quinta-feira, junho 30, 2022

Saab RBS 70NG

Relatório da situação da Ucrânia – 19 de abril

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Clique no mapa para ampliar

Na frente ocidental:

  • bombardeios nos arredores de kyiv e
    perto de Lviv.

Na frente leste:

  • intensificação dos bombardeios russos
    no Donbass;
  • início da ofensiva russa nos setores
    de Izium, Severodonetsk e Donetsk.

Mariupol:

  • continuação dos combates em torno do último
    bolsões de resistência ucraniana.

Na frente sul:

  • início da ofensiva russa na região de
    Zaporizhia.

FONTE: Ministère des Armées

- Advertisement -

28 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Casemiro
Casemiro
2 meses atrás

Em Zaporizhzhya, os russos estão chegando na ‘altura’ da Capital da província pelo leste.

Diogo de Araujo
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Casemiro sua forma de se expressar lembra muito o antoniokings

Ze das couve
Ze das couve
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Tá feia a coisa para os russos. E cada dia que passa fica mais feia ainda.

Augusto
Augusto
Reply to  Ze das couve
2 meses atrás

Pros Ucranianos também, a Rússia está deixando muito a desejar nessa “operação especial”, mas pros ucranianos não está nada bom também, boa parte do seu pais está devastado pela guerra, e mesmo com todas as atrapalhadas no começo, dificilmente os ucranianos irão conseguir impedir a ofensiva russa na região.

Essa guerra foi um tragédia para ambos os lados.

Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
2 meses atrás

A maior batalha na Europa desde a segunda guerra mundial começou, agora só nos restas saber o que vai sobrar depois q ela acabar.

Last edited 2 meses atrás by Plinio Carvalho
Nick
Nick
Reply to  Plinio Carvalho
2 meses atrás

Se for pesar o tamanho dos oponentes, a Russia esmaga as FA’s ucranianas.
Mas sempre existe o imponderável, lembrando que os ucranianos estão lutando pela soberania e mesmo existência da sua nação e os russos pelos desejos de imperialismo do Putin.

Vamos aguardar esses próximos dias, se não ganhar rápido Putin pode apelar para algo mais drástico para dobrar a resistência ucraniana, como o uso de Nukes táticos, por exemplo.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Nick
2 meses atrás

“Se for pesar o tamanho dos oponentes, a Russia esmaga as FA’s ucranianas.” Nick, na teoria tudo é bonito, mas na prática…Na teoria e na minha opinião, a Rússia chegaria na Ucrânia bombardeando tudo, fazendo uma “limpa” na capacidade militar ucrâniana, mas, por algum motivo ou incompetência a Rússia não fez isso, inclusive só foram bombardear aquela fábrica de mísseis depois que os ucrânianos afundaram aquele navio russo, isso era para ser feito nas primeiras horas dos primeiros ataques! Mas, como você mesmo pontuou, sempre existe o imponderável já que os ucrânianos estão lutando pela sua soberania e em uma… Read more »

Casemiro
Casemiro
Reply to  Plinio Carvalho
2 meses atrás

Torskie caiu.
Russos chegam a Lyman.

Fabricio Lustosa
2 meses atrás

Zelenski afirmou q mais de 300 alvos foram atingidos só ontem. O próprio presidente falou isso. E uma galera aq falando q os russos estavam ficando sem mísseis, sem combustível, sem munição e etc. Calma meu povo, calma.

Fabricio Lustosa
Reply to  Fabricio Lustosa
2 meses atrás

Pois é, e nós que pelejamos para ver alguma notícia crível nesse conflito temos que verificar, analisar e comparar os dados para chegar a alguma realidade. Isso pq é patético o que essa imprensa mainstream mostra dessa guerra, a brasileira, para variar, importa as notícias enlatadas, e a imprensa mainstream internacional inaugurou uma frente avassaladora de combate à Rússia. Daí para frente a realidade conta a história, no mais os prognósticos factuais indicam que as baixas ucranianas devem ser algo em torno de 10 vezes, se não bem mais, o que o puppet Zelenski disse.

Fabricio Lustosa
Reply to  Fabricio Lustosa
2 meses atrás

A propósito, (Z) elensky foi demais kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Fabricio Lustosa
2 meses atrás

A sua análise não considerou o fato de que os russos estavam em diversas frentes e agora se limitaram a uma área possível de conquistar, pois Kiev era um objetivo alto demais para a quantidade de tropas russas empregadas. Ademais, o que fora falado era a quantidade de mísseis de cruzeiro, sabendo que estes como em todos os países tem limite. Aliás, já que é para tecer comentários tendenciosos, ao meu ver o (Z) lensky esta em situação confortável ! Se ele negociar os territórios que já estão em posse russa e todo Donbas ele ainda teria um país forte.… Read more »

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Guilherme Leite
2 meses atrás

Olha, vimos o desempenho do nosso presidente durante a pandemia, isso é uma postura fraca, a do presidente ucraniano foi determinante nesta guerra até o momento ! Falemos de esperança, de reviravolta, em Kiev, Irpin, Bucha e diversas outras cidades que “teoricamente” não tinham mais salvação. A verdade é que os ucranianos não tem nada a perder pois destruíram o povo, casa, bairro, cidade deles! Assim foi com o imperialismo americano no oriente médio. Nós criamos a retórica de que um lado é bonzinho e o outro é malvadão, mas existem dois polos imperialistas e uma força mais fraca no… Read more »

Professor
Professor
Reply to  Guilherme Leite
2 meses atrás

Vc entregaria de mão beijada ao inimigo um quinto do seu país??? Se ele fizer isto será assassinado assim que sair na rua….

Augusto
Augusto
Reply to  Professor
2 meses atrás

Mas os ucranianos tiveram 8 anos para se preparem adequadamente, e só agora que boa parte do pais está ocupado e que estão se preparando. Se não se preparam, deveriam ter negociado antes da invasão. Talvez ainda conseguissem manter Donbass como zona autônoma (igual era a Crimeia), mas teriam que reconhecer a soberania russa sobre a Crimeia e o não alinhamento com a Otan.

Era isso, ou se armar até os dentes e esperar a tempestade chegar. Mas o povo ucraniano escolheu colocar um comediante como presidente (ainda capacho de Washington para piorar), o resultado acabou sendo esse.

Augusto
Augusto
Reply to  Guilherme Leite
2 meses atrás

Ele voltou atrás nas demandas sobre Donbass, pois seus patrões em Washington assim o quiseram. Ainda da pra lucrar bastante nessa tragédia.

A situação para os ucranianos, infelizmente ainda continua sombria.

Augusto
Augusto
Reply to  Fabricio Lustosa
2 meses atrás

Talvez o “Açougueiro de Damasco” esteja fazendo a diferença agora. Veremos o que um comando centralizado nas mãos de um profissional pode fazer.

Putin cometeu um erro enorme ao não entregar o comando unificado da tal operação especial nas mãos de um especialista.

Faltou um bom planejamento na primeira fase da invasão e creio que o maior culpado disso foi o próprio Putin.

Casemiro
Casemiro
2 meses atrás

A estratégica cidade de Kremenaya (Kreminna) em Lugansk caiu para os russos.

Elisandro
Elisandro
2 meses atrás

Pelas imagens disponíveis, o uso de artilharia pelos russos está mais intenso nesta fase. Além disso, cerca de 1200 alvos na Ucrânia teriam sido impactados por ataques aéreos russos. Também são reportados ataques contra uma vila russa na fronteira com a Ucrânia. Os russos anteriormente responderam que bombardeariam os centros de comando políticos em Kiev como resposta a mais ataques do tipo.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
2 meses atrás

Vexatoria campanha da Russia

Marcos10
Marcos10
2 meses atrás

O objetivo da Rússia era tomar tida a Ucrânia. Fracassou!
Tentou tomar Kiev enviando, por exemplo, a nata do melhor do melhor, que eram os paraquedistas. Fracassou!
A Rússia acumulou tropas no Leste tentando congelar a situação. Os ucranianos tomaram a iniciativa. Assim, a tentativa de congelamento também Fracassou.
Eu achava que Kiev cairia. Não caiu.
Eu Cho que os russos vão ficar com o Leste. Mas só acho!!!

Radagast, o Castanho
Radagast, o Castanho
Reply to  Marcos10
2 meses atrás

Eu também achava, no começo, que apesar da bravura dos Ucranianos a vitória Russa seria inevitável, pois com um exercito menor e menos armado não teria como os Ucranianos levarem essa.

Mas a verdade é que o imponderável tem se tornado a regra nessa guerra e os Ucranianos estão se saindo muito melhor que a encomenda e fazendo bom uso do armamento ocidental que estão recebendo.

Essa guerra tá muito louca… e de loucura eu entendo.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Marcos10
2 meses atrás

Vão se retirar sem capturar nada

Wagner
Wagner
2 meses atrás

Eu acho legal os reports estrangeiros sobre a guerra, apenas dizem o que está acontecendo. Diferente dos reports de um país onde os militares faziam suposições… “Kiev vai cair em 16 dias” kkkkk

sub urbano
sub urbano
2 meses atrás

A pinça que ocorreria com o fracasso das negociações começou (adiantei isso aqui a duas semanas). O eixo de avanço pelo norte se dará pela cidade de Izium, isso ja ficou evidente e até os ucranianos ja reforçaram esse setor. No entanto o sul é uma incognita. Em uma discussão entre gringos seria um avanço da força tarefa sul/crimeia até a cidade de Dnipro. Seria uma area do tamanho do rio de janeiro acho improvável, imagino que pelo sul serão varios eixos de avanço ao classico estilo soviético – como na “Operação Tempestade” dos croatas na guerra da Bósnia.

Zé zinho
Zé zinho
2 meses atrás

Se corretos os informes putin vai tentar eliminar o bolsão de Severodonetsk.

Nilson
Nilson
Reply to  Zé zinho
2 meses atrás

Realmente, observando o mapa, Severodonetsk é uma posição frágil para os ucranianos, por estar na margem oriental do rio. Vamos ver nos próximos dias se essa cidade cai, seria um anúncio de sucesso para a ofensiva russa. Mas também não seria grande ganho territorial, uma cidade a mais, mas ainda tem muito chão pela frente até chegar em Kramatorsk, que tem que ser o objetivo principal, por ser a “capital” ucraniana naquela região.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
2 meses atrás

Para isso eles teriam que tomar Odessa, mas não conseguem nem manter um navio próximo daquela costa !

Por terra eles enfrentariam uma fortificação quase intocável desde o início da guerra e com fácil acesso a material vindo da Romênia.

Esse objetivo é que nem Kiev, fora das garras do urso !

Últimas Notícias

Apresentação sobre Estudos Estratégicos – Prof. Dr. Vitelio Brustolin

O Prof. Dr. Vitelio Brustolin, Professor de Direito Internacional, Organizações Internacionais e Estudos Estratégicos do INEST/UFF e pesquisador da...
- Advertisement -
- Advertisement -