quinta-feira, junho 30, 2022

Saab RBS 70NG

Rússia agora pode atacar a Ucrânia com ‘muito pouco aviso’, alertam líderes do Pentágono

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

WASHINGTON – Líderes de defesa dos EUA alertaram na sexta-feira que o presidente Vladimir Putin “claramente agora tem a capacidade” de fazer com que suas forças invadam a Ucrânia com “muito, muito pouco aviso”, mas que as forças dos EUA, da Otan e da Ucrânia estão prontas para responder se isso acontecer.

As tensões sobre um acúmulo de mais de 100.000 soldados russos na fronteira da Ucrânia provocaram alertas do governo Biden de que responderia com sanções rígidas e enviando tropas dos EUA para reforçar a Otan na Europa. As declarações do secretário de Defesa Lloyd Austin e do presidente do Joint Chiefs, general Mark Milley, pareciam sinalizar que, apesar dos esforços diplomáticos para evitar a guerra, um conflito estava agora mais próximo do que nunca.

Os comentários vieram um dia depois que o presidente Joe Biden alertou o presidente da Ucrânia de que existe uma “possibilidade distinta” de que a Rússia possa tomar uma ação militar contra a Ucrânia em fevereiro. O Kremlin também deu uma nota sombria, dizendo que via “pouco terreno para otimismo” na resolução da crise depois que os EUA nesta semana rejeitaram novamente as principais demandas da Rússia.

Em uma rara coletiva de imprensa para Austin e Milley, eles alertaram que um ataque russo poderia ser iminente, com consequências terríveis. A coletiva marcou uma mudança na ênfase do governo de Biden por semanas no Departamento de Estado e nos esforços de ida e volta para encontrar uma saída diplomática.

“Embora não acreditemos que o presidente Putin tenha tomado a decisão final de usar essas forças contra a Ucrânia, ele claramente agora tem essa capacidade e há várias opções disponíveis para ele”, disse Austin a repórteres.

Esta semana, o principal diplomata russo disse que a Rússia não iniciará uma guerra, e a avaliação militar ucraniana compartilhada com o Military Times é que a Rússia ainda não está pronta para lançar um ataque em grande escala.

Na sexta-feira, Milley disse que o conjunto de forças russas desdobradas significa que Putin mantém uma “ampla escala de opções”.

“Com 100.000 soldados, e você tem formações de armas combinadas, manobras terrestres, artilharia, foguetes, você tem apoio aéreo e todas as outras peças que o acompanham, há um potencial que eles poderiam lançar com muito, muito pouco aviso, – disse Milley. “Isso é possível, e há uma ampla gama de opções disponíveis para a liderança russa, e a melhor opção que eles devem escolher, na minha opinião, é uma solução diplomática.”

Os lagos e rios gelados da Ucrânia significam que os veículos militares sobre lagartas da Rússia têm condições privilegiadas para invadir, e as populações civis da Ucrânia podem “sofrer imensamente” se o fizerem, disse Milley.

Mas Milley alertou que as forças da Ucrânia e da Ucrânia melhoraram desde que a Rússia tomou a Crimeia em 2014.

“Se a Rússia optar por invadir a Ucrânia, não será gratuito em termos de baixas ou outros efeitos significativos”, disse Milley.

Milley alertou ainda que as forças da OTAN são “muito, muito significativas”, com mais de 130 brigadas de forças de manobra, 93 esquadrões de caças de ponta, quatro porta-aviões e “muitos mais” combatentes de superfície.

Biden disse que os EUA não enviarão tropas unilateralmente para defender a Ucrânia, o Pentágono colocou várias unidades militares dos EUA em alerta máximo de que podem ser enviadas para a frente oriental da OTAN.

O Pentágono está seguindo uma linha tênue com suas ações e retórica: por um lado, seus líderes querem demonstrar um compromisso com a OTAN, enquanto telegrafam tanto a disposição quanto a capacidade de reagir à agressão russa; por outro, não querem provocar a Rússia a dar o primeiro passo.

“Na verdade, não movemos nenhuma tropa. Colocamos as tropas em alerta máximo”, disse Austin. “E o segundo ponto que gostaria de fazer é que, mesmo se e quando movermos tropas, o objetivo dessas tropas seria tranquilizar os aliados ou apoiar diretamente a OTAN”.

Na segunda-feira, o departamento anunciou que até 8.500 soldados foram colocados em alerta máximo, reduzindo o tempo de retorno para apenas cinco dias.

Essas unidades alertadas incluem fragmentos de quase todas as divisões ativas do Exército dos EUA, incluindo a 82ª Divisão Aerotransportada, 101ª Divisão Aerotransportada, 3ª Divisão de Infantaria e 4ª Divisão de Infantaria, bem como um punhado de unidades da Força Aérea.

Eles são de uma mistura de origens, incluindo armas de combate, apoio médico, logístico e de aviação. Nem todos estão destinados a uma missão da Otan, disse o porta-voz do Pentágono John Kirby a repórteres na terça-feira, já que alguns podem ser enviados em missões unilaterais a países aliados individuais.

“Nosso foco é garantir que estamos prontos para cumprir nosso compromisso com a OTAN, caso a Força de Resposta da OTAN seja ativada pela OTAN”, disse Austin. “Isso, colocando nossas forças em uma cadeia mais curta, nos permite chegar lá e em menos tempo. E, mais uma vez, acho que isso garante à OTAN que estamos prontos para cumprir nossos compromissos ”

Questionado se os EUA enviariam mais treinadores militares dos EUA para ajudar as forças ucranianas, Austin evitou detalhes, mas reiterou que os EUA têm uma missão de treinamento rotativa na Ucrânia desde 2014 e continua. Atualmente, existem menos de 200 membros da Guarda Nacional da Flórida em uma missão de treinamento e aconselhamento na Ucrânia no momento.

O Pentágono normalmente não divulga ordens de preparação para desdobramento, mas Austin disse que a medida “deve dar garantias à OTAN de que estamos prontos para cumprir nossos compromissos” sob o principal acordo de defesa mútua do pacto, o Artigo 5.

“Os EUA têm um pequeno contingente de conselheiros e treinadores dos EUA e da OTAN atualmente na Ucrânia”, disse Milley. “Os Estados Unidos não têm sistemas de armas de combate ofensivos nem forças permanentes nem bases na Ucrânia. Nosso papel é limitado, pois ajudamos a treinar, aconselhar e auxiliar com táticas, técnicas e procedimentos.”

Quando outro carregamento de armas dos EUA para a Ucrânia chegou na sexta-feira, Austin disse que os EUA continuam comprometidos em ajudar a Ucrânia a se defender por meio de “material de assistência de segurança”. Isso segue a chegada dos lançadores de mísseis anticarro americanos Javelin na Ucrânia no início da semana como parte de uma ajuda de US$ 200 milhões que Biden aprovou em dezembro.

Desde 2014, os EUA comprometeram mais de US$ 2,7 bilhões em assistência de segurança à Ucrânia, com US$ 650 milhões somente no ano passado.

FONTE: Defense News

- Advertisement -

304 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
304 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Kommander
Kommander
5 meses atrás

É sempre assim, os EUA assistem de camarote a Europa se destruindo, e depois financiam, lucram com a reconstrução.
Esse Biden é lamentável, acho que sem dúvidas é o pior presidente da história dos EUA.

Bardini
Bardini
Reply to  Kommander
5 meses atrás

Então é só a Rússia não invadir, que os americanos ficam de bico seco ??‍♂️

bruno
bruno
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Hahahaha muito boa resposta, esses caras alienados não sabem o que falam. Estão na época da doutrinação escolar ainda, “Olha os americanos são os imperialistas bicho papão, eles invadem e comem tudo cuidado”. Hahahaha. O Antônio Kings é o pior de todos, eu ainda acho que ele não existe, só foi colocado aqui para dar “IBOPE” ele é o próprio Editor. Sem ofensas é claro querido Editor.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  bruno
5 meses atrás

‘Penso, logo existo’.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Kkkkkkkk. Voce é uma figura cara

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Augusto L
5 meses atrás

O sujeito pediu.
kkkkk

SDS

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Você não pensa. Apenas repete ideas dos outros.

Camargoer.
Reply to  Tadeu Mendes
5 meses atrás

Caro Tadeu. Todos nós repetimos as ideias de outras pessoas. Crias algo novo a partir do nada é virtualmente impossível. Então, por que repetir as ideias de “algumas” pessoas é errado e repetir as ideias de “outras” pessoas é certo? Geralmente, o surgimento de uma ideia nova é o resultado de muito estudo (ler muito as ideias de outras pessoas), comparar as ideias de diferentes pessoas, checar os dados (usando dados coletados por outras pessoas), apresentar estas ideias para as pessoas que confiamos para que sejam avaliadas e só então, talvez, algo novo seja notado. Recomendo a biografia de Darwin… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Caro Camargoer, Discordo. Você entendeu o que eu quiz dizer. Não venha distorçêr minha conclusão sôbre o modus operandis cognitivo do Kings. Se não tivessemos a capacidade de analisar indutiva e dedutivamente os eventos de nossa interação com o mundo jamais sairíamos das cavernas. Os kings (no plural mesmo) é um coletivo de diversos repetidôres de uma semantica recursiva. Uma verdadeira màquina de verborragia anti-americana. Os caras são desprovidos da capacidade de analisar imparcialmente tanto o campo A como o campo B, do tabuleiro geopolitico. Voltando ao campo científico; eu poderia citar Newton, Einstein e Shroedinger como exemplos de ideias… Read more »

Last edited 5 meses atrás by Tadeu Mendes
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tadeu Mendes
5 meses atrás

Prezado Tadeu.

Eu, via de regra, apresento meus comentários baseados em reportagens de publicações especializadas ou pessoas com bom conceito na área aqui discutida.
Creio que é o melhor ponto de partida para incrementar a discussão.
Agora, o que temos visto na internet em geral são pessoas que tiram conceitos e conclusões da própria cabeça, de grupos de zap ou mesmo de fake news.
Quando poderíamos imaginar que conceitos como Terra plana, anti-vacinas e outros poderiam voltar a circular?
Parece bizarro, não?
Portanto, concluindo, creio ser um bom método embasar a discussão com opiniões e artigos de gente especializada.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

A.K. excelente resposta. Mas lembre-se sempre: com fanboys E.U.A nao importa o quanto o seu argumento esteja certo, eles vao criticar so por criticar.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MGNVS
4 meses atrás

Prezado MGNVS

E eu não sei?

SDS

Teropode
Reply to  MGNVS
4 meses atrás

Vc acaba de descrever o fanboy xines e russo , incrível as semelhanças ????

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Prezado Kings, Eu nao sei com qual Kings estou falando, mas noto que estou diante de uma versao mais conciliatoria e sofisticada. Seu perfil linguistico e’ diferente de outros Kings que aparecem por aqui. Eu prefiro dialogar com com voce do que com os outras versoes menos imparciais. Eu nao sou contra voce citar referencias como suporte ao seus objetivos, mas nossas analises pessoais tambem contam. Elas sao o produto de um processo racional. Claro que as vezes nos escapam o controle sobre nossos impulsos emocionais, afinal somos humanos , e estamos sob a influencia de diversos fatores internos e… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Tadeu Mendes
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Prezado Tadeu

Concordo com isso, ou seja, vc desenvolver seu raciocínio, baseado com informações ou dados que algumas pessoas têm acesso e nós não.
Todos temos direito (e capacidades) de fazer inferências sobre dados apresentados por outros.

ALISON
ALISON
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Cara… tu e um dos mais parciais deste forum… para com isso…

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  ALISON
4 meses atrás

Mea culpa mea culpa.

Marcus Pedrinha Padua
Marcus Pedrinha Padua
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Parabéns, colegas Tadeu e Antoniokings! Estamos tendo o privilégio de assistir a algo raro na internet atualmente: a transformação de uma troca de invectivas em um debate racional. Acho que, mais ainda que vocês dois, ganhamos nos, os demais participantes deste fórum.

Marcus Pedrinha Padua
Marcus Pedrinha Padua
Reply to  Marcus Pedrinha Padua
4 meses atrás

.

Last edited 4 meses atrás by Marcus Pedrinha Padua
Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Marcus Pedrinha Padua
4 meses atrás

Obrigado. Devemos desarmar nossa infantaria do teclado para pode abrir um diálogo construtivo.

Teropode
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Ou seja , corta e cola ….

Agressor's
Agressor's
Reply to  Tadeu Mendes
5 meses atrás

A Ciência é:

1) restrita ;

2) relativa ;

3) contextual ;

4) local ;

5) falível ;

6) *temporal*…

Last edited 5 meses atrás by Agressor's
Camargoer.
Reply to  Agressor's
4 meses atrás

Caro Agressor. Você está errado. A ciência é um processo de construção de conhecimento a partir da experimentação. Neste contexto, todo modelo científico é apenas uma aproximação da realidade, limitado á tecnologia da experimentação e ás condições de experimentação. Como a ciência é um processo, ela se constitui de infinitos ciclos de experimentação e aproximação. A ciência é uma ferramenta de descoberta e é a melhor ferramenta que a humanidade já desenvolveu. A ciência não é falível nem infalível. Os experimentos são limitados pelo escopo da hipótese. A ciência não é relativa. Os dados coletados é que dependem da metodologia… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

A Ciencia nos tirou das trevas da ignorancia. A Ciencia e’ a unica ferramenta que nos proporciona (o processo continua) um entendimento cada vez mais claro sobre a natureza dos fenomenos que nos cercam.

Slow
Slow
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Pois é , e em pleno 2022 temos um PR que faz propaganda contra ela .

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Slow
4 meses atrás

Lamentável. Chêga a sêr vergonhôso.

Camargoer.
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Caro Tadeu. Comentava dias atrás que Trump teve a oportunidade única que todo estadista espera na vida para entrar na história como um dos grandes nomes. Poderia ter liderado uma ação coordenada em escala mundial para combater a pandemia, mas foi incapaz de perceber isso porque é um político medíocre. Bolsoaro é um inepto porque mesmo tempo mais experiência política que Trump, também foi incapaz de sair da própria armadilha retórica. Recomendo o artigo “O fracasso dos militares, por José Luís Fiori e William Nozak” publicado hoje.

Camargoer.
Reply to  Slow
4 meses atrás

Olá Slow. Um dos livros mais marcantes que li nos últimos anos (e li muitos) foi “A marcha da insensatez”. O atual período da história do Brasil ainda vai dar muita tese de doutorado.

Slow
Slow
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Pois é, vai faltar teses kk

Camargoer.
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Olá Tadeu. Pois é. E ainda assim recebo um monte de negativações por explica como funciona o método científico. Literalmente “negacionistas”. riso.

Slow
Slow
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Tem uma pessoa aqui que sempre que eu falo algo da 7 deslike em mim rapidinho ?? rlx que de negacionista aqui tá cheio ..

Camargoer.
Reply to  Slow
4 meses atrás

Olá Slow. Os caras são mais rápidos para negativar do que para ler.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Caro colega,

Estamos assistindo o aumento de um anticeintificismo impressionante. Carl Sagan escreveu um livro excelente sôbre o tema.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Dava para usar esse texto em aula.

