terça-feira, agosto 16, 2022

Saab RBS 70NG

Ataques bem atrás das linhas inimigas

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Fortes explosões estão acontecendo bem dentro do território ucraniano ocupado pelos russos. Na manhã de hoje (28/6) uma forte explosão ocorreu na localidade de Perevalsk, província de Luhansk (ver vídeo abaixo).

Perevalsk está a aproximadamente 70 km distante da cidade de Kostiantynivka, região ainda sob o controle ucraniano. Distâncias como essas são possíveis apenas com o uso de algumas das armas dos ucranianos como o sistema HIMARS.

Num outro ataque, ocorrido no dia 24, o prédio de uma escola ocupada pelos russos que, segundo os ucranianos, era utilizada como um centro de comando e controle russo, foi atingido. Este alvo localizado no centro da cidade de Izyum também ficava bem distante do fronte de combate.

Segundo a conta do Twitter “Ukraine Weapons Tracker” (reproduzida abaixo), fragmentos de um dos foguetes M31A1 (utilizado pelo HIMARS) foram encontrados após um alvo ter sido atingido em Perevalsk (Luhansk). Não há, no momento, como comprovar que esses fragmentos são realmente do local indicado.

 

- Advertisement -

33 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

33 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Yuribfr
Yuribfr
1 mês atrás

Acredito que os russos vão mais uma vez ter que se adaptar às novas armas do cenário e logo isso será menos recorrente.

Nilo
Nilo
Reply to  Yuribfr
1 mês atrás

Adaptação inicial já foi realizada: resposta na sequência e em dobro, o resto vem com o tempo. Enquanto isso as democracias mais ricas do mundo (G7) querem formar um cartel de compradores recrutando aliados, limitando o preço, risível, petróleo, lembrando, não é salsicha.

Aladaf
Aladaf
Reply to  Nilo
1 mês atrás

Putin em alguns meses: “Acabou o dinheiro!”

George
George
Reply to  Nilo
1 mês atrás

Só para lembrar. Já existe um cartel. Ele se chama OPEP. E nao é composto pelos países mais ricos.

Rogerio
Rogerio
Reply to  Nilo
1 mês atrás

Vc falou td…. 👏👏👏

sergio
sergio
Reply to  Yuribfr
1 mês atrás

Exato, como se adaptaram aos javelins, toda a novidade na guerra gera impacto, ate que vc se adapte, os russos tem formar de se adaptar a esses sistemas, so lamento pelo povo ucraniano, são eles que vão sofrer com a resposta Russa a esses Himars

Elisandro
Elisandro
1 mês atrás

No computo total, isso não muda o jogo, considerando que os russos podem atacar profundamente em território ucraniano…

RPiletti
RPiletti
Reply to  Elisandro
1 mês atrás

Não muda, mas… 4 meses de “operação especial” e ainda há fogo caindo na cabeça dos russos…

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 mês atrás

Agora vai.

fabio
fabio
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Já chegaram em KIEV?

Rogério
Rogério
Reply to  fabio
1 mês atrás

Berlin é logo ali! Já furaram o bloqueio de Kaliningrado?

O Casaquistao já liberou os trens russos?

Joanderson
Joanderson
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Cazaquistão com trens russos ?
Nao tou sabendo de nd.

Andre
Andre
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Mais duas semanas e os russos tomam Kiev. Agora vai….

George
George
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Até Lisboa ou passa disso?

Material arquivo
Material arquivo
1 mês atrás

Pessoal ainda não se ligou que conforme a ocupação russa acontece, a Ucrânia poderá ter como opção atacar pontos críticos de infraestrutura na área ocupada, fazendo aquele região ser insustentável economicamente para os russos. Hidrelétricas, portos, linhas de trem, bases russas, aeroportos etc… Isso para ganhar tempo até o Putin morrer de câncer e o próximo governo ser obrigado a abrir as pernas para o ocidente (o fim será esse) e devolver as áreas ocupadas e pagar a reconstrução da Ucrânia com reservas russas no ocidente. Esse papo de Rússia não precisar da Europa é uma piada hahahaha o Sergey… Read more »

Andre
Andre
1 mês atrás

Ué, não seriam destruidos assim que entrassem na Ucrânia?

Mafix
Mafix
Reply to  Andre
1 mês atrás

nO eXaTO MoMENto quE EntRar nA UcraNEA …

Zé bombinha
Zé bombinha
1 mês atrás

Pensem o que o “EXTRA” faria… Ainda quero ver algo similar ao ELBIT EXTRA no ASTROS! Dias atrás me referi aos MLRS em uso naquela guerra como sendo perna curta, mudou muita coisa com esse sistema.

Paulo Brics
1 mês atrás

The Economic Times: “As Forças Armadas da Ucrânia se encontraram em uma situação difícil no Donbas devido à sua incapacidade de usar equipamentos militares ocidentais. Está se tornando cada vez mais difícil para as Forças Armadas usar projetos avançados. O exército ucraniano tem um número limitado de militares qualificados para lidar com isso (e) por falta de pessoal treinado, parte do equipamento é destruída ou capturada pelas tropas russas. Em particular, Kyev está perdendo um grande número de obuses rebocados M777.” A medida em que as tropas regulares vão sendo eliminadas, o exercito da Ucrânia está se constituindo na sua… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Paulo Brics
Paulo Brics
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Tropas russas entraram em Lisichansk e estão obtendo o controle da cidade.

Informaram que capturaram 12 mercenários estrangeiros que lutaram ao lado das Forças da Ucrânia. Disseram que os mercenários eram de vários países, e estes são países “bastante interessantes”, o que levou o MD russo a adotar o silêncio sobre esta questão.

Atirador 33
Atirador 33
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Kings, saudações bravo guerreiro, usando uma imagem no nickname?

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Informou para: pão de alho Santa Massa.

Albuquerque
Albuquerque
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Vários vídeos de soldados ucranianos fugindo a pé da região.
Debandada geral.
Russos avançando para oeste para criar outra área de cerco.
Colapso total.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Albuquerque
1 mês atrás

Nick novo Xing!!?

rui mendes
rui mendes
Reply to  Albuquerque
1 mês atrás

Chegam a ser ridículos, estes meninos, fanáticos de guerra, já perderam interesse nos jogos na consola, agora vivem está guerra na internet mas fantasiam muito, inventam os seus heróis e tudo.
Como estão a milhares de km, acham linda está guerra.

Paulo Brics
Reply to  Albuquerque
1 mês atrás

Perfeito. O avanço russo agora acontece com mais rapidez mesmo com os da otan enviando armamentos mais modernos.

Pelo que vemos, quando a guerra findar os russos ficarão com no mínimo 50% do território ucraniano.
Inclusive a cnn divulgou hoje que o pentágono declarou que não acreditam que a Ucrânia irá retomar o que perdeu.

Rodrigo-brasileiro
1 mês atrás

Um dos motivos que sempre achei que o Astros 2020 deveria ser a ponta da lança no EB, sei que os valores para a utilização de uma arma dessas é alto, mas continuo achando uma arma de dissuasão formidável.

Lana alves
Lana alves
Reply to  Rodrigo-brasileiro
1 mês atrás

Alto é pagar aposentadoria integral e precoce para militar.
Da pra ter astros 2 em diferentes versões pelo país todo. Do nordeste até o sul.

RPiletti
RPiletti
Reply to  Lana alves
1 mês atrás

Aqui no RS, um ex-governador se aposentou com 37 anos, depois que a imprensa descobriu: “Veja bem, não era assim não…”

Mafix
Mafix
Reply to  Rodrigo-brasileiro
1 mês atrás

Qual sera o custo de uma barragem de artilharia para uma de foguetes do tipo que o EB usa ?

RDX
RDX
Reply to  Rodrigo-brasileiro
1 mês atrás

Era para ser a espinha dorsal da nossa artilharia. Infelizmente o nosso exército possui apenas 20 lançadores. Para efeito de comparação, os poloneses compraram 500 HIMARS. O problema não é o valor….é tudo menos falta de grana, e vou além, se a Avibrás dependesse de contratos do EB, ela já teria falido. Aliás, o descaso do EB com o ASTROS é tão grande que até pouco tempo atrás parte deles estava enferrujando em inúteis GACosM. HIMARS x M777. Os ucranianos concluíram que o HIMARS possui o dobro do alcance, praticamente a mesma precisão (empregando foguetes guiados por GPS), maior volume… Read more »

Last edited 1 mês atrás by RDX
Mafix
Mafix
Reply to  RDX
1 mês atrás

Creio que com a pequena quantidade desses meios que as forças armadas da Ucrania tem não é possivel ‘anular’ a artilharia russa, em uma quantidade boa creio eu que a artilharia russa seria anulada em grande parte facilmente..

Jagdverband#44
Jagdverband#44
1 mês atrás

Equipamento espetacular hein.

Últimas Notícias

Primeiro dia de atividades operacionais do Exercício Core 22

Louisiana (EUA) – Na madrugada de 12 para 13 de agosto, a Companhia CORE realizou os preparativos para o...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -