quarta-feira, dezembro 7, 2022

Saab RBS 70NG

Rússia afirma que não recuará diante de ameaças de sanções dos EUA

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Americanos fizeram ameaça diante da escalada de tensão na fronteira entre a Rússia e a Ucrânia. Cerca de 100 mil soldados russos estão na fronteira, e países do Ocidente temem nova invasão

A Rússia não vai recuar diante da ameaça de sanções dos Estados Unidos, motivadas pelas tensões na Ucrânia, afirmou a embaixada russa em Washington horas antes da conversa telefônica prevista para esta terça-feira (1º) entre os chefes da diplomacia das duas potências.

“Não vamos recuar e ficar quietos, ouvindo as ameaças de sanções dos Estados Unidos”, afirmou a embaixada em um texto publicado em sua página do Facebook. “É Washington e não Moscou que gera tensões”.

A nota foi divulgada poucas horas de uma conversa por telefone entre o ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, e o secretário de Estado americano, Antony Blinken, para abordar a situação na Ucrânia.

As tensões entre os dois países aumentaram nas últimas semanas, com acusações diretas dos EUA de que a Rússia planeja invadir a Ucrânia. Na segunda-feira (31), os países trocaram farpas na ONU, em uma reunião do Conselho de Segurança para debater a crise.

A Casa Branca afirmou na segunda que está preparada para impor sanções contra pessoas próximas ao presidente russo, Vladimir Putin, em caso de um ataque, reforçando uma ameaça que o próprio presidente americano, Joe Biden, já havia feito.

A Rússia deslocou mais de 100 mil soldados para a fronteira com a Ucrânia, o que provoca temores nos países ocidentais sobre a preparação de uma ofensiva. Os russos já invadiram o país vizinhos em 2014, quando anexaram a Crimeia, uma região ucraniana que ocupa até hoje.

Apesar dos exercícios na fronteira, os russos têm reiterado diversas vezes que não pretendem invadir a Ucrânia. A embaixada russa afirmou que os soldados “não ameaçam ninguém” e que o país tem o “direito soberano” de mobilizar suas Forças Armadas em seu território.

FONTE: AFP, via G1

- Advertisement -

126 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

126 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
João Adaime
João Adaime
10 meses atrás

Como diz o Boris Casoy, aí pode acontecer de tudo, inclusive nada.

guerra 1.jpg
Jacinto
Jacinto
Reply to  João Adaime
10 meses atrás

O nada seria o melhor para todo mundo, inclusive para o Brasil. Se algo acontecer por lá e refletir ainda mais nos preços da energia (petróleo, gás) vamos sentir isso no bolso, na forma de reajuste nos combustíveis. E se reajusta combustível há efeito cascata na inflação que já está alta. Parece que já há postos com gasolina a R$ 8…

Leonardo
Leonardo
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Fora o preço dos fertilizantes.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Leonardo
10 meses atrás

Tudo isso e mais ainda. Que somente Deus sabe.

francisco
francisco
Reply to  Leonardo
10 meses atrás

Se os fertilizantes subirem a China e Rússia serão os maiores prejudicados, pois os preços dos alimentos que eles tanto necessitam também sobem.
Quem precisa comer compra independente do preço. O empresário/produtor, no caso o Brasil, repassa tudo para os países consumidores.

dfcveznyak
dfcveznyak
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Bons tempos quando a gasolina era R$2,80 né….na época dos ” comunistas”. Hihihi!

Pablo
Pablo
Reply to  dfcveznyak
10 meses atrás

A gasolina era esse preço naquela época, hoje, inclusive os puxa saco, pagam caro pelo rombo da Petrobras deixa por esse governo que te refere.
A Petrobras estava entre as 5 maiores empresas do mundo, hoje nem entre as 100 (se não me engano). Segue puxando o saco e pagando a divida que tu defende!

Slow
Slow
Reply to  Pablo
10 meses atrás

E foi no governo dos comunista que ela se tornou uma das 5 maiores do mundo ai lava jato teve que ser inventada pra foder com ela e com odebrecht alem da indústria Brasileira..

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Slow
10 meses atrás

O jeito que você defende a corrupção é diferente.

Renato Carvalho
Reply to  Slow
10 meses atrás

Não fica nem vermelho com tamanha sandice, até as maçanetas das portas sabem que quem afundou a Petrobrás foi a quadrilha petista, vide os milhões devolvidos por antigos diretores fantoches do partido corrupto que vc defende, toma vergonha sô.

pampapoker
pampapoker
Reply to  dfcveznyak
10 meses atrás

Se os comunistas ganharem e a gasolina for a 12 vão falar o que khihihi

Jacinto
Jacinto
Reply to  dfcveznyak
10 meses atrás

Gasolina a R$ 2,80 parece bom, mas é sustentável a longo prazo ou é medida populista? O motivo pelo qual a história econômica brasileira é feito de sucessivos voos de galinha é justamente o nosso pendor para a adoção de medidas insustentáveis a longo prazo.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Naquela época real era valorizado e tinha refinarias

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
10 meses atrás

Principalmente, tinha subsídios…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

O problema é que agora a ênfase é remuneração dos acionistas.
Esqueceram que o Brasil é praticamente autossuficiente e poderia ter uma política de ESTADO que protegesse os preços.
Algo como fazem outros grandes produtores como Rússia, Arábia Saudita e etc.

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Essa é uma mentira, o Huezil não é autossuficiente, temos petróleo mas faltam refinarias! Então não somos autossuficientes já que precisamos exportar o petróleo bruto extraído aqui para ser refinado lá fora e depois importar de volta

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jefferson Ferreira
10 meses atrás

E está faltando o que para construir essas refinarias?
Um Juiz (agora ex) atacar a empresa e acabar com todos os planos de investimento destruindo a cadeia de produção dela?
Trabalho sujo feito, ganhou até um bônus da A&M Consultoria.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Jefferson Ferreira
10 meses atrás

Neste caso é incompetência do governo.
Falta o planejamento estratégico e gerenciamento da situação. Se eu tenho a demanda e o mercado. Tenho que criar meios de atendê-los.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

O maior acionista da Petrobras acaba sendo a União Federal. O problema brasileiro é incapacidade de refino, o que nos obriga a importar os produtos do petróleo refinado e nos expõe ao dois riscos – o cambial e cotação internacional do produto importado.
E a incapacidade de refino é um problema de longa data, que antecede a atual gestão.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

E o PR já vendeu várias em apenas 3 anos de mandato e inclusive recentemente vendeu a 2 maior do país..

Last edited 10 meses atrás by Slow
Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
10 meses atrás

Aqui é preciso entender o mercado. O refino de petróleo não é (legalmente) um monopólio estatal, mas é um monopólio de fato já que a Petrobras representava mais de 80% do mercado de refino. Esta participação do mercado de refino espanta qualquer player não estatal, já que o controle político da Petrobras implica em que o preço praticado pela Petrobras é definido politicamente, e já chegou a ser abaixo do preço de custo. Uma empresa com 80% do mercado e que define seu preço politicamente, chegando a praticar preços abaixo do valor de mercado significa um risco intransponível no mercado… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Exatamente a Rússia após 2009 criou um fundo soberano com recursos da venda do gás para se proteger da oscilação do preço do petróleo e esse perrengue da Rússia o pano de fundo o Nord Stram 2, que ainda não foi colocado em uso.

Jefferson
Jefferson
Reply to  dfcveznyak
10 meses atrás

Tem doido que defende o atual modelo de precipitação da Petrobras. Já pensou se todos os produtos seguissem a cotação internacional?
Por que a gasolina segue esse modelo sem fundamento econômico e que não atende o interferisse nacional.
Equilíbrio de preço é politica do bacen e dever do Estado quando ligado ao setor energético.
O atual modelo é péssimo para os brasileiros e otimo para acionistas em dolar, basta ver que hoje quase 50% das ações da Petrobras são pertencentes a estrangeiros. Eles não ganham em reais, eles querem paridade em dolar…entenderam?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jefferson
10 meses atrás

Imagine a Rússia, Arábia Saudita, Noruega e outros, grandes produtores, seguindo os preços internacionais?

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Jefferson
10 meses atrás

Não sei de onde você tirou estes dados, mas 51% pertence ao governo federal, composto por brasileiros, outros 30% são acionistas brasileiros, e apenas 20% são estrangeiros.

Desculpe decepcioná-lo, mas você está sendo roubado pelo seu próprio povo, e eu acho bem feito!

Alessandro
Alessandro
Reply to  dfcveznyak
10 meses atrás

Na época que o salário mínimo era na média de 500,00 reais hihihi!!

Last edited 10 meses atrás by Alessandro
João Augusto
João Augusto
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Era só o presidente ter a decência de mudar a política de preços da Petrobras.

Jacinto
Jacinto
Reply to  João Augusto
10 meses atrás

E a política cambial, não é também relevante?

Slow
Slow
Reply to  João Augusto
10 meses atrás

Ele vendeu várias refinarias nosso combustível vem praticamente todo de fora em dólar

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
10 meses atrás

O problema não é vender refinaria, já que elas continuam produzindo. O problema é que o petróleo que o Brasil produz hoje (presal) é diferente daquele que costumávamos importar e não construímos refinarias suficientes para processar o petróleo produzido no presal. Daí a crônica deficiência no refino do nosso próprio petróleo.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Sim elas continuam produzindo só que com menos o valor fica mt maior ..

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  João Adaime
10 meses atrás

Lembrou-me da música do SOAD:

“Why don’t presidents fight the war?”
“Why do they always send the poor?”

gordo
gordo
10 meses atrás

É cachorro grande, não resolveu nem o problema da Coreia do Norte ou do Irã de certo que vai resolver o da Rússia. Quem tá ganhando com tudo isso são os EUA que conseguem uma justificativa para sua permanência no continente. Ali só não é da OTAN a Rússia e uns outros três ou quatro gatos pingados. E vamos combinar que a Rússia não é lá aquela ameaça desde a União Soviética, e não vai se meter em guerra desde que não fiquem lhe ameaçando, mesmo porque guerra custa caro. A Rússia em uma guerra perde em duas pontas, gastando… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  gordo
10 meses atrás

A Ucrânia é um símbolo. Tem muito mais em jogo do que uma simples invasão ou “proteger” a Rússia. Mas o conflito foi iniciado, formalmente, pela Rússia. Certamente que a Rússia gostaria que a Ucrânia fosse um país satélite mas, felizmente, os Ucranianos não concordaram. Do meu ponto de vista, isto não é um confronto entre a Rússia e Ucrânia mas entre o regime autocrático de Putin que põe a sobrevivência do seu regime à frente dos interesses do seu país. E não foi a EU/OTAN/EUA que conquistaram o apoio Ucraniano. Foi o regime Russo que os manteve numa situação… Read more »

pedro
pedro
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Errado. Quem começou isso tudo foi a propria OTAN lá em 1997 ao fazer sua expansão ao oriente. Qual seria a função da OTAN? Defensiva? Qdo que ela alguma vez usou esse papel? Mas por outro lado ela é sempre utilizada em papeis ofensivos, como na Libia e especialmente na Servia o fez. Só para lhe refrescar a memoria, a OTAN feriu a integridade territorial de um país ao atacar a Servia usando a prerrogativa de proteger minorias e vizinhos. Prerrogativa essa que a Russia usou para avançar na Crimeia. É muito simplista achar que a OTAN, a Europa, EUA… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  pedro
10 meses atrás

Não, o que começou foi um tratado comercial com a UE. Não houve nenhuma prerrogativa para atacar a Sérvia. Os conflitos na ex-Jugoslávia foram descritos como genocídios pela primeira vez na Europa desde a 2GM. E demonstrou a inação dos Russos em promover a sua resolução ao boicotar as ações de manutenção de paz da ONU. A OTAN, após vários anos, atuou nos vários conflitos e tiveram em todos o mesmo resultado, o fim dos genocídios e da guerra. Ou acha que isso não aconteceu? Ainda existem forças de segurança da OTAN na região para evitarem uma nova guerra. Qual… Read more »

Leonardo
Leonardo
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

Hcosta
Pobreza e corrupção não mudou na Ucrânia após entrar um governo pró EUA. E a aprovação do governo também não é boa.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Leonardo
10 meses atrás

É um governo que herdou uma herança de muitas décadas e com ações desestabilizadoras da Rússia muito antes da anexação da Crimeia e com parte do país ocupado.
O meu ponto é que perspetivas de desenvolvimento teriam se continuassem no mesmo caminho.
Para cada ação há uma contra reação.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

“….isto não é um confronto entre Rússia e Ucrânia. Mas entre o regime autocrático de Putin que põe a sobrevivência do seu regime à frente dos interesses do seu país “. Uma pérola. Se não fosse o Putin. A Rússia certamente seria invadida e seu rico território dividido e saqueado. Desde quando a Ucrânia é um país ? Desde que um dirigente da antiga União Soviética comunista, da qual a Ucrânia fazia parte decidiu. A região que se chama Ucrânia é Russa desde as invasões de Kublai Khan, registros de 1226/1240 quando invadiram a Russia e Kiev era capital Russa.… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Antonio Palhares
10 meses atrás

Então vamos imaginar uma situação: Se uma país for constituído, na sua maioria, por descendentes, com tradições e costumes, fazendo parte, por centenas de anos, de um outro país, então não pode ser considerado um país? Há um país que, desde 1500 e até 1822, encaixa nesse perfil… E assim como todos os outros países do mundo… Na história encontra justificação para tudo, a questão é que deve aprender os seus erros e não usar como se houvesse o direito de um outro povo oprimir o outro só porque a história assim o diz. Pensei que o nível da discussão… Read more »

