sábado, junho 25, 2022

Saab RBS 70NG

Editor da Trilogia Forças de Defesa no Jornal da Record

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Ontem participamos do Jornal da Record para falar sobre os mísseis balísticos Bulava, da tríade nuclear de dissuasão estratégica da Rússia.

O presidente Vladimir Putin ordenou em 27 de fevereiro que as forças de dissuasão nuclear russas fossem colocadas em alerta máximo em meio a tensões com o Ocidente por sua invasão da Ucrânia.

O alerta significa que Putin ordenou que as armas nucleares da Rússia estejam preparadas para maior prontidão para lançamento.

- Advertisement -

80 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
80 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antoniokings
Antoniokings
3 meses atrás

Conforme os russos avançam, vão tomando suas precauções.
Talvez esse anúncio tenha desestimulado o Ocidente a entregar armas a Zelensky, principalmente aqueles aviões.
O fato é que a capital provincial de Kherson já está sendo administrada pelos russos, Kharkiv está prestes a cair e Kiev está sendo anunciada como cercada.

Joe
Joe
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Tem que colocar em alertas as nukes mesmo, pois o desempenho do exército convencional é sofrível, um convite para aventureiros. Ficar sem combustível a poucos km das próprias fronteiras é lamentável, sem contar a quantidade de equipamento perdido. Patético.

Em tempo: já acordou do seu doce sonho de que a China salvará a RÚSSIA? Putin vai ter que falar fino com eles agora por algumas migalhas depois das sanções.

Last edited 3 meses atrás by Joe
Alecs
Alecs
Reply to  Joe
3 meses atrás

Se chutar as partes baixas do Xi Jinping o Putin vai ter que visitar o dentista!

FOX
FOX
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Rublo desvalorizado 30% ,espaço aéreo da UE ,EUA e Canadá fechado para companhias aéreas russas , várias empresas de nível mundial suspendendo negócios na Rússia, suspensão do Nord Stream ,suspensão do Swift,Suíça bloqueando bens russos,Finlândia e Suécia fazendo menção de abandonar neutralidade etc …esse é o estrategista do século “eslavo” … a hora que o povo russo acordar vai ser igual aconteceu na Ucrânia em 2014 com aquele com a mansão coberta de ouro com dinheiro da população ucraniana …

Last edited 3 meses atrás by FOX
Andre
Andre
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Hoje cai Kiev? Sua previsão inicial já está um pouco atrasada, não?

Joe
Joe
Reply to  Andre
3 meses atrás

Ele vai atualizar a previsão dia após dia até ter razão. Kkk

Alecs
Alecs
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

“Rússia está conseguindo fazer uma campanha low cost” hahahaahahahahahaah! Sério? Todas as sanções estão saindo baratinho! kkkkkkkkkkkkkk

Francisco Bastos Macedo
Francisco Bastos Macedo
3 meses atrás

Parabéns,direto e esclarecedor!

PACRF
PACRF
3 meses atrás

Sem mais ter o que fazer para salvar a própria imagem e com uma narrativa desprovida de fundamentos para justificar a invasão, Putin faz ameaças globais com armas atômicas. Isolado (só Nicarágua, Cuba e Venezuela se posicionam de forma firme na ONU a favor da invasão russa), só restou as bravatas.

Last edited 3 meses atrás by PACRF
Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Reply to  PACRF
3 meses atrás

Fazer ameaças globais não é exclusividade da Rússia! Ou você se esqueceu do Tio Sam? Memoriol 3x ao dia, uso contínuo…

PACRF
PACRF
Reply to  Yuri Dogkove
3 meses atrás

Putin foi colocado em posição de “escanteio” no cenário político mundial após a anexação da Criméia. Nesse momento está se tornando um “pária”. Desesperado e encurralado, está tentando manter algum protagonismo político ameaçando o mundo com uma guerra nuclear.

Claudio
Claudio
Reply to  PACRF
3 meses atrás

Estados Unidos ameaçam constantemente quem não faz as vontades deles , sancionam quem não compra produtos deles, CAATSA está aí pra isso , coagir países que não fazem as vontades de Washington

Last edited 3 meses atrás by Claudio
PACRF
PACRF
Reply to  Claudio
3 meses atrás

Prezado Cláudio, um erro não justiça outro erro.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  PACRF
3 meses atrás

Caro P. Talvez seja momento de abandonar o Fla-Flu de bons contra os maus. A situação é mais complexa.

