sábado, maio 21, 2022

Saab RBS 70NG

Crise na Ucrânia: gasoduto Nord Stream 2 pode ser cancelado, alertam EUA

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Os EUA ameaçaram interromper a abertura de um importante gasoduto que enviaria gás russo para a Europa Ocidental, se a Rússia invadir a Ucrânia.

O Nord Stream 2 funcionaria da Rússia à Alemanha, e na quinta-feira autoridades em Berlim disseram que o projeto pode enfrentar sanções se a Rússia atacar.

Aliados ocidentais dizem que terão como alvo a economia da Rússia se ela invadir, e os últimos comentários sinalizam um endurecimento de sua posição sobre o lucrativo oleoduto.

A Rússia nega que esteja planejando um ataque.

Mas o acúmulo de dezenas de milhares de soldados russos nas fronteiras da Ucrânia nas últimas semanas alimentou as tensões e aumentou os temores de uma invasão.

“Quero ser muito claro: se a Rússia invadir a Ucrânia de uma forma ou de outra, o Nord Stream 2 não avançará”, disse o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Ned Price, à NPR.

Mas ele acrescentou que “não entraria em detalhes” de como isso seria interrompido, e ainda há dúvidas sobre se os EUA teriam o poder de cancelar o projeto.

“Trabalharemos com a Alemanha para garantir que não avance”, disse Price.

Enquanto os EUA insistiram que interromperiam completamente a abertura do gasoduto, a Alemanha apenas disse que não descartaria a imposição de sanções ao projeto.

A ministra das Relações Exteriores do país, Annalena Baerbock, disse ao parlamento que os aliados ocidentais estão “trabalhando em um forte pacote de sanções” que abrange aspectos “incluindo o Nord Stream 2”.

Mas ela acrescentou que prefere “continuar o diálogo” com Moscou.

Seus comentários vieram depois que a embaixadora alemã nos EUA, Emily Haber, twittou que “nada estará fora da mesa, incluindo o Nord Stream 2” se a Rússia violar a “soberania da Ucrânia”.

O gasoduto de 1.225 km (760 milhas) levou cinco anos para ser construído e custou US$ 11 bilhões (£ 8 bilhões). O projeto de energia, que seria executado sob o Mar Báltico, visa dobrar as exportações de gás da Rússia para a Alemanha.

Mas ainda não começou a operar, pois os reguladores disseram em novembro que não cumpre a lei alemã e suspendeu sua aprovação.

As principais empresas europeias investiram pesadamente no Nord Stream 2, que é administrado pelo ex-chanceler Gerhard Schröder. Mas muitos grupos se opõem ao plano.

Ambientalistas questionam como isso se encaixará nos esforços alemães para reduzir as emissões e combater as mudanças climáticas provocadas pelo homem, enquanto políticos em casa e no exterior temem que isso possa aumentar a dependência da Europa da energia russa.

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky já havia descrito o gasoduto como uma “arma geopolítica perigosa”.

FONTE: BBC

- Advertisement -

163 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
163 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luis
Luis
3 meses atrás

A Jiripoca vai piar!

Oráculo
Oráculo
3 meses atrás

O pateta senil que ocupa a cadeira de presidente dos Estados Unidos ainda vai conseguir meter a Europa inteira numa enrascada sem fim.

Tudo porque o plano econômico dos Democratas já se mostrou um fracasso gigantesco. Agora vão tentar criar mais uma guerra sem sentido pra fazer a máquina de guerra americana aquecer a economia do país.

Um Dèjá Vu que os Democratas insistem em repetir.

O que impressiona é como esse pessoal do “ódio do bem” ainda consegue enganar tanta gente em pleno século 21.

Last edited 3 meses atrás by Oráculo
Agressor's
Agressor's
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

É uma questão de tempo para o ocidente submergir, não acredito que seja algo reversível. Nada é pra sempre, nenhum império é infinito, o fim do Ocidente é inevitável. Uma nova era se aproxima, que pertence agora ao Oriente…

João
João
Reply to  Agressor's
3 meses atrás

O ocidente não é um império.

J R
J R
Reply to  João
3 meses atrás

E também não vai acabar, mas uma situação mais multipolarizada esta nascendo.

Last edited 3 meses atrás by J R
francisco
francisco
Reply to  Agressor's
3 meses atrás

Tem 30 anos que ouço isso, entretanto o Ocidente continua gerando as maiores riquezas. Enquanto isso Vemos a dívida da China se elevar ao patamar de três vezes o seu PIB..

Augusto L
Augusto L
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Qual fracasso? O PIB americano foi de mais 5% em 2021, tu não sabe de nada. Quem esta querendo invadir é a Russia.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

É ainda invadir um pais que nem estão representando uma ameaça direta a Rússia no momento.

pedroctba
pedroctba
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

No último trimestre de 2021, as empresas reabasteceram os estoques esgotados para atender à forte demanda por bens, ajudando a atividade do país a registrar seu melhor desempenho em quase quatro décadas em 2021.”

Para 2021, o índice de preços das despesas de consumo pessoal (PCE) – uma medida-chave da inflação – subiu 3,9%, o maior aumento desde 1990.
No quarto trimestre, a inflação do PCE foi de 6,5%, o maior salto desde o terceiro trimestre de 1981″

PIB cresceu 5% e a Inflação, 4%. Logo, o crescimento real foi de 1%.

Augusto L
Augusto L
Reply to  pedroctba
3 meses atrás

Pedro o se usa um índice deflacionário e não a inflação do ano para medir o PIB real. Fica a dica!

WSilva
WSilva
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

O crescimento assombroso dos EUA e demais países ano passado é enganoso, os EUA não tem mais estofo para crescer 5% ano num cenário normal, em 2022 deve crescer abaixo dos 4% até normalizar abaixo dos 3% pré pandemia.

O mesmo vale pra China, deve crescer entre 5 e 6%, diferente dos 8% de 2021, porém a China ainda tem estofo para quebrar essa porcentagem.

francisco
francisco
Reply to  WSilva
3 meses atrás

Crescer se endividando é um tiro no pé.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

Se de 2019 para 2020 o PIB americano caio 4,9% e se de 2020 para 2021 cresceu 5,4% conclui-se que em 2 anos praticamente não saiu do lugar, não?
Já a China cresceu 2 e pouco em 2020 e 8,1% em 2021.
Essa sim, avançou bastante.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

O PIB americano caiu 3,5% Kings em 2020, para de falar asneiras

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

Correto.
3,5%
Mas, no acumulado do biênio, dará cerca de 1,4% de crescimento.
O que é muito pouco.
E o pior é que se espera um crescimento médio de apenas 1,5% daqui para frente.
Isso se a inflação não degringolar ainda mais a economia deles.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Crescimento de 3,5% a 4 e meio % no ano que vem se o Biden conseguir passar o estimulo que foi barrado sobe para 5%. Quanto a media no longo prazo ela é de 2,1% a 1,7%. De 2017 a 2027. Mas geralmente a economia americana opera acima da sua media de crescimento sustentável sem inflação acima do target do FED fenômeno que tem acontecido nos anos Obama e Trump. Quer uma estatística legal, em cerca de 15 anos os EUA teram um potencial de crescimento maior que todos os paises do G7 e do BRICS. Muito graça a sua… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Augusto L
nereu
nereu
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

cresceu 5% mas a projeção no final de 2020 era 6,5% segundo OECD https://m.facebook.com/theOECD/photos/a.10150177273897461/10157754580357461/

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  nereu
3 meses atrás

E as expectativas para 2022 são que pode chegar próxima de zero.
Depende do ajuste que o FED fará para combater a altíssima e persistente inflação.

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

Sabe tudo !

Oráculo
Oráculo
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

O Pateta Senil injetou 2 TRILHÕES de dólares na economia americana.
Por isso o bom desempenho dos números.

Só que ao fazer isso fez a inflação disparar. E aumentou a dívida norte americana a um patamar jamais visto na história.

Apagou o fogo mas espalhou brasas pela floresta inteira. O incêndio não demora a chegar.

Dica: Vai dar uma olhada no que o mercado financeiro anda prevendo para o Tio Sam sob o comando do presidente com pior aprovação da história após 1 ano de mandato.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Que incêndio? A inflação é a volta do consumo. Todos os países estão injetando quantias enormes na economia pós-covid, inclusive a própria China, UE. Você não entende nada de economia.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

Como?

Os EUA estão encharcados de dólares impressos às toneladas para não deixar a economia americana desabar.
A NYSE estava crescendo por causa de espirro de Presidente de empresa. Esperavam dois espirros e o sujeito deu um só.
Ontem, as ações da Boeing subiram apesar do enorme tombo nas receitas das empresas.
Esperavam mais de 16 bi no trimestre e veio na casa de 14 bi.
Evidentemente, tudo muito artificial.
A conta chegou.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Kings empresas que tem receitas artificiais são somente as chinesas, e é so voce olhar o % dívida privada das instituições chinesas na internet. É o mais auto da história.

Isso que ficar jogando dinheiro a rodo para economia crescer 6% ou 8% sem nenhuma lógica mercadológica por trás.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

A China faz a política industrial brasileira da décadas de 70 e 80 onde contraímos a maior divida da até aquele momento parecer brincadeira .

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

Alto*

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

Prezado Augusto

De artificial em artificial a China se tornou a maior economia do Mundo.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

E você além de não entender nada de economia não entende de Forças Armadas, nem de geopolítica e muito menos de armamentos.

A pergunta que fica é: Por que diabos insiste em comentar aqui?!?!?!

Eu mereço mesmo.
Fanboy yankee me enchendo o saco.

Com os vermelhinhos pelo menos é mais divertido…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Rapaz!

Concordo em gênero, número e grau contigo.
Ganhou um joinha.

Slow
Slow
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

E a inflação subiu 7% é a mais alta em 40 anos .. PIB cresceu pra Tesla , Amazon , Apple ..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Slow
3 meses atrás

E o crescimento da Apple foi baseado exclusivamente no mercado…… chinês.

Slow
Slow
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Pois é

Lucas
Lucas
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

Esse Augusto é a versão Kings dos membros a favor dos americanos na Trilogia.
Deve acordar e bater continência pra bandeira americana todas as manhãs.
Maior lambe botas estadunidense que comenta nesse fórum.

Tu não tem vergonha não?

Augusto L
Augusto L
Reply to  Lucas
3 meses atrás

Eu tenho vergonha de quem não ve as coisas como elas são.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Lucas
3 meses atrás

Pega todos os comentários que eu realizei nessa seção me mostrei onde errei e porque. Ai podemos discutir sobre vergonha

Antonio Palhares
Antonio Palhares
3 meses atrás

É assim que os Estados Unidos tratam seus parceiros.
A baboseira de livre comércio. Livre determinação dos povos. Valores morais ocidentais.
Você é livre para comprar deles.
Livre determinação de araque. Simplesmente podem nos colocar numa “fria”. Os países importantes da Europa já se tocaram que este preço que estão pagando está muito além do que podem suportar.
Se o Biden tiver aquilo roxo. Que corte o gasoduto e faça uma guerra nuclear com a Rússia. Uma situação que não foi dimensionada , não foi estudada como se devia.
Simples assim.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Antonio Palhares
3 meses atrás

“Toda empresa estatal é um câncer na economia de um país. Estatal é sinônimo de ineficiência, corrupção e desperdício. Tem que privatizar tudo mesmo” diz o engenheiro brazileiru desempregado dirigindo seu Uber…As potências dominantes como os eua amam o liberalismo econômico apenas nos outros países, a coisa muda quando é no território deles, por lá liberalismo é como e quando eles quiserem…O capitalismo “liberal” só serve para os países subdesenvolvidos que eles exploram… Um princípio básico de todo estado “liberal”, é que os custos e riscos são socializados ao máximo possível, enquanto o lucro é privatizado…E essa é sempre a… Read more »

Tomcat4,3
Reply to  Agressor's
3 meses atrás

Irretocável meu caro, e falo com propriedade pois sou concursado/funcionário público(na verdade a empresa é mixta etc mas o estado/MG detém a maior parte das ações na bolsa ) !!!!

DanielJr
DanielJr
Reply to  Agressor's
3 meses atrás

Eu acredito que a maior parte das pessoas optam por defender a privatização simplesmente pela baixa qualidade dos serviços prestados. Eu mesmo, não ligo se o correio for uma empresa estatal ou privada, desde que funcione minimamente bem, não perca as encomendas, não atrase as entregas, não faça greve com o intuito de jogar a opinião pública contra o político que está comandando, que depois de tanta má administração vá ao caixa do governo e peça um cheque pra continuar rodando e dane-se as boas práticas de administração. O mesmo vale pra todas as outras. Como consumidor só quero pagar… Read more »

WSilva
WSilva
Reply to  Antonio Palhares
3 meses atrás

Tudo que os EUA não quer é um mundo em ordem e pacifico. Com o mundo em ordem e pacifico os EUA perdem sua importância, seu propósito, justamente por isso ficam criando inimigos imaginários a todo momento, cria divisão e arrasta à força seus lacaios criando assim uma impressão de coesão e urgência.

Augusto L
Augusto L
Reply to  WSilva
3 meses atrás

Vale a perguntar o que é um mundo pacífico para voce? Talvez seja como era nos tempos da cortina de ferro. ?

WSilva
WSilva
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

Para se ter um mundo pacifico é necessário evolução social/educacional e espiritual ou controle total da humanidade, nunca tivemos nenhum dos dois. Isso não quer dizer que conflitos não sejam evitáveis, os EUA estão presentes em mais de 200 dos últimos 240 conflitos desde a segunda guerra mundial, como causador ou como participante, é um país que precisa de conflitos para sobreviver, projetar seu poder e engajar seus lacaios. Tudo isso acontece porque existe muito poder nas mãos dos EUA, já passou da hora de dividir esse poder, a principio China e Rússia são vitais para que isso aconteça, com… Read more »

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antonio Palhares
3 meses atrás

Então porque esses europeus não pedem a saída dos americanos da Europa?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto L
3 meses atrás

Calma que no tempo certo isso acontecerá.

E Putin está a lembrá-lo.

paulof
paulof
3 meses atrás

nem tinha visto, mas era a coisa mais óbvio que iria ocorrer tanto que tinha escrito em outro tópico, o projeto já tem má vontade de boa parte dos verdes alemães, tanto russos como americanos não conseguem entender que há como cada um retaliar economicamente o outro fácil, e esse caso é um típico, russos tomam a retaliação, quem pode sair ganhando é o Canadá que por sinal é um polo de atração de ucranianos.

Jacinto
Jacinto
3 meses atrás

A manchete é uma tradução de uma reportagem da BBC (como consta dos créditos), mas acho que a tradução para o português não reflete o real sentido da reportagem original. Na reportagem original e o termo usado é “axed”: “Ukraine crisis: Nord Stream 2 pipeline could be axed, US warns”. Mas no UK, o termo “axed” não descreve uma machadada ou um corte literal, mas o fim abrupto de algo, seu cancelamento de uma hora para outra. Quando se diz que “Fulano was axed”, não significa que Fulano levou uma machadada, significa que ele foi sumariamente demitido. Acredito que a… Read more »

Alexandre Galante
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Obrigado pela observação, Jacinto. Abs!

rui mendes
rui mendes
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

E mais, o Gerhard Schröder tem interesses no gasoduto, mas por via de trabalhar para um dos donos do projecto, que é uma gigante Russa da energia.

Camargoer.
Camargoer.
3 meses atrás

Olá Colegas. Ao longo dos últimos anos, este gasoduto tem aparecido em muitas noticias. Fico com a impressão que no fim, os problemas estão relacionados com esse gasoduto. Entendo sua importância estratégica tanto para a Europa quanto para a Rússia, mas fico com a impressão que existe um esforço deliberado para inviabiliza-lo. Ainda tenho dificuldade de entender como os EUA se encaixam nesta equação.

Tomcat4,3
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

Se encaixam sendo os enxeridos sabotadores de sempre, disfarçados de salvadores da pátria (seja lá a pátria que for). Buscam seus interesses independente da morte de milhares e destruição de países inteiros(não que outras nações não o façam mas os EUA são os campeões, q o digam os Iraquianos q além do país destruído ainda tiveram o fortalecimento do EI//ISIS).

Luis
Luis
Reply to  Tomcat4,3
3 meses atrás

Só uma duvida, este seu nick mame ( Tomcat ) e a imagem representativa, estão ligadas a que país?

rui mendes
rui mendes
Reply to  Tomcat4,3
3 meses atrás

Só te esqueces de dizer, que apoias um ditador, que ameaça atacar um estado soberano, aliás já começou na Crimeia com a anexação, e com o patrocínio a bandidos, de armamento para desestabilizar o leste da Ucrânia, e tudo por não se conformar com o fim da sua querida URSS, mas claro que agora fala mais directo em invadir, por ter apoio do amigo ditador da China, mas ainda existem democratas e gente que segue as leis internacionais de sã convivência, da civilidade e não dá barbárie.
Bem hajam EUA, NATO e UE.

Nascimento
Nascimento
Reply to  rui mendes
3 meses atrás

Vi muito dessa civilização quando bombardearam alvos civis em Belgrado, mais ainda quando atacaram o Iraque em 2003 baseado numa mentira. Baita civilidade. E dizer isso não me faz ser pró-russo, ta? Ameaças de invasão essas, muito similares as feitas pelos EUA durante a crise dos mísseis. Além da operação baia dos portos, o qual todos lembramos, quando também atacaram um país ”soberano” que (assim como a Ucrânia) também tinha passado por uma revolução e que agora ameaçava o país do qual era antes esfera de influência. Mas vejo um erro de calculo da Ucrânia, diferente da URSS, que mandou… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Nascimento
Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Nascimento
3 meses atrás

Sinto em te dizer, mas faz. Seu defensor dos bárbaros. O populacho aqui me demonstrou que o Ocidente leva democracia e progresso aos países apossados, na Síria por exemplo, os americanos ainda estão lá porque querem provar que o regime democrático funciona mesmo naqueles povos que ainda habitam em tendas. Olha o Iraque, exemplo de civilidade e democracia, ontem mesmo vi um vídeo de um americano que passeou em Bagdá com uma iraquiana, tinha um restaurante com uma comida síria que parecia deliciosa, quem levou ordem e progresso foram os EUA do governo Bush – este até poderia concorrer ao… Read more »

Agressor's
Agressor's
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

A guerra não é por liberdade, más por mercado. Por domínio econômico e geopolítico…

Last edited 3 meses atrás by Agressor's
Jacinto
Jacinto
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

Duas estratégias diferentes de como conter o expansionismo russo. A estratégia americana sempre foi muito simples e pragmática: conter o expansionismo russo por meio de poder militar. A estratégia alemã era a de conter o expansionismo russo por meio de integração econômica: envolver mais as economias europeia e russa de forma a que este relacionamento econômico funcionasse como uma forma de dissuasão ao expansionismo russo. É uma variação daquela idéia de que cachorro não morde a mão que o alimenta. O Nordstream2 foi assinado pela Angela Merkel em junho de 2015, na esteira da crise da Crimeia (2014), justamente como… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Jacinto
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

E os alemães sabem exatamente que se bloquearem o NordStream, a Rússia bloqueia o resto e a Alemanha congela.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

A Europa tem reservas de gas suficientes para chegar na primavera e receberá mais gas na forma de LNG – inclusive da Sinopec – até lá. O problema disso tudo e que o custo da energia vai subir em todo mundo então também vamos sentir no bolso o resultado disso tudo.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Zeus,
fontes?

Jacinto
Jacinto
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Zeus, Você não irá conseguir achar fontes boas para validar esta alegação de que a Alemanha só tinha mais 9 dias, mas para que nossos colegas de site tenham boas informações vou mostrar como você está equivocado. As reservas de gas da Europa são administradas por empresas que publicam as condições dos reservatórios que administram. São várias dezenas de empresas, e por isso há um site que agrega esta informação e é reconhecida pela European Union Agency for the Cooperation of Energy Regulators. Trata-se, portanto, de informação oficial. Segundo este site, a variação dos reservatórios alemães entre 27/10/2021 e ontem… Read more »

imagem_2022-01-28_184655.png
Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

O meu nobre caro Zeus deve ter lido depressa, provavelmente leu rápido como um trovão e deixou passar o intento do conteúdo, são 9 semanas, não 9 dias.

António Rodrigues
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

O que você ignora é o plano dos estados unidos fornecerem gás natural através do porto de Sines com a colaboração do primeiro ministro português o socialista sr. Costa

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  António Rodrigues
3 meses atrás

Não creio ser possível depender unicamente de GLP para abastecer todo um País do tamanho da Alemanha com 80 milhões de pessoas e milhares e milhares de empresas que usam o produto intensivamente.
Além da logística caríssima, creio ser o gás russo mais barato.
Vou pesquisar os preços.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

Ninguém falou aquilo que é um fato cabível: Se o Nord Stream 2 for cancelado, as empresas americanas serão as beneficiárias. Nas palavras de Petr Bystron, membro do Comitê de Assuntos Internacionais do Bundestag: “O governo federal está desempenhando o papel de oprimido dos EUA e colocando em risco seu próprio suprimento de energia. Interferir no fornecimento de gás não é do interesse da Alemanha ou da Rússia. Os únicos beneficiários desta medida serão as empresas americanas que queiram vender o seu gás natural liquefeito, pouco competitivo em condições normais de mercado, aos países da UE em troca de um gás melhor… Read more »

pedroctba
pedroctba
Reply to  Gilson Moura
3 meses atrás

Na realidade essas empresas querem é que com essa possivel guerra, um impedimento ou bloqueio na venda de petroleo, gas e carvao Russo, para com isso elas ganharem mercado especialmente nos EUA, já que o Petroleo e Carvão irao disparar. Elas sabem que a chance de abocanhar algo na Europa é pequeno, sendo que o target é o mercado domestico.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  pedroctba
3 meses atrás

Sem guerra ou com guerra, eles querem cancelar o Nord Stream 2, as empresas americanas irão faturar bilhões com essa nova demanda de gás na Europa. Até mesmo no governo Trump, na qual ainda ofereceu pagar os custos decorrentes do transporte, tentou barrar esse projeto mas caiu fora depois que viu o prejuízo do negócio, ele sabia que os EUA tinham muito a perder com isso se bancasse os custos, hoje, se algo mudar, quem vai bancar isso serão os consumidores alemães, o governo que fizer isso, será extremamente impopular perante a sociedade alemã.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Gilson Moura
3 meses atrás

O único problema é que a opção americana é apenas gás liquefeito que chegará através.
Creio que para os alemães, a opção pelo gasoduto russo é bem mais vantajosa.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Gilson Moura
3 meses atrás

Digo, chegará através de navios.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

Esqueci de mencionar: Os países da UE apoiam principalmente o projeto e participam na sua implementação. Apenas os estados bálticos, Polônia, EUA e Ucrânia se opõem.

pedroctba
pedroctba
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

Os EUA querem vender GLP no lugar do gas natural. Querem apenas, pois seria necessario toda uma mobilização logistica para levar o GLP ate a Europa ou pior ainda, o custo necessario para isso. O Trump tentou fazer a Merkel comprar a ideia mas qdo ela quis que os EUA “bancassem” a diferença de custos nao apenas na implantação mas tambem os de todo o processo (já que seria necessario alguns anos), Trump caiu fora. Agora com o cadaverico Bidê, que ja torrou todo o tesouro americano queimando dolares no mercado, ele joga à imprensa essa retorica mas sabe que… Read more »

Jacinto
Jacinto
Reply to  pedroctba
3 meses atrás

Maior produtor de gas natural do mundo em 2020: EUA
Maior produtor de petróleo do mundo em 2020: EUA
Maior produtor de carvão do mundo em 2020: China

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Pode ser o maior produtor do que for, mas está do outro lado do Atlântico e o preço para transporte torna inviável em relação ao gás russo.
Ali do lado.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

A Europa ja importava LNG dos EUA antes deste crise Antonio. Nao apenas dos EUA mas do Catar, também, e por preços muito menores do que o atual preço do gas – já que o preço do gas triplicou no ano passado. E dado o mix de fontes que compõe a matriz energetica da Europa mesmo com o custo do gas tendo triplicado, a energia continuou relativamente barata porque boa parte da energia europeia é produzida por energia solar e eolica que sao as energias mais baratas que existem.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Você falar que um gás que sai la do outro lado do oceano é mais barato que um que sai ali do lado é muita falta de vergonha na cara ..

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
3 meses atrás

Não e exatamente assim que funciona com tudo que é made in China? O produto sai “la do outro lado do oceano e mais barato do que sai ali do lado”?

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Porquê a mão de obra compensa mas não é o caso dos EUA .. tudo que vem de lá é mais caro .

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
3 meses atrás

Mas a mão de obra que trabalha nos gasodutos russos à Europa não é chinesa. É europeia…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Mas olhe a estrutura de transporte da China e olhe a dos EUA.
Hoje, Biden foi participar de um evento sobre a infraestrutura em Pittsburgh e uma ponte caiu na hora.
Bizarro.
A infraestrutura americana está envelhecida e é arcaica.
Portos ultrapassados, ferrovias centenárias, pontes da mesma época.
Nem compara com a estrutura e escala dos chineses.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

O crescimento econômico chines vem em grande parte da construcao de infraestrutura; os EUA ja passaram desta fase há decadas e por isso essa parte da economia deles estava meio parada. Agora a situacao esta se invertendo. A China deve reduzir o investimento em infraestrutura, que ja foi construída, e os EUA devem aumentar para a reconstruçao. E por isso que se diz que a economia e ciclica.

nereu
nereu
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

importar gás natural dos Russos = refinarias europeias funcionando
importar GLP = refinarias europeias fechadas
foras os subprodutos obtidos do refino(ex. hidrogênio) que teriam que ser comprados separados

Jacinto
Jacinto
Reply to  nereu
3 meses atrás

O problema é que os russos nao estão mandando gas suficiente, o que significa que em dois meses as reservas europeias acabam. A opção europeia e então se resume a importar LNG ou começar a racionar energia…

Hcosta
Hcosta
Reply to  nereu
3 meses atrás

não tenho grande conhecimento do setor mas como isso funciona?
O gás Russo precisa ser refinado?
O GNL tem como desvantagem a falta de infraestruturas para o receber e a sua “transformação”, talvez o termo seja evaporação, de líquido para gás. Assim a sua importação implicaria mais trabalho para as refinarias.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

EUA é o maior consumidor também ou seja ..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

O problema é que os russos invadindo a Ucrânia, o gás que passa por será cancelado.
Sem NordStream e sem Ucrânia, a Europa congela.

sub urbano
sub urbano
3 meses atrás

A Alemanha é a que menos quer se indispor com a Russia nessa crise e tem sido criticada por esse motivo. Eles sabem que a industria deles depende de energia viável e barata sob pena de perderem espaço para os Chineses que começam a entregar qualidade. China tem um plano a nivel nacional nesse sentido chamado “China standard 2035” o objetivo é ultrapassar EUA, japão e Alemanha em produtos de alto valor agregado.

pedroctba
pedroctba
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Ja imaginou as fabricas da BMW, Mercedes, Volkswagen, MAN, Audi e toda a linha de autopeças alemã paralisada, ou com custos astronomicos de energia, que benção seria para a industria automobilistica americana, agora que nem a Ford ou a GM tem grandes ativos na Europa?
Isso é apenas um exemplo.

Jacinto
Jacinto
Reply to  pedroctba
3 meses atrás

O problema real da indústria automotiva – mundial, diga-se – não é custo de energia, é falta de semi-condutores.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

A falta de semicondutores é conjuntural, circunstancial e será resolvida.
A falta de energia barata seria estrutural para a indústria alemã.
Creio que os alemães não têm muitas escolhas.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

O gas representa apenas 12% ds matriz energetica alemã. Ainda que o custo do gas suba muito, o fato de o gas representar uma quantidade pequena da matriz alemã garante que o preço da energia la continue baixo. A grande verdade e que a Alemanha acertou em cheio quando investiu em energia eolica e solar que sao aa energias realmente baratas.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

O grande problema é o consumo industrial.
Se para a Europa está difícil competir com a China, imagine com o gás mais caro.
As indústrias europeia vão abrir mais unidades na China do que abrem hoje.
Sem chances

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

O gas e commoditiie ele nao fica mais caro para a Alemanha, ele fica mais caro para o mundo todo. Por que vc a acha que a Sinopec esta vendendo LNG? Porque a energia ficou mais cara em todo mundo e mesmo aqui no Brasil e questao de tempo para vermos o resultado disso.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  pedroctba
3 meses atrás

Uma fábrica de sorvetes média aqui da minha cidade tem a conta de luz em torno de R$40.000 mensais, o que dá R$480.000 anual e isso antes da pandemia, o preço agora com certeza deve ter sofrido reajuste e qualquer reajuste mínimo, resulta em um grande aumento no preço da energia para produzir a mesma quantidade de sorvetes. Aplica essa noção de preços a todas as indústrias alemãs que dependem da energia barata para conseguir competitividade no cenário global. E o gás natural aumentou de 12% de 2020 para 15,4% para 2021, a efetiva eliminação da energia nuclear até 2022… Read more »

ma.JPG
Jacinto
Jacinto
Reply to  Gilson Moura
3 meses atrás

Gilson gas e 12% da energia alemã; mesmo que aumente muito, o impacto no custo é baixo dada a pequena participação na matriz. Parte significativa da energia alema – deve estar em uns 30 ou 40% – e vento e sol, que sao as energias mais baratas que existem. Agora, sobre a fábrica de sorvete: o custo energetico brasileiro e muito maior do que o europeu (proporcionalmente) porque boa parte de nós tem uma visao retrograda da energia. Achamos, por exemplo, que gas e energia barata – mas nao e. Energia barata é eolica e solar pelo simples e obvio… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Prezado Jacinto.

Gás natural é insumo industrial.
Não há como substituir por energia eólica ou solar.
A indústria europeia vai perder mais competitividade.
Mais do que já está.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Insumo industrial que pode ser comprado aqui ou ali, como todo mundo faz, incluindo a China. A Alemanha ir atras dr LNG tem efeito sistêmico vai afetar todo o mercado. Quem mais perde? Perde mais quem importa mais. Quem e o maior importador dr LNG? Por que a Sinopec esta vendendo LNG a rodo?

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Você é bem teimoso, rapaz. Conforme eu já publiquei, 15,4% é a participação do fornecimento de energia através de gás na Alemanha com dados de 2021, mas você pode continuar se iludindo com 12%, continuar a afirmar isso toda vez não o fará você estar com a razão, mas serve ao propósito de desinformar outrem. Além do mais, a eliminação completa das usinas nucleares da Alemanha farão aumentar a participação ainda mais do gás natural da composição energética da Alemanha assim como a composição também das demais, incluindo as renováveis. O plano alemão é eliminar completamente as usinas nucleares até… Read more »

sub urbano
sub urbano
Reply to  Gilson Moura
3 meses atrás

Sim, não se compara. Energia solar e eólica são ótimas, mas como forma complementar com a tecnologia que temos hoje. Hoje gás natural e geotérmica (pra quem tem) são as fontes mais baratas e confiáveis que existe. Falei sobre o sal líquido ou bateria térmica e o Jacinto entendeu usina termelétrica, não tem nada a ver e os alienados ainda dão joinha no comentário do cara! kkkkk

Jacinto
Jacinto
Reply to  Gilson Moura
3 meses atrás

Gilson, eu vi agora a imagem que consta os 15,4% a que você se refere. Nós estamos usando dados que são calculados de forma diferente. O seu dado, como você pode observar da imagem que você usou, refere-se à produção gross. Eu, por outro lado, uso dados net. Há uma substancial diferença na forma como estes dados são calculados. O cálculo gross, como o termo descreve, é bruto: ele é o total de energia gerado por aquele método, mas não é a energia que efetivamente chega na distribuição (que é o dado net). A diferença entre o que é gerado… Read more »

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Correto, mas não foi a única variável que eu argumentei, mas ao que tudo indica, acho que até 2025, a energia renovável será a mais barata em termos totais de custo, mas não de modo geral, mas a maioria dos países, mesmo se considerar as mínimas históricas da cotação internacional dos hidrocarbonetos.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Gilson Moura
3 meses atrás

Mas sao dados calculados de forma diferente. Nao da para comparar. E como comparar uma empresa usando o EBTDA para uma e o lucro lïquido para outra.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  pedroctba
3 meses atrás

Vai tudo para a China.
Mais do que já estão indo.

Jacinto
Jacinto
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Gas natural responde por apenas 12% da matriz energética da Alemanha. A energia eólica representa uns 25% e a ou solar deve estar em uns 10%. É assim porque energia por gas natural não é barata, ao contrário: é muito mais caro do que energia solar (a mais barata) e a energia eólica já que paras estas fontes de energia o insumo (vento e sol) é presente da natureza.

sub urbano
sub urbano
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Gás natural é a energia mais barata que existe hoje, excetuando a geotérmica (pra quem tem tipo Islândia). Energia solar em si é barata mas pra abastecer uma cidade á noite são toneladas e mais toneladas de sal líquido e uma usina de energia termica pra fazer a conversão, é caro.

Jacinto
Jacinto
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Delírio. Hoje há consenso, de que eolica e solar baseada em paineis fotovoltaicow são as energias mais baratas que existem. O que vc descreve é a energia solar baseado em calor: basicamente os raios solares sao usados como fonte de calor, mas esta forma de energia solar não é muito eficiente. Energia solar eficiente, que é a que me refiro, é a baseada em painéis fotovoltaicos.

sub urbano
sub urbano
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

E vc falou a parte bonitinha da matriz energetica alemã, esqueceu propositalmente de mencionar os 30% de carvão que eles queimam e jogam na atmosfera pra fazer energia elétrica.

Jacinto
Jacinto
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Mas o que isso tem a ver com o tema? Nosso tema não e energia do.ponto de vista ambiental, mas do ponto de vista de custo.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Não esqueça que russos e chineses estão construino um gasoduto gigantesco chamado de ‘Poder da Sibéria’.
Com o gás russo barato, as empresas chinesas estão se tornando cada vez mais competitivas.
E os alemães sabem disso.

Varg
Varg
3 meses atrás

Salvo engano a Rússia é o maior exportador de gás natural para a Europa. Se o Putin resolver fechar as válvulas de seus gasômetros e gasodutos, os europeus estarão em sérios apuros energéticos.

E no fim das contas, a Ucrânia não é internacionalmente tão relevante para gerar essa confusão toda. Muito barulho por nada.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Varg
3 meses atrás

É bem menos do que o pessoal aqui imagina. A Rússia fornece 40% do gás natural, e gás natural representa uns 20% da energia produzida na Europa. OU seja, algo em torno de 9% da energia europeia é gas russo.

nereu
nereu
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

eles não importam só gás dos Russos importam petróleo também, mais de 3millhões de barris por dia deixam a Rússia com destino a Europa, para efeito de comparação o Brasil produz 2,9milhões de barris e ainda exporta parte da produção

Jacinto
Jacinto
Reply to  nereu
3 meses atrás

Petroleo e mais simples de resolver do que gas porque há mais capacidade instalada de produção ao redor do que de gas. E seu transporte,alem de mais simples por nao precisar do processo de liquefaçao, tambem conta com uma frota de transporte maior. A frota de navios de LNG e pequena se comparada com a frota de petroleiros.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Esses 40% está errado atualmente representa 55% ..

Metade das casas na Alemanha é aquecida com gás e dependendo do clima podem ter que usar até março .

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
3 meses atrás

As reservas da Europa, no nível de consumo e recarga atual duram mais 2 meses.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

https://www.google.com/amp/s/www.cnnbrasil.com.br/business/reservas-de-gas-natural-na-europa-atingem-nivel-mais-baixo-da-decada/%3famp

A Europa importa cerca de 90% do gás da Rússia. O segundo gasoduto que ligará esse centro distribuidor à Alemanha, contornando a Ucrânia, ainda não está concluído.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
3 meses atrás

Este dado ai acho que o jornalista deve ter cometido um erro de digitação. E Europa sempre teve uma boa diversificação nos seus fornecedores de gas, incluindo países do norte da África, Catar EUA, Noruega etc..

Maurício.
Maurício.
3 meses atrás

A Alemanha é um país independente e soberano ou ainda continua na coleira dos americanos? Os americanos investiram dinheiro nesse projeto ou só estão querendo dar pitaco em projetos alheios?

Joe
Joe
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Se não fossem o americanos, eles falariam russo hoje me dia.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Joe
3 meses atrás

Joe, vai lá falar isso para os países que a Alemanha invadiu…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Joe
3 meses atrás

E qual o problema disso?
É mais charmoso falar inglês quando for à Disney ou pedir um Big Mac?
Ademais, poloneses, checos, lituanos e etc. não falam russo.
Pelo menos por enquanto.
Convém não atiçar o poderoso urso.

WSilva
WSilva
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Alemanha e França são dois países que querem sair da coleira, mas ainda há aquele ”medinho”, esse medinho é oriundo das sanções e coerçao americana.

Maurício.
Maurício.
Reply to  WSilva
3 meses atrás

WSilva, veja que até agora eu recebi 21 deslikes, provavelmente de defensores dos americanos que ficaram “mordidos” com meu comentário, mas nenhum deles respondeu as minhas perguntas… Provavelmente é esse mesmo pessoal que quer ver uma guerra entre OTAN/Ucrânia vs Rússia mas não tem coragem nem de responder umas perguntas, vai entender…??

Slow
Slow
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Esses defensor dos Americanos é tudo assim da deslike mas não responde..

nem liga

Maurício.
Maurício.
Reply to  Slow
3 meses atrás

Slow, eu não dou a mínima para os deslikes, mas eu quis mostrar que me deram vários deslikes mas nenhum deles respondeu minhas perguntas, e é esse mesmo pessoal que quer ver sangue sendo derramado, mas não tem coragem de se quer responder umas perguntas, se os americanos dependerem desses capachos em uma guerra, eles estão lascados…?

Slow
Slow
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

É assim mesmo defendem com unhas e dentes mas na hora de responder algo todos correm ..

Hcosta
Hcosta
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Mas então porque os EUA não podem fazer pressão sobre o mais importante projeto económico Russo? Nem mesmo na Alemanha este projeto é consensual.

Mas podemos admitir que a forma como os EUA se relacionam com a Alemanha não é equivalente à forma como a Rússia trata a Ucrânia e outros.

Nenhum país neste mundo globalizado é independente e ainda bem. O isolamento é muito pior…

Maurício.
Maurício.
Reply to  Hcosta
3 meses atrás

Hcosta, os americanos podem pressionar quem eles quiserem e da forma que eles quiserem, mas você também não respondeu as minhas perguntas.
A Alemanha é um país independente e soberano ou ainda estão na coleira americana?
Os americanos agora falam pelos alemães?
Os americanos investiram dinheiro no Nord Stream 2 ou só estão dando palpite em projetos alheios?
E os outros países europeus que investiram dinheiro no projeto, será que os americanos também tem direito de falar por eles?
São só perguntas que ninguém tem coragem de responder. ??

Last edited 3 meses atrás by Maurício.
Hcosta
Hcosta
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Acho que respondi. Uma questão é como cada país atua. Os EUA usam a sua diplomacia e a Rússia usa as suas forças armadas. A diferença entre subornar e chantagear. Outra questão é se estas pressões têm efeito. Se os EUA oferecerem uma alternativa melhor para o país, qual é o problema? Se não oferecerem nada ou ameaçarem aí o caso muda de figura e passa a ser uma ameaça à soberania do país e deixa de ser uma aliança para ser outra coisa. Se as relações dos EUA com outros países, fosse a mesma da Rússia, certamente que não… Read more »

Maurício.
Maurício.
Reply to  Hcosta
3 meses atrás

Hcosta, com todo o respeito, você acha que respondeu, mas acabou não respondendo! O que você fez foi uma defesa dos americanos. “Os EUA usam a sua diplomacia e a Rússia usa as suas forças armadas.” Você realmente acredita nisso? Os últimos países invadidos pelos americanos, foi com as forças armadas ou foi com a tal “diplomacia”? “certamente que não teria aliados mas um conjunto de países fantoches/ditaduras.” Os EUA não tem países fantoches/ditaduras como aliados? Arábia Saudita, EAU, Kuwait, Qatar, Bahrein, Jordânia, Omã, Líbia, Iraque, Egito, o próprio Irã, antes de virar inimigo, dentre outros, são todos países onde… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Duas coisas diferentes. Há os aliados e há os aliados de circunstância. Estes últimos são aliados que podem ser ditaduras mas que são razoavelmente estáveis. Se houver uma guerra civil ou um ataque aí a situação muda. Até posso colocar o Iraque de Saddam como exemplo. A partir do momento que cruzou linhas vermelhas foi invadido. Ou seja, não apoiam incondicionalmente um regime. Tem o exemplo da Sérvia e da Síria em que os Russos ou permitiram massacres de civis ou fecharam os olhos. Alguns aliados dos EUA são ditaduras mas todos os aliados da Rússia são ditaduras. Mas não… Read more »

Maurício.
Maurício.
Reply to  Hcosta
3 meses atrás

“Duas coisas diferentes. Há os aliados e há os aliados de circunstância” Ok, os tais aliados de circunstância são as ditaduras que os americanos fecham os olhos porque podem ser aliados, nesse caso a democracia é um mero detalhe, aí crucificar alguém em praça pública ou mutilar um jornalista é normal, passa batido. “A partir do momento que cruzou linhas vermelhas foi invadido” Essa “linha vermelha” significa estar ao lado dos americanos e aliados, se quiserem “cruzar essa linha” aí são considerados inimigos, o Kadafi que o diga. “Alguns aliados dos EUA são ditaduras mas todos os aliados da Rússia… Read more »

Augusto
Augusto
3 meses atrás

Mas o objetivo é esse mesmo: os EUA desde o início não querem o funcionamento do Nodstream 2, que irá aumentar a colaboração e interdependência euro-russa, além de fortalecer a economia russa. Saem do outro lado do mundo para atrapalhar e causar confusões entre países. Para isso, criam versões que provocam divisões internas ou entre países. Exemplo: a Rússia iria invadir a Ucrânia em novembro “a qualquer momento”. Depois, dezembro, depois janeiro e agora a invasão é iminente, mas em fevereiro. Até o próprio governo ucraniano já pediu ao governo estadunidense para “parar de criar drama”. Enquanto isso, os EUA… Read more »

Nemo
Nemo
3 meses atrás

O mais engraçado nessa história é ver que os EUA dão à UE a mesma importância que o gato dá ao que ele deixa na caixinha de areia. O gasoduto liga a Rússia à Alemanha e os EUA decidem se ele funcionará ou não. A Europa ainda que manter a pose de ser o terceiro pólo de poder mundial.

Spalhais
Spalhais
Reply to  Nemo
3 meses atrás

Muito fácil falar né ?… Esquece é que tem tropas e bases aéreas americanas espalhadas pela Europa fora que permitem a e geram sensação ( que pode até ser falsa ou não ) de segurança desses mesmos países que na maioria tem forças armadas mínimas e sem qualquer capacidade de defesa contra russos , chineses e americanos , óbvio que ainda soberana , qualquer decisão alemã terá de ser ponderada pois esta não é capaz de manter sua soberania sem os americanos num caso extremo ( lembremos que existem milhares de soldados americanos e uma base aérea americana na Alemanha… Read more »

Eduardo
Eduardo
3 meses atrás

O que algumas pessoas precisam olhar e analisar é que a relação comercial entre Alemanha e Rússia, vão muito além de gás. Em 2019 as exportações Alemanha para Rússia foram equivalentes a $30 bilhões de dólares, A Itália exportou $8 bilhões nesse mesmo período. Há vários Países na Europa com fortes relações comerciais com a Rússia. E essa interação comercial está crescendo. Germany (DEU) and Russia (RUS) Trade | OEC – The Observatory of Economic Complexity Russia (RUS) Exports, Imports, and Trade Partners | OEC – The Observatory of Economic Complexity Os únicos interessados em uma guerra para que possam… Read more »

Pablo Maroka
Pablo Maroka
3 meses atrás

Tite para o Putin:”Fala muito!Fala muito!”

João Adaime
João Adaime
3 meses atrás

Para reflexão

maquiavel.jpg
Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  João Adaime
3 meses atrás

hahahahahaha

Adriano Madureira
Adriano Madureira
3 meses atrás

Nunca me enganaram com essa historinha de defender a democracia na Ucrânia !

Sempre soube que esse amor pelos ucranianos era muito energético…

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
3 meses atrás

Esse gasoduto não será cancelado pelo simples fato de não ser do interesse da Alemanha que isso ocorra! Simples assim, e o resto é mi mi mi!

Last edited 3 meses atrás by Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
3 meses atrás

Na verdade, a Rússia só vai invadir a Ucrânia se o gasoduto for cancelado! Mas como não será cancelado… Putin sabe jogar xadrex!

Last edited 3 meses atrás by Yuri Dogkove
391
391
3 meses atrás

A Rússia não precisa vender o tal gás … o acordo da Rússia já foi selado com seus “ amigos” chineses e bilhões de dólares em operações logísticas ( trading) e exploração de Petróleo na Síria …. Quem depende do gás é a Alemanha …. Faça – me rir e contou outra para chorar

Mgtow
Mgtow
3 meses atrás

Europa cuckoldizada pelos estadunidenses.
Vão morrer de frio para agradar a sanha autoritária e imperialista desse câncer chamado EUA?
Como é que pode uma coisa dessas bicho?

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Reply to  Mgtow
3 meses atrás

Terão que aquecer o “toba” com isqueiro! kkkkk

Antonio Palhares
Antonio Palhares
3 meses atrás

O detalhe aqui não é ser torcedor.
O negocio é muito serio. Infelizmente esta liderança americana é péssima.
Não agrega, é arrogante.
Se acostumaram bater em bêbado e chutar cachorro morto.
E agora acham que podem moer a Russia como se esta fosse o Iraque.
Não é uma questão de torcida. Isto pode acabar muito mal.
O planeta inteiro pode pegar fogo.
E muita gente que não tem com isso pode pagar caro. Nós inclusive.

RPiletti
RPiletti
Reply to  Antonio Palhares
3 meses atrás

Interesses Yankes sempre em primeiro lugar, o planta que sofra…

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
3 meses atrás

O Putin tentou um gambito de rainha na Ucrânia achando que ninguém iria fazer nada ou que no máximo iriam barganhar com ele. Só si fufu!
Tá fazendo os militares russos passarem a maior vergonha e agora fica dando entrevista chorando através da imprensa.

A fábrica de Airfryer tá pronta, cadê a matéria prima (T-90)?
A Rússia peidou, ponto.

Save Ferris 😆

Alexandre Galante
Reply to  Reinaldo Deprera
3 meses atrás
Maurício.
Maurício.
Reply to  Alexandre Galante
3 meses atrás

Vish, até o Galante está sendo negativado…rsrsrs. Já, já, vão falar que o Galante é comunista ou alguma coisa com “ista”…
O Galante adora ver o circo pegando fogo.?

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Pior que já falaram “indiscretamente” isso.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Reinaldo Deprera
3 meses atrás

Genial!

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Reinaldo Deprera
3 meses atrás

Dei até um like pela piada aprazível e informativa.

Submarino de Anão
Submarino de Anão
3 meses atrás

O que é aquela “Rússia” entre Polônia e Lituânia? Está fazendo o que é porque está lá?

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Submarino de Anão
3 meses atrás

É só pesquisar enclave russo. É um enclave chamado Kaliningrado mas é mais conhecido como Konigsberg, que é o nome original prussiano. No primeiro, quem é dos anos 80 pelo menos, aparecia o teorema das pontes nos livros de Matemática. Quando se estuda grafos também aparece esse teorema. Dizem que é uma cidade de nerd, mas ai já não sei. Talvez o frio que faz as pessoas ficarem em casa lendo e o fato da população ser conhecida por gostar de matemática e filosofia por causa do Kant e do Euler, criaram essa fama de cidade nerd. Na segunda guerra… Read more »

Faver
Faver
3 meses atrás

Se não sair guerra, fica o alerta e o aprendizado para quem participou ou está olhando de longe. O impedimento do Swift, a queda da internet e comunicações, corte da distribuição ou comércio de produtos, sansões e restrições de acesso a matérias-primas, a pressão de “parceiros” aliados para parecer bloco de opressão, processos judiciais em seus países condenando empresas de outros, etc., são armas para acossar quem (países) que não se alinha ou se assanha em subir de nível em termos mundiais. Em outras palavras são armas usadas por país amigo. Imagine o Brasil nestas condições? A China tá só… Read more »

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Faver
3 meses atrás

Antes as pressões economicas do que a resposta militar, não acha? A Rússia acabou de tomar na mão grande a Criméia da Ucrânia. De lá para cá fez um monte de arte e, agora, coloca uma força gigantesca de invasão ao longo da fronteira da Ucrânia. Por muito menos a ONU ordenou a ocupação do Kwait em 1990 para expulsar o irmão gêmeo não identico do Putin, Saddam Husseim.

Faver
Faver
Reply to  Reinaldo Deprera
3 meses atrás

Amigo, eu falei de soft e hard power para atingir os seus objetivos e destruir os dos outros. A resposta militar é apenas um lado de uma guerra, tem outros como piores comos sociais e economicos. Países tem interesses. O meu amigo de agora é meu inimigo amanhã (Maquiavel).
Quanto ao Putin, por mim que suma. Só acho que a Russia não é o Iraque…
Quanto ao que está acontecendo, agora é com a Russia, ontem foi a Siria, amanhã será quem? Qualquer país deve jogar bem no campo diplomático e também aprender a se esquivar destas armas não “militares”.

Oráculo
Oráculo
3 meses atrás

Mudando de assunto…

E a venda dos Guaranis pra Argentina que pode melar porque o Governo Brasileiro tá “receoso” em oferecer financiamento pros hermanos?

https://www.zona-militar.com/2022/01/28/vcbr-la-propuesta-por-el-guarani-se-hace-esperar/

Isso sim cabe uma discussão…

Luis
Luis
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Tá certo ele!

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Olá Oráculo. O Brasil e a Argentina possuem uma câmara de compensação na qual os Argentinos podem pagar em sua moeda local para que o pagamento á parte brasileira seja em reais (e vice versa), sem a necessidade de uma transação em moeda estrangeira (dolar ou euro, por exemplo). Praticamente, todo o comércio Brasil-Argentina se dá por meio dessa câmara de compensação, o que tornou a Argentina um dos principais destinos das exportações de bens duráveis (como caminhões e tratores) produzidos no Brasil. O BNDES já financiou cerca de US$ 2 bilhões para a exportação de serviços para a Argentina,… Read more »

L G
L G
3 meses atrás

A Rússia não está preocupada com gasodutos e questão econômica. Eles já vivem isolados desde sempre. Eles querem e proteger a Rússia e o seu povo de serem atacados.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
3 meses atrás

Cancelado más nem tanto! Combinaram com os alemães se eles querem pagar mais caro pelo gás por um longo tempo?
Como fica a parte do investimento Alemão?
Vão mandar a Russia destruir o gasoduto pois o mesmo já esta pronto e só liberar o gás.
Se não desmontar o gasoduto, a Alemanha pode ativar o gasoduto a hora que quiser.

calvario
calvario
3 meses atrás

Agem como milicias.

Últimas Notícias

‘A janela para expulsar a Rússia da Ucrânia é agora’

Por Nataliya Bugayova* O Ocidente deve ajudar os ucranianos a expulsar as forças russas do sudeste da Ucrânia, pelo menos...