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Hcosta
10 meses atrás

O contexto não se aplica nesse caso em comparação com o Brasil. Quem encontra justificação para tudo é os Estados Unidos. Estão levando em consideração a quantidade de Russos que sempre viveram na Ucrania ? Que sempre foi considerada Russa? Os Russos de Donetsk e Lugansk ? Os Americanos fizeram quase setenta intervenções em países soberanos depois da segunda guerra mundial. É pouco isso ? Quantas resultaram em democracia e melhoria de vida para os cidadãos desses países ? No seu entender não existe o dedo ocidental na Líbia ? No Iraque ? Na Síria ? Na Bolívia ?Na famigerada… Read more »

jonas234
jonas234
Reply to  Antonio Palhares
10 meses atrás

As pessoas descendentes de/e ou cidadãos de um País que vivem noutro devem seguir as regras do País onde vivem. Devem se integrar ou manter a sua maneira de ser, cultura e costumas mas aceitar a sua condição como tal. Stalin (e muitos anos antes o Czar) deslocou forçosamente vários russos para outras regiões de modo a justificar intervenções nessas regiões. Por exemplo Ossétia, Ucrânia (especificamente a Crimeia), entre muitos muitos outros. Contudo, isso não justifica que a Rússia possa intervir e reenvidicar direitos sobre essas pessoas/regiões. Contudo, concordo que a Crimeia deveria pertencer á Rússia simplesmente pelo seu direito… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Antonio Palhares
10 meses atrás

Não sei quantos russos há na Ucrânia, o que o senhor pretende dizer é quantos ucranianos de etnia russa existem e presume que eles são a favor de uma anexação. Mas tem alguma razão, o número de Russos aumentou, e muito, nas províncias separatistas. Mas estes argumentos até Putin já desistiu de usar. Tem também razão, em que existe o dedo dos EUA nestes conflitos mas outros países têm também o seu dedo e até a mão sobre esses países. E se quiser comparar quantas ditaduras são apoiadas pelos EUA e quantas democracias são apoiadas pela Rússia? Mais vale fazer… Read more »

Wellington
Wellington
Reply to  Antonio Palhares
10 meses atrás

Desculpa amigo, mas você ficaria tranquilo se a Itália ou os Alemães reclamassem como seus os territórios do Sul do Brasil porque lá há muitos descendentes de alemães e italianos? Ou a Bolívia invadisse o Acre e parte do Mato Grosso alegando que estes territórios antes lhe pertenciam. Ou o Paraguai requer os territórios perdidos ao Brasil? A Holanda requerer as terras da antiga colônia Holandesa no Brasil? Ou a Venezuela reclamar Roraima como seu território porque há uma grande parcela de venezuelanos vivendo lá? Você aceitaria? Usar esses argumentos para justificar guerras iria fazer o mundo viver em intermináveis… Read more »

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Wellington
10 meses atrás

O que estou querendo desenhar, é que estes territórios sempre foram Russos e sempre habitados por Russos. Pelo menos mil anos. São diferentes dos territórios brasileiros. No caso do Brasil havia tratados entre Portugal e Espanha e o chamado “Utis possidets”. Num contexto completamente diferente. Conheço história do meu país.
Pode ser que o senhor queira que os Estados Unidos os expulsem.
Aí tem que combinar com os Russos.
Pode até ser que consigam.

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
Reply to  gordo
10 meses atrás

Biden tem usado toda essa questão para tentar tirar atenção sobre o fracasso que é seu mandato, por ele, a guerra entre Rússia e Ucrânia já tinha começado faz tempo, essa intenção do Biden esta tão escancarada que a própria Ucrânia teve que vir a publico e pedi para os Estados Unidos pararem de criar pânico pq, apesar do acumulo de tropas na fronteira, nada indica uma invasão iminente. Outra coisa interessante é que essa questão toda revelou a divisão interna que existe na OTAN, com Estados Unidos e Inglaterra de um lado e França e Alemanha do outro, inclusive,… Read more »

Last edited 10 meses atrás by Plinio Carvalho
Jacinto
Jacinto
Reply to  Plinio Carvalho
10 meses atrás

Revelou divisão interna na OTAN? Esta divisão sempre existiu. Aliás, a França deixou o comando unificado da OTAN em 1966, expulsando todos os militares estrangeiros de seus território, e só retornou em 2009…

pedro
pedro
Reply to  Plinio Carvalho
10 meses atrás

Ate a Turquia esta tentando colocar “Panos Quentes” na regiao, assim como Israel. Na verdade, os países que querem ver o circo pegar fogo é os EUA, Inglaterra e Polonia. Os dois primeiros estao com serios problemas internos (BJ pode nem chegar ao fim de fevereiro como PM) e precisam a todo custo de cortina de fumaça, alem da questao economica.
A Polonia é parecido, onde qualquer coisa que algum politico fizer contra a Russia, é bem vista pela população, igual certos países sul-americanos fazem com os EUA.

André
André
10 meses atrás

Uma guerra de “razões”, ambos tem razões e interesses, resta saber em qual lado das “razões” você está. Uns estão por interesse político e ideológico e outros por necessidade de manter o bem estar da sua população. Lembrando que na minha visão sem clubismo que existe de monte nesse canal, se ser aliado dos Russos fosse bom os países do Leste Europeu não estariam querendo fazer parte da OTAN, em um passado não muito longe na Polônia podemos ver na prática o porquê. Já o lado Ocidental, fica nítido que existe uma preocupação com os povos dos países Europeus pela… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  André
10 meses atrás

Aí vem um sujeito e diz: ‘Sem clubismo, se ser aliado da Rússia fosse bom…..
Dá um tempo, xará!
Tá pensando que somos bobos?
Qual foi a vantagem que Haiti, Guatemala, Honduras, Níger, Mali e etc., os países mais pobres do Mundo, tiveram sendo aliados dos EUA?
Estendo isso a praticamente toda a América Latina, Brasil incluído, que vive décadas de pobreza e desespero.
Vá pregar sua ladainha no deserto que ninguém mais está interessado nisso!

Maurício.
Maurício.
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

“Brasil incluído, que vive décadas de pobreza e desespero.”

Antoniokings, eu nunca acreditei nessa ladainha americana de “democracia”, “liberdade”…Mas, culpar os caras por nossas incompetências aí já é demais, os culpados pelo Brasil viver na pobreza e desespero é culpa dos nossos políticos que são todos farinha do mesmo saco, eles só pensam neles mesmos, basta olhar os principais candidatos para a presidência, Lula se aliando com Alckmin, “eternos rivais”, e Bolsonaro se aliando com Valdemar Costa Neto, também, supostamente dois “rivais”, até pouco tempo atrás esse pessoal se “matava”, hoje em dia são melhores amigos…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

Maurício.

Bastou um Governo editar a ‘Lei da Remessa de Lucros’ (Lei 4.131 de 03/09/1962) e procurar fazer as ‘Reformas de Base’ no Brasil para os ianques fazerem de tudo para derrubá-lo (vide 1964).
Aí, concordo contigo, pois teve a ajuda de políticos brasileiros.
De resto, os EUA têm culpa, sim, inclusive na zona que se transformou o sistema político brasileiro depois dessa atuação.

André
André
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Meu caro o que os países do Leste Europeu sofreram na mão da Rússia não é uma opinião minha e sim um fato, a história está aí ela não mente e é viável para quem quiser ver, porém esse mesmo viés de querer justificar um erro com o outro por exemplo “se fulano faz o ouro fulano fez pior” isso já está ultrapassado, os países Latino Americanos buscam aliança com o EUA porque querem e não porque são forçados é só vê o exemplo do nosso próprio presidente que cheirava o rabo do Trump e esse mês vai se encontrar… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  André
10 meses atrás

E o que os países pobres sofrem nas mãos dos EUA não é uma opinião ou fato.
Nós vivemos isso.

Andre
Andre
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Como sempre você altera a realidade para caber nas suas ideias doentias. Haiti, Guatemala, Honduras, Níger e Mali nunca foram aliados dos EUA. Países aliados dos EUA são Alemanha, Inglaterra, Coreia do Sul, Japão, Canadá, Austrália, Nova Zelândia…. Vá pregar suas mentiras no deserto que ninguém mais está interessado nisso. ps: apenas por curiosidade, provavelmente o homem mais rico da história foi o rei do Mali, Mansa Musa, no começo do séc XIV. Numa época que os europeus estavam presos à idade média e longe de irem para a America ou levar um africano para lá, ele dominava a venda… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andre
10 meses atrás

Ah tá!
É a ‘direita cheirosa’.
O Country Club.
Só entra rico.

Fala sério!

Agressor's
Agressor's
Reply to  André
10 meses atrás

Eles estão pouco se importando com as vidas de cada lado, pois os filhos deles não estão no front….

André
André
Reply to  Agressor's
10 meses atrás

Querendo ou não estão sim Agressor’s porque na casa deles também irá faltar gás e um povo sem o essencial é um povo revoltado e isso causa perda de votos, por isso não é inteligente eles entrarem em uma guerra.

Andre
Andre
Reply to  André
10 meses atrás

Se a Polonia sofreu ao ser dominada pelos Russos, o que dizer da Ucrania…ninguém quer nem chegar perto mais….

André
André
Reply to  Andre
10 meses atrás

De fato, eu fico perplexo como as pessoas ainda tentam contestar realidades históricas por questão ideológica.

Teropode
10 meses atrás

Tá bom. entendi , aliás só um débil esperaria um comentário diferente ! Segue o movimento de peças …

Ronilson Nogueira costa
Ronilson Nogueira costa
10 meses atrás

Essa ladainha já cansou já afff

Maurício.
Maurício.
Reply to  Ronilson Nogueira costa
10 meses atrás

Ronilson, se você está cansado é porque você estava esperando um provável conflito entre OTAN/Ucrânia vs Rússia, vai por mim, os grandes não tem culhões para se enfrentarem abertamente, e o máximo que pode acontecer é eles dividirem a Ucrânia como bons compadres que são, cada lado fica com um pedaço e fica por isso mesmo, é só olhar a Síria, o resto são torcidas com pompons, nada além disso.

Ronilson Nogueira costa
Ronilson Nogueira costa
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

Tô cansado do joguinho e da propaganda enganosa dos americanos, todo dia a Rússia vai invadir a Ucrânia, a invasão é iminente blá blá blá. E do lado russo é muita conversa e pouca ação.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Ronilson Nogueira costa
10 meses atrás

Ronilson, deixa os americanos falarem, falar, até papagaio fala…?

Antoniokings
Antoniokings
10 meses atrás

Sanções americanas.
Ninguém liga.

Teropode
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

As camadas menos favorecidas destes países não concordam com vc não , o porrete sempre bate mais forte naqueles que precisam de ajuda de o estado , é assim no Irã , Cuba , CN , Síria e será na Rússia , então o seu achar é equivocado , como sempre foi ???

Slow
Slow
10 meses atrás

Sanções hoje em dia = transferência de mercado pra China

Inclusive o jiping agradece já que ele compra mais barato de países sancionado.

https://www.google.com/amp/s/clickpetroleoegas.com.br/china-o-maior-importador-de-petroleo-do-mundo-dribla-sancoes-dos-eua-e-compra-mais-de-324-milhoes-de-barris-da-venezuela-e-do-ira-por-preco-baixo/%3Famp

Last edited 10 meses atrás by Slow
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Slow
10 meses atrás

E vai comprar muito mais gás russo com o mega-gasoduto ‘Poder da Sibéria.
Creio que a Alemanha já se tocou que se a Rússia não vender para ela, a China compra.
A China compra tudo.

ceiri.news/poder-da-siberia-o-mega-acordo-energetico-entre-russia-e-china/

ceiri.news/poder-da-siberia-muda-perspectivas-de-mercado-energetico-para-russia-e-china/

A Alemanha não tem muitas alternativas.
Ou compra gás liquefeito mais caro e perde mais competitividade para a China (e Oriente em geral) ou fica ‘na dela’ e compra o gás russo.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Ai os russos precisam refletir porque a China, que tem a 7ª maior reserva de gas do mundo, prefere importar gás russo a desenvolver sua própria capacidade produtiva…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Pergunte aos analistas econômicos.
Pela estrutura de produção dela, vis a vis com preços de aquisição no mercado internacional, condições de exploração e etc.
Por exemplo. Vc pode ter grandes reservas de petróleo com grandes custos de produção.
Daí, vale a pena importar parte do petróleo mais barato de outro país.
Veja o que acontece com o permiano americano.
Reservas enormes e caras.
Estava perdendo mercado (várias empresas fecharam ou foram vendidas) até que a pandemia desarrumou o mercado e deu uma sobrevida ao setor de shale americano.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Ou é apenas o ditado: cachorro não morde a mão que o alimenta. Se a Europa – que representa mais de 50% das exportações russas – diminuir as importações de energia da Rússia, o que sobrará para a Rússia é aumentar suas exportações para a China, tornando-se economicamente dependente dela. Cachorro não morde a mão que o alimenta.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Se puder abrir, leia.

valor.globo.com/mundo/noticia/2022/02/02/europa-enfrenta-dura-realidade-de-nao-ter-como-substituir-o-gas-russo.ghtml

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Antonio Tem como substituir, é só pagar o prêmio do mercado spot. Agora o que os europeus querem é piada: comprar produto de curto prazo (spot) com o preço de longo prazo fazendo promessas de que no futuro serão clientes firmes. Ai, sinceramente, é achar que os produtores são otários porque depois as coisas voltam ao normal e os produtores ficam com um dedo para chupar. E, de toda forma, faltar gás enterra a estratégia alemã de tentar conter o expansionismo russo com base em integração comercial, como a Merkel esperava. E ruim para todo mundo, mas na minha opinião,… Read more »

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Segundo sua lógica um país que tem reservas de petróleo não precisa importar de outro então ? Kkkkkk

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
10 meses atrás

Esta lógica que você está mencionando não é a minha. A começar pelo fato de que eu estou escrevendo sobre reservas de gás e você sobre reservas de petróleo que são coisas bem diferentes…

André Luís
André Luís
10 meses atrás

Ô invasão que não acontece logo, sô! Chega 35 de fevereiro, mas não chega a tão anunciada invasão Russa… que coisa! rs!

100nick-Elã
100nick-Elã
10 meses atrás

Tudo o que os EUA querem é que a Rússia invada a Ucrãnia. Só que não vai acontecer. Porém, se a Ucrânia atacar o Dobanss e conseguir êxito, aí sim a Rússia seria obrigada a intervir. Nesse caso, a Ucrânia será a nova Bolívia, perderá o acesso ao mar.

Agnelo
Agnelo
10 meses atrás

Acho difícil uma guerra e alguém “arregando”.
Vão chegar em um meio termo, do tipo Ucrânia na OTAN, mas sem tropas e bases em seu teritório.
Sei lá….

Agnelo
Agnelo
Reply to  Agnelo
10 meses atrás

território

Teropode
Reply to  Agnelo
10 meses atrás

Ucrânia ” neutra” como as Suécia , sem Donbass , mais mísseis e tropas na Romênia , Letônia ,Lituânia , Georgia e Polônia , Finlândia na OTAN , mais misseis e tropas sem o gasoduto russo para a Alemanha ,.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
10 meses atrás

Estão sendo advertidos, para o próprio bem devem recuar.

O mundo democratico pede pacificamente.

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
10 meses atrás

Os estadunidenses sempre querem guerras, longe do território deles, uma guerra generalizada na Europa seria ótimo para as empresas americanas, venderiam como nunca. Talvez por isso eles querem tanto que esse conflito aconteça.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Leonid Brejnev
10 meses atrás

Bom, então basta a Rússia não invadir a Ucrânia…

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Jacinto.
Fala para os Estados unidos não colocarem a Ucrânia na OTAN.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antonio Palhares
10 meses atrás

Mas a Ucrânia não tem soberania? Que direito um país tem de decidir pelo outro a qual aliança ela participa ou deixa de participar?

Marcello Magnelli
Marcello Magnelli
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Se a Ucrânia quer ser soberana então que assuma os riscos desta soberania. Simples assim!

Jacinto
Jacinto
Reply to  Marcello Magnelli
10 meses atrás

Não é o que ela está fazendo?

Marcello Magnelli
Marcello Magnelli
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Por enquanto não, estão apenas servindo de bucha de canhão em uma briga entre USA e Rússia.
Se você acha que sim me apresente uma única declaração oficial do governo Ucraniano dizendo que deseja se associar a OTAN.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Marcello Magnelli
10 meses atrás

Bom, se a Ucrânia não deseja se associar à OTAN, então qual a razão da confusão?

Marcello Magnelli
Marcello Magnelli
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Pois é, devolvo a pergunta.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Marcello Magnelli
10 meses atrás

A resposta é que em 2020 o Zelenskyy aprovou a estratégia de segurança nacional da Ucrânia e neste documento consta que a pretensão da Ucrânia é aderir à UE e à OTAN.

Marcello Magnelli
Marcello Magnelli
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Então se você já sabia a resposta porque perguntou?
Agradeço se você citar onde obteve esta informação pois pesquisei e não encontrei nada.
Grato.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Marcello Magnelli
10 meses atrás
Marcello Magnelli
Marcello Magnelli
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Valeu, obrigado.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Ela vai ser destruída se continuar assim. Ou voce acha que os americanos que estão fomentando isso vai colocar tropas lá e defendê-la ?
Simplesmente por razões e condições que todos nós sabemos.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antonio Palhares
10 meses atrás

Vai mesmo? Eu acho que os russos não irão invadir.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

O mesmo direito que os EUA tem de propor um fundo de 20bi pra proteção da Amazônia ..

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
10 meses atrás

Os EUA têm o direito de propor o fundo e o Brasil tem o direito de rejeitar esse dinheiro, se achar que o fundo não lhe interessa.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

Mas isso não tem nem que ser proposto já que o país é soberano isso é assunto interno do nosso país..

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
10 meses atrás

O que faz o país ser soberano é poder aceitar ou não os recursos. Se o fundo é criado e o Brasil não aceita seus recursos, onde há violação da soberania?

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
10 meses atrás

País soberano é aqueles que tem armas nucleares ..

Só quem tem é soberano o resto pensa que é .

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
10 meses atrás

Ou guarda a grana de tudo mundo, como nossos amigos nos Alpes kkk

Teropode
Reply to  Leonid Brejnev
10 meses atrás

Uma invasão russa na Europa não seria melhor pra eles , 3 preferível uma invasão xineza ou marciana , pelo menos sai mais tecnológicos , o risco de se tornarem atrasados é inexistente !

Varg
Varg
10 meses atrás

Phony war…

Quem deve estar acompanhando essa celeuma retórica atentamente são os chineses e norte-coreanos, tentando ver como reagirão as potências ocidentais a uma eventual invasão da Ucrânia.

Slow
Slow
Reply to  Varg
10 meses atrás

Vão reagir igual quando Russia invadiu a Crimeia ..

Andre
Andre
Reply to  Slow
10 meses atrás

Hitler pensava a mesma coisa quando invadiu a Polonia: “vão reagir igual a quando invadi a Checoslováquia”

Slow
Slow
Reply to  Andre
10 meses atrás

Vc esqueceu que de um pequeno detalhe ..

A Russia tem 6 mil armas nucleares sua comparação não faz sentido nenhum

Maurício.
Maurício.
10 meses atrás

Outra coisa, esses tempos tinha um possoal falando que a Rússia já não era a mesma, que estava falida, que ninguém nem falava mais em Rússia, o negócio agora é a China…Mas, bastou os caras movimentarem umas tropas e uns blindados que só se fala em Rússia, esqueceram até da China…rsrsrs
Uma outra coisa que essa ladainha está mostrando, a OTAN não é tão unida como alguns pensavam.

Ronilson Nogueira costa
Ronilson Nogueira costa
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

O engraçado são aqueles paisinhos Letônia, lituânia e Estônia cantando de galo pra cima da Rússia kkk

Maurício.
Maurício.
Reply to  Ronilson Nogueira costa
10 meses atrás

Ronilson, eles tem esse direito, mas o que eles não sabem, é que eles são considerados verdadeiras buchas de canhão contra a Rússia, os outros países só fingem que se preocupam com eles.

Ronilson Nogueira costa
Ronilson Nogueira costa
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

Sim eles tem esse direito eu não disse o contrário,só não é muito inteligente da parte deles só isso ?

Andre
Andre
Reply to  Ronilson Nogueira costa
10 meses atrás

O melhor para eles seria serem controlados pela Rússia??

Veja o quanto o idh deles cresceu depois de se liberarem do controle russo

Andre
Andre
Reply to  Ronilson Nogueira costa
10 meses atrás

Engraçado que na fronteira desses paisinhos a Rússia não concentra tropas nem distribuí passaporte, nem da palpite nas eleições.

Andre
Andre
Reply to  Maurício.
10 meses atrás

Você não sabe que a Ucrânia ainda não faz parte da Otan???

Maurício.
Maurício.
Reply to  Andre
10 meses atrás

Alemanha, Itália e França estão cag… para essa ladainha, basta ver o “esforço” alemão com os 5 mil capacetes que foi uma verdadeira piada, e vetando envio de armas para a Ucrânia, só mostra a “união” da OTAN, mas, eu concordo que eles não se matariam pela Ucrânia, que nem membro é.

Leonid Brejnev
Leonid Brejnev
10 meses atrás

A pressão continua dos dois lados, já existem noticias de exercícios militares na região da Trasnistria, onde também tem soldados russos estacionados. Ameaças de sanções não funcionaram. Sem o gás e o petróleo russo a indústria europeia ficará em dificuldades.

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
10 meses atrás

Até porque, no máximo que ela pode sofrer são sanções! Ou vocês acham que o Rambo e o Braddock farão algo mais? kkkkk

Last edited 10 meses atrás by Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
10 meses atrás

Só assistiu a tomada da Crimeia, não conteve o gordinho fogueteiro, não tirou Assad do poder, não tirou Maduro do poder, não conseguiu parar o programa nuclear iraniano… Enfiam, tem gente que acredita fielmente em papai noel.

Last edited 10 meses atrás by Yuri Dogkove
Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Yuri Dogkove
10 meses atrás

Você acredita que o Rei da Rússia vai mandar os militares invadirem a Ucrânia?
Você acredita de verdade?

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Reinaldo Deprera
10 meses atrás

Ou será que o Rei, ou melhor rainha da Inglaterra vai mandar seus soldados lutarem ao lado das tropas do Guaidó (Zelensky) local ?

Antoniokings
Antoniokings
10 meses atrás

Hahahaha
agora quero ver os russianboys elogiarem o bozo.
Só falta chamá-lo de estadista como fazem com o Putin.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
10 meses atrás

Os comandantes russos peidaram faz tempo, é tudo teatro para os militares russos não se sentirem ridicularizados pelo Rei da Rússia.

Tudo teatro! A partir do instante que começou a brotar armamentos de origem sueca, britânica e norte-americana na Ucrânia, acabou para o Czar.

Gritou truco e tomou 12 com zap na testa.
Save Ferris!

Alessandro
Alessandro
10 meses atrás

Esses democratas viu, adoram uma guerrinha rsrs…

Depois é só dar um prêmio Nobel da paz está tudo certo.

Last edited 10 meses atrás by Alessandro
Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
10 meses atrás

Quem se ferra nessa história é a Ucrânia. Para o Putin uma guerra seria boa para aumentar sua popularidade e prestígio internacional, para os americanos seria a oportunidade perfeita de reviver a OTAN e talvez conseguir fazer com que finalmente Finlândia e Suécia se juntem à organização.

Last edited 10 meses atrás by Bruno Vinícius

Últimas Notícias

Perdido em mentiras: acompanhando as reivindicações da propaganda russa

Por Stijn Mitzer e Joost Oliemans (*) Poucos países usaram a desinformação como arma na medida em que a Rússia...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -