sexta-feira, agosto 19, 2022

Saab RBS 70NG

Ministra: com estoques quase esgotados, Alemanha não tem mais capacidade de fornecer armas à Ucrânia

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

As Forças Armadas da Alemanha estão ficando sem armas que podem ser fornecidas à Ucrânia, mas Kiev ainda pode contar com a assistência de Berlim no futuro, disse a ministra da Defesa alemã, Christine Lambrecht, nesta terça-feira (19).

“Não podemos enviar muitas [armas] da Bundeswehr [Forças Armadas da Alemanha]”, disse Lambrecht à agência de notícias alemã, DPA.

A ministra também disse que seu colega ucraniano, Aleksei Reznikov, já foi informado sobre as capacidades limitadas das Forças Armadas alemãs, acrescentando que Kiev pode contar com o apoio de Berlim no futuro.

PzH 2000
PzH 2000

FONTE: Sputnik News

- Advertisement -

104 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

104 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ed Sanches
30 dias atrás

Que futuro?

YuriBfranca
YuriBfranca
30 dias atrás

Isso só demonstra que o arsenal russo realmente é de larga escala, curioso pra saber até aonde eles poderiam ir com todos os embargos dificultando ainda mais a produção.

GodDrax
GodDrax
Reply to  YuriBfranca
30 dias atrás

Toda a Europa reduziu os investimentos na defesa e este ainda foi um dos principais pontos de reclamação do Trump, dependeram demais do EUA, sendo a Alemanha que mais dedicou na redução da defesa, então é bem obvio que seus estoques estejam esgotados.

M.@.K
M.@.K
Reply to  GodDrax
28 dias atrás

Exatamente!

sergio
sergio
Reply to  YuriBfranca
29 dias atrás

Agora leve isso para a doutrina de guerra Russa e da Otan/EUA, os Russos se baseiam em quantidade, enquanto a Otan se baseia na qualidade, pelo que se ve na Ucrânia caso tivesse havido uma confrontação na Europa entre a união soviética e a Otan claramente a Otan enfrentaria dificuldades.
Sera que a qualidade não seria suficiente para barrar a quantidade empregada pelos soviéticos. ?

Adunlucas
Adunlucas
Reply to  sergio
28 dias atrás

A Rússia consegue se defender bem de ataques da OTAN. Os S-400 e S-500 são ótimos SAMs, mas as aeronaves russas estão muito atrás em guerra eletrônica e, principalmente, em radares. A artilharia russa não é de todo ruim, e eles têm em enorme quantidade. Mas os sistemas ocidentais sobram em precisão. Não precisam bombardear 100m² para destruir 10m² que é a estratégia típica da Rússia.
Não seria um passeio da OTAN, mas a Rússia dificilmente ganharia uma guerra defensiva. Ofensiva então, só usando nukes.

jovictor
30 dias atrás

Kiev e futuro não tem sentido! kkk

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  jovictor
30 dias atrás

Tem mais sentido que “jovictor”

Sagaz
Sagaz
Reply to  jovictor
30 dias atrás

O cara rindo de um país sendo destruído. Vai a cemitérios soltar fogos também?

Caerthal
Caerthal
Reply to  Sagaz
30 dias atrás

Quando a cabeça se ausenta o corpo padece. Esse teu linguajar soa falso e fraco. Decerto aprendeste bem com esses péssimos professores de história.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  jovictor
30 dias atrás

Milhares de ucranianos discordam de vc neste momento …..

Munhoz
Munhoz
Reply to  Plinio Jr
29 dias atrás

Não costumo comentar muito, mas aproveitando, eu não acho engraçado o que esta acontecendo ! Porém a situação do ocidente e da Ucrania não é boa ! Tem muita mentira e analises de torcida sendo feitas ! A realidade é que o territorio que os russos estão conquistando concentra 80% do PIB ucraniano ! A realidade é que mesmo sofrendo baixas devemos conciderar que os russos estão enfrentando indiretamente a OTAN e não apenas a Ucrania, e estão na ofensiva ganhando territorio ! A realidade é que a China, a India e outros paises não embargaram a Russia que esta… Read more »

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Munhoz
29 dias atrás

Indiferente aos problemas que os ucranianos sofram, eles lutam contra a dominação russa e a cada dia que passa fica mais evidente que é uma agressão russa a um pais livre e independente .

Erick Barros
Erick Barros
Reply to  Plinio Jr
29 dias atrás

Verdade. Igual os EUA fez no Iraque.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Plinio Jr
29 dias atrás

No Iraque foi a mesma coisa em 2003 com 8.000 civis mortos em 2 meses, e ninguem se comoveu ! Cade a Greta agora para apagar o fogo na Europa ?? É uma mentira atras da outra neste mundo ! A Ucrania pertencia a URSS, a OTAN foi comendo terreno até encostar , na hora que pegaram os paises balticos a Russia estava fraca, em 2014 a OTAN encostou na Ucrania, a Russia reagiu, a Ucrania deveria ficar neutra e buscar a paz, ao inves disso buscou a OTAN e tomou chumbo essa é a realidade ! A Ucrania deveria… Read more »

Munhoz
Munhoz
Reply to  Munhoz
29 dias atrás

e eu não sou a favor da Russia, eu só enxergo os 2 lados,

Carlos
Reply to  Munhoz
29 dias atrás

Aconselho-te uma consulta no oftalmologista, e lembra-te que no ocidente tu podes falar e dares a tua opinião sem que isso te conduza à prisão, por outro lado convido-te ires até Moscovo e dizeres publicamente que apoias a guerra e a invasão russa da Ucrânia, fica o desavio

Munhoz
Munhoz
Reply to  Carlos
29 dias atrás

Vcs não entendem o meu ponto de vista, não é torcida, é uma análise técnica, vc acha que eu torço para Rússia??
Eu só não sou bobo para acreditar na Ucrânia ou no ocidente, e nem para acreditar na Rússia!
Eu vou pelas evidências!

Victor Filipe
Victor Filipe
30 dias atrás

Bom eles não precisam enviar armas, manda uns 4Bi de euros pra Ucrânia ir as compras no mercado de armas internacional que eles fazem a festa.

Patrício
Patrício
Reply to  Victor Filipe
30 dias atrás

Os alemães vão precisar de cada centavo que têm para se aquecer no inverno.
Pode acreditar.

Henrique
Henrique
Reply to  Patrício
30 dias atrás

KKKKKKK
melhor religar energia nucelar pra ontem (e liga direito… não é pra produzir 30 anos de energia em 1s)

FVsFNE4WUAA5Tk3.jpg
Last edited 30 dias atrás by Henrique
100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Henrique
30 dias atrás

Energia nuclear é um botão que liga e desliga a hora que quer? sabe quanto tempo demora para construir uma usina nuclear?

Henrique
Henrique
Reply to  100nick-Elã
29 dias atrás

sim.. é um botão de liga e desliga… só você não percebeu isso
.
ter que explicar meme é f*da

Jefferson Albax
Jefferson Albax
Reply to  Patrício
30 dias atrás

Imagina a Rússia kkkkkk
Alemanha é muito mais rica que a Rússia.
A chantagem de hoje baterá amanhã nas portas da Rússia.
O esperto morre esperto.

Realista
Realista
Reply to  Victor Filipe
30 dias atrás

E os Bilhões que os EUA mandou, a festa foi pra poucos convidados ?

Jesus Baccaro
Jesus Baccaro
Reply to  Victor Filipe
29 dias atrás

Essa grana iria toda pro bolso dos corruptos locais, incluindo o pilantra do Zelensky.
As armas estão “chovendo” no mercado negro.
E a Alemanha está mais preocupada com o inverno. Foi atrás dos EUA, se ferrou de novo.

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
30 dias atrás

A Otan como aliado do regime de Kiev tem de se virar nos trinta para manter o apoio.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Renato de Mello Machado
30 dias atrás

“Regime de Kiev”, também conhecido como um governo eleito democraticamente .

LUIZ
LUIZ
Reply to  Sagaz
30 dias atrás

Democraticamente caçando registros dos partidos de esquerda e prendendo opositores.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  LUIZ
29 dias atrás

fechando empresas de jornalismo que criticavam o governo, perseguindo jornalista e apoiando batalhões nazistas tipo o Aidar e o Azov

Carlos
Reply to  LUIZ
29 dias atrás

Diz que disse não vale, apresentem provas porque propaganda russa não serve e Zelensky foi eleito democraticamente apesar de ser um ucraniano falante de língua russa isto porque foi apoiado pelo povo que se opunha aos oligarcas, “Volodymyr Zelensky. De comediante a símbolo do mundo livre”

Jesus Baccaro
Jesus Baccaro
Reply to  Sagaz
29 dias atrás

O governo “democrático” que cassou todos os partidos de oposição.
É uma ditadura sim senhor!

Nilo
Nilo
Reply to  Renato de Mello Machado
30 dias atrás

Não precisa tem EUA, é EUA que tem a máquina de fazer dolar, a moeda aceita no mundo que finanancia a dívida pública americana.
Quando o Secretário da Otan disse que tinha reclamação do montante de recursos financeiros gastos com a Ucrânia, não imaginava que fosse Alemanhã rsrsrsrsr Acredite tem mais reclamão aí, só que ainda não se mostrou.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Nilo
29 dias atrás

Se o país mais rico da Europa está assim imagina os outros k k

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Nilo
29 dias atrás

kk verdade ele disse que gastam números e a Ucrania gasta com carne e sangue, queria ver esse discurso se diminuíssem o salário dele pela metade, daria para comprar várias munições de 155mm

Tutor
Tutor
30 dias atrás

Uma vergonha essa Alemanha, país rico, 4ª economia do mundo, líder econômica de um bloco que é muito rico, e manter suas forças armadas nessa situação. Dada as devidas proporções de riqueza e desenvolvimento, me arriscaria a dizer que o descaso dos governantes alemães com as forças armadas alemãs é maior que o descaso dos nossos governos com nossas forças armadas. E Donald Trump já tinha falado isso sobre eles.

Patrício
Patrício
Reply to  Tutor
30 dias atrás

Foram avisados, mas na primeira oportunidade saíram abanando o rabinho para os EUA.
Agora, que aguentem as consequências.

Reis36
Reis36
Reply to  Patrício
30 dias atrás

kkkkk rindo muito aqui

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Patrício
29 dias atrás

eles não abanaram o rabo não, diziam que o Trump mentia, que iam fazer um exército europeu e blá blá blá, que não precisavam dos EUA.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Tutor
30 dias atrás

Eles estão fazendo que nem os EUA, só mandaram o excesso de material, pois tem que manter uma quantidade para uso próprio. Obvio que eles tem menos que os EUAs.
Estão certos eles, primeiro a Alemanha, depois o resto.

Helbert Abe Rodrigues
Helbert Abe Rodrigues
30 dias atrás

Deve ser o medo da Rússia cortar o fornecimento de gás para a Alemanha que motivou essa ação. Na minha opinião é apenas um desculpa.

Paulo Brics
Reply to  Helbert Abe Rodrigues
30 dias atrás

A Gazprom anunciou ontem que o corte de 60% no envio de gás para a Alemanha é por motivo de força maior. Segundo as leis internacionais, quando uma empresa emprega este argumento de “força maior” ela está livre de quaisquer punições. E de fato um dos impedimentos foi o envio pela Alemanha de uma turbina do Nordstream 1 para manutenção no Canadá, que disse que não ia enviar de volta devido às sanções anti Rússia, e os alemães deram chilique exigindo a volta da turbina, que já partiu de volta. Eu postei um link em outra matéria sobre a estatal… Read more »

Patrício
Patrício
30 dias atrás

É melhor a Alemanha começar a se preocupar com o futuro da economia do País.
Agora é impressionante como a OTAN está despreparada para uma guerra com a Rússia.
Diria ator que é frágil.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Patrício
30 dias atrás

Otan cedeu armas em um ambiente beirando o caos para um país sobreviver. Qual seria a diferença de efetividade num embate direto com forças preparadas Rússia x otan? O ponto principal seria a superioridade aérea que até hoje a Rússia não garantiu sobre a Ucrânia.

