sábado, maio 21, 2022

Saab RBS 70NG

Rússia quer que forças da Otan deixem Romênia e Bulgária

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

MOSCOU – As garantias de segurança que a Rússia busca do Ocidente incluem disposições que exigem que as forças da Otan deixem a Romênia e a Bulgária, disse o Ministério das Relações Exteriores russo nesta sexta-feira (21/1).

Moscou exigiu garantias juridicamente vinculativas da Otan de que o bloco interromperá sua expansão e retornará às suas fronteiras de 1997.

Respondendo a uma pergunta sobre o que isso significaria para a Bulgária e a Romênia, que aderiram à Otan depois de 1997, o ministério disse que a Rússia queria que todas as tropas estrangeiras, armas e outros equipamentos militares fossem retirados desses países.

OTAN não se retirará da Romênia e Bulgária

A Otan disse na sexta-feira que não removerá suas tropas de seu flanco leste depois que a Rússia revelou que deseja que a aliança se retire da Romênia e da Bulgária.

“As exigências da Rússia criariam membros da Otan de primeira e segunda classe, o que não podemos aceitar”, disse um porta-voz da aliança em comunicado.

A Rússia espera uma resposta por escrito às propostas “na próxima semana”.

FONTE: Reuters / BBC

- Advertisement -

82 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
82 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando
Fernando
3 meses atrás

Nunca foi só a Ucrânia. Primeiro seria uma parte apenas Tchecoeslovaquia com a desculpa de ter forte presença alemã, mas acabou sendo todo o país, depois foi a Áustria e por fim a Polônia.
A histórica e cíclica e sempre se repente, com o mesmo começo, meio e fim…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fernando
3 meses atrás

A Rússia apenas fará valer seus direitos de não ser ameaçada.

Dikork
Dikork
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Isso também vale para Israel?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Dikork
3 meses atrás

Não.

Os russos sempre estiveram naquela região por séculos.
De maneira contínua.
Israelenses (povo judeu) sai de sua terra que foi ocupada e colonizada por outros povos.
São situações totalmente distintas.

jyu76
jyu76
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

O conceito de nacionalidade russa tem pouco mais de 500 anos com Ivan o Terrível. Os judeus existem na chamada Palestina á mais de 4000 anos. Curioso o seu conceito do que é válido e o que é distinto.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  jyu76
3 meses atrás

O conceito, mas os russos, como povo eslavo, está há milênios.
Os judeus, como muitos outros povos, perderam sua representação geográfica há séculos.
A criação artificial de um Estado para eles criou essa situação conflituosa que nunca se resolve.
Acho que os fatos por si já mostram, né?
Creio ser o único exemplo de um povo que foi ajudado por outros países a ‘construir’ uma nação artificial.

Matheus Maciel
Reply to  jyu76
3 meses atrás

Primeiro que cada caso é um caso, segundo a história da nação russa começa com a criação do Estado Rus, nos anos 800, terceiro que quando os hebreus chegaram onde hoje é Israel, a terra já era habitada, e por último o que o comentarista de cima falou está correto que os russos estiveram naquela região há séculos e são os habitantes originais da terra, o mesmo não se pode dizer dos israelenses, mas cada caso é um caso e são milhares de anos em que cada dia é uma nuance diferente

bruno
bruno
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

No seu ponto de vista de pessoa alienada, a situação somente é diferente quando for a benefício de RUSSIA, CHINA, VENEZUELA CORÉIA DO NORTE e o resto do EIXO DO MAL, países governados por tiranos, contra a vontade do próprio povo. Infelizmente temos que ver aqui, pessoas como você que, em pleno século 21 defendem a tirania e o massacre de determinadas populações. Você podia ser pelo menos um pouco mais sensato. Não vou para abrir mais a mente, que é muito para um tipo igual a você. Quero que fique claro que o que falo não tem nada de… Read more »

francisco
francisco
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Ameaçando os outros?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

E na sua cabeça a OTAN vai invadir a Rússia ? Aquele monte de eurobambis, adeptos politicamente correto e veganos ?

Conta outra…

Se o Putin falar pra vocês que o céu é marrom está valendo, sem questionar.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Ameaça do que ?? Nem em seu melhor momento nos anos 90s e início deste século a OTAN o fez porque faria agora ?? Acorda Toinho

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Direitos, por exemplo, de governar os povos da Bulgária, Romênia, Estônia, Letônia e Lituânia, certo ?
Logo virá a Polônia, República Checa e vizinhos. Quem sabe ela queira o direito de governar metade da Alemanha outra vez.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Romênia, Bulgária e todos da lista acima foram países (ou eram partes de países) que viveram sob o jugo soviético. Eles tb querem fazer valer seu direito de nunca mais serem submetidos ao que foram durante 45 anos.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Fernando
3 meses atrás

A Rússia não pode ter tropas e armamentos da OTAN próximas a seu território. Mas o enclave russo de Kalinigrado pode tê-las, e ameaçar toda a Europa.

Esse Putin é um brincalhão

Last edited 3 meses atrás by Satyricon
Azor
Azor
Reply to  Fernando
3 meses atrás

A Rússia não quer armas estratégicas e nucleares posicionadas em suas fronteiras ! igual aos USA quando da crise dos mísseis em Cuba !! será que vamos ver este filme outra vez ?

sub urbano
sub urbano
3 meses atrás

Paises ao leste da Alemanha que se juntaram à OTAN são todos “buchas”. Se tiver guerra seriam ocupados em questão de semanas, com exceção talvez da Polônia.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Orr, Polônia sempre foi saco de pancada. Só espremer que o leite sai. Pau que nasce torto não se endireita não. A Rússia atropela a Polônia com relativa facilidade.

Carl
Carl
Reply to  Inimigo do Estado
3 meses atrás

O Vístula manda lembranças kkkk

_RR_
_RR_
Reply to  Inimigo do Estado
3 meses atrás

A Guerra Polaco-soviética de 1919 a 1921 lhe contradiz…

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  _RR_
3 meses atrás

quer comparar a guerra polaco soviética, em um século passado, com tecnologias diferentes, metodologias diferentes, com uma possível guerra moderna que poderia vir a acontecer?!

_RR_
_RR_
Reply to  Adriano Madureira
3 meses atrás

Evidente que não…

Apenas rebato a ideia de que os polacos, ou quaisquer povos do leste europeu, seriam “fáceis”… A história mostra que não…

Tirando isso, não duvido que os russos cheguem até Varsóvia. Mas… conquistar é fácil… E manter…?
Armia Krajowa…

Caio Cesar
Caio Cesar
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Seriam ocupados de qualquer forma. A diferença é que fazendo parte da otan uma hora a cavalaria chega

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Caio Cesar
3 meses atrás

Não bastasse o problemão que a Rússia se tornou para a OTAN ainda tem um problema muito maior: A China.
Pobre OTAN.
Parece que a Alemanha está tirando o carro fora.
Sábios os alemães.

_RR_
_RR_
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Sabedoria…?

Puro reflexo frente ao medo, eu diria…

Não acho que chegue a isso, mas que será que acontece se o sr. Putin fechar a torneira do gás…?

Os alemães estão na corda bamba, e sabem disso. Por um lado, não podem dar o braço a torcer na questão ucraniana, e por outro, não podem simplesmente arriscar um conflito aberto…

MAB
MAB
Reply to  _RR_
3 meses atrás

Pois é, ou quem comenta aqui está totalmente alienado ou parou no tempo. Basta a Rússia fechar a torneira do gás para colapsar a Europa. Eles sabem disto e não tem nada que possam fazer a curto e médio prazo. Agora triste tudo isto acontecendo. Falam dos americanos malvados, mas onde a Rússia põe a mão vira bost@ da mesma forma. Atualmente Síria e Ucrânia indo a passos largos.

ADAIR HAMES
ADAIR HAMES
Reply to  MAB
3 meses atrás

é que não existe lado mocinho dessa história!! são todos bandidos e o povo que exploda!!

Caio César
Caio César
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

A Rússia não “se tornou” um problema p OTAN, sempre foi. É a razão da OTAN existir, ou a principal delas…
E não existe nenhum indicio que a Alemanha esteja tirando o carro fora.

pedro
pedro
Reply to  Caio César
3 meses atrás

Nunca foi a Russia ou a URSS pois se for assim em 1991 ela ja estaria obsoleta e seria tambem encerrada. A OTAN nada mais é do que uma forma dos EUA comandarem a Europa, assim como é uma forma de pressionar algum estado desafeto de algum membro.
A Turquia sempre foi um bom exemplo disso, pois sempre teve seus problemas no OM e qdo parecia que a situação iria para as armas, jogava a historia de “sou membro otan e quero que a aliança me proteja”.

Caio César
Caio César
Reply to  pedro
3 meses atrás

Russia acabou em 91?
EUA não precisa de tanque p comandar a Europa

Flanker
Flanker
Reply to  pedro
3 meses atrás

Sério que tu pensa de forma tão pequena? A URSS acabou e a OTAN devia acabar? Os países da OTAN sabiam que a Rússia iria se reorganizar novamente. E mesmo que isso não acontecesse, o vácuo da URSS seria ocupado por outro país.

Eduardo Angelo Pasin
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

No caso a otan se transformou em um problema para a Rússia

pedro
pedro
Reply to  Caio Cesar
3 meses atrás

Esse é o problema……se chegar essa cavalaria, estarão montados em jegues e segurando um smartphone para twittar ao inves de atirar! Sem falar que uns nao poderao usar o banheiro sem antes ter a certeza que nao irao ser taxado de “transfobico e Misognio” ou algo do genero se usar o banheiro errado!

Caio César
Caio César
Reply to  pedro
3 meses atrás

Ai já é um show de besteira que os trumpistas e bolsonaristas falam por ai… Não vai falar tb que “todos os héteros estarão presos” ou algo do tipo?

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Coitados: buchas ou tampões, que destino cruel. Não, espera: ninguém os forçou a entrar pra OTAN…

pedro
pedro
Reply to  Alex Barreto Cypriano
3 meses atrás

Lembre que para os 40% de cidadãos ucranianos com descendência Russa, foi exatamente isso! Pq vc acha que a Crimeia nunca reclamou de ser ocupada, assim como o Donbass? Agora veja a situação em Odessa e Karkhov onde ninguem esconde o desejo de voltar a fazer parte da Russia?

Hcosta
Hcosta
Reply to  pedro
3 meses atrás

Depois de expulsar os outros Ucranianos e fazer um referendo que lembra aqueles que o Saddam fazia, fica tudo mais fácil…

Ninguém sabe o que as pessoas querem porque nunca houveram referendos ou até mesmo eleições que possam ser considerados credíveis.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Polônia será o principal alvo da Rússia e Belarus.
Cairá rapidamente.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Acorda Toinho, a URSS não existe mais ….

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Plinio Jr
3 meses atrás

Creio que as mudanças geopolíticas que se aproximam serão bem mais amplas que isso.
E estou aceitando apostas.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Se fosse vc não apostaria nisto , vai perder

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Ao invés de aceitar apostas, tu deveria procurar ajuda psiquiátrica.. …

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Do que tu tá falando? Tu bebeu, sujeito? Credo…e cada viagem.. .barbaridade!

Zé zinho
Zé zinho
3 meses atrás

O ditador KGB que a Ucrânia, países Bálticos, Finlândia, Suécia,cuba, venezuela , as Kurilas e agora quer os balcãs! Só falta Berlim debaixo da sua bota.

Last edited 3 meses atrás by Zé zinho
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Zé zinho
3 meses atrás

Como sempre, os EUA sairão de fininho depois de colocar os ‘aliados’ um apuros.

Adriano madureira
Adriano madureira
Reply to  Zé zinho
3 meses atrás

As Kurilas são russas filho … E o Japão que aceite tal realidade,, são dos russos a mais de 70 anos e continuarão a ser.

Ao perdedor as batatas!

Flanker
Flanker
Reply to  Adriano madureira
3 meses atrás

Taí….tempos atrás tu me disse que EUA, Rússia e china eram todos iguais, mas parece que agora está demonstrando tuas preferências….e não há mal algum nisso. Assume tuas posições. Se não gosta dos EUA e prefere China e Rússia, assume! Simples assim.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Flanker
3 meses atrás

Amigo,o Japão mereceu oque teve pelas consequências de seus atos… Se alinhou a Alemanha, atacou países, oprimiu e matou povos da região, se rendeu humilhantemente e perdeu territórios, simples… “Taí….tempos atrás tu me disse que EUA, Rússia e china eram todos iguais, mas parece que agora está demonstrando tuas preferências”…. Mas são iguais e não mudo minha opinião, mas no caso Rússia-Japão, os russos foram oportunistas e tomaram o território, não por tomar, mas pelo valor estratégico,elas “trancam” o mar de Okhotsk, protegendo assim o litoral siberiano da Rússia. Não é por acaso que a Rússia implantou vários de seussistemas… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Adriano Madureira
Antonio Palhares
Antonio Palhares
3 meses atrás

A Rússia que poderia ser o pêndulo na disputa entre o ocidente e a China.
Esta sendo jogada gratuitamente no colo Chinês.

pedro
pedro
Reply to  Antonio Palhares
3 meses atrás

O Trump enxergou isso em 2016 e por isso evitou essa escalada desnecessaria com a Russia, e congelou qualquer iniciativa de trazer membros da ex URSS para a aliança. Ele sabia que o perigo maior é a China e nao a Russia.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
3 meses atrás

Se não existir alguma coisa mais sofisticada e sutil que esteja fora do meu conhecimento, então a resposta da OTAN deveria ser, nessa ordem e de maneira simultânea: Fazer o roteamento dos serviços de mapa hospedado no Rússia para um fraudado, mostrando um novo mapa na região onde a Crimeia e uma faixa de algumas centenas de quilômetros da Rússia com acesso ao Mar Negro, mostrasse como sendo da UCRÂNIA ou de um país fictício chamado OTAN. Fazer o mesmo com os serviços de mapa ocidentais, mas de preferência sem fraudar a rede, apenas solicitando que esses serviços atualizem seus… Read more »

_RR_
_RR_
Reply to  Reinaldo Deprera
3 meses atrás

Deprera,  1. No Ocidente, o mapa já mostra a Criméia como região ocupada. Já há resolução da ONU, inclusive, contra a anexação. Na real: a Criméia já é russa desde 1783… Apenas passou de mão para mão desde então, mas é russa ‘de facto’… 2. Seria possível, se a Ucrânia entrasse para a OTAN; coisa que não vai fazer, sob a perspectiva de se ver em uma guerra civil que culminaria na total fragmentação de seu país. Seria a glória para os russos recuperar aquilo que Catarina II conquistou, e vão investir pesado nisso se os ucranianos chegarem a tanto. … Read more »

pedro
pedro
Reply to  _RR_
3 meses atrás

SObre o ponto 4, ja fizeram isso na guerra fria e ate mesmo lá pelos idos de 2014. Estao lidando com um povo que pensa antes como nação do que individuo. Nao a toa que foi ali que o Socialismo achou uma cobaia para mostrar suas garras sangrentas. Por ultimo, quem vai $$ isso?? EUA? Sem money, pois ja bancam milhões de cucarachas. Europa? Ja bancam africanos e asiaticos. E só para nao passar batido, a Russia é uma das maiores produtoras/exportadoras de petroleo, gas e carvão! Ninguem quer puxar briga com fornecedor de matriz energetica em tempos onde a… Read more »

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Reinaldo Deprera
3 meses atrás

Reinaldo Deprera e _RR_, vocês dois são gênios. Descobriram como derrubar a Rússia, no item 4. Mas falta enviar um e-mail para a CIA informando. Façam logo antes que seja tarde demais.

Gabriel BR
Gabriel BR
3 meses atrás

Tem gente nos EUA sem dormir há dias rsrsrsrsrs

Teropode
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Na Rússia idem !

Hcosta
Hcosta
3 meses atrás

Já começam a ficar desesperados…

Nada disto tem a ver com a OTAN. São apenas argumentos de propaganda.

Realista
Realista
Reply to  Hcosta
3 meses atrás

Recomendo estudar historia ..

Hcosta
Hcosta
Reply to  Realista
3 meses atrás

Sim, como a história de genocídio dita por Putin, anexação de territórios para defenderem as etnias Russas. Tudo já aconteceu nos anos 30 e 40 e era, como hoje, propaganda para disfarçar as verdadeiras intenções.
Na 2GM era por recursos humanos e naturais, atualmente, ainda não percebi muito bem a razão.
Militar não me parece que seja, talvez política…

pedro
pedro
Reply to  Hcosta
3 meses atrás

como a história de genocídio dita por Putin, anexação de territórios para defenderem as etnias Russas”.
O Kosovo e a Bosnia nao foram assim???? Ou vale dois pesos e duas medidas? Pois fizeram tudo o que fizeram com a Servia por “proteger etnias nao Eslavas da regiao”. Na pratica, o Putin usa isso e sempre deixou claro enquanto era primeiro ministro lá nos anos 90 que a questao da Bosnia e especialmente a do Kosovo, iria no futuro virar um instrumento de redução ou ate mesmo cancelamento de sobernia nacionais. Ele esta usando as mesmas cartas ja utilizadas nesse jogo….

Hcosta
Hcosta
Reply to  pedro
3 meses atrás

Se bem percebi o seu comentário está a comparar um genocídio real com um que ainda não aconteceu. Os Sérvios não recuaram e os seus adversários também não. Mais vale separar e talvez um dia se reúnam outra vez. E resultou. E a Rússia fez tudo para que não resultasse. Nessa altura a Rússia negava os genocídios e agora Putin afirma que está a acontecer um genocídio na Ucrânia. É assim que a propaganda funciona.  E mesmo com uma grande quantidade de Ucranianos de etnia Russa nas partes não ocupadas, ainda não houve relatos disso acontecer. É estranho um… Read more »

Henrique
Henrique
3 meses atrás

Pra OTAN tudo boi de piranha
Depois que todos morrerem entra lá hasteiam a bandeira e fazem um filme estilo Rambo, dizendo que venceram o “Estado Hostil”

MGNVS
MGNVS
3 meses atrás

Nesse caso especifico a Russia quer nessas negociacoes o retorno ao antigo Tratado para Cooperacao na Europa que em 1997 foi assinado pelo Bóris Iéltsin mas nao foi ratificado pela OTAN e nem pelos EUA. Se a Russia quer o retorno da OTAN para suas antigas fronteiras anteriores a 1997 entao em contra-partida Moscow deve dar garantias por escrito que vai respeitar a integridade e soberania destes países e tbm que nao ameaçara os demais países com futuras intervencoes militares. Se o problema realmente for a presenca da OTAN nas fronteiras russas e eles retirarem suas tropas entao a Russia… Read more »

Last edited 3 meses atrás by MGNVS
pedro
pedro
Reply to  MGNVS
3 meses atrás

E pq a OTAN entao nao fez essa proposta? Se a Russia sente-se ameaçada pela expansão da OTAN e essa quer proteger seus membros e quaisquer outros, pq nao lançou ainda essa proposta?
Alias, quando que nos ultimos 30 anos a OTAN foi usada, ou ao longo de sua historia, para proteger um membro? O que se viu foi tanto nos anos 90 com a Servia e agora com a Libia, a mesma ser usada como uma força ofensiva para valer interesses de seus membros “seniors”.

MGNVS
MGNVS
Reply to  pedro
3 meses atrás

Pedro… o Tratado para Cooperacao na Europa foi proposto por ambas as partes, onde se previa ate mesmo a entrada da Russia para a OTAN. O problema foi que no ultimo instante, depois de Ieltsin ter assinado pelo lado russo, tanto a OTAN quanto os EUA se recusaram a ratificá-lo. Com o fim da URSS e do Pacto de Varsovia, todos achavam que a situação se estabilizaria e que a Europa integraria a Russia na Uniao Europeia/OTAN. MAS… os EUA tinham outros planos, pois sua industria militar necessita da Russia como inimiga e adversaria eterna, assim a maquina de guerra… Read more »

Satyricon
Satyricon
Reply to  MGNVS
3 meses atrás

MGNVS a Rússia já deu sua palavra e assinou um acordo com EUA e Ucrânia, se comprometendo com a integridade territorial ucraniana, em troca das armas nucleares soviética no território ucraniano (o erro do século)

A palavra russa vale tanto quanto uma nota de R$ 3,00

MGNVS
MGNVS
Reply to  Satyricon
3 meses atrás

Satyricon… vc ja postou isso antes. E como eu tbm ja te escrevi antes, a OTAN/EUA nao ratificaram o Tratado de 1997 pq consideravam a Russia extremamente enfraquecida naquele momento da Historia. E como eu tbm ja te escrevi antes, sobre os misseis nucleares da Ukranya, lembre-se que naquela época ela era ALIADA da Russia e nao do Ocidente, então esse acordo foi extremamente vantajoso para a OTAN/EUA e nao para a Russia. Mas para vc a unica coisa que importa é a Russia “ter quebrado” esse “acordo” das armas com a Ukranya. E o fato dos OTAN/EUA nao terem… Read more »

Satyricon
Satyricon
Reply to  MGNVS
3 meses atrás

MGNVS, análise os fatos, por favor, e evite essas opiniões exacerbada. Os gastos militares da UE estavam em franco declínio desde a queda da URSS. Os números de equipamentos militares como aeronaves, tanques, e navios caía, ano após ano neste século. O próprio homem laranja (Trump) reclamava disso, pois alguns países gastavam pouco mais de 1% de seu PIB com defesa, quando o mínimo recomendado é 2%. Deixavam assim os EUA carregar o piano. A OTAN estava se tornando uma repartição pública, sem ter o que fazer. O que esse movimento russo conseguiu foi exatamente o oposto do propagado, em… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Satyricon
MGNVS
MGNVS
Reply to  Satyricon
3 meses atrás

Satyricon… vc leu essa parte do meu comentario: “MAS… ngm sabe e nem imagina que estrategias o PUTIN deve ter traçado para fazer essas exigencias que num primeiro momento soam totalmente absurdas.” Se vc leu, entao vc percebeu que isso foi uma critica direta as exigencias absurdas do Putin, sem que ele mesmo e a Russia, deem qualquer contra-partida em relação a segurança desse países para a OTAN/UE. Fala serio Satyricon, a OTAN, a UE mais os EUA podem ter o dinheiro que vc quiser, eles nao vao entrar numa guerra contra a Russia por causa da Ukranya. Russos levam… Read more »

Satyricon
Satyricon
Reply to  MGNVS
3 meses atrás

MGNVS, ledo engano, não me espremo em nada (talvez numa calça que encolhe na cintura, vez ou outra, vá lá). Crítico tanto um lado, quanto o outro.
Delírio seu imaginar a Rússia indo até às últimas consequências. Num mundo nuclear isso se enquadra em destruição mútua assegurada.
Tenho minha opinião: a condição da Rússia é insustentável no longo prazo. Nunca será fraca, óbvio, mas o futuro lhe reserva uma posição como a da França ou RU. Só os russófilos não percebem.
Mas num ponto vc tem razão: dou boas risadas dos comentários aqui.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
3 meses atrás

O Putin não é burro, quando fez essas demandas já sabia que não seriam atendidas. Resta saber o que ele quer com isso.

Outrossim, seria fantástico se Finlândia e Suécia se juntassem à OTAN em resposta ao belicismo russo.

_RR_
_RR_
3 meses atrás

Pressão sobre os búlgaros, romenos… Ocupação da Criméia e apoio aos separatistas ucranianos… Estreitar laços com Erdogan… Manter a Geórgia e a costa oriental sob controle… Mar Negro…  Eis que os russos intensificam sua ofensiva frenética para o mar… É a necessidade que os mesmos sentem desde os tempos de Pedro, o Grande, de ir na direção de águas quentes, buscando uma saída para o Ocidente longe dos gélidos mares ao norte, coisa que seu imenso território nunca lhe deu. Isso, verdade seja dita, é fator de sobrevivência para a Rússia atual, quer dizer, a segurança de rotas comerciais vitais… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  _RR_
3 meses atrás

Não é para saírem da OTAN mas deixarem de terem tropas da OTAN no seu território.
Não acredito que seja a intenção de Putin uma nova expansão mas uma reação às sanções e ao fornecimento de gás.
Nada assim tão glorioso mas simplesmente mais dinheiro.

Satyricon
Satyricon
Reply to  _RR_
3 meses atrás

RR, após a dissolução da URSS ocorreu um plebiscito na Ucrânia, onde 90% da população optou por ser uma Ucrânia indepente, e não russos. Movimentos semelhantes ocorreu em todas ex-republicas soviéticas, e nenhuma quis permanecer subjugada a Moscou. Todas que puderam se uniram à UE e à OTAN. Voluntariamente, diga-se, não sob a mira de uma arma. Assim como na época do muro de Berlim, o movimento sempre foi de fuga de regimes opressores, como o que a Rússia oferece agora a esses países. É compreensível que os países periféricos da OTAN não queriam provocar a Rússia, mas duvido que… Read more »

Agnelo
Agnelo
3 meses atrás

Chegou no esperado. Fez igual funcionário público. Pede 3 coisas pra ganhar 1 e cantar vitória. Putin viu q a OTAN não iria arredar mais pé. Agora, deu espaço pra OTAN, pra evitar a guerra q também não tem como pagar. Pediu agora a Romênia e Bulgária, pra OTAN aliviar a Ucrânia. Ela da uma saída, parecendo q está “sinistra” na briga. A OTAN “não arreda pé”, “mostrando força”, mas não vai armar a Ucrânia até os dentes. É sempre assim. Não adianta um lado tentar encurralar totalmente o outro, tem q deixar espaço. Principalmente pra Rússia, q só pode… Read more »

100nickElã
100nickElã
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Os EUA não são, segundo você, invencíveis em guerras de alta intensidade? vai lá avisá-los, porque parece que eles não foram informados disso ainda. E quanto a dizer que a Rússia pede 3 para ganhar 1, vc tem alguma informação privilegiada para afirmar isso? ou é só um achismo mesmo, como vários outros que vc já deu. Todos furados.

Flanker
Flanker
Reply to  100nickElã
3 meses atrás

E qual é a guerra de alta intensidade que a Rússia participou desde 1945? Ora, vovó, menos…bem menos…

Adriano Madureira
Adriano Madureira
3 meses atrás

Essa possível guerra não tem nada a ver em defender a soberania e a “democracia” na Ucrânia meus caros, isso é só desculpa para alguns lucrarem com o fornecimento de gás a europa…. O Catar, um grande produtor de GNL, vende cerca de três quartos de sua produção na Ásia, principalmente no Japão e na Coreia do Sul. Por enquanto, o GNL do Catar representa apenas 5% das importações europeias de gás. Os americanos querem abocanhar uma fatia do mercado de gás europeu e não é de hoje… Os EUA se tornaram o exportador número 1 mundial de gás natural liquefeito… Read more »

Sem título.jpgvv.jpg
Flanker
Flanker
Reply to  Adriano Madureira
3 meses atrás

Mas, é óbvio que não é por democracia e liberdade…e por nenhum outro motivo “nobre”….de NENHUMA das partes!! Quem fornece acmaiorcparte do gás europeu? Não é a Rússia? E eles não estão usando isso como barganha? Ora, pau que dá em Chico, dá em Francisco…

Grifon Eagle
Grifon Eagle
3 meses atrás

É bem simples, ou renunciam ou lutam.

pedro
pedro
3 meses atrás

Qdo vc negocia algum contrato, serviço ou qualquer outra coisa, a melhor tatica é sempre pedir muito mais do que vc quer para, com isso dar ao outro lado margem para negociar e, ceder esse a mais (ou parte dele) para que o outro lado pense que ele nao esta em uma negociação onde ele apenas terá perdas.
A Crise dos Misseis em 1962 foi exatamente isso, a URSS plantou os misseis em Cuba sabendo que nao poderia deixar e operar eles lá, mas o fez como margem de negociação para a OTAN tirar os misseis da Turquia.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  pedro
3 meses atrás

Essa demanda russa está mais para um teatro que o Putin pode usar no próprio país. “Tentamos negociar, mas a OTAN se recusou”. Porquê essa demanda é absurda demais para ser simplesmente isso que você falou.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Bruno Vinícius
3 meses atrás

Teatro para justificar uma guerra no país*

Últimas Notícias

‘A janela para expulsar a Rússia da Ucrânia é agora’

Por Nataliya Bugayova* O Ocidente deve ajudar os ucranianos a expulsar as forças russas do sudeste da Ucrânia, pelo menos...
- Advertisement -
- Advertisement -