quarta-feira, outubro 5, 2022

Saab RBS 70NG

Brasil e Coreia do Sul fecham acordo para produção de semicondutores da Samsung no país

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O Brasil e a Coreia do Sul estão fechando acordos para a construção de uma fábrica de chips semicondutores em parceria com a Samsung

Os governos do Brasil e Coreia do Sul fecharam um acordo de entendimento para unir esforços com o intuito de construir uma fábrica de semicondutores que será instalada no Brasil. As negociações com o país asiático giram em torno da Samsung, uma das líderes mundiais do setor. A informação foi compartilhada por Fábio Faria, ministro das Comunicações, em entrevista à imprensa durante o Seminário 5G.BR, organizado pela própria entidade.

Acordo com Coreia do Sul pode trazer uma fábrica de semicondutores ao Brasil

Segundo Faria, há um memorando de entendimento com o governo da Coreia do Sul e estão sendo realizadas negociações com a Samsung sobre a possibilidade de criar uma fábrica no Brasil. A ideia seria erguer uma indústria capaz de fabricar peças que possam abastecer a indústria local, principalmente, a automotiva, assim como serem exportados para países da América Latina, África e Europa. De acordo com Faria, o Brasil é um ponto estratégico para a nova fábrica da Samsung.

Se confirmada, a construção da planta industrial em parceria com a Coreia do Sul, ficaria por conta da iniciativa privada, com possíveis benefícios tributários a serem oferecidos pelo Estado onde a unidade seria instalada. Entretanto, por hora ainda não há nada concreto.

O ministro comentou que o mercado de semicondutores depende muito da produção realizada em Taiwan, que atualmente passa por uma fase de tensões geopolíticas com as disputas entre China e Estados Unidos, reforçando a demanda de se buscar alternativas para garantir o fornecimento dos insumos.

Escassez de semicondutores

O problema, entretanto, não é novo e se trata de uma lacuna de mercado que está se arrastando por vários meses diante da crise global gerada pela pandemia do COVID-19 e, também, pela guerra no leste da Europa, fatores que afetaram a cadeia logística ao redor do mundo.

A chegada da internet móvel de quinta geração (5G) também vai abrir o mercado da chamada IoT (Internet das coisas), isto é, comunicação entre equipamentos, o que aumentará a demanda por semicondutores nos próximos anos.

Faria afirma que também buscou diálogo com a Intel para a instalação de uma fábrica de semicondutores no Brasil. Segundo o Ministro das Comunicações, a empresa teria respondido que buscou o governo brasileiro há alguns anos, entretanto não conseguiu chegar a um acordo. Sendo assim, a Intel instalou sua fábrica na Costa Rica, em meados de 2008.

Liquidação da Ceitec

Apesar da chegada da crise de fornecimento de semicondutores, o governo de Jair Bolsonaro determinou a liquidação do Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec), estatal que era a única fabricante de chips e semicondutores na América Latina.

Sediada em Porto Alegre, a Ceitec foi desenvolvida pela lei em 2008, ainda no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O intuito seria ter uma grande produtora nacional no setor. O problema é que a empresa sempre foi dependente do Tesouro Nacional, isto é, demandava investimentos dos cofres públicos para bancar despesas correntes e salários.

Sem dar lucro e também considerada ineficiente, a Ceitec se tornou alvo do governo atual, que divulgou uma lista extensa de privatizações. No último ano, o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) recomendou a extinção da estatal, e o decreto presidencial que oficializou a decisão foi publicado em dezembro de 2021.

FONTE: clickpetroleoegas.com.br

- Advertisement -

194 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

194 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Agressor's
Agressor's
1 mês atrás

Diminuir a dependência de importados deveria ser a prioridade de nossos “governos”, chega de dizer: Que as pessoas lá fora são melhores que nós brasileiros, a única coisa em que eles são melhores é o fato de investirem em conhecimento e capacidade técnica da sua população, quando o Brasil fizer isto iremos dar um salto tecnológico imenso, por que muita da matéria prima, e pessoal, exportamos para outros países fazerem o que depois compramos de forma caríssima…

Agressor's
Agressor's
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Desenvolver tecnologia é tão importante quanto investir em educação. Um país sem desenvolvimento tecnológico, além de ser dependente das políticas externas, tende a ser pobre ou subdesenvolvido. O Brasil necessita urgentemente do desenvolvimento tecnológico de vários níveis! O Brasil não pode parar de fabricar semicondutores e já devia está bem mais avançado. Chega de depender de outros países principalmente em uma área tão delicada e até de questão de soberania. Nosso país deveria movimentar as engrenagens políticas para dar a atenção necessária num setor tão estratégico, o país não pode viver na dependência, os investimentos trarão lucro amanhã…Enéas Carneiro e… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Concordo em tudo, mas nosso sistema universitário é uma droga..só artigo e publicação de assuntos sem aplicabilidade. No meu primeiro mestrado fiz um estudo e gerei um capítulo de livro e fiz.um projeto com uma empresa que liberou material ara testar e devem tá lucrando um monte ( devia te pedido royalties). Mas projeto de extensão que tem retorno para o país não vale nada na CAPES não conto ponto. Agora como bom teimoso no segundo mestrado um professor quer que eu faça algo que não é feito a 5 anos pois com cloud faço em dois segundos…ou seja falta… Read more »

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

EU tinha um professor de Fundamentos da Computação que sempre dizia que a ciencia no Brasil era assassinada pelos proprios cientistas veteranos que matavam os sonhos dos alunos por pura comodidade e medo de sair da zona de conforto e quem tentava mudar isso acabava sendo ceifado nas universidades. Eu ia fazer meu TCC da faculdade sobre um algoritmo da interação das ondas de rádio e insetos e pragas da lavoura. Porem não cheguei a concluir a faculdade por problemas financeiros e logo vieram os filhos enfim.

Carlos Crispim
Carlos Crispim
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Rapaz, universidades públicas são antros esquerdistas, esse pessoal só quer ganhar salário do estado sem fazer nada, não saem do lugar a não ser pra viajar para congressos e palestras , de preferência na França ou nos EUA, pagas com o suor do contribuinte, com resultados pífios, só para passearem mesmo, o governo gasta BILHÕES com as públicas para não ter resultado quase nenhum.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Sua visão explica o atual retrocesso ético reinante.

Marcos César Fernandes
Marcos César Fernandes
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

avalie os temas de tcc e verá que o colega tem razão

rodrigo
rodrigo
Reply to  Marcos César Fernandes
1 mês atrás

ou as bolsas liberadas, tem um ex namorada da minha irma que estou 3 anos com bolsa sobre o caso daquele rapaz, que é negro que foi preso nos protestos contra Dilma, uma dissertação que só fala de racismo, e prisão sobre racismo e não toca nos crime em si…até li.
qual curso antropologia….

Patrício
Patrício
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Agora conta pra gente em qual Universidade pública vc foi reprovado no Vestibular.
Deixa de papo furado, rapaz.

ANDRE GARCIA
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Faltou dizer também que são as únicas que fazem pesquisa no país. É claro que no caso da área de humanas há uma contaminação ideológica cheirando a mofo, mas não podemos generalizar, pois a pesquisa de ponta só existe no Brasil por causa das instituições públicas.
Não podemos esquecer que esse tipo de comentário generalista vai na linha da proibição de bíblias, fechamento de escolas, etc. Uma ode à ignorância e desinformação que corre solta Brasil afora.

Last edited 1 mês atrás by ANDRE GARCIA
Tomcat4,4
Reply to  ANDRE GARCIA
1 mês atrás

Irretocavelmente na mosca seu comentário caro Andre !!!

Sequim
Sequim
Reply to  Carlos Crispim
1 mês atrás

Verdade. Temos os seguintes antros esquerdistas: IME, ITA, Poli/USP , COPPE/UFRJ, dentro outros centros de ensino público que produzem resultados pífios, né não?

Kornet
Kornet
Reply to  Sequim
1 mês atrás

IME EB e ITA FAB será que nessas instituições proliferam ideias e mantras de cunho ideológico esquerdista e a militancia utópica e feroz?
As universidades públicas deveriam formar profissionais que pensassem sozinhos e não sofrerem lavagem cerebral ,infelizmente nossas universidades públicas viraram antros de professores e funcionários militantes com o único objetivo de formar pessoas voltadas acum único pensamento à esquerda e quem e quem não seguir essa cartilh é severamente perseguido.
Mas tenho esperança que um dia isso vai mudar.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Quando o jovem Gurgel se formou ele idealizou um protótipo de automóvel com motor de dois cilindros, chamado de Tião. O projeto foi um desafio para o formando, pois originalmente ele foi obrigado a fazer um guindaste e recebeu de seu professor uma grande dica de incentivo: “Carro não se fabrica, Gurgel, se compra”. Nenhum país se desenvolve vendendo suas empresas públicas ou cortando investimentos em ciência e tecnologia. Mas negócio de Wafer por aqui é só daquele do biscoito/bolacha adocicado em camadas. Fabricar semicondutores, “não é pop”! Acho que deveria ser melhor mesmo esse país se dividir e virar… Read more »

Carlos Crispim
Carlos Crispim
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Noutro dia estava lendo sobre ranking de pontuação das universidades do mundo, o índice de Xangai, por exemplo, leva em conta o número de prêmios Nobel e quantidade de medalhas Fields, número de estudantes, publicações… No Brasil não tem nada disso. tem uma universidade pública estadual, num estado importante da federação, talvez o segundo maior, cujos reitores escolhidos são sempre advogados, médicos, professores…ou seja, nenhum com gabarito ou expertise de pesquisa tecnológica, principalmente os advogados, que na maioria das vezes nem sabe somar direito, o resultado é uma universidade que não produz nada científico que possa alavancar o país e… Read more »

MARCELO
MARCELO
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Cansa ficar lendo post de pessoas verborrágicas, pernósticas e prolixas…arguindo…independência tecnológica, mais dinheiro pra universidades/educação, etc etc etc.
Discursinhos de picaretas que NÃO sabem de nada…não leem as contas públicas e nem tem noção do montão de dinheiro gastos com essas “universidades/centro de excelências.. kkkkkk …são uma piadas esse “doutores que escrevem por aqui” mais de 30 universidades cheias de esquerdalhas arrogantes e improdutivos)
O governo federal TEM de colocar dinheiro SIM…não deixar somente com os EStados…Coloque dinheiro e exija no contrato …a criação de um centro de aprendizado em semicondutores dirigido pela samsung nessa parceria.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
1 mês atrás

Isso ai! Nada de ficar dando dinheiro de imposto pra empresa pública defasada com trocentos aspones mamando na teta do estado. Privatizem tudo e deem condições de comércio para trazerem as indústrias pra cá. Exatamente dessa forma que esse governo está fazendo. Existem várias e várias empresas querendo sair da China ou diminuindo a sua dependência de sua produção por lá. Apple é um exemplo, que pediu para todos fornecedores mandarem 30% da produção da China para outros países, tanto que o iphone 13 está sendo feito aqui tb. Se o Brasil souber aproveitar essa oportunidade, podemos ser um grande… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Você não sabe do que fala. A Boeing recebe bilhões do governo, a SpaceX recebe bilhões do governo. Os EUA e a China já estão começando iniciativas para diminuir a dependência de Taiwan. Só aqui no Brasil que os pseudos liberais acham que o Estado não pode investir nos setores estratégicos. Depois reclamam que não há inovação no país. Claro que não há, as pequenas empresas com projetos interessantes, como a Stella, não recebem incentivos do Estado, o resultado é a dependência de tecnologia estrangeira.

DANIEL DE SOUZA SILVA
DANIEL DE SOUZA SILVA
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Boeing e SpaceX não são estatais, são empresas privadas que fornecem para o setor público e privado.

Patrício
Patrício
Reply to  DANIEL DE SOUZA SILVA
1 mês atrás

Por isso mesmo.
São empresas privadas que recebem maciços investimentos públicos a título de desenvolvimento de produtos, além de cooperação com instituições estatais.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Patrício
1 mês atrás

A ceitec.nao deu resultado…não dá para fica dando dinheiro para quem não dá resultado.

Simples…boeing e space x dão resultado…simples assim

Patrício
Patrício
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Não é tão simples assim.
A solução seria torná-la eficiente e, principalmente, um polo de desenvolvimento de produtos.
Não encerrá-la usando um discurso liberal rastaquera.
O resultado?
Ficamos dependendo de uma empresa estrangeira que trará uma tecnologia que certamente não será de pinta.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Patrício
1 mês atrás

Quem comprou chip da ceitec? Quem vai comprar chip da Samsung? Se tiver mercado para chip de ponta, irão fazer chip de ponta. Entendo que é estratégico para Samsung ter uma planta dessas no hemisfério sul. Principalmente em um lugar que possa absorver boa parte da capacidade a ser instalada

Patrício
Patrício
Reply to  Palpiteiro
1 mês atrás

Isso não interessa.
Não é assim que pesquisa funciona.
Qual o lucro que as pesquisas sobre fusão nuclear está dando?
E viagens à Marte?
Pesquisa é assim.
Pode demorar até décadas para dar resultados.
Agora, se pegar meia dúzia de políticos e empresários mal intencionados, eles vão passar a empresa nos cobres.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Patrício
1 mês atrás

O post não diz respeito a fazer pesquisa. Diz respeito a montar uma planta para produzir chips no Brasil. A pesquisa a Sansung deve continuar a fazer em outro lugar.

Patrício
Patrício
Reply to  Palpiteiro
1 mês atrás

Mais um palpite errado, né?
Se vc está iniciando uma indústria de ponta no País, pesquisa é fundamental.
Pouco importa se está vendendo.
Com a EMBRAER foi assim.
Agora é uma grande empresa.
E mesmo assim quiseram entregar para os gringos.
Tá tudo dominado.

SteelWing
SteelWing
Reply to  Patrício
1 mês atrás

relaxa pra ele o Brasil deve viver de agricultura e todos sermos agricultores e escutando sertanejo, pois é o que dá lucro. Agro é pop.

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  Palpiteiro
1 mês atrás

Só que para fazer do zero é necessário investir fortunas durante anos sem parar para chegar quem sabe um dia em algum lugar, coisa que nem a CEITEC nem nenhum outro centro de pesquisa nesse país recebeu suficientemente. Hoje é muito fácil dizer que a Samsung, a Intel, a Qualcomm, AMD e tantas outras dão lucro, são eficientes e blá blá blá, mas ninguém quer falar do quanto foi investido lá trás pra que tudo isso desse certo, né? Ninguém quer falar do dinheiro público que foi investido em universidades e em parcerias público privadas

NEMO revoltado
NEMO revoltado
Reply to  Patrício
1 mês atrás

E deste que a ceitec foi fundada em que momento não fomos dependentes?

Não deu resultado em mais de dez anos; então venda!

Rodolfo
Rodolfo
Reply to  Patrício
1 mês atrás

O custo de uma Fab moderna de semicondutores é de vários bilhões de dólares, cada máquina de litografia de ultravioleta extremo que a samsung, intel e tsmc compram da ASML (holandesa) custa mais de 200 milhões de dólares. Infelizmente, produção de semicondutores não é algo pra empresa estatal, o capital necessário é muito elevado e basta um governo corrupto pra afundar tudo. O governo de Taiwan apóia a TSMC com formação de mão de obra de ponta investindo no sistema educacional de base e universitário. O governo sul coreano faz o mesmo pela Samsung. O governo federal do Brasil precisa… Read more »

Patrício
Patrício
Reply to  Rodolfo
1 mês atrás

Se o Estado brasileiro não tem condições de bancar uma empresa dessas, muito menos o empresariado nacional.
Fraco de capital e de Pesquisa e Desenvolvimento.

Sequim
Sequim
Reply to  Patrício
1 mês atrás

O problema do empresariado brasileiro é a mentalidade gerencial, de capatazia, de apenas administrar o que já existe. Faltam coragem e vontade de empreender de verdade.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Nessa área não há atalho. Resultado não é equivalente à lucro. Tecnologia crítica exige investimentos de longo prazo. A Embraer só é o que é pelos anos de investimentos públicos. O capital nacional jamais ira investir em algo que levará anos para dar lucro. Nem a China com todo seu poder de investimentos consegue criar atalhos. Nem os EUA criaram atalhos capazes de iguala-los a Taiwan.

NEMO revoltado
NEMO revoltado
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

Discordo, a embraer é o que é porqye foi privatizada, bem gerenciada e inovadora!
Não se iluda, não foi o AMX que transformou a embraer na terceira fabricante de aeronaves, mas sim eficiência e desejo por lucro do setor privado!

Patrício
Patrício
Reply to  NEMO revoltado
1 mês atrás

Foi privatizada, mas foi criada e sustentada por anos pelo capital estatal.
Caso contrário, não sobreviveria.
Isso sem contar o capital humano que continua sendo formado por instituições de ensino estatais.

Alexandre
Alexandre
Reply to  NEMO revoltado
1 mês atrás

Todo conhecimento, tecnicas e tecnologias desenvolvidas pela Embraer pré privatização foram produtos de décadas de investimento público, nunca existiu uma lei que proibisse a iniciativa privada nacional de investir e desenvolver uma industria aeronáutica. O emb 145, o grande produto responsável pela arrancada e sucesso da Embraer pós privatização já estava no “forno” antes da privatização ( feita à preço de pai pra filho) , e mesmo assim o capital nacional não foi capaz de assumir uma empresa que já estava pronta para se tornar a terceira maior indústria aeronáutica global. O capital nacional vive repitindo a célebre frase da… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

correto, a Boeing e SpaceX mostram resultados a CEITEC nem tentava, existia a anos e nada.

Ted
Ted
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Pior, a empresa dava prejuizo. Cabide de emprego.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

A maior fabricante de chips do mundo, a TSMC, é estatal! O Brasil não tem “mania de desperdício”, e sim um grande número de pessoas que não querem que o país se desenvolva, e que por causa disso sabotam qualquer iniciativa com esse fim. É interessante notar também que muitas empresas nutridas por fundos de investimento operam anos com margem baixa ou mesmo em prejuízo até consolidar/monopolizar um mercado, só para dar exemplo: Amazon, Uber, Nubank, Twitter e Tesla… Mesmo que essas afirmações fossem fato, não justificaria a privatização da única empresa que era capaz de manter o Brasil independente… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Com alta de juro acabou todas startup com capital estrangeiro estão demitindo se não tá.no ponto do lucro…essa farra de evaluation acima do normal acabou, precisa dar lucro.

Kimberly Tyler
Kimberly Tyler
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Está falando sem conhecer o que a CEITEC fez. A dominava o mercado 50% de chip veicular e logístico. Só há 8 empresas no mundo com capacidade de projetar e fabricar o chip do passaporte e a Ceitec é uma delas, 15% mais barato e seguro do chip hoje usado pela Casa da Moeda. A Ceitec projetou, desenvolveu e patenteou chip eletroquímico para detecção precoce de doenças, sendo uma delas a covid19 que poderia ter sido usado na pandemia, sem falsos negativos ou positivos. A Ceitec tem em seu portfolio mais de 50 produtos, todos com certificação internacional. A Ceitec… Read more »

Agressor's
Agressor's
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Correção: O Brasil não tem “mania de desperdício com estatais”…

André Souza
André Souza
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

O que o Allan e o Patrício falou faz sentido, vou fazer uma breve analogia, segundo os comentários contra que eu vi aqui se for seguir essa linha de pensamento então não vamos ter indústria de defesa estatal, vamos vender completamente a EMBRAER por exemplo, a ENGESA na época não deu resultado, o Osório perdeu no mercado, óbvio que teve interferência externa no setor de compra mas isso é normal, não pode choramingar por isso, agora segundo os comentários aqui então o governo fez certo em não buscar um novo caminho e não investir na ENGESA ? Se seguirmos esse… Read more »

MARCELO
MARCELO
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

A CEITEC…. lixo tecnologico… que consumiu 2 BILHÕES de reais
para produzir SÓ Chips de 600 nanometros para colocar em orelha de VACA.
em plena época que se produz Chips de 5 namometros…BAITA EMPRESA NÉ?!?!

Jadson S. Cabral
Jadson S. Cabral
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Não deu resultado porque nunca recebeu investimento suficiente, como tudo que presta nesse país. Para de replicar esse discurso fácil.

Alexandre
Alexandre
Reply to  DANIEL DE SOUZA SILVA
1 mês atrás

Verdade. São privadas e perdularias do ESTADO.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

O problema da gente querer que o Brasil invista em qualquer setor é que se pra desenvolver algo novo for preciso de 50 Bilhões o governo vai enviar 100 Bilhões que vão ser destinados assim: 50 Bilhões vão ser desviados para os “amigos”. 10 bilhões vão para salario fantasmas e super salários, outros 15 Bilhões vão ser destinados a pesquisas de tecnologias já ultrapassadas e que serão apresentadas como verdadeiras descobertas da “roda” e por fim os 25 Bilhões que sobrar com sorte e talvez pare na pesquisa de algo novo e realmente importante para o Brasil, tendo que esses… Read more »

Alexandre
Alexandre
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Isso é o raio x das nossas forças armadas.

Fernandonp
Fernandonp
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Embraer recebe bilhões do governo. São empresas privadas.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Fernandonp
1 mês atrás

Uma coisa interessante da Embraer é que ela é uma área alfandegária. Uma zona franca.

andre
andre
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

não são estatais, por isto são eficientes

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Caro Allan. Você não tem a mínima noção do que vc falou. O governo dos EUA não dá um tostão para pesquisa. Ele paga pelo desenvolvimento de um projeto. Tem que apresentar resultado.

NEMO revoltado
NEMO revoltado
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Só lembrando que a Boeing e a SpaceX recebem este dinheiro na maior parte para entregar produtos e serviços que irão trazer riqueza para a sociedade local. Boa parte do financiamento para pesquisa e desenvolvimento destas empresas e suas similares vem da iniciativa privada que quer resultados e não parásitas!
Tais empresas e suas similares não são tetas para parásitas como o nosso bananesco PROGRAMA ESPACIAR que só serve para alimentar os concurseiros que sofrem do eterno tesão pelo funcionalismo público!

Não defenda o estado, pois ele nem se importa com você!

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Estado só deve cuidadar da Saude, Educação e Segurança, ser dono de empresa é missão de empresario e não de politico!

Slow
Slow
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

E empresários não tem que se envolver com política.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Slow
1 mês atrás

Nós EUA, os diplomatas normalmente são empresários

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

E quando os empresários não se interessam pela área? Esse fanatismo liberal está que nem o fanatismo comunista. Um mundo lindo, de flores, próspero para todos. Só esquecem a parte em que a iniciativa privada não se interessa e a área é estratégica.

Parem de quer ditar fórmula pronta pra tudo. Nenhum lugar do mundo aplica essa fórmula pronta dogmática que, de um lado, liberais defendem e, do outro, socialistas defendem. O caminho é o meio termo. Os extremos só serve pra produção acadêmica. A prática é bem diferente.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Felipe Morais
1 mês atrás

Não me entenda mal, não sou tão liberal a esse ponto, mas acho por experiencia propria de lidar com políticos que eles são a ruína de qualquer empresa. Primeiro são pessoas com egos muito grandes, segundo políticos só negociam criando esquemas de vantagem, terceiro políticos não se preocupam se a empresa der prejuízo já que se ela falir o Estado tem de suprir a perda de capital. Tendo em mente isso sempre acreditei que deve haver uma parceria publico (Estado) e privada, pois assim os políticos não entram tão profundamente nas empresas e assim não as destruirão e o país… Read more »

NEMO revoltado
NEMO revoltado
Reply to  Felipe Morais
1 mês atrás

Se houver liberdade real incluindo baixa ou nenhuma carga tributária ou regulamentações sempre hávera alguem interessado!

Para o bem e para o mal, tudo o quê o capitalismo toca vira comércio!

Patrício
Patrício
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Prezado
Diversos Governos, inclusive europeus, estão re-estatizando empresas, principalmente em setores estratégicos, como energia.

paulof
paulof
Reply to  Patrício
1 mês atrás

Governo europeu seria a Alemanha que fracassou bonito na política energética apostando na Rússia, quanto ao resto, as empresas da Espanha vai ligar um gasoduto a França e ganhar uma fortuna…

Patrício
Patrício
Reply to  paulof
1 mês atrás

Noruega, França e etc.

paulof
paulof
Reply to  Patrício
1 mês atrás

Franca a EDF, o governo já detém  84% , quanto Noruega, eu desconheço, a Equinor sei que saiu da Rússia, mas eles apostam em energia verde e que fizeram uma grande compra a pouco. Etc é difícil saber que país é esse…Quem vai ter que repensar é a Rússia para guardar os estoques que estão parados de petróleo, algo que tinha cantado a bola a um bom tempo e agora aparece notícias…incrível como a bola é redonda, não?

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Patrício
1 mês atrás

porque expulsaram seus empresarios sob a bandeira ecologica, a curto prazo só o estado consegue absorver essa urgencia, porem a longo prazo vão acabar deixando para a iniciativa privada.

paulof
paulof
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

E parte da inflação atual tanto da Europa e EUA deve-se a entrada em vigor de restrições de carbono, nem é algo que vai espantar as pessoas, por que já vi textos nesse sentido, inclusive só saberia assim, por que é difícil compreender a dinâmica da inflação.

NEMO revoltado
NEMO revoltado
Reply to  Patrício
1 mês atrás

Principalmente os lacradores hipócrotas defensores do meio ambiente!

Não devemos fazer só porque eles estão fazendo!

Pragmatismo
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Ideólogo detectado.

Patrício
Patrício
Reply to  Pragmatismo
1 mês atrás

Sujeito que fica lendo livro de von Mises tomando Toddynho servido pela vovó.

NEMO revoltado
NEMO revoltado
Reply to  Patrício
1 mês atrás

E o que seria melhor na sua visão?
Ler marx enquanto houve bobagens do professor a respeito das “maravilhas” cubanas!

Pois a história já nos mostrou o resultado da maravilhosa esquerda!

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Pragmatismo
1 mês atrás

Na verdade vivi 5 anos no ramo politico, vi coisas e aprendi coisas que pessoas como você nunca vai ler em livros.

Patrício
Patrício
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Estado deve cuidar de setores que são estratégicos para o País.
Seja saúde, educação, segurança, energia, mineração e etc.
Se um dia o setor de transporte público for considerado estratégico, que seja estatizado.
O que não pode é ficar nas mãos de empresários que podem até ferir o interesse nacional na busca por seu lucro.
E tenha certeza que eles não vão pensar duas vezes para fazer isso.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Patrício
1 mês atrás

O transporte foi estatal , não deu certo .ex RFFSA , Transpetro com navios próprios, não deu certo por altos salários estabilidade no emprego , corrupção, falta de investimento. Hoje funciona pois está na mão da iniciativa privada . Ex ferrovias na mão da RUMO e outras , navios afretados . Concurso com istabilidade tem sinônimo.

Patrício
Patrício
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

Existe Estado e Estado.
Por exemplo.
As empresas estatais chinesas estão detonando as empresas privadas ocidentais.
E possível.
É só querer.

ODST
ODST
Reply to  Patrício
1 mês atrás

Para com isso, não dá pra comparar a China com nenhum outro país do mundo. Na China qualquer coisa que o PCC colocar na cabeça eles fazem e pronto, ninguém vai dizer não. É uma ditadura capitalista! É um caso único.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

Funciona pra quem? Qual a situação da integração ferroviária nacional que permita um trânsito otimizado de pessoas. É facil o capital se dizer eficiente quando o grosso do custo da infraestrutura foi custeado pelo povo e depois pagar uma fração ridícula dos custos num processo de privatização.

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

Alexandre. Em matéria de transporte ferroviário, o Brasil está dois séculos atrasado. Não dá para pensar em trem de passageiros até porque as distâncias são muito maiores que as européias. No transporte ferroviário estamos evoluindo muito e já dispomos de uma malha integrada eficiente e extensa. Procure se informar melhor. Um abraço.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Carlos Alceu Gonzaga
1 mês atrás

Caro carlos. Os EUA possuem uma extensão territorial continental , como você deve ou deveria estar informado, e a integração ferroviária não só de carga mas também de transporte de pessoas é efetiva. A tal evolução a qual você se refere esta vinculada ao transporte de carga , e é fruto de anos, décadas de investimento público. Procure aprofundar seu conhecimento. Otimizar o fluxo de pessoas no território nacional é fundamental, principalmente para as pessoas que são responsáveis diretos pelo custeio dos gastos publicos através dos impostos que pagam. Um trabalhador que recebe um salário mínimo passa anos sem viajar… Read more »

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Patrício
1 mês atrás

Para mim setor estrategico é EDUCAÇÃO, com educação temos melhores medicos (SAUDE), melhores engenheiros (infaestrutura) e teremos menos pessoas caindo na marginalidade (segurança).

Alexandre
Alexandre
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Qual empresário nacional vai investir os bilhões necessários por anos a fio para desenvolver tal tecnologia e somente depois de décadas ter algum retorno?

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

No Brasil que quebra a cada 20 ou 30 anos? Que um jovem forma no ensino medio sem saber 50% de matemática e português? Quem iria desenvolver essas tecnologias?
NENHUM! Eu mesmo se tivesse dinheiro preferiria investir fora que no Brasil, pois aqui você investe seu dinheiro para construir um sonho, tem o Estado como sócio majoritário que só tem o Bonus e não o onus e é demonizado pela classe sindical, pois se torna um burguês quando chega a trabalhar mais de 20 horas por dia para que seu sonho tome forma.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

O Brasil exporta cérebros, uma quantidade enorme de brasileiros e brasileiras saem do Brasil em busca de empregos qualificados e bem remunerados . A maioria dos que ficam e possuem qualificações são submetidos a trabalhos de baixa remuneração e subutilização de suas qualificações. Isso no que diz respeito a minoria que possuem formação técnica ou superior. A maioria absoluta dos brasileiros e brasileiras que pertencem a população pobre não encontram meios que proporcionam eqüidade para romper com a miséria e desiqualdades estruturais. O mais interessante é que o estado e o poder esta e sempre esteve numa relação patrimonialista justamente… Read more »

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

O nosso símbolo de sucesso internacional é uma mulher que cria musicas e coreografias que eu via muito nos bordeis outrora.
Só dai você já ve o porque que o Brasil não dá certo.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Wellington jr
1 mês atrás

Nosso simbolo de sucesso é uma equipe contituida majoritariamente por mulheres e liderada po uma mulher que em apenas 48 horas mapearam geneticamente o vírus do COVID 19, fato que o mundo inteiro não conseguiu fazer naquele momento ou em qualquer outro momento na historia.

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

Aquele que tem visão em um.pais que dá retorno. Certamente não será aqui.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Carlos Alceu Gonzaga
1 mês atrás

Esse não pode e nem deve se dar ao direito de criticar. Pois abdicou da luta pela construção de uma nação.

Paulo Montezuma
Paulo Montezuma
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

penso exatamente o mesmo. As tensões geopolíticas apenas abrem espaço para novas oportunidades para países como o Brasil. Atrair boa parte das indústrias que podem sair da China por conta das pressões dos EUA, embora ache difícil a concorrência com outros países asiáticos, como Singapura, Vietnã e as Filipinas. Sonhar não custa nada. Tomara que não percamos mais essa oportunidade de investimentos

Nativo
Nativo
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Kkkkkkkkkkk quer bater palma para a privatização idiota, feira por um sujeito que passou 28 anos só mamando nas tetas da política.

T.H
T.H
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

“Exatamente dessa forma que esse governo está fazendo.”

165800828962d332e16afd8_1658008289_3x2_xl.jpg
Agressor's
Agressor's
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

As nações estrangeiras se desenvolveram industrialmente, e conseguiram sua soberania, e vc quer o país na contramão? Porque ainda não fecharam a NASA? Porque após décadas de existência a NASA continua dependendo diretamente do governo estadunidense? Já que nossos governos gostam de se inspirar nos modelos “americanos”, porque não fazem o mesmo com respeito às empresas de alta tecnologia? O governo de Taiwan subsidiou a TMSC e só agora dá lucro, existem setores que não são atrativos ao setor privado pôr não darem lucro de imediato, aí que entra o Estado! Ciência e tecnologia é a base da sociedade moderna,… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
André Sávio Craveiro Bueno
André Sávio Craveiro Bueno
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

A NASA – National Aeronautics and Space Administration – Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço – é uma organização do governo americano, então é natural que dependa de orçamento. A NASA não fabrica nada. Ela é uma organização que promove o desenvolvimento de ciência e tecnologia aeroespacial. Os veículos espaciais – foguetes, naves, sondas e satélites – são especificados por pessoal da agência e a construção pela feita pela iniciativa privada. Possivelmente projetam e constroem protótipos. A FAB não especificou o C-390 e a Embraer o construiu? Então, é uma situação análoga. A NASA é composta por muitos centros de… Read more »

Alexandre
Alexandre
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Isso mesmo. Privatização é a melhor escolha. Capital estrangeiro, empresa nacional fechada. Menos um concorrente. Patriotas calça sujas. Quinta coluna. Neoliberalismo no brazil equivale a zero soberania. Devemos “privatizar” tudo que não der lucro pra quinta coluna. Quem sabe devemos vender a Amazônia já que também não da lucro pra essa corja de patriotas vivandeiras?

Patrício
Patrício
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

Exemplo de agora, 18/08/22 às 17 horas.
Resultado da entrega de Congonhas.
Vencedora uma empresa espanhola.
Mole, mole.
Fácil, fácil.

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Patrício
1 mês atrás

Você não sabe de nada. Foi a única empresa que fez proposta e mesmo assim, pagou um ágio de mais de 200% sobre o preço mínimo e ainda teve que levar vários abacaxis junto. Pelo visto vc é um daqueles que adora meias verdades. Vou te contar mamis uma coisa sobre esse leilão. A CCR tava louquinha por Congonhas. Desistiu quando percebeu que não era a teta que pensava. Qdo. Viu que teria obrigação contratual para investir tanto em Congonhas quanto nos abacaxis. Empresário brasileiro é assim. Só “investe” na teta.

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

Quer dizer que devemos continuar subsidiando parasitas. Se nem nas universidades se faz pesquisa. Aqui, um docente presta concurso e vive o resto da vida dando a mesma aulinha de GA que “assistia ” quando se graduou até se aposentar. Fazer pesquisa para que. Já tá pindurado na teta. Porque vc acha que são todos de esquerda.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

espero que além dos investimentos que vão vir na infra estrutura e energia tragam mais empresas ao Brasil, mas precisamos de uma nova mexida na CLT

MARCELO
MARCELO
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

PERFEITO!
Cansa ficar lendo post de pessoas verborrágicas, pernósticas e prolixas…arguindo…independência tecnológica, mais dinheiro pra universidades/educação, etc etc etc.
Discursinhos de picaretas que NÃO sabem de nada…não leem as contas públicas e nem tem noção do montão de dinheiro gastos com essas “universidades/centro de excelências.. kkkkkk …são uma piadas esse “doutores que escrevem por aqui” mais de 30 universidades cheias de esquerdalhas arrogantes e improdutivos)

O governo federal TEM de colocar dinheiro SIM…não deixar somente com os EStados…Coloque dinheiro e exija no contrato …a criação de um centro de aprendizado em semicondutores dirigido pela samsung nessa parceria.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 mês atrás

Essa é uma noticia EXTREMAMENTE importante para o pais. mesmo que não seja uma empresa nacional ter uma fabrica de semicondutores de uma das empresas mais avançadas na área no pais é um passo extremamente importante.

Apenas 14 países no mundo tem fabricas de semicondutores.

Burgos
Burgos
1 mês atrás

“O problema é que a empresa sempre foi dependente do Tesouro Nacional, isto é, demandava investimentos dos cofres públicos para bancar despesas correntes e salários.“
Nem vou vou falar nada, o texto por si só já fala tudo !!!👀🤦‍♂️

Agressor's
Agressor's
Reply to  Burgos
1 mês atrás

O estado não serve no braziu, nas potências o estado é essencial no desenvolvimento de tecnologias, EUA, China, e Rússia, tem grandes estatais e não pretendem vender privatizar ou fechar. O dinheiro público, lá nos eua, vai para as empresas sob forma de “contratos” negociados por “lobbies” dos diversos setores da economia. Por lá, um financiamento por um banco de desenvolvimento(como o BNDES) não é interpretado como “propina”. Como é que acham que empresas como Google, Microsoft, Apple, além das empresas do segmento de “defesa” conseguem ser tão poderosas no mundo todo? O próprio desenvolvimento de Taiwan nesse processo, se… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Caro Agressor’s cite pelo menos uma estatal dos EUA.

SteelWing
SteelWing
Reply to  Carlos Alceu Gonzaga
1 mês atrás

Nasa, mas cia, fbi, us navy, usar, marina corps, us armay fazem grandes contratos usando o dinheiro do estado pra movimentar a economia e tecnologia.

Last edited 1 mês atrás by SteelWing
Patrício
Patrício
Reply to  Burgos
1 mês atrás

E vc queria que fosse dependente de quem?
Do nosso competente empresariado?
Esse mesmo empresariado sempre achou melhor comprar feito no exterior.
Mesmo porque nunca teve competência técnica para desenvolver algo nesse setor.
Aí, só mesmo o Estado.

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

Meus parabéns ao governo Jair Bolsonaro !
O caminho é pela direita!

Alexandre
Alexandre
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Em breve o único caminho a ser trilhado pela vivandeira sera o que o levará para Papuda.

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

Agora vc se revelou. Vc é um “novededos”. Por isso quer tanto tetas.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Carlos Alceu Gonzaga
1 mês atrás

Car

Alexandre
Alexandre
Reply to  Carlos Alceu Gonzaga
1 mês atrás

Constatar o óbvio não é se revelar mas sim exercer o minimo de inteligência necessária para um cidadão. No seu caso , e de tantos outros, fica explícito em total dimensão a profundidade do desvio de caráter e desonestidade intelectual. Pra começar pelo mau caratismo preconceituoso com aspectos fisicos alheio. Você não precisa se “revelar” . Você é o que faz questão de ser. Se orgulha de ser. Um fascita que já não se permite ser inrrustido, se assume como tal. Isso é bom pra sociedade. Pois desta forma fica claro que jamais poderemos deixar de combater tudo o que… Read more »

Nativo
Nativo
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Kkkkkkkkkkk sempre pensei que fosse pelo capitalismo e trabalho, mas o negócio mesmo é virar político, além de rico, SEM TRABALHAR vira mito.

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

Esse é o melhor governo da história da república

Moises
Moises
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Não, infelizmente. É o pior. Mas, isso não é o assunto do post.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Moises
1 mês atrás

Como não ?! A Atração da fabrica foi resultado de uma politica industrial de Estado. Simples assim ! Não há como você sofismar isso.

Matheus
Matheus
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Politica Industrial? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Produção industrial no país caiu quase metade nos ultimos 4 anos, enquanto o asno que nos governa fica apalpando as b*las do agronegócio, uma elite que atrasa o país tecnologicamente desde a época do império.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Matheus
1 mês atrás

Você não sabe nada sobre industria

Slow
Slow
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Mas que de fato as indústrias estão #fechadascombols0naro é fato .. Ford, Audi e Mercedes são uns exemplos ..

tsung
tsung
Reply to  Slow
1 mês atrás

isso foi politica da ford e foi no mundo todo. então nada demais

Last edited 1 mês atrás by tsung
Nei
Nei
Reply to  Slow
1 mês atrás

A Ford fechou porque? Você sabe?

Ted
Ted
Reply to  Slow
1 mês atrás

As montadoras nao suportaram o ativismo dos sindicatos na porta das fabricas. Dale greve e tudo mais. Esse e o papel da esquerda.
Destruir a industria e o agronegocio.

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Matheus
1 mês atrás

Historicamente o atraso tecnológico do Brasil, teve muito mais a ver com outras coisas, como a falta de alguns recursos naturais chave em certas épocas, falta de uma política econômica que favorecesse a industrialização entre outras coisas. Hoje o agro é uma das áreas que mais aplica tecnologia de ponta de diversos setores e está presente em áreas que muitos nem imaginam, o que o governo atual fez foi destravar o setor, que tinha muita coisa que travava principalmente os pequenos proprietários. O problema da indústria brasileira hoje, está mais relacionada a falta de competitividade do País frente a outros… Read more »

GFC_RJ
Reply to  Wilson Look
1 mês atrás

Eu vejo mais atrás.  O Agro brasileiro tem um padrão mundial, pois ele é voltado ao mercado externo. Aliás desde colônia. Agro-exportador. Logo, ou se é competitivo, com padrão global, ou não vende nada. Já a nossa indústria NUNCA foi voltada ao mercado externo. Sempre foi voltada ao mercado interno e “se desse tempo” dava uma exportadinha para um mulambo qualquer. E pior, sempre exigiu reserva de mercado. Qual estímulo para ser competitivo? Nenhum. A industria brasileira que é competitiva é a que tem mercado fora. A Embraer já teria fechado há muito tempo se o mercado principal dela fosse… Read more »

Marcio A. Dutra
Marcio A. Dutra
Reply to  Matheus
1 mês atrás

O agro não atrasa o Brasil, ele é apenas uma parte da economia, a parte que mais traz dividendos em exportação ao país o que atrasa o desenvolvimento são políticas populistas que impedem o avanço da economia e a geração de empregos. A industria é importante e deve ser tratada com políticas de incentivo e sem amarras para em conjunto com o agronegócio gerar riquezas e empregos, pois para o agro quanto mais os produtos aqui semeados forem industrializados é mais geração de valor agregado o que cria dividendos que entram e fomentam a economia. Essa estória de que o… Read more »

Patrício
Patrício
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Prezado.
Se esse acordo for adiante, tenho certeza que será para Chips de mais de 28 namômetros, que são usados em IOT.
Essa tecnologia está espalhada por vários países e não representa muito avanço tecnológico.
Sem contar que a fábrica e tecnologia serão da Samsung.
É um fato positivo uma fábrica aqui?
Sim, mas precisamos de muito mais que isso, principalmente pesquisa própria que é justamente o que esse (des)governo está desestimulando.

sergio
sergio
Reply to  Moises
1 mês atrás

Pior que o governo de um molusco com 8 dedos e uma anta que estocava vento ???????????
ta de brincadeira né !!!!!!!!

Patrício
Patrício
Reply to  sergio
1 mês atrás

Esse papinho furado não convence mais ninguém.
Muda o disco.

Alexandre
Alexandre
Reply to  sergio
1 mês atrás

A vivandeira calça suja conseguiu ser pior do que tudo de podre já exitiu no Brasil. E olha que isso até então era considerado cientificamente impossível.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

É plausível reconhecer méritos onde existem méritos, como no caso da matéria.

Agora dizer que é o melhor de todos? Melhor que o governo que implementou o plano real, por exemplo?

Caramba. Pra afirmar uma coisa dessas, não tem mais que trinta anos e não soube o que era viver sob inflação extrema.

Totalmente sem cabimento essa afirmativa.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Felipe Morais
1 mês atrás

No governo FHC existiam indicios de corrupção monumentais

JS666
JS666
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

kkkk essa poderia ter sido a primeira notícia positiva desse governo em 4 anos, porém, é só um memorando para negociações, não há nada de concreto. E na mesma matéria fala que os governos anteriores também negociaram com a Intel e no fim não deu em nada, o que pode ser o caso de novo.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  JS666
1 mês atrás

E o trem bala da Dilma , Cadê?

Patrício
Patrício
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Está perdidinho, né?
Mas, calma que vai piorar.
Kkkkkkkk

Alexandre
Alexandre
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Pergunte pro centrão

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Alexandre
1 mês atrás

Vcs e o centrão são amigos há muito mais tempo

Alexandre
Alexandre
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Não, tu não tem memória. Mais de 28 anos da vivandeira miliciana foram de promiscuidade com o centrão.

Agressor's
Agressor's
1 mês atrás

Ceitec, a única empresa de semicondutores da América Latina, e estatal brasileira, foi fechada pelo governo em 2019. Montadoras pararam a produção por falta desse componente. Meses depois uma multinacional inglesa do ramo dos circuitos integrados diz que vai começar a produzir no braziu admitindo funcionário da antiga estatal brasileira CEITEC. Coincidência não? O que propagam de prejuízo aqui pessoas do setor chamariam de investimentos, esse ano governos do mundo todo anunciaram investimentos de bilhões de dólares em pesquisa e desenvolvimento no setor, a CEITEC já tinha projeções de autossuficiência a partir de 2023, mesmo só tendo entrado no mercado… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
MIB
MIB
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

Em que produzir semicondutores de 600nm tem de avanço? Avanço seria se essa empresa tivesse criado o processo próprio para a fabricação de semicondutores, agora produzir algo de 30 anos atrás com maquinário doado de alguma fábrica do exterior está longe de ser desenvolvido tecnológico útil. Se fosse para fim pedagógico, ainda vá lá, se a tal Ceitec desenvolvesse a tecnologia nacional para produzir em 14/7nm, e desenvolvesse um projeto piloto para produzir em escala tais chips, estaríamos falando se um grande avanço. Agora ganho um monte de equipamentos defasados e começo a produzir coisas de 30 anos atrás, onde… Read more »

Agressor's
Agressor's
Reply to  MIB
1 mês atrás

A décadas que passamos só de meros consumidores. Quanto menos um país depender de outros, mais autônomo ele se torna. Podendo assim resistir as ideologias e pressões que vem de outros países. Um nacional desenvolvimento. Investimento nas suas Indústrias nacionais, investimento na capacitação dos seus cidadãos, tecnologia, ciência e educação esse é o caminho para qualquer país que tem a pretensão de se tornar independente e soberano! O próprio “governo” fez eles desenvolverem o chip do passaporte eles criaram o chip e o software com certificação internacional de segurança que só 10 empresas no mundo tem e quando ficou pronto… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Ricardão
Ricardão
1 mês atrás

Ótimo. Acertou em cheio.

WSilva
WSilva
1 mês atrás

Vão apenas usar recursos naturais do território brasileiro e a mão de obra barata, o que exatamente vamos receber em troca? Apenas dinheiro e tapinhas nas costas? Dinheiro acaba e tapinhas nas costas não tem valor. Para quem não sabe, é necessário muita água e areia para a produção de chips. Isso aí tá me cheirando aquele lance da IBM nos anos 90 produzindo computadores no Brasil e vendendo aos brasileiros pelo dobro do preço .rs Se os envolvidos nessa negociação Coreia do Sul-Brasil forem espertos, que assimilem(copiem/roubem) informações cruciais para depois o Brasil criar sua própria cadeia de suprimentos… Read more »

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  WSilva
1 mês atrás

” o que exatamente vamos receber em troca”?

Geração de empregos e qualificação da mão de obra na área não conta? Produção nacional e facilitação da logística de semicondutores em nossa indústria? Arrecadação de tributos?

Havendo ainda a possibilidade de aprendizado do processo produtivo para eventual replicação.

Quanto aos insumos, é bem provável. Tendo aqui, espera o que? Que tragam lá da Coreia?

Nascimento
Nascimento
Reply to  Felipe Morais
1 mês atrás

Exatamente. Milhões de desempregados e gente passando fome e o cara com raiva porque não deram mais coisa. Isso explica MUITO do porquê de estarmos assim.

Se eu pudesse dar mais investimentos pro Brasil, independente de qualquer ganho tecnológico, eu daria, principalmente pra melhorar nossa economia e diminuir o desemprego. Veja quanta tecnologia nafionau muitos países desenvolvidos possuem como Austrália, Canadá, Finlândia, Noruega e muitos outros! Parece que os caras só ligam pra tecnologia e TÓTI tupiniquim, misericórdia.

WSilva
WSilva
Reply to  Felipe Morais
1 mês atrás

”Geração de empregos e qualificação da mão de obra na área não conta?” No Brasil existe déficit de profissionais na área de TI, quem dirá numa área muito mais sensível que é semi-condutores. A própria China, um colosso, possui dificuldade em encontrar profissionais nessa área, tanto que muitos cientistas e engenheiros saíram de Taiwan para trabalhar no continente atraídos pelos alto salário oferecido no continente. Dos mais de 15 milhões de desempregados no Brasil, pouca gente dessa turma toda aí poderia trabalhar numa fabrica de semi-condutores prestando serviço relevante, ou seja, essa área não serve para mitigar problema de desemprego.… Read more »

Last edited 1 mês atrás by WSilva
gari
gari
Reply to  WSilva
1 mês atrás

Brasil só tem déficit em qualquer área pois as empresas querem um profissional com 30 anos de experiência, mandarim fluente e parentesco com o proprietário. Gente qualificada sem experiência tem aos montes, Engenheiro dirigindo Uber, doutor em elétrica dando aula particular de matemática pra aluno de ensino médio, egressos do ITA dando aula no youtube. Tudo por falta de oportunidade de emprego. Até pra trabalhar pelo SINE pedem pelo menos 6 meses de carteira assinada.

WSilva
WSilva
Reply to  gari
1 mês atrás

De fato, existem exigências absurdas em vagas de trabalho na área de TI nos últimos 10 anos, isso acontece porque embora seja uma área importante, ainda é marginalizada por não ter um Conselho Regional e consequente um teto de salário e exigências básicas para função. O resultado dessa marginalização é empresas de pequeno a grande porte brigando na tentativa de garantir os melhores candidatos em troca de um salário mediano ou até mesmo baixo, isso faz com que os candidatos menos qualificados em termos educacionais e experiência acabem migrando para outras áreas e assim tomando o lugar de candidatos daquela… Read more »

Guacamole
Guacamole
1 mês atrás

Uma pena que no texto se sub entende que os Chips não serão de ponta e sim os necessários para veículos e produtos que usem IoT.

Como um primeiro passo está excelente. mas espero que o empresariado abra o olho e invista pesado nessa área.

Quem sabe um dia não façamos CPUs e GPUs de ponta em terras brasilis.

Jhenison Fernandez
Jhenison Fernandez
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

E uma base, acho que de um dia for necessário ampliar as capacidades, devido a algum problema com outros fornecedores, eles irão fazer, de qualquer forma é um começo e isso é muito bom.

Oseias
Oseias
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

Colega, os semi-condutores de Iot são hoje o que há de mais moderno e ponta de lança “estado da arte”. O 5G só é possivel devido aos menores semi condutores do mundo.

Patrício
Patrício
Reply to  Oseias
1 mês atrás

Para IOT, normalmente, são usados Chips mais maduros de 28 nm.
De 14 nm já está bom demais e 7nm um luxo.

Guacamole
Guacamole
Reply to  Oseias
1 mês atrás

Na verdade a “ponta” a que me refiro é no sentido de litografia. Quanto menos, melhor (mais rápido o processador e menos energia ele usa).

Para Internet of Things os processadores podem ( e são) lentos pois a tecnologia já está paga por si só, esse tipo de aparelho não necessita alto poder computacional, eles são de fácil produção e não necessitam de investimento em Pesquisa e Desenvolvimento.

Oseias
Oseias
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

Olá colega, os semi condutores de 7nm ou agora um incrivel de 3nm são usados em celulares 5G em salas de servidores como em alguns switch e outros equipamentos de telematica, claro que ainda não temos fabricas de celulares e switch aqui, mas com o 5G avançando quem sabe, a Cisco não usa o terno “internet das coisas”, mas usa “internet de todas as coisas. Abraços

Last edited 1 mês atrás by Oseias
WSilva
WSilva
Reply to  Oseias
1 mês atrás

”O 5G só é possivel devido aos menores semi condutores do mundo.”

Mais de 80% dos eletrônicos do mundo usam chips superior a 14 nm, muitos ainda usam chips superior a 28nm, e esses a China já possui autossuficiência, embora dependa ainda das máquinas DUV da ASML.

O maior problema dessa área é adquirir autossuficiência em máquinas de litografia DUV e EUV.

Outro problema é adquirir autossuficiência em EDA software, especialmente para os novos chips de 3nm.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Guacamole
1 mês atrás

Está investindo, e esse é um exemplo claro !
Quanto menos o estado atrapalhar, mais empresas se interessam pelo Brasil, porque aqui tem tudo !
Matéria prima abundante, mão de obra boa, institutos tecnológicos muito bons, energia limpa e relativamente barata, não temos catástrofes naturais de grandes proporções, água em abundancia (importante no processo produtivo), mercado crescente e promissor, logística melhorando também vai ajudar muito, etc…
Agora acredito que estamos no caminho certo, espero que continue assim

Felipe Morais
Felipe Morais
1 mês atrás

Pô, aí sim. Se isso se concretizar, será uma enorme bola dentro do governo atual.

Será que não pinta uma compra da Ceitec por parte da Samsung? Não é o ideal, mas, ao menos, garantiria algum nível de produção nacional dos semicondutores, gerando qualificação de mão de obra nessa área.

Nativo
Nativo
1 mês atrás

Tentando limpar a m.. que fez.

tsung
tsung
Reply to  Nativo
1 mês atrás

quem o ATUAL OU ANTERIOR

Augusto
Augusto
1 mês atrás

Se fosse o Nine Fingers, a fábrica seria bancada com dinheiro do contribuinte brasileiro mas construída em Cuba ou Venezuela.

Patrício
Patrício
Reply to  Augusto
1 mês atrás

Em janeiro converse sobre isso diretamente com ele no Planalto.

Nei
Nei
Reply to  Patrício
1 mês atrás

kkkkk. A maior piada do século.

EduardoSP
EduardoSP
1 mês atrás

Campanha eleitoral é sempre a mesma coisa.
A única coisa real aí nessa matéria é a frase “entretanto, por hora ainda não há nada concreto”.
Essa é a dica para o ministro escapar de qualquer cobrança depois das urnas fechadas.

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
1 mês atrás

Empresa estrangeira, que sempre mama um subsidiozinho estatal, remete lucros pro exterior. Aqui ficam salários e infraestruturas, aquelas coisas mesmas que já não têm nenhuma importância pra economia financeirizada. Produção? Haverá. Progresso, bom aí já é outra coisa. A reestruturação da cadeia produtiva de qualquer quinquilharia, que não seja pra áreas onde o trabalho seja explorado selvagemente, redunda em quinquilharias mais caras. Claro, aqui já tem sempre um engenheiro morto de fome em cada esquina, um resultado negativo planejado pelo andamento da economia que se reprimarizou e financeirizou neste país. Nesta eleição, o número de candidatos empresários (quantos neoliberais e… Read more »

Patrício
Patrício
Reply to  Alex Barreto Cypriano
1 mês atrás

Funciona assim.
A empresa estrangeira exige terreno com infra-estrutura e isenção de impostos durante anos.
Muitas vezes exigem financiamento em instituições oficiais a valores subsidiados.
De início, o País agraciado com a fábrica só está levando ferro.
Depois usam nossa mão de obra barata e materiais a preço de banana.
Quando não sujam o poluem o local todo.
Depois disso, mandam o lucro pra fora do País, no caso, Seul.
Assim é fácil ser rico.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Patrício
1 mês atrás

Falem isso para a China, manda eles expulsarem todas as empresas estrangeiras produzindo no país porque não vale apena.

Deve ser a mesma lógica da turma que foi contra a redução de impostos, onde já se viu alguém querer pagar mais impostos?. A redução de impostos já está trazendo resultados e a arrecadação do governo aumentou ao invés de diminuir, sinal de que o Brasil já tinha passado muito da curva de laffer.

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 mês atrás

A economia da China não funciona como a economia em outras nações “democráticas’. Lá, os prejuízos e os prejudicados são silenciados e postos de lado pela mão pesada do partido o que impede reações econômicas (algo mais livres e mesmo naturais) mas indesejadas, inclusive o tão propalado colapso econômico. O mesmo partido que gerenciou a morte de dezenas de milhões de chineses durante o Grande Salto Avante, que chacinou milhares de estudantes contestadores na praça Tiannamen e que gasta mais com vigilância e repressão internas do que com seus militares têm o controle absoluto de sua população e sua economia,… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
1 mês atrás

Bem isso é um grande passo, acredito que parte dos impostos gerados deveriam ser investidos no desenvolvimento de uma segunda fábrica de processadores, o Brazil tem como absorver muitos chips devidos ao carros, eletrodomésticos e celulares produzidos aqui.

sub urbano
sub urbano
1 mês atrás

Interessante saber que foi o governo Lula que fez a Ceitec. Aliás, quase todos os programas estrategicos da historia recente do Brasil foram feitos naquele governo.