Andre
Andre
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

A realidade doi depois de anos de ilusões, não?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Andre
3 meses atrás

Olá Andre. Do que você está falando? Futebol? Mundial do palmeiras? Final de copa do mundo no Maracanã? Cristiano Ronaldo no Corinthians?

Andre
Andre
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

Sentiu né?

PACRF
PACRF
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

Prezado Camargoer, não é questão de Fla-Flu. Concordo que a situação realmente é muito complexa, razão pela qual deveria ter sido resolvida por meio da diplomacia. O problema é que o Putin estava buscando protagonismo político no mundo. Para isso, está utilizando a única “arma” que os russos possuem: poderio bélico.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
3 meses atrás

Porque existe esse anocronismo chamada OTAN? e ai tem gente comprando a vibe que a Russia é o agressor, francamente a hipocrisia e cinismo agora tem lado.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Nilton L Junior
3 meses atrás

A Rússia não é o agressor??? Hhahahahahah forca de paz ne!

carcara_br
carcara_br
Reply to  Carlos Gallani
3 meses atrás

o zelensky andou insinuando que a ucrânia poderia começar a ter armas nucleares caso sua demandas de entrada na Otan não fossem atendidas pouco antes da guerra, uma escalada retórica que agora a Rússia usará com toda razão.
E neste sentindo a história poderia ser completamente reescrita…

João Collor
João Collor
Reply to  Nilton L Junior
3 meses atrás

PCO só faz sucesso na RT em espanhol.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Nilton L Junior
3 meses atrás

Acho que a próxima vítima é a Maldavia, quero ver o que os defensores de Putin vao alegar para justificar a invasão de outro país. https://revistamonet.globo.com/amp/Noticias/noticia/2022/03/presidente-da-bielorrussia-teria-dado-spoiler-de-proximo-pais-ser-invadido-por-putin.html

João Collor
João Collor
Reply to  Wellington Jr
3 meses atrás

Moldávia já tem o sinistrao. Mas a Turquia deixa?. Putin vai ter que tirar o Xa Endorgan da jogada? Como vai investir num novo canal? O que lá pra ter esse novo canal?

Bosco
Bosco
Reply to  Wellington Jr
3 meses atrás

Ora! A Moldávia vai ser o Estado tampão do Estado tampão Ucrânia. Sem falar que lá 90% é de etnia russa e a elite está praticando canibalismo comendo os russos étnicos.
Pergunta pro Toinho.

PACRF
PACRF
Reply to  Nilton L Junior
3 meses atrás

Então que seja ressuscitado o Pacto de Varsóvia, assim o “anacronismo” estará completo.

Claudio
Claudio
3 meses atrás

Se realmente a Rússia não fornecer mais para os americanos o Brasil entrará na mira de vez de Washington, temos reservas de urânio ainda não explorada, bem provável que eles financiem golpes por aqui ou mesmo derrubar a nossa economia pra por um fantoche que facilite tudo pra eles

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Claudio
3 meses atrás

Não seria simplesmente mais fácil comprar da gente?

Claudio
Claudio
Reply to  Carlos Gallani
3 meses atrás

E eles vão querer pagar ou levar de graça?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Claudio
3 meses atrás

Caro Claudio. Minério de urânio é simples de ser comprado. O combustível nuclear é outra coisa. Primeiro, é preciso remover o urânio do minério produzindo o UF6. Este gás então é submetido ás ultracentrífugas para remover o U238 até o teor requerido para cada reator. Depois, o UF6 é transformado em óxido de urânio na forma de pó. Este pós é prensado e sinterizado no tamanho padronizado para cada reator. Em seguida, as pastilhas são inseridas dentro das varetas metálicas e só então são levados para a usina nuclear coincidindo com a data a qual o reator será desligado para… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Carlos Gallani
3 meses atrás

Caro Carlos. Nenhuma empresa tem combustível nuclear estocado. A fabricação do combustível enriquecido ocorre a partir da assinatura de um contrato talvez um ano antes da entrega. Como cada usina tem uma especificidade, os contratos são feitos com antecedência e a produção é feita exclusivamente para um determinado cliente. Não existe “estoque” de combustível nuclear;

FOX
FOX
Reply to  Carlos Gallani
3 meses atrás

Você perde tempo com esses teóricos da conspiração?

João Adaime
João Adaime
Reply to  Claudio
3 meses atrás

Prezado Claudio
Em vez de ficar achando que talvez, quem sabe, outros países tentem pegar nosso urânio, não seria melhor o Brasil tomar a iniciativa de aumentar a produção e o enriquecimento e passar a abastecer o mundo?
Pode inclusive convidar empresas estrangeiras nesta empreitada.
Abraço

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  João Adaime
3 meses atrás

Caro João. Eu não sei se Resende tem capacidade ociosa para aumentar a produção. Creio que Resende só consiga abastecer Angra I e II parcialmente. A ampliação da usina demandaria construir novas cascatas de enriquecimento que levaria um ou dois anos para serem construídas.

João Adaime
João Adaime
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

Prezado Camargoer
Exato. Por isso sugeri até mesmo a participação de empresas estrangeiras para acelerar o processo.
Abraço

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  João Adaime
3 meses atrás

Olá João. O gargalo é físico. Para ampliar a produção de combustível nuclear será necessário instalar novas cascatas de ultracentrífugas. Isso poderia levar até dois anos.

João Collor
João Collor
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

Não é mais barato eles comprarem a empresa daqui. Tem lobby vende do até mina de potássio?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  João Collor
3 meses atrás

A fabrica de Resende tem caráter estratégico para a MB como produtora do combustível do SBN. De qualquer forma, mesmo se a empresa for privatizada, a sua capacidade de produção será a mesma. Será preciso investir na ampliação das cascatas de enriquecimento e isso demandaria talvez uns dois anos para ser feito. O gargalo é físico, não financeiro.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Claudio
3 meses atrás

Caro Claudio. Existem reservas de minério de urânio em todo o mundo. O gargalo é o material processado e enriquecido a 4% para as usinas nucleares. Este tipo de material é adquirido com contratos de longo prazo. Nenhuma empresa produz combustível nuclear sem um contrato de venda assinado. Isso significa que em 2023 poderá haver escassez deste combustível.

João Collor
João Collor
Reply to  Claudio
3 meses atrás

Tecnolgia é a mesma?

João Collor
João Collor
Reply to  João Collor
3 meses atrás

E a fábrica de chip nacional, Alemanha vai ter uma da Intel!

Marcos10
Marcos10
3 meses atrás

A mídia lacradora americana elegeu um poste. No vácuo deixado pelos EUA, a China se apresenta como protagonista político, intervindo na solução entre Rússia e Ucrânia, tentando que Vlad saia de lá pelo menos com as calças. Se Vlad não é confiável, pelo menos não é inimigo.
A China, assim, além de potência econômica e militar, se torna protagonista política.

Claudio
Claudio
Reply to  Marcos10
3 meses atrás

Mundo multipolar é assim, depois dessa guerra fria 2.0 o Brasil tem tudo pra ser o quarto Pilar na multipolaridade, tendo Estados Unidos, Rússia e, China e Brasil como players de peso no mundo

Joanderson carlos
Joanderson carlos
Reply to  Claudio
3 meses atrás

A india tem muito mais capacidades de se torna esse quarto pilar, na verdade ha é.

Joanderson carlos
Joanderson carlos
Reply to  Joanderson carlos
3 meses atrás

Já *

Marcos10
Marcos10
Reply to  Claudio
3 meses atrás

A preguiça não vai deixar.

João Collor
João Collor
Reply to  Marcos10
3 meses atrás

Na copa veja o que os indianos construíram no catar!

João Collor
João Collor
3 meses atrás
Claudio
Claudio
Reply to  João Collor
3 meses atrás

Ameaças novas forçam sistema de defesa novos como interferência eletrônica para o operador não poder mais controlar o drone , defesa de ponto de até 20 km , temos o radar sentir m20 que se evoluir poderia sem empregado contra drones , só o país ter dinheiro pra por em prática

João Collor
João Collor
Reply to  Claudio
3 meses atrás

Grato, o próprio radar poderia contra-atacar?

Claudio
Claudio
Reply to  João Collor
3 meses atrás

Só detectaria , mas teria que ter um diretor de tiro que possa engajar vários alvos ao mesmo tempo já que ataques de drones sempre são em enxames

carcara_br
carcara_br
Reply to  João Collor
3 meses atrás

É preciso encontrar um meio barato e que consiga lidar com grandes quantidades já existe algo assim?

João Collor
João Collor
Reply to  carcara_br
3 meses atrás
carcara_br
carcara_br
Reply to  João Collor
3 meses atrás

Estou falando de sistemas hardkill. Coloca dinheiro nessa empresa e eles te vendem o equipamento pra driblar a interferência…

Nemo
Nemo
3 meses atrás

Parabéns à Record por dar espaço a um real especialista em assuntos militares. O habitual na mídia brasileira é ouvir “especialistas” que só são chamados para concordar com a linha editorial do veículo.

João Collor
João Collor
Reply to  Nemo
3 meses atrás

Quero ver essa divindade acima lá nna Rússia. Ver o que acontece com sua fala mansa e paranóica

Last edited 3 meses atrás by João Collor
João Collor
João Collor
Reply to  Nemo
3 meses atrás

Apoiado!

carcara_br
carcara_br
3 meses atrás

Acordaram que existe uma realidade que precisa ser mostrada, a democracia esconde um perigo muito grande no populismo e propaganda.

João Collor
João Collor
Reply to  carcara_br
3 meses atrás

Pelo menos sabemos dos perigos, na autocracia ficamos calados e surdos.

carcara_br
carcara_br
Reply to  João Collor
3 meses atrás

Podemos reclamar muito, mas jogar gasolina na fogueira pra ver o fogo aumentar é estupido.

Camargoer.
Camargoer.
3 meses atrás
carcara_br
carcara_br
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

O exercito russo parou por falta de combustível a menos de 100km da fronteira com a ucrânia? esse cara é bom… mas em algum nível está bastante influenciado pelas próprias propagandas…

João Collor
João Collor
Reply to  carcara_br
3 meses atrás

Melhor veículo será no futuro as mulas de dom Pedro 2 ou mulas robôs e tropa a pé se escondendo?

carcara_br
carcara_br
Reply to  João Collor
3 meses atrás

Muito inteligente essa analise, deixa eu perguntar uma coisa que tal a gente aproveitar essa oportunidade pra comprar umas biribinhas atômicas russas? É pq uma potência científica como eles tem muito a oferecer a cada rincão deste planeta, se apertarem demais eles vão vender qualquer coisa… Ahhhh já ia me esquecendo quando a URSS faliu havia a Rússia que segurou a Barra e manteve o arsenal nuclear coeso, quem será a “Rússia” se eles falirem novamente? Deixem de ser bobinhos, ninguém quer ver a Rússia falida, e caso eu esteja enganado, então que paguem pra ver as consequências… Como eu… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  carcara_br
3 meses atrás

Caro Carcará. Acho que você esqueceu de prestar atenção no principal. Os custos de uma guerra moderna são tão altos que anulam qualquer ganho econômico. O que ele mostra é que quanto mais longa for a guerra, maior serão as dificuldades econômicas dos dois países. Ao contrário das guerras do período pré-industrial, nos quais as expansão militar trazia ganhos econômicos (seja na forma de mais terras, mão de obra escrava ou ampliação de tributos), as economias industriais do Sec XX e Sec XXI são tão complexas que a participação dos países em conflitos, mesmo que de curta duração, podem provocar… Read more »

carcara_br
carcara_br
Reply to  Camargoer.
3 meses atrás

Numa analise superficial e baseado numa crença econômica, uma vez dominado o território o tempo passa a contar a favor da força invasora.
Exemplo: Israel lucrou bastante, mas vamos omitir isto…
Veja, não estou defendendo isso como uma forma legítima de se conseguir crescimento econômico, apenas constatando que em algum momento parte da realidade deixou de ser levada em consideração.
Não seja vaidoso, existe um limite entre o didatismo e o pedantismo…

carcara_br
carcara_br
Reply to  João Collor
3 meses atrás

é… acho improvável…
não é loucura, isso funciona dentro de uma lógica russa de defesa…

João Collor
João Collor
Reply to  carcara_br
3 meses atrás

vão liberar o Irá das sanções logo pois precisam do petróleo,.logo volta a cair o preço

paulof
paulof
3 meses atrás

A grande questão agora para alguns analistas é quem vem primeiro a queda de Kiev ou um default técnico russo já  bancos deles são incapazes de transferir ou receber fundos por causa de sanções, os tãos da vida já começam a ter problemas e restrições fortes de saques bancários, o Psicopata atacou a Ucrânia e vai desestabilizar todos aliados da Comunidade Econômica Eurasiática.

paulof
paulof
Reply to  paulof
3 meses atrás

Curioso caso econômico, Bielo Rússia tinha banido toda a passagem de fertilizantes e óleo da Lituânia em seu território (por que iam para Ucrânia), isso por 02 de fevereiro, agora veio o troco, Lituânia proíbe a passagem de fertilizantes vindos de lá, Brasil já foi avisado das dificuldades de enviaram suas exportações.

João Collor
João Collor
Reply to  paulof
3 meses atrás

Falam da china ajudar, mas a Turquia está ali perto. “Vc recebe o cheque da madeireira, não consegue trocar pois o banco está bem longe, troca então troca no posto que te cobra 20 por cento” o que o banco da Rússia avisou! 20 por cento!

Last edited 3 meses atrás by João Collor
Marcos10
Marcos10
3 meses atrás

A continuar assim, paises europeus eventualmente poderão ter de receber um número sem precentes de refugiados, entre cinco e dez milhões de pessoas.
As mariposas no poder que expliquem aos seus eleitores que terão de cortar benefícios sociais em seus países para bancar esse enorme contigente de pessoas.
No outro lado do Atlântico, alguém por favor informe ao representante daquele país, que foi o mais poderoso do Mundo, politicamente, economicamente e militarmente, que há um guerra em andamento na Europa, sendo o Mundo ameaçado por um desequilibrado.

paulof
paulof
Reply to  Marcos10
3 meses atrás

Para eles, é ótimo essa chegada de imigrantes da Ucrânia a médio/longo prazo, por causa da queda de natalidade dos países europeus, inclusive a Alemanha se sustenta a décadas com essa vinda de fora, tem o bônus da religião e provavelmente escolaridade, seus núcleos de resistência serão lembranças da necessidade de uma unidade europeia de terem forças armadas equipadas.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  paulof
3 meses atrás

Olá Paulo. A questão dos refugiados é por um lado uma urgência humanitária mas, por outro, pode ser a causa de outros problemas sociais. Em um primeiro instante, existe uma sobrecarga nos sistemas de educação e saúde do país destino (o Brasil passou por isso na crise dos refugiados da Venezuela), além da necessidade de novos gastos com assistência social (apoio ás famílias, apoio financeiro para moradia e ampliação da oferta de empregos). A médio prazo, é preciso a manutenção de uma política de inserção social que evite a formação de bolsões de pobreza que podem ser causas de problemas… Read more »

João Collor
João Collor
3 meses atrás

Líbano, nitrato de potássio, 200 graus.

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
3 meses atrás

Não sei como demoraram tanto tempo pra falar com quem entende.
Pra variar, erraram na especificação, as dez ogivas somam 1,5 Mt e não 150 kt. Faz parte…

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
3 meses atrás

Eles não sabem, não é do interesse deles, fica apenas como um ‘olha a cobra!’ pra estimular o terror, um realçador de sabor pra coberturas insípidas. Aliás, manter pessoas aterrorizadas com ameaça de destruição iminente funciona muito bem pra muitas coisas…

NascimentoBR
NascimentoBR
3 meses atrás

O homem ta famoso! REI DELAS!

Abraço Galante!

Roberto
Roberto
3 meses atrás

Alguns questionamentos… Uma base Ucraniana foi atingida por bomba termobárica? se vê os drones turcos causando terror na linha de frente, A linha de suprimentos russa é tão ruim assim?

Últimas Notícias

Svatovo, primeiro alvo do HIMARS?

A mídia ucraniana tem divulgado vídeos e imagens de uma suposta explosão nas proximidades da cidade ucraniana de Svatovo,...
- Advertisement -
- Advertisement -