quarta-feira, novembro 30, 2022

Saab RBS 70NG

Um museu em combate

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Se você queria ver o T-34 em combate novamente ao que tudo indica este dia está cada vez mais perto. Recentemente foram divulgadas nas mídias sociais uma foto de um posto de controle do DNR (República Popular de Donetsk) com jovens soldados armados com dois fuzis Mosin Nagants.

Estes fuzis foram criados ainda no final do Século XIX, antes da URSS existir. Trata-se de um fuzil de ferrolho manual calibre 7,62. Este tipo de arma era muito apreciada pelos franco-atiradores soviéticos e foram empregados até mesmo após o fim da Segunda Guerra Mundial. Aliás, os dois fuzis presentes na foto possuem luneta típica de franco-atirador.

Mas se você gosta mesmo de equipamentos históricos a foto ainda mostra um telefone de campanha TA-57 (detalhe acima).  Este equipamento foi muito utilizado na década de 1950 pelo Exército Soviético. Ele funciona via cabo e por este motivo não pode ser rastreado ou clonado. Se você quiser ter o seu autêntico TA-57 há diversos deles à venda na internet.

Em outro post mostramos que blindados que estavam no museu de Kiyv foram empregados para defender a capital no mês de fevereiro. Pelo jeito, a minha carabina KAR 88 não faria feio no conflito da Ucrânia.

 

- Advertisement -

55 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

55 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Josué Silva
Josué Silva
5 meses atrás

Mosin Nagant.
Lenda russa/soviética.
Talvez o melhor fuzil para snipers.
Matou milhares de nazistas alemães e agora faz o mesmo na Ucrânia.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Josué Silva
5 meses atrás

Tenho medo de pessoas com o pensamento igual ao teu.

Nativo.
Nativo.
Reply to  Wellington Jr
5 meses atrás

Porque?? Está a favor dos nazistas?

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Nativo.
5 meses atrás

Que nazistas? Ucranianos são tão nazistas quanto eu ou você, qualquer país invadido por outro forma grupos nacionalistas dos mais diversificados níveis e mesmo que uns optem pelo fascismo e nazismo não se pode tomar eles como um esteriótipo nacional já que são um efeito colateral da agressão externa e não uma evolução social interna. Até a Ascensão de Hitler foi um efeito externo, nem por isso se podia dizer que todo alemão da época era nazista, muitos sequer sabiam o que os nazistas faziam por opção de evitar saber para viver em Paz.

Abravatar
Abravatar
Reply to  Wellington Jr
5 meses atrás

No iemem armas turma de Osama bladen e Biden juntos contra 60 por cento do iemem. Amigos da Arábia saudita, expansionismo global.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Nativo.
5 meses atrás

O problema é saber quem são os nazis…

paulof
paulof
Reply to  Hcosta
5 meses atrás

política expansionista de Putina é uma lembrança da política externa nazista,

mac
mac
Reply to  Nativo.
5 meses atrás

Qualquer um que apoie Putin não pode falar nada sobre nazismo…

Chevalier
Chevalier
Reply to  Nativo.
5 meses atrás

Deve tá falando do amigo do Putin, Dmitri Utkin, chefe do Wagner Group, os mercenários russos preferidos do Putin. Neonazista assumido, com tatuagem da SS no pescoço. Isso quer dizer que o putin ñ tem problema algum com neonazistas, é só desculpinha pra invadir. Agora que a Finlandia quer se juntar à OTAN, já começaram a fazer propaganda enganosa na Russia de que os finlandeses são nazistas. É que nem aqui em época de eleição, a esquerda começa a pintar suástica por todo lugar.

Jorene
Jorene
Reply to  Chevalier
5 meses atrás

A Finlândia usava na sua Força Aérea a suástica, adotada em 1918, muito antes dos nazistas a adotarem. Deve ser por isso a propaganda fake dos orcs.

Felipe
Felipe
Reply to  Josué Silva
5 meses atrás

Olá, Kings. Nick novo?

Avai2022
Avai2022
Reply to  Felipe
5 meses atrás

De novo xings …. Meu filho para com esta mania de diversos nicks ….

mac
mac
Reply to  Felipe
5 meses atrás

Caso de personalidade múltipla…

Luis
Luis
Reply to  mac
5 meses atrás

.

Multi king.jpg
Fábio CDC
Fábio CDC
Reply to  Josué Silva
5 meses atrás

Quem matou os invasores foram os soldados, as armas foram meros instrumentos.

karl Bonfim
karl Bonfim
Reply to  Josué Silva
5 meses atrás

È verdade, mas você esqueceu do maior de todos, Simo “Simuna” Häyhä apelidado de “Morte Branca” ou “Provocador” pelo Exército Vermelho, foi um soldado finlandês e o mais eficiente franco-atirador da história mundial, matando aproximadamente 545 soldados russos com seu mosin nagant, na Guerra de Inverno (1939-1940) da Finlândia contra o ditador de plantão da época, Stalin. Há, outra coisa, os ucranianos devem ter ainda alguns mosin nagant em condições de uso (já que faziam parte da URSS), quem sabe eles não devem ter também um bom de atirador como o Simo HayHa!!!

Last edited 5 meses atrás by karl Bonfim
Andre
Andre
Reply to  karl Bonfim
5 meses atrás

Nessa época nazistas e comunistas eram aliados formais, com os comunistas sendo os maiores fornecedores de combustíveis para os nazistas.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Andre
5 meses atrás

Não eram aliados, pacto de não agressão não é aliança.

_RR_
_RR_
Reply to  Inimigo do Estado
5 meses atrás

A Polônia, em 1939, foi invadida por dois exércitos: o exército alemão… e o exército vermelho….

5c9e26307ed93-spotkanie-sojusznikow.jpg
MAB
MAB
Reply to  Inimigo do Estado
5 meses atrás

Olha o nível do contorcionismo (débil) mental para justificar algo que nem interpretação necessita. Foi um fato amplamente documentado, aí aparece o dr latrina dizendo “não, não foi assim”.

_RR_
_RR_
Reply to  Inimigo do Estado
5 meses atrás

Claro que os comunas, por essa época, já projetavam a Alemanha como um inimigo em potencial, mas… Stalin não hesitou em nenhum momento em fazer uso desse “pacto” para os propósitos expansionistas da URSS. Aliás, mais que isso, hoje já é de conhecimento público (reconhecido pela Rússia, inclusive) e notório que a divisão do leste da Europa em zonas de influência estava previamente acordada. Começou com a anexação de metade da Polônia, foi para os países do Báltico, Romênia ( Bessarábia, Herta e norte da Bukovina ) e terminou ocupando 1/8 do território finlandês; um absurdo completo sob qualquer aspecto!… Read more »

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  karl Bonfim
5 meses atrás

Não porque errou o tiro e ele sobreviveu, logo o atirador Soviético foi oportunista e não melhor que ele!

karl Bonfim
karl Bonfim
Reply to  karl Bonfim
5 meses atrás

Outra verdade, mas como o diz o ditado, “Deus está do lado dos bons”, pois o cara morreu bem velhinho (aos 97 anos), de causas naturais com a consciência limpa, a sensação do dever cumprido, vai ser lembrado para sempre como um herói nacional pelo seu povo livre, isso vale qualquer sacrifício, até mesmo uma cicatriz daquela pro resto da vida . É isso aí!!!

Last edited 5 meses atrás by karl Bonfim
mac
mac
Reply to  karl Bonfim
5 meses atrás

Esse levou um tiro no rosto, provavelmente de um Nagant, e ficou daquele jeito para sempre.”
Uiii, doeu em você saber que ele matou sozinho mais de quinhentos soldados inimigos? Nunca chegou perto da Finlândia (a menos que tenha ido fazer algum curso em Moscou) mas respondeu com uma satisfação vingativa ao algoz de seus queridos russos?

Ivo
Ivo
Reply to  karl Bonfim
5 meses atrás

Tenha vergonha!

Avai2022
Avai2022
Reply to  Josué Silva
5 meses atrás

Achei que você iria nos deliciar com os segredos tecnológicos deste fuzil. Inclusive saiu artigo na sputnick que a China está interessada e ofereceu toda a tecnologia stealth deles em adição a $1 trilhao de dólares pagos imediatamente por um lote de 5 fuzis.
Segundo a fonte do Kremlin, a Rússia não está propensa a dividir este fuzil com a China sob pena de ter cópias.
Minha opinião eh que a Rússia não precisa se preocupar pois os chineses copiam tudo do USA. Deveriam aceitar.

Avai2022
Avai2022
Reply to  Avai2022
5 meses atrás

Sim concordo agora a Otan sai correndo … não tem jeito …

Jorene
Jorene
Reply to  Josué Silva
5 meses atrás

De novo Xings, o fragmentado.

Cicero
Cicero
5 meses atrás

Olá Poggio,

Pelo que entendi essa KAR 88 é sua. Sabe algum fato da história dela?

karl Bonfim
karl Bonfim
Reply to  Cicero
5 meses atrás

O Gewehr 88 foi um rifle alemão do final do século XIX, adotado em 1888. A invenção da pólvora sem fumaça no final do século 19 imediatamente tornou obsoletos todos os rifles de pólvora preta de grande calibre então em uso…Wikipedia

Last edited 5 meses atrás by karl Bonfim
Cicero
Cicero
Reply to  karl Bonfim
5 meses atrás

Olá Karl, obrigado pelo seu reply, mas queria saber ela possui uma história própria, tipo se já participou de algum conflito, pertenceu a algum parente que serviu em algum momento histórico. Esses tipos de coisas.

Abaços

Cicero
Cicero
Reply to  Guilherme Poggio
5 meses atrás

ok.. vamos deixar do jeito que está
Abcs

Wellington Jr
Wellington Jr
5 meses atrás

Ué mas o próprio Putin disse que seu objetivo é renascer o Império Russo. Ate se equiparou a Pedro, O Grande.

Last edited 5 meses atrás by Wellington Jr
karl Bonfim
karl Bonfim
Reply to  Wellington Jr
5 meses atrás

Verdade, queria a volta do passado, tá conseguindo!
Kkkkkkkkkk!!!!

Luis
Luis
Reply to  karl Bonfim
5 meses atrás

Preparado ele já está!

Putin volta ao passado.jpg
Jorene
Jorene
Reply to  Wellington Jr
5 meses atrás

Próximo armamento a ser usado pelos russos será o poderoso tanque BT 7 …….

Gugs
Gugs
5 meses atrás

“os oreia seca pira na maionese”…

Olha o nível, praticamente um intelectual…

karl Bonfim
karl Bonfim
5 meses atrás

De um modo geral os russos são um povo de vista ampla, como sua terra, com uma extrema inclinação para o fantástico, para o desordenado.
Fiódor Dostoiévski

BK117
BK117
5 meses atrás

Eu não acredito…

Olha que eu falei dos T34 e Mosin-Nagant brincando ein kkkkkk Logo logo os Ilyushin IL-2 Sturmovik chegam ao campo de batalha…

A propósito, esse fuzis de ferrolho dessa época tem um charme sem igual.

Last edited 5 meses atrás by BK117
eliton
eliton
5 meses atrás

Tem um monte de videos e fotos de ucranianos e russos usando armas da 1° e 2° guerra (desde pistola até rifle anti tanque), principalmente na região do Donbass. É aquela coisa, se derruba o que esta na frente ta valendo.

Heinz
Heinz
Reply to  eliton
5 meses atrás

De fato, eu já vi os ucranianos com DP28, colocaram até um red dot e um silenciador nela, ficou do caralho.
Já vi tbm um ucraniano com o STG44, alemão, e uma PPSh-41 também.Todas armas automáticas, armas de ferrolho só vi no lado russo, é antigo e tosco? É, mas se servir pra matar, tá valendo kkk

Nilton L Junior
Nilton L Junior
5 meses atrás

Abelha, geladeira, iphone a criatividade é grande kkkk e os AI 00 acreditam.

Andre
Andre
Reply to  Nilton L Junior
5 meses atrás

Tem gente que, mesmo depois do Putin declarar suas pretensões imperialistas, ainda fala que a invasão foi para combater nazistas…a criatividade realmente é muito grande.

Last edited 5 meses atrás by Andre
karl Bonfim
karl Bonfim
5 meses atrás

“telefone de campanha TA-57 de 1950 usado pelo Exército Soviético que funciona via cabo e por este motivo não pode ser rastreado ou clonado. Se você quiser ter o seu autêntico TA-57 há diversos deles à venda na internet”.
Pronto, agora eu vi de tudo mesmo, só falta o Serguei Kuzhuguetovitch Choigu ter usado o sinal da Starlink para acessar a internet e comprar esse телефон компании (telefone de campanha)!!Kkkkkkkkkk!!!!

Last edited 5 meses atrás by karl Bonfim
Andre
Andre
5 meses atrás

É muito modernidade. Por isso os amplos avanços russos. Todo dia avançam 10 ou 12 metros.

karl Bonfim
karl Bonfim
Reply to  Andre
5 meses atrás

Isso tudo isso camarada! Como estão rápidos, estão usandoT-64 ou uma das Ferrari do Putin?!
Kkkkkkkkk!!!!!

Rafael
Rafael
5 meses atrás

Armas da segunda guerra e da guerra do Vietnã, foram amplamente usadas nos conflitos no Afeganistão e na guerra da Síria, devido a disponibilidade e fiabilidade em ação. Na mãos de combatentes experientes causariam bastante estrado.

sub urbano
sub urbano
5 meses atrás

Ja melhoraram. No inicio da guerra os separatistas de donesk usavam gandolas da ii guerra mundial. Ja estao melhores q os TGs brasileiros com o mosquefal (q nao tem luneta kkkk)

Pedro
Pedro
5 meses atrás

A força aérea não ta muito melhor..estavam pedindo dinheiro pra população lá pra comprar o básico…tinha piloto voando de tênis, pq nem bota tinha…Putin arranjar briga com as forças armadas nesse estado foi temerário

Maurício.
Maurício.
5 meses atrás

Eu ia dizer que só com essas armas pré-históricas seria temerário ficar num posto de controle, mas tem um AK pendurado na fortificação só para garantir, mas talvez seja de quem tirou a foto.

Pablo
Pablo
5 meses atrás

Tinha russete debochando do m109 dos ucranianos, e agora qual e o choro?

GUPPY
GUPPY
5 meses atrás

Quando na Escola de Aprendizes Marinheiros de Pernambuco, em 1975 e 1976, atirei com um fuzil provido de ferrolho (a alavanca). Era um Fuzil FO, acho que belga. Também usávamos para prática de Ordem Unida e no Pelotão Elétrico o qual fazia parte.
Também cheguei a usar o Fuzil FS.

Luciano
Luciano
5 meses atrás

Os conflitos espalhados pela África e Ásia são museus em campanha! Lee-Enfield, Kar 98 K, BRENs, Springfields, STG 44, Colts e Webleys são, ainda, muito utilizados por forças irregulares, além de milhares de AKs, G3s e toda sorte de fuzis dos 50′-70′. A matéria sobre as forças especiais ucranianas aqui no Forte, por exe, traz na foto de capa, se nao me engano, AK de fabricação hungara…o AK 63 parou de ser produzido tem uns 20 anos!

Últimas Notícias

IMAGEM: Ataques russos à infraestrutura deixam a Ucrânia na escuridão

As imagens de satélite mostram o território da Ucrânia às escuras pela falta de energia elétrica provocada pelos ataques...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -