quinta-feira, junho 30, 2022

Saab RBS 70NG

Parlamento Europeu aprova candidatura da Ucrânia à UE

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Os líderes dos 27 estados-membros da União Europeia aprovaram esta quinta-feira o processo de candidatura da Ucrânia e da Moldávia à UE, no arranque de uma cimeira em Bruxelas.

No total, 529 políticos votaram a favor da candidatura, enquanto 45 votaram contra a proposta. Houve ainda 14 abstenções. Os dados são avançados pelo jornal The Independent.

A Ucrânia garantiu o estatuto de candidato à UE em junho. Na altura, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse que o país pertencia à comunidade europeia desde há muito tempo, mas sublinhou que para entrar na UE era preciso “embaixadores e amigos poderosos”.

A Ucrânia está “pronta” para trabalhar para se tornar “membro de pleno direito” da União Europeia, disse na semana passada Zelensky em Kiev, numa conferência de imprensa conjunta com os líderes alemão, francês, italiano e romeno.

Volodymyr Zelensky contou com o apoio dos principais líderes europeus no processo de candidatura do país a membro candidato à UE. “A Ucrânia pode contar connosco. Europa está ao vosso lado e continuará durante o tempo que for necessário”, afirmou o presidente francês Emmanuel Macron, na semana passada durante uma visita à capital ucraniana.

Na mesma altura, o chanceler alemão, Olaf Scholz, disse que “a Ucrânia pertence à família europeia”. Já o primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, deixou a promessa de “reconstruir tudo”.

A Presidente da Comunidade Europeia, Ursula von der Leyen, havia prometido que o processo de candidatura da Ucrânia seria rápido.

FONTE: cm-tv

- Advertisement -

20 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Welington S.
Welington S.
6 dias atrás

B.O.

Zé bombinha
Zé bombinha
6 dias atrás

Do profundo mesmo eu espero que a Ucrânia sobreviva, nem que seja fora de UE. Dados os passos estão cada dia mais distante de UE.. OTAN. Por isso o espero que sobreviva. Porém a bravura está grande. E espero o melhor pra Ucrânia.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
6 dias atrás

Agora só esperar 10 anos pra ser aceita, isso se até lá ela existir .

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Slow 🇧🇷
6 dias atrás

Se os russos avançarem 10 metros por dia, talvez não exista nem Ucrânia e nem Rússia daqui a 10 anos kkkk. Nossas besteiras a parte….Sabemos que esse processo será encurtado para o término do conflito em andamento. O que sobrar da Ucrânia será europeia e OTAN, dai os russos não incomodam mais. Ainda é capaz do ocidente utilizar o dinheiro embargado russo para reconstruir o que sobrar da ucraniana, enquanto a Rússia vai ter que reconstruir os territórios anexados que ela mesmo destruiu para poder explora-los. Ai vai ficar difícil, pois a conta vem agora e não depois. Sabe-se lá… Read more »

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Guilherme Leite
6 dias atrás

É provavelmente vai ser encurtado o tempo mas ainda sim acho que vai alguns anos .

Falando em pagar a conta ..

https://www.cnnbrasil.com.br/business/alemanha-declara-crise-de-abastecimento-de-gas-enquanto-russia-reduz-fluxo-a-europa/

Mensageiro
Mensageiro
6 dias atrás

Que bonito ver a Europa deixando o egoísmo de lado, se unindo pra ajudar um país invadido e mais fraco.
Os Europeus são evoluídos como espíritos.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Mensageiro
6 dias atrás

Só não esqueça que esses “evoluídos como espíritos” já provocaram duas guerras mundiais entre eles mesmos…

Varg
Varg
6 dias atrás

Étnica e culturalmente falando a Ucrânia é mais europeia do que a Rússia.

Matheus
Matheus
Reply to  Varg
6 dias atrás

Hein? Ucrania é uma mini-Russia mais pobre.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Varg
6 dias atrás

A Rússia faz parte da Europa, pelo menos a grande maioria da população.

Mas como se faz o discurso do medo sem haver um inimigo, o nós contra eles?

Varg
Varg
Reply to  Hcosta
6 dias atrás

A Rússia recebeu muitas influências turco-mongólicas (domínio da Horda Dourada, expansão territorial imperial, etc.) para ser considerado um país completamente europeu, do ponto de vista cultural.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Varg
6 dias atrás

Onde quer que comece? Todos os países receberam alguma influência e vice-versa.
Qual é o país completamente Europeu? E o que é isso de ser Europeu? Geografia, cultura, etc…
A Rússia tem essa dicotomia Ocidente/Oriente mas a grande parte da sua população pode ser considerada culturalmente e geograficamente Europeia já que se concentra a oeste dos Montes Urais.

É uma explicação muito generalista e simplista mas as diferenças entre os povos são muito menos relevantes do que se pensa.

Atirador 33
Atirador 33
6 dias atrás

Que o povo Ucraniano seja os condutores das vontades e projetos da nação. Os políticos de posição pró Rússia serão extintos desse país, ao término dessa guerra a Ucrânia terá a oportunidade de tornar-se uma nação bastante próspera, e que todo o sofrimento vivido por sua população seja um motivador para o fim da corrupção política.

Agnelo
Agnelo
6 dias atrás

Uma costura para dificultar uma provável pacificação /estabilização da área conquistada pelos russos.
Romênia e Bulgária tiveram um crescimento enorme, após a adesão à UE.
Ocorrendo isso com a Ucrânia, com bons investimentos/apoio da UE e até dos EUA, fica aquela Ucrânia “boa de se viver” na UE e aquela dominada pelos russos em piores condições. Isso, sem dúvida, contribui para a resistência que poderá se instalar na parte conquistada.
Um nó complicado de se desatar a médio e longo prazo.

Fabricio Lustosa
6 dias atrás

Muita inocência esperar um final feliz de conto de fadas. Ucrânia já era pobre, ficou mais. A Grécia, e outros países europeus da UE, totalmente endividada e nas mãos de bancos, deve ter uma ou duas coisas a dizer dessa “prosperidade” automática ao entrar na UE. No final das contas aposto 10 de 10 fichas q se os ucranianos voltassem no tempo não haveria golpe nenhum em 2013/14.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Fabricio Lustosa
6 dias atrás

E no entanto o único país da UE com um PIB PC, inferior à Rússia, é a Bulgária.

Imaginem o que seria a economia Russa sem as receitas do Gás e Petróleo…

Se voltassem no tempo já teriam entrado na OTAN.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
6 dias atrás

Bem vindos!
Antes que algum tonho da vida fale alguma coisa, explico: sou cidadão europeu.

Hcosta
Hcosta
6 dias atrás

Eu sou contra a entrada da Ucrânia enquanto estiver em guerra, ou seja, enquanto não for possível haver um processo democrático que demonstre a vontade da população em aderir.
Provavelmente, ou até certamente, a grande maioria é a favor. Mas não se deve comprometer o estado de direito. Até porque sem haver uma legitimação credível interna haverá sempre consequências negativas e constantes.
É seguir o processo e chegar a uma trégua.

Donald
6 dias atrás

A entrada do Ucrânia na UE é um caminho sem volta. O Bolshevics nunca irão impedir isso.

Heinz
Heinz
6 dias atrás

Olha o que o Putin conseguiu invadindo a Ucrânia.
Suécia e Finlândia na OTAN.
Perda de milhares de soldados
Perda de milhares de equipamentos
Perda da sua Nau capitânia.
Aumento da fronteira com a OTAN
Ucrânia na UE
Perda de um dos maiores mercados do seu gás
Um país do lado que agora odeia a Rússia.
“jenial”

Últimas Notícias

Apresentação sobre Estudos Estratégicos – Prof. Dr. Vitelio Brustolin

O Prof. Dr. Vitelio Brustolin, Professor de Direito Internacional, Organizações Internacionais e Estudos Estratégicos do INEST/UFF e pesquisador da...
- Advertisement -
- Advertisement -