Marcus Pedrinha Padua
Marcus Pedrinha Padua
Reply to  Agressor's
4 meses atrás

Acho que essa é apenas uma visão pós-moderna de ciencia, e não a definição do que é Ciência…

Camargoer.
Reply to  Tadeu Mendes
5 meses atrás

Caro Tadeu. Vou procurar o livro. Sobre Darwin, sempre recomendo “O gene egoista” e “Evolução”, ambos de Dawkins. Tem um livro fininho de um biólogo brasileiro que é bem legal “O que é darwinismo”. Sobre o debate de ideias, acho fundamental o contraponto. Neste aspecto, o “materialismo histórico” ainda é uma ferramenta poderosa. Os EUA são um país poderoso, com uma história extremamente rica mas também controversa. Apenas como exemplo, ao mesmo tempo que combatia o fascismo e o militarismo na Ii Guerra, ele mantinha sua tropas segregadas. Também é difícil ignorar o apoio que os EUA deram aos diversos… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Caro Camargoer,

Eu esse livro, The Selfish Gene de Dawkins, em 1994 quando ainda estudava biotecnolgia.

Eu penso que todas a nacoes, pequenas ou grandes, cometem erros absurdos e ate mesmo catastroficos simplesmente por causa de visoes politicas, interesses estrategicos, jogo de poder, e tambem por causa do ego dos tiranos, e de outras patologias mentais.

Os EUA como sendo a maior potencia na historia do planeta, tambem e’ o fruto de mentes brilhantes, como tambem de personalidades mediocres ate mesmo e criminosas.

Nunca sera’ uma sociedade perfeita. Isso somente existe a nivel utopico.

Last edited 5 meses atrás by Tadeu Mendes
Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Tadeu Mendes
5 meses atrás

Senhor Tadeu.
O senhor foi sabiamente ponderado.
Eu acredito que a virtude está no meio.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antonio Palhares
4 meses atrás

Obrigado. Concordo contigo, a virtude está no meio.

tomcat4,3
tomcat4,3
Reply to  Tadeu Mendes
5 meses atrás

Exatamente Tadeu, EUA, Rússia e afins são nações que hora tem mentes brilhantes no poder, hora teem tiranos, hora tem criminosos mas penso que na maioria das vezes tem alguém com um misto de tudo isso ,de bom ou de ruim e agem de acordo com o que são aconselhados mas sempre em direção a seus interesses sobre as consequências para se alcançar o fim desejado, seja morte de milhares e destruição de nações.

Camargoer.
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Olá Tadeu. De fato, toda sociedade trás em si contradições intrínsecas e alguma insolúveis, que eventualmente levarão à crises periódicas e até á revoluções. Isso faz parte do processo histórico. Quanto mais complexa e livre for uma sociedade, mais evidentes serão estas contradições. Regimes fechados irão reprimir as manifestações resultantes destas contradições (como no massacre da Praça da Paz Celestial). Regimes mais abertos buscarão um processo de superação. Os EUA tiveram diversos momentos de retrocesso institucional (como exemplo as leis de segregação ou o processo de espionagem e vigilância pela NSA após os ataques de 11/set) assim como momento de… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Tadeu Mendes

O processo histórico é dinâmico.
Os EUA, a maior potência da História do Planeta, estão sendo suplantados pela China que é maior do que eles.
Assim que as coisas funcionam.
Sai um, chega outro.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Eu nao nego isso o que voce esta dizendo. Por enquanto os EUA levam a dianteira em muitas areas da Ciencia e Tecnologia, como tambem ainda e’ a maior economia do planeta e a superpotencia militar de projecao global.

A pregunta que nao quer calar: O imperialismo chines seria melhor ou pior que o “imperialismo” americano?

MGNVS
MGNVS
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Saudacoes Tadeu Medes … apesar de termos pontos de vista totalmente divergentes em relacao aos EUA, nesse comentario especifico vc fez uma analise bastante pertinente: “o imperialismo chines seria melhor ou pior que o imperialismo americano”?

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  MGNVS
4 meses atrás

Caro MGNVUS,

Nossos pontos de vista divergentes em relacao ao EUA ou qualquer outro tema podem ficar fossilizados. Um debate saudavel, e as vezes ironico, serve para enriquecer nossa perspectiva historica, e fazer os ajustes de opnioes necessarios, de acordo com a dinamica dos eventos que se apresentam.

Os EUA nao sao santos, e ja cometeram muitos erros grotescos, mas ainda e’ uma opca melhor do que o modelo politico da China. Na minha modesta opniao.

Last edited 4 meses atrás by Tadeu Mendes
Camargoer.
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Caro Tadeu. Acho que vocẽ levantou uma boa discussão. O modelo chinês buscar oferecer bem-estar material para uma população de 1,5 bilhão de pessoas que por séculos esteve vivendo em situação de miséria, ás custas da liberdade democrática. Os EUA, por outro lado, são uma sociedade democrática mas com uma crescente desigualdade social e com um estado que se afastou do modelo de bem-estar social instituído no pós-guerra. Sob a perspectiva de uma enorme população chinesa que alcançou o bem-estar material, o modelo chinês é superior ao dos EUA. Talvez até para uma parcela da população que reside nos EUA… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Camargoer

Concordo plenamente.
É exatamente isso.
E devemos lembrar que os chineses estão aprofundando esse modelo com um maior controle sobre os grandes e bilionários conglomerados econômicos e implantando uma política de bem-estar compartilhado.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Ola Tadeu… concordo plenamente contigo, opinioes divergentes nao necessariamente significam que os pontos de vistas estejam errados. Nao morro de amores pelos EUA, mas ainda assim é muito melhor poder expressar livremente sua opiniao do que viver num regime totalitario. Nenhuma ditadura presta seja ela de direita ou de esquerda. No mais apesar de nao gostar do regime politico da China, ha de se admirar a cultura milenar do povo chines e o esforço deles em prol da naçao mesmo vivendo em um estado de exceção. E sobre os EUA, la tem lugares incriveis como o Everglades e New Orleans.

Camargoer.
Reply to  MGNVS
4 meses atrás

Olá Mgnvs. Desprezo todos os ditadores e psicopatas com sonhos mirabolantes de dominar o mundo (sempre ridículos como no desenho do PInk & Cérebro).

Marcus Pedrinha Padua
Marcus Pedrinha Padua
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Em termos de modelo político (o termo é impreciso, mas acho que entendo o que você quis dizer), os EUA são, sem dúvida alguma, melhores. Afinal de contas, são uma democracia formal, embora muito imperfeita, mesmo em comparação com outras democracias ocidentais. Mas, quanto a qual imperialismo seria preferível, claro que a resposta seria “nenhum dos dois”!
Entretanto, pensando no mundo real, prefiro a disputa entre dois ou mais imperialismo a, levando a uma situação de multipolaridade. Assim, os demais países (não-imperialistas) tem maior “margem de manobra” geopolítica e mais espaço para se fazer ouvir.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MGNVS
4 meses atrás

Não coloco isso nesses termos.
Meu argumento é e sempre foi o seguinte: Sob a influência americana (de mais de um século) a situação do Brasil e da América Latina não melhora.
Estamos sempre atrás. E em quase tudo.
A pergunta é: ‘Não está na hora de mudar?’ Procurar outros ‘ares’?
Fica o tema para reflexão.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

A.K. em relacao a negocios e parcerias estrategicas em diversas areas eu realmente concordo com vc pq a China é muito mais pragmatica do que os EUA. Mas em relacao a falta de liberdade de um regime totalitario igual ao chinês eu discordo. Na minha visão o Brasil tem que continuar o seu legado diplomatico de neutralidade e auto-determinacao dos povos respeitando a soberania de cada país e evitando ter uma politica intervencionista igual a que é praticada pelos EUA/China. O Brasil tem que estar aberto a fazer negociaçoes com qualquer país desde que haja uma troca produtiva e positiva… Read more »

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Falar de Darwinismo no Estados Unidos.
Um país recheado de fundamentalistas religiosos criacionistas, é muito dificil.
Um abraço neste domingo chuvoso em Sampa.

Camargoer.
Reply to  Antonio Palhares
4 meses atrás

Olá Palhares. Uma das coisas mais legais da Evolução é que ela pode ser aplicada para explicar a origem das espécies mas também para explicar o comportamento das empresas em um mercado competitivo, do desempenho dos estudantes de graduação, do sucesso comercial de produtos (nada disso tem a ver com o conceito nazista de darwinismo social. É preciso cuidado para evitar esse erro). Sagan disse que quando uma civilização alienígena fizer contato com a humanidade eles perguntarão se descobrimos a “Evolução” para descobrir se somos uma civilização avançada ou não.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Gostaria de ver os argumentos dos que negativaram.

Camargoer.
Reply to  Antonio Palhares
4 meses atrás

Olá Palhares. Riso. Será que vale a pena? Creio que não. Temo que seria uma lista de ofensas e desinformação. Neste caso, cabe a piada. “São negacionistas”.. riso.

Slow
Slow
Reply to  Antonio Palhares
4 meses atrás

Também queria .. mas 1/3 disso foi da mesma pessoa com outras conta

Talisson
Talisson
Reply to  bruno
5 meses atrás

Bruno, eu até já pensei assim igual a ti. Mas depois de refletir o que aconteceu no Iraque, Libia, Siria, Euromaidan (e sabe Deus se os black blok brasileiros de 2013/14 não tiveram a mesma origem e propósito) fiquei com um pé atrás quanto a intenção de certas organizações americanas e europeias.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Talisson
5 meses atrás

Iraque, Libia, Siria, Euromaidan”

Iraque(Saddam), Líbia(Kadafi), Síria(Bashar) e Euromaidan(fantoche pró-russo ucraniano) são todos regimes déspotas que merecem ser derrubados.

Você pensou tanto e chegou a conclusão errada, mas vamos te dar algum tempo a mais para você repensar na sua atitude deliberada de se questionar tais intervenções. Provavelmente você não deve ter percebido a nobreza dos atos militares e assimétricos americanos nesses quatro feudos contemporâneos que escravizam sua população.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Gilson Moura
5 meses atrás

Nobreza!!!!!!!!!!!??????????Fale mais sobre isso, por favor.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Talisson
5 meses atrás

Engraçado, você cita o que os “EUA” fizeram com a Líbia, Iraque etc… pejorativamente, Mas nem comenta o que os Russos fizeram na Georgia, Síria, Chechênia, etc…
Os “malvadões” sempre são os EUA, aham vai acreditando nisso

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Nelson Junior
5 meses atrás

Exatamente. Os EUA foram levar democracia, um motivo proporcionalmente nobre, mas os russos queriam levar apenas morte e destruição aos países supracitados.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Gilson Moura
5 meses atrás

Levar democracia!!!!!!????? Eplique, por favor.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nelson Junior
5 meses atrás

Só sei que quando os alemães olharam esse mapa e viram a palavra ‘Kursk’, tremeram na base e falaram: ‘Melhor deixar isso pra lá’.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Nelson Junior
5 meses atrás

Nelson,

Um dos problemas da esquêrda é acreditar que êles são os únicos sêres inteligentes do planêta.

Camargoer.
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Olá Tadeu. Creio que esse preconceito exista na direita também. riso. A desqualificação moral e intelectual do diferente é uma aberração que deve ser excluída do debate civilizado. Perceba que no instante que você escreve “que o problema da esquerda é que eles acreditam nisso ou naquilo” você incorre no mesmo erro de desqualificar aquele que pensa de modo diferente. É preciso muito sangue frio para rebater de modo educado este tipo de afirmação. Ai o debate inteligente vira bate-boca.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Meu estimado Camargoer,

Eu vivi 29 anos da minha vida no Brasil. Convivi com a prepotencia da esquerda tanto no ambiente de trabalho, quanto no ambiente academico. O Reitor chegou a me ofereceu dirigir o DCE porque eu havia debatido com a diretoria do mesmo; justamente por causa do intervencionismo do PT dentro da Faculdade.

Camargoer.
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Caro Tadeu. A experiência pessoal é sempre importante para a formação da própria opinião, contudo é muito arriscado assumi-la como representativa da realidade de outras pessoas. Posso afirmar que já tive problemas com a prepotência de todo tipo de militante, desde o radical de esquerda até o fascista de direita, assim como tenho excelentes amigos de ambos os espectros políticos (a ideologia ou religião nunca definiram o caráter). A universidade é por excelência o campo do debate e do exercício da política, seja de forma engajada ou até como meio de aprendizado. Em “A vida de Brian”. do Monty Python,… Read more »

Talisson
Talisson
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Tadeu Mendes, a Otan e a União Europeia me lembram muito mais os pactos soviéticos do que a Russia atual. Se é para cultuar os valores da familia tradicional faz muito mais sentido apoiar a Russia do que esses globalistas. Se a direita fosse inteligente como insinua teria percebido que Putin guarda muito mais os valores cristãos do que os globalistas anglo saxões atuais. Ele leva ao pé da letra Deus, Patria e Familia.

Last edited 4 meses atrás by Talisson
Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Talisson
4 meses atrás

Talisson, Voce tem razao porque a OTAN foi absorvendo varios paises da extinta Uniao Sovietica e aumentando o cerco a Russia. Tambem estou de acordo com a sua definicao do Putin. Eu fiquei surpreso quando ele declarou que colocou Deus como o centro da patria e que os casamentos na Russia somente entre homens e mulheres. Caramba isso foi um choque. Pensei que estavisse escutando um Republicano fundamentalista. Enquanto o Ocidente se derrete moralmente, a Russia se consolida em principios conservadores. Mas se o Putin invadir a Ucrania, e pior ainda; se ele instalar um regime pro Russia, a situacao… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Tadeu Mendes
Camargoer.
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Caro Tadeu. Eu não sei dizer ser Putin é ateu mentiroso ou um religioso hipócrita, mas tenho certeza que ele é um politico astuto. Talvez exista uma pesquisa interna que mostre que seu apoio político esteja em grupos mais conservadores ou que ele com isso tente se afastar da imagem do burocrata da ex-URSS. Esse discurso mais moralista de Putin mostra mais uma vez como é um equívoco avaliar a Rússia usando os mesmos pressupostos que eram usados para avaliar a ex-URSS

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Talisson
5 meses atrás

E as notícias de hoje sobre os pagamentos recebidos por um ex-Juiz que tiveram origem em trabalhos para empresas americanas?
Cerca de R$ 3,5 mi em um ano.
À época dos fatos foi especulado isso.
Bingo!
Era verdade.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

“Não é só porque você é paranoico que não tem ninguém te perseguindo”

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
5 meses atrás

Doeu, né?
Agora V.Sa. voltou à realidade.

Pedindo licença à saudosa Maysa: Meu (seu) mundo caiu.

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Eu acho que você é que vai ter que fazer um contorcionismo retórico pra explicar porque em relação ao Lula o Moro é um comprado mentiroso mas em relação à acusação de interferência na PF contra o PR o Moro é um ser impoluto.

Marcus Pedrinha Padua
Marcus Pedrinha Padua
Reply to  Bosco
4 meses atrás

Essa é fácil: – quanto ao Moro ser um comprado mentiroso, é só ver os fatos: as supostas “provas” contra Lula foram desconstituidas com a anulação dos julgamentos e declaração de parcialidade do ex-juiz pelo STF (a parte do mentiroso); a parte do comprado, bem, foram 3,5 milhões de reais por um “trabalho” especializado de consultoria nos EUA prestado por um sujeito… “não-especializado” no assunto; – quanto à acusação de ingerência na PF, bem, essa é mais fácil ainda: tem o vídeo daquela famosa reunião ministerial que o STF tornou pública… Agora, indício ou prova de que o Moro é… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Eu acho que você é que vai ter que fazer um contorcionismo retórico pra explicar porque em relação ao Lula o Moro é um comprado mentiroso mas em relação à acusação de interferência na PF contra o PR o Moro é um ser impoluto.

Last edited 5 meses atrás by Bosco Jr
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bosco
4 meses atrás

Os dois se merecem.
E vão juntos para a lata de lixo da História do Brasil.
Isso é certo.

Slow
Slow
Reply to  Bosco
4 meses atrás

O próprio PR assumiu que iria interferir pra proteger filhos .

Camargoer.
Reply to  Bosco
4 meses atrás

Caro Bosco. Há anos comentei aqui que Moro cometeu um crime ao divulgar escutas ilegais da presidente do Brasil. Um juiz que comete crime como meio de punir criminosos é um justiceiro, não um juiz. Aliás, ele mesmo reconheceu a ilegalidade da ação contudo o sistema judiciário errou ao não puni-lo. Seu ato foi doloso. Alertei isso aqui em 2016. Deu no que deu. Lula agora é inocente (pois todos os processos foram anulados ou arquivados) e Moro é suspeito de sonegação fiscal.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

E todos os processos contra o ex-Presidente estão sendo anulados por falta de provas.
Um Juiz condenar com base em suposições.
Isso não existe no Direito Penal.
As coisas vão ficando cada vez mais claras.
O sujeito aceita um cargo ministerial no Governo que ele ajudou a eleger condenando o adversário e depois, aceita um ‘emprego’ onde ganha R$ 3,5 mi em um ano (dez vezes mais do que se estivesse na Magistratura) e sem apresentar nenhum cliente.
E, para piorar, em um escritório americano.
Bem relacionado o rapaz, né?

Camargoer.
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Olá AntonioK. O fato do Moro pedir demissão do cargo de juiz e aceitar ser ministro e depois pedir exoneração do cargo de ministro para assumir um emprego privado são decisões de foro íntimo. Tenho dificuldade em criticar isso. Por outro lado, o fato dele ter divulgado um áudio ilegal da presidente do Brasil foi um crime. Aliás, divulgar um áudio interceptado ilegalmente de qualquer pessoa é crime. Sobre o ex-presidente, os processos foram cancelado porque jamais poderiam ter sido abertos em Curitiba. Isso é um fato. Só existe culpa após a promulgação da sentença dentro do devido processo legal.… Read more »

Camargoer.
Reply to  bruno
5 meses atrás

Caro Bruno. Durante os meses que antecederam a invasão do Iraque, o que vimos foram os meios de comunicação repetirem as informações distribuídas pelo Pentágono, ignorando outras fontes (como a OPAQ na época presidida por um diplomata brasileiro) ou sem verificar as informações com outras fontes. O início do bombardeio era praticamente uma notícia velha. Se as escolas fossem centros de doutrinação esquerdista tão eficiente assim, você estaria agora queimando a bandeira dos EUA. A não ser que você tenha sido alfabetizado em sua casa ou seja um autodidata.

Francisco
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Mas nunca agiram com tamanha coordenação como agora amigo, é claro que a facilidade e agilidade proporcionada pelos meios de comunicações atuais foram determinantes, mas não acredito que seja só isso, não sei exatamente o que motivou tamanha agressividade e coordenação ideológica mundial nos últimos anos se é que existe, suspeito que seja o resultado da citada doutrinação esquerdista os quais hoje depois de doutrinados por anos nas escolas chegaram a postos importantes em diversos setores da sociedade, mas como disse é só achismo de minha parte, certamente alguém irá citar que sou adepto da tal teoria da conspiração, só… Read more »

Camargoer.
Reply to  Francisco
5 meses atrás

Caro Francisco. A Russia está muito distante do que foi a ex-URSS. Dizer que o regime russo é de esquerda é um equívoco. Do outro lado, mesmo o partido Democrata, considerado mais á esquerda nos EUA, estaria á direita de qualquer governos “esquerdista” que já governou qualquer país da América do Sul. A crise entre Russia x Ucrânia nada tem a ver com uma disputa ideológica, como ocorreu na Guera Fria. Ela se parece mais com a crise que deflagrou a I Guerra, entre países e regimes que eram parecidos e aparentados (literalmente, o Czar, o Rei da Inglaterra e… Read more »

Francisco
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Caro Camargoer compreendo seu ponto de vista, mas no comentário que fiz estava analisando mais o momento mundial em relação a sua colocação quanto aos efeitos ou não da doutrinação esquerdista nas escolas e seus resultados, consequências dessa doutrinação que a meu ver agora estão aparecendo como disse especialmente porque aqueles que foram doutrinados por anos agora chegaram a postos importantes dentro da sociedade em todos os setores em especial o de comunicação, é que fiquei com a impressão que você não acredita nessa doutrinação escolar, o que é um direito seu é claro, era mais nesse ponto que quis… Read more »

Camargoer.
Reply to  Francisco
4 meses atrás

Caro Francisco. Caso existisse uma doutrinação esquerdista nas escolas, e se essa doutrinação fosse eficiente, a população brasileira alfabetizada seria toda de esquerda e nem eu nem você estaríamos discutindo isso agora. Há questões óbvias que vão além de uma ideologização política. Questões como proteção dos direitos humanos, meio-ambiente, igualdade de gênero, etc, são questões civilizatórias. Até pouco tempo (e isso ainda ocorre em muitos lugares), as mulheres eram proibidas de estudar. Pessoas ainda achavam que as mulheres não tinham aptidão para a matemática. O direito da mulheres votarem no Brasil 90 anos. As mulheres ainda ganham menos que os… Read more »

Francisco
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Desculpe discordar novamente amigo, mas se você parar para avaliar a geração que realmente sofreu uma doutrinação mais severa e incisiva é justamente essa que esta ocupando cargos importantes na sociedade brasileira atualmente, é só fazer a conta amigo e ver desde quando essa doutrinação passou a ser feita de uma forma mais agressiva e verá que o momento desse resultado desastroso é justamente esse e que tende a piorar muito nos próximos anos, não sou eu quem está falando são os fatos que mostram e comprovam, fora os relatos de pessoas muito próximas, tenho dois amigos um tem uma… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  bruno
5 meses atrás

Correcto. Os moderadôres adoram deletar comentários antagônicos.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  bruno
4 meses atrás

Bruno, sem defender esse ou aquele, já deu pra todos verem que quem quer o circo pegando fogo são boas EUA e a Otan. Ninguém mais se engana com suas narrativas

francisco
francisco
Reply to  bruno
4 meses atrás

Holodomor consistiu no genocídio de milhões de ucranianos, que foram vitimados pela fome, em razão da política econômica de Stalin entre 1931 e 1933. 

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Caro Bardini
Não ficaria mais fácil eles entrarem num acordo ?
Todos sabem que a Ucrania entrando para o OTAN vai deixar instalar os mísseis de curto alcance em direção ao território Russo.
Tem que ver a história, tradições, costumes e o contexto da região e povos que nela habitam.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antonio Palhares
5 meses atrás

A Ucrânia nunca foi convidada para entrar na OTAN. Putin está com made da Ucrânia entrar para a União Europeia.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Bardini
5 meses atrás

É impressionante, se o Biden não faz nada emé um velho senil que fica de bico se ele faz é um warmongering que faz os outras de bucha de canhão.

Enquanto isso lideres russos estão colocando seus filhos para morrer no campo de batalha por um pais que so quer seguir seus passos pelos próprios caminhos, um pais que nem armas estratégicas tem para ameaçar a Russia e nem uma potência colocou as suas lá

Camargoer.
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Caro Bardini. O Pentágono repete o seu padrão. Por meses, alimentam a mídia com noticias baseadas em suposições e especulações, sem que ocorra qualquer avaliação sobre a veracidade e mesmo sem um contraponto. Os analistas ouvidos geralmente formam análises sobre as declarações do Pentágono, quase nunca buscam outras fontes.

Bardini
Bardini
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Faz quase um ano que a Rússia começou a concentrar meios na fronteira da Ucrânia. Por meses, quem estuda o assunto tem mais do que falar. E por meses os russos empurram adiante sua narrativa, que está muito bem disseminada no Brasil.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Estamos combatendo a narrativa russa. A luta segue. Abaixo padrão TASS.

Camargoer.
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Caro Bardini. Estou analisando o comportamento da mídia ocidental e a sua relação com o Pentágono. A crise entre a Ucrânia e a Russia é antiga e acho bastante interessante que ela é tratada pelos portais de noticias como se fosse recente. Apenas os mais entusiastas e que acompanham estas questões de conflitos internacionais conseguem fazer uma avaliação como a sua. Os portais de noticias e os canais de noticias (que essencialmente servem de fonte de informação para os não entusiastas) apresentam essencialmente a versão disseminada pelo Pentágono, em um comportamento muito parecido aos meses que antecederam a invasão do… Read more »

Bardini
Bardini
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Vou tentar descrever o que eu acho dessa situação: . O que tu descreveu, talvez possa ser traduzido pelo mesmo evento que acontece no Brasil, quando ocorre uma tragédia e os jornais ficam 2 semanas martelando a mesma coisa. É o assunto da vez e depois, morre. Só isso. . Outro fator, é que o grosso das narrativas dos jornais do ocidente é baseado em cálculo político, para o público interno. A mídia é livre, mas tem interesses. Ninguém nos EUA ou muito pouca gente pelo menos, se importa realmente com a Rússia, Ucrânia, Síria, Afeganistão, Yemen, Taiwan, fogo na… Read more »

Last edited 5 meses atrás by Bardini
Camargoer.
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Olá Bardini. Segundo Chonsky, os jornalistas que trabalham para a grande mídia se sentem livres para escrever e publicar porque apenas aqueles que pensam como os proprietários deste meios. Riso. Se escrevem de acordo com os valores éticos e políticos do patrão, terão toda a liberdade para continuarem escrevendo. Jornalistas rebeldes nem são contratados ou são logo demitidos. Em um artigo de um pesquisador brasileiro publicado em 2014 “A CRISE UCRANIANA E SUAS IMPLICAÇÕES PARA AS RELAÇÕES INTERNACIONAIS” que contém um relato das relações Ucrânia x Rússia a partir do colapso da ex-URSS até a anexação da Criméia. Eu o… Read more »

Bardini
Bardini
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Não consegui entender qual a relação entre comparar URSS com Rússia e o efeito disso no “alinhamento” da mídia americana com o Pentágono… . Acho que tu tais esquecendo de algo pra lá de óbvio, na tua tentativa de analise (ou possível tentativa de criar uma narrativa): o Governo é quem faz política externa. A mídia reporta, reage e lança as discuções. . Quando foi a última vez que os russos concentraram tanta força na Europa? O que está acontecendo, é um grande evento histórico, dentro de uma grande escalada de tensões. Isso chama muita atenção. O governo americano está… Read more »

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Quando foi a última vez que os russos concentraram tanta força na Europa?”

Ano passado. Mas parece que você não acompanha muito não. Eu não posso te julgar, analisar sistemas europeus e americanos devem tomar muito do seu tempo precioso.

Camargoer.
Reply to  Bardini
4 meses atrás

Olá Bardini. Toda análise que começa do pressuposto que a Russia (de Putin) tem as mesmas características ideológicas, sociais e econômicas da ex-URSS levará a uma conclusão errada, algo que é conhecido até do mundo mineral (como diz Mino Carta). A atual crise entre Ucrância e Rússia, que passa pela anexação da Criméia, tem origem na dissolução da ex-URSS e não da política externa da ex-URSS. Ao contrário dos dirigentes da ex-URSS que tinham como pressuposto exportar a revolução socialista para os demais países visando acelerar o processo de declínio do capitalismo (na concepção marxista), Putin parace mais preocupado em… Read more »

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Traduzindo:

A Rússia quer um governo fantoche, senão, quer a Ucrânia pobre e desarmada usando como pretexto os mísseis da OTAN, um grande perigo para a Rússia se a Ucrânia der certo economicamente, senão a Ucrânia será a potência militar impenetrável e será exemplo para a tirania do Belarus e a Rússia.

De todas as análises aqui já feitas e publicadas, a tua é a mais iludida e a mais engraçada. Seu zombeteiro.

Camargoer.
Reply to  Gilson Moura
4 meses atrás

Olá Gilson. Você ignorou em sua tradução que a crise entre a Ucrânia e a Rússia começou com o colapso da ex-URSS. Ainda que exista um problema em relação á Ucrãnia fazer parte da OTAN, tenho a impressão que é apenas uma tentativa de emular a crise dos mísseis de Cuba, assim como Powel tentou emular a mesma situação em sua apresentação no Conselho de Segurança da ONU durante a administração BushJr

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Na entrevista do Putin com o Oliver Stone, o líder russo explicitou o significado da sua afirmação de que “o colapso da URSS foi a maior catástrofe geopolítica do século XX”, como ele sempre é lembrado por conta dessa afirmação pelos líderes ocidentais e principalmente dos americanos(o falecido John McCain era figurinha repetida nesse discurso, outro é Marco Rubio do mesmo partido que fez essa mesma afirmação nos debates Republicanos sem mencionar o Partido Democrata que essencialmente é tudo neocon), ele descreveu o que realmente queria dizer com aquela afirmação, eis que o mesmo afirma que na derrocada da URSS,… Read more »

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bardini
5 meses atrás

“Faz quase um ano que a Rússia começou a concentrar meios na fronteira da Ucrânia. Por meses, quem estuda o assunto tem mais do que falar.” Totalmente verdade. Até mesmo porque todas as 200.000 tropas russas que estavam na Bielorússia no Zapad-2021 no mês de setembro não foram desmobilizadas – devem estar lá ainda, as tropas russas na fronteira da Ucrânia que eram em seu nível mais alto no período de abril de 2021 quando realizam exercícios também continuaram a concentrar meios nos distritos militares ocidentais e do sul, assim como atualmente, mais milhares de tropas chegam a frente ocidental,… Read more »

Marcus Pedrinha Padua
Marcus Pedrinha Padua
Reply to  Gilson Moura
4 meses atrás

Gilson, as fontes oficiais da Otan, da Ucrânia e da própria Rússia dão conta da existência de pouco mais de 100.000 militares russos na região tensionada. Quais são as fontes que indicam esse acréscimo de 500.000 militares? Não estou desmentindo, mas esse valor nao bate como que está sendo divulgado. E, pela minha análise, com 100.000 a FR não tenta nada contra a Ucrania. Mas com 500.000 a coisa pode ser diferente. Então tenho um interesse legítimo na questão.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Marcus Pedrinha Padua
4 meses atrás

O comentário em questão é irônico.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Que narrativa?

Salim
Salim
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Caro Camargoer foi pentágono que invadiu Criméia,financiou separatista com distribuição e milhares passaportes russos, atacou e aprendeu navios Ucrânia, estacionou milhares tropas equipadas na fronteira….. São dados, USA só colocou Putin na defensiva, agora se afinar ou invadir prejudica Rússia. Pra Rússia sair bem ou Otan afina ou ele baixa cabeça de vez pra china.

Camargoer.
Reply to  Salim
5 meses atrás

Caro Salim. Apenas os muito informados e aqueles com interesse em conflitos e política internacional estão hoje preparados para avaliar o conflito na fronteira entre a Ucrânia e Russia com uma visão história. Os grande portais de noticias e os canais de noticias apresentam o problema como se fosse recente e sob o ponto de vista do Pentágono (aliás, a maioria das noticias são análises e declarações vindas do Pentágono).

Salim
Salim
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Caro Camargoer, na europa/Asia as crises entre regiões vem de seculos de guerras e uniões. Se for considerar toda historia fica impossível qualquer analise ou ação, pois vários destes paises eram partes de outros. Hoje temos claramente ação belicista russa contra Georgia/Ucrânia e outros paises que por forca ditadores e massacre de populações fizeram parte da antiga união soviética. Lembre que ww2 começou com partilha da Polônia pela Rússia e Alemanha utilizando estas desculpas.

Camargoer.
Reply to  Salim
5 meses atrás

Olá Salim. Creio que possamos focar do colapso da ex-URSS para cá. Há um artigo de 2014 “A CRISE UCRANIANA E SUAS IMPLICAÇÕES PARA AS RELAÇÕES INTERNACIONAIS” que faz um apanhado da crise entre os dois países cobrindo esse período. Ele aborda as frustrações da população ucraniana tanto com o colapso da ex-URSS e faz uma boa descrição dos sucessivos fracassos políticos na Ucrânia desde então, inclusive um golpe de estado e a revolução laranja. O autor reflete sobre o fracasso do ocidente em apoiar um regime democrático na Ucrânia desde o fim da ex-URSS e como isso levou a… Read more »

Salim
Salim
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Camargoer, caiu regime fantoche russo na Ucrânia por decisão popular, Ucrânia se virou para mercado europeu e no mesmo ano a Rússia invadiu Criméia impossibilitando entrada Ucrânia na OTAN e logo em seguida começou financiamento na região de Dombass ( mesma pratica russa aplicada na Georgia ). O que temos, propaganda americana ou a Ruussia através da força, prejudicando Ucrânia!?!! Os termos russos em relação a Polônia, paises bálticos, Finlândia e Suécia ou a revogação da entrada da OTAN dos mesmos e propaganda americana!? Náo forca, ai fica difícil. Iraque caiu porque Sadan era idiota, ninguém segurou ele, vê se… Read more »

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Salim
4 meses atrás

Tenho que te elogiar pela sua argúcia em favor da legitimidade da ação americana no Iraque em 2003. Alguns fatos: Os EUA queria uma nova resolução permitindo o uso da força, a resolução 1441 do CS da ONU não destacava tal disposição de ações militares para cumprir o processo de desarmamento do Iraque. A comissão que realizou o trabalho no país tiveram enormes problemas com a pressão americana. Os americanos tentaram aprovar a resolução para ter legalidade da ação no Iraque, mas não encontrou apoio nem de seus próprios vassalos do CS da ONU, os EUA decidiram pelo ataque unilateralmente.… Read more »

Salim
Salim
Reply to  Gilson Moura
4 meses atrás

VC coloca como vilão todo o Ocidente e só elogia bloco Russo. Infelizmente náo da para argumentar com alguem tendencioso como você. Mundo real URSS caiu, quem foi rápido pulou Ocidente , Georgia e Ucrânia ficaram em cima do muro, agora estão sofrendo mao pesada e cruel russa. Sua narratoria e igual a justificativa da invasão e divisão Polônia ww2.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Salim
4 meses atrás

Qual foi a parte que me condenou?

Foi o vassalo? bisonho? neocon? ações terroristas?

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Caro Camargoer,

Estou de acordo contigo. Uma analise sempre deveria ser sistemica e com dimensionamento historico.

Canais de noticia sao como fast food. Mata a fome mas nao alimenta.

Camargoer.
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Olá Tadeu. Exato. Tenho insistido nesse ponto há bastante tempo a despeito do fato de me mandarem para Cuba.. riso.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Camargoer.
4 meses atrás

Fica tranquilo Camargoer,

Para Cuba voce nao vai, e aproveito para te convidar a viver na America…rsrsrsrs.

Camargoer.
Reply to  Tadeu Mendes
4 meses atrás

Olá Tadeu. Agradeço o convite. Talvez eu aceite uma oportunidade no Canadá em breve. Tive que adiar por causa da pandemia. Suécia também está no meu radar. A vida acadêmica proporciona estes intercâmbios. Havana sempre é uma excelente opção de turismo. Quem desdenha é porque acha as uvas verdes.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Bom ponto! Mas qual contra argumento há? Nem os russos estão desmentindo os americanos, pelo contrário estão cobrando garantias…..

Na atual situação se trata de uma invasão russa e não uma americana ao Iraque. Impressionante como tudo vc volta a essa questão chega força até a barra a comparando com uma situação na qual nem é o EUA invadindo.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
5 meses atrás

Só falta falar que em 2003 na época de um tal presidente…. o Brasil seria o mediar da crise, resolvendo o problema e fazendo os norte americanos papéis de palhaço kkkkk

Camargoer.
Reply to  Augusto L
5 meses atrás

Caro Augusto. Só falta você dizer que Bolsonaro irá visitar a Russia para servir de intermediário para uma negociação de alto nível entre Putin e Biden.

Camargoer.
Reply to  Augusto L
5 meses atrás

Caro Augusto. A queda do avião da Malasya Airlines ocorreu em 2015, o que mostra como essa crise é antiga. Contudo, os portais e canais de noticias colocam a situação como se fosse recente, geralmente a partir de notas e declarações do Pentágono. Estou dizendo que o comportamento da mídia ocidental neste momento e muito parecida ao que ocorreu nos meses que antecederam a invasão do Iraque na qual o Pentágono apareceu como principal (talvez a única) fonte de informação.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Camargoer.
5 meses atrás

Mas a crise é atual a Rússia posicinou tropas recentíssimo na fronteira russa e no encontro na Suíça em novembro ou dezembro não me lembro fez as contra-partidas.

O que esta sendo noticiado é o escalamento das tensões. Mas voce tem um bom argumento sobre a mídia so chega a conclusões erradas.

Veja esse video: https://youtu.be/P743s1vqbME

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
5 meses atrás

O Tim Marshall fala algo parecido em seu livro.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Augusto L
5 meses atrás

Ehhh… Video errado.

https://youtu.be/BEn-Zv7pN2Q

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Augusto L
4 meses atrás

Eu acho que nem a Ucrania quer entrar para a OTAN. Pelo menos enquanto tivermos um Biden como presidente.

Salim
Salim
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Caro Bardini. Nesta altura vc não acho que Rússia perderia boa parte de sua credibilidade recuando. Putin chegou ao ponto que as 2 soluções são ruim para Rússia. Só sai forte se Otan afinar ( Alemanha afinou )

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  Bardini
4 meses atrás

A Rússia não vai invadir, é apenas narrativa do imbecil do Biden

guest
guest
Reply to  Bardini
4 meses atrás

aposto um engradado de cerveja que não vai ter invasão

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Kommander
5 meses atrás

Ih rapaz!
Faz tempo que os EUA tinham dinheiro para financiar algo.
Ainda mais grande assim, como a Europa.

Teropode
Reply to  Kommander
5 meses atrás

Quanta bobagem , nas 2 GG foram os europeus que começaram o perrengue , seu comentário é de uma ingenuidade constrangedora ???

Kommander
Kommander
Reply to  Teropode
5 meses atrás

Você é cego ou só analfabeto mesmo? Onde eu disse que os EUA começaram alguma WW? Normal, esse é o nível do brasileiro médio.

Salim
Salim
Reply to  Kommander
5 meses atrás

WW2 começou com invasão e divisão da Polônia entre Rússia e Alamanha. Epa historia se repetindo na Ucrania. E prudente parar isto. A justificativa epoca que polonês não existia, era ou russo ou Alemanha descontente rsss.Opa mesma justificativa….. que falta criatividade…

Azor
Azor
Reply to  Kommander
4 meses atrás

Até parece que os USA estão torcendo para a Rússia invadir a Ucrânia, para depois dizerem “não falei?” e justificarem suas sanções !!

Zé zinho
Zé zinho
Reply to  Kommander
4 meses atrás

Começando pela Normandia.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
5 meses atrás

Toda semana alguém no DoD e no Pentágono tem que dizer “Hoje sim, hoje sim” mas aí vem a realidade e os força á dizer “Hoje não, mas amanhã talvez”. Tá ficando muito chato…A Rússia, que teria pouco á ganhar e muito á perder com essa guerra, não dará esse presente aos americanos que, estes sim, tem mais interesses em desgastar os russos num longo conflito e pesadas sanções. Putin não atacará, ao menos não diretamente como torcem alguns em Washington. Espero que virem a página logo.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Filipe Prestes
5 meses atrás

Os únicos que ainda insistem em uma invasão da Ucrânia a “qualquer custo” são EUA e Inglaterra. Nem Moscou deu tais declarações.
Washington conseguiu noventa por cento de seu objetivo e conseguiu colocar Moscou literalmente “às portas” de Kiev. Agora esses dez por cento restantes… só o tempo vai dizer.

nereu
nereu
Reply to  Vinicius Momesso
5 meses atrás

Moscou não quer Kiev, Moscou quer Odessa assim ligando a Rússia novamente Transnístria sem falar das novas fronteiras

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Vinicius Momesso
5 meses atrás

A Rússia pode invadir a Ucrânia, depor o atual Presidente fascista, criar uma ‘zona tampão’ em toda a fronteira e estimular a autonomia de Donbass.
Seria unir o útil ao agradável.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Filipe Prestes
5 meses atrás

Você não entendeu o propósito de tais anunciamentos prévios. Ao contrário do regime opressor e tirano russo que não existe qualquer liberdade de imprensa, os governos democráticos do Ocidente estão proporcionando informações de alta qualidade para todos contemplarem o que está ocorrendo na Ucrânia e combatendo a propaganda e dissimulação russa como fizeram com a Crimeia. Dessa vez, os russos não driblarão os jogadores ocidentais e irão fazer o gol no goleiro ucraniano que não pode se defender.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Gilson Moura
5 meses atrás

Fale mais sobre informações de alta qualidade. Defina isso por favor.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Alexandre
5 meses atrás

Alta qualidade é sinônimo de justo, imparcial, verídico, objetivo, sem narrativas…

Camargoer.
Reply to  Filipe Prestes
5 meses atrás

Caro Filipe. Essa é uma técnica do Pentágono que vem sendo aplicada há vários anos. Por meses, são divulgadas versões e análises do pessoal do Pentágono que são vazadas para os diversos meios de comunicação, que as repetem sem qualquer avaliação crítica (mais ou menos assim “o Pentágono tem ótimos especialistas, se eles dizem isso é porque têm razão. Para que verificar ou consultar outras fontes? Isso seria caro e demandaria tempo… já que todo mundo está publicando, então vamos publicar também para não ficar atrás). Isso cria uma expectativa em torno de uma guerra, conflito ou operação que se… Read more »

Mercante
Mercante
5 meses atrás

Essa situação atual na Europa tem um único motivo: Os EUA querem barrar a todo custo o Nord Steam 2. No final, tudo gira em torno do lucro

Bardini
Bardini
Reply to  Mercante
5 meses atrás

Então o motivo disso tudo são os interesses americanos, onde querem barrar essa linha de suprimento para lucrar.
Aí a Rússia responde concentrando praticamente metade de suas forças no entorno da Ucrânia, por onde a linha não passa, dando cada vez mais motivo para um embargo e favorecendo assim os americanos e seus planos que visam o lucro ??‍♂️

Last edited 5 meses atrás by Bardini
Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Se Moscou recuar, a derrota é mutua ou de apenas EUA ou Rússia?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Metade?
Isso aí são dez por cento.

Bardini
Bardini
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Pra ver como tu não sabe falar nada que vai além de groselha política de torcida paga…
.
Aproximadamente quantos BTG a Rússia tem na ativa?
Aproximadamente quantos foram deslocadas para o entorno da Ucrânia?
A Rússia está mobilizando conscritos e reativando seus estoques de velharias soviéticas, para dar volume?

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Aproximadamente quantos BTG a Rússia tem na ativa?
Aproximadamente quantos foram deslocadas para o entorno da Ucrânia?
A Rússia está mobilizando conscritos e reativando seus estoques de velharias soviéticas, para dar volume?”

Mestre! Nossos conhecimentos são limitados perante os iluminados que detém o poder da inteligência superior. Nos liberte da nossa incompreensão sobre a organização e ativos dos militares russos. Queremos beber dessa fonte de conhecimento que é o seu cérebro arguto.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Ninguém duvida de que as intenções dos americanos são as mais nobres possíveis na crise conflagrada(por culpa dos ursos) da Ucrânia, por favor, não faça declarações que tangenciam uma tentativa de abarcar qualquer intenção duvidosa dos americanos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Gilson Moura
5 meses atrás

Mitou!

Alexandre
Alexandre
Reply to  Gilson Moura
5 meses atrás

Mais uma vez o conceito nobreza, denfina isso por favor.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Alexandre
5 meses atrás

Eu não sou seu líder para você ficar me seguindo.

Bardini
Bardini
Reply to  Gilson Moura
5 meses atrás

Olha só. Mais um comentário do cara que só surge para defender a narrativa russa. Me arranja uma vaguinha aí, que eu paro.

Gilson Moura
Gilson Moura
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Isso é fogo amigo, você está mirando sua artilharia no alvo errado. Eu evoluí, Mestre Bardini. Você, Leandrinho e cia me fizeram ver como o meu posicionamento estava errado, eu tive uma claritude das minhas convicções que simplesmente foram abaladas, sou do seu time agora.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Gilson Moura
5 meses atrás

Prezado Gilson

Só devo lembrar que o Inferno está cheio de pessoas com intenções nobres.
Aliás, lotado.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Mercante
5 meses atrás

Sim, o EUA precisa aproveitar a oportunidade para enriquecer mais um pouco. De grão em grão a galinha enche o papo.
O @Bardini está errado, você que tá certo.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Reinaldo Deprera
5 meses atrás

Os EUA estão parecendo o falecido Jorginho Guinle.
Sem um p. no bolso, endividado, vivendo de empréstimos e querendo morar no Copacabana Palace.
A única diferença é que Jorginho conseguiu morrer sem ser despejado.

Bardini
Bardini
Reply to  Antoniokings
5 meses atrás

Isso que eu acho engraçado nessa narrativa paga… Os americanos estão quebrados, desunidos e comandados por um governo completamente inepto. A política externa americana, os “eurobambis” da UE e OTAN, são considerados uma piada maior que a outra. Fracassos e mais fracassos. Mas ainda sim, em meio a toda a desunião, incompetência e bateção de cabeça, os caras são mestres inigualáveis em impor suas estratégias malignas, que visam um imperialismo de lucro indiscriminado. E uma agressão da Rússia é pura e simplesmente culpa dos americanos…

Last edited 5 meses atrás by Bardini
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Bardini
5 meses atrás

A estratégia maligna funcionou perfeitamente no Afeganistão e está tomando o mesmo rumo no Iraque.
Sem contar as tentativas grotescas no Sudão, Etiópia e no Cazaquistão.
Mas, não se preocupe que vai ser daqui para pior.

Em tempo.
Se não é culpa dos americanos, explique o que eles estão ‘peruando’ tão longe de casa, lá na Ucrânia.
Vão tomar mais um ‘passa-fora’ para deixarem de ser bobos.

Bosco
Bosco
Reply to  Bardini
5 meses atrás

Eu queria ter dito isso!