segunda-feira, junho 27, 2022

Saab RBS 70NG

Por que parou?

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

O comboio de 64 km da Rússia perto de Kiev não avançou nos últimos três dias

O enorme comboio militar da Rússia, com 64 quilômetros de comprimento, perto da capital da Ucrânia, Kiev, mal se moveu em três dias, disse o Ministério da Defesa do Reino Unido.

Mas as autoridades de defesa dos EUA dizem que a Rússia ainda pretende cercar e tomar a cidade onde vivem cerca de três milhões de pessoas – por táticas de cerco, se necessário.

Imagens de satélite recentes mostrando o tamanho do comboio provocaram temores de que um ataque seria iminente.

Mas autoridades do Reino Unido e dos EUA dizem que problemas logísticos podem estar retardando o avanço.

Em uma atualização de inteligência na manhã de quinta-feira, o Ministério da Defesa do Reino Unido disse que a coluna fez “pouco progresso discernível em mais de três dias” e permanece a mais de 30 km de Kiev.

Por que o comboio parou?

Várias razões podem explicar por que a enorme coluna, que inclui veículos blindados, tanques e artilharia rebocada, interrompeu seu avanço sobre a capital. Eles incluem problemas logísticos, resistência inesperada ucraniana e baixo moral entre as tropas russas.

Logisticamente, avarias mecânicas e congestionamentos estão causando problemas, de acordo com o governo do Reino Unido. Diz-se que alimentos e combustível estão em falta, e há relatos de que pneus de má qualidade e mal conservados também podem ser um problema.

“Há uma enorme falha logística no fornecimento de combustível, alimentos, peças de reposição e pneus… eles ficaram presos na lama de uma forma que dificulta a retirada de veículos” (ver vídeo abaixo), disse o general Sir Richard Barrons, ex-comandante das Forças Conjuntas do Reino Unido ao programa Today da BBC Radio 4.

No entanto, ele disse que questões de comando e controle – por exemplo, redes de rádio defeituosas e comunicação em redes abertas – provavelmente estão causando problemas maiores.

O Pentágono também disse que a Rússia estava tendo problemas logísticos e tomou a decisão de se reagrupar deliberadamente e reavaliar o “progresso que não fez e como recuperar o tempo perdido”.

Acredita-se que a resistência ucraniana também esteja dificultando o progresso do comboio, de acordo com o Pentágono, embora tenha observado que não poderia verificar essa afirmação de forma totalmente independente.

A resistência ucraniana mais forte do que o esperado também pode estar afetando o moral russo – outra razão dada para a falta de movimento do comboio.

“O moral geral das pessoas sentadas neste comboio está caindo a cada dia”, disse à BBC Oleksandr Danylyuk, ex-secretário do Conselho de Segurança e Defesa Nacional da Ucrânia, comparando isso com a forte motivação dos militares ucranianos para defender sua capital.

Na terça-feira, um oficial de defesa dos EUA disse a repórteres que havia sinais de problemas de moral na força russa, que faz uso de um grande número de soldados recrutados.

“Nem todos eles estavam… mesmo cientes de que seriam enviados para uma operação de combate”, disse o oficial.

O comboio pode ser destruído?

A Ucrânia tem alguma capacidade aérea e vem usando poderosos drones fabricados na Turquia para destruir outros comboios russos. Mas de acordo com o Gen Barrons, Kiev simplesmente não tem a força militar necessária para destruir uma coluna desse tamanho.

“Eles foram bons em atacar o comboio pela frente e pelos lados”, disse ele, mas qualquer dano causado pelo ar seria muito localizado.

A Rússia também terá defesas aéreas ao redor do comboio, o que pode derrubar alvos ucranianos, acrescentou o general Barrons. Assim, um ataque aéreo ao comboio arriscaria perder mais da já limitada força aérea da Ucrânia.

Alguns comentaristas sugeriram que a Otan deveria considerar a destruição do comboio, mas isso seria uma grande escalada que arriscaria uma guerra entre duas potências nucleares.

Os governos ocidentais disseram repetidamente que não têm intenção de se envolver diretamente no conflito.

O que o comboio fará a seguir?

Apesar de todos os problemas relatados, permanece o fato de que uma enorme coluna de equipamentos militares russos está localizada ao norte de Kiev e, em algum momento, é provável que avance.

“Esta enorme coluna cercará e sitiará a capital”, disse à BBC o ex-chefe do exército britânico, general Lord Dannatt, acrescentando que uma tentativa dos russos de tomar Kiev rua por rua seria extremamente prejudicial. .

E o general Barrons disse que o comboio ainda continha muita capacidade militar que poderia trazer grandes danos a Kiev.

Ele disse que o comboio provavelmente se tornará parte de uma força que cercaria Kiev com uma combinação de artilharia e infantaria.

Nesse ponto, disse ele, os russos teriam duas opções. Ou dê um ultimato para se render, ou reconheça que a cidade não desistiria e a atacaria da mesma forma que fizeram na segunda cidade da Ucrânia, Kharkiv.

Por enquanto, o povo de Kiev só pode observar e esperar para ver o que o comboio fará a seguir .

FONTE: BBC.com

- Advertisement -

181 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
181 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Victor Filipe
Victor Filipe
3 meses atrás

Essa é a logística porca da Rússia. E tem gente que acha que eles teriam capacidade de tomar Berlim em 72 horas quando não conseguem tomar Kiev que é ali “do lado” em uma semana.

Ridículo para o tal “imparável” exército Russo.

Comparar isso com a logística americana por exemplo chega a ser humilhante

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Eu via logística americana no Afeganistão, que exemplo. Além disso, essa história de logística ruim é especulação, ninguém sabe por que o comboio parou. Estão esperando a ordem de atacar, o momento propício.

Antonio Cançado
Reply to  100nick-Elã
3 meses atrás

Falta de combustível. Logística porca sim.

Agnelo
Agnelo
Reply to  100nick-Elã
3 meses atrás

mmmmm entendi…. É balela….
Eles estão só perdendo a impulsão do ataque e permitindo q o inimigo fortifique suas posições e estruture melhor sua resistência….
Beeeeeeem inteligente….

Slow
Slow
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Quanto tempo EUA levou pra tomar bagda ? e olha que não tinha uma aliança militar bancando o país ..

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
3 meses atrás

10.000km de distância x fronteira em 3 lados;
450km de distância da capital x 90km.
200 mortos ao fim da invasão x 500 mortos

Ed Sanches
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Isso são dados oficiais ou propaganda americana sobre a guerra?

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Ed Sanches
3 meses atrás

A invasão do Iraque foi em 2003 os dados são de diversas fontes já teve tempo o suficiente pra confirmar todos eles.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

O que apenas explicita que a inteligência russa também fracassou em prever a resistência ucraniana.

Paulo
Paulo
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

É muita ingenuidade achar que a Rússia está usando todo o seu arsenal de ponta, na Ucrânia. Até porque tem muitos civis e o governo do bufão está colocando a população na frente das suas FAs. Para apear o Humorista do poder não precisa de muita coisa. Mas, eu acho que é causal essas idéias contra a Rússia é choro de desespero. Se fosse barbada os Eua(otan) já tinham bombardeado a Rússia. Porém, o Exército Vermelho não são os coitados de chinelos e ak47 nas montanhas que os EUA, otan e onu, trucidavam, massacravam, infelizmente para você. Leia mais.

Last edited 3 meses atrás by Paulo
Jacinto
Jacinto
Reply to  Paulo
3 meses atrás

Eu não acho que o exercito russo seja formado por uns coitados de chinelos e ahk47 nas montanhas. Acho que eles têm um problema de planejamento e de doutrina, especialmente na coordenação de suas capacidades. Porque a Rússia tem tantos blindados destruídos por soldados de infantaria com misseis de curto alcance? Porque não estão coordenando a atuação dos blindados com a infantaria.

Paulo
Paulo
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Prezado, os coitados de chinelos e ak47 eram os iraquianos e afegãos que os EUA, otan, onu Trucidaram. Foi uma analogia em comparação ao exército russo.
Se, a Rússia quisesse, seria uma chuva de artilharia e bombardeios dia e noite massacravam tudo e todos, porém, tem que separar o joio do trigo, a população refém do humorista, o seu exército, e caçar o próprio Zelensky. As coisas não se resumem tão facilmente tem cidadãos no meio. As notícias do nosso país são muito distorcidas.

Last edited 3 meses atrás by Paulo
Capa Preta
Capa Preta
Reply to  Paulo
3 meses atrás

A população da Ucrânia não está sendo usada e sim voluntariamente em resistência, não adianta vcs criarem o malabarismo narrativo que for, o povo da Ucrânia não quer fazer parte da Rússia, a única coisa que Putin vai conseguir na Ucrânia são anos e anos de hostilidade do povo Ucraniano e resistência de guerrilha pesada, um atoleiro extremamente custoso em todos os sentidos.nao adianta ele por um fantoche na presidência da Ucrânia, vai acontecer de novo o que aconteceu em 2014.

Roberto SC
Roberto SC
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Com o Iraque enterrando aviões e tanques….. rs (só faltou setar)

Henrique
Henrique
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Exatamente, se os Iraquianos soubessem usar a enorme aviação de caça e misseis anti-navios que tinham teriam feito um estrago gigantesco nas frota naval americana mas basearam sua doutrina no “entrincheiramento” de tanques, sem nenhuma proteção aérea, os quais foram varridos pela força área americana e depois com o “passeio” dos A1 por terra. Não dá pra comparar a Ucrânia com o Iraque em praticamente nada…

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Henrique
3 meses atrás

O erro foi não realizar o ataque preventivo. Israel ficaria esperando vc formar quadros e quadros de divisões na sua fronteira? Lógico que não, a única possibilidade Iraquiana era atacar a formação antes dela se estruturar…é lógico que a doutrina prega que vc necessita ter 3 vezes a força de defesa para atacar, mas isto só vale para exércitos paritário….naquele caso, não tinham alternativa….ou atacavam os americanos antes deles se consolidaram ou apenas se defendiam….e se defender em campo aberto sem o domínio dos céus é suicídio, pois em 5 dias as tropas por mais que resistam, ficam sem comida… Read more »

pedroctba
pedroctba
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

E desde 2003 nao acharam as ADM!!! Fonte alguma, consegue acha-las ou minimamente questionar o que houve com elas!!! O que as fontes são certas em dizer que mais de 60k iraquianos por ano morriam de forma violenta devido a invasão no Iraque, numeros que chegaram a 600k em 2010! Esses são confirmados já!

César
Reply to  pedroctba
3 meses atrás

Tadinho do Iraque, não!? Vai ver não acharam as ADM porque alguns anos antes o Iraque gastou todo ele (foram 5 horas de bombardeio constante usando gás) na cabeça dos curdos matando dez mil civis.

Pedro
Pedro
Reply to  Ed Sanches
3 meses atrás

Quanto aos mortos, nunca acredito..mas quanto a distância, não tem o que falar. Se for isso mesmo os russos estão mostrando um despreparo enorme.

Last edited 3 meses atrás by Pedro
Jacinto
Jacinto
Reply to  Pedro
3 meses atrás

Distância em linha reta, começando da estrada que liga aos países até a entrada da cidade, medido pelo Google Maps.

imagem_2022-03-03_184532.png
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Pedro
3 meses atrás

Os aliados dos EUA e os próprios americanos ficaram durante meses se concentrando na Arábia Saudita.
Portanto, distância não foi problema.
Deixa de papo furado.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Pedro
3 meses atrás

Entende uma coisa, os EUA nunca terão problemas de logística não importa onde esteja e sabe o por quê? Rede de aliados. No Iraque não foi diferente, até a Rússia contribuiu para os esforço de guerra, liberando parte de seu espaço aéreo para encurtar a distância dos vôos que saiam da Europa rumo ao país iraquiano.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Ed Sanches
3 meses atrás

Bom, sobre os EUA e o Iraque estarem em continentes diferentes enquanto Ucrânia e Rússia serem países fronteiriços eu estou confiante não é propaganda americana sobre a guerra. Mas talvez a CIA tenha deslocado os continentes para nos enganar.
Sobre as distâncias, o Google Maps permite medir e é bastante preciso, inclusive para desfazer as incorretas impressões decorrente de se projetar em 2 dimensões um planeta quase esférico.
Sobre os mortos, são dados oficiais, inclusive dos russos.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Independente da distância os EUA têm meios pra fazer isso com um país daquele tamanho muito facil ..

E não tinha ninguém bancando armamentos de defesa pros iraquianos , diferente da Ucrânia que deus e o mundo estão bancando .

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
3 meses atrás

Distância é tudo numa guerra porque é ela que determina a complexidade logística e de comando e controle.

Mestre D'Avis
Mestre D'Avis
Reply to  Ed Sanches
3 meses atrás

Os 10.000km sao propaganda americana! O Iraque fica logo ali ao lado do Arizona!!

MBK
MBK
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Cada guerra tem sua história. Não dá pra comparar o número de mortos no Iraque com o número de mortos na Ucrânia. No primeiro caso os EUA martelaram todas as cidades, reduzindo-as a pó antes da infantaria entrar. No caso ucraniano a Rússia já deixou transparecer que não fará isso, por motivos políticos e humanitários, ainda que à custa de mais baixas nas suas fileiras.

dfa
dfa
Reply to  MBK
3 meses atrás

Ridículo cara…Agora andamos a inventar realidades alternativas? Os EUA reduziram a pó as cidades Iraquianas? Toda a gente sabe a mentira vergonhosa que os americanos usaram como desculpa para invadir o Iraque, agora afirmar que os mesmos não tiveram cuidado com a população civil e que os russos tem é disparate que ninguém acredita. As ROE “Rules of engagement” americanas eram claras em relação a população civil de tentar minimizar o impacto. Lembremos que os russos nem sequer lidam com bombistas suicidas. Os crimes contra os iraquianos foram acima de tudo durante a fase de ocupação na prisão Abu Ghraib,… Read more »

pedroctba
pedroctba
Reply to  dfa
3 meses atrás

EUA e sua coalizão teve muito cuidado sim com os civis, tanto que em 10 anos 600k morreram de forma violenta lá!!! Só na invasão, 40 dias, foram 13,6k civis assassinados por militares da mesma.

Jacinto
Jacinto
Reply to  MBK
3 meses atrás

MBK, os EUA não bombardearam as cidade, “reduzindo-as a pó”. Não que os EUA esteja acima disso, mas nunca foi necessário. A invasão do Iraque foi uma operação de sucesso para os EUA em virtude da capacidade de planejamento do Estado Maior e da coordenação das forças durante as operações: comando e controle. Imagina coordenar um ataque de artilharia, avanço da infantaria e cobertura aérea, tudo junto. São dezenas de unidades de combate trabalhando junto. Você vê, a doutrina soviética, que os russos adotaram, prevê o uso de tropas paraquedistas para tomar de assalto aeroportos e outras instalações estratégicas no… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Prezado
À época, o Iraque era a metade da Ucrânia de hoje.
E mesmo assim, tinha uma enorme coalizão para ajudar os EUA
Até os sírios mandaram soldados.
E hoje, os iraquianos estão caçando americanos pelo País.
Logo serão expulsos de lá .
Mais uma bola fora.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Óbvio que iraquianos caçam americano: ninguém gosta de invasores. Você acha que será diferente na Ucrânia? É justamente por isso que, a longo prazo, a Rússia está danada.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Oque adianta fazer fronteira com países mas tem 20 do outro lado bancando armamentos ?

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
3 meses atrás

É justamente por isso que uma invasão precisa ser rápida. Quanto mais tempo se leva para invadir, mais tempo a outra parte tem para obter, organizar e usar meios de defesa.

Slow
Slow
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

200 mortos ai fim da invasão ? Kkkkk olha quantas pessoas morreram no Iraque cara ..

Jacinto
Jacinto
Reply to  Slow
3 meses atrás

Na invasão sim, menos de 200 mortos. A maioria das guerras, faz-se a distinção entre as fases de invasão e a fase de ocupação já que estas operações são completamente diferentes entre si.
As baixas dos EUA ocorreram mais – muito mais – na fase de ocupação do Iraque do que na fase de invasão. Aliás, sempre que se tem a ocupação de um país, as baixas da ocupação ultrapassam as baixas da invasão. Isso ocorreu nas duas guerras do Afeganistão e na guerra do Iraque.

pedroctba
pedroctba
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Ah sim, os EUA nao tinham bases militares e logisticas na Arabia Saudita, Kwait e países do golfo não!!!

Pq vc nao compara com Basra? Basra era basicamente ao lado de onde os invasores iniciaram o ataque e precisaram de 17 dias para tomar a cidade, que estava unicamente defendida por milicianos!
E ai? Opa, e agora? E detalhe, nesses 17 dias nao teve cesar fogo ou tentativa de negociação e em momento algum as tropas da Inglaterra tiveram algum cuidado com os civis, era simplesmente “apareceu, morreu!”.

Jacinto
Jacinto
Reply to  pedroctba
3 meses atrás

Basra foi uma operação britânica e não americana…

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Slow
3 meses atrás

6 dias. E isso porque Bagdá estava muito mais longe do ponto de partida inicial da operação do que Kiev está da fronteira com a Bielorrússia. Um dos pontos em que o exercito Russo lançou a ofensiva surpresa (a americana não foi) A força da coalizão não teve nem de longe problemas logísticos tão grandes quanto a força Russa e os países da coalizão que mais enviaram meios tiveram que faze-lo a oceanos de distância Durante o pouco mais de um mês que a invasão do Iraque levou as forças da coalizão tiveram 196 mortos e 551 feridos. Baixas essas… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Os russos realmente tem as limitações que elencou, mas acho temerário comparar a maior economia mundial com força militar superior aos próximos dez países somados com a Rússia que tem menos de 10% da força econômica norte-americana e orçamento militar muito menor, e esse orçamento ainda está fortemente comprometido com as forças nucleares, o que limita bastante as convencionais. Olha o exemplo da marinha deles. Tirando os submarinos nucleares e corvetas a Marinha Japonesa é mais poderosa que a russa. E considerando que as corvetas precisam cobrir 4 frotas e 1 flotilha, pode-se dizer que a marinha russa é inferior… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Ten Murphy
3 meses atrás

Prezado O que vc escreveu tem muito sentido, porém há algumas coisas q independem da pujança econômica. Ração vencida há anos é gestão ruim. Comboio parando por pane seca é planejamento ruim. Ass Amv de grande vulto diurnos é um gerenciamento de risco, no mínimo, estranho. A Ucrânia ainda ter lançadores múltiplos de foguetes no alcance de comboios, de um exército em um ataque em pinça, sendo q a dotação de sua artilharia de campanha prevê uma Bia LMF por GAC Cmp…. É q o esforço de busca não tá legal, não…. Pcp pra um país q tem uma Força… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Nisso tenho de concordar. A não ser que haja um improvável propósito oculto nisso, realmente tem razão. Me parece que a Rússia moderniza suas forças aos trancos e barrancos: na Chechênia teve uma modernização, na Geórgia teve outra, depois na Síria (que parece ter sido muito melhor do que estamos vendo na Ucrânia) e depois dessa guerra, caso a Rússia e Putin saiam incólumes, pode ser que avancem mais um pouco, mas ainda não o suficiente. Não sei se estar em guerra constante ajude os americanos a evoluir mais rápido, ou se é falta de imaginação misturada com burocracia e… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Ten Murphy
3 meses atrás

Uma máquina de guerra, ela só é eficiente, quando o custo humanitário não é considerado.

Slow
Slow
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Com apoio do Reino Unido , Australia e mais alguns ..

Pra quem gasta 700bi com forças armadas você acha que isso foi muito ?

Os russos com 10% disso já tomaram as principais cidades da Ucrânia, sem apoio de ninguém praticamente ..

pedroctba
pedroctba
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Então, os Russos colocaram 200k soldados e outros hardwares de combate sem nem a Ucrania e a OTAN saber que iriam invadir? Poxa, inteligencia desses consegue ser pior que a do Exercito Brasileiro!

Nascimento
Nascimento
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Bagdah levou 21 dias pra ser tomada…

pedroctba
pedroctba
Reply to  Slow
3 meses atrás

16 dias para chegar lá praticamente sem oposição, sem rios, sem lama, sem nada! Mas é o “mais poderoso exercito do mundo”. De jegue teriam chego antes ate, de tão bão que são!!!

Jacinto
Jacinto
Reply to  pedroctba
3 meses atrás

Ninguém entra em Bagda sem atravessar 2 rios…

Paulo
Paulo
Reply to  Slow
3 meses atrás

Na cara não! Kkkkkk slapslap

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Na Alemanha usariam as Autoban, serviço de apoio ao usuários, postos 24 horas…

Ed Sanches
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Falando um especialista em guerra com formação adquirida em reportagens da internet, e com graduação em grupos de whatsapp.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Ed Sanches
3 meses atrás

E quais são as suas formações que lhe dão direto de vir aqui julgar oque outras pessoas falam?

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Ed Sanches
3 meses atrás

Se vc quer usar ad hominem aqui ao menos junte provas!

Nilo
Nilo
Reply to  Carlos Gallani
3 meses atrás

Provas, quando o que vale é a construção da narrativa?

Last edited 3 meses atrás by Nilo
Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Bagdá mandou abraços! kkkkk

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Será que só vc não percebeu que estar parado pode fazer parte da logística? E por acaso também não percebeu que o comboio aumentou de 27 km para 64 km? Isso também pode fazer parte de logística! Caro Amigo, Guerra não é como o trânsito de sua cidade em dias normais, onde que ficar parado é certeza de chegar atrasado para o trabalho…

Last edited 3 meses atrás by Yuri Dogkove
Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Yuri Dogkove
3 meses atrás

Quer um detergente pra passada de pano ficar melhor?

Slow
Slow
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Quem ta passando pano pras 300 mil mortes no Iraque é você ..

Mosczynski
Mosczynski
Reply to  Slow
3 meses atrás

Eu vejo que o fundo do poco da argumentacao de esquerdista e da Turminha do Putin e’ fazer comparacao com os americanos.
Quando o cara fala isso, ja perdeu a argumentacao.

Slow
Slow
Reply to  Mosczynski
3 meses atrás

“ argumentação de esquerdista “

Realmente não tem como comparar Putin com os americanos..

Os americanos são os únicos a ter lançado bomba nuclear contra civis ..

Professor
Professor
Reply to  Slow
3 meses atrás

Nossa… esquerdopata detectado! O plano japones de defesa previa lutar casa por casa, rua por rua…tinham guardado 10 mil aviões para ataques suicidas, previam até colocar mulheres e crianças com lanças! Sem as armas nucleares teriam morrido muito mais japoneses, americanos e russos inclusive! A URSS ia invadir o norte do Japão…Milhões de soldados teriam morrido e as armas nucleares salvaram todas estas vidas, inclusive do povo japones! Veja que, mesmo depois das 2 bombas, muitos militares queriam continuar a guerra e chegaram a tentar um golpe em Tóquio…O Imperador decidiu pela rendição, pessoalmente, o que era raríssimo….

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Professor
3 meses atrás

Com supremacia aérea e cortando a logística era só cercar e esperar. A água e a comida acabariam e os japoneses teriam de se entregar, se matar ou tentar romper o cerco saindo em campo aberto. Se morressem seriam apenas eles e por opção própria. Justificar o ataque nuclear é doentio. Os japoneses planejaram uma luta casa por casa, rua por rua, oras, é só não entrar na deles. Cerca e espera acabar a comida. Bombardeia as linhas de suprimento. 10 mil aviões suicidas? Onde estavam? Ali. E apenas ali deveria ser bombardeado. Desde os primórdios da civilização nunca vi… Read more »

César
Reply to  Yuri Dogkove
3 meses atrás

Na sua cabeça deve ser a ¨Blitskrieg¨ ao contrário. Ao invez de ¨guerra relâmpago¨ agora é guerra parada, não!?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Prezado
A resposta está dada nas negociações de hoje.
Foi acertado um corredor humanitário para os civis em Kiev.
A situação em Kiev já está consolidada com o isolamento dos defensores.
Desta forma, não há que se apressar a chegada de forma desordenada desse mega comboio.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

https://www.youtube.com/watch?v=K5BAZ2bBUzM

É um cenário muito complexo.
Eles pararam no alcance de artilharia para atacar Kiev.

Roberto SC
Roberto SC
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Não é tão simples assim… tal como a amazônia, existem problemas da combinação Frio+Neve+Acessos não pavimentados. Mesmo sendo mais leve que o M1, e tal como a história nos mostra, alguns locais viram literalmente um atoleiro.

IBIZ
IBIZ
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Pois é! Não esperava muita coisa dos russos mas tmbm ninguém esperava tão pouco! Eles são melhores ameaçando do que brigando! Os ossos dos soldados soviéticos da WW2 estão se revirando à essa altura!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Segundo o Pentágono, foi por falta de combustível.
Segundo o Pentágono, soldados russos estão se rendendo sem lutar.
Segundo o Pentágono, civis russos estão organizados para combater os tanques russos.
Segundo Biden, os russos vão ganhar a guerra, mas vão perder a longo prazo.
A longo prazo estarei morto.

Mosczynski
Mosczynski
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Ate agora todas as previsoes dos EUA e aliados se tornaram verdade.
Existe uma tonelada de videos mostrando soldados russos se rendendo e dizendo que foram convocados para treinamento de 3-5 dias e foram parar na Ucrania.
Existe uma tonelada de videos mostrando ucranianos montando coqueteis molotov e ucranianos voltando ao seu pais para se alistar.
Russia e Putin ja perderam, so ainda nao perceberam.

Slow
Slow
Reply to  Mosczynski
3 meses atrás

Guerra psicológica e você está caindo certinho ..

Up The Irons
Up The Irons
3 meses atrás

Melhor os russos darem meia volta e irem pra casa. Há relatos por toda a Internet de baixo moral das tropas russas, problemas logísticos e mecânicos. Pra que perder a vida lutando pelos ideais de um ditador maluco?

WSilva
WSilva
Reply to  Up The Irons
3 meses atrás

Na internet tem muitos relatos também da terra plana, dos anunnakis, big foot, chupa cabra etc. rs

Realista
Realista
3 meses atrás

https://wikileaks.org/plusd/cables/08MOSCOW265_a.html

essa guerra está planejada desde 2008 Wikileaks .

Padrezito
Padrezito
Reply to  Realista
3 meses atrás

Não ia usar minha cabeça ,.apenas ler mas voltei aos links do google…

Mas me lembrei de Alejandro Rabinovick , para os que gostam de livros e ajudar soldados.

https://www.google.com/amp/s/amp.france24.com/es/programas/la-entrevista/20220303-alejandro-ravinovich-guerra-ucrania-sociedad-cultura

Last edited 3 meses atrás by Padrezito
Padrezito
Padrezito
Reply to  Realista
3 meses atrás

A força da ucrania é a parceria anterior que teve com os russos, era camaradas, não o palhaço, mas os militares mais velhos e equipqmentos

Marco Venâncio
Marco Venâncio
3 meses atrás

Foram pegar a marginal Tietê e deu nisso.

Bem feito.

MBK
MBK
3 meses atrás

Deixar o inimigo confuso é a essência da arte da guerra.
Parecer fraco quando está forte, parecer receoso quando está determinado. Parecer distante quando está perto. Parecer cansado quando está desperto.
Que a mídia não tenha se dado ao trabalho de ler Sun Tzu é até compreensível. Mas não esperaria isso de aficionados. E menos ainda de militares.

Se está ruim para os russos estacionados na rodovia, imagina para os moradores / militares / governantes em Kyev? A certeza é mais cruel que a dúvida.

MBK
MBK
Reply to  MBK
3 meses atrás

A certeza é menos cruel que a dúvida.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  MBK
3 meses atrás

A certeza das torcidas dos dois lados chega a ser infantil. Especialistas julgando saber quais os objetivos do Putin, o que ele esperava, quais frustrações teve, como a guerra deveria se desenrolar, em qual tempo e com quantas baixas. Respeitáveis análises trabalham sempre com hipóteses: se isso então aquilo, talvez, pode ser, existe a possibilidade do Putin ter se dado mal por este e aquele motivo interno e externo, mas também a de que tenha calculado tudo etc. Qualquer certeza nessa guerra que não trabalhe com possibilidades e com o critério da dúvida cheira a propaganda, torcida, guerra psicológica ou… Read more »

Henrique
Henrique
Reply to  MBK
3 meses atrás

Tem muita guerra de informação na mídia, tanques atolados sem identificação de qual lado são, ambulâncias com “Zs” pintados grotescamente cheias de granadas acusando os russos de usa-as indevidamente, blindados destruídos também com identificação suspeita… por isso é importante que as “torcidas” não se empolguem muito pois guerra é algo triste, pessoas inocentes morrem de verdade, jovens em farda morrem de verdade, países são destruídos e humilhados e no final os políticos continuam fazendo suas “firúlas” midiáticas. Nesse conflito todos estão errados, quem atacou, quem não teve habilidade para deixar que a coisa escalasse dessa maneira e “os que sempre… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Henrique
pedroctba
pedroctba
Reply to  MBK
3 meses atrás

Assista um filme chamado “13º guerreiro” e verá exatamente isso.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  MBK
3 meses atrás

Pode ser estratégia russa? Pode. Pode ser incapacidade? Mais provável.

Antunes 1980
Antunes 1980
3 meses atrás

A Rússia não está mais rápida no seu avanço devido a estratégia de não bombardear áreas civis.

Desde o começo ela não foi com sua força total. E esta estratégia teve um custo altíssimo até agora.

Só um cego não vê que a Rússia está mantendo uma certa política controlada de agressão.

Sorte do povo ucraniano que teve tempo de escapar.

Se fosse nos moldes tradicionais, com mísseis e bombas de forma intensa, as cidades ucranianas já teriam virado pó, e Kiev já teria caído.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Antunes 1980
3 meses atrás

Genocídio?

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Genocídio e guerra são coisas diferentes. Genocídio é o extermínio deliberado, parcial ou total, de uma comunidade, grupo étnico, racial ou religioso. Matar civis como método de terrorismo ou subjugação de uma nação é genocídio. Já em uma guerra aos civis não-combatentes é prestado um tratamento normal, mas aqueles que se aproveitam do seu status civil para combater de forma irregular, com táticas de guerrilha, formando milícias ou colocando artilharia dentro de prédios, escolas e hospitais não devem ser considerados civis, mas combatentes irregulares ou mercenários, e não são reconhecidos pelo direito internacional. A morte deles não é considerada genocídio… Read more »

Jacinto
Jacinto
Reply to  Ten Murphy
3 meses atrás

Esta descrição sobre genocídio é uma questão interessante. O Bernard Lewis (historiador britânico) defendia que o Genocídio Armênio não era propriamente um genocídio porque não havia o deliberado intento turco de matar os armênios, e que estes morreram em decorrência de operações militares normais. Como na lei francesa negar o genocídio armênio é crime, ele acabou processado por isso: não por negar o intenso e enorme sofrimento da população armênia, nem que a mortandade foi gigante, mas por defender que a ausência de provas duras de um intento deliberado de matar as pessoas configuraria um genocídio. Embora a intenção seja… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Entendi seu ponto e concordo. Mas acho razoável usar termobáricas dentro de uma cidade na medida em que foi acordado um corredor humanitário para os civis evacuarem como a Rússia fez, além de dar tempo a essa população sair. A própria Ucrânia estava matando civis durante o toque de recolher por considerá-los sabotadores. É a névoa da guerra. Uma consideração fortuita que ora me ocorre é que após genocídios como o das duas guerras mundiais e outros perpetrados por ditaduras de direita e esquerda no século 20 convencionamos o que deveria ser uma guerra politicamente correta. Mas as regras de… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Escrevi uma resposta mas ficou presa. Nela diferenciei o g####dio que é o assassinato deliberado da população como tática militar da morte de civis por serem ou insurgentes, guerrilheiros, milicianos e combatentes civis que aproveitam sua condição de civis para atacar as forças regulares russas ou são escudo humano ucraniano. Colocar artilharia antiaérea e anticarro em prédios civis, hospitais e escolas é tática antiga. Filmar o bombardeio desses locais e construir a narrativa de g####dio é outra tática de propaganda e operações psicológicas. E como os russos evitam atacar os civis, cortar a água e energia e deram um corredor… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Escrevi dois comentários, mas prenderam os dois.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Ten Murphy
3 meses atrás

Pena. Acho seus comentários interessantes, como este em que você e o Agnelo estão conversando.

Nilo
Nilo
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

concordo Jacinto, um ponto de vista a ser levado em consideração a do Ten Murphy

Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Parece que você anda meio nervoso Nilo.

Nilo
Nilo
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Congratulações, Esse é meu lado engraçado.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Agradeço aos dois. Tento trazer uma visão equilibrada e justa para todos os lados, e deixo claro quando escolho um deles, sempre primando pelo respeito.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Liberaram.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Antunes 1980
3 meses atrás

Cara, ela esta bagacando as cidades, essa estratégia já mudou fazem uns 3 dias, não da mais pra falar isso, a fotos da destruição são muitas!

Agressor's
Agressor's
Reply to  Antunes 1980
3 meses atrás

Impressionante está operação cirúrgica da Rússia, mesmo com o obstáculo de civis como escudo estão avançando e quase dominando a Ucrânia. Aos poucos estão cercando os ratos e logo darão cabo no espetáculo de horrores do comediante. Putin é hoje o maior líder mundial. Parabéns ao homem que luta contra o mundo pra defender seu povo. Todo o meu apoio a Rússia nessa operação militar. O ocidente quer esconder esses fatos, possuem o monopólio da mídia mundial. A Somália foi bombardeada pelos EUA enquanto a Rússia começava a realizar essa operação militar. Mas a mídia não deu um PIO! NENHUMA… Read more »

Mosczynski
Mosczynski
Reply to  Agressor's
3 meses atrás

Eu falo, quando o camarada comeca a fazer comparacoes com os EUA e’ porque ja perdeu a argumentacao e comeca a apelar.

MBK
MBK
3 meses atrás

Outra explicação é que a Rússia adota uma tática antiga, mas tão simples quanto eficaz: pinça, cerca, limpa.
Em Kyev apenas uma das pernas avançou. Então, pode ser que estejam aguardando a evolução em outro front, para fechar o cerco e evitar danos às estruturas e às pessoas.
Vale dizer que essa tática foi utilizada na primeira guerra do Donbass e foi empregada, brilhantemente na Síria, por Sueil al Hassan, o comandante tigre.
comment image

Jacinto
Jacinto
Reply to  MBK
3 meses atrás

E os ucranianos estão usando uma estratégia mais antiga ainda: a estratégia fabiana, assim chamada em homenagem a Quintus Fabius Maximus Verrucosus Cunctator, eleito ditador após Aníbal Barca e os cartaginenses terem tido 3 vitórias esmagadoras (Trébia, Lago Tresimene e Cannas) sobre os romanos no começo da 2ª guerra púnica. “Suspeitando” que o exército romano não era tão bom quanto o cartaginês em batalha, pelo menos naquele momento, mas sabendo que o tempo estava a seu favor, Fabius Maximos adotou uma estratégia de evitar batalhas decisivas, para adotar uma guerra de atrito, atacando a retaguarda, as linhas de suprimento, trocando… Read more »

MBK
MBK
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Concordo com a estratégia, mas penso que ela não se aplica às forças ucranianas, que estão concentradas em núcleos urbanos, de onde não podem controlar o tempo nem detém autonomia sobre o território. Eventuais escaramuças podem desgastar, mas sem força para mudar o curso da guerra. Na minha opinião

Nemo
Nemo
Reply to  MBK
3 meses atrás

Só os Russos podem responder com certeza, mas foi divulgado que outra coluna se desloca do norte via Chernobyl e outra avança do leste. Se fosse só disparar mísseis contra Kiev poderia estar sendo feito há três dias. Também foi dito que a estratégia é dividir a Ucrânia em duas na altura do Dpiner por isso a movimentação vinda da Crimeia.

MBK
MBK
Reply to  Nemo
3 meses atrás

Eu já ouvi sobre a divisão da Ucrânia, mas não ficaria surpreso se a operação englobar todo o país.

Alexandre ziviani
Alexandre ziviani
Reply to  MBK
3 meses atrás

Eu acho meio absurdo esta comparação que estão fazendo entre este conflito da Ucrânia e o Iraque,seria mais sábio analisar as estratégias que os Azeris utilizaram contra os armênios em 2020.

Last edited 3 meses atrás by Alexandre ziviani
_RR_
_RR_
Reply to  MBK
3 meses atrás

MBK, Ou… Pode ser que o propósito primário da Rússia seja justamente a tomada da costa sul, ligando Lugansk e Donetsk a Criméia por terra, protegendo o mar de Azov, e depois mudando o eixo para Odessa, fechando o Mar Negro… Simples assim. Aliás, se os russos fizerem e garantirem isso, já terão um cenário absolutamente favorável. Interessante observar que a ofensiva russa manteve-se a passo constante no sul, colocando-os em uma posição bem sedimentada, ao mesmo tempo em que mantinham uma pressão em Kharkov e Kiev, evitando assim o deslocamento de qualquer potencial reforço ucraniano… E talvez seja esse… Read more »

MBK
MBK
Reply to  _RR_
3 meses atrás

Excelente análise.

Oráculo
Oráculo
Reply to  MBK
3 meses atrás

Existe uma teoria maluca sendo discutida em alguns canais russos do Telegram de que o cerco de Kiev é uma “distração” russa nessa guerra.

Pois parece loucura, até para os russos, invadir uma cidade com 3 milhões de habitantes, onde a Ucrânia reuniu mais da metade de suas tropas e a população está armada.

O que os russos querem mesmo é a criação da “Novorossiya” a Nova Rússia, um estado russo dentro da Ucrânia, unindo Luhansk, Donetsk e as regiões próxima à Crimeia.

Procurem informações sobre a Nova Russia na Internet. Já tem até mapa… desde 2014!

images - 2022-03-03T201844.362.jpeg
Last edited 3 meses atrás by Oráculo
Jacinto
Jacinto
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Este mapa é baseado na população que fala russo. Mas, como eu sempre digo: se esta tese é verdadeira, e este mapa reflete a ambição russa, isso apenas explicita que o temor de que a Ucrânia pode ser usada para atacar a Rússia é falsa. Porque neste mapa, as regiões mais próximas de Moscou – as regiões mais propícias para serem usadas em um ataque à Rússia – permanece ucraniana…

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
Reply to  Jacinto
3 meses atrás
  1. Em todas essas áreas a população fala ucraniano. Existem aqueles que usam o russo como segunda língua, mas o ucraniano é mais falado mesmo nessas áreas
  2. Quem fala russo e não está satisfeito com a autonomia da Ucrânia tem sempre a opção de imigrar para a Rússia ou continuar votando no seu candidato fantoche de Moscou nas próximas eleições
  3. Se formos dividir mapa por idioma ou mesmo etnia, o primeiro território do mundo a ser retalhado é o do Império da Rússia
Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Distração, quer dizer que entrar para NATO é tranquilo.

Nilo
Nilo
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Sim, é possivel, sim uma nação, a Donbass, que são os ucranianos de origem russa que vivem nessa região, se Putin não achar forma de manter a Ucrânia unida sob duas linguas , como pais multicultural russo/ucraniana, pode vir a acontecer, mais não incorporaria a Criméia, ele foi taxativo em dizer que não incorporaria nenhum território atual da Ucrância.

WSilva
WSilva
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

O custo até agora tem sido alto para a Rússia apenas querer essas áreas. Uma vez com o dano a economia russa consolidado a Rússia precisa ir até o fim e controlar toda a Ucrânia. A Rússia até pode anexar a Ucrânia e depois negociar essa parte territorial mostrada no mapa como condição para o ocidente suspender todas as sanções impostas. A Rússia ainda pode permitir que a outra metade ucraniana faça parte da Otan e entre na UE. Esse ainda pode ser o plano B da Russia caso controle toda a Ucrânia mas tenha dificuldade de controlar a população… Read more »

Augusto
Augusto
Reply to  Oráculo
3 meses atrás

Faz sentido Oraculo, também já cogitei isso. E os maiores ganhos dos russos foram exatamente no fronte sul.

Se a Ucrânia perder o sul, será uma catástrofe para eles (vão perder a saída para o mar e uma grande fonte de recursos), e com isso eles estarão completamente cercados em caso de acontecer um novo conflito.

A posição estratégica russa vai melhorar bastante com a criação de tal estado vassalo.

Nilo
Nilo
Reply to  MBK
3 meses atrás

Na guerra de Donbass, os separatista usaram a tatica como eles chamavam de caldeirão, recuavam, esperavam o avanço do inimigo, para cerca-los, em Kiev é ao contrário, avança por um dos lados, deixando espaço para fuga, com isso evitar baixas de civis e soldados do exercito regular da Ucrânia, tens razão na análise. Na Síria como vc diz quem fez o trabalho bruto de terra foi os iranianos juntos com exercito do Assad

Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Recuar, esperar o avanço do inimigo e cercar é o que Aníbal fez Canas, na 2ª Guerra Púbica, 2200 anos atrás.

Nilo
Nilo
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

sim e como funciona, 2200 anos depois rsrsrsr

Augusto
Augusto
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Mainstein fazia uso dessa tática com maestria na segunda guerra mundial, e por conhecidencia na própria Ucrânia.

MBK
MBK
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Concordo com você. Em Kyev parece que uma das pernas não chegou a tempo ou não foi desdobrada da frente principal. A questão é saber se isso foi proposital ou involuntário.

Teropode
3 meses atrás

Bobagem , a grande coluna servirá como repositores de combatentes ,, não há necessidade de liquidar a fatura rapidamente , a intenção é desgastar a aliança , conseguir concessões e forçar uma rendição humilhante da Ucrânia ….

MBK
MBK
3 meses atrás

Uma terceira hipótese é que avançaram sobre Kyev, colocando-a como alvo prioritário, o que obrigaria o deslocamento de forças para defendê-la, deixando os outros fronts desguarnecidos.

Paulo Montezuma
3 meses atrás

Ainda bem que o Exército brasileiro tem militares da área de logística do calibre do ex ministro Eduardo Pazuello

Wilson França
Wilson França
Reply to  Paulo Montezuma
3 meses atrás

Hahahahah. Não teriam nem saído da Rússia ainda.

Paulo Montezuma
Reply to  Wilson França
3 meses atrás

Ou então teriam invadido outro país confundindo com a Ucrânia

Slow
Slow
Reply to  Paulo Montezuma
3 meses atrás

??????

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Paulo Montezuma
3 meses atrás

O que faz toda a diferença.

Nilo
Nilo
Reply to  Paulo Montezuma
3 meses atrás

Foi exposto, sua mediocridade não é a do Exercito enquanto institução.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Paulo Montezuma
3 meses atrás

É o que eu falo, o braziu com uma defesa fraca ele não é atacado porque as riquezas naturais são entregues a preço de bananas para o estrangeiro…O pré-sal por exemplo foi vendido a 1% do valor para uma petroleira estrangeira… Mas por aqui propagam o slogan de que o petróleo é nosso, pois se não entregar eles inventam uma guerra no braziu …

Capa Preta
Capa Preta
Reply to  Agressor's
3 meses atrás

Olha o tamanho do Brasil criatura, olha o esforço logístico gigantesco que teriam que fazer para deslocar e manter tropas em combate na longínqua América do Sul em um país onde cabem mais de dez ucranias, observe que nossas maiores cidades industriais estão na costa do Atlântico bem longe das fronteiras terrestres e protegidas por uma muralha natural gigantesca que e a serra do mar, olhe onde fica nossa capital estrategicamente e o tamanho das linhas vuneraveis de suplementos em suas retaguarda que qualquer tropa teria que ter para chegar até ela, olhe também o número de capitais e cidades… Read more »

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  Capa Preta
3 meses atrás

Brasil isolado por bloqueio aéreo, terrestre e naval não teria como repor perdas e suprimentos do estrangeiro. A capacidade industrial seria bombardeada pela supremacia aérea inimiga. A infraestrutura predominantemente rodoviária seria impedida. Sem poder repor armas e munições, com a logística travada e os políticos corruptos, ganhar a população por meio de investimentos locais e fake news vendendo a narrativa deles seria fácil. Restaria uma guerrilha que logo ficaria sem munições. Defesa em profundidade no Brasil nunca acreditei. Estratégia errada e desculpa para não investir em Defesa, principalmente em uma forte força aérea, defesa antiaérea e negação do mar. Para… Read more »

Atirador 33
Atirador 33
3 meses atrás

Não acredito nessa incapacidade operacional da Rússia, se os Russos resolvessem empregar sua a força aérea sem se preocupar com as consequências das sanções, poderia e causar muitos danos para a Ucrânia. Acredito que o isolamento e as sanções impostas pelo ocidente é que estão ditando a evolução do comboio Russo.

Enviar a ordem para a invasão de qualquer nação pelas potências militares é fácil, difícil é lidar com a opinião publica internacional na contabilização dos óbitos de civis, e como é custoso bancar essas aventuras inconsequentes.

Deus proteja os seres humanos dos dois lados do conflito.

Abs

Agnelo
Agnelo
Reply to  Atirador 33
3 meses atrás

Prezado
Empregar a Forca Aérea preocupado com consequências faz parte da equação.
“Se” é conjunção atrapalhativa futurológica.
Ou emprega com as “amarras” ou não emprega.
Dificilmente alguém ignora consequências.
Olha o “se”.
Se fosse assim, China já teria Taiwan, CN já teria CS. Israel teria sido atacado n vezes mais. EUA teria varrido Cuba do mapa.

Mas…. Não tem “se”.

Sds

Nilo
Nilo
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Não existe SE, especulação do 33, dificil ao ocidental entender, Putin determinou que toda ação da máquina de guerra russa deve levar em consideração que a vida dos civis e soldados regulares são uma premissa, mais do que a totalização de resultados imediatos. É uma decisão pragmatica.

Last edited 3 meses atrás by Nilo
Mosczynski
Mosczynski
Reply to  Atirador 33
3 meses atrás

Ja parou para pensar que a Forca Aerea russa nao e’ tudo isso e que provavelmente temem perder mais avioes?
Eles estao atacando predios administrativos, hospitais, residencias e agora atacaram uma usina nuclear.
Nao atacaram porque sabem que as perdas podem ser altas.

rdx
rdx
3 meses atrás

Principais fatores:
1.Lama do degelo dificultando o emprego de veículo sobre rodas em terreno off-road;
2.Incapacidade de conquistar a superioridade aérea;
3.Erro de avaliação da moral ucraniana;
4.Deficiência logística;
5.Resistência ucraniana;
6.Efetivo insuficiente (190 mil soldados para enfrentar centenas de milhares e ocupar o segundo país da Europa em território?). Sun Tzu ensinou que para cercar o inimigo é necessário ter 10x mais tropas que o inimigo;
Os fatores 4, 5 e 6 têm relação com o fator 3.

Ten Murphy
Ten Murphy
Reply to  rdx
3 meses atrás

Sun Tzu falou 5x pode cercar. Mas considere que a tecnologia vale números de efetivos. 1 rainha vale quantos peões? 1 Torre ou Bispo, 1 cavalo. Entende? Mais vale 1 Nuke na mão que 1.000 Tomahawks e Kalibrs voando. 50 mil soldados vencem 1 milhão se os 50 usarem metralhadoras e o 1 milhão usar espadas e lanças. Portanto leiamos Sun Tzu com ressalvas e adaptações.

Rafa_Positronn
Rafa_Positronn
3 meses atrás

Sabem o que é mais tragicômico ? Ucrânia não tem mais força aérea Ucrania não tem mais marinha Ucrania não tem mais um exercito regular Ucrania não tem mais infraestrutura militar nenhuma Todo dia o país é alvejado por misseis em alvos militares Os russos controlam boa parte do país E TODO DIA eu recebo video das forças especiais Chechenas mostrando a apreensão de material militar cedido pelo ocidente para os Ucronazis E mesmo assim, ainda tem canal no Youtube que faz video com o titulo: “Quem está ganhando a guerra” Tenha Santa Paciencia viu Se vocês acessarem os canais… Read more »

Alexandre ziviani
Alexandre ziviani
Reply to  Rafa_Positronn
3 meses atrás

Acabei de ver uma filmagem de dentro de um deposito de armas ucraniano capturado abarrotado de TAR21 Tavor e NLAW…

Oráculo
Oráculo
Reply to  Rafa_Positronn
3 meses atrás

Isso é verdade.

Os canais do Telegram estão dando um show na “transmissão” da guerra.

Tanto os canais russos como os ucranianos.

O que está acontecendo lá é completamente diferente do que sai na mídia, inclusive na mídia russa.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Rafa_Positronn
3 meses atrás

Se “Ucrania não tem mais um exercito regular Ucrania não tem mais infraestrutura militar nenhuma Todo dia o país é alvejado por misseis em alvos militares” porque os russos não estão em Kiev ainda?

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Posição favorável na mesa de negociações.

Last edited 3 meses atrás by Vinicius Momesso
Jacinto
Jacinto
Reply to  Vinicius Momesso
3 meses atrás

Se entrar em Kiev não é ainda mais favorável?

Nilo
Nilo
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Não, não é favoravel, colocaria civis em risco, a mortandade de civis exposta em redes sociais e a Rússia como figura do mal, é tudo o que Biden esta querendo, quanto mais mortande de crianças mulheres melhor a esse velho senil.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Se não é favorável, então porque tentaram entrar em Kiev no começo da invasão?

Nilo
Nilo
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

tentar? é vou experimentar e ver o que é que vai acontece. Entrar em Kiev, uma cidade densamente povoada e urbanizada sem causar a mortandade e destruição como aconteceu em cidades na Síria, é um fator limitante para uma máquina de guerra, é como sair de um carro 2.0 e ir para um 0,80 – Gurgel e pior vc não está indo a um passeio.

Last edited 3 meses atrás by Nilo
Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Eu não escrevi “tentar”, eu escrevi “tentaram” – no passado. Os russos tentaram entrar em Kiev acho que na 2ª ou 3ª noite. Estavam combatendo próximo ao zoológico da cidade e foram repelidos.

Nilo
Nilo
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Quais soldados, de qual batalhão foi usado?, que tipo de armas?, que tipo de veículo blindado?, foram repelidos pela capacidade destrutiva do inimigo? então a Rússia não tem batalhão com homens e equipamentos capaz de dizimar as forças ucranianas instaladas em Kiev? Onde esta a força aérea, os bombardeiros, as misseis de precisão? onde esta as peças de artilharia de 203 milímetros? o Globo…..”Pode parecer paradoxal, mas nem Putin quer uma guerra sangrenta…” Porque Zelensky não fugiu? porque continua a achar espaço para negociar sabendo ele mesmo que não é capaz de negociar (só esta ganhado tempo da cavalaria esta chegando… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Nilo
Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Acho que agora você está em estado de negação.

EDUARDO FREITAS DUARTE
3 meses atrás

Aguardando e fornecendo uma chance para negociar, afinal só irão tomar se todas as tentativas de negociação falharem, isso é moeda de troca! Ele não pretende destruir a Ucrânia, se entrar na cidade, o confronto pode ruir muita coisa!

Agressor's
Agressor's
3 meses atrás

Sugestão de postagem: poderiam informar sobre os negócios do filho do “Joe Bidê” com a Ucrânia. E a escassez de informações sobre isso….

sub urbano
sub urbano
3 meses atrás

Será? kkk Fato é que hoje os russos conseguiram uma importante cabeça de ponte no sul da Ucrânia à leste de Odessa e a oeste do rio dnipro e tem 4 divisões lá… o envelope pode ser muito maior que o esperado com as tropas russas cercando os ucranianos à oeste do rio dnipro em um eixo partindo do sul e ao norte com as tropas que agora estão cercando Kiev. Não da pra saber (o objetivo deve ser esse mesmo) mas se for isso é uma área do tamanho da França. O esperado desembarque anfíbio em Odessa então, que… Read more »

XFF
XFF
3 meses atrás

FONTE: BBC.com…

Drear123
Drear123
3 meses atrás

Parece também que eles estão com problemas para alimentar a tropa, já a vídeos que mostram soldados russos saqueando supermacados e até filmagem de alguns soldados saqueando banco,as coisas tendem a piorar com embargo econômico que a cada dia que passa os russos torram suas reservas financeiras pra uma guerra que até agora não vi nenhum retorno econômico pra Russia.

Reinaldo Deprera
Reinaldo Deprera
3 meses atrás

Parece que atolamento é uma característica da região. Não dá muito para culpar os russos por isso não. A Ucrânia tem talvez o solo mais fértil do mundo. Esse solo, com o degelo do fim do inverno, vira uma lama negra, rica em material orgânico (folhas em decomposição) e minerais.
Na Segunda Guerra aconteceu o mesmo.

Fabrízio
Fabrízio
3 meses atrás

Triste ler uma análise dessa. Mais triste ainda alguns comentários. Infinitamente triste ver a repercussão feita pelos EUA, que “se enganam” ou tentam enganar os leigos ou fanáticos com essas análises amadoras. Crer que a Rússia está com o moral baixo, que a Ucrânia tem alguma chance de resistir, que a Rússia não tem controle do espaço aéreo, é o mesmo que acreditar no “Fantasma de Kiev” – a maior balela criada nessa guerra. Qual seria o problema de logística? Não apontam sequer um. O modal russo é o ferroviário e está funcionando bem. A coluna estacionada em Kiev tem… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Fabrízio
Nilo
Nilo
Reply to  Fabrízio
3 meses atrás

O que é visto como fragilidade pode tambbém ser visto como demonstração de força, são Kms e Kms de material e soldados expostos a dias sem cobertura visivel de proteção de caças, drones ou helis.

Fabricio Lustosa
Reply to  Fabrízio
3 meses atrás

Cara, fontes do próprio EB relatam que dos 24 drones turcos dados para a Ucrânia 15 já foram derrubados, e a própria realidade, a lógica, demonstra q essa imensa coluna parada é alvo fácil. Fácil se: 1- a Ucrânia tivesse ainda uma força aérea operacional e com capacidade; 2- se os russos não tivessem todo tipo de armamento antiaéreo protegendo a coluna; 3- se os russos não tivessem superioridade aérea, fato comprovado quando o próprio zelenski implorou para a OTAN ao menos decretar zona de exclusão aérea; 4- se a Ucrânia tivesse um mínimo de artilharia de longo alcance, fato… Read more »

seuzénétiuôrqui
seuzénétiuôrqui
3 meses atrás

A usina de fabricar picaretagem dos EUA continua funcionando à todo vapor e um monte de gente acreditando nisso ou fingindo acreditar e outro tanto de pessoas sem noção, ajudando a espalhar essas fakes, as mais id@@t@@ possíveis. Kiev está cercada, Os russos não irão bombardea-la pois isso causaria destruição e eles não querem isso. Esperam poder ocupa-lá quase intacta para entrega-la ao novo governo, Aliás já se sabe que na verdade a Rússia quer toda a Ucrânia e quiçá a Moldávia também, Os nacionalistas ucranianos impedem a saída da população e instalam armas pesadas em bairros residenciais, entrar com… Read more »

Agressor's
Agressor's
Reply to  seuzénétiuôrqui
3 meses atrás

A Azov tem o símbolo que lembra um certo símbolo alemão antigo…A mídia ocidental só vê um lado. Bem democrático!

Roberto SC
Roberto SC
3 meses atrás

Falta de combustível… basta lembrar que é inverno no hemisfério norte. Não sei se foi aqui que vi 12 tanques literalmente atolados, sendo rebocados por tratores. Que o diga Napoleão e os Nazistas vitimas do inverno Russo – Informes e analises do exercito dão conta de sérios problemas logísticos.

Last edited 3 meses atrás by Roberto SC
Fish
Fish
3 meses atrás

Os ucranianos tem os Bayraktar, inclusive receberam mais e estão operando. Se não atacaram essa coluna que não se move a 3 dias, a SBU deve saber que ela pode ser de blindados e caminhões infláveis, uma cortina de fumaça.

pedroctba
pedroctba
Reply to  Fish
3 meses atrás

Ja derrubaram um monte desses “stukas” para seu governo, seja com interceptadores ou AAA, fora os destruidos no solo.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  pedroctba
3 meses atrás

Faz dias já que não se houve falar ataques com esse VANT. Pela primeira vez desde o início do conflito, o Ministério da Defesa russa soltou um video mostrando um ataque de seus drones.

Max
Max
3 meses atrás

Achar que um país do tamanho da Rússia, vai passar trabalho com logística para percorrer 80km, só pode ser piada.

Enquanto Ucrânia​ olha pra fila parada, está perdendo a saída ao mar. Terá sua economia abalada. Não fará diferença se vai entrar na UE ou não.

Entrar em Kiev seria dor de cabeça pra Rússia. Como capital do que sobrar da Ucrânia, é extremamente vulnerável. Fica a “tiro de fuzil” de Belarus.

Mosczynski
Mosczynski
Reply to  Max
3 meses atrás

Acho que voce esta um pouco atrasado em seu pensamento. A Russia esta tendo problemas logisticos.
Estamos no 9 dia e nao tomaram Kyiv.

Nilo
Nilo
3 meses atrás

É inacreditavel as premissas em que se baseia as redes de comunicação ocidental para tornar Rússia um país coadjuvante, um imaturo, sem experiencia de guerra, a Rússia com toda a eficiencia que mostrou no conflito da Síria e com aprendizados anteriores a guerra napoleonica, primeira e segunda guerra, segundo nosso julgo, é um pais comandado por um bobão, apesar de estar sobre o comando de alguem que literalmente salvou a Rússia da fragmentação, a opção que nos resta é viver no mundo da mentiras, como brasileiro, como já foi dito, me enoja o fato de colocarmos interesse seja da Rússia… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Nilo
Fabricio Lustosa
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Perfeito, exceto na penúltima linha “(…) nós ocidentais (…)”: América Latina não é ocidente, e isso, inclusive, para os próprios ditos ocidentais EUA Canadá e Europa que inclusive criaram essa acepção.

Augusto
Augusto
3 meses atrás

Realmente uma falha muito grande dos Russos em não avançar uma uma coluna dessa magnitude. A própria coluna em si já e uma forma de avaliar o nível de profissionalismo das forças terrestres russas. Se eles tivessem enfrentando uma outra potência eles poderiam sofrer uma derrota catastrófica.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Augusto
3 meses atrás

Highway of death?

Augusto
Augusto
Reply to  Jacinto
3 meses atrás

Acho que seria ate pior, seria um massacre. Os russos devem estar muito confiantes de sua superioridade aérea para avançar dessa forma. Imagina se a Otan consegue colocar um monte de drones nas forças ucranianas e os mesmos fizessem uma ataque massivo até saturar as defesas da coluna, seria devastador para os Russos.

Sem contar o fator logístico, pois concentrar tamanho poderio em um local só estrangularia a cadeia logística (que é o que parece que está acontecendo)

IBIZ
IBIZ
3 meses atrás

Alguns generais russos vão ficar desempregados antes dessa guerra acabar! Kkkkkk

Mosczynski
Mosczynski
Reply to  IBIZ
3 meses atrás

Um ja perdeu a vida: General Andrei Sukhovetsky.

Capa Preta
Capa Preta
3 meses atrás

Os caras atiraram em a usina nuclear. Uma p#$@ de uma usina nuclear três vezes maior que Chernobyl…se isso não e sinal de pararem essa loucura não sei mais o que seria…

Augusto
Augusto
Reply to  Capa Preta
3 meses atrás

Acho que para todos os lados Capa Preta. Parece que do outro lado também estão levando tudo na brincadeira. O comediante querendo transformar um conflito regional em guerra generalizada entre Otan x Rússia, o velho senil achando que os russos estão brincando em usar armas nucleares. Ambos os lados precisam urgentemente parar e ter uma conversa seria antes que tudo isso se torne uma catástrofe.

Todos os lados terão que perder alguma coisa para poder resolver essa situação, o que não pode acontecer e escalar ainda mais a confrontação.

Antonio Cançado
3 meses atrás

Anteontem vi um video de uma coluna blindada parada na estrada por falta de combustível.

Antonio Palhares
Antonio Palhares
3 meses atrás

A resposta está na entrevista do Putin ontem.

Rafaelsrs
Rafaelsrs