domingo, dezembro 4, 2022

Saab RBS 70NG

Alemanha prevê primeira entrega do IRIS-T SLM para a Ucrânia em outubro

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Os sistemas de defesa aérea IRIS-T são fabricados especificamente para a Ucrânia e não estão em serviço com o exército alemão, disse a embaixadora alemã na Ucrânia, Anka Feldhuzen.

“A Bundeswehr não os tem. Não sei se estou respondendo corretamente, mas estamos dentro da OTAN e a defesa aérea está meio que ao nosso redor. Quando eu estava na Polônia, vi todos esses Patriots e outros, eu nunca os vi na Alemanha”, disse Feldhuzen em entrevista ao European Truth.

Segundo ela, o primeiro sistema provavelmente será entregue em outubro, o segundo – antes do final do ano.

“Eles estão sendo produzidos agora, e eu realmente espero que o segundo seja antes do final do ano, e o restante ano que vem. Não depende de vontade política, a decisão foi claramente tomada lá. Esses são os últimos sistemas, mas a cadeia de abastecimento para a produção é difícil”, explicou o embaixador.

O sistema IRIS-T SLM tem um alcance de 40 quilômetros e uma altitude de até 20 quilômetros. Com o IRIS-T SLM, pode-se abater aviões de combate, helicópteros, mísseis de cruzeiro, artilharia de foguetes, drones, mísseis antirradar.

FONTE: Interfax-Ukraine

- Advertisement -

147 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

147 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
leandro
leandro
2 meses atrás

seria só para aeronaves ou consegue interceptar ICBMs também?

Slow
Slow
Reply to  leandro
2 meses atrás

Intercepta até asteroide !

RPiletti
RPiletti
Reply to  Slow
2 meses atrás

Meteoro de Pegasus inclusive.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Slow
2 meses atrás

Será que serve para derrubar os drones Persas??

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

E ai Niltinho tranquilo meu velho ?

Hoje eu vi corrida de russos fugindo do cerco de Lyman..

Já foi lá oferecer um copo d´água ?

Lyman, fica dentro de Luhansk, parece que ninguém deu a mínima para as ameaças do menino Vlad..

Mr. Guara
Mr. Guara
Reply to  leandro
2 meses atrás

Olha, pelo que eu li, misseis balístico apenas os de curta distancia, ICMBs já deveria entrar no janela de outros sistemas de longo alcance.

leandro
leandro
Reply to  leandro
2 meses atrás

nao entendi a quantidade de deslike por uma dúvida…e sim, quero que a Ucrania tenha um sistema de defesa contra ICBM se possível…putinetes que chorem

Saulo
Saulo
Reply to  leandro
2 meses atrás

Dificilmente, interceptar um ICBM em fase terminal é praticamente impossível dada a velocidade do veículo de reentrada e medidas evasivas, a defesa mais efetiva seria durante a fase de lançamento ou durante a fase orbital. Acredito que o sistema mais adequado seria o THAAD.

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
Reply to  leandro
2 meses atrás

Relaxa cara, o pessoal é assim, fica só de zueira mesmo em comentários que não mereçam deslikes kkkkk

Slow
Slow
Reply to  leandro
2 meses atrás

Pra que ? Segundo os comentaristas daqui os mísseis russos não funciona ..

Bosco
Bosco
Reply to  leandro
2 meses atrás

Leandro, ICBMs são preferencialmente interceptados no espaço, na fase intermediária da trajetória. Para isso, claro, são necessários interceptadores exoatmosféricos (que atuam acima de 80 km de altura) Os únicos operacionais hoje em dia são americanos, russos ou israelenses. A saber: THAAD SM-3 (versões Block I, IA e IIA) GBI S500 (não se sabe se o interceptador exoatmosférico está operacional) Arrow 3 Outros interceptadores exoatmosféricos estão em desenvolvimento. Ex: Aster 30 Block II (europeu) , NGI (americano) e salvo engano o A235, *A interceptação de ICBMs dentro da atmosfera é possível utilizando-se de ogivas nucleares, como no caso do sistema A135… Read more »

Antonio Cançado
Reply to  leandro
2 meses atrás

Os ICBMs ficarão exatamente onde estão.

Satyricon
Satyricon
Reply to  leandro
2 meses atrás

Olha, ICBM eu acho difícil.
Mas para SU-30/35/34 tá de muito bom tamanho.
Nem precisaria de tanto, haja visto que hj já caem como chuva em Belém (toda tarde).
Isso só vai empurrar as defesas aéreas Ucranianas mais para próximo da zona de combate, e a força aérea russa mais pra fora do território Ucraniano.
Quem diria que uma força que fora “dizimada na primeira semana” seria capaz de tanto.
Segue o baile

Bosdesniavranka
Bosdesniavranka
Reply to  leandro
2 meses atrás

A resposta a um provável ICBM Russo é um ICBM da OTAN (USA, Inglês ou Francês). O ICBM Russo teria como alvo Kiev??? Ou os campos abertos onde as tropas Ucranianas estão estrategicamente desdobradas??? É patético esse posicionamento Russo de ameaçar com a uso de armas nucleares. É como aquele menino ruim de bola que organiza uma pelada, começa a tomar uma goleada e quer acabar com o jogo porque é dono da bola. Algo me diz que o Putin vai ficar doente e acabando morrendo de uma hora para outra, bem “Russa” essa situação

Wellington jr
Wellington jr
2 meses atrás

Há no congresso americano a solicitação de patriots e outros sistemas. NASAMS já segundo o MD Ucraniano entregue e viria outros lotes. Com os IRIS-T e tambem entrega do sistema israelense anti drone os Ceus ucranianos se tornam dificeis para os russos. Esta sendo ventilado mais equipamentos com o tempo e segundo um general americano essa guerra será longa e os referendos de anexação só vai piorar a situação.

Rafael
Rafael
Reply to  Wellington jr
2 meses atrás

Bezmenov já falava como era fácil a vida do agente estrangeiro nos EUA. Só ir atrás dos informes do Congresso, comparecer a eventos universitários/científicos e bater cartão nas feiras das fabricantes do setor de defesa.

O que chama a atenção no último informe, é que apesar da quantidade absurda de munição de 155mm contratada; suas espoletas (“fuze”); os dois novos projéteis – XM1113 e 1210; e sobressalentes para o M-777, nenhum pedido de M-777 novo. Pode significar alguma coisa, ou pode significar nada. Também abriram espaço para mais M-113 para Ucrânia.

Omg
Omg
Reply to  Rafael
2 meses atrás

já que estão mandando muita munição e nenhum obuseiro novo, significa que a capacidade antibateria russa tá bastante degradada. os ucranianos pararam de perder obuseiros.

Patrício
Patrício
Reply to  Omg
2 meses atrás

Seria por que não têm mais?
As perdas ucranianas em tropas e tanques começaram a aumentar.
Os russos voltaram a avançar em Kherson/Nikolaev.
As imagens que chegam de colunas inteiras de blindados ucranianos destruídos mostram essas perdas.
Ademais, a Ucrânia e a OTAN se encontram em uma situação difícil.
Não estão preparadas para uma guerra baseada no uso intensivo de artilharia.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Não é o que os Milbloggers estão falando, alias o front de kherson não há avanço para nenhum lado. O foco total dos russos está na area de Donetsk.
Lyman está perto de virar um grande bolsão russo cercado por ucranianos o WarGonzi que acompanha as forças russas na região já recuou junto de tropas russas para posições mais favoráveis.
A linha de defesa Russa na região está prestes a colapsar devido a falta de reforços que deem poder de fogo para os russos.
Sem mais os EUA enviam mais HIMARS e sistemas anti drone (supostamente americano-israelense).

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Wellington jr
2 meses atrás

Lyman, já está cercada e tem video de hoje cedo de soldados russos fugindo..

rui mendes
rui mendes
Reply to  Omg
2 meses atrás

A Alemanha vai mandar mais Panzer 2000, a pedido da Ucrânia, e o diferencial nesta fase de algum avanço Ucraniano, segundo informações de militares, foram os T72 modernizados e enviados pelos Checos e os T72 (PT-91) modernizados e enviados pelos Polacos, junto com os Panzer 2000 Germânicos e Holandeses, os Caeser Franceses e os M270 Britânicos e Himars Norte-Americanos.
Nesta fase usaram menos os lança mįsseis portáteis e artilharia rebocada.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Wellington jr
2 meses atrás

Os EUA anunciaram mais 18 HIMARS’s, radares, sistemas anti drone, etc…

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Mais um pacote está sendo preparado para após dia 30. Com esses 18 HIMARS’s a capacidade ucraniana dobra e sinaliza que as intimidações de Putin não estão surtindo efeito.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Eu avisei que o jogo ia ficar pesado no modo convencional. Os EUA, de uma única vez, mais do que dobraram o número de Himars. Agora é só esperar pelos ATACMS e pelos drones Gray Eagle. No inverno é difícil se mover em terra, mas não pelo ar. E o avanço da Ucrânia colocou as tropas russas ainda mais perto do fogo guiado de artilharia.
https://www.defensenews.com/pentagon/2022/09/28/new-ukraine-aid-will-buy-18-himars-and-weapons-to-disrupt-drones/

Last edited 2 meses atrás by Marcelo
Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

E o congresso estava já em reunião para enviar mais equipamentos.

Patrício
Patrício
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Esse anúncio seria para entregar nos próximos anos.
Teriam de ser fabricados ainda.
Até lá, a Ucrânia estará reduzida a quase nada.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Quem tá perdendo terreno é a Rússia novamente e não a Ucrânia, aliás depois do embalo dos primeiros meses da guerra, a máquina russa parou, fundiu o motor e agora está recrutando velhos e pessoas inexperientes para ligar a máquina novamente.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Você disse isso a meses atrás !

Capa Preta
Capa Preta
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Rei da desinformação.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Capa Preta
2 meses atrás

Não é nem da desinformação…

É do descrédito..

Só posta baboseira e ainda tem o lance de usar 100nicks diferentes concordando com ele

Slow
Slow
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Viu o tempo que vai demorar pra ser entregue ?

Nickless
Nickless
2 meses atrás

A aviação russa já esta toda no chão, e os que tentam algo são na maioria abatidos, imagina depois desse sistema ai. A sucata russa não esta tendo dias fáceis.

Eduardo Angelo Pasin
2 meses atrás

Esse iris-t sls mk3 é bem interessante

bjj
bjj
2 meses atrás

Esse sistema une algumas características bem interessantes. A primeira é o uso de radares AESA, que possuem naturalmente a capacidade LPI (baixa probabilidade de interceptação) e maior resistência à interferência eletrônica. A segunda é o uso de mísseis guiados por infravermelho com formação de imagens, ou seja, passivos, imunes à ECM e altamente resistentes aos flares. É uma combinação muito mais furtiva e resistente à interferência que os antigos sistemas soviéticos que a Ucrânia possui hoje (mas que mesmo assim continuam dando trabalho). O caça que não tiver um bom MAWS provavelmente nem saberá que tem um míssil se aproximando… Read more »

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  bjj
2 meses atrás

Se os antigos sistemas soviéticos em mãos ucranianas estão dando dor de cabeça para a aviação russa , novos sistemas como este serão um pesadelo ainda maior…

Slow
Slow
2 meses atrás

Segundo fontes a Rússia não tem mísseis desde o primeiro mês de guerra e também não tem mais aviação ..

Vão usar contra oque ? 🤡🤡🤡🤡

Andre
Andre
Reply to  Slow
2 meses atrás

Já segundo seus colegas putinzetes o exército e a força aerea ucraniana foram destruídos em fevereiro e agora os ucranianos avançam sobre os russos utilizando paus e pedras.

Patrício
Patrício
Reply to  Andre
2 meses atrás

Prezado.
O ‘avanço’ ucraniano foi de 5.000 km2 em uma região terciária para a Rússia, no momento.
Nos outros mais de 100.000 km2 a Rússia continua avançando e consolidando sua posição.
E olha que os novos 300 mil soldado s ainda nem chegaram.
Só estou te relembrando que amanhã Putin assina a anexação dos territórios recuperados.
Sem mágoas, ok?

Andre
Andre
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Claro sem mágoas e sem fantasias, mas a Russia não avança mais em nenhum lugar faz tempo. Em 7 meses de guerra a Russia foi incapaz de subjugar seu vizinho e há 2 meses apenas recua. E mesmo com suas fantasias de destruição do exército e da força aérea ucraniana, apenas o que vemos há mais de mês é o recuo russo em quase todo o front. Não se esqueça, quem invadiu e quem ameaçou tomar Kiev em duas semanas, quem ameaçou a Finlândia e a Suécia, quem ameaçou os EUA e quem está passando vergonha por não ser capaz… Read more »

Capa Preta
Capa Preta
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Ver os comentários deste cara me lembra o filme a queda, onde Hitler nós momentos finais ficava na mesa movimentando tropas imaginárias.

Slow
Slow
Reply to  Andre
2 meses atrás

E foram mesmo, oque sobrou é as coisas doadas pelo ocidente e inclusive esse exército da Ucrânia é a reserva treinada ..

“ os ucranianos avançam sobre os russos utilizando paus e pedras. “

Eu vi , inclusive os ucranianos vão anexar 4 regiões ucranianas né ? Kkk ops digo russa ..

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Slow
2 meses atrás

Eu estou vendo corrida de russos fugindo de Lyman, desde hoje cedo..

Devem estar fugindo de paus e pedras..

Andre
Andre
Reply to  Slow
2 meses atrás

Mal de putinzete é não se contentar com o presente, vivem sempre no futuro. O pior é que esse futuro nunca chega.

O presente mostra os russos seguindo com sua tática inovadora: o avanço Putin.

“o que sobrou é (sic) as coisas doadas pelo ocidente” – e essas coisas estão dando uma dor de cabeça para seus amados russos enquanto fogem de suas posições.

Heinz
Heinz
Reply to  Slow
2 meses atrás

Isso, continue com as ironias.
Não leve em conta que os russos já estão mobilizando reservistas, e que em só um dia perderam 5 aeronaves.

Slow
Slow
Reply to  Heinz
2 meses atrás

Em uma semana a Ucrânia perdeu 4 regiões .. qual vale mais a pena ?

Enquanto a Rússia chama os que já tiveram experiência militar a Ucrânia obriga todos a ir pra guerra ..

Last edited 2 meses atrás by Slow
Alessandro
Alessandro
2 meses atrás

Parabéns para o Putin, pois conseguiu fazer o impossível, colocar a Ucrânia dentro da OTAN sem precisar passar por toda a burocracia que Suécia e Finlândia estão passando.

A cada semana os ucranianos estão ocidentalizando seu treinamento e armamento, e quando terminar a guerra não duvido eles se tornarem a melhor FFAA da Europa, no mínimo serão a mais preparada pra enfrentar as ameaças do front do leste Europeu

Last edited 2 meses atrás by Alessandro
tsung
tsung
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

sera que tem algum grupo ucranianos treinando aqui tbm?

Patrício
Patrício
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

O que sobrar da Ucrânia pode ter torpedos fotônicos e armas fasers que não vai adiantar nada.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Agora a bola de cristal ficou parecida com um globo de discoteca. Deve ter bugado ou foi invadida por algum vírus de bola de cristal. Joga esse artefato fora e vai se informar melhor.

HLopes
HLopes
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Dream on rashist.

Andre
Andre
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Fotonico não é/era aquele radar que você fantasiava que a Rússia (ou seria a China?) tinha desenvolvido e que por isso a Rússia não precisava de aviões 5gen pois estavam obsoletos depois do desenvolvimento do radar fotonico?

Patrício
Patrício
Reply to  Andre
2 meses atrás

Não.
Era aquele em que os EUA ganhavam uma guerra no cinema.

Andre
Andre
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Era o radar “em que” (sic) os EUA ganhavam uma guerra no cinema?

Na pressa de escrever qq coisa para defender a fracassada Russia esqueceu de utilizar argumentos e de utilizar razoavelmente a língua portuguesa?

Patrício
Patrício
Reply to  Andre
2 meses atrás

Prezado.
Depois que a Rússia anunciou o reforço de pessoal na Ucrânia, vcs andam meio desnorteados.
Refiro-me às armas fasers e torpedos fotônicos da ‘Jornada nas Estradas’, com as quais os tripulantes da nave de inspiração americana Entrerprise derrotava os inimigos.

Alessandro
Alessandro
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Não precisa disso tudo não Toinho, do jeito que as coisas estão pegando fogo do “nada” lá na Rússia, é só os ucranianos mandar alguns maços de cigarro para os russos e deixa a natureza fazer o resto rsrs…

Last edited 2 meses atrás by Alessandro
Patrício
Patrício
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

Só não pegou fogo nas urnas do referendos, né?
A UE e os EUA anunciaram mais sanções.
Mas, ninguém liga.

Slow
Slow
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

Está tão dentro da OTAN que não mandam 1 sequer caça pra eles k k k k

Alessandro
Alessandro
Reply to  Slow
2 meses atrás

E vc escreve isso rindo? Se eu fosse putinete ficaria com VERGONHA de desdenhar da reação ucraniana contra a segunda potência militar do mundo.

Os ucranianos estão retomando aos poucos tudo de volta sem precisar de caças, aliás verdade seja dita, a Ucrânia ainda tem caças antigos da velha URSS, oq deixa a situação mais vexaminosa para os russos com seus novíssimos SU-57 e SU-35.

Last edited 2 meses atrás by Alessandro
Slow
Slow
Reply to  Alessandro
2 meses atrás

“ vexaminosa para os russos com seus novíssimos SU-57 e SU-35. “

Os EUA maior potência com as melhores aeronaves perdeu 10 mil no vietnã, qual problema ?

“ Os ucranianos estão retomando aos poucos tudo de volta sem precisar de caças “

Eu vi as 4 regiões que Rússia anexou essa semana ..

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Slow
2 meses atrás

Slow tu sabe que 10 mil é incluindo helicópteros que eram usados praticamente pra tudo.
Outra coisa ainda bem que agora parou com aquela asneira de desnazificaçao e assumiu que o objetivo era só anexar terras, algo que só Hitler tinha feito.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Slow
2 meses atrás

Quantos anos de guerra ?

Quer comparar a tecnologia do vietnã 50 anos atrás com a de hoje ?

Maurício.
Maurício.
2 meses atrás

Eu vejo um pessoal dizendo que o S-300 está dificultando a vida da força aérea russa, afinal, o S-300 é um bom sistema antiaéreo ou é um sistema ruim?

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Quando usado combinado com outros criando um sistema de camadas ( o que parece que está sendo agora feito na Ucrânia) ele é um bom sistema. O problema é achar que ele faz tudo sozinho e julgar ele ruim por nao fazer tudo sozinho. Não existe um sistema imune a falhas, existe apenas aqueles que quando usados em combinação fustiga as falhas e reduz a margem de erro.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

O S-300 é um sistema de defesa antiaérea eficaz, só que foi projetado em 1979 e desde então vem passando por melhorias, como a inclusão do míssil S-300, com alcance de 300 Km. Diferentes versões do S-300 estão em serviço em muitos países, como Eslováquia, Bulgária, Croácia, Grécia, Turquia, China, Vietnã, Venezuela e Argélia. A Ucrânia tem feito estragos na força aérea russa usando mísseis do sistema S-300.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

É que muitos dizem que é um bom sistema só pelo fato de ser soviético/russo, já outros, dizem que é ruim só pelo fato de ser soviético/russo.
Muitos dizem que o S-300 está complicando a força aérea russa, ou será que a Rússia está respeitando muito o S-300? Na minha opinião, uma força aérea sempre terá a vantagem contra sistemas antiaéreos, mas pelo visto, não é o que está acontecendo na Ucrânia.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

O problema russo é que eles não sabem combinar corretamente as forças. O S-300 não é ruim, mas como todo sistema tem de ser atualizado para enfrentar os sistemas de ataque modernos que evoluem justamente para sobrepor as defesas existente.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Nitidamente, faltam mísseis antiradiação eficientes para a Rússia e estão sobrando para a Ucrânia. Os EUA devem ter milhares de versões antigas do AGM 88 Harm em estoque.

Last edited 2 meses atrás by Marcelo
Patrício
Patrício
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Análise de leigo.
Semana passada a Rússia derrubou dois Mig-29 ucranianos com armados com esses Harms.
Foi em uma batalha aérea com Su-35s.
Sem chances para eles.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Curioso, a força aérea da Ucrânia não tinha sido destruída no início da Operação Especial Militar? O Su-35s é aquele super caça fake que as defesas antiaéreas da Ucrânia continuam derrubando? Um Su-35 foi derrubado até por um Mig-29 ucraniano. Eu tenho a fonte. Mostra a sua.
https://www.google.com/amp/s/aeromagazine.uol.com.br/amp/artigo/mig-29-ucraniano-abateu-sukhoi-su-35-russo-em-combate-aereo.html

Kornet
Kornet
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Quando o S 300 é usado pela Rússia e oponentes dos EUA\OTAN é ruim,obsoleto,mas quando é usado contra a Rússia e países adversários dos EUA\OTAN é excelente,vai entender.

Bosco
Bosco
Reply to  Kornet
2 meses atrás

Mas o desempenho de uma arma tem que ser aferido contra um determinado oponente.
Por exemplo, o Exocet nas Malvinas foi letal contra a frota britânica mas será que o seria contra um CSG da USN. Creio que não!
Duvido muito que o S300 e mesmo o S400 seja eficaz contra um pacote de ataque da OTAN que conta com aeronaves e mísseis stealth, UAVs, mísseis chamarizes, mísseis interferidores, mísseis antirradiação, aeronaves de ataque eletrônico, etc.
Pelo que temos visto da aviação russa, talvez eles não tenha desenvolvido antídoto para seu próprio veneno.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Ele funciona dentro de uma doutrina eficiente, se largar ligado e esquecer aí é pedir milagre, PROVAVELMENTE seu incomodo é notável devido a boa capacidade de comunicação Ucraniana que só deve mandar ligar no momento certo e a utilização de bombas burras pelos Russo que acabam por exigir voos mais baixos e chamativos. Outro ponto importante a se notar é como o fator de alto RCS das antigas aeronaves russas as colocam vulneráveis, com sistemas mais modernos como os já citados a coisa vai ficar ainda mais difícil. No fundo eu acho que essa negação dos céus Ucranianos não é… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Carlos Gallani
Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Maurício.
2 meses atrás

Contra uma força aérea que carece de equipamentos e treinamento para realizar de maneira bem-sucedida missões de SEAD/DEAD, é um sistema efetivo. Porém, se a VKS tivesse metade da competência que a USAF tem nessa área, provavelmente os Ucranianos já teriam perdido todos os seus S-300.

Patrício
Patrício
Reply to  Bruno Vinícius
2 meses atrás

Eficiente como a USAF?
Vc viu a quantidade de perdas contra o Vietnã?
Vc viu na primeira guerra do Golfo?
Não queira ver contra a Rússia.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Patrício
2 meses atrás

A Primeira Guerra do Golfo é o maior atestado da enorme eficácia da USAF nas missões de SEAD/DEAD. À época, a IADS iraquiana era a segunda maior e mais capaz do mundo, perdendo apenas para a da USSR e foi completamente obliterada. E não as perdas da coalizão não foram enormes como você tenta fazer parecer (longe, muito longe disso). Foram perdidas 39 aeronaves de asa fixa e 5 de asas rotativas em combate, ou seja, uma perda para cada 2636 surtidas.

Last edited 2 meses atrás by Bruno Vinícius
Bosco
Bosco
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Toin, Na época do Vietnã havia um imenso abismo tecnológico entre os sistemas de mísseis sup/ar e as aeronaves de ataque. Uma aeronave podia ser abatida por um míssil a 50 km mas não tinha como atacar alvos no solo a 50 km de distância. Ou seja, a defesa AA modernizou mas os meios de ataque adotavam basicamente os mesmos métodos da SGM. A única defesa cabível era a ECM bastante rudimentar , que basicamente consistia no lançamento de chaffs. A penetracão mais segura era a baixa altitude o que colocava as aeronaves vulneráveis à AA. Os mísseis antirradiação vieram… Read more »

Patrício
Patrício
Reply to  Bosco
2 meses atrás

O desenvolvimento das armas de defesa sempre acompanham as de ataque.
Isso é histórico.
O único caso contrário atual são as defesas americanas contra mísseis hipersônicos russos/chineses/norte coreanos.
Não existem e ainda estão longe de conseguir.

Bosco
Bosco
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Sim! Realmente! Contra esses poderosíssimos mísseis hipersônicos não há defesa.

Bosco
Bosco
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Mas eu imagino que os americanos não irão fazer como os russos que após 50 anos ainda não conseguem se defender de misseis subsônicos , como comprovou o afundamento do Moskva.
Até o final da década os americanos já terão configurado uma defesa consistente contra os hipersônicos russos , chineses e norte coreanos.

Patrício
Patrício
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Até o final na década é longo prazo e, até lá, todo estaremos mortos.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
2 meses atrás

O abismo tecnológico entre a defesa e o ataque se devia sobretudo à dificuldade de se detectar alvos no solo , enquanto detectar e rastrear alvos aéreos, tendo como fundo o céu, já era de domínio há 40 anos. O ruído de fundo provocado pelo solo só veio a ser solucionado na década de 50, com o advento do SAR (radar de abertura sintética) e foi utilizado em aeronaves de reconhecimento a partir da década de 70. Desde então o ruído de fundo , o mau tempo e até as folhagens já não representavam obstáculo para o que o radar… Read more »

Marcelo
Marcelo
2 meses atrás

Antes dos NASAMS e dos IRIS-T, as tropas ucranianas conseguiram unir no campo de batalha, com eficiência,dois sistemas de defesa incompatíveis em termos de tecnologia: o OSA-AKM soviético com o Guepard-SPAAG alemão, protegendo o avanço das tropas durante a contra ofensiva e derrubando aviões de combate russos.
https://www.google.com/amp/s/bulgarianmilitary.com/2022/09/26/german-gepard-spaag-works-together-with-soviet-osa-akm-in-ukraine/

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Agora os ucranianos vão ter mais mobilidade para os sistemas de defesa acompanharem o avanço da infantaria uma vez que terão mais sitemas modernos em cobertura dos pontos criticos.

Patrício
Patrício
Reply to  Wellington jr
2 meses atrás

Então manda correndo para acompanhar a mobilidade das tropas ucranianas em Kherson, que elas estão recuando.
Talvez ajude na defesa de Nikolaev.
Os russos estão indo para lá.
Já te faleiA Rússia vai recuperar Nikolaev e Odessa.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Patrício
2 meses atrás

è melhor os russos reforçarem Lyman pois ela está prestes a cair e a regiao de Svatove pois a cabeça de ponte ucraniana em kupyansk está crescendo. Outra coisa nem os apoiadores russos estão confirmando sua fala, pelo contrario sobra criticas aos comandantes russos pela ineficiencia em romper as tropas de defesa ucranianas.

Patrício
Patrício
Reply to  Wellington jr
2 meses atrás

Liman atualmente é uma frente terciária para os russos.
Quase ‘desabitada’.
O quente é o cerco de Bakhmut e o avanço em Kherson.
Hoje foi reportada a retirada ucraniana na região e tomada pelos russos da região de Davidov Brod.
Logo vão avançar para Nikolaev e Odessa
Certeza que a Ucrânia vai perder sua saída para o mar.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Cerco? Em Kherson? Bakhmut? Tá vendo esses noticiários ao contrário. As forças russas não obtiveram nenhum avanço tático significativo a dias. Seus ataques pelo contrário se tornaram mais concentrados em destruir represas, subestação de energia e bairros. Desde quando Lyman é uma frente terciária?? Desistiram de tomar o Donestsk? Esqueceu que tomando Lyman a linha de suprimentos na região de Luhansk fica comprometida? Esqueceu que Kupyansk é um entroncamento estratégico que empurra a rota de abastecimento para Svatove e se prosseguir pelo caminhar da ofensiva será a proxina a ser atacada. Caindo Svatove as forças russas e Luhansk ficam a… Read more »

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Que dizer que os russos tem que abrir mão de uma determinada região para tentar avançar em outra?

Patrício
Patrício
Reply to  Wilson Look
2 meses atrás

Claro.
Com apenas 100 mil soldados queria o quê?
Um Exército de Multi Homens?
Agora com mais 300 mil veremos o que vai acontecer.

Wilson Look
Wilson Look
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Isso deveria mostrar uma campanha rápida, que não ocorreu.

E sendo sincero, 100 mil soldados profissionais valem muito mais em uma guerra que 300 mil com apenas 2 semanas de treino(isso se tiverem).

Nem o Brasil que tem mais de 1.5 milhões de reservistas colocaria todos eles em combate com tão pouco tempo de treinamento.

E uma última coisa, se os russos tem que abrir mão de áreas para tentar proteger ou avançar em outras é um atestado absoluto de incompetência militar, principalmente de seus estrategistas.

Alecs
Alecs
Reply to  Patrício
2 meses atrás

300 mil que não querem se alistar e vão fugir na primeira oportunidade e se renderem aos ucranianos. Isso se não trocaram de lado.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Assumiu o prejuízo russo, né? Estão chegando mais 18 Himars na Ucrânia. Aguardando ansiosamente pelo dia seguinte à anexação dos territórios ucranianos pela Rússia.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Vai acontecer mais um fantástico avanço para a retaguarda, como aquele em Kiev.
Todo o avanço russo a Bakhmut reportado em um mês foi perdido ontem para o Ucranianos

Marcelo
Marcelo
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Fonte: Bola de cristal psicodélica.

glasquis 7
2 meses atrás

Um off meio tenso:

EEUU pede pra seus cidadão abandonarem a Rússia imediatamente.

https://www.abc.es/internacional/embajada-eeuu-llama-nacionales-abandonar-inmediato-rusia-20220928132217-nt.html

Se for verdade, a coisa está ficando feia.

Henrique
Henrique
Reply to  glasquis 7
2 meses atrás

Outros governos europeus fizeram o mesmo. Será que eles sabem que coisa grande vem por aí?

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Possivelmente tem haver com a declaração de Putin dia 30.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Devido ao êxodo de pessoas que não querem participar da guerra a possibilidade da Rússia fechar suas fronteiras é real, improvável neste ponto mas real, sabendo disso é possível que cidadãos estrangeiros encontrem dificuldade em sair do país em algum futuro, a Rússia pode vir a ser algum tipo de Coreia do Norte com esteroides se o conflito continuar escalando!

Patrício
Patrício
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Vem coisa grande por aí.
E amanhã.
O Kremlin acabou de anunciar que amanhã será anunciada a entrada das Repúblicas de Donetsk e Lugansk e oblasts de Kherson e Zaporizhizhia na Federação Russa.
Restará à Europa e aos EUA sentarem no chão e chorar.
E esse é o primeiro passo.
Os russos vão avançar.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Patrício
2 meses atrás

De volta a suas fronteiras de 1991.

Patrício
Patrício
Reply to  Wellington jr
2 meses atrás

Os países mais importantes para a Rússia na antiga URSS eram a Ucrânia e o Cazaquistão.
Pelo tamanho e potencialidades.
E bem ou mal a Rússia vai trazê-los para sua órbita novamente.
A Ucrânia, talvez a metade.
E por falar em órbita de influência, a Rússia anunciou um acordo comercial, acreditem, com o regime do Talibã.
Quem te viu, quem te vê.

Bruno
Bruno
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Acordo com o regime talibã. Precisa nem mais explicar nada, sequer sua existência nesse mundo.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Fonte: vozes na sua cabeça.

Bruno
Bruno
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Entrada na federação russa = Roubo de territórios. Conta simples. Só não enxerga esse zé povinho russo.

glasquis 7
Reply to  Henrique
2 meses atrás

Acho que é uma reação contra a anexação de territórios. Se a Rússia controlar a produção de grão e a de combustíveis na Europa, será imbatível.

Acho que agora o que se tenta é evitar que o domínio russo se expanda sobre mais regiões da Ucrânia.

Marcelo
Marcelo
Reply to  glasquis 7
2 meses atrás

Está muito claro para mim. Putin ameaçou a Ucrânia com o uso de artefato nuclear. A OTAN e os EUA colocaram a Ucrania sob proteção e se preparam para retaliação. Já vimos esse filme na crise dos mísseis de Cuba. A Rússia vai piscar quando perceber que os submarinos atômicos de ataque da OTAN e os bombardeiros estratégicos americanos estiverem prontos para iniciar o ataque. Haja nervos …

Elisandro
Elisandro
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

A questão é saber se Kiev vale mais que Washington para a OTAN. Se não vale, então não irão escalar.

Andre
Andre
Reply to  Elisandro
2 meses atrás

E para a Rússia, o Donbass vale mais do que Moscou? Se a Rússia escolher iniciar a guerra nuclear e disparar algo em direção à Otan, a resposta também virá.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Elisandro
2 meses atrás

Putin vai piscar …

Bosco
Bosco
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Quando o nível de alerta chegar a DEFCON 2 os 60 bombardeiros habilitados a levar armas nucleares (45 B-52 e 15 B-2) e cerca de 100 aviões tanques se desdobram para qualquer uma das mais de 1000 bases em território americano capazes de recebê-los, tornando improvável serem atingidos no solo. Cerca de 6 a 10 bombardeiros seriam colocados no ar, junto com aviões tanques. Existem cerca de 1000 armas nucleares estratégicas lançadas pelo bombardeiros, na forma de bombas B61, B83 e mísseis AGM-86B. Também são colocados no mar pelo menos mais uns 2 submarinos Ohio , somando-se aos 4 que… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Bosco Jr
Patrício
Patrício
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Que mané, DEFCON.
Os americanos não colocam medo nem no Afeganistão.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Patrício
2 meses atrás

No limiar da Crise dos Mísseis de Cuba, o Nikita Kruschev amarelou quando recebeu a informação de que os bombardeiros estratégicos dos EUA estavam se posicionando para atacar e que seus oficiais não sabiam onde estavam os submarinos de ataque americanos. Depois a diplomacia passou um pano com a história do acordo para não agressão e de manutenção do equilíbrio do poder para evitar a destruição mútua. Moral da estória: tem Kruschev tem medo. O Putin vai piscar …

glasquis 7
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Na verdade, acho que mais perigosos que os bombardeiros, sejam os submarinos de ataque.

Eles poderiam chegar perto da costa americana, inglesa ou europeia e lançar sem dar tempo de entrarem em ação as contramedidas.

Bosco
Bosco
Reply to  glasquis 7
2 meses atrás

Mas a MAD estaria garantida de todo jeito graças aos 4 SSBN em patrulha, que somam 80 Trident II.
Sem falar que para atingir os Minuteman os SLBMs russos levariam pelo menos 15 minutos enquanto que sempre há pelo menos 50% deles (200 Minutemns) em alerta de 10 minutos.

Marcelo
Marcelo
Reply to  glasquis 7
2 meses atrás

Os EUA tem uma frota de submarinos de combate pronta para localizar e destruir submarinos russos de ataque. Lembra do filmaço Caçada ao Outubro Vermelho, com o Sean Connery.

glasquis 7
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Não é assim “tão fácil” como parece.

Bosco
Bosco
Reply to  glasquis 7
2 meses atrás

Glasquis,
Mesmo um SSBN russo na costa americana levaria cerca de 15 minutos pelo menos para os mísseis atingirem os silos de Minuteman III e metade deles (200 unidades) estão em alerta de lançamento de menos de 10 minutos.
Além disso sempre tem pelo menos 4 SSBNs americanos em patrulha que sobreviveriam a um primeiro ataque surpresa russo. Ao todo são 80 Trident II com cerca de 400 ogivas.
Ou seja, mesmo num ataque surpresa de SSBNs próximos à costa americana ainda assim pelo menos cerca de 600 ogivas estratégicas sobreviveriam e seriam lançadas contra a Rússia.

Red Pill - 红色药丸
Red Pill - 红色药丸
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Apaga que ainda dá tempo de não passar mais vergonha.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Red Pill - 红色药丸
2 meses atrás

Putin vai piscar …

Patrício
Patrício
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Está muito claro.
A Rússia ameaçou o Ocidente simplesmente para não se meter.
Ela vai escalar a guerra e avançar na Ucrânia.
Em que pese para ela 300 mil soldados não ser uma quantidade absurda, em vista de seu potencial, vai fazer um estrago fatal nos ucranianos.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Cada vez mais forçando o personagem…

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Patrício
2 meses atrás

é to vendo mesmo o estrago fatal, o que não falta é video dos recrutas se rendendo em kherson, Donetsk, Kupyansk e Luhansk porque sequer receberam treinamento antes de irem para a linha de frente. Isso está sendo denunciado pelos proprios milbloggers russos!

Marcelo
Marcelo
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Sei. Serão 300 mil recrutas sem treinamento e mal equipados entrarão em frentes de batalha intensas. Os ucranianos, já calejados e com mais equipamentos militares ocidentais, vão moer os novatos. E na Rússia os protestos vão aumentando…

glasquis 7
Reply to  Marcelo
2 meses atrás

Acho que a OTAN vai mostrar força pra evitar que a Rússia pense que terá um avanço ilimitado.

Marcelo
Marcelo
Reply to  glasquis 7
2 meses atrás

Os EUA e a OTAN vão mandar um recado de força para todas as nações com arsenais nucleares.

Patrício
Patrício
Reply to  glasquis 7
2 meses atrás

Quer ficar mais tenso ainda?
O Reino Unido quebrou.
Pânico no mercado financeiro ocidental.
Sai de baixo.
Esse Putin não é fácil.

glasquis 7
Reply to  Patrício
2 meses atrás

É, a coisa ficou tensa mesmo.

Patrício
Patrício
Reply to  glasquis 7
2 meses atrás

Não sei se é por causa da decadência natural.
Se foi culpa do Brexit.
Ou dos gastos com a ajuda à Ucrânia.
Ou tudo junto.
Mas, o fato é que o Reino Unido está indo para o ralo.
Ontem houve um grande problema com os seus títulos.
O BC de lá tentou intervir e fracassou.
A libra está na cotação mais baixa da história.
E para consertar isso, nomeiam Liz Truss.
Realmente, não dá.
E o pior está para vir, com a hecatombe que se abaterá sobre a Alemanha.
Quem (sobre)viver, verá.

Patrício
Patrício
Reply to  Patrício
2 meses atrás

E acabou de sair mais um número interessante.
O PIB americano caiu 0,6% no primeiro semestre.
A expectativa era de uma recessão apenas em 2023 até 2024.
Portanto, se a recessão já chegou em 2022, modus ponens, 2023 e 2024 serão terríveis.
O aviso já foi dado aqui.
Europeus e americanos terão de escolher entre ‘sobreviver’ ou doar armas à Ucrânia para serem destruídas pelos russos.
Escolha difícil, não?

Bosco
Bosco
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Tonho “fingindo” de doido.
Tem um ditado que diz que nem todo doido parece que é doido mas todo aquele que parece que é doido realmente é doido.
Essa aparente frieza , controle da situação e comentários otimistas em meio à óbvia realidade contrária (por sinal, emulando o comportamento do seu ídolo, putin) é um claro sinal de que o sujeito está a um passo de desmoronar psicologicamente. Sair da bolha pode ter consequências graves.
Eu que não quero estar perto quando isso ocorrer.
Acho que domingo de noite vamos ver algumas bolhas estourando. Vai ser feio.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Fonte: bola de cristal psicodélica.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Fonte: Twilight Zone.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Patrício
2 meses atrás

Enquanto isto o dólar segue se valorizando..

Mas ele n ia cair e o ocidente acabar ?

O mundo real e as m… que você escreve estão muito longe..

ChinEs
ChinEs
2 meses atrás

O Futuro sistema do EB

Rogério Loureiro Dhierio
Rogério Loureiro Dhierio
Reply to  ChinEs
2 meses atrás

O mais lógico a meu ver, já que os mísseis serão os mesmos utilizados nas aeronaves Gripen.

Independente disso ainda apoio o desenvolvimento nacional Saber M60/MS200 com mísseis A-Darter e porque não R-Darter.
Trabalhariam paralelamente e um complementando o outro.

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Rogério Loureiro Dhierio
2 meses atrás

Que A-Darter e R-Darter? Esse foi mais um investimento inútil abandonado pela FAB.

Miguel
Miguel
2 meses atrás

A Gloriosa Força Aérea Russa já estava uma maravilha, com mais isso para ajudar então…

Zé bombinha
Zé bombinha
2 meses atrás

Vejo com bons “olhos” três sistemas… Eu diria um passo a frente.. não que são os melhores… Porém agradam pelo que propõe e que tecnicamente são capazes…. Sendo o israelense BARAK MX…. Este da matéria nas versões SLM e SLX e o russo S350…. O russo agora muito mais distante.. algo a ser observado é o complexo turco HISAR em suas variadas versões…. Vamos ver oque o ano de 2023 nos reserva quanto a esta capacidade no exército brasileiro principalmente!…. Continuo com o MX😶

Last edited 2 meses atrás by Zé bombinha
Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Zé bombinha
2 meses atrás

Para mim o Barak está na frente. Mas, me parece que o preço é proibitivo.

Creio que, muito provavelmente, será o Spyder ou o CAMM. Isso é, se algo chegar a ser contratado.

Magaren
Magaren
2 meses atrás

Esse conflito é um verdadeiro show room do sector kkk

737-800RJ
737-800RJ
2 meses atrás

[OFF]
As primeiras unidades do Spyder das Filipinas chegaram! Aparentemente é a versão MR de médio alcance e altitude.
Bem que poderiam ter errado a rota e entregado aqui sem querer querendo…

Philippine_Air_Force_receives_first_Spyder_air_defense_systems_1.jpg
Campos Salles
Campos Salles
2 meses atrás

Batalhão nerd dos ucranianos usa drones e robôs …
https://youtu.be/wD2Ff6Nc09k

CRSOV
CRSOV
2 meses atrás

Ótima matéria porém ficaria ainda mais brilhante a mesma caso viessem outras informações como por exemplo o custo de cada bateria anti aérea desse modelo e os custos de cada míssil anti aéreo !!

Nilton L Junior
Nilton L Junior
2 meses atrás

Agora vai.

Bosco
Bosco
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Você lembrou de posta seu “agora vai” no post sobre a convocação forçada de cidadãos da federação russa e do envio dessas “buchas” à linha de frente?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Blz, agora vai também para os Russos, abraços.

Antonio Cançado
2 meses atrás

Bye bye, VVS…rsrsrsrsrsrs

Últimas Notícias

Empresa alemã produzirá munição do Gepard na Espanha

A Rheinmetall, depois de adquirir o mundialmente famoso fabricante espanhol de munições Expal Systems SA, planeja estabelecer a produção...
Parceiro