segunda-feira, junho 27, 2022

Saab RBS 70NG

Espanha: Leopard 2A4 e misseis Aspide para a Ucrânia

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

por MIGUEL GONZÁLEZ

A Espanha está disposta a dar um salto qualitativo em seu apoio militar à Ucrânia contra a invasão russa, segundo fontes do governo. Se até agora havia entregue munições, equipamentos de proteção individual e armas leves (lança-granadas C-90 ou metralhadoras), agora está preparando o fornecimento de armas pesadas, com mísseis antiaéreos e tanques de combate Leopard, e o treinamento essencial de os militares ucranianos para que possam assumir a sua gestão.

O Ministério da Defesa já está finalizando a entrega a Kyiv de uma bateria de mísseis antiaéreos Shorad Aspide de baixa altura, que o Exército espanhol substituiu por outro sistema mais avançado. O envio deste material, produzido pela companhia europeia de MBDA, depende da equipe que coordena a ajuda militar à Ucrânia para evitar carências de alguns equipamentos e duplicidades de outros.

O governo espanhol também está disposto a entregar à Ucrânia os tanques de combate Leopard A4 que hibernam há uma década na base logística do exército espanhol em Zaragoza. Esses tanques fazem parte do lote de 108 unidades usadas que a Alemanha vendeu para a Espanha em 1995, como prelúdio do contrato de fabricação do Leopard na Espanha. A intenção da Defesa era convertê-los em carros de recuperação para engenheiros mas, dada a falta de orçamento, optou-se por submetê-los a um processo de desumidificação (retirar baterias, óleos e qualquer outro elemento que os pudesse deteriorar) e deixá-los armazenados aguardando disponibilidade de fundos futuros. Fontes de defesa estimam que cerca de 40 carros poderiam ser reabilitados e entregues ao Exército ucraniano, mas alertam que isso exigiria submetê-los a um processo de revitalização.

Instrução na Letônia

Além disso, a Espanha ofereceu à Ucrânia para instruir seus militares no manuseio desses tanques de batalha. A formação, segundo as fontes consultadas, decorreria inicialmente na Letónia, onde o Exército espanhol deslocou um contingente de 500 militares com seis tanques Leopard 2E, no quadro da operação Enhanced Advanced Presence (EFP) da NATO. Numa segunda fase, o treino das tripulações ucranianas já seria feito em território espanhol, acrescentam as mesmas fontes. Este programa permitiria acelerar os planos de preparação do Exército de Kyiv para se equipar com poderosos tanques de combate com os quais enfrentar os modernos T-90 russos, já que agora eles só têm um centro na Alemanha para serem instruídos em seu manuseio.

A oferta dos mísseis e a instrução das tripulações dos carros de combate foi levantada quando o Presidente do Governo, Pedro Sánchez, viajou a Kiev em 21 de abril e se reuniu com o Presidente Volodímir Zelenski, mas foi adiado devido à complexidade da operação, segundo as fontes consultadas. Nesse mesmo dia, o navio Ysabel do Exército carregado com 200 toneladas de munição e suportes para mísseis partiu de El Ferrol. Também transportou 30 caminhões e dez veículos leves que percorreram 800 quilômetros pelas estradas polonesas para levar o material à base de recepção do Ministério da Defesa ucraniano. Esta remessa representou, nas palavras de Sánchez, “mais que o dobro” do material enviado até então em 11 voos de transporte militar. Por ocasião da visita esta semana a Madri de Igor Zovkva, assessor de Zelensky, foram relançadas as negociações para agilizar a entrega e ampliar a lista de possíveis fornecimentos.

Em conferência de imprensa na ocorrida rida sexta-feira passada, por ocasião dos 100 dias desde o início da invasão, o embaixador ucraniano em Madrid, Serhii Pohoreltsev, agradeceu a ajuda militar prestada até agora pela Espanha, mas a considerou insuficiente, alertando que a munição é apenas o suficiente “para duas horas de combate”. “Estamos gratos, mas não podemos dizer que estamos satisfeitos”, sublinhou.

O representante diplomático de Kyiv pediu armas pesadas (mísseis antinavio e antiaéreos, obuses de 155 milímetros ou morteiros de 120 mm), mas acima de tudo exigiu a entrega de tanques Leopard, antes mesmo de instruir os militares ucranianos que eles devem usa-os. “Há boa vontade do Governo espanhol e do Ministério da Defesa em enviar instrutores para ensinar o funcionamento destes tanques de combate, mas o importante são os tanques”, sublinhou. O embaixador insistiu que seu país não pede “nada que a Espanha não possa contribuir” e reclamou que, segundo seus relatos, a Espanha apresenta “uma das menores taxas de ajuda militar [à Ucrânia] em relação ao seu orçamento de defesa”.

O diplomata enquadrou o seu pedido na nova fase de guerra prolongada e desgaste em que o conflito entrou, com a ocupação de 20% do seu território por tropas russas e a destruição de 30% das suas infraestruturas. E assegurou que o governo espanhol mostrou “apoio indiscutível” à causa de Kyiv e não percebeu “simpatias pró-Rússia” dentro dela, apesar das críticas dos ministros da Unidas Podemos à entrega de material militar à Ucrânia.

O que o diplomata não se opôs é a recepção em Espanha dos 140.000 ucranianos (mulheres, crianças e idosos) que chegaram fugindo da guerra, dos quais 116.000 já obtiveram o estatuto de proteção internacional. “O processo foi bem organizado”, reconheceu.

FONTE: El País

- Advertisement -

62 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
62 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
737-800RJ
737-800RJ
21 dias atrás

Suponho que os operadores de carro de combate ucranianos tenham sua formação mais rápida do que o normal, pois será apenas questão de adaptação a outro carro. Mas quanto tempo isso levaria?

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  737-800RJ
21 dias atrás

Pelo descrito em alguns tablóides- não oficiais- os militares Ucranianos que participam desses treinamentos tem uma grande determinação e foco em treinar a operar novas armas Ocidentais, tanto que já operam os M777 em poucos meses.
Creio que o tempo de treinamento em tempos de paz é muito diferente quando se está em guerra pois a urgência faz a comodidade sem substituída pela necessidade.

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Wellington Jr
21 dias atrás

Pode mandar o que quiser.
Está sendo moído pelos russos.
Vc não percebeu a quantidade de material que estão mandando para lá e não adianta nada?
Só como exemplo, veja o que aconteceu em um ‘contra-ataque’ ucraniano em Avdviika.
Expostos em terreno aberto são alvos fáceis para os russos.
Vários blindados destruídos e homens mortos de uma única vez.
Ressalto o aspecto do terreno, totalmente esburacado pelas bombas russa.
Parece a Lua.

https://www.youtube.com/watch?v=k3_OudcGNIo

Daniel
Reply to  Luis Carlos
21 dias atrás

Luis Carlos, adoro seus comentários, tomo remédios tarja preta para loucura e faço terapia e complemento meu tratamento com seus comentários, é o meu momento relax, momento das loucuras escritas

Agnelo
Agnelo
Reply to  737-800RJ
21 dias atrás

É o tempo da técnica de material. A tática do emprego do CC já é de conhecimento. 2 coisas podem ocorrer, além disso. Primeiro, doutrinariamente, ter algo de diferente no emprego do CC entre os Leo e os meios ucranianos, o q acho difícil. É diferente do Merkava, q tem uma esquadra embarcada. Isso altera doutrina. Tecnicamente, pode ser q os Leo tenham recursos q os CC ucranianos não tenham, o q pode alterar a forma de emprego, mas ai é muita coisa pra aprender. Deixaria pra “adaptar” com o tempo, sob risco de perda de meios desnecessariamente, mas já… Read more »

Boitatá
Boitatá
21 dias atrás

Eu começo a ver que a Ucrânia pode ter condições não só de defender Odessa e Kiev, mas talvez de reaver todo o Donbas.

PauloOsk
PauloOsk
Reply to  Boitatá
21 dias atrás

Sem chance.. o exercito ucraniano ta em frangalhos.

Mafix
Mafix
Reply to  PauloOsk
21 dias atrás

No ExAto MoMentO quE EnTRA na UcraNeA … ops post errado …

Como um exercito em frangalhos do pais mais pobre da europa repete os barbaros a mais de 100 dias ?

glasquis 7
Reply to  PauloOsk
21 dias atrás

o exercito ucraniano ta em frangalhos.”

Eu acho que “frangalhos” deve ser o nome de uma unidade especial do Exercito da Ucrânia pois estão dando um trabalho enorme pras meninas super poderosas do Putin.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  glasquis 7
21 dias atrás

Fonte: tirei do c%

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  glasquis 7
21 dias atrás

Pera, a Força Aérea Ucraniana não tinha acabado tinha uns 3 meses? estranho.

glasquis 7
Reply to  Victor Filipe
21 dias atrás

Sim mas estes são os Mig 29 “Frangalhos”

Luís Carlos
Luís Carlos
Reply to  Victor Filipe
20 dias atrás

É que o Ocidente não se cansa de mandar novos aviões.
Manda parar, pô!
Olha o prejuízo!

glasquis 7
Reply to  glasquis 7
21 dias atrás

Você sabe que os exército ucraniano acabou faz tempos.”

E faz “tempos” que o Exercito Russo não consegue tomar Kiev devido aos “Exercito Ucraniano que acabou…faz tempo”.

Marcos10
Marcos10
Reply to  PauloOsk
21 dias atrás

Todo o 32° Exército russo enviado para a Ucrânia foi dizimado. Menis de 100 soldados sobreviveram. Tá literalmente em frangalhos.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  PauloOsk
21 dias atrás

Eu leio sobre isto há mais de 3 meses…

E o super exército russo não consegue grandes avanços.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  PauloOsk
21 dias atrás

Que o Brasileiro descanse em paz. foram um numero relativamente considerável deles para lá se o primeiro morreu agora depois de 3 meses então esses “mercenários” não estão morrendo tão rápido quanto você diz…

Alecs
Alecs
Reply to  PauloOsk
20 dias atrás
Mafix
Mafix
Reply to  Boitatá
21 dias atrás

Quanto mais tempo passa pior fica para Russia é um jogo de tempo …

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Mafix
21 dias atrás

southfront? não, valeu, você que fica gritando aos 4 cantos pedindo pra não usar fonte ocidental tendenciosa deveria dar o exemplo e não usar fonte Russa extremamente tendenciosa.

Daniel
Reply to  Victor Filipe
21 dias atrás

victor: Jesus já falou: não dê pérolas aos porcos, eu complemento: não perca tempo com doidos

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Daniel
21 dias atrás

Eu não faço isso por ele nem por mim. eu imagino que novos leitores que visitam o site e irão ler os comentários precisam de um contraponto as loucuras que esse ser fica comentando. principalmente se eles forem leigos no assunto.

Daniel
Reply to  Mafix
21 dias atrás
Alecs
Alecs
Reply to  Mafix
20 dias atrás

Sputinisse!

Luis Carlos
Luis Carlos
Reply to  Boitatá
21 dias atrás

Então, vc está precisando de óculos.

Heinz
Heinz
Reply to  Boitatá
21 dias atrás

Cara, deixando toda a torcida de lado. Eu não acho possível ainda a Ucrânia lançar uma grande ofensiva em todo o DOnbass, primeiro eles tem que conseguir parar o avanço russo, depois conseguir meios o suficiente para realizar contra ataques em maior escala. Eu acompanho vários canais no telegram, desde pró russos como pró ucranianos. Por exemplo, na cidade de Sievierodonetsk, os combates estão sendo tão sangrentos que há relatos de que mesmo conseguindo avançar, chega um momento em que não há pessoal disponível mais para tão avanço, e isso é dos dois lados, apesar dos russos terem apoio aéreo… Read more »

Mafix
Mafix
Reply to  Heinz
21 dias atrás

Falta tropas em ambos os lados em Sievierodonetsk .

Hoje vi a noticia que um brasileiro morreu em combate la , foi como voluntario sabendo dos riscos morreu como heroi para os ucranianos.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Boitatá
21 dias atrás

O problema é a população da área, q apoia os russos. Aquela área é pastosa.

Nilson
Nilson
Reply to  Boitatá
21 dias atrás

O maior problema que impede sucesso em contra ataque ucraniano é a questão da superioridade aérea. Enquanto os russos tiverem mais presença no ar (aviões e anti aéreos) será difícil para os ucranianos avançarem.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Boitatá
20 dias atrás

já eu não vejo isso, pq eles não tem força aérea, só por terra não vai dar, e o preço do combustível nos EUA tá subindo sem parar, essa guerra vai perder o apoio popular tanto na Europa quanto no EUA, única maneira seria dar F16 para Ucrania, e rezar para que o putin não usasse armas nucleares táticas.

Andre
Andre
21 dias atrás

Devem ter desempenho melhor do que os t90, t80 e t72 russos contra os ucranianos.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Andre
21 dias atrás

t62 including…

Felipe Morais
Felipe Morais
21 dias atrás

Com esse conflito fica claro e transparente que quando o bixo pega, não dá para contar com o auxílio estrangeiro. E não só por estar dependente de “boa vontade”. Simplesmente pq realmente é difícil. E se na Ucrânia é difícil, com fronteiras terrestres, ferrovias e linhas de abastecimento consolidadas nos países vizinhos, imagine se estivermos dependente de fornecimento de material com um atlântico ou um pacífico no meio do caminho. Nossas FAs já deveriam estar trabalhando em cima das lições desse conflito na vertente de convencimento da população e das forças políticas. Já deveriam estar produzindo material audiovisual que escancarasse… Read more »

Mafix
Mafix
Reply to  Felipe Morais
21 dias atrás

Fique tranquilo nossas FAS estão trabalhando para disputar cargos na cota dos ministerios do bozo para receber uma boquinha gorda .

Luis Carlos
Luis Carlos
21 dias atrás

Notícias de agora pela manhã de 06/06.
Russos tomaram Ozerne bem próximo de Seversk, mas do outro lado do Rio Donets.
Tomaram também Nyrkove e avançam para Mykolaivka.l (10 km ao sul de Lisichiansk).
Os fatos acima foram confirmados pelos ucros.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Luis Carlos
21 dias atrás

ahahaha começou ele a responder pra ele mesmo kkkkkkkkk

Bruno
Bruno
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
21 dias atrás

Esse cidadão não pode ser uma pessoa normal Rodrigo. MElhor nem dar mais idéia pra isso.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Bruno
21 dias atrás

E ai eu vou rir de quem ?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Luis Carlos
21 dias atrás

Saudação camarada R. Mello, do jeito que se desenrola os acontecimentos vão chegar atrasados e se chegar não vai fazer diferença no enfrentamento contra Z, isso só comprova o desespero dos ucras para não perder ainda mais, e em alguns think thanks já começa a mudar o editorial, tipo melhor parar agora pq se continuar a Russia pode não ficar só no Donbass.

Luciano
Reply to  Luis Carlos
21 dias atrás

Um dúvida, foi o Kremlin que orientou os trolls russos a usarem o termo “ucros”?

Daniel
Reply to  Luis Carlos
21 dias atrás

Me avisa quando tomarem Gobaroviski (capital das goiabas), Melançoviski (capital das melancias), Kokoviski (capital dos cocos)…eta homem chato

Luís Carlos
Luís Carlos
Reply to  Daniel
20 dias atrás

Já tomaram Severodonetsk, capital dos caras que estão tomando uma surra severa.

Alecs
Alecs
Reply to  Luis Carlos
20 dias atrás

Tonho da Lua respondendo pra ele mesmo! kkkkkkkkkkk Você é Louco! Devia estar internado num manicômio.

Victor Filipe
Victor Filipe
21 dias atrás

Questão de emprego, os turcos no começo não tinham muita inteligencia quanto ao uso de blindados, no começo teve vários casos deles deixando os MBTs parados em campo aberto, ai já viu…

Os ucranianos já tem uma experiencia bem maior.

Mafix
Mafix
Reply to  Victor Filipe
21 dias atrás

Os caras paravam os Leo 2 em todo de colina paravam na frente de postos de controle em lugares abertos sempre …

BK117
BK117
21 dias atrás

Leo 2A4? Rapaz…

Alô Espanha, tu errou a grafia do nome, não e Ucrânia, é Urucânia, província de MinasGeraizovsky!

Last edited 21 dias atrás by BK117
Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
21 dias atrás

Estes Leopard são mais avançados que os nossos, correto ? Estão parados há mais de 10 anos..

Não sei se os espanhóis os tinham colocado a venda, mas se tivessem n valeriam mais a pena que os comprados pelo EB ou são muito caros ?

Mafix
Mafix
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
21 dias atrás

As ferrovias e pontes não suportam a tonelagem desse modelo …

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Mafix
21 dias atrás

No tempo que eu trabalhava com automação, eu lembro de ter feito um software para o DETRAN de um estado da região Norte para emitir autos de infração para caminhões acima de 60T trafegando nas estradas.

A boa e velha Wikipedia disse que o Leo2 são 62T..

Pontes com certeza aguentam vários caminhões de 60T parados em cima dela..

Estranho este argumento..

Heinz
Heinz
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
20 dias atrás

Prezado Rodrigo, você é programador?
Estou querendo mudar de curso na faculdade, e me interessei bastante pela área de tecnologia.
Qual facul você fez?

A6MZero
A6MZero
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
21 dias atrás

Sim esses Leopards são mais avançados e modernos e novos que os nosos Leo 1A5, pertencentes inicialmente a Alemanha fabricados entre 85 e 92.

O Brasil acho que nunca demonstrou interesse neles, mas os Leo 2A4 espanhóis foram oferecidos anteriormente para o exercito Peruano.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
20 dias atrás

parece ser pouco, aí não faria sentido comprar um punhado de Leo2, mais fácil seria pedir a fabricação de novos Leo2 menos avançados, ou M1 do deserto, ou até Type alguma coisa da China, talvez se a Elbit fuçasse neles daria pra colocar tudo no padrão OTAN que o EB gosta.

Mafix
Mafix
21 dias atrás

O problema contra os curso é que os turcos não tem boa doutrina para operar fora que o terreno na Siria é aberto .

Victor Filipe
Victor Filipe
21 dias atrás

A questão dos veículos precisarem de uma revisão/atualização não é tão problemática como se pensa.

se o envio deles for realmente autorizado pela Alemanha então a tripulação pode ir recebendo treinamento enquanto os veículos passam pela manutenção/atualização.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
21 dias atrás

Update para complementar o que L Carlos postou

https://youtu.be/bibwO1wyQbk

Aqui tem o relato onde foi o Gen Roman Kutzov.

Daniel
Reply to  Nilton L Junior
21 dias atrás

limk para últimas atrocidades da guerra, avanço surpreendente das tropas russas\:

https://www.youtube.com/watch?v=AvQsJHa761g&ab_channel=Teletubbies-WildBrain

Daniel
21 dias atrás
Josebaldo
Josebaldo
21 dias atrás

Uma forma adicional de monetizar e regulamentar o site é limitar as postagens por dia. Quem quer falar mais de 20, 30 vezes que pague… Não é possível estar tão largado. Cada conta ter que ter CPF, nome, etc…

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
20 dias atrás

“Vem tranquilo” Ka-52, 2022.

images (32).jpeg
Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Inimigo do Estado
20 dias atrás

“Vem tranquilo” Starstreak sei lá de que ano

FO4sx8vXoAsAsL-.jpg
Nelson Junior
Nelson Junior
20 dias atrás

Desnecessário esses 40 Leo 2A4…
Só isso é suficiente pra acabar com todo resto dos MBTs Russos, daí perde a graça… Vai com calma Espanha

Que oportunidade de OURO pra mandar nossos M60 e Leo1A5 e depois receber algo mais moderno, talvez até uns Leo 2 desses da Espanha já seria um up grade razoável

Cansado
Cansado
19 dias atrás

Essa sim é uma notícia bem curiosa. À primeira vista, parece que a Espanha resolveu ajudar. Mas se trata de mesmo país que viu a Europa arder por quase seis anos (1939-1945) e ficou de braços cruzados assistindo. Que também é uma das nações europeias mais refratárias ao ingresso de imigrantes. Certamente não quer ucranianos sendo acolhidos. Então, na minha visão, ela manda tanques para eles, na verdade, para que fiquem o maior tempo possível por lá e longe das suas fronteiras. E não é só a Espanha que assim age. Claro que, para os ucranianos, pouco importa a intenção… Read more »

Últimas Notícias

Stoltenberg: Diálogo amplo entre Rússia e OTAN não é mais possível

BRUXELAS, 27 de junho. /TASS/. A Otan e a Rússia devem preservar as linhas de comunicação, mas um amplo...
- Advertisement -
- Advertisement -