Jesus Baccaro
Jesus Baccaro
Reply to  Sagaz
29 dias atrás

Os aviões ucranianos não voam a 10km de suas bases sem serem derrubados. A força érea ucraniana é só um emblema na parede.
A Rússia tem tanta superioridade aérea, que seus aviões só são derrubados por fogo amigo, como aconteceu ontem.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Patrício
30 dias atrás

Só os EUA e talvez a Turquia. Quando eu falo que países europeus não são potências, acham que eu estou errado.

Alberto
Alberto
Reply to  Rodrigo
29 dias atrás

Sim, a Turquia é uma força militar considerável, uma das maiores potências militares no mundo, mas o tamanho de seu território a fragiliza diante de uma guerra contra um exército como o russo, uma ofensiva russa bem sucedida e vai quase metade do território turco, e é algo difícil pois Turquia e Rússia estão se aproximando, a Turquia não confia na Otan e nem a Otan confia na Turquia. Lembrando que quando o Império Otomano foi derrotado no fim da I guerra mundial e parte do Oriente Médio foi ocupado pelas forças vencedoras Inglaterra e França, Mustafá Kemal (Ataturk) ao… Read more »

Last edited 29 dias atrás by Alberto
Alberto
Alberto
Reply to  Rodrigo
29 dias atrás

Com relação a Europa, Inglaterra, França, Alemanha e Itália são com certeza potências militares.

Jesus Baccaro
Jesus Baccaro
Reply to  Alberto
29 dias atrás

Essas “potencias” mais os EUA apanharam feio no Afeganistão. França saiu escorraçada do Mali. A Alemanha está sem armas.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Patrício
29 dias atrás

Impressionante como a Russia mostrou-se despreparada para qualquer tipo de guerra, vamos para 5 meses e não consequiram conquistar a Ucrania, pais vizinho ….

Jesus Baccaro
Jesus Baccaro
Reply to  Plinio Jr
29 dias atrás

Tirem as armas ocidentais de lá, junto com seus operadores também ocidentais e verá o resultado.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Plinio Jr
29 dias atrás

sem javelin, nlaw e munições da OTAN como ficaria o cenário, sua análise é rasa, mesma coisa no Vietnã, os EUA entraram ali achando que ia ser fácil, mas lutou indiretamente contra a URSS e China, o ucraniano é tipo soldado vietnamita ou vietcongue

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
30 dias atrás

Nessas situações que vemos que pouquíssimas nações tem condições de manter um combate de alta intensidade por períodos longos!

Alemanha ta sendo a primeira de outras que virão…

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Jefferson Ferreira
30 dias atrás

Acho que só os EUA, Rússia, China, India, Paquistão e as Coreias estão prontas para uma guerra dessas. O resto se acostumou a conflitos de baixa e média intensidade.

Last edited 30 dias atrás by Cristiano de Aquino Campos
Ivo
Ivo
30 dias atrás

Acabou-se o tempo onde os países poderiam sustentar conflitos de longa duração. Aparentemente só a Rússia, os EUA e talvez a China tenham força para tal.

Flávio
Flávio
Reply to  Ivo
30 dias atrás

Esqueceu a Índia

Neural
Neural
30 dias atrás

Chechenios disseram que vão chegar em Berlim. Estão chegando mais MSTA, drones Iranianos, e mais Grads e Smerchs. Fora os T-80 e T-90 com presença cada vez maior na linha de frente. Divisão “O” e a “C” de paraquedistas já estão cercando kramatorsk

Henrique
Henrique
30 dias atrás

Pra sorte da Ucrânia quem ta arrumando confusão é o antigo rival dos EUA e os EUA ta loco pra justificar os bilhão do Pentágono pra manter o setor de Defesa rodando pra depois arrumar confusão com a China

Patrício
Patrício
Reply to  Henrique
30 dias atrás

Auto-explicativo.

IMG-20220708-WA0000.jpg
Elisandro
Elisandro
30 dias atrás

Isso é um problema para a maioria dos países do mundo, pois com exceção de EUA, China e Rússia em menor escala, nenhum país atualmente pode sustentar uma guerra de alta intensidade por muito tempo somente com sua indústria de armamentos local.

naval762
naval762
30 dias atrás

Alô, seu Putin? Meu chefe, já mandei avisar que o estoque acabou, do jeitinho que o senhor falou.
Dá pra ligar o gás aí?

Red Pill - 红色药丸
Red Pill - 红色药丸
Reply to  naval762
29 dias atrás

kkkkkkk

Anderson Rodrigues
Anderson Rodrigues
30 dias atrás

Nossa a Alemanha não envio quase nada e já está sem, confiança nos Estados Unidos em, realmente tirar os EUA da OTAN ela acaba.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Anderson Rodrigues
29 dias atrás

ela deu um monte de míssil e lançador

Oráculo
Oráculo
30 dias atrás

Trump avisou isso aos alemães a 4 anos atrás.

Jogou na cara deles: investem pouco em defesa, não mantém forças Armadas do nivel que a Alemanha pode ter e ficam dependentes dos americanos.

Na época acharam ruim.

Hoje descobriram que era verdade e vão gastar 100 bilhões de euros por causa dos erros cometidos.

Os próximos a começar a gastar muito em suas FFAA serão os ingleses, que vinham numa escalada de menos investimentos em armas e diminuição de efetivos. Questão de tempo pra cancelar tudo e voltar a investir pesado.

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
30 dias atrás

A molecagem deve crescer e parar de vender factos alternativos.
A Rússia ocupou em 4 meses o equivalente a cerca de um quinto do território francês, incluindo a Guiana Francesa, ou 42% da Itália, ou ainda o equivalente a mais de um terço (35 por cento) da Alemanha ou mais da metade (52 por cento) do Reino Unido.
Hora de deixarmos os factos alternativos e fazermos as contas, comparando as armas enviadas pela OTAN e os resultados… Rsrsrsrsrs!! Cilindro na Ucrânia e OTAN!

Henrique
Henrique
Reply to  Mateus Gonçalo
30 dias atrás

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK 146 dias

FXLu7qoWIAMRFBd.jpg
Realista
Realista
Reply to  Henrique
30 dias atrás

20 anos e 2 trilhões de dólares !

Tempo é relativo ninguém sabe a intenção do Putin, já dos americanos todos sabia ..

tali.png
Pedro
Pedro
Reply to  Realista
30 dias atrás

Sem falar que a Rússia ja perdeu em 4 meses mais soldados do que os EUA em 20 anos.

Last edited 30 dias atrás by Pedro
Patrício
Patrício
Reply to  Pedro
30 dias atrás

Prezado.
Ninguém acredita nos números divulgados pelos ucranianos.
Nem eles mesmos, visto que pararam de divulgar aquelas cascatas.

Cassini
Cassini
Reply to  Pedro
30 dias atrás

Os EUA não enfrentaram um exército regular armados e suprido por outros 30 países.

Enfrentaram guerrilheiros subnutridos, analfabetos e obstinados e perderam mesmo assim.

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  Cassini
29 dias atrás

Exato no ponto. Outro aspecto interessante e um verdadeiro elogio aos russos é compará-los com os americanos sendo que eles tem um orçamento militar que é um décimo do americano ou até menos.

Nilo
Nilo
Reply to  Realista
30 dias atrás

É uma conta a ser considerada e calculada. No Afeganistão estes recursos em geral foram gastos com empreendimentos realizados por empresas americanas não só de produtos belicos mas de infraestrutura logistica e de manutenção dos soldados, ou seja o dinheiro voltava para o próprio sistema economico americano outra parte de recursos era pago com comercialização do tráfico de ópio no mercado internacional. Pouco ou Nada foi investido no Estado na prestação de serviço a população pobre do Afeganistão. Com a Ucrânia os gastos com compra de produtos de material americano financiados ou doados pelo americanos volta para o sistema dos… Read more »

Last edited 30 dias atrás by Nilo
Henrique
Henrique
Reply to  Realista
29 dias atrás

kkkkkkkk
blz cara, mas tamo falando de Rússia/Ucrânia aqui…

“mais e o pt” versão internacional agora kkkk
.
——
“ninguém sabe a intenção do Putin”

a gente ja sabe.. ele quer expandir o território da Rússia, ele mesmo falou isso e Lavrov essa semana… tudo aquelas m*rda de otan e nazismo é pra trouxa ficar bos***ndo aqui na pagina

Last edited 29 dias atrás by Henrique
Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Henrique
29 dias atrás

“ ele quer expandir o território da Rússia “

Não é bem assim , os 🇺🇸 invadiu o Iraque pra se expandir ? ..

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Henrique
29 dias atrás

Para além das deficiências naturais do ensino brasileiro, você não estudou geografia e muito menos cartografia.
Então tem de imitar o Zerolensky, fazendo papel de Tiririca.

Henrique
Henrique
Reply to  Mateus Gonçalo
29 dias atrás

iu iu iu… na falta de argumento ele precisou atacar meu ensino na escolinha da tia creide KKKKKKKKKK
.
deve ser muito difícil ver o Tiririca da Europa peitar ao supremo líder e ferrar todas as pretensões dele de ser um país relevante
.
“operação ispicial mixuruca” kkkkkk

trjrtjrtjrtj.jpg
marcos poorman
marcos poorman
Reply to  Henrique
29 dias atrás

Camarada Henrique, já sobrepôs essa porção de terra de “146” dias em outro mapa? Faço uma sugestão para colocar na escala e coloque sobre o mapa do Brasil e tenha uma surpresa.

Pedro
Pedro
Reply to  Mateus Gonçalo
30 dias atrás

Comparando com países pequenos para inflar os numeros fica facil. Que tal comparar o a Ucrania com a Russia para ver qual a porcentagem de ocupação? E 4 meses para chegar somente nisso.

marcos poorman
marcos poorman
Reply to  Pedro
29 dias atrás

Pedro, sabe me responder qual percentual de participação do exército russo nesta operação? Posso te adiantar que o exército ucraniano já foi refeito algumas vezes nestes quatro meses. Outra coisa para levar em consideração, não é Rússia x Ucrânia. É Rússia x Ucrânia c/ grandes contribuições da NATO+EUA. Quem jogou gasolina na fogueira foram os europeus e norte americanos. A guerra nem começou ainda, a operação especial na Ucrânia é só mais uma batalha. Vamos ver como fica se ocorrer uma declaração de guerra por parte da Rússia, com a mobilização total do exército russo e demais forças (nem conto… Read more »

Emmanuel
Emmanuel
30 dias atrás

Que piada…

Nilton L Junior
Nilton L Junior
30 dias atrás

Off topico SU-35 abatido

https://youtu.be/alDhvhQgX5A

Patrício
Patrício
Reply to  Nilton L Junior
30 dias atrás

Os informes do dia dão conta de que um avião ucraniano foi abatido em Nova Kakhovka.
Isto está até no Liveuamap que é Ucrânia até a raiz.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Patrício
30 dias atrás

Esse foi em Kherson .

Ramon
Ramon
Reply to  Nilton L Junior
30 dias atrás

Não divulga nenhuma perda russa não, que o kings acha ruim, jaja denuncia você por preconceito ao povo russo e ser contra a operação especial na Ucrânia, na cabeça sem neurônios dele tudo está saindo conforme o planejado.

Last edited 30 dias atrás by Ramon
Hcosta
Hcosta
Reply to  Nilton L Junior
29 dias atrás

Já começam a ficar desesperados ou meio burros.

O avião era Russo…

Caerthal
Caerthal
30 dias atrás

Humilhação em cima de humilhação. Fez algum sentido hostilizar o Rússia por 25 anos?

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  Caerthal
29 dias atrás

A realidade as vezes é muito satisfatória. Hollywood vai lançar vários filmes pintando os russos, como sempre, como seres malignos, o mal, e vai, como sempre, continuar a fazer a cabeça, doutrinar, muitos. Muitos que aqui comentavam inclusive e sumiram né? kkkkkkkkk. Muita satisfação ver um país tomando atitudes concretas contra esses canalhas da OTAN e principalmente EUA. Está mais do que claro que o mundo NÃO pertence à eles e como disse Putin, mais de uma vez: “achou ruim cai pra dentro!”.

Realista
Realista
30 dias atrás

Tem armas sim mas está vendo que não muda nada, eles pode enviar oque quiser o destino da Ucrânia já está traçado goste ou não .

Neural
Neural
Reply to  Realista
30 dias atrás

Ministra de defesa a caras parece a Gretha mais velha. Cadê a Alemanha potência que desafiou o mundo? Sem atrocidades de nazismo, mas com as divisões Panzer de volta, e as táticas revolucionárias.. Virou um estado de bundões

Mensageiro
Mensageiro
30 dias atrás

A Alemanha em berço esplêndido americano acordou pra vida e vai começar a produzir mais armas, afinal não dá para delegar sua defesa a uma potência, pois vc pode precisar ajudar um aliado e não ter as armas. Foi isso que disse a ministra. O resto é blablabla ideológico dos comentaristas.

Last edited 30 dias atrás by Mensageiro
Jefferson Albax
Jefferson Albax
30 dias atrás

herança merkel.
A merkel acabou com a defesa alemã.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
30 dias atrás

Que fase a da Alemanha, Trump falou sobre isso a muito tempo e eles negligenciaram suas forças armadas.

Se não fosse o EUA e o tratado da OTAN, muito provavelmente os delírios que os russos passam na TV sobre avançarem de Donetsk até a Alemanha não seriam só delírios.

Que lambança da Merkel !

A verdade é que a OTAN sem EUA não conteria o imperialismo russo, eles devem a própria soberania ao EUA, lamentável!

Caio
Caio
30 dias atrás

O que deve estar pega mesmo é o fato de além de potência militar a Rússia ser grande fornecedora de energia para a Alemanha.
Está na hora de sentar a mesa e por fim a destruição da Ucrânia. Mesmo que perca parte do seu território hoje, uma retirada pode dar chances no futuro.

Gabriel BR
Gabriel BR
29 dias atrás

A Rússia venceu , senhores!

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Gabriel BR
29 dias atrás

onde? só vejo os EUA vencendo

Gabriel BR
Gabriel BR
29 dias atrás

Sem energia , sem armas … é o fim do jogo

Heinz
Heinz
29 dias atrás

Trump sempre teve razão, os Europeus se apoiam de mais nos Yankers, sendo muito dependentes destes para sua defesa.

Jaime
Jaime
29 dias atrás

Aliado instado pelos ocidentais para ser abandonado à destruição inimiga.
Essa é a maior certeza das guerras modernas!
Sem assumir isso não se entende as ações atuais de Rússia e China

Alberto
Alberto
29 dias atrás

Só as compras de China e Índia já sustentam a economia russa, então os russos estão confortáveis para barganhar a continuidade do fornecimento de gás em troca de que se pare de enviar armas para a Ucrânia, Alemanha é a primeira, outros seguirão, forças ucranianas já dão sinais claros de colapso, a chegada de centenas de drones iranianos na linha de frente irá fazer muita diferença, a Rússia mostra que é sim uma superpotência militar, até pq a Ucrânia é um país de grande território, mais de 40 milhões de habitantes e possuía antes da guerra uma forte e diversificada… Read more »

pgusmao
pgusmao
29 dias atrás

A fonte da informação é extremamente suspeita, Sputiniknews, órgão ligado ao serviço de informação do governo russo, tanto a Sputiniknews como a RT são recheados de pessoas do serviço de inteligência do FSB, mas acredita quem quer.

Nemo
Nemo
Reply to  pgusmao
29 dias atrás
Gavião
Gavião
28 dias atrás

Pois é, os países europeus se desarmaram em peso, após a queda do muro de Berlim, por imaginarem que a Rússia deixava de ser uma ameaça. O problema é que a Rússia é uma ditadura desde sempre (cada hora de uma “cor”), e países assim não tem uma sociedade civil, ou veículos de mídia, capaz de fazer pressão no governo. O resultado é isso aí, em pleno Séc XXI, que pensávamos que estas tolas atrocidades já tinham chegado ao fim, graças a grande integração entre as nações do mundo, descobrimos amargamente (os ucranianos muito mais) que não.

Oswaldo
Oswaldo
28 dias atrás

KKKKKKKK…. Pobre Alemanha… Pobre Europa… Ninguem pode com a Russia.

Últimas Notícias

Brasil e Coreia do Sul fecham acordo para produção de semicondutores da Samsung no país

O Brasil e a Coreia do Sul estão fechando acordos para a construção de uma fábrica de chips semicondutores...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -