sexta-feira, agosto 19, 2022

Saab RBS 70NG

EUA instados a parar de vender armas a Taiwan

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Os Estados Unidos devem interromper todas as suas vendas de armas para Taiwan, de acordo com o coronel Tan Kefei, porta-voz do Ministério da Defesa Nacional da China.

Respondendo a um pedido de comentário sobre o acordo de armas de US$ 108 milhões proposto pelos EUA com Taiwan, Tan disse na segunda-feira que as transações de armas e tecnologia de defesa entre os EUA e Taiwan violam gravemente o princípio de uma só China e os três comunicados conjuntos China-EUA. especialmente o Comunicado de 17 de agosto de 1982, no qual os EUA se comprometeram a reduzir gradualmente suas vendas de armas para Taiwan.

Tais atos são uma interferência descarada nos assuntos internos da China, prejudicam seriamente a soberania e a segurança da China e comprometem gravemente os laços entre os dois países e os militares.

“Os EUA repetiram recentemente seus compromissos com a China em relação à questão de Taiwan e disseram claramente que não apoiam a ‘independência de Taiwan’. No entanto, seus atos contrastam fortemente com seus compromissos, sem credibilidade e integridade”, disse o porta-voz. disse.

Ele enfatizou que os acordos de armas não resultarão em um futuro brilhante, garantia de segurança ou benefícios para Taiwan. Em vez disso, esses acordos resultarão no Partido Democrático Progressista da ilha e nas forças da “independência de Taiwan” cavando suas próprias covas se depositarem suas esperanças nos EUA e confiarem em armas para perseguir seu sonho de “independência”, disse Tan.

O Exército de Libertação Popular usará todas as medidas necessárias para impedir qualquer interferência estrangeira e tentativas de alcançar a “independência de Taiwan” para salvaguardar a soberania e a integridade territorial da China, disse ele.

FONTE: China Daily

- Advertisement -

34 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

34 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nilo
Nilo
30 dias atrás

Acrescente a outro recado dado pela China:
Segundo “Financial Times”, presidente da Câmara norte-americana, Nancy Pelosi, prepara viagem a Taiwan.
O Ministério das Relações Exteriores da China disse nesta 3ª feira, que prejudicaria seriamente a integridade territorial do país, segundo o órgão, se a viagem se concretizar, os Estados Unidos arcariam com “as consequências”.
Rússia, China, EUA, Europa (Alemanhâ/França) cada um querendo preservar sua área de influência, a questão é que o Brasil não está preparado, para estar entre os grandes, está como satélite circulando sobre o campo gravitacional. Que lástima.

Last edited 30 dias atrás by Nilo
WSilva
WSilva
Reply to  Nilo
30 dias atrás

Quando Hu Xijin fala, temos que ouvir Hu Xijin, a commentator for the Global Times, suggested the People’s Liberation Army (PLA) should send military aircraft to accompany Pelosi’s plane to enter the island of Taiwan and fly over the airport where Pelosi lands, and fly back to the mainland from the island, and this will make a low possibility of military conflict, and once the PLA fighter jets fly across the Taiwan island, “this would make a precedent with a much greater milestone meaning than Pelosi’s visit.” Hu said. “If the Taiwan military dares to open fire against PLA aircraft,… Read more »

Rogerio
Rogerio
Reply to  WSilva
29 dias atrás

Isso os americanos querem, causar mais uma guerra para ter desculpa para vender mais armas e e reaquecer a economia dele

Patrício
Patrício
30 dias atrás

Acabou o respeito.

Heitor
Heitor
Reply to  Patrício
30 dias atrás

Çei..

Reis36
Reis36
30 dias atrás

Taiwan ainda vai virar uma batata quente nas mãos de algum presidente americano se não for desse ai ne.

Realista
Realista
30 dias atrás

Vamos ver a hora que a China ou Rússia decidir armar a Venezuela ou algum outro pais aqui ..

Quem procura acha !

Nilo
Nilo
Reply to  Realista
30 dias atrás

A China já está na Argentina: Argentina e China fecharam acordo para a entrada do país na Nova Rota da Seda – China construiu uma estação espacial militar na região da Patagônia Argentina – China assina acordo de US$ 8 bilhões para construir usina nuclear na Argentina – China o principal parceiro comercial da Argentina. A Rússia está na Venezuela: A Rússia é atualmente o principal apoio externo do regime de Maduro – Caracas deve cerca de 6,5 bilhões de dólares à russa Rosneft – Venezuela possui ao menos 20 unidades do caça-bombardeiro russo Sukhoi Su-30..etc… – fábrica de rifles AK-47 – recebe investimentos russos, em área… Read more »

Last edited 30 dias atrás by Nilo
Adunlucas
Adunlucas
Reply to  Nilo
28 dias atrás

Os americanos SEMPRE vão priorizar as vendas das empresas deles. Não vendem caças usados deles. Mas chega a França com uma proposta boa de vender Mirage ou Rafale e eles acham umas unidades de F-16 pra serem modernizados. Eu ficaria muito surpreso se o Chile comprasse Gripen. os americanos vão dar um jeito de vender o F-35 ou pelo menos uns F-16 mais antigos deles ou de outro país com pacote de modernização vendido pela LM. Veja a facada que deram na França no acordo de submarinos com a Austrália. O Brasil vai sofrer ainda mais. E não é questão… Read more »

Heinz
Heinz
Reply to  Realista
29 dias atrás

Que eu saiba, a muito tempo que a Rússia arma a Venezuela, S300, caças SUkhoi, T72, obuseiros, fuzis AK, Igla, Buk.
Quase tudo lá vem da Rússia, se não me engano os Venezuelanos operam sistemas chineses também, como radares.
E o Wagner Group já opera em solo Venezuelano faz tempo.
Creio que o senhor esteja desatualizado.

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
Reply to  Realista
29 dias atrás

Seria até bom pra ver se os políticos inúteis do Brasil se moveriam para modernizar nossas forças armadas.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Lúcio Sátiro
29 dias atrás

Tão modernizando a “arma” com Viagra…

Heitor
Heitor
30 dias atrás

E de repente todos aqui viram comunas… Antes eram da direita, agora são da esquerda… Não entendo a mente sádica da galera desse fórum

Zé bombinha
Zé bombinha
30 dias atrás

Quando vi o título pensei que fosse os EUA metendo o rabo entre as pernas de novo… Bom, por enquanto foi um china que disse!

Neural
Neural
Reply to  Zé bombinha
30 dias atrás

Vão invadir Taiwan logo logo, dragão chinês vai atacar em várias frentes. Não vai ter mickeyboy dando pitaco e arminha ocidental não, dragão chinês cospe fogo e tem garras afiadas!

Patrício
Patrício
Reply to  Zé bombinha
30 dias atrás

E agora?
Melhorou?
Huahuahuahua

IMG-20220719-WA0012.jpg
Mensageiro
Mensageiro
30 dias atrás

Vejo nessas declarações a China criando uma narrativa para poder tomar Taiwan. Assim como a Rússia criou a dela falando de nazista na Ucrânia, de OTAN e outras falácias para invadir.

A questão é, o que o Brasil está esperando pra criar uma narrativa também e nacionalizar toda Itaipú. Os paraguaios estão criando a deles para tirar 150bi de dólares nosso por uma guerra que eles causaram há 150 anos!

Se tivéssemos um presidente de verdade que se preocupasse com o país e não com a eleição desde 2018 a coisa era outra. Abram os olhos.

Last edited 30 dias atrás by Mensageiro
Henrique
Henrique
Reply to  Mensageiro
29 dias atrás

Itaipu é uma dor de cabeça. Os militares não imaginaram que os paraguaios iriam nos extorquir? Mais um erro da ditadura que a gente paga até hoje. Deveríamos ter feito uma hidroelétrica em algum daqueles rios caudaloso da Amazônia ao invés de um país que sempre teve comportamento hostil a nós.

Last edited 29 dias atrás by Henrique
Adunlucas
Adunlucas
Reply to  Henrique
28 dias atrás

Não é só quantidade de água que influencia a geração de energia. A diferença de altitude é até mais importante. Os rios da Amazônia não têm grande potencial de energia hidroelétrica. A barragem de Balbina tem um lago enorme e sequer abastece toda Manaus. O lago de Tucuruí é maior que o de Itaipu e produz 8x menos energia.

Paulo Brics
30 dias atrás

Segundo vários analistas, principalmente dos eua, a crise econômica interna estadunidense que se agiganta sem parar, fará com que os eua virem as costas para seus aliados e se voltem totalmente para si para salvar a própria pele, tentando manter seu status de superpotência. No fim deste ano durante o inverno no hemisfério Norte teremos uma visão clara do nível da tragédia econômica se a tendência proseguir e os eua e a UE irem para a UTI. Taiwan será deixada de lado por motivo de força maior e a questão será resolvida pela China mais brevemente do que se imagina.… Read more »

Claudio
Claudio
Reply to  Paulo Brics
30 dias atrás

A China se livrou dos títulos da dívida americana

Monarquista
Monarquista
Reply to  Paulo Brics
29 dias atrás

Comecei a acompanhar a trilogia desde 2012 ou 2013, se não me engano, quando encontrei as revistas na banca e comecei a comprar. Comentei uma vez em 2016, mas comecei a comentar de verdade esse ano. Dito isso, desde 2012/2013 eu leio a mesma coisa que tu escreve, mas na época era um tal de soldat, se não me engano. Daqui 10 anos será outro, com outro nick, dizendo que os EUA vão quebrar e que a Chin vai tomar Taiwan e que a Rússia e China serão a superpotência (China como dominadora, Rússia como a Putin nha da China… Read more »

Paulo Brics
Reply to  Monarquista
29 dias atrás

Mona, 10 anos é um tempo extremamente curto para mudanças geopolíticas radicais, então tenha paciência e observe o que aconteceu com a China de 2012 para cá.

Por mais que seus condicionamentos ideológicos detestem isso, a mudança da balança que está ocorrendo em ritmo cada vez mais rápido não pode ser detida.

E a moda da vez entre vocês disneyboys é viverem a 10 anos dizendo que a China vai quebrar, “a bolha imobiliária”, a desvalorização do yuan, o envelhecimento da população “, e blá, blá, blá, blá, blá…
Acostume-se porque seus sonhos sinofóbicos e americanopatas não irão se realizar.

Monarquista
Monarquista
Reply to  Paulo Brics
29 dias atrás

Na verdade o Soldat dava 10 anos pra essas coisas acontecerem. Passou os 10 anos e não aconteceu. Você já disse que até 2030 a potência vai ser a China e os States estarão quebrados na miséria. Você falou, não eu. Mas como as previsões dos xingboys, ou putinetes, só deram em nada até hoje (inclusive a tomada de Kiev em 48 horas), não acredito nem um pouquinhos nas lorotas que vocês contam. Ah, se sou “americanopata e sinofóbico” é que prezo por uma coisa chamada liberdade. Mas como tu tem fetiche por bota de ditador, pelo que percebo, não… Read more »

Last edited 29 dias atrás by Monarquista
WSilva
WSilva
Reply to  Paulo Brics
29 dias atrás

”Mona” foi ótimo. rs

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Monarquista
29 dias atrás

Se não me engano o “Paul” BRICS comentava recentemente sob o pseudônimo de Zeus, depois mudou para Amon-Rá porque Zeus era ocidental demais.

A maneira de se expressar
é idêntica, começando pelas afirmações perentorias e absoluta ausência de dúvidas quase fosse Mãe Dinah e a agressividade direcionada aos que ele considera “mickeyboy” . A fé cega na Rússia e Rpc também é outra alerta que sinaliza a identidade dele.

WSilva
WSilva
Reply to  Thiago A.
29 dias atrás

Acho que a diferença é que o sujeito ainda está por aqui, disse o que disse e mantém o que disse.

Diferente de outros que há 70 anos estão prevendo o colapso da China, muitos já morreram, outros estão vegetando na cama enquanto a China ainda está por aí, mais forte do que nunca.

PETERSON MONTEIRO DA SILVA
PETERSON MONTEIRO DA SILVA
29 dias atrás

A questão não é se somos de direita ou esquerda… esqueçam isso!!! A questão é que estamos caminhando para sermos divididos neste debate infantil de comunistas e extremista de direita… E é justamente isso que às grandes potências querem!!! Ordegan da Turquia está certo seu pais tem que tirar o que é melhor dos dois lados, seja o ocidente e asiático… Saberemos tirar proveito dos dois lados,e isso ainda não aprendemos fazer… enquanto tivermos está discussão infantil de direita ou esquerda, todos,ou a maioria aqui sabe que tanto um como outro quando chega ao poder eles puxam a sardinha pro… Read more »

H.Saito
H.Saito
29 dias atrás

Antes de mais nada, o Partido Comunista Chines precisa mostrar dignidade e permitir eleições multipartidárias livres, antes de falar sobre reunificação com Taiwan.

Steel Wing
Steel Wing
Reply to  H.Saito
28 dias atrás

verdade, podiam fazer igual aos EUA, apenas dois partidos que são a mesma coisa. Não Sei se você sabe, mas na China há eleições desde pequenos vilarejos escolhendo representantes e há 8 partidos além do comunista, o partido comunista, se fosse aqui no Brasil seria o MDB ou o Centrão, como não há eleições diretas nesse parlamentarismo, assim como em muitos países da Europa, vide Inglaterra, apenas a legenda majoritária leva.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
29 dias atrás

Infelizmente Taiwan não tem chance contra a China se ela invadir a mesma. No máximo que irá acontecer será um embargo por pouco tempo do ocidente pois agora os mesmos dependem da China em componentes eletrônicos e nada vem sendo feito pelo Ocidente comandado pelos EUA para reverter isso. O que Taiwan pode fazer é na hora que estiver com a guerra perdida, estabelecer estratégia de terra arrasada com material radioativo para que os chineses não se estabeleçam em seu território!

Last edited 29 dias atrás by Luiz Trindade
Rodrigo
Rodrigo
29 dias atrás

Vai bostejar e americano vai vender….não da em nada, nível bozó joga para a torcida o que a torcida quer escutar… e só.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Rodrigo
28 dias atrás

Que idioma você esta falando rapaz?!?

Últimas Notícias

Brasil e Coreia do Sul fecham acordo para produção de semicondutores da Samsung no país

O Brasil e a Coreia do Sul estão fechando acordos para a construção de uma fábrica de chips semicondutores...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -