segunda-feira, junho 27, 2022

Saab RBS 70NG

Os próximos movimentos da guerra na Ucrânia

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Por Vitelio Brustolin, PhD

Desde os primeiros movimentos das tropas russas, em 24 de fevereiro, está claro que anexar o litoral da Ucrânia e negar o acesso desta ao mar faz parte da estratégia russa. A recente confirmação desse fato pelo general Rustam Minnekayev, comandante interino do Distrito Militar Central da Rússia, ratifica as nossas análises.

Se conseguir tomar da Ucrânia todo o acesso ao mar, a Rússia poderá manter as suas demandas em níveis elevados. Cerca de 90% dos países que não têm acesso ao mar são pobres. Além disso, as províncias que a Rússia assumidamente pretende ocupar correspondem a 23% do território da Ucrânia. É muita coisa. Não obstante, parte desse território destaca-se entre os mais ricos e produtivos do país, tanto em termos agrícolas, quanto em minerais.

É claro que a defesa ucraniana continuará lutando de forma persistente, afinal, neste momento o país está sem acesso ao Mar de Azov e uma eventual perda do acesso soberano também ao Mar Negro geraria sufocamento geopolítico e econômico.

Se os russos conseguirem tomar Mykolaiv e adjacências – estendendo a ocupação de Kherson a Odessa – conectarão a Transnístria. Segundo o general Minnekayev, essa é exatamente a intenção.

E aqui está um dado pouco abordado até o momento: se isso acontecer, mais um país será envolvido diretamente nesta guerra, a Moldávia. Isso porque a Transnístria está situada dentro das fronteiras internacionalmente reconhecidas como pertences à Moldávia, embora aquela tenha unilateralmente declarado independência em 1990 com a ajuda de tropas russas e cossacas.

Cabe ressaltar que quase ninguém reconhece a independência da Transnístria (nem mesmo a Rússia). Em 1992 a Moldávia tentou retomar o controle sobre a região. O Exército de Guardas da 14ª da ex-União Soviética entrou no conflito, culminando na morte de cerca de 700 pessoas. Um cessar-fogo foi assinado na sequência. Há anos o Conselho da Europa considera esse um conflito congelado.

Em 2003 a Rússia estabeleceu presença militar na Transnístria pelos próximos 20 anos (ou seja, até 2023). Em 2006 foi feito um referendo no local: o resultando foi em prol do afastamento da Moldávia e pela eventual integração à Rússia. Em 2014, após a Rússia anexar a Crimeia, o chefe do parlamento da Transnístria pediu que esta também fosse integrada pela Rússia.

Logo, neste momento não interessa ao Putin nenhuma negociação com a Ucrânia. A Rússia marcha rumo a uma expansão. A não ser que a resistência ucraniana, munida dos novos meios fornecidos pela Otan – que possibilitem, tanto a manutenção da defesa, quanto a operacionalização de contra-ofensivas – seja efetiva, os russos devem marchar pelo litoral até a Transnístria. Dito em uma frase: a guerra na Ucrânia deve se prolongar, tanto no tempo, quanto nos territórios.


Autor: Prof. Dr. Vitelio Brustolin, professor de Direito Internacional, Organizações Internacionais e Estudos Estratégicos do INEST/UFF e pesquisador da Universidade Harvard: https://scholar.harvard.edu/brustolin

FONTE: LinkedIn

- Advertisement -

134 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
134 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
carcara_br
carcara_br
2 meses atrás

Gostei da inversão. É porque se fornece equipamento de guerra e cria condições artificiais de defesa que a ucrânia está sangrando ainda mais e a guerra se prolonga.
O autor é PHD e o melhor que pode pensar em termos de defesa ucraniana é a resistência por meio da destruição do país e da morte e deslocamento de milhões de pessoas, inacreditável, ou diria mal intencionado em relação aos ucranianos.
Mas ao menos fica bonito no currículo né.

Last edited 2 meses atrás by carcara_br
Oseias
Oseias
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

E qual é a opção? aceitar virar colonia de um povo que te considera um “hohol” inferior?

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Oseias
2 meses atrás

Rendição temporária seria a solução, e ações de sabotagem poderiam ser feitas em seguida, quando os russos baixassem a guarda, como fizeram os franceses na segunda guerra mundial.

Rendição nem sempre é vergonhosa, está no livro as 48 leis do poder, a depender das circunstâncias é uma atitude sabia, é o famoso “se não pode vencê-los, junte-se a eles”. Melhor isso do que a aniquilação total.

Gilson Elano
Gilson Elano
Reply to  Inimigo do Estado
2 meses atrás

Rendição pra quem está tendo tudo destruído, é para pessoas covardes, que muito se parecem com a sua estirpe.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Inimigo do Estado
2 meses atrás

Não existe rendição temporária, quando você dobra os joelhos, já era.
Pra se levantar é quase impossível.

tsung
tsung
Reply to  Heinz Guderian
2 meses atrás

a não ser que tu tenha um amigo que de voadora nas costa do atacante

Last edited 2 meses atrás by tsung
Andre
Andre
Reply to  Inimigo do Estado
2 meses atrás

E todos viram o resultado das ações francesas.

A Russia sangra junto com a Ucrânia. Veremos quem tem mais sangue para dar: a Ucrânia com amplo apoio da Otan e seus aliados, ou a Russia isolada, pagando juros de 20%.

Boitatá
Boitatá
Reply to  Inimigo do Estado
2 meses atrás

“Aniquilação total”? Tu Tá dando muita moral para os russos e deve estar um pouco afastado do noticiário tb.

Rogerio
Rogerio
Reply to  Oseias
2 meses atrás

Mais longa a guerra, beneficia só americano, maior vendas das armas

Andre
Andre
Reply to  Rogerio
2 meses atrás

Basta apenas os russos se retirarem das áreas invadidas que a guerra acaba.

Pedro
Pedro
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

Inversão é a sua. Se a vítima não reagir, morre mais rápido, melhor para o agressor. É exatamente essa sua lógica.

Last edited 2 meses atrás by Pedro
carcara_br
carcara_br
Reply to  Pedro
2 meses atrás

Morreram quantos em 2014? A nacionalidade ucraniana é tão fraca, e a proximidade cultural tão grande que eles não garantem a resistência política contra os russos? Olhe a vitória do talibã no afeganistão, é um belo exemplo.
Mas se existe essa fraqueza que diabinho está cutucando os caras pra se matarem… pense….

Last edited 2 meses atrás by carcara_br
Rogerio
Rogerio
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

Os americano vai adorar muito esse guerra, Mais longa possível para e reaquecer os cofres das fabricantes de armas

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

Agora está indo armamento pesado para Ucrânia (Obuseiros, Tanques, veículos táticos, antiaéreos, etc)… Putin está perdendo a “janela” de negociação, achando que pode conseguir mais e mais territórios (bem tipico de Ditadores expansionistas)… Volto a dizer, ou ele negocia agora que já ganhou bastante território ou vai acabar perdendo muito do que já conseguiu… Nem a OTAN e nem os Ucranianos vão permitir ficar sem saída para o mar, pois isso “acaba” geopoliticamente com o país… Putin deve parar agora e reivindicar o que conquistou, sairia ganhando bastante militarmente e poderia futuramente ir “amenizando” as sanções Ocidentais… Se insistir nessa… Read more »

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Nelson Junior
2 meses atrás

Eles falam em Odessa, ontem e hoje estão retomando vilarejos ao redor de Kherson, não conseguem manter uma cidade de 300 mil pessoas, mas querem uma com mais de 1 milhão 🙂

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

Basicamente você pensa que os Ucrânianos são seres inferiores que não devem se opor as forças russas, que os russos não querem matar ucranianos, enquanto isso vemos ucranianos lutando desde o começo em desvantagem, com um adversário quase impossível de se vencer, você precisa de mais nacionalismo do que isso ? Hoje vemos uma Rússia que recuou e muito, que não pensa no seu próprio povo, quiça com o povo ucraniano, outro imperialista, só que do oriente e sem 10% da suas capacidades. O mais lamentável é saber que você milita mas com certeza nao pisaria seus pés por aquelas… Read more »

Lucas
Lucas
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

Então na sua opinião os ucranianos deveriam simplesmente se entregar e não lutar com os russos?
Em que mundo vc vive?

carcara_br
carcara_br
Reply to  Lucas
2 meses atrás

No mundo que eu olho pras fotos de Mariupol e penso em Odessa.

Gilson Elano
Gilson Elano
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

Os covardes, pensam assim!

carcara_br
carcara_br
Reply to  Gilson Elano
2 meses atrás

Os bravos estão sendo enterrados em valas comuns!

Last edited 2 meses atrás by carcara_br
Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

Então se uma superpotência estivesse invadindo o Brasil, matando idosos e bebês e violentando mulheres você simplesmente não revidaria?

Sua família já sabe que não poderão contar com você para protegê-los?

Fico imaginando os 300 de Sparta lendo uma coisa dessas. Devem se revirar em seus túmulos vendo o que a civilização Ocidental se tornou.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Allan Lemos
2 meses atrás

Volto a repetir quantos mortos em 2014? quantas mulheres violentadas?
Revida é diferente de se autodestruir existem outros mecanismos de resistência.

Eduardo Angelo Pasin
Reply to  Gilson Elano
2 meses atrás

Covardes não fracos isso sim

Nemo
Nemo
Reply to  Gilson Elano
2 meses atrás

Antes um lugar na vala comum a submissão!

carcara_br
carcara_br
Reply to  Nemo
2 meses atrás

Quanta clareza de pensamento, olha gostei, acho que vou colocar uma arma bem destrutiva na sua mão.

Alessandro
Alessandro
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

Carcará seguindo a sua lógica

Quando alguém invadir a sua casa dê tudo a ele, carro, chave da casa, a escritura, o seu carro, até a esposa se tiver, e ae vai morar na casa dos parentes e diz que vai aguardar a boa vontade do bandido sair.

Last edited 2 meses atrás by Alessandro
carcara_br
carcara_br
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

Seguindo a sua lógica você toca fogo na sua casa, matam seu filho, envia sua mulher pro exterior pra um polonês tomar conta. Detalhe, a briga é com seu vizinho então ele simplesmente não vai sair de lá.
Portanto meu amigo não simplifique a realidade com analogias toscas .

Alessandro
Alessandro
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

Tocar fogo na minha casa? Não meu amigo, eu vou me armar procurar mais amigos dispostos a me ajudar, retirar minha família das mãos desses criminosos e pegar oq é meu de direito, mesmo que tenha que dar a minha vida pra salvar a dos meus filhos e esposa. É isso que vc não compreende, os ucranianos não tem escolha a não ser LUTAR, pois o Putin já deixou claro que NÃO VAI SAIR e devolver oq é dos ucranianos, e se eles desistirem de lutar sabe oq vai acontecer? abre aspas “ você toca fogo na sua casa, matam seu… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Alessandro
carcara_br
carcara_br
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

Continua insistindo nessa analogia tosca?
Putin deixou kiev quase intacta então é bom sinal pra diplomacia.

Alessandro
Alessandro
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

É tosca pq vc não está na situação deles Carcara Mas para pra pensar só um pouco, quantos soldados ucranianos perderam o contato com seus familiares e amigos que ficaram por exemplo presos em Mariupol, e a Rússia não aceita deixá-los passar para o outro lado. Imagina a sensação de desespero, raiva e angústia por não saber se ainda estão vivos, se a sua mãe, esposa ou irmã estão sendo estupradas por soldados russos, ou se ou seu pai e irmãos foram violentados e mortos. Muito desses soldados ucranianos estão lutando com todas as suas forças contra um gigante pra… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Alessandro
Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

Isso quando ela queria repetir os feitos de 2014, vitória rápida e sem baixas para tornar a Ucrânia um nosso Belarus, agora se ela fizer isso com Kiev, será sancionada pelo resto da sua existência.

Você é um brincador né kkkk

Caerthal
Caerthal
Reply to  Lucas
2 meses atrás

Agora é tarde, não há muito o que fazer. Quando decidiram antagonizar a Rússia, derrubar um governo eleito e hostilizar os falantes da lingua rússia/ortodoxos eles deveriam ter pensado nisso.

Vinicius 023
Vinicius 023
Reply to  Caerthal
2 meses atrás

Mano? Que absurdo é esse? Desonestidade intelectual pura

Caerthal
Caerthal
Reply to  Vinicius 023
2 meses atrás

Como você se sentiria se o Uruguai solicitasse tropas da China, fizesse exigências de remarcação de fronteira com o Brasil e hostilizasse os brasileiros que lá vivem ou têm propriedades?

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Caerthal
2 meses atrás

A Colômbia tem uma profunda cooperação militar com os americanos. O Paraguai já hostilizou várias vezes brasiguaios. A Bolívia nem se fala. Como nos trataram com a Petrobrás. A Argentina tem uma parceira sempre mais próxima com a RPC que nos causará sempre mais prejuízos. #Com o maravilhoso Uruguai temos excelentes relações ,não tem porque solicitar tropas chinesa. Não temos um contencioso territorial; não temos políticas expansionistas, nem queremos anexar regiões que já pertenceram ao império; não suportamos movimentos separatistas; não interferimos diretamente nas política interna deles; não ameaçamos a soberania e incolumidade do Uruguai. Não corrompemos autoridades uruguaianas para… Read more »

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Caerthal
2 meses atrás

O Uruguai nunca faria isso, porque na América do Sul o Brasil age de forma inteligente, ao contrário da Rússia no seu entorno. O Brasil é o “grandão” da região, o maior país em várias dimensões. Isso faz com que naturalmente os países vizinhos tenham receio do Brasil. E o que nós fizemos desde a guerra do Paraguai? Ficamos ameaçando os vizinhos? Não, nós agimos para criar confiança, porque medo eles já têm. Poderíamos ter resolvido todos os nossos conflitos de fronteira por meio das armas, mas apelamos para negociação e arbitragens internacionais, por exemplo. Poderíamos ter feito Itaipú enfiando… Read more »

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  EduardoSP
2 meses atrás

Não precisamos de mais problemas na América do Sul, guerra só causa morte e sofrimento para ambos os lados.

Essa com certeza é a relação internacional mais assertiva, ameaçar nossos vizinhos só os fariam se armar mais e mais e o que não falta são países para financia-los, tanto no Oriente quanto no Ocidente.

Pena que a Rússia não é uma democracia e o velhote de lá ainda sonha com a URSS.

Rayan
Rayan
2 meses atrás

As forças armadas da Transnitria são compostas por 4.500 a 5.500 soldados da ativa (com 15.000 – 20.000 pessoas na reserva) Apoio adicional é fornecido pelo Grupo Operacional das Forças Russas do Exército Russo , baseado na cidade de Cobasna , na Transnístria . A Transnístria está equipada principalmente com equipamentos da era soviética, incluindo o tanque T-64BV. Os veículos de combate de infantaria são o BMP-1 e o BMP-2 com pelo menos 15 em serviço em 2021. Os APCs incluem a família BTR bem como mais de 70 veículos MT-LBs, GT-MU e BTRG-127. Os caminhões são tipicamente pós-soviéticos, Ural-375,… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Rayan
2 meses atrás

Não haverá necessidade de tropas da Transnitria ((seria fagilizar a defesa do território da Transnitria), Odessa será cerca por terra, quem disse que Putin esta com pressa errou, que disse que os russo sairam de Kiev por que pederam a batalha errou, o exercito na frente leste esta sendo empurrada, tropas russas cruzaram a fronteira das regiões de Kharkov e Donetsk, já estão em direção a Izium, em Kherson não tem mais resistencia, o objetivo da segunda etapa da operação deve ser o controle total sobre o Donbass e o sul da Ucrânia. Isso significa que os objetos de “maior… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Nilo
Rayan
Rayan
Reply to  Nilo
2 meses atrás

Sim, por isso citei a característica meramente defensiva das forças situadas na Transnitria.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Nilo
2 meses atrás

Se eles disseram, agora é só você replicar kkkkk

inhóóó inhóóó

Nilo
Nilo
Reply to  Guilherme Leite
2 meses atrás

Comandante Farinazzo: Rússia pode vencer a guerra na Ucrânia, já admite o 1º Ministro Boris Johnson. 
https://www.youtube.com/watch?v=iTHFb4unvzY

Agnelo
Agnelo
Reply to  Nilo
2 meses atrás

Poder…. ate pode…. Consegue manter? O máximo q a Rússia conseguirá fazer, provavelmente, é conquistar essa parcela descrita na mateira. A questão, como estou batendo desde o início, é: conseguirá manter? A Ucrânia “partiu” pra guerra brasilica desde o início. Evita o contato ( no sentido de manter posicoes defensivas até o último homem), realizando emboscadas e emboscadas, em profundidade, consumindo a força e moral russa. Essa situação “gasta menos meios e homens”, além de inquietar e desgastar extremamente o inimigo, pois “não tem lógica” o dispositivo inimigo. Entrando em uma guerra de resistência, em área conquistada por russos, com… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Agnelo
2 meses atrás

Boa noite. Exite uma similaridade histórica e cultural entre a Rússia e Ucrania, que mesmo com todo o trabalho e dinheiro americano investido na europeização da Ucrania desde o Maidan esse ambiente russo dentro da Ucrania ainda persiste, portanto não estamos falando de uma situação como Russia-Afeganistão., EUA-Vietnam, EUA-Iraque. O que não quer Zelensky é que Mariupol ou outras cidades, tomadas pelos russos, tenham o comportamento de aceitação dos russos, os cem mil que ficaram em Mariupol estão voltando a vida normal, isso não pode acontecer, por isso a importancia de uma resistencia simbólica, não militar, porque nada podem fazer… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Nilo
Agnelo
Agnelo
Reply to  Nilo
2 meses atrás

Prezado Concordo q não é tão simples e q a parte da Ucrânia q envolve esta situação é pro-Russia. Mas não é totalidade. Sem dúvida, a situação ucraniana estará bem ruim e, como vc disse, não estão acostumados às agruras de um povo em resistência/dominação, mas ainda acredito q, se a resistência for bem feita, tornará muito difícil a manutenção da área. Medidas de contra-guerrilha em uma área tão grande e por muito tempo é bem difícil de fazer. Se os ucranianos estão visualizando bem a possibilidade, a estrutura já está sendo criada de células, cachês, apoios etc. Acredito q… Read more »

Caerthal
Caerthal
Reply to  Rayan
2 meses atrás

Abrir uma nova e (frágil) frente é idéia de quem nunca entendeu a contribuição italiana para a 2 GM.

Rayan
Rayan
Reply to  Caerthal
2 meses atrás

A teimosia de Mussolini em precipitar a invasão da Albânia e suas falhas primárias no Norte da África são lições na história militar do que não se deve fazer.

Grifon Eagle
Grifon Eagle
2 meses atrás

Aqui na trilogia a torcida é pela Ucrânia, para que a Ucrânia consiga vencer a Rússia e entre no bloco da OTAN.

Henrique
Henrique
Reply to  Grifon Eagle
2 meses atrás

O problema Grifon é justamente as torcidas. Estas, por serem compostas por “torcedores” não conseguem enxergar as nuances de ambos os lados desse conflito. Temos uma fábrica Azovstal onde estão, segundo estimativas, entrincheirados em bunker cerca de 300 militares ou “advisors” da Otan, compostos por americanos, franceses, alemães e dentre outros, também poloneses. Se estes foram capturados será um grande trunfo para os russos e desgaste para aquela organização e, talvez por isso, a Polônia esteja tão empenhada em ser a ponte para fornecimento de armas e meios para a Ucrânia. Protegendo essa turma haviam mais de 4000 membros do… Read more »

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Pois é Henrique, infelizmente os editores daqui da trilogia, torcem pela Ucrânia ao invés de ficarem do lado do Brasil. Eles estão muito mais ”preocupados” com a Ucrânia, do que com os interesses do nosso país. O que acontece naquela guerra, não é problema do Brasil, não obstante, o nosso país optou pela neutralidade quando se pronunciou lá no Conselho de Segurança da ONU, pois o Brasil tem relações comerciais e diplomáticas com os dois países, tanto com a Ucrânia como também com a Rússia. É de se lamentar as ”torcidas” aqui pela Ucrânia e também pela Rússia, ao invés… Read more »

Monarquista
Monarquista
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Meio estranho tua análise: não há mocinhos: Se a Rússia não tivesse invadido, teria guerra? O mocinho e o bandido são bem claros, a menos pra quem tem desvio de caráter; a Europa mais do que ninguém será muito afetada em tudo, principalmente em suas economias, os russos de uma forma ou outra irão conquistar os tais objetivos territoriais mas o custo final disso (seja político, financeiro ou mesmo militar-geopolítico) só saberemos adiante: é sério que os europeus, sem brigar com ninguém, terão a economia afetada e os russos, tomando sanções, perdendo gente e material, só terão seus custos só… Read more »

Henrique
Henrique
Reply to  Monarquista
2 meses atrás

Então vc acredita mesmo no mocinho do Zelensky e sua trupe caro torcedor?.. isso sim é que é um bom desvio de caráter. E quando me refiro a “custo final” (interpretação de texto) para ambos os lados, só saberemos de fato adiante ou o senhor tem bola de cristal e não nos avisou? Então a economia da Europa só irá se fortalecer sem o gás russo e aumentando astronomicamente seus gastos militares por conta de uma nova corrida armamentista? Não precisa ser cientista pra ver as consequências desse conflito. E antes que diga que estou defendendo a Rússia, leia o… Read more »

Monarquista
Monarquista
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Então quer dizer que um país invade outro (livre e soberano) e não há mocinhos?
Quando a China inadiu o Tibet, ambos eram culpados? E quando a Alemanha nazista invadiu a Tchecoslováquia idem?
Cara, tem uma palavra pra quem tenta relativizar isso, mas se eu dizer aqui, talvez seja bloqueado pelo site.
Mas seria de bom tom você pensar realmente nessa bobagem que você escreveu.

Henrique
Henrique
Reply to  Monarquista
2 meses atrás

E quem está “relativizando” o quê? Essa guerra é absurda mas enquanto vc não conseguir cognitivamente entender o que os outros escrevem não adianta.
Tentar comparar situações completamente diferentes com fatores originários de conflitos também diferentes é não entender de geopolítica.

Nilo
Nilo
Reply to  Grifon Eagle
2 meses atrás

Senhora Bolinhos no Brasil: Victoria Nuland chega dia 25 para reuniões no Itamaraty. A bola da vez.
https://www.youtube.com/watch?v=V8LbOYzYXrs

Last edited 2 meses atrás by Nilo
Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Nilo
2 meses atrás

Vem bucha de canhão por aí.

Nunão
Nunão
Reply to  Grifon Eagle
2 meses atrás

Tem torcedor pra todo lado, Grifon. Só olhar com atenção.

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Nunão
2 meses atrás

Sim, exatamente, é isso mesmo o que eu estou falando, tem torcedor da Ucrânia e também da Rússia, o que é lamentável. A trilogia está torcendo para a Ucrânia, enquanto que o nosso país que é a nossa prioridade, optou pela neutralidade, fora que tem gente aqui que está torcendo pela Rússia, ao invés de se preocupar com os interesses do nosso país.

Mensageiro
Mensageiro
Reply to  Grifon Eagle
2 meses atrás

Ucrânia foi invadida e devastada por bombardeiros covardes a prédios civis, vc esperava que alguém com cérebro torcesse pela Rússia?
Que o povo russo faça uma revolução e fuja da ditadura do carniceiro.

Ahhhh e deixa o Itamaraty ou governo ser pragmático. Nós não precisamos 😉

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Mensageiro
2 meses atrás

Nem pela Rússia e nem pela Ucrânia, o Brasil tem boas relações com os dois países, logo, optou pela neutralidade, pelo qual foi o melhor posicionamento. O Brasil é um país pacificador, vide suas participações em Missões de Paz da ONU. O que acontece com o povo russo e sua política interna, não é problema do Brasil. A gente sente muito e lamenta pelo povo ucraniano, mas o Brasil não pode se ”envolver” naquela guerra. Você fala assim como se aqui no Brasil estivesse tudo de boas e com as mil maravilhas. Cai na real cara, aqui no Brasil não… Read more »

Mensageiro
Mensageiro
Reply to  Grifon Eagle
2 meses atrás

Cessar a guerra kkkkkk depois de violarem as mulheres, crianças, matar idosos, usarem bombas de fósforo, destruir toda infraestrutura vc tá maluco. Fala isso pra um Ucrâniano que te dão uma na fuça. Não vão entregar o país pro carniceiro do Kremlin, muitos não tem mais nada a perder e adorariam se sacrificar pelo país ou simplesmente vingança.
Eu torço pra Ucrânia empurrar os russos para suas fronteiras e aí sim a guerra acabar.

Last edited 2 meses atrás by Mensageiro
Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Mensageiro
2 meses atrás

Em uma guerra, infelizmente quem paga é a população civil. A Ucrânia não tem a mínima chance contra a Rússia, fique aí na ilusão de que a Ucrânia vai ”vencer” a guerra, ou ”empurrar” os russos para suas fronteiras. O Zelensky se mostra um incompetente, pois se ele tivesse um pulso firme, ele resistiria as pressões dos EUA e do Reino Unido, e optaria pelo diálogo com a Rússia, a fim de cessar esta guerra, para que mais vidas de civis inocentes, não sejam ceifadas. Eu não torço para a Rússia e nem para a Ucrânia, se eu tiver que… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Grifon Eagle
2 meses atrás

minha torcida é que a guerra acabe.

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Carlos Campos
2 meses atrás

É isso aí!

Augusto
Augusto
Reply to  Carlos Campos
2 meses atrás

A minha também, o mais rápido possível. Guerra inútil, tanto para os russos quanto para os ucranianos. Essa guerra só esta sendo útil para os abutres do partido democrata.

Grifon Eagle
Grifon Eagle
Reply to  Augusto
2 meses atrás

Está sendo útil para os globalistas no geral, tanto para os EUA como também para o Reino Unido e a China.

Esta guerra é tão inútil, que tem países europeus que não querem sancionar a Rússia, não conseguem sancionar a Rússia porque senão levarão prejuízos também, e querem que a guerra cesse de imediato.

MASTRIT
MASTRIT
2 meses atrás

Engraçado é que os russos adotam o discurso de liberdade dos povos mas na Chechenia o papo foi outro … Que falta que faz Wermacht e uma Waffen SS para por esse povo no devido lugar sem dó e sem piedade ..só entendem a linguagem da força…

MASTRIT
MASTRIT
Reply to  MASTRIT
2 meses atrás

Quem acha o contrário vão lá e conversem sem uma espada com o Kremlin ….rsrsrsrs

Casemiro
Casemiro
Reply to  MASTRIT
2 meses atrás

‘Que falta que faz Wermacht e uma Waffen SS para por esse povo no devido lugar sem dó e sem piedade ..’

Já existe isso na Ucrânia.
Chama-se Azov, Aidar, Setor Direita e etc.
Estão sendo devidamente atacados e destruídos no processo de ‘desnazificação’ iniciado pela Rússia.

Pedro
Pedro
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

E o Hitler ta mandando na Rússia…por enquanto

Nemo
Nemo
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Há um problema no seu raciocinio amigo; um grande lider nazista foi esquecido.
Ele vive na russia e lidera o wagner group!

Carlos
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Lá estás tu a engravidar pelos ouvidos e pela propaganda russa. Sabes quem é Dmitry Rogozyn, administrador da Roscosmos e ex-vice 1ºministro russo, apoiante de Putin começou a vida politica como líder do Partido Nacional Bolchevique, mais conhecidos por Nazbois, enquanto na Ucrânia nenhum líder de extrema direita foi eleito, os membros do Batalhão Azov apenas 10% se dizem de extrema direita enquanto 90% se consideram nacionalistas e só mostras ignorância ao colocares todos no mesmo saco. A Rússia perdeu a guerra logo no primeiro dia (24/2/2022) no qual a cada dia que passa fica pior, levando Putin a defender… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Carlos
2 meses atrás

Especialistas em rremoção de tatuagens estão agora em grande demanda nas tropas ucranianas.

em-baixa00.jpg
Last edited 2 meses atrás by Nilo
Nascimento
Nascimento
Reply to  MASTRIT
2 meses atrás
MASTRIT
MASTRIT
Reply to  Nascimento
2 meses atrás

Não sou ” neonazi” se fosse estaria no batalhão Wagner e estaria “libertando” russos igual fez Hitler na Tchecoslovaquia …Sudetos mandou lembranças.

Nascimento
Nascimento
Reply to  MASTRIT
2 meses atrás

Quem sente falta da Wermacht e da Waffen SS é o que?

Sobre o Wagner: Ta tão errado quanto os inúteis do Azov.

Agora pra falar mal do Azov, eu tenho que falar mal da Rússia, e pra falar mal da Rússia eu tenho que falar mal da Ucrânia? Menos princesa, menos. Saia do mundo binário.

Last edited 2 meses atrás by Nascimento
Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Nascimento
2 meses atrás

Tem torcida peruana ( olha o tamanho do absurdo, peruanos, peruanos!) e da argentina que se acham superiores aos brasileiros e frequentemente nos chamam de simios . Então nem os latinos aceitam os brasileiros – 😞😢 fiquei triste, talvez devemos começar uma operação de desnazificação por aqui também . Imagina um babaca eslavo, entupido de b#sta ideologica . Um relato interessante vindo da Rússia : “Outro caso de racismo no futebol russo aconteceu em 2019, com o jogador brasileiro naturalizado russo, Ari, atacante do Krasnodar. O atleta foi alvo de represálias após duas convocações consecutivas para defender a seleção da… Read more »

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
Reply to  MASTRIT
2 meses atrás

É o mesmo discurso quando os EUA inventam de pregar para o mundo o modo de vida americano.

Henrique
Henrique
Reply to  MASTRIT
2 meses atrás

O que falta é o povo daqui parar de idolatrar regimes que se equivalem em crueldade, tortura a negação de direitos políticos e civis.
O Nazismo e Comunismo são regimes nefastos e mesmo a tal “democracia” que os tais “globalistas” mundiais pregam está baseada no controle do estado (mídia e finanças) para o controle e dominação social.
O sequestro cognitivo aplicado por esses regimes formou e continua formando legiões de analfabetos funcionais robotizados e torcedores.

Augusto
Augusto
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Esse cara, depois dessa apologia na cara dura tinha que ser banido aqui da trilogia.

Henrique
Henrique
Reply to  Augusto
1 mês atrás

Tá cheio de poluição e torcida aqui Augusto, isso deixa o debate pobre num espaço tão rico para informação.
Parece que duas guerras mundiais não serviram pra nada para quem não lê história e vem fazer apologia a estes regimes aqui, lamentável.

Nemo
Nemo
Reply to  MASTRIT
2 meses atrás

Discordo sobre a necessidade de brutalizar os russos; pois abre brechas perigosas.
Mas concordo com você e o governador de berlim nos anos sessenta.

Os russos só entendem a força!

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  MASTRIT
2 meses atrás

Evidentemente você só viu a primeira metade da guerra e dormiu na outra.

Last edited 2 meses atrás by Allan Lemos
Augusto
Augusto
Reply to  MASTRIT
2 meses atrás

Cara ai você já passou dos limites, Trilogia, fica de olho nesse cara ai, ele esta fazendo apologia na cara dura. Esse tipo de comentário já passou do limite da liberdade de expressão.

Oseias
Oseias
2 meses atrás

“Cerca de 90% dos países que não têm acesso ao mar são pobres.”

Só um detalhe, 90% dos paises com acesso ao mar tambem são pobres.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Oseias
2 meses atrás

Tendo um pouco de boa vontade interpretativa dá pra entender que a comparação deve ser realizada no entorno. Possuem mais dificuldades em realizar comércio, são privados das riquezas associados a faixa litorânea e por aí vai.

Casemiro
Casemiro
Reply to  carcara_br
2 meses atrás

E Zelensky voltou a se manifestar sobre a situação dos azovitas em Mariupol.
Ele não se conforma com a perda da cidade e o confinamento dos nazis e mercenários na siderúrgica.
Os russos estão atacando e logo só vai restar a esses nazis os subterrâneos.
Logo o que estiver lá vai aparecer.

Em tempo.
Os nazis postaram fotos das condições lá de dentro.
Estão reclamando de falta de comida e remédios.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Os encurralados atacaram a base dos soldados tik tokers, atingiram um prédio com muitos deles dentro.

Eles ainda não conseguiram controlar 100% de Mariupol, mas pensam em tomar Odessa kkkk…. O Almirante do Moskva devia pensar a mesma coisa.

Nilo
Nilo
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Estão presos em uma masmorra, submetendo crianças e mulheres a condições terriveis quando já poderiam os ter liberado, mais isso seria a derrota do que resta do batalhão de Azov.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Nilo
2 meses atrás

Não, são os russos que, repetidamente, desrespeitaram os corredores humanitários, tornando impossível a evacuação de civis.
Respeite, pelo menos, os civis, por favor.

Felipe
Reply to  Satyricon
2 meses atrás

certeza? Os neo-nazi/Azov não? Por que estão presos juntos com eles na Azovstal?

Augusto
Augusto
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Por mim esse neonazistas que morram de fome e depois que queimem no inferno.

O que eu ainda não consigo entender e um eslavo ser simpatizando dessa ideologia nojenta.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
2 meses atrás

O Exército da Moldávia tem capacidade para tomar essa região da Transnitria?
Caso essa região ataque a Ucrânia a partir do outro lado, e a Rússia seguindo pelo outro lado, as tropas Ucranianas poderão ficar encurraladas.
Situação complicada para os Ucranianos.
Eu acho engraçado que toda região que a Rússia quer, automaticamente surgem separatistas querendo um referendo pra se juntar a Rússia.
Só que com a Chechenia que foi o oposto, a Rússia não aceitou isso, e a história nos conhecemos.

Nascimento
Nascimento
Reply to  Heinz Guderian
2 meses atrás

Muito difícil essas unidades da Transnistria avançarem contra a Ucrânia Ocidental, até agora mantiveram-se na defensiva. Os russos não tem logística e nem suporte aéreo ou de artilharia pra aplicar naquele campo tático. Não tiveram nem em Kiev possuindo toda Belarus como aliada, quem dirá ali. Vão manter tudo vindo do leste. As unidades na Transnistria estão ali pra se manterem apenas.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Nascimento
2 meses atrás

Concordo.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Nascimento
2 meses atrás

A Moldávia muito provavelmente deve recorrer aos americanos para possibilitarem a estes o acesso logístico a Odessa, fortificando ainda mais aquela cidade.

Se Mariupol fora difícil dentro do mar de azov, pense como Odesa, 5x maior e mais preparada será.

Para os russos conquistarem aquela cidade, eles precisariam de meses e com as sanções acho difícil conseguirem.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Heinz Guderian
2 meses atrás

o Problema é que se os Russos agirem de dentro da Transnistria iam cercar ainda mais os Ucranianos

Casemiro
Casemiro
2 meses atrás

E a Moldávia está brincando com fogo.
Enviou uma composição ferroviária com combustível para Odessa.
Os russos destruíram os armazéns de estocagem na região.

Casemiro
Casemiro
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Vídeo do que seria a composição ferroviária levando combustível da Moldávia para a cidade ucraniana de Reni.

https://t.me/sashakots/31691

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Parabéns aos russos pela ameaça 🙂

Capa Preta
Capa Preta
Reply to  Casemiro
2 meses atrás

Moldávia brincando com fogo porque? A Moldávia e um país independente e soberano, não deve satisfação alguma a Rússia.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Capa Preta
2 meses atrás

Isso parece bastante prudente da parte deles.

O sujeito que diz isso deve ser o mesmo que reclama quando o Bolsonaro diz que temos que nos preparar para defender militarmente a Amazônia dos EUA e da Europa.

Acho legal ver como a coerência ficou totalmente fora de moda.

Nicolas_SS
Nicolas_SS
2 meses atrás

Logo logo a Rússia pede arrego. Os reforços ucranianos vão comerciar a chegar, do treinamento de militares e de equipamentos… será o fim da Rússia na Ucrânia!

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
2 meses atrás

A Ucrânia poderia ter sido um país próspero.Mas infelizmente seu povo não pode mais voltar no tempo para mudar seu futuro.A Ucrânia hoje seria a Rússia mais a frente no tempo se não tivesse resolvido agora esse problema.

Carvalho
Carvalho
Reply to  Renato de Mello Machado
2 meses atrás

Hein?

Nascimento
Nascimento
Reply to  Carvalho
2 meses atrás

Maconha

Hcosta
Hcosta
Reply to  Renato de Mello Machado
2 meses atrás

Se a Rússia não invadisse a Ucrânia, a própria Rússia, mais tarde, estaria na mesma situação que a Ucrânia está hoje, certo?

A Ucrânia está a lutar para ter um futuro, os Russos estão a lutar por máquinas de lavar e tudo o que puderem saquear e Putin pela sua sobrevivência…

Last edited 2 meses atrás by Hcosta
Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Já foi invadida duas vezes.quer mais?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Renato de Mello Machado
2 meses atrás

Agora a narrativa é de que a Ucrânia ou até a OTAN iria invadir a Rússia?
Até pensei que estivesse a referir a algo mais provável, como uma revolta dos Russos, mas afinal é algo que me ultrapassa…

Mas essa média de ser invadida uma vez em cada 100 anos ainda fica muito longe das inúmeras vezes que a Rússia invadiu outro país…

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Renato de Mello Machado
2 meses atrás

Está acusando a vítima pelo estupro?

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Renato de Mello Machado
2 meses atrás

A Ucrânia poderia ter sido um país próspero.Mas infelizmente seu povo não pode mais voltar no tempo para mudar seu futuro.

Se você não tivesse especificado eu poderia jurar que estava falando do Brasil.

No caso da Ucrânia o problema foram os russos, no do Brasil foram os brasileiros.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
2 meses atrás

O mundo contra o mal, assim se definirá as próximas batalhas.

Luciano
Luciano
2 meses atrás

Os brasileiros falam para ucranianos não se render e morrer mas são os mais covardes. Vários brasileiros voltaram correndo dia combates, Têm vídeo no YouTube sobre. Ficam dentro do quarto pregando a morte do próximo.

Capa Preta
Capa Preta
Reply to  Luciano
2 meses atrás

Fale por você, soldados brasileiros são reverenciados até hoje no norte da Itália pela bravura em combate, e a única vez que uma nação vizinha tento tomar território brasileiro em uma invasão o exército brasileiro revidou e matou quase 70% da população masculina do invasor. Obrigação de brasileiro e defender o Brasil.

Brandão
Reply to  Luciano
2 meses atrás

Não nivele nossos Soldados com palhaços, piruões que foram buscar fama….

Heinz Guderian
Heinz Guderian
2 meses atrás

Atualizações:
Uma grande coluna de veículos civis está tentando deixar Kherson, protestando contra o chamado “referendo”.
Soldados russos não os deixam passar nos postos de bloqueio.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Heinz Guderian
2 meses atrás

Creio que você esteja equivocado, ou não está acompanhando os acontecimentos.
Kherson está dominada pelos russos a algumas semanas.
Perai, o exército ucraniano está matando ucranianos?
QUal a lógica?
Que eu saiba em BUcha, foram descobertos centenas de corpos civis quando os russos bateram em retirada.

Heitor
Heitor
2 meses atrás

Sucessivos erros.. não sei como essa m**dinha de Transnitria (nem o corretor reconhece o nome) existe.. a Moldavia, conjunto com a Romênia, deveria tomar isso e acabar com essas anomalias causadas pela falida Sindicância Soviética

Caerthal
Caerthal
Reply to  Heitor
2 meses atrás

Por que será que não tentaram até agora?

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
2 meses atrás

No começo da guerra, quando a Leila Sterenberg falou sobre a Transnistria, outros apresentadores fizeram troça do nome e local. Afinal, a esquisita Transnistria tem papel importante no drama. Aliás, igualmente no começo da guerra, um militar americano desenhou no mapa da CNN que Putin uniria o Donbas (em inglês, tem-se omitido o segundo esse) com a Criméia: acertou na mosca. Tá chata esse guerrinha…

João Adaime
João Adaime
2 meses atrás

Já passou da hora dos capacetes azuis entrarem em ação. Mesmo com o veto da Rússia.
Afinal, temos ONU ou não?
Não falo isso por mim, mas pelas mães russas e ucranianas que não verão mais seus filhos, de filhos que não verão mais seus pais, esposas que não verão mais seus maridos, maridos que não verão mais suas esposas, enfim, das milhares de pessoas que perderam para sempre familiares e amigos.
Sonho meu, sonho meu…

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  João Adaime
2 meses atrás

Seria interessante intervirem na Russia e depor democraticamente o Putin

João Adaime
João Adaime
Reply to  Pablo Maroka
2 meses atrás

Caro Pablo
Este não seria o papel das forças de paz.
Os capacetes azuis seriam apenas um amortecedor entre os dois litigiantes. Haveria um cessar fogo, com cada um mantendo a posição atual. Os tiros dariam lugar a negociações. O importante seria pararem as mortes e destruições.
A “briga” ficaria apenas na mesa de negociações.
Mas como eu disse, sonho meu, sonho meu…..

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Pablo Maroka
2 meses atrás

Depor democraticamente ? kkkkkkkkk

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  João Adaime
2 meses atrás

se a Rússia tem veto, então é melhor é melhor usar outro capacete de outra cor kkkk

João Adaime
João Adaime
Reply to  Carlos Campos
2 meses atrás

Prezado Carlos
Dias antes do início da invasão, quando a Rússia empilhava forças na fronteira mas negava qualquer agressão, alguém da União Européia ameaçou com sanções enérgicas.
Na ocasião eu escrevi aqui que “sanções enérgicas” seria deslocar 100 mil soldados para a Ucrânia e dizer ao russos:
-Venham.
Tenho certeza de que a invasão não ocorreria. Agora o leite derramou e não tem cor de capacete que evite a mortandade.
Abraço

Hcosta
Hcosta
Reply to  João Adaime
2 meses atrás

Acho que foi e ainda é o que Putin quer. Assim dava legitimidade à narrativa de que a OTAN é uma ameaça para as suas fronteiras em vez da desnazificação e outras muito duvidosas…

E o resultado seria algo semelhante das Coreias, Chipre, etc… e ir de encontro ao objetivo de Putin de enfraquecer a Ucrânia e provavelmente sem tantos custos militares.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  João Adaime
2 meses atrás

meu comentário é mais sobre o circo que é a ONU, se vão desrespeitar a Rússia que seja fora do ONU. tem o caso do Yemen que a ONU reconhece como uma das piores catástrofes das últimas décadas em que os sauditas nem comida deixam entrar direito no país, e a merd@ da ONU não faz nada para punir as monarquias árabes, os EUA não embargam o petróleo saudita, emiradense etc, muito menos os Europeus.

João Adaime
João Adaime
Reply to  Carlos Campos
2 meses atrás

Agora entendi.
Concordo contigo.

Caerthal
Caerthal
2 meses atrás

Acho que a real intenção da Rússia é o de tomar ou tornar independente os territórios a leste do rio Dnieper. A simples possibilidade de conquista de Odessa, o que daria aos russos posição de muita força, talvez obrigue as forças ucranianas no leste a recuar para assegurar uma vital saída para o mar.

Acredito que a tomada de Odessa somente ocorreria se a defesa ucraniana desmoronar.

Boitatá
Boitatá
Reply to  Caerthal
2 meses atrás

A essa altura, deve ter é muito míssil anti-navio guarnecendo Odessa. Além de minas e muito artilharia antiaérea. Os ucranianos não vão afrouxar a defesa nem lá, nem em Kiev.

As armas da Otan já devem estar chegando também para a Moldávia há mais de mês…

Caerthal
Caerthal
Reply to  Boitatá
2 meses atrás

Não será um lugar fácil de ser conquistado, nem sabemos ao certo se o plano russo realmente contempla esse objetivo. O objetivo pode ser o de neutralizar o seu uso como porta de entrada/saída, imobilizar grandes formações ou mesmo tirar o foco do inimigo.

Zé zinho
Zé zinho
2 meses atrás

O profexô comuna nem te ligo para tomada de território de outro país pela força por parte do ditador do kremlin!

Maurício Bart
Maurício Bart
Reply to  Zé zinho
2 meses atrás

Primeiro, ele leciona Estratégia para oficiais do Exército brasileiro. Segundo, comuna deve ser você, que não leu o texto (ou retardado, porque não o entendeu).

Últimas Notícias

Stoltenberg: Diálogo amplo entre Rússia e OTAN não é mais possível

BRUXELAS, 27 de junho. /TASS/. A Otan e a Rússia devem preservar as linhas de comunicação, mas um amplo...
- Advertisement -
- Advertisement -