quarta-feira, dezembro 7, 2022

Saab RBS 70NG

Afinal de contas, o batalhão Azov é nazista?

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Em entrevista com o historiador israelense Yacheslav Lykhachov sobre a controversa unidade do Exército Ucraniano conhecida como Batalhão Azov inicialmente publicada pelo site Center for Civil Liberties em 3 de abril de 2022.

1. O regimento / brigada / batalhão Azov é “neo-nazista”?

Estou acostumado a responder perguntas sobre o Regimento Azov de jornalistas estrangeiros de vários países, da Índia ao Brasil, quase todos os dias. Agora, tendo como pano de fundo a terrível crise humanitária em Mariupol, a cidade que está sendo heroicamente defendida pelos soldados Azov, comecei a reagir com bastante emoção à pergunta: “Então, até que ponto Azov é realmente uma ameaça?”

As perguntas sobre Azov vêm de quase todos os jornalistas e especialistas políticos ocidentais. No entanto, apenas alguns deles podem articular qual é exatamente o problema e de onde vêm as razões para tal preocupação.

Na maioria das vezes, os jornalistas se referem ao plano oficial russo de “ desnazificação ” que menciona o grupo Azov em particular. Mas é insano subscrever todos os truques da propaganda russa – como a história sobre supostos laboratórios biológicos ucranianos produzindo armas biológicas que podem atingir exclusivamente russos étnicos. Além disso, até o Ministro das Relações Exteriores da Rússia afirma que a Rússia não atacou a Ucrânia.

O público ocidental deveria se acostumar com a ideia de que a Rússia e seus funcionários estão constantemente mentindo toda vez que abrem a boca.

Aqui está o fato: o Regimento Azov é uma das unidades da Guarda Nacional Ucraniana, que está protegendo os civis de Mariupol do extermínio agora.

Então, a resposta curta para a pergunta sobre “azov nazistas” é: não, Azov não é um regimento neonazista.

2. Todos os membros do regimento são neonazistas?

Não, eles não são. Não há unidades criadas com base na ideologia entre a Guarda Nacional Ucraniana, nem entre as Forças Armadas da Ucrânia. A única ideologia possível de qualquer unidade da Guarda Nacional da Ucrânia é o Estatuto Disciplinar. Entre outras regras, estabelece a obrigação de respeitar os direitos humanos, a honra e a dignidade” e “abster-se de expressões e ações que possam violar os direitos humanos ou humilhar a honra e a dignidade de uma pessoa.

Havia alguns indivíduos com antecedentes neonazistas e visões de extrema direita entre as pessoas que fundaram o Batalhão Azov no início de 2014, embora nem todos os fundadores tivessem esse histórico.

Por exemplo, entre os primeiros membros do Azov havia ativistas dos grupos de voluntários AutoMaidan e muitos judeus (incluindo pelo menos um cidadão israelense). A maioria dos soldados com formação de extrema-direita deixou o regimento no final de 2014. O restante dos radicais de extrema-direita que articularam claramente suas opiniões foram dispensados ​​em 2017 por ordem dos novos comandantes do Regimento.

A partir de hoje, não há absolutamente nenhuma base para acusações de que neonazistas servem no Regimento Azov.

3. É uma estrutura paramilitar ou oficial?
Azov é uma força-tarefa especial da Guarda Nacional da Ucrânia (unidade militar #3057), um regimento oficial do governo sob o comando do Ministério de Assuntos Internos da Ucrânia. Seria errado chamá-lo de “milícia”, o termo que ainda é amplamente usado em relação a Azov.

4. Quem serve em Azov?
Pessoas que estão dispostas a defender sua pátria e os ucranianos e que passaram no processo seletivo (Azov tem o benefício de poder escolher, pois há muitas pessoas que gostariam de se juntar às suas fileiras).

Existem pessoas de diferentes origens étnicas – russos, judeus, tártaros da Crimeia, entre outros, de várias visões religiosas e filiações políticas. Não há limitação sobre quem pode se tornar parte do Azov. De acordo com os comandantes das unidades, a maioria do pessoal é falante nativo de russo.

5. O chefe de Azov também é líder do partido de extrema-direita “Corpo Nacional”?
Não ele não é. Os militares ativos na Ucrânia não podem ser membros de nenhum partido político – a defesa da pátria está acima de quaisquer interesses partidários e afiliações políticas.

Andriy Biletskyi , o chefe do partido político do Corpo Nacional , que desempenhou um papel na formação da unidade e é legitimamente considerado seu fundador, chefiou a Azov por apenas alguns meses em meados de 2014 e desde então retornou à atividade política.

Biletskyi ainda está em contato com sua própria “ideia”, ele estava arrecadando dinheiro para tratamento e reabilitação de soldados feridos, mas desde outubro de 2014 ele não tem nenhuma afiliação formal com a unidade.

6. O Natsionalni Druzhyny (destacamento voluntário para manter a ordem pública) faz parte do Regimento Azov?
Não. O Natsionalni Druzhyny é uma organização pública, que não está ativa há quase dois anos. Não está relacionado com a Guarda Nacional de forma alguma.

7. O Regimento Azov é uma ala de combate do Corpo Nacional?
Não não é. O partido político não tem afiliação com o regimento. As Forças Armadas da Ucrânia e a Guarda Nacional ficam longe da política.

No entanto, Andriy Biletskyi está tentando explorar sua associação com a “marca” Azov para beneficiar sua carreira política. Ajudou-o uma vez a adquirir um assento no parlamento e garante sua presença na mídia.

O primeiro projeto político de Andriy Biletskyi depois de deixar as forças armadas e retornar à vida pública em outubro de 2014 foi chamado de Corpo Civil Azov. Ele até tentou recrutar os veteranos do regimento para o Partido do Corpo Nacional e um conjunto de organizações públicas em torno do partido. Mas trata-se mais de converter a fama que ganhou durante a primeira invasão russa em capital político e não tem nada a ver com o próprio Regimento Azov.

8. Existem nacionalistas europeus/americanos de extrema direita nas fileiras de Azov?
Não. Ao contrário das Forças Armadas da Ucrânia, a Guarda Nacional não permite que estrangeiros sirvam em suas fileiras. Em 2014, quando nem todas as formalidades foram cumpridas, de fato havia cidadãos estrangeiros servindo em Azov. No entanto, muita coisa mudou desde então. Atualmente não há estrangeiros, especialmente de países ocidentais, servindo em Azov e nenhum foi listado por vários anos.

De tempos em tempos, alguns aventureiros ativistas ocidentais de extrema direita estão tentando se juntar ao regimento, e nenhum deles foi aceito. Na melhor das hipóteses, suas tentativas terminaram em uma oportunidade de desfrutar de uma boa cerveja ucraniana e voltar para casa. Na pior das hipóteses, os mais persistentes e radicais tiveram que ser deportados do país pelo Serviço de Segurança da Ucrânia.

9. A unidade é considerada uma organização extremista?
Não. É considerado assim na Federação Russa, onde não apenas o Azov, mas também o Facebook e o Instagram são oficialmente declarados como recursos extremistas.

No entanto, há alguns anos, nos Estados Unidos, houve uma moção para reconhecer Azov como uma organização terrorista estrangeira. Após esclarecimento de que Azov era uma unidade militar oficial, a iniciativa foi abandonada (e o primeiro grupo estrangeiro de supremacistas brancos a ser incluído na lista de organizações terroristas foi o Movimento Imperial Russo ).

10. Azov representa “a pureza da raça branca”?
Não nunca. Nem mesmo o partido político do Corpo Nacional defende isso. Embora Andriy Biletskyi tenha feito pessoalmente algumas declarações racistas antes da Revolução Maidan em 2006-2010, ele nunca disse algo assim desde então.

11. Azov conduz procissões com tochas?
Eu nunca me fiz essa pergunta, ou a questão de saber se eles jogam pingue-pongue em Azov. Não tenho certeza se realmente vale a pena prestar atenção. Em Oslo , uma procissão de tochas homenageia as vítimas do ataque terrorista do supremacista branco Anders Breivik. A vitória sobre o nazismo é celebrada em Moscou com uma procissão de tochas. Procissões de tochas são praticadas pela Sociedade da Cruz Vermelha na Itália e pelos militares na Alemanha.

12. Azov glorifica a ideologia nazista?
“Desprezamos o nazismo e o stalinismo.” Isso é afirmado em uma das últimas postagens no canal oficial do Telegram da unidade (a partir de 28 de março). E está escrito em russo.

13. Os combatentes Azov cometeram crimes de guerra em Mariupol em 2014 e em 2022?
A Missão de Monitoramento de Direitos Humanos da ONU, que esteve presente em Mariupol até o final de fevereiro de 2022, não registrou nenhum desses casos. Mesmo o lado russo não forneceu provas convincentes de tais crimes.

No entanto, qualquer hipotética violação de Azov, que protege civis do agressor, não pode nem teoricamente ser comparada a ataques aéreos à maternidade municipal ou ao teatro da cidade onde mulheres e crianças se escondiam.

14. Então, se tudo é tão óbvio, por que o público ocidental continua a expressar preocupação com Azov?
Há três respostas para esta pergunta.

Em primeiro lugar, é verdade que alguns dos fundadores da Azov tinham antecedentes de extrema-direita e, em alguns casos, neonazistas. Isso foi parcialmente refletido no emblema de Azov. Mas isso não descreve as atividades de Azov. Por exemplo, Mariupol tinha uma comunidade judaica bastante grande com uma sinagoga ativa, e a comunidade judaica nunca relatou nenhum conflito com os membros do Azov.

A situação com os muçulmanos locais ou com uma grande comunidade grega (cerca de 100.000) é semelhante. O maior perigo para as comunidades étnicas de Mariupol, assim como para todos os moradores da cidade, é o uso indiscriminado de armas pesadas contra civis pelos russos.

Em segundo lugar, a propaganda russa está envolvida na criação da imagem de um “ batalhão nacionalista neonazista criminoso ”. Ao espalhar mentiras descaradas com alguns fatos que se encaixam em sua falsa narrativa (como o emblema do regimento e a formação política de seus fundadores em 2014), conseguiu criar uma imagem de propaganda brilhante.

A propaganda russa é sistemática, profissional e surpreendentemente eficaz, especialmente em relação à sociedade ocidental, que não tem imunidade a essas mentiras descaradas. A sociedade ocidental tende a rejeitar a visão em preto e branco do mundo e a considerar modelos mais complexos. Normalmente para esta visão de mundo é procurar a verdade em algum lugar no meio, entre os pontos de vista polares.

Mas a verdade, como observou o filósofo polonês Adam Michnyk , não está no meio, está onde está.

Finalmente, a propaganda só funciona quando as pessoas estão prontas para acreditar nela. As pessoas estão ansiosas para acreditar em coisas que já conhecem. É conveniente para o Ocidente embalar-se com fábulas de que tudo é complicado e ambíguo porque justifica não fazer nada.

Mitos sobre “nazistas ucranianos” são benéficos não apenas para a Rússia. Eles são um forte argumento para não fazer nada enquanto assiste a Ucrânia lutando sozinha contra um inimigo predominante, sem sentir nenhuma simpatia pelos soldados Azov, que estão morrendo defendendo Mariupol. Esses mitos devem ser desmascarados e rejeitados pelos verdadeiros amigos da Ucrânia.

Vyacheslav Likhachev é historiador e analista político. Há mais de vinte anos, ele estuda a xenofobia e os movimentos de extrema direita no espaço pós-soviético. Ele é membro do Conselho de Especialistas do Centro de Liberdades Civis e chefe do Grupo Nacional de Monitoramento dos Direitos das Minorias. Há quinze anos ele lidera o Programa de Monitoramento de Crimes de Ódio na Ucrânia. Lykhachov é o autor de « Nazism in Russia » e « Right-Wing Extremism in Ukraine: The Phenomenon of ‘Svoboda. »

Ele esteve ativamente envolvido na preservação do patrimônio histórico e cultural judaico e é um dos fundadores do Museu Chernivtsi da História e Cultura dos Judeus Bukovinianos. Ele trabalhou no Memorial do Holocausto Yad Vashem e lecionou no Instituto da Ásia e África da Universidade Estadual de Moscou e na Universidade Nacional Ucraniana da “Kyiv-Mohyla Academy”.

FONTE: Euromidia Press

- Advertisement -

175 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

175 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Almeida
Almeida
6 meses atrás

Não.
É só impressão.

Luis Carlos
Luis Carlos
6 meses atrás

Seja lá quem for, Azov foi praticamente exterminado.

Wellington Jr
Wellington Jr
6 meses atrás

Putinetes chamando o historiador de nazi e mentiroso em 3….2…1…

Americano
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Essas Putinetes criam suas próprias narrativas baseados em seus egos e suas frustrações.Tudo que o blogue publica de encontro suas ” informações ” é fake.

Slow
Slow
6 meses atrás

Não!

George
George
Reply to  Slow
6 meses atrás

Leu o texto? Para variar não, né!

Almeida
Almeida
Reply to  George
6 meses atrás

Que nada!
São democratas liberais.

Andre
Andre
Reply to  George
6 meses atrás

Putinzete tem horror a informação. Toda informação remete a realidade, e a realidade tem sido duríssima com eles.

Nativo
Nativo
Reply to  Andre
6 meses atrás

Parece bolsominions que só crêem na boa imagem do seu deus.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Slow
6 meses atrás

Então esses 17 indivíduos representa a Azov inteira? Sério isso? Seu argumento para contrapor o texto é uma foto de 17 indivíduos com declínio moral e ético com a bandeira nazista, então esses 17 são os representantes de todo o regimento Azov?? Em que ano data a foto? Se for até 2017 então lamento, mas a foto perde valor de argumento.

Luis
Luis
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Então esses 17 indivíduos representa a Azov inteira? 

Pra você ver como o mundo dele (a) é pequeno/limitado

Slow
Slow
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

“ Então esses 17 indivíduos representa a Azov inteira? “

Isso vale pra tudo ? Ou só para oque te interessa ?

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Slow
6 meses atrás

Sim, minorias dentro de grupos maiores sempre existem. Veja se formos considerar uma minoria como um todo, logo o Brasil é o país das putas, satanisas, traficantes, corruptos e pastores charlatões. Porém isso é generalizar usando pequenos grupos como se fossem uma representação de um todo.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Sim.
Representam.
Caso contrário seriam expulsos.

Pedro
Pedro
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Le o texto..

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Slow
6 meses atrás

Kkkkk ótimo.
Vão falar que você é da GRU criando desinformação e fake news.
Ou que é da esquerda aqui do Bananasil.
O gado aqui é bem doutrinado.
Daqui a pouco, se continuar como está veremos cenas parecidas pelas bandas de cá !

Wellington Jr
Wellington Jr
6 meses atrás

Qual sua formação? Com base em que está afirmando que o historiador que é judeu está mentindo já que você está afirmando que o batalhão é nazista.
Quero uma resposta que não inclua página de esquerda, mídia russa ou blogs de butiquim.
O ônus da prova é sua, o historiador que esteve na Ucrânia e estuda o nazismo mais do que você afirma que não e olha que ele não tem motivos nenhum para defender os Azov. Vamos demonstre aqui provas que lhe qualifiquem no argumento contra o texto.

Bruno
Bruno
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Formação em criar perfis e jogar war tomando Toddynho ! kkkkkk

Luis
Luis
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Quero uma resposta que não inclua página de esquerda, mídia russa ou blogs de butiquim.

Vamos demonstre aqui provas que lhe qualifiquem no argumento contra o texto.

Cara, agora você forçou a barra!
Tá querendo o impossível!

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Esse papo de que judeu não pode ser nazista é balela .
Durante a 2a G.M. mais de trezentos mil (se não me engano) judeus lutaram pela Wermacht.
Tem um livro sobre isso.
Não se esqueça que Hitler se dizia cristão, mas mandou milhões deles para a morte.

George
George
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Falou o Lavrov dos comentários.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  George
6 meses atrás

Notícia boa de agora
Orekhovo caiu para os russos.
Essa cidade fica uns 15 km ao sul de Lisichiansk.
Zolote, ao lado, será cercada.

observador
observador
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

vc de novo….os russos acaram de tomar a Torre Eiffel…eta homem chato

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Tonho Lavrov, depois vai pedir desculpa com o rabinho no meio das pernas para os israelenses.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Mas a Wermacht não era nazista, aliás muitos oficiais da Wermacht tentaram matar Hitler inúmeras vezes. Vocês misturam SS com Wermacht, a SS era nazista, a Wermacht é o exército alemão.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Muitos oficiais de alta patente eram nazistas.
Caso contrário, não estariam em posição de mando, nem consentiram com os massacres cometidos pela Wermacht.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Só prova o quanto você não entende porcaria nenhuma de história e que sua opinião é baseada em achismos.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Caro Wellington. De fato, o exército alemão nunca fez parte da estrutura do partido nazista, ao contrário da SS (e da WafenSS por exemplo. Contudo, todo o exército alemão jurou fidelidade ao Fuher, o que os colocou em uma situação de submissão ao nazismo.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

E esse Welington Jr. teima em discutir comigo.
Provavelmente eu leio sobre a Guerra há mais tempo que ele tem de vida.

Pedro
Pedro
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Pior ainda..estuda há tanto tempo e não aprendeu nada.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Lê tanto que nem sabe quem é Allan Turing.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

Só que ele acha que ninguém percebeu que ele só quer tumultuar.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

Olá Renato. O maior problema são aqueles menos informados que possam desconhecer o fato de todo o exército alemão ter jurado fidelidade à Hitler. Nestes momentos, é bom deixar os fatos históricos bem claros.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

A situação da Wermacht quando o nazismo chegou ao poder era submissão ou exterminio. Muito soldado da Wermacht tava lá não por amor ao nazismo e sim pq era o único meio de levar comida para casa.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Caro Wellington. A ascensão nazista é um tema complexo. Assim como a elite burguesa, o comando do exército alemão aceitou a ascensão de HItler em troca da promessa de benefícios individuais, corporativistas e ideológicos. Concordo que parte dos oficiais alemães não eram nazistas ou alguns até desprezavam HItler (por sua origem pequeno-burguesa e seu discurso demagógico) mas é fato que que todos os militares alemães trocaram sua fidelidade constitucional por um juramento de fidelidade á Hitler.Também é fato que o exército alemão deu suporte logístico para os grupos de extermínio durante a invasão da ex-URSS, tendo ela mesmo participado de… Read more »

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

Meu caro, a Wermacht na ascensão do nazismo não possuía força política ou popular para contrapor os planos de Hitler, havia apenas 2 escolhas ( isso documentada pelos oficiais da SS) submissão ou exterminio, Hitler culpava os fracassos militares alemães a existência da Wermacht e sua falta de compromisso com a causa.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

O Exército alemão como qualquer outro exército do planeta tem no chefe da nação o seu comandante em chefe.

O grosso do exército alemção n era de nazistas, mas o alto comando todo era..

O que pra mim n muda muito, quem aceitou fazer atrocidades seja nazi ou não, só pelo argumento do obedecer ordens para mim merece a mesma punição do nazi.

Dario
Dario
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Wellington, neste caso vamos discordar um pouco.
Todo soldado alemão fazia um juramento de lealdade ao partido e a Hitler o que os tornava intrinsecamente nazistas, ainda que não fossem quadros do NADP. Todos os atos contra Hitler eram considerados traição a este juramento.
Outra coisa: a suástica é um símbolo muito mais antigo que o nazismo, não compreendi o que você chama suástica nazista propriamente.

Last edited 6 meses atrás by Dario
Slow
Slow
Reply to  Dario
6 meses atrás

Da um desconto história não é forte dele .

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Dario
6 meses atrás

Vamos lá Dario, o juramento de lealdade é patricado por todo exército. Nosso EB jura lealdade a constituição logo as instituições vigentes não importando quem esteja sentado lá, mas isso não quer dizer que se lá tá um petista e ele constrói entorno de si uma blindagem popular e consegue uma perpetuação no poder logo os oficiais do EB se tornam petistas ( serve também para bolsonarismo). Existem vários aspectos que pesam na hora de julgar a Wermacht como nazista. Claro que nas suas fileiras tinham nazistas isso é óbvio pois as crianças e jovens sofriam lavagem cerebral logo cedo.… Read more »

Dario
Dario
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Não, Wellington, o juramento a partir de 1934 fazia referência Hitler nominalmente, ao contrário do juramento à constituição como ocorre em muitos estados democráticos. É como considerar a mesma coisa que o juramento brasileiro faça referência ao Bolsonaro ou ao Lula em pessoa.
O que se pode considerar é que era uma exigência irrefutável e muitos cidadãos sofreram penalidades por recusar o juramento e outros usaram o juramento como forma de defesa jurídica por atos cometidos durante a guerra.
Ok, com relação a suástica entendi o conceito, tive esta impressãp a princípio mas não tinha ficado claro para mim. Obrigado.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Não havia uma satisfação em servir Hitler

A maior parte dessa não-satisfação não era por causa do nazismo, mas sim por que muitos oficiais do exército vinham de famílias aristocratas, além de obviamente serem militares de formação. Hitler não era nenhum dos dois, por isso os oficiais torciam o nariz no começo, mas isso não significa de forma alguma que eles não concordavam com as ideias e políticas nazistas.

Nativo
Nativo
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

PUTZZZZ o exercito de Stalin também não era comunista, o de Mao também não,
No Brasil e fácil surgir gênios revisionistas de YouTube.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Não eram nazistas, apenas lutavam ao lado dos nazistas e muitos dos seus membros faziam parte dos Einsatzgruppen, também cometendo inúmeros crimes de guerra.

observador
observador
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

chegou o doido…

Hank Voight
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Novo Nick Xings!?

MadMax666
MadMax666
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Impressionante! 300.000 judeus lutando pela Wehrmacht! E nas SS, lutaram quantos? E negros na Ku Klux Klan? Ou fascistas brancos nos Black Panthers?

Como ja falei aqui, esse pessoal consegue enfurecer judeus e nazistas com este negacionismo.

Matheus Maciel
Matheus Maciel
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Descrição do Batalhão azov antes e depois da narrativa: https://web.archive.org/web/20211119162750/https://en.wikipedia.org/wiki/Azov_Battalion https://en.wikipedia.org/wiki/Azov_Battalion ” In 2014, a spokesman for the regiment said around 10–20% of the unit were neo-Nazis.[11] In 2018, a provision in an appropriations bill passed by the U.S. Congress blocked military aid to Azov on the grounds of its white supremacist ideology.[6] Members of the regiment come from 22 countries and are of various backgrounds.[12][13] More than half of the regiment’s members speak Russian and come from eastern Ukraine,[14] including cities of Donetsk and Luhansk.[15] The unit’s first commander was far-right nationalist Andriy Biletsky, who led the neo-Nazi Social-National Assembly and Patriot of Ukraine” Pra vocês que se acham inteligentes engolindo a propaganda ocidental…parem, apenas parem, vocês provam… Read more »

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

“É nazista sim”. No texto o históriador diz que não, você diz que sim, logo você diz que ele mente. Mas qual a sua qualificação? Nenhuma é apenas um fanático que não sabe a diferença entre nazismo e nacionalismo. Pega um símbolo e diz que é nazista porque os nazistas usaram o símbolo, mas o símbolo existia antes dos nazistas, diferente da Suastica nazista que é um símbolo único criado pelos nazistas.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

KKKKKKKKKKKKKK oh bixo… KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ah vei na boa…

Nativo
Nativo
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

. “Pega um símbolo e diz que é nazista porque os nazistas usaram o símbolo, mas o símbolo existia antes dos nazistas, diferente da Suastica nazista que é um símbolo único criado pelos nazistas”

Lê um pouco melhor o que vc escreveu por que não tem qualquer coerência.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Boa resposta! Fantástica! Desabonou completamente o cara com currículo de 1km sobre o assunto!

Aliás, o site já devia estar sendo reconhecido pelo MEC e você já deveria estar com diploma na mão! Parabéns!

Leonardo Cardeal
Leonardo Cardeal
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Nazista ou não, não justifica qualquer invasão…. ponto.

Last edited 6 meses atrás by Leonardo Cardeal
Plinio Carvalho
Plinio Carvalho
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Se pesquisarem, vão ver que a ONU em 2018 alertou que o batalhão azov estava cometendo genocídio contra judeus russos. Isso não sou eu quem disse, qualquer um pode pesquisar e vai achar a reportagem. Saudações

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Plinio Carvalho
6 meses atrás

Em 2018 a ONU também alertou sobre o risco para as minorias no Brasil.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Descansa cara.

César
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

E vc não se cansa de inventar perfis falsos? Quantos são? Uns trinta? Haja tempo livre sem fazer nada na vida, né!?

leandro
leandro
Reply to  Plinio Carvalho
6 meses atrás

a mesma onu que disse que o L*la foi perseguido pela lava jato?

Slow
Slow
Reply to  leandro
6 meses atrás

Isso até o naro naro sabe ..

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  leandro
6 meses atrás

Exatamente .
Ainda bem que não tem revisão pelo TRF-4, né?
Olhe que desastre seria.

Nativo
Nativo
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Segundo o livro os soldados judeus de Hitler, os nazistas da segunda guerra mundial tinham soldados com sangue judeu. Mesmo mestiços eram parcialmente judeus e não se opuseram aos crimes de guerra.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Nativo
6 meses atrás

Julgar assim é difícil, muitos entraram na Wermacht ( única que aceitava mestiços) foram por sobrevivência e não por amor a causa.

Americano
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Opinião de um recalcado que sem a mínima noção fica desmerecendo as publicações do blogue .Vá fazer caridade para ver se sua postura e sua ética lhe dignificam como homem.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Americano
6 meses atrás

Te conheço? Onde desmereci as publicações do blog? Pelo contrário estou questionando quem desmerece a publicação com base no achismo.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Pior é você que já está pré jugando o amigo acima como comunista ou socialista.
Aposto que você é do rabanho Brasil!

Rodrigo
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Realmente tem raízes Nazistas sim. Universidade de Stanford: Azov BattalionThe Azov Battalion is an extreme-right nationalist paramilitary organization based in Ukraine. BBC: Qual a influência do neonazismo e da extrema direita na Ucrânia e na Rússia? Estes são os títulos das matérias, anteriormente postei com os links delas mas o post não foi aprovado. Outro ponto que não foi levado em consideração é o fato da matéria aqui do FORTE ser uma reprodução de uma matéria originalmete publicada pelo EUROMIDIA PRESS, se entrar no site deles verão que é um site pró-Ucrânia. Para deixar claro, acho uma agressão absurda e… Read more »

Last edited 6 meses atrás by Rodrigo
Rodes
Rodes
6 meses atrás

Agora que a ala vermelha do site vai denunciar a trilogia para o STF kkkkkk

Rogério
Rogério
6 meses atrás

Tanto Ucranianos como russos são supremacistas e xenofobos, alias todo leste europeu, é bem mais do que o resto.

Victor Filipe
Victor Filipe
6 meses atrás

Agora os caras vão vir aqui discordar do historiador Israelense Judeu. 🙂

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Claro que não, né! ele é Deus, é o dono da verdade; se ela falar que a nossa Lua surgiu da fornicação da Terra com o Sol, devemos acreditar, afinal é historiador. E claro que ele é imparcial e não segue a agenda de seus patrões do mainstream.

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

OBS: Quantos historiadores judeus você quer que eu encontre para desmentir o que ele falou? 5, 10, 20?

Lucas
Lucas
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Adoro como as pessoas ainda não entenderam que nossa opinião não vale nada.
Ficam batendo boca por groselha que nem eles entendem direito.

Slow
Slow
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Olha tinha tanto médico indicando cloroquina pra covid $$$ e era (médico)

José de Souza
José de Souza
Reply to  Victor Filipe
6 meses atrás

Olhem só, agora o gado acredita em historiadores! 😀

César
6 meses atrás

Quanto xilique! Só porque desmente uma narrativa mentirosa que vcs usam direto e reto desde o começo dessa guerra vcs ficam assim tão bravinhos?

Donald
6 meses atrás

Bandeira é herói pq combateu os Bolshevics por isso a Ucrânia o ama.

Last edited 6 meses atrás by Donald
Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Donald
6 meses atrás

E agora, os russos mandaram um monte de discípulos dele para conversar com ele.

Wellington Jr
Wellington Jr
6 meses atrás

Responda minha pergunta acima. Não fica criando essas justificativa fajutas. Getúlio Vargas era mais fascista que qualquer outro, então a Fundação Getúlio Vargas é uma fundação fascista?

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Mas responderia se tivesse argumentos…

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Não tem o que só prova que s u argumento se baseia na sua baixa capacidade intelectual de refutar. Toda sua narrativa se baseia no que lê nos blogs russos e acha que é a verdade. Não consegue sequer formar opinião própria.

Slow
Slow
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

https://youtu.be/cp_dgBDdeiQ

Vai refletir um pouco ..

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Wellington Jr
6 meses atrás

Vc deve ter faltado às aulas de História.
Teve o Estado Novo e depois o segundo Governo de Getúlio.
Estude as diferenças entre eles antes de postar, ok?

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Não muda que Getúlio era mais fascista do que republicano.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

O único que faltou as aulas de história aqui é você. Ato hoje tô esperando você refutar que os Soviéticos só venceram a batalha de Kursk porque receberam ajuda da inteligência Britânica. Bora Kings me refuta antro de ignorância.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Até hoje você não me respondeu sobre Allan Turing.

Luis Carlos
Luis Carlos
6 meses atrás

Azovistas fazendo saudações nazistas.
Cadáveres cheios de tatuagens nazistas
Esconderijos cheio de publicações nazistas, inclusive o Mein Kampf.
Será que são nazistas?

César
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

Leu a matéria, perfil do xings? Tu vai continuar com a narrativa até quando? Passou, inventem outra!

César
Reply to  César
6 meses atrás

Pelo visto vcs estão sem imaginação pra inventar outra narrativa então vão fazer um contorcionismo danado e continuar insistindo nessa história, né outro perfil do xings?

Luciano
Reply to  César
6 meses atrás

Resumindo então, todo Judeu que for contrário a Russia é judeu fake.
Todo país que for contra a Russia é nazista.

Last edited 6 meses atrás by Luciano
Luciano
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

E esse cara aqui é nazista?

FNCgg8OXsAU8uFt.jpg
Mafix
Mafix
Reply to  Luciano
6 meses atrás

Esse ai é o nazista do ‘bem’ da Russia que serve aos socialistas russos …

Yuri Dogkove
Yuri Dogkove
6 meses atrás

Ano que vem vou passar minhas férias na nova cidade russa, Mariupol!

Rogério
Rogério
6 meses atrás

O público ocidental deveria se acostumar com a ideia de que a Rússia e seus funcionários estão constantemente mentindo toda vez que abrem a boca.

kkkkkkkkkkk

César
Reply to  Rogério
6 meses atrás

¨funcionários¨ = trols desocupados cheios de perfis falsos!

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Rogério
6 meses atrás

Ele não ta errado. um dos bots do kings mesmo veio mentir aqui ontem falando que os editores ficam bloqueando videos que ele tenta postar aqui, mas a plataforma do site nem permite postar vídeo. apenas fotos.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Rogério
6 meses atrás

Não fale isso os putinetes vão fica putos.

observador
observador
Reply to  Rogério
6 meses atrás

Então o Luis Carlos é funcionário russo, pois toda vez que abre a boca….

Rogério
Rogério
6 meses atrás

“Desprezamos o nazismo e o stalinismo.” Alguns aqui adoram o stalinismo.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Rogério
6 meses atrás

Caro Rogério. Esta frase é bem complexa, até porque nazismo e stalinimos são coisas muito distintas. Particularmente, gostaria de ouvir das pessoas que elas desprezassem todo tipo de fascismo e autoritarismo. O nazismo e o stalinimos (assim como o franquismo na Espanha) são movimentos específicos no tempo e no espaço. Quando alguém diz desprezar o nazismo (e isso é ótimo, porque eu também desprezo), fica claro que se refere ao que ocorreu na Alemanha entre 1925 (mais ou menos) e 1945, Quando alguém diz desprezar o stalinismo, também se refere ao um período de tempo na ex-URSS. Por outro lado,… Read more »

Rogério
Rogério
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

Caro Camargoer, creio que ele mencionou os 2 apenas por serem os maiores representantes dos “ismos”, os que mais trouxeram tragédias a humanidade!

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Rogério
6 meses atrás

Caro Rogério. Acho que não. Mencionar desprezo pelo nazismo e pelo stalinismo é uma frase de efeito que gera simpatia do leitor (afinal, quem irá afirmar ser simpatizante do nazismo e stalinismo em uma entrevista a não ser alguém comprometido com o extremismo político?) mas deixa de fora um posicionamento mais incisivo contra todos os movimentos não-democráticos. De fato, não faz sentido achar que um movimento é pior que outro por ter provocado mais mortes. Uma ditadura que tenha assassinado 500 pessoas não é melhor que outra que matou 30 mil (ou mais). São ambas desprezíveis.

Rogério
Rogério
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

Caro Camargoer, discordo, uma pessoa que mata varias é sim pior que outra que mata uma, por isso tem pena aumentada quando condenado. Ampliando a nível de nação vc escolheria morar na ditadura de Cuba ou na de Pol Pot ?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Rogério
6 meses atrás

Caro Rogério. Parece-me equivocado comparar a responsabilidade criminal de uma pessoa em tempos de normalidade institucional com regimes extremistas e autoritários. Um regime que assassina uma pessoa é tão extremista quanto aquele que assassina dezenas ou mais. Neste contexto, desprezo ditadores como Pol Por ou como Pinochet. Ditadores são todos desprezíveis. Eu quero viver em uma democracia na qual os meus direitos e os direitos de quem amo sejam respeitados e protegidos.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

e fato, não faz sentido achar que um movimento é pior que outro por ter provocado mais mortes Como que não, Camargoer? Entre escolher viver em uma ditadura que matou 500 e uma que matou 30 mil, é óbvio que qualquer pessoa que não tenha tendências suicidas irá preferir a primeira. Isso por si só já prova que ela é “menos pior” do que a última. O stalinismo em sua essência é pior do que o nazismo. Se você fosse um alemão de cabelos loiros e olhos azuis estaria seguro na Alemanha nazista, a menos que você fizesse algo de… Read more »

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Allan Lemos
6 meses atrás

Caro Allan. Para quem foi assassinado ou para a sua família e amigos, tanto faz se um regime assassinou mais ou menos. O mesmo se diz sobre os torturados. Para aquele que é torturado, pouco importa se ele foi o único ou se foram muitos aqueles que sofreram nos porões das ditaduras. O mesmo sobre o sobreviventes. Creio que foi Prmo Levi quem escreveu que apenas os mortos (nos campos de extermínio nazistas) souberam o significado do horror das execuções em massa. Dizer que alguém irá optar por um regime que assassina dezenas ou que assassina centenas é uma falsa… Read more »

Luciano
6 meses atrás

Pronto o historiador mandou a real, Putinetes vivem falando de Azov, mas não falam nada do Grupo Wagner, que tem um fundador declaradamente nazista e é amigo do Putin.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
6 meses atrás

Tes@o em nazi hein filho.

Alessandro
Alessandro
6 meses atrás

É complicado a situação!! (respirando fundo…) Esse texto mostra bem a realidade dessa guerra de informações dos dois lados, o autor já demonstra desde o início o seu PRENCONCEITO tratando qualquer pessoa de “extrema direita” como “nazista” o que já deixa transpor a sua posição ideológica que tanto denuncio. É aquela típico historiador com visão mais “progressista” ocidental querendo impor uma narrativa em cima de alguns fatos, ele manipula algumas palavras no seu texto adaptando as informações de acordo com seus interesses. Por isso que fica essa divisão de pontos de vistas sobre essa guerra, pois há VERDADES no relato… Read more »

Last edited 6 meses atrás by Alessandro
Rogério
Rogério
Reply to  Alessandro
6 meses atrás

Ótimo comentário!

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Alessandro
6 meses atrás

Caro Alessandro. Acho que qualquer pessoa razoavelmente informada sabe distinguir a extrema-direita da direita democrática, assim como deveria ser capaz de distinguir a extrema-esquerda da esquerda democrática. Ainda que tando a extrema-direita quando a extrema-esquerda sejam não-democrática e autoritárias, elas ainda são muito diferentes para serem colocadas no mesmo “locus”. Existem um campo democrático em torno do centro (que é um ponto imaginário, porque ninguém é de centro) no qual a direta e a esquerda democrática estão colocadas, inclusive fazendo alianças táticas e temáticas, como é natural ocorrer no campo democrático. Geralmente, ao se distanciar deste centro (imaginário), os movimentos… Read more »

Alessandro
Alessandro
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

Depende Camargoer do que é “extrema direita e extrema esquerda” sob o ponto de vista de quem está do lado contrário de ambas as extremidades. Pois para mim um extremista de direita é um anarco capitalista que quer o fim COMPLETO do Estado (na qual eu sou contra), mas segundo entendi a visão de uma pessoa de esquerda, para ele um “extremista de direita” é um reacionário tentando impor suas posições culturais e ideológicas pela força militar que é uma instituição oficial do ESTADO, o que seria totalmente o OPOSTO da visão de alguém que está do lado da direita.… Read more »

Last edited 6 meses atrás by Alessandro
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Alessandro
6 meses atrás

Caro Alessandro. Acho que podemos distinguir um regime autoritário, seja de direita ou de esquerda, de um regime democrático. Isso já é um grande avanço. Assim, sabendo o que é e o que significa um regime democrático, é possível entender (por exclusão) o que seria um regime autoritário. Uma coisa que distingue um regime de extrema direita, como os fascistas, de um regime de extrema esquerda (mesmo que ambos sejam igualmente não-democráticos) pode ser como estes regimes se colocam em relação á tolerância da desigualdade entre as pessoas. Regimes de extrema-direita, além de violentes, são tolerantes ás desigualdades sociais. Existem… Read more »

Alessandro
Alessandro
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

“Aliás, anarquistas são essencialmente anti-estado mas defendem uma agenda á esquerda. Portanto, ser anti ou pró estado é insuficiente para definir esquerda ou direita” Esse é o seu ponto de vista como esquerdista, mas não é de uma pessoa de direita rsrs… para nós a ESSÊNCIA existencial do Estado é de cunho SOCIALISTA por natureza, portanto de ESQUERDA, e como definimos isso? Quanto mais o Estado influência para o bem ou mal na vida de uma pessoa com impostos, leis, burocracias, desigualdade social e etc. mais esse Estado é socialista, afinal o socialismo é isso na própria definição do socialismo:… Read more »

Last edited 6 meses atrás by Alessandro
Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Alessandro
6 meses atrás

Caro Alessandro. Temo que você esteja muito equivocado na sua concepção do que são regimes de extrema-direita. Recomendo o livro do “Introdução ao Fascismo”, do Leando Konder como um ponto de partida sobre o significado de um regime fascista. Outro texto muito bom é “Direta e Esquerda” de Bobbio para uma compreensão sobre o significado destes dois conceitos. Também sugiro “Como funciona o fascismo”, “O futuro da democracia” e até “Como as democracias morrem”. Alguns artigos do Instituto Mises Brasil também podem ajuda-lo a compreender que o liberalismo econômico nunca foi sinônimo de democracia. Há uma série no CanalCurta sobre… Read more »

César
Reply to  Camargoer.
6 meses atrás

Voltei aqui só pra confirmar uma coisa. Vc espera todo mundo seguir em frente pra outros posts e vem lacrar, né!? Dar a palvra final. E tu continua com a mania de ¨recomendar¨ livros que nem vc leu, né!? Típico. Rsssss.

Nilo
Nilo
6 meses atrás

Farão de tudo para esconder a doutrina nazista dos ratos, páginas de sites sobre o assunto sumirão da internet, usarão todos os meios necessários para limpar a ficha de um presidente judaico que protege e é protegido por grupos nazista, já estão mudando a narrativa para proteger o outro grupo nazista, o batalhão Aidar de Odessa.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Nilo
6 meses atrás

Traga aqui algo que refute o históriador, traga fatos que refutem ele, não venham com uma foto individual ou de uma bandeira, quero que refute o históriador! Se não fizer isso tudo que está falando é só opinião própria

Luciano
Reply to  Nilo
6 meses atrás

E o Grupo Wagner, esse sim nazista e que faz o trabalho sujo do Putin, esses são nazistas do bem?

Nilo
Nilo
Reply to  Luciano
6 meses atrás

Historiador mentiroso.
Reportagem O Globo reproduz artigo da AFP.
Batalhão de Azov – uma Organização para militar de Extrema -direita, possui símbolos usados pela segunda Divisão Panzer SS das Reich, e o Sol Negro.
Fazem uso de símbolo similar a Wilfsanger usado por unidades nazistas na segunda guerra mundial.
Esconderao os ratos nazista por simpatia, porque lhes serve aos propósito, assim se deu o nascimento do partido nazista alemão, assim como agora, irão dizer que os símbolos nada representa, mas não passam de ratos nazistas úteis daqueles que se escondem.

Last edited 6 meses atrás by Nilo
Wellington Jr
Wellington Jr
6 meses atrás

Você é um apedeuta, afirma algo só baseado no seu achismo.

PACRF
PACRF
6 meses atrás

Essa estória de combater “nazistas” é a desculpa mais esfarrapada que o Putin podia dar para seu público interno, que só pode consumir o que a mídia “chapa-branca” russa publica. Não há no mundo nenhum país que acredite nessa versão, só os países “satélite” sob influência direta da Rússia. Aliás, o regime de extrema-direita que se instalou na Rússia depois que o Putin assumiu, se assemelha muito mais com o Nazismo, do que o regime político existente na Ucrânia.

Slow
Slow
Reply to  PACRF
6 meses atrás

Pra quem acreditou nas armas de destruição em massa no Iraque ..

PACRF
PACRF
Reply to  Slow
6 meses atrás

Outra desculpa esfarrapada que foi utilizada para invadir o Iraque, embora com a chancela da ONU.

Nativo
Nativo
Reply to  PACRF
6 meses atrás

Não houve chancela da ONU, o Bush filho simplesmente fez e pronto. Gerou Ísis e seus seguidores mundo a fora.

C M
C M
6 meses atrás

Um bom entendedor já consegue perceber de longe a enrolação do entrevistado. E não, não importa que seja um historiador israelense. Em primeiro lugar, é evidente que a justificativa do Putin de “desnazificação” da Ucrânia é pura lorota. Qualquer pessoa séria sabe que o país não é um antro de neonazistas como o chefe da Rússia quer vender. Agora… o tal historiador israelense quer fazer crer que uma organização fundada com preceitos nazistas, que já foi liderada por nazistas e que ainda hoje utiliza simbologia que claramente remete ao nazismo realmente se tornou um regimento/brigada/batalhão como qualquer outro? Acredita quem… Read more »

Maurício.
Maurício.
Reply to  C M
6 meses atrás

Um dos poucos comentários lúcidos, o resto é torcida.

Andre
Andre
6 meses atrás

 propaganda russa é sistemática, profissional e surpreendentemente eficaz, especialmente em relação à sociedade ocidental

Basta ver a quantidade de pessoas que realmente acreditavam que o fracasso dos equipamentos russos frente aos ocidentais, no pós ww2, se deveu exclusivamente aos operadores.

Gedeon
Gedeon
6 meses atrás

São nazistas sim, assim como o grupo Wagner. Um próprio voluntario francês que lutou junto a eles diz que eles falam abertamente em matar negros, judeus e latinos. Tratá-los como tal não justifica a invasão russa.

Lucas
Lucas
6 meses atrás

Discordo. Acho que vc está completamente errado.
O mundo não é preto ou branco. É escala de cinza.
Vc está generalizando. Eu sou cientista. Uma coisa que aprendemos com a ciência é que esse tipo de generalização geralmente é rasa e errada.

Atirador 33
Atirador 33
6 meses atrás

O professor é judeu e seus pares religiosos foram mortos da maneira mais cruel pelo regime nazista, o que o cara ganha em negar que o Azov é nazista? Respondo, não ganha nada, inclusive a Ucrânia o judaísmo até a invasão imperialista era praticada livremente.

Vamos fazer o exercício da imparcialidade e da análise racional dos fatos, sou contra a invasão de um país soberano, porém entendo que a Ucrânia poderia ter sido mais diplomática com a Rússia e poderia ter evitado esse conflito, porém já que os russos resolveram rasgar o direito internacional, que tomem na cabeça agora.

Nilo
Nilo
6 meses atrás

O nazi Zelensky se aproveitou do direito cedido pelo parlamento grego de discursar a assembleia e colocou para falar dois membros do Batalhão Azov, o primeiro Mikail se reconheceu como fazendo parte de grupo nazista, o outro de Odessa, provavelmente do batalhão Aidar outro grupo nazista, qual que foi a atitude dos parlamentares? Disseram que o discurso foi uma provocação, vergonha histórica, um ato incorreto e inapropriado, os dois de origem grega, sendo que um deles escondeu o rosto atrás de uma máscara. Notícia em jornais – Zelensky coloca nazistas para discursar em parlamento grego. Vão procurar limpar os ratos… Read more »

Alessandro
Alessandro
6 meses atrás

Na minha forma de ver como foi e ainda é as coisas nesse mundão, esses símbolos estão ligados ao OCULTISMO do que algum tipo de ideologia política social.

O símbolo do Sol negro era uma SEITA esotérica com fortes ligações com o satanismo que era baseado numa fonte de energia mística.

Esse tipo de sociedade secreta está cheia no mundo, não é exclusivo da Ucrânia ou de um batalhão militar exclusivo, portanto querer macular a imagem de toda a Ucrânia com esses símbolos pra justificar essa falácia de “desnazificação”, é no mínimo ignorância pra não dizer coisa pior.

Last edited 6 meses atrás by Alessandro
Heitor
Heitor
6 meses atrás

Nazista nada… É o Putin(ho) que está com Alzheimer… Arrumou toda e qlq mentira…

Fabricio Lustosa
6 meses atrás

O autor diz: “(…) a Rússia e seus funcionários estão constantemente mentindo toda vez que abrem a boca. (…)”, e logo em seguida afirma: “(…) Aqui está o fato: o Regimento Azov é uma das unidades da Guarda Nacional Ucraniana, que está protegendo os civis de Mariupol do extermínio agora. (…)”, daí para frente já dá para saber o q vai sair desse sujeito. Fatos: Antes de 2022 a imprensa mundial, diga-se de passagem, identificava o tal AZOV como: “The far-right neo-Nazi group has expanded to be part of Ukraine’s armed forces, a street militia and a political party” um grupo… Read more »

César
6 meses atrás

Xiiii! Vc não prestou atenção que já tinha colado esta foto antes usando outros dos seus vários perfis falsos, o ¨paulotd¨.

Luis
Luis
Reply to  César
6 meses atrás

Deu ruim!

Félix_risada.gif
Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  César
6 meses atrás

hahaha esses clones do Antonio Kids ahaha

Luis Carlos
Luis Carlos
6 meses atrás

Felipe.

É evidente que esse batalhão é formado por nazistas que estão enraizados em diversos setores do Estado e sociedade ucranianos.
Esse pessoal só quer polemizar.

Pedro
Pedro
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

kkkk..a é..e vc que é sempre do contra não quer polemizar né Kings?

Vitor
Vitor
Reply to  Luis Carlos
6 meses atrás

É evidente que são nazistas!

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Vitor
6 meses atrás

Caro Vitor. Talvez não sejam nazistas, mas a pergunta que precisa ser respondida é se são fascistas?

César
6 meses atrás

Como é que são as coisas. Vc esta estava usando um perfil e publicou essa foto! Aí tu achou que ela ficou na moderação e colou de novo. Só que como vc tem um monte de nomes aqui que tu não percebeu que já estava usando outro perfil. Patético.

Neural
Neural
Reply to  César
6 meses atrás

Pois é lá no poder naval me bloquearam só pq critiquei aquele post fake da fragata . Então tive que fazer outro heheh

O importante é participar das discussões civilizadamente,sem ofensas

César
Reply to  Neural
6 meses atrás

Mas vc é ¨neural¨,¨paulotd¨, ¨Slow¨, ¨Luis Carlos¨, ¨Antonio Kings¨ ou sabe-se lá mais quantos perfis?

edu
edu
6 meses atrás

Sim, uma parte do batalhão são racistas extremistas. Vejam o documentário da ”time” https://www.youtube.com/watch?v=fy910FG46C4 De inicio pensei que eram apenas propagandas russas, porém, esse documentário foi bastante esclarecedor. Isso não justifica uma agressão russa e nem legítima as ações do Sr.Putin. O que me enoja, são pessoas que dizem que são judeus, como isso fosse dar alguma credibilidade a afirmação que parte desse batalhão não é racista. Ninguém é tolo ou burro o suficiente, principalmente o líder do batalhão, em plena guerra sustentar em holofotes internacionais seus ideais como fez em 2014. É evidente que a mídia não tá dando… Read more »

C M
C M
6 meses atrás

Agora me diga, que tipo de gente é atraída por uma brigada/regimento que utiliza estes símbolos?

É desprezar demais a inteligência das pessoas o cara falar que não tem mais nenhuma relação com nazismo.

E como a internet se tornou um grande ringue, as pessoas sacrificam os fatos pela ‘verdade’ que mais lhes convém no momento.

Last edited 6 meses atrás by C M
Luciano
6 meses atrás

O Z é hoje um símbolo muito mais nazista!

Slow
Slow
Reply to  Luciano
6 meses atrás

Principalmente se tiver junto com lensky

Americano
6 meses atrás

Opinião de um recalcado que sem a minha noção fica desmerecendo as publicações do blogue. Vai fazer caridade para ver se sua ações lhe dignificam como homem.

Neural
Neural
6 meses atrás

Foto interna do bondão Z. Estão sendo mais bem tratados que no buraco que estavam.

IMG_20220517_153938_473.jpg
Fabricio Lustosa
Reply to  Neural
6 meses atrás

🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣 BEM FEITO DEMAIS 👏👏👏🔥🔥🔥🔥🔥👍👍

Fabricio Lustosa
Reply to  Neural
6 meses atrás

Agora é fazer a triagem desses ratos e descobrir quem é quem. Quem deve e quem deve muuuuito. Será que são todos os ratos q estavam entocados? Acho que não hein. Quem nesse meio é da OTAN? Bem improvável que vão passar desapercebidos. No mais: parabéns aos russos. Grande sucesso. E q deem o tratamento merecido a esses fdps.

Antunes 1980
Antunes 1980
6 meses atrás

A quantidade de materiais, fotos e a cultura em torno de Stepan Bandera e outros ícones nazistas da WWII mostram que eles seguem sim a ideologia nazista. Negar isso só gera mais descrédito a imprensa ocidental.
Não tem santo em nenhum dos lados.

ALISON
ALISON
6 meses atrás

Fazia tempo que não lia tanta besteira…

109F-4
109F-4
6 meses atrás

Tem um símbolo no braço esquerdo do militar da 1ª foto que se parece muito com o da 2ª Divisão Waffen-SS (braço combatente das SS). Muda só a posição.

5D9EFB25-0675-4BB8-BCBF-6B4C210ACCED.jpeg
Foxtrot
Foxtrot
6 meses atrás

Nazistas até o osso.
A mesma desculpa dos militares italianos da WWII.
Que não eram nazo-facistas, apenas Mussoline.
A mesma desculpa de militares alemães da WWII, de que não eram nazistas, só Hitler.
Na hora que o pau quebra pro lado deles, viram “anjos” !

Mafix
Mafix
Reply to  Foxtrot
6 meses atrás

Lembrando que os mesmos eram aliados dos comunistas até os ossos tanto que os comunistas fabricavam armas para os alemaes nas suas fabricas….

Essa turma da extrema esquerda tanto nazista como comunista são o lixo da humanidade….

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Mafix
6 meses atrás

Isso para não falar na extrema direita que hoje apoia os nazistas, mesmo tendo lutado contra eles.
Além de hipócritas são pior que vermes.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Mafix
6 meses atrás

Olá Mafix. Durante a I Guerra, o Império Alemão financiou Lenin para promover uma revolução, que derrubou o governo de Kerensky, conseguindo com isso um armistício unilateral com a URSS, que perdeu enormes extensões de território para a Alemanha. Também é preciso lembrar que a URSS não foi convidada para participar do Congresso de Versalhes e tropas inglesas e dos EUA lutaram contra o Exército Vermelho. Após Versalhes, a República da Alemanha foi proibida de desenvolver equipamentos militares e teve seu exército limitado a 100 mil tropas. Neste contexto, os dois países que foram excluídos de Versalhes (URSS e Alemanha)… Read more »

Fagundes
Fagundes
6 meses atrás

O historiador é certamente um grande estudioso e como todo ser humano tem ideologias e interesses geopolíticos que vai defender.Desde as antigas escrituras não existe nenhum judeu que fala por todos os judeus do mundo e provavelmente não terá mais.
O ocidente tem que abrir o olho porque o erro das lideranças mundiais em evitar essa guerra fortalece o discurso de outros grupos ideólogicos como o anarcocapitalismo.

Gustavo
Gustavo
6 meses atrás

Esse blog não tem credibilidade, parece catálogo da Otan, kkkkkkk fantasma Kiev , chip de geladeira, agora batalhão azov mesmo com as insignas , mesmo com ex militares falando que o e batalhão e nazista , e o blog vem fala que não e , tirando matéria da BBC News o Globo. Kkkkkkkkkkkk

Elisandro
Elisandro
6 meses atrás

Claro que não é nazista! Bandeiras nazistas, símbolos nazistas, tatuagens nazistas e discurso supremacista… Antes de 2022 toda a mídia ocidental sabia que eram neonazistas, é só procurar as matérias. Agora parece que querem “limpar a barra” desse pessoal… E isso não torna o argumento russo válido, obviamente.

carlos mendes
6 meses atrás

 Historiador israelense Yacheslav Lykhachov Acredito que um Judeu não defenderia qualquer organização Anti- semita.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  carlos mendes
6 meses atrás

Caro Carlos. Acho que nenhum judeu ou pessoa de bom caráter defenderia um movimento antissemita de inspiração nazista. Contudo, nem todo movimento fascista é necessariamente antissemita, ainda que ele traga em sua formulação ideias supremacistas e xenofóbicas. O nazismo foi obviamente um movimento fascistas e antissemita, A palavras “nazismo” deve ser usada para caracterizar o movimento fascista que aconteceu na Alemanha em tordo da ascensão de Hitler. É um equívoco histórico imaginar que outros movimentos fascistas ao redor do mundo hoje sejam menos perigosos por não demonstrarem uma ideologia antissemita. Neste contexto, é absolutamente compreensível que possamos encontrar judeus fascistas… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
6 meses atrás

Se o AK e os seus 5mil nicks dizem que é…

Então é…