente pois lá na frente, podemos ser os próximos. Precisamos de uma linha lógica de defesa, pautada no direito internacional. Não podemos mudar de posição, conforme a conveniência

Augusto
Augusto
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

Mais perfeito que isso e impossível.

Caio César
Caio César
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

que venham, mas saibam que não sairão com vida”
Dessa eu ri muito

Francisco
Francisco
Reply to  Caio César
4 meses atrás

Amigo pelo seu comentário um tanto sarcástico você deve ser daqueles que se um cara maior que você mexer com sua mulher ou filha você vai dizer que ele tem razão, ou seja um eterno covarde.

Caio Cesar
Caio Cesar
Reply to  Francisco
4 meses atrás

Olha só o seu nível de argumentação. É patético demais, da até vergonha. Parece um bando de adolescente ou torcedor de organizada. “Podi vim aqui é curintia”

Francisco
Francisco
Reply to  Caio Cesar
4 meses atrás

Isso não muda o fato de você ser um típico COVARDE!!!!!!!

Caio César
Caio César
Reply to  Francisco
4 meses atrás

E vc um arrombado, mas isso n interessa…

Francisco
Francisco
Reply to  Caio César
4 meses atrás

Caro Caio, me ofender não vai mudar em nada o fato de você preferir ser um covarde.

Lucas
Lucas
Reply to  Francisco
4 meses atrás

É que cara, esse discurso não vai botar medo nos outros. O Brasil não é grande coisa. É coisa de bravateiro.
O ponto aqui é que vc pode passar a mesma mensagem de outra forma.
Garanto que vai ser ainda mais eficiente.

Last edited 4 meses atrás by Lucas
Francisco
Francisco
Reply to  Lucas
4 meses atrás

Talvez sim Lucas, talvez não, ocorre que com certas pessoas nenhum argumento funciona, quem sabe exemplificando a coisa com uma situação cotidiana e com uma linguagem talvez não tão apropriada mas bastante objetiva a pessoa passe a entender de fato, no fundo acho difícil, mas fica a reflexão.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

Na verdade, os recados são mais sutis nesse nível. Secretário, o Brasil apoia os EUA, pois é contra QUALQUER relativização da soberania de uma nação. Depois de mais umas 3 conversas de “toma la, da cá” sobre assuntos diversos…. Secretário, o senhor está convidado pra ver o preparo de nossa Bda Inf Pqdt ou da nossa Bda Inf Amv ou do Cmdo Op Esp para atuar em QUALQUER TO. E enquanto passa pela Amazônia, o senhor conhecerá um pouco de nossas tropas de Selva e está convidado para participar de um evento sobre “Pedro Teixeira e Amazônia Brasileira – de… Read more »

Tomcat4,3
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

Assino embaixo !!!

Lucas
Lucas
Reply to  Claudio Moreno
4 meses atrás

“(…) que venham, mas saibam que não sairão com vida.”
Nossa não cara. Eu acho isso um exagero.
Isso me parece muito comum no Brasil. Falta mais dialogo e o pessoal sempre parte pra ameaças.
Dá pra passar a mensagem sem ser assim.
Até pq a gente não é grande coisa pra causar medo nos outros.

Grifon Eagle
Grifon Eagle
4 meses atrás

Deixe o Brasil em paz, EUA. Cuide dos seus problemas e não nos envolva em assuntos que não nos interessam.

O Brasil precisa ter pulso firme e aprender a dizer ”não” para os EUA e demais países que queiram nos envolver em assuntos que não convém aos nossos interesses.

Last edited 4 meses atrás by Grifon Eagle
francisco
francisco
Reply to  Grifon Eagle
4 meses atrás

Uma guerra mundial não interessa ao Brasil? não somos avestruzes para enfiar a cabeça no chão e fingir que nada está acontecendo.
O Brasil iria apoiar a Russia e ficar contra a OTAN, que representa 28 paises? (Albânia, Alemanha, Bélgica, Bulgária, Canadá,Croacia, Dinamarca,Espanha, Estados Unidos,Estonha, Eslovenia, Eslovaquia, França, Greciaa, Holanda, Hungria, Islândia, Itália,Letonia, Lituania, Luxemburgo, Noruega,Polonia, Portugal, Reino Unico, República Tcheca,Romenia e Turquia.)

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  francisco
4 meses atrás

A princípio uma guerra mundial afeta ao mundo inteiro, porém em termos de conflitos de uma região como é o caso do leste europeu, o Brasil não tem que se meter com isso, porém se não houver alternativa e tiver que escolher um lado, o Brasil deve optar pelo lado que mais beneficie aos nossos interesses. A princípio o Brasil não se manifestará quanto a isso, porém se não tiver escolha, então o Brasil se posicionará em favor daquele lado que seja mais benéfico aos nossos interesses. A meu ver, na minha opinião, será mais vantajoso para o Brasil estreitar… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Grifon Eagle
4 meses atrás

Não sei como uma maior aproximação à Rússia e o afastamento dos EUA e Europa trará vantagens para as relações comerciais.
Basta perceber que o Brasil exporta mais para Portugal do que para a Rússia.

Claro que é uma situação extrema de conflito entre os dois blocos, mas penso que o Brasil terá muito mais a perder se apoiar a Rússia e as inevitáveis sanções. A não ser que a China tenha algo a dizer. Nesse caso já fica mais complicado para o Brasil decidir.
Mas em termos comerciais a Rússia é irrelevante.

Slow
Slow
Reply to  Hcosta
4 meses atrás

Se os EUA sancionar o Brasil a China agradece só vai jogar nós no colo dela .. vai ficar sancionando todo mundo quem ta se isolando são eles mesmo ..

Hcosta
Hcosta
Reply to  Slow
4 meses atrás

Sim, a China, não a Rússia…

Slow
Slow
Reply to  Hcosta
4 meses atrás

Mas a economia que está na cola dos EUA é a China e não a Russia ..

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Hcosta
4 meses atrás

O Brasil tem que ter pulso firme e manter sua postura em não se manifestar, pois é uma briga que não nos interessa. Deixa os EUA e a Europa espernearem a vontade, o Brasil tem que visar os seus interesses, se eles vierem com sanções, quem sai perdendo é eles, pois eles precisam do Brasil muito mais do que nós deles.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Grifon Eagle
4 meses atrás

A questão era se uma aliança com a Rússia traria alguma vantagem e ter uma atitude hostil com os EUA e Europa. A Rússia, repito, tem menos importância para o Brasil em termos de trocas comerciais do que Portugal. E é de todo o interesse do Brasil manter boas relações com os seus principais parceiros comerciais. E, muitas vezes, basta não ser contra, tomar uma posição neutra. E o Brasil demonstra que é possível ter boas relações com a China e os EUA. Agora descartar os EUA e a Europa para uma aproximação com a Rússia parece ser contra os… Read more »

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Hcosta
4 meses atrás

Discordo. O Brasil deve fazer parcerias comerciais com países que realmente beneficiem aos nossos interesses, e no momento os EUA não convém aos nossos interesses, e nem a Europa, logo, o Brasil deve trilhar outros caminhos.

Last edited 4 meses atrás by Grifon Eagle
Machado
Machado
Reply to  francisco
4 meses atrás

Por que não te calas?

Canarinho
Canarinho
Reply to  francisco
4 meses atrás

Cara vc ta ganhando quanto para vir aqui falar essas coisas? O Brasil deve apoiar quem for melhor para seus interesses e de preferencia, quem nunca sabotou o pais. Ja era esse negocio de alinhamento automatico, so porque e ocidente. Se dependesse desse mesmo ociednete a gente seria so meros exportadores de banana e uma colonia pior do que ja e.

Faver
Faver
Reply to  francisco
4 meses atrás

Tem de ser pragmático, Francisco. Não sair tomando partido ou servindo de bucha de canhão.

Mosczynski
Mosczynski
Reply to  Grifon Eagle
4 meses atrás

Esse discurso valia antes do Brasil entrar no Conselho de Seguranca.

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Mosczynski
4 meses atrás

Negativo, independente disso, o Brasil tem todo direito de dizer ”não” e de optar pela neutralidade ou por não se manifestar a respeito. É só ter pulso firme!
Se eles acharem ruim, problema deles, deixa eles espernearem, a decisão do Brasil será a decisão do Brasil e pronto.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Mosczynski
4 meses atrás

O Brasil não é membro permanente do conselho de segurança da ONU.
Somente quem tem poder veto. Manda

WSilva
WSilva
Reply to  Grifon Eagle
4 meses atrás

É nessas horas que o Brasil precisa se impor e começar a exigir mais dos EUA.

”Pera aí meu camarada, você quer que eu faça isso para você, tudo bem eu vou fazer, mas vou receber o que em troca? Bora melhorar nossa balança comercial? Bora fazer mais investimentos no Brasil, que tal?”

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  WSilva
4 meses atrás

Exatamente, falou tudo agora, é isso aí!!!

Slow
Slow
Reply to  WSilva
4 meses atrás

Isso ai que você falou fora os equipamentos militares igual Australia que até submarino nuclear vai ganhar temos que exigir muito mais ..

#contrapartidasaustraliana

Como diz cmdt Farinazzo ..

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Slow
4 meses atrás

Concordo. Exatamente isso, chega de ficar recebendo ”migalhas” dos outros, já bastou o Porta-Aviões São Paulo que foi considerada a pior aquisição das forças armadas, dentre outros equipamentos que já estavam ultrapassados e em desuso. Dois blackhawk que o EB utiliza, eram da época do Vietnã, e foram modernizados para serem vendidos ao Brasil. O Porta-Helicópteros PHM Atlântico (NAM), quando o Brasil fez aquisição, ele já tinha 23 anos em operação e já estava desativado no Reino Unido. É uma ótima embarcação, porém já está bem passada. O Brasil precisa deixar de se submeter à aquisições de equipamentos ultrapassados e… Read more »

Claudio Moraes
Claudio Moraes
Reply to  Grifon Eagle
4 meses atrás

Grifos Eagle, Você misturou compras de oportunidades militares boas com más compras militares feitas pelo Brasil. O PHM Atlântico, agora chamado de NAN, foi uma boa compra de oportunidade, o navio veio em perfeitas condições. O São Paulo sim, foi um mau negócio. Isso porque o almirantado mesmo quis colocar a carroça na frente do boi, quem entende sabe o que estou falando. Quanto a “migalhas” neste ponto eu concordo, se for olhar o contexto histórico, já recebemos muitas migalhas de equipamentos ultrapassados dos EUA. Mas hoje eu vejo que ainda de forma tardia e lenta, este problema está querendo… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Claudio Moraes
Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Claudio Moraes
4 meses atrás

Concordo. O NAM ainda q fosse de uma compra de oportunidade, já estava descomissionado lá no Reino Unido. Enfim, concordo com tudo o que vc disse, eu penso da mesma forma.

Slow
Slow
Reply to  Claudio Moraes
4 meses atrás

Detalhe não pedimos nenhuma ajuda ..

Satyricon
Satyricon
Reply to  WSilva
4 meses atrás

Desculpe WSilva, mas discordo, pois temos uma grande oportunidade em mãos.
À meu ver esse caso (Ucrânia) tem tudo à ver com a Amazônia, onde uma potência estrangeira se dá ao direito de interferir (e até invadir) numa questão interna de outro país. Precisamos ser firmes em estabelecer essa associação, mostrar isso ao mundo, e exigir dos demais países a mesma tratativa para o caso brasileiro.
Ninguém pode invadir a Ucrânia, por qualquer pretexto, e a Amazônia idem

Agnelo
Agnelo
Reply to  Satyricon
4 meses atrás

Concordo.

WSilva
WSilva
Reply to  Satyricon
4 meses atrás

Meu caro, se os EUA ou a França decidir anexar a Amazonia sabe o que a Ucrania falaria para você brasileiro? SE VIRA! O mesmo para o governo separatista de Taiwan. É essa turma toda aí que vocês tanto defendem, mas será que vocês estão prontos para servir a linha de frente de Taiwan e Ucrânia? Eu duvido que estejam, vocês querem que outros morram por suas causa, aí é moleza. Para mim pouco importa se Rússia anexar Ucrânia e China Taiwan, vai mudar ZERO a minha vida ou a vida do Brasil. Portanto, se os EUA quer uma posição… Read more »

Satyricon
Satyricon
Reply to  WSilva
4 meses atrás

WSilva, vc provavelmente está certo, no final das contas.
Me chame de inocente, mas o estatuto das Nações Unidas diz que um país não pode invadir outro, por maior ou menor que seja.
Logo, por princípio, sou contra invasões. Todas, indiscriminadamente.
Não é porque um princípio se torna inconveniente, que devemos “flexibilizá-lo, muito pelo contrário.

WSilva
